GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado do Rio de Janeiro - Povoadores da Região Serrana

Família GONÇALVES BARROSO

 

                                       Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

          Cap. Brás da Silva Lopes, cc. Luísa Emerenciana de Jesus, com pelo menos (Ric):

1.1 Major Francisco de Paula Mascarenhas, fazendeiro, inspetor das escolas e instrutor da Guarda Nacional de Cantagalo, RJ, em 1848, tinha terras no Monte Alegre, Euclidelândia, 1856 (vizinhas às situações de Domingos Soares Peixoto e de Jesuíno Ferreira de Araújo, “na Jararaca, na Sesmaria dos Peixotos”, e próximas à Sesmaria da Barra do Córrego dos Índios, cc. Guilhermina Teresa D’Alincourt, depois da Silva, n. Portugal, f. de Luiz D'Alincourt, b. 1762, Condeixa a Nova, Portugal, e Clara Rita Ephigênia D'Alincourt, com 14 filhos, entre eles os 11 abaixo (AL, AP e Ric):
- Obs.: Ele era também da família Rodrigues Lima (DBB).

2.1 Francisco. Um Francisco de Paula da Silva Lopes, que poderia ser este, foi testemunha em Santa Maria Madalena, em 1885, cc. Josefina de Jesus Lopes, com pelo menos (DBB, Ric e Sar):

3.1 América, b. 1899, Santa Maria Madalena (DBB).

2.2 Maria, b. 1838, Cantagalo, RJ (DBB).

2.3 Guilherme, b. 1839, Cantagalo.

2.4 João, b. 1840, Cantagalo. Um João da Silva Lopes, cc. Olinda Maria da Conceição, com pelo menos (DBB e Ric):

3.1 Maria, b. 1895, Trajano de Morais, RJ.

2.5 Luís, b. 1843, Cantagalo.

2.6 Augusto (Ric).

2.7 Henrique, talvez o mesmo Henrique de Paula Mascarenhas, fluminense de São Fidélis, que ainda vivia em 1904, c. 1875, com Quenciana Milagres Mascarenhas, a Sana, n. 1859, f. 1948, com 89 anos, f. de Francisco Vieira de Carvalho Milagres e Antônia Maria Leal Milagres, com 14 filhos, todos “Milagres Mascarenhas”, que foram embora de Baixo Guandu, ES, para Vitória e para o Estado do Rio, entre eles os que estão relacionados na família Vieira de Carvalho (MMF.25, 57, 66, 252 e Ric):
- Obs.: O atestado de óbito diz que a esposa faleceu em 1948, com 93 anos, à Rua Cardoso Júnior, 159, na 4ª Circunscrição do Rio, RJ, deixando 13 filhos maiores. (Ricardo Lobo).

2.8 Maria de Paula Mascarenhas Barroso, n. 1839, f. 1878, c. 1856, com José Gonçalves Barroso, n. Lamim, MG, f. 1887, São Fidélis, RJ, morador do Espírito Santo do Empoçado (atual Cataguarino), Cataguases, MG, dono das Fazendas Bom Retiro e Campo Alegre (viúvo de sua prima Ana Joaquina do Espírito Santo ou Ana Joaquina de Souza Lima, depois Ana Joaquina Gonçalves Barroso, também n. Lamim, f. 1852, Santo Antonio de Pádua, RJ, com inventário em 1855, no 1º Ofício de São Fidélis, filha do Alf. Luciano de Souza Lima e Inocência Maria de Jesus), já f. 1881, f. de outro José Gonçalves Barroso e outra Ana Joaquina do Espírito Santo, estes provavelmente moradores em São João Nepomuceno, MG. Teve cerca de 30 filhos (os de Ana Joaquina nascidos aproximadamente entre 1830 e 51), de ambos os matrimônios:
          Depois, José Gonçalves Barroso foi para São Fidélis, com a 2ª esposa, a qual enviuvando foi para o Rio, com várias filhas solteiras, que casaram muito bem, uma com Miguel Couto, outra com Francisco Fajardo Júnior, notável médico e professor de medicina, provavelmente o do mesmo nome que está na família Souza Lima. (Douglas Fazzolato, Joana, Job e Ric).
          Um José Gonçalves Barroso, com sua mulher (e outros), foram partes em ação de medição e demarcação em Mar de Espanha, em 1847, da Fazenda Forquilha.
          O casal José Gonçalves Barroso (filho) e Ana Joaquina do Espírito Santo, foi dispensado do Impedimento de Consanguinidade do 2º Grau, em 1834, em Rio Pomba, MG, já que a mãe dele (Ana Joaquina do Espírito Santo) era irmã inteira do pai dela (Luciano de Souza Lima). (Job).

                       Da 1ª esposa: Justino, Faustina, Gesuína, Genuína, Ricardo José Gonçalves Barroso, n. 1840, Antônio Gonçalves Barroso (hipótese), n. 1841, Joana, n. 1844, Jenuíno, n. 1845, Maria (outra), n. 1846, e ainda: (Job e Ric).

3.1 Carlota Raquel de Souza Barroso, depois de Souza Lima, f. 1894, Cataguarino, MG, cc. o tenente João José de Souza Lima (irmão de Ana Joaquina de São José), doador do patrimônio e construtor da primeira capela do Empoçado, f. 1874, no Empoçado, Cataguases, MG, onde foi fazendeiro, juiz de paz e delegado de polícia, foram donos de fazendas, no Empoçado, que tinham os mesmos nomes das fazendas do pai dela, onde já teriam adquirido terras em 1850, provavelmente originários da região de Cipotânea, f. de Domingos José de Souza Lima, n. Espera, e Eusébia Joaquina de Jesus, de São José ou de Souza Lima, n. Itaverava, np. de Domingos de Souza Lima e Antônia de Rosa de Andrade, naturais de Espera, nm. do Furriel José de Souza Lima e Anna Rosa do Espírito Santo, com pelo menos (Avelina, Int, Joana, Job e Nilza):

4.1 Eusébia Souza Lima, provavelmente a do mesmo nome f. 1890, Leopoldina, cc. o Alf. Camilo Delfim Silva, n. 1842, Piranga, MG, verador em 1877 até 80 no Empoçado, dono da Fazenda Canadá, f. de Eleutério Delfim Silva e Francisca Cândida da Gama, pais de: (Joana e Nilza).

5.1 Adalberto de Souza Delfim, n. 1895, Cataguarino (Joana).

5.2 Francisca Delfim Silva, c. 1895, Cataguarino, com seu primo Henrique Martins da Costa Cruz, f. de Custódio José da Costa Cruz e Gabriela Augusta de Souza Lima ou da Costa Cruz, adiante, com (Joana e Job):

6.1 Iracema, n. 1902, Cataguarino.

5.3 Henriqueta Delfim Silva.

5.4 Maria Luísa Delfim, cc. seu primo Manuel de Souza Lima, f. de João José de Souza Lima, filho, e Elisa Alves Ferreira, adiante.

5.5 Nicolina Delfim, c. 1910, Cataguarino, com Basilides Ventura Marinho.

5.6 José de Souza Delfim, cc. Júlia Vieira Novaes, com:

6.1 Maria de Lurdes Delfim, cc. Antônio Sebastião Carvalho.

5.7 João.

5.8 Maria Carlota de Souza Lima, cc. o Dr. Virgílio Horácio de Oliveira, médico em Cataguases em 1877, com (Joana e Nilza):

6.1 Sebastião de Souza Oliveira, o Tião de Oliveira, cc. Ruth Xavier. (Joana).

6.2 Ten. Luís Carlos de Oliveira, cc. Julieta Moojen Oliveira, n. 1882, Lagoa Vermelha, RS, f. 1962, f. de Osório Guilherme Moojen e Teresa Eulália Branco de Lacerda, pais de: (Joana e Joberto).

7.1 Teresa Moojen, n. 1900, Cataguarino.

7.2 Dr. Virgílio Moojen de Oliveira, n. 1902, Leopoldina, f. 1980, dentista, médico e professor (Brasil e Brasileiros de Hoje: enciclopédia de biografias, de Afrânio Coutinho, fls. 201 – Editorial Sul Americana, 1961). (Job).

7.3 Dr. João Moojen de Oliveira, n. 1904, Leopoldina, f. 1985, Rio, RJ, figura marcante na zoologia brasileira do Século XX, c. Além Paraíba, MG, com Emília Costa Cruz Figueira, deixando quatro filhos, netos e bisnetos (João Moojen (1904-1985), de Fernando Dias de Ávila-Pires).

7.4 Luísa de Oliveira Costa, n. 1907, Leopoldina, cc. (...), com pelo menos (Trovadores do Brasil, de Aparício Fernandes, fls. 250 – Editora Minerva, 1966):

8.1 Laís Costa Duarte, trovadora.

6.3 Henriqueta de Oliveira, n. 1879, em Dona Euzébia, MG, f. 1977, Leopoldina (livro de sepultamentos do Cemitério de Nossa Senhora do Carmo, de Leopoldina), c. 1897, com João Sonnel, Somel ou Samuel, n. 1870, Cantagalo, RJ, f. 1942, Leopoldina (sepultamentos de Leopoldina), f. de Félix Sonnel e Francisca de Souza Lima (Livro de Casamentos da Igreja de Santa Rita). (Joana e Nilza).

5.9 Carlos. (Joana).

4.2 Ana Eulália de Souza Lima, depois Viana, n. 1854, Cataguases, f. 1935, Belo Horizonte, c. 1872, com o Cel. João Ribeiro da Fonseca Viana, n. 1850, Itabira do Mato Dentro, MG, f. 1909, BH, f. do Major Antônio Ribeiro da Fonseca e Bernarda Cândida de Souza Viana (esta irmã de Joaquina Cândida de Souza Viana e do Visconde do Rio das Velhas), com geração no livro “Dados Genealógicos da Família Souza Lima”, de Stella de Souza Lima Jorge, entre os quais (Job, citando o Anuário Genealógico Brasileiro, e Vânia):

5.1 Comendador Artur Viana, n. 1877, Cataguases, industrial, c. 1ª vez, 1898, Porto de Santo Antonio, Cataguases, com Querubina Fernandes Ferreira Martins, n. 1878, Ubá, MG, f. do Tenente Genuino Escolastico Martins Ferreira e Francelina Maria Fernandes e, enviuvando, 2ª, com Margarida Martins Vianna, sobrinha da 1ª esposa, com pelo menos:
                    Da 1ª esposa:

6.1 Argentina Viana, c. 1922, BH, com o Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, n. 1897, Messejana, Fortaleza, CE, f. 1967, Mondubim, Fortaleza, ex-Presidente do Brasil, f. do General Cândido Borges Castello Branco e Antonieta de Alencar Gurgel, com geração.

6.2 Maria de Lourdes Vianna.

6.3  Dr. Hélio Martins Viana, n. 1908, BH, g. 1972, Rio, advogado, jornalista e professor, c. 1936, Rio, com Edith de Meira Travassos, n. 1900, Olinda, PE, f. de Alberto Eugênio Serrano Travassos e Olindina de Meira Lima, com pelo menos:

7.1 Hélio Viana Júnior, n. 1937, Rio. 

6.4 Inês Vianna.

6.5 Celina Vianna.

6.6 Ivan Martins Viana, c. 1911, Pouso Alegre, MG, com Marina Gomes Libânio, f. de Ismael Libânio, n. 1883, nessa cidade, f. 1961, Belo Horizonte, e Maria Guilhermina dos Santos Gomes, n. 1893, Rio, np. de Joaquim Libânio Gomes Teixeira (este já viúvo de Maria José Gomes Teixeira, falecida em 1873 em Caconde - SP, e filho o Ten. Cel. Manoel Libânio Teixeira e Francisca de Paula Carolina Gomes), e Maria Guilhermina de Barros (esta do Comendador Cândido Antônio de Barros e Maria José de Barros Cobra), nm. de Alfredo Gomes dos Santos, n. São Matheus, ES (este de Ignácio Gomes do Santos e Anna Gomes dos Santos), e Maria Guilhermina Tavares Paes (esta de José Evaristo Tavares Paes e Maria Guilhermina Gomes Teixeira, esta irmã de Joaquim Libânio Gomes Teixeira, pai de Ismael Libânio), pais de: (Joberto e informações gentilmente enviadas pelo amigo, genealogista, Wilton Furtado).

7.1 Arthur Vianna Neto.

6.7 Artur Viana Filho.

6.8 Niso Viana, engenheiro pela Escola de Engenharia do Universidade de Belo Horizonte (1922), cc. Ribas Vianna, pais de: Julieta Vianna, Antonio Eduardo Vianna, João Arthur Vianna e Teresa Cristina Vianna. (Joberto, citando: "Quem é quem no Brasil, 1955, fls. 385").

6.9 Agnés Dominique Vianna OP (freira).

6.10 Genuíno Vianna.

6.11 Fábio Vianna.

6.12 Eneida Vianna.

6.13 João Viana.

6.14 Lincoln Martins Vianna.

5.2 Dr. Armando Ribeiro Viana, Dentista, c. 1910, Cataguarino, com sua prima Alzira Souza Lima, f. de João José de Souza Lima, filho, e Elisa Alves Ferreira, adiante, com: (Joana e informações gentilmente enviadas pela Sra. Alzira Vianna, neta do Sr. Armando, que enviou também os filhos do casal e os dois irmãos abaixo).

6.1 Guiomar de Souza Vianna, depois Guiomar Vianna Nascimento, f. 1985.

6.2 Elisa de Souza Vianna, depois Elisa Vianna Botelho, f. 2008.

6.3 Alice de Souza Vianna, depois Alice Vianna Novais, falecida.

6.4 Renato de Souza Vianna, f. 1963.

6.5 Aloisio de Souza Vianna, falecido.

6.6 João de Souza Vianna, falecido.

5.3 Adolpho Ribeiro Viana, n. 1883, Cataguases, f. 1959, BH, Deputado por Minas, entre 1907 e 1930, Advogado e Delegado de Polícia, cc. Cândida Viana Teixeira. (Joberto, citando o Dicionário Biográfico de Minas Gerais, de Norma de Góes Monteiro e Apontamentos Genealógicos sobre a Familia Vianna , de Jorge Pereira da Cunha Filho).

5.4 José Ribeiro Vianna, o tio Zeca, n. 1886, Cataguases, f. 1958, BH, Advogado, cc. Dalila Figueira da Costa Cruz, f. do Cel. Francisco Martins da Costa Cruz e Olympia Figueira, com: Cloris Ribeiro Vianna, Lucia Ribeiro Vianna, e ainda: (Joberto, citando a Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, 1958, Vol. 5, fls. 363).

6.1 Dr. Márcio Ribeiro Vianna, Advogado em BH, cc. Alda Rocha, com: Ana Maria Rocha Vianna, diplomada em Pedagogia pela UCMG e Marcos Rocha Vianna. (Joberto, citando "Os Antepassados", por Pedro Maciel Vidigal, fls. 946).

6.2 Dr. Dalmo Cruz Vianna, cc. Maria Helena Pereira.

5.5 Anita Viana de Faria. (Joberto, citando a Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, 1958, Vol. 5, fls. 364).

5.6 Maria de Souza Vianna Novaes, cc. Álvaro Novaes, f. do Major Ignácio Novaes e Francisca Fonseca Vianna, com: (Joberto, citando o Anuário Genealógico Brasileiro, de Salvador de Moya, 1943, Vol. 5, fls. 80).

6.1 Ubirajara Vianna de Novaes, n. 1892, Cirurgião Dentista e Professor Catedrático da Faculdade de Odontologia da Universidade de Minas Gerais, cc. sua prima Maria da Glória Vianna de Novaes, n. 1889, f. de Joaquim Cândido Vianna e Maria Cândida, pais de: Ubirajara Vianna de Novaes Filho, n. 1918 e  Mansa Vianna de Novaes, n. 1935, ambos em Belo Horizonte, MG.

6.2 Ubyratan Vianna de Novaes, n. 1903, Belo Horizonte, MG, Professor e Dentista, cc. Zilah Freite Novaes, com: Ubyratan, Weber, Wilton, Lucy, Lucia, Alexis e Regina. (Joberto, citando "Brasil e Brasileiros de Hoje, de Afrânio Coutinho, fls. 173).

6.3 Maria.

4.3 Maria. Provavelmente esta ou a Carlota, abaixo, seria a mesma Maria Carlota de Souza Lima (filha do casal), cc. o Dr. Nominato José de Souza Lima, mineiro, vereador em Leopoldina, MG, em 1865, morador na estação de Guarani, f. de Antônio Gomes de Oliveira e Ana Joaquina da Silva, np. de Domingos de Souza Lima e Eusébia Joaquina de São José, esta benfeitora do lugar chamado de Dona Eusébia e neta ou bisneta do Cap. Braz Pires Farinho, fundador do arraial, com pelo menos (Job e Nilza):
- Obs.: Conforme "A Academia de São Paulo: tradições e reminiscências: estudantes", de Almeida Nogueira, Carlos Penteado de Rezende - 1977, Braz Pires: subsidios para a história da colonização em Minas Gerais, de Abel Gomes, publicado por Irmãos Pongetti, 1951 e, ainda, genealogia da família Pires Farinho.

5.1 Eusébia Nominato da Rocha, cc. Martinho da Rocha Ferreira, com pelo menos: Dr. Roberto Martinho da Rocha, Dr. Daniel Martinho da Rocha, Dr. José Martinho da Rocha, Francisco Júlio Borgoff Martinho da Rocha e Alzira Rocha Doyle. (Joberto).
- Obs.: Conforme "Estudos Sociais e Políticos", da Universidade Federal de MG, 1960, fls. 112 e Who's Who in Brazil, São Paulo, 1976.

4.4 Zarica (mesmo livro, acima).

4.5 Lilica.

4.6 Gabriela Augusta de Souza Lima (depois Gabriela Augusta da Costa Cruz), cc. Custódio José da Costa Cruz, com pelo menos (Job, citando os livros “Ubá Imperial”, de Raul de Morais, fls. 143/4 e “Os Antepassados”, de Pedro Maciel Vidigal, fls. 910):

5.1 Henrique Martins da Costa Cruz, c. 1895, Cataguarino, com sua prima Francisca Delfim Silva, f. do Alf. Camilo Delfim Silva e Eusébia Souza Lima ou São José, com geração acima.

5.2 Manuel Martins da Costa Cruz, n. 1870, Bacharel em Direito, cc. Guiomar Ribeiro.

5.3 Dr. Dilermano Martins da Costa Cruz, n. 1879, Leopoldina, MG, cc. Maria Antonieta Lobato.

5.4 Dr. Carlos Martins da Costa Cruz, n. 1881, Leopoldina. (Microfilme 1.285.223, de Leopoldina, MG, da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, item 3, termo 612, fls. 64v).

- Obs.: Outros filhos descobertos pela genealogista Nilza Cantoni, de Além Paraíba, MG, que, entretanto, diz que as informações precisam ser confirmadas:

5.5 Custódio Martins da Costa Cruz (filho), n. 1880. (Microfilme 1.285.223, de Leopoldina, MG, da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, item 3, termo 613, fls. 64v).

5.6 Teresa Martins da Costa Cruz, cc. Emílio Gonçalves Júnior, por volta de 1898, conforme Gazeta de Leopoldina (Leopoldina, diversos números), ed. nr. 11, ano 1898, 26 de junho, página 3.

5.7 Maria Carmen da Costa Cruz, cc. João José Vieira. (Fonte oral).

5.8 Afonso Martins da Costa Cruz, cc. Alzira Neto. (Fonte oral).

5.9 Cecília, sem outras informações. (Fonte oral).

4.7 Carlota.

4.8 Teresa de Souza Lima, Terezinha, c. 1885, no Empoçado, com Raimundo Martins da Costa Cruz, n. 1864, Leopoldina, MG, f. de Joaquim José da Costa Cruz e Ana Joaquina Martins da Costa (em Gonçalves Lopes), com entre outros (Nilza, com gentil colaboração da sua amiga Joana Capella, de Cataguarino):

5.1 Maria José, n. e b. 1892, Leopoldina. Padrinhos: Joaquim Martins Guerra (talvez f. de Francisco Alves de Souza Guerra, fazendeiro em Santa Isabel, atual Abaíba, Leopoldina, cc. Francisca Apolinária de Souza Lima), e Elvira de Souza Lima.

5.2 Guiomar Souza Lima Cruz, cc. seu primo, o Cel. Artur Martins da Costa Cruz, f. de Antônio Martins da Costa Cruz (irmão de Raimundo, do item 4.8, acima), e podem ter sido pais de pelo menos:

6.1 Carlota Cruz de Lima (hipótese).

4.9 João José de Souza Lima, filho, cc. Elisa Alves Ferreira, pais de (Joana): 

5.1 João de Souza Lima, c. 1918, Cataguarino, com Etelvina de Aguiar, f. do Cap. Francisco Gomes de Aguiar e Honorina Rosa de Aguiar. 

5.2 Manuel de Souza Lima, cc. sua prima Maria Luísa Delfim, f. do Alf. Camilo Delfim Silva e Eusébia Souza Lima, acima. 

5.3 Guiomar de Souza Lima, farmacêutica, n. 1896, Cataguarino, onde c. 1918, com Nestorio Batista Valente, f. de Ezequiel Soares Valente Vieira e Zoraide Batista Vieira. 

5.4 Mário. 

5.5 Alzira Souza Lima, c. 1910, Cataguarino, com seu primo Armando Ribeiro Viana, f. de João Ribeiro da Fonseca Viana e Ana Eulália Souza Viana, com geração acima.

4.10 Rosalina Souza Lima, n. e b. 1861 (padrinhos: José Vieira da Silva Pinto e Feliciana Vieira da Silva Pinto), c. no Empoçado (a data do assento está rasgada), com o Dr. Alberto Belmonte Aguiar (conforme petição de 1877, de Nominato José de Souza Lima, tutor dos órfãos do seu sogro, pedindo licença ao Juiz de Órfãos, para realizar este casamento), Médico, n. Porto Alegre, RS, f. de Antônio Vieira de Aguiar e Maria Sofia de Aguiar (em título Azeredos Coutinhos). Testemunha do casamento: Nominato Souza Lima (Livros da Igreja de Santa Rita, de Cataguases, assentos relativos ao distrito do Empoçado, atual Cataguarino). (Joana e Nilza).
- Obs.: A profissão do Dr. Alberto seria Engenheiro Ferroviário, Médico seria engano que constou do registro de casamento. (Ivana Maria de Aguiar Ribeiro).

4.11 Elvira Souza Lima, depois Lima da Fonseca, c. 1893, com Luiz da Fonseca, de São João Del Rei, MG (irmão de Maria, n. 1860, Luís, n. 1861, Antônio, n. 1863, e Rita Maria da Fonseca, n. cerca de 1870, todos em Santa Luzia, esta c. 1896, Matozinhos, com Joaquim de Oliveira Lima), f. de Luís Maria da Fonseca Ferreira e Joaquina Cândida da Fonseca Viana ou Ribeiro Fonseca (estes casados em 1860, em Santa Luzia), np. do Cap. Antônio da Fonseca Ferreira Filho e Teodora Luísa da Piedade, nm. do Major Antônio Ribeiro da Fonseca e Bernarda Cândida de Souza Viana (esta irmã do Viconde do Rio das Velhas, e de Joaquina Cândida de Souza Viana), pais de: (Joana, Nilza e Rogério).

5.1 (...), f. criança em 1894.

5.2 Maria Lima, n. 1895, Cataguarino (o nome da mãe constou como Elvira Lima). Muito provavelmente a mesma Maria José Fonseca Dalia, n. cerca de 1895, Cataguases, f. 1961, no Hospital Semper, em Belo Horizonte, com 66 anos (filha de "Luiz Fonseca e Elvira Lima da Fonseca", já falecidos em 1961), cc. Vicente Gastão Dalia, f. de Francisco Dalia e Filomena Morena, com: José, Efigênia, Marina e Rosalba. (Informações e descendência gentilmente enviadas pelos amigos, genealogistas, Rogério Evandro Farah, do Rio de Janeiro, baseadas na certidão de óbito, da Sra. Maria José Fonseca Dalia, do terceiro subdistrito de registro civil de Belo Horizonte, livro 041, folha 26, termo 036316, de 8/7/1961, e Rafael de Castro Baker Botelho, de São Paulo, SP, que pesquisou os batismos de Aiuruoca, MG, de 1835 até 86).
- Obs.: Irmãos do Sr. Vicente Gastão Dalia: Evangelina e Domingos, este batizado em 1883.

3.2 José Gonçalves Barroso Neto ou Júnior, n. 1837, testemunha do casamento de Luciano, a seguir, em Itaocara, RJ, em 1859 (Job e Ricardo).

3.3 Luciano Gonçalves Barroso, n. 1838, c. 1859, Itaocara, com Teresa Angélica de Souza, f. de Antônio de Souza Lima Niquinho, de Barbacena, MG, dono da Fazenda Feliz Retiro, em Euclidelândia, Cantagalo, RJ, em 1855, e Romana Angélica de Souza Lima. Testemunhas: José Gonçalves Barroso Júnior e Sebastião Gonçalves Barroso (AL, AP, Job e Ric).

3.4 Ana, n. 1842, cc. José Soares de Almeida Júnior.

3.5 Francisca de Souza Barroso, n. 1847, f. 88, cc. o Dr. Martiniano de Souza Lintz, n. 1839, era Advogado, e falava bem o idioma inglês (casou duas vezes, uma delas com Rosalina Barroso Gouveia, "Zarica", sobrinha de Francisca de Souza Barroso, e teve de ambos os casamentos 25 filhos). De Francisca teve, entre outros:

4.1 Justino Aureliano Barroso Lintz, cc. sua tia Arminda Mascarenhas Barroso, Sinhazinha, n. 1877, adiante, moradores no Rio, f. de José Gonçalves Barroso e Maria de Paula Mascarenhas Barroso, com 3 filhos, todos diplomatas:
- Obs.: A geração deste casal foi gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Clóvis Frederico da Silva Ramos.

5.1 Arésio Barroso Lintz, n. 1906, São Paulo, f. 1994, Rio de Janeiro.

5.2 Ilka Barroso Lintz, solteira.

5.3 Zuleika Barroso Lintz, n. 1911, São Paulo, solteira, sem descendência

4.2 Esther Barroso Lintz, solteira, sem geração.

4.3 Sebastião Barroso Lintz, solteiro, sem geração.

4.4 José Martiniano Barroso Lintz, Juca, n. 1870, Aiuruoca, MG, f. 1923, Leopoldina, MG, cc. Ignácia de Souza Lintz, com os seguintes filhos: Benedito, José, Sebastião, o "Tão", Graziela, Agripina, Maria, Alaíde, Calíope, e ainda:

5.1 Judith, n. 1897, Aiuruoca, MG, f. 1990, Leopoldina, c. 1939, com Joaquim de Souza Guedes Cardoso Machado, com geração.

4.5 Landulpho Barroso Lintz, foi cc. Améria Benfica Lintz, Meméia.

4.6 Maria do Carmo Barroso Lintz, Eta, n. 1886, Leopoldina, f. 1918, São Paulo, cc. Aníbal de Freitas, n. 1885, Rezende, RJ, f. Campinas, SP, f. de Francisco de Freiras e maria Eugênia de Oliveira Borges, com:

5.1 Lucila Lintz de Freitas, n. 1908, Lorena, f. Campinas, solteira, sem geração.

5.2 Heloisa Lintz de Freitas, n. 1911, Lorena, f. 1917, Campinas.

4.7 Maria da Glória Barroso Lintz, Zica, n. 1886, Leopoldina, f. São Paulo, cc. Frederico da Silva Ramos, f. de Bento Joaquim da Silva Ramos e Joana Madalena Meyer, com os seguintes filhos: (Avós do Sr. Clóvis Frederico da Silva Ramos, que gentilmente enviou muitas informações para este ramo, o que muito agradecemos).

5.1 Maria Auxiliadora da Silva Ramos, n. 1913, Lorena, onde f. 1961, cc. Sebastião Pompeia, filho de Álvaro Pompeia e Maria Terceira Junqueira, com: (A geração deste casal foi gentilmente enviada pelo Sr. Álvaro Pompeia, o que muito agradecemos).

6.1 Álvaro Frederico Ramos Pompeia, cc. Dorothea J. Conrado Pompeia, com geração.

6.2 Marcelo Augusto Ramos Pompeia, cc. Nilza Aparecida Procida Pompeia, com geração.

6.3 Fernando Luiz Ramos Pompeia, cc. Celia Conceição Mathias Pompeia, com geração.

5.2 Gerda Helena da Silva Ramos, n. 1916, Lorena, f.  1970, São Paulo, solteira, sem geração.

5.3 Dr. Frederico José da Silva Ramos, n. 1918, Lorena, f. 1995, São Paulo, cc. Maria de Lourdes Figueiredo Bastos, f. de Cláudio Bastos e Francisca Novis Figueiredo, com geração.

5.4 Dr. Péricles Eugênio da Silva Ramos, n. 1919, Lorena, f. 1992, São Paulo, cc. Niza Duarte, n. 1924, RJ, f. 1997, São Paulo, f. de Clóvis Potiguar Duarte e Iracema Xavier da Rosa, com geração.

5.5 Marília Zuleica da Silva Ramos, falecida menina.

5.6 Marília Esther da Silva Ramos, n. 1924, Lorena, onde f. 2009, solteira, sem descendência.

5.7. Enio Celso da Silva Ramos, n. 1928, Lorena, onde f. 1991, solteiro, sem descendência.

4.8 Clotilde Barroso Lintz.

4.9 Maria José Barroso Lintz, Sinhá.

4.10 Edelberto Barroso Lintz, faleceu ainda jovem, cc. (...), de quem foi o 1º marido, foi pai de: (Informação gentilmente enviada pelo Sr. José Alves Lintz, o que muito agradecemos).

5.1 José da Rocha Lintz.

Do 2º casamento do marido com sua sobrinha Rosalina Barroso Gouveia, Zarica, vieram:

4.11 Esdras Gouveia Lintz, cc. Hermengarda Pereira, n. Leopoldina, MG, f. Mogi das Cruzes, SP, com geração.

4.12 Saul Gouveia Lintz, n. Leopoldina, f. São Paulo, cc. Maria de Nazareth Xavier da Rosa Lintz, com: (Este ramo foi gentilmente confirmado pela neta do casal, Sra. Nádia Maués Rivera).

5.1 Yeda Gouveia Lintz, n. São Paulo, cc. Rodolfo Luiz Maués, com geração.

5.2 Rubens Gouveia Lintz, n. Niterói, RJ, c. em primeiras núpcias com Valderez Duarte, com geração.

4.13 Dario Gouveia Lintz, n. Leopoldina, f. São Paulo, cc. Amélia Brendaglia Lintz, com: Valter Brendaglia Lintz, Dario Brendaglia Lintz e Cleide Brendaglia Lintz.

4.14 Benedito Gouveia Lintz, n. Leopoldina, f. São Paulo, cc. Maria Pacca.

4.15 Alzira Gouveia Lintz, n. Leopoldina, f. Belo Horizonte.

4.16 Zaira Gouveia Lintz, n. Leopoldina, f. Aiuruoca, MG.

4.17 Abgail Gouveia Lintz.

4.18 Ruth Gouveia Lintz.

4.19 Alda Gouveia Lintz.

4.20 Tereza Gouveia Lintz.

4.21 Maria Gouveia Lintz, n. Leopoldina, f. São Paulo, cc. Sebastião Meyer, com:

5.1 Mauro José Lintz Meyer, cc. (...), sem descendência.

4.22 Álvaro Gouveia Lintz.

3.6 Teresa, n. 1848, cc. Manuel Valentim Gouveia, com pelo menos: Rosalina.

                            Da 2ª esposa: Ambrozinha, Teófilo Mascarenhas Barroso, n. 1870, f. 1891, solteiro,  Isaura Mascarenhas Barroso, n. 1874, f. solteira, Rita, n. 1848, Josué, n. 1849, José Faustino, n. 1851, e ainda: (Job e Ric).

3.7 Rosalina Mascarenhas Barroso, n. 1858, cc. José Caetano Jales Cabral (Ric).

3.8 Virgínia Mascarenhas Barroso, n. 1860, f. 1958, c. 1878, com Marciano Dias Tostes, n. 1857, f. 1910, morador em São Fidélis, f. de Marciano Dias Tostes e Ana Francisca de Paula, c.ger. na genealogia da família Dias Tostes, de Márcia de Oliveira Tostes Ferreira e Rogério Tostes (Douglas, Job e Ric).

3.9 Maria Mascarenhas Barroso, n. 1862, cc. Fernando Lobo Leite Pereira, n. 1851, Campanha, f. 1918, Rio, ministro das Relações Exteriores, no governo de Floriano Peixoto, e Senador Federal por Minas Gerais, f. de Joaquim Lobo Leite Pereira e Ana Leopoldina Lopes ou Xavier de Araújo, com geração no livro “Dados Genealógicos da Família Souza Lima”, de Stella de Souza Lima Jorge (Job, Ric e site do Senado Federal).
- Obs.: São os bisavós do genealogista Ricardo R.P.G. Lobo.

3.10 Matilde Mascarenhas Barroso, n. 1863, cc. o médico, Dr. Antônio José Pacheco (Ric).

3.11 Sebastião Gonçalves ou Mascarenhas Barroso, n. 1866, Rio, testemunha do casamento do seu irmão Luciano Gonçalves Barroso, em Itaocara, em 1859, cc. Maria Celeste Ribeiro (Job e Ric).

3.12 Olívia Mascarenhas Barroso, n. 1872, cc. João Ximenes Coelho.

3.13 Maria da Conceição Barroso, n. 1875, c. 1ª vez 1894, com Afonso Augusto Costa e, 2ª, com Antônio Abranches.

3.14 Arminda Mascarenhas Barroso, Sinhazinha, n. 1877, cc. seu sobrinho Justino Aureliano Barroso Lintz, moradores no Rio, f. de Martiniano de Souza Lintz e Francisca de Souza Barroso, nm. de José Gonçalves Barroso e Ana Joaquina do Espírito Santo ou de Souza Lima, acima, com 3 filhos, todos diplomatas. (Job e Ric).

3.15 Esmeralda Gonçalves Barroso (hipótese), cc. Manuel Alves da Silva, com pelo menos: José, b. 1919, Trajano de Morais. (DBB).

2.9 Rosalina (Ric).

2.10 Virgínia.

2.11 Antônio.

2.12 José Inácio da Silva Lopes (hipótese), foi parte em ação de execução, em Mar de Espanha, em 1863.

2.13 Benedito da Silva Lopes (hipótese), cc. Argina ou Orgina Pereira da Silva Lopes, com pelo menos: Maria, b. 1921 e Maurina, b. 1922, ambas em Trajano de Morais. (DBB):

                                         RAMO DE SÃO JOÃO NEPOMUCENO

          José Gonçalves Barroso, n. por volta de 1782, "roceiro", f. 1877, São João Nepomuceno, MG, cc. Ana Joaquina, 40 anos em 1831, com filhos nascidos aproximadamente entre 1809 a 1830.Tiveram pelo censo de 1831, de São João Nepomuceno, constante do Acervo do Arquivo Público Mineiro (Fundo: PP-10 / Rolo: 2 / Caixa: 4 / Doc. 15): (Job e Nilza).

1.1 Antonio Gonçalves, 22 anos, solteiro, "roceiro", em 1831 (Job).

1.2 José Gonçalves, 20 anos, solteiro, "roceiro", em 1831.

1.3 Manoel Gonçalves, 16 anos, solteiro, "roceiro", em 1831. Talvez o mesmo Cap. Manuel Gonçalves Barroso, juiz de paz e fazendeiro em São João Nepomuceno em 1885 (Job e Ric).
- Obs.: Um Manuel Gonçalves Barroso e outros, foram partes em ação de medição e demarcação em Mar de Espanha, das terras do alto da serra, em 1866.

1.4 Marcellina, 16 anos, solteira, em 1831.

1.5 Francisco, 14 anos, solteiro, "roceiro", em 1831.

1.6 Francisca, 12 anos, solteira, em 1831.

1.7 João, 10 anos, em 1831.

1.8 Maria, 9 anos, em 1831.

1.9 Joaquim Gonçalves Barroso, 7 anos em 1831, provavelmente o Capitão do mesmo nome, vereador em São João Nepomuceno, MG, em 1885, cc. Rosalina Barroso (depois viúva e fazendeira?), talvez pai de, pelo menos (Job, Nilza e Sandoval):
- Foi, ainda provavelmente, o mesmo que residia em São João Nepomuceno em 1834 e era eleitor do 1º quarteirão de Descoberto em 1850, genro de Manuel Antônio Furtado Basílio e Maria Luísa de Jesus, com os 12 filhos abaixo, e talvez ainda Eusébia, Maria, Idalina e Ernestina, falecidas na infância: (Job e Nilza).

2.1 Joaquim, provavelmente o mesmo Joaquim Gonçalves Barroso Júnior, suplente de delegado em São João Nepomuceno, em 1885 (Job e Ric).
- Obs.: Provavelmente ainda, o mesmo Joaquim Gonçalves Barroso Júnior, fazendeiro em Itamarati, Cataguases, falecido no Estado do Espírito Santo, cc. Maria Petronilha Dutra, a Sinhazinha, f. do Cap. Antônio José Dutra Nicácio e Joaquina Maria Guerra d'Assumpção, np. do Cel. José Dutra Nicácio e Antônia Lopes Dutra, nm. de Antônio Viecente Rodrigues Guerra e Maria Dornellas da Costa, com geração no livro "Genealogia Mineira", de Arthur Rezende, Vol. 2, fls. 292 a 297, entre os quais: (Job).

3.1 Dr. Joaquim Dutra Barroso, que foi prefeito de São Mateus, ES, cc. a sua prima Maria Barroso Lima, f. de Antônio Gonçalves Barroso e Felisbina Barroso Lima, com geração no mesmo livro.

2.2 Francisco.

2.3 José Henrique.

2.4 Alfredo.

2.5 Antero.

2.6 João.

2.7 Ana Francisca.

2.8 Maria Luísa Barroso, cc. José Soares Valente, f. do Comendador José Soares Valente Vieira e Ana Soares Henriques, np. do Cel. Francisco Soares Valente e Francisca Vieira da Silva Pinto, nm. de Manuel Henriques de São Nicácio e Ana Clara Mendes, com geração no livro "Genealogia Mineira", de Arthur Rezende, Vol. 1, fls. 227 a 231, entre os quais: (Job).

3.1 Maria Soares Valente, cc. Lacordaire Dutra, irmão de Maria Petronilha Dutra, acima, f. do Cap. Antônio José Dutra Nicácio e Joaquina Maria Guerra d'Assumpção, com geração no mesmo livro.

3.2 Feliciana Soares Valente, cc. Joaquim Soares Barroso, com geração no mesmo livro.

2.9 Albertina Augusta.

2.10 Evangelina Cândida.

2.11 Geminiana Bartolomeu.

2.12 Antônio, que concluiu o curso de Farmácia em 1883.

1.10 Sebastião, 5 anos, em 1831 (Job). Provavelmente o mesmo Sebastião Gonçalves Barroso, que aparece na qualificação eleitoral de 1851 e na lista de habitantes de São João Nepomuceno de 1834, cc. Augusta Luzia Lima, com pelo menos: (Nilza).

2.1 Lavínia Augusta Barroso, c. 1882, na Igreja NS da Conceição da Boa Vista, Recreio, MG, com Álvaro ou Alonso de Souza Lima, f. de Antonio de Souza Lima Niquinho e Romana Angélica Souza Lima, moradores em Conceição da Boa Vista, MG, com geração na família Souza Lima. (Livro de casamentos da citada igreja de Recreio, MG, nº 1, fls. 181).

1.11 Constantina, 4 anos, em 1831.

1.12 Josefa, 3 anos, em 1831.

1.13 Domingos Gonçalves Barroso, n. 1830, tinha 1 ano na data do censo, cc. América Serrana Moojen da Fonseca (ou Mayer da Fonseca), com geração no site Geneal BR (Job e Nilza).

 

Nota nº 1:

Nos livros do Cartório do 1º Ofício de Notas de Mar de Espanha há registros de escrituras de compra e venda de terras, bem como de cartas de liberdade de escravos, em nome de:
Fls. 12, Alferes Luciano de Souza Lima - terras;
Fls. 52, Vicente de Souza Lima - obrigação de pagamento;
Fls. 74, Francisco de Souza Lima - terras;
Fls. 147, Luiz de Souza Lima - carta de liberdade.
(Pesquisa do amigo, genealogista, Francisco Barros, gentilmente enviada por Joberto Miranda Rodrigues).
 

Nota nº 2:

Quase todas as informações sobre esta família foram, gentilmente, encaminhadas pelos genealogistas Joberto Miranda Rodrigues, de Governador Valadares, MG, e Ricardo R.P.G. Lobo, de São Paulo, tendo sido usadas também pesquisas dos genealogistas: Avelina Maria Noronha de Almeida, Douglas Fazzolato, de Minas, Joana Capella, de Cataguarino, MG, Nilza Cantoni, de Minas, Roberto Sandoval, Wilton Furtado e Vânia Lúcia de Oliveira, de São Paulo, e Rogério Evandro Farah, do Rio de Janeiro

Nota nº 3:

Recebemos ajuda também, do amigo, genealogista, Darli Bertazzoni Barbosa, bem como do trabalho do Sr. Wilson Neves Saraiva, sobre famílias de Santa Maria Madalena, RJ.

 

Ir para: Página Principal,   Índice Geral,    Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,      Tiradentes,     Batch Number,