GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado do Rio de Janeiro - Povoadores da Região Serrana

Família CLEMENTE PINTO

                                                 Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

          João Clemente Pinto, cc. Maria Gonçalves, naturais de Abobadela, Braga, Portugal, com pelo menos 2 filhos (HB):

1.1 Alferes João Clemente Pinto, n. Abobadela, residente no Rio de Janeiro, Brasil, f. 1819, Cantagalo, cc. Teresa Joaquina da Silva, n. São José, RJ, residente no Rio (talvez a do mesmo nome que era fazendeira em Cantagalo em 1848), f. de Félix da Silva Pinto e Teresa Felícia Silva, naturais do Rio de Janeiro, com pelo menos (AL, HB e MP):

2.1 Laura Clemente Pinto ou Laura Clementina da Silva Pinto, n. 1808, Rio, f. 1870, Nova Friburgo, cc. seu primo Antônio Clemente Pinto, 1º Conde de Nova Friburgo, com geração adiante (DFB, QT.46 e TC.I.34).

2.2 Comendador Francisco Clemente Pinto, b. 1803, Candelária, Rio, conselheiro da Casa de Caridade de Cantagalo, onde era cafeicultor em Euclidelândia e, também, em Itaocara, possuiu pelo menos 6 fazendas: São Clemente, comprada de João Teixeira Leite, registrada em 1856 em Cantagalo (vizinha do capitão Manuel Teixeira de Souza, de Joaquim Vieira de Souza e do Barão de Nova Friburgo), Mataporcos, Córrego Danta (vizinha à Fazenda Pouso Alegre, do Barão de Nova Friburgo), Bela Vista, do Palmital (Euclidelândia), e da Pedra Lisa (São Fidélis).
- Obs.: 1) O mesmo ou outro, chamado Francisco Clemente Pinto Sobrinho, tinha duas “fortes fazendas” em Euclidelândia em 1859 e 74, e era fazendeiro, na Fazenda São Clemente, em 1889. 2) Um Francisco Clemente Pinto era do Conselho do Montepio Geral, em 1844, no Rio. (AL, AP, Ig, MB.148 e TC.1.182, 201 e 334).

3.1 Francisco Clemente Pinto (hipótese, seria o mesmo acima, em um segundo casamento, caso em que os filhos poderiam ser de ambos os matrimônios?), engenheiro, fazendeiro, c. 1868, Cantagalo, com Eulália de Barcelos, depois Eulália Clemente Pinto, brasileiros, residentes em Cantagalo em 1900, teve, pelo que consta da escritura da Sociedade que fez, no Rio, com os seus filhos, em 1907, visando a administração das fazendas São Clemente e Tagyra (Arquivo Nacional, pesquisa da Sra. Leila Vilela, de Teresópolis, RJ):

4.1 Emília Clemente Campbell, n. por volta de 1872, residente em Cantagalo (testemunha do casamento de Januária Clemente Pinto), em 1900 já era cc. Diogo Campbell. (Ig e Leila).

4.2 Almirante Luís Clemente Pinto, cc. Maria José Monteiro, f. do Dr. Antônio Eulálio Monteiro, n. 1847, Rio, formado em direito, e Ana Cândida Ribeiro da Cruz Rangel, com pelo menos: (VT.1.205).

5.1 Olga Clemente Pinto, cc. Charles Leslie Askew, inglês.

5.2 Carmen Clemente Pinto, cc. Eugênio Pécora Seara, com pelo menos:

6.1 Solange Pécora Seara.

4.3 Alfredo Clemente Pinto. Um Alfredo Clemente Pinto, n. 1854, Porto Alegre, RS, f. 1938, Correias, RJ, foi professor e escritor, formado em filosofia (Site da Universidade Fed. de Santa Catarina).

4.4 Januária Clemente Pinto, depois Clemente Marques de Azevedo, npv. 1879, c. 1900, Cantagalo, com Domingos Rodrigues Marques de Azevedo, de 26 anos, n. Rio, Oficial da Marinha, residente em Cantagalo, f. de Domingos José Marques e Maria Rodrigues de Azevedo Marques, portugueses, falecidos no Rio. (Ig).

4.5 Paulo Clemente Pinto.

4.6 Franco Clemente Pinto.

1.2 Manuel José Clemente Pinto, cc. Luísa de Miranda, com pelo menos os 5 filhos que vieram para o Brasil, dos quais descobrimos 3: 

2.1 Dr. Bernardo Clemente Pinto, teve uma sesmaria na região (provavelmente na vertente do Rio Grande, em Santa Maria Madalena), cc. Maria Ferreira de Almeida, com pelo menos (AP e BN):

3.1 Francisca Clemente Pinto, depois de Faro, n. 1842, Rio, f. 1916, onde cc. Antônio Pereira de Faro, fazendeiro e juiz de paz em Itaocara, onde o casal hospedou a Princesa Isabel e o Conde d’Eu, em 1868, com pelo menos (AL, AP, MP, SL e TC.2.62): 

4.1 Laura Clemente de Faro, n. 1860, Nova Friburgo, f. 1927, c. Rio, com Joaquim Henrique de Araújo, fidalgo da Casa Imperial, com (Int e SL):

5.1 Laura (SL).

5.2 Luísa.

5.3 Joaquim.

5.4 Eurico.

5.5 Maria Georgina.

2.2 Manuel Clemente Pinto (ou Manuel Clemente de Miranda), presidente da Câmara de Cantagalo em 1830, fazendeiro e subdelegado em Nova Friburgo (AL, CE.138 e QT.46).

2.3 Antônio Clemente Pinto, 1º Barão e Conde de Nova Friburgo, nascido em 1795, em Nossa Senhora de Abobadela, Ovelha do Marão, Portugal, f. 1860 ou 1869, RJ.
          Veio para o Brasil com 12 anos, cerca de 1808, com quatro irmãos. Tornou-se um dos homens mais ricos do país em sua época, com grandes fazendas de café (vinte e uma no Município de Cantagalo, entre elas: Areias, Santa Rita, Boa Sorte, Boa Vista, Itaoca, Sibéria, Laranjeiras e Jacutinga e, ainda, a Sesmaria Santa Marta, em Euclidelândia, vizinha do capitão Manuel Teixeira de Souza Senior e das terras no Córrego dos Tanques, de Rosa Vieira de Jesus, viúva do capitão José Teixeira de Carvalho), e foi o construtor, entre outras grandes obras, da ferrovia que ligava Niterói a Cantagalo e, daí, a Itaocara e Portela, do Palácio do Catete, que foi sede do Governo Brasileiro, e do Palacete ou Solar do Gavião, em Cantagalo, de rara beleza.
          Casou com sua prima Laura Clemente Pinto (ou Laura Clementina da Silva Pinto), n. 1808, Rio, f. 1870 em Nova Friburgo, f. de João Clemente Pinto e Teresa Joaquina da Silva, acima (AL, AP, DFB, QT.46 e TC.1.34):
          Pais de 4 filhos: 

3.1 João, falecido em criança.

3.2 (outro) João, também falecido em criança.

3.3 Dr. Antônio Clemente Pinto, n. 1830 no Rio, f. 1898 em Nova Friburgo, Barão em 1863, Visconde e depois Conde de São Clemente, em 1888, proprietário das Fazendas Água Quente, Boa Sorte, Boa Vista, Itaoca, Jacutinga, Retiro, Santa Rita e São Clemente, em Euclidelândia, Município de Cantagalo. Foi Veador da Imperatriz, e exerceu funções na diretoria de algumas instituições públicas e no Paço.
          C. 1859 com Maria José Rodrigues Fernandes Chaves (ou Maria Francisca), Baronesa de São Clemente, n. 1828, f. 1876, f. dos Barões de Quaraí ou Quaraim, Pedro Rodrigues Fernandes Chaves e Maria José Machado Chaves, com 3 filhos (MJ, TC.2.60, 111 e 353):

4.1 Antônio Clemente Pinto, n. 1860, Nova Friburgo, f. 1912, Rio, capitalista, segundo Barão de São Clemente, em 1888, aposentado vivia na Fazenda Areias e, em 1901, tinha, além desta, pelo menos as Fazendas Boa Vista, Jacutinga e Córrego Danta, todas em Euclidelândia.
          C. 1883, na Glória, Rio, com Georgina Pereira Darrigue de Faro Clemente Pinto, n. 1864 no Rio, f. 1938, Baronesa de São Clemente, f. dos 3ºs. Barões de Rio Bonito, José Pereira de Faro e Francisca Romana Darrigue de Faro, com 7 filhos (Ig, Int, Nob.230 e SL):

5.1 Maria José de São Clemente, n. "1885, Paris", c. 1908, Rio, com o Dr. Augusto de Faro Carvalho, n. 1880, Rio, fazendeiro em Cantagalo, f. de Lindolfo de Carvalho e Mariana Darrigue de Faro, com pelo menos (Int e SL): 

6.1 Cezar Augusto de Faro Carvalho, n. 1914, f. 1922, Rio.

6.2 Sílvia Regina de Faro Carvalho, n. 1919, na Fazenda Areias, em Euclidelândia, f. 1925, Rio (Int).

5.2 Clotilde de São Clemente, n. "1885, Nova Friburgo", f. 1966, c. 1906, com Alceu Guimarães de Azevedo, n. 1872, Nova Friburgo, f. 1949 (Int e SL).
- Obs.: Pode haver engano na data ou no local de nascimento desta ou de Maria José, 5-1, acima, visto constar terem nascido no mesmo ano, em cidades tão distantes.

5.3 Antônio de São Clemente, n. 1887, Nova Friburgo, foi Ministro das Relações Exteriores do Brasil (Int e SL).

5.4 Jorge de São Clemente, n. 1889, Nova Friburgo, f. 1937 (Ig, Int e SL).

5.5 (...) e (...), gêmeos, falecidos ao nascer em 1900, Nova Friburgo (Ig).

5.6 Dr. Mário José de São Clemente, n. 1892, Nova Friburgo, administrador da Fazenda Areias, em 1920, em Cantagalo, pertencente à Baronesa de São Clemente, cc. Ana Helena Bruhns, n. 1915, Piracicaba, SP, f. de Paulo Bruhns e Anália de Moraes (Álbum de Cantagalo, Ig, Int e SL).

4.2 Alice Clemente Pinto, n. 1864 em Nova Friburgo, f. 1896 em São Simão, São Paulo, SP. C. 1883 no Rio, com o Conselheiro Rodolfo Epifânio de Souza Dantas, n. 1854, Bahia ou Belo Horizonte, MG, f. 1901, Paris, bacharel em Direito, Deputado, Senador e Ministro, f. do conselheiro Manuel Pinto de Souza Dantas, chefe do Partido Liberal na Bahia, e Amália Josefina Barata de Almeida, com 6 filhos, entre os quais (CE.242, DFB e Int):

5.1 Maria José de Souza Dantas, c. 1903, Nova Friburgo, com seu primo, o doutor Brás de Nova Friburgo, com geração, adiante. (DBB e Ig).

5.2 Ana de Souza Dantas, n. 1887, cc. Luís Maurício de Lima e Silva, diplomata, f. de Luís Cezar de Lima e Silva (sobrinho do Duque de Caxias), e Vera Aritof, com pelo menos (Int):

6.1 Sérgio Luís de Lima e Silva, diplomata, solteiro.

6.2 Luís Rodolfo de Lima e Silva, f. 1937, solteiro.

5.3 Otávio Clemente de Souza Dantas, n. 1891, Rio, cc. Ana Eulália Alda Monteiro de Barros, f. de Augusto Clemente Monteiro de Barros e Ana Saldanha da Gama (Int).

5.4 Paulo Clemente de Souza Dantas, diplomata, n. 1892 em Paris, bacharel em Letras e em Direito. Casou no Rio, com Elizabete Pinto da Silva, n. 1906 em São João de El-Rei (MG), f. de Fernando Pinto da Silva e Emília Rocha, com geração (DFB).

5.5 Dr. Manuel Clemente de Souza Dantas, n. 1895, advogado, Secretário da Fazenda de São Paulo em 1931. C. 1916 no Rio, com Maria de Godoy, ali n. 1893, f. de Oscar de Godoy e Berta Guimarães, com geração (DFB).

4.3 Maria José Clemente Pinto, n. 1868, Rio, f. 1948, dona da Fazenda Itaoca, em Euclidelândia, RJ, em 1906 (Ig e Int).

3.4 Dr. Bernardo Clemente Pinto Sobrinho, n. 1835, Cantagalo, f. 1914, no seu Solar dos Gaviões (ou Palacete dos Gaviões), Cantagalo, onde o casal hospedou a Princesa Isabel e o Conde d’ Eu, em 1866, quando em viagem pela Província, 2º Barão de Nova Friburgo, em 1873, Visconde, 1883 e Conde de Nova Friburgo, em 1888, bacharel em Direito, teve outros cargos e comendas, c. 1880, com a jovem viúva Ambrosina da Gama Leitão da Cunha, n. 1848, Belém (Pará), f. 1939, Rio (viúva de James Archibald Campbell), Condessa de Nova Friburgo, f. do Barão de Mamoré, Ambrósio Leitão da Cunha e Maria José da Gama e Silva, com 6 filhos, entre eles (AL, DBB e TC.II.129):
- Obs.: Apenas 4 filhos no Registro de Óbito do Sr. Conde, logo, dois já teriam falecido.

4.1 Dr. Brás de Nova Friburgo, c. 1903, Nova Friburgo, com sua prima Maria José de Souza Dantas, acima, com pelo menos: (DBB e Ig).

5.1 Rodolfo de Nova Friburgo, n. cerca de 1908.

5.2 Alice Maria de Nova Friburgo, depois Teixeira Soares, n. 1910, Rio, onde c. 1934, com Luís Cruls Teixeira Soares, n. 1910, Petrópolis (RJ), f. de João Teixeira Soares Júnior (Jango) e Sílvia Cruls, com geração in Revista Brasil Genealógico, do Colégio Brasileiro de Genealogia, ano 1972, fls. 96 (Site Genea Portugal e Int).

4.2 Laura de Nova Friburgo, n. 1893, f. 1971, c. 1910, com o diplomata Fernando de Souza Dantas, n. 1886, Rio, bacharel em Direito, f. do conselheiro Manuel Pinto de Souza Dantas Filho e Maria Luísa Martins (DFB).

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,      Tiradentes    Batch Namber,     Códigos e Bibliografia