GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado do Rio de Janeiro - Povoadores da Região Serrana

Família GOMES DE ARAÚJO

                                         Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

          Alferes Manuel de Araújo, cc. Ana Maria de Andrade, com pelo menos:

1.1 João Gomes de Araújo, promotor em Itaboraí, Estado do Rio de Janeiro, Brasil, possivelmente o do mesmo nome que era fazendeiro em São Sebastião do Alto em 1870. (AL e MS).

1.2 Fulgêncio Gomes de Araújo, cc. Albina Maria de Souza Araújo, residiam em Aparecida, à época pertencente a Magé, hoje Distrito do Município de Sapucaia, RJ, com: (Livro "Maurício de Abreu, Um Pioneiro da Democracia", de Luiz Palmier, gentilmente enviado pelo amigo, genealogista, Marcio Seixas).

2.1 João de Souza Araújo, n. 1836, em 1856 tinha terras em Aparecida, na Barra de São Francisco (vizinhas às terras da viúva Joaquina Emília de Araújo Torres, de Claudino José da Silva Ramos, de Higino Gomes Jardim e de José da Silva Pinheiro Torres), cc. sua prima Ana Joaquina de Abreu Rangel (depois Ana Joaquina de Abreu Araújo), Donana, n. 1836, residiram no Carmo, Sumidouro e Sapucaia, f. de Francisco Maurício de Abreu Rangel e Francisca Maria Cordeiro (em Figueiras de Braga), com 13 filhos: (AP, Ig e MS).
- Obs.: Ele foi casado tembém com Pulsina de Sousa Araujo. (Luiz Palmier).
 

3.1 Ana de Abreu Araújo, c. 1889, aos 29 anos, na Matriz do NS da Aparecida, Sapucaia, RJ, com (seu primo?), José Francisco de Seixas, de 33 anos, npv. 1856, f. 1948 (testemunhas: João Francisco de Seixas, irmão do noivo, e o Dr. Joaquim Maurício de Abreu, Médico, 37 anos, morador em Sapucaia, futuro Governador do Estado), f. de João Francisco de Seixas e Maria Justina de Araújo Seixas, adiante, com 5 filhos, entre eles: (MS).

4.1 Otávio de Araújo Seixas, n. 1897, São José do Vale do Rio Preto, f. 1961, Rio.

3.2 Maria de Abreu Araújo, depois, Maria de Araújo Amarante, n. 1855, RJ, b. 1856 (padrinhos: Manuel Martins de Abreu e Maria Joaquina de Abreu), c. Sumidouro, com Joaquim Pereira de Amarante, n. 1854, RJ, f. 1900, na Fazenda Boa Fé (próxima à Bela Joana), f. de José Luciano Amarante, dono de engenho de cana em Sumidouro, e Rosa Porcina de Amarante, com 8 filhos em 1893, entre os quais: (AL, Ig e MS).

4.1 Ana, n. 1893, Sumidouro. (Ig).

3.3 Orlandina de Abreu Araújo. (MS).

3.4 Libânia de Abreu Araújo, cc. Alfredo de Oliveira, boticário no RJ.

3.5 Albina de Abreu Araújo, c. 1885, Sumidouro, RJ, com José Lourenço de Matos, de Mar de Espanha, MG (onde ele casou 2ª vez, com Maria Amália Nogueira Travassos), f. de Lourenço Antonio de Matos, fazendeiro em Sumidouro, RJ, e Constância Maria de Jesus Tatagiba, np. de Antonio Lourenço de Matos e Jerônima Maria, nm. de Antonio José Tatagiba e Joaquina Rosa do Espírito Santo, com pelo menos: (FS, Ig, MS e informações gentilmente enviadas pelo Sr. Paulo Cezar, trineto do Sr. José Lourenço de Matos).

4.1. Carmen de Araújo Matos, cc. José Magalhães Pacheco Júnior, antigo dono da Drogaria Pacheco. (Informação enviada pelo Sr. Paulo Cezar).

3.6 Luís de Abreu Araújo. (MS).

3.7 João de Abreu Araújo.

3.8 Orlando de Abreu Araújo, residente no Bairro da Tijuca, Rio, trabalhou na empresa “Minas e Rio”, do seu primo Flávio Brouck, e não foi casado. (MS).

3.9 Antônio de Abreu Araújo, n. 1872, f. 1942, c. Carmo, RJ, com sua prima Albina de Seixas Brouck, n. 1876, f. 1937.

3.10 Augusto de Abreu Araújo, c. Carmo (no mesmo dia em que casou o seu irmão Antônio), com sua prima Josefina de Seixas Brouck, n. 1875, f. 1930, irmã de Albina de Seixas Brouck, do item anterior, e tiveram 13 filhos.

3.11 Lucinda de Abreu Araújo, cc. o Almirante Joaquim Tomás da Silva Coelho, f. de Tomás Coelho, e residiram no Bairro da Tijuca.

3.12 Fulgêncio Gomes de Araújo Neto, cc. Josefina de Araújo Seixas (viúva de Julião Duttel Brouck), f. de João Francisco de Seixas.
          A esposa teve, do 1º marido. (MS).

4.1 Albina de Seixas Brouck.

4.2 Josefina de Seixas Brouck.

3.13 Manoel de Abreu Araújo, farmacêutico em São José do Rio Preto, RJ, cc. Josephina de Barros Araújo (em solteira, Josephina Moreira de Barros), com pelo menos: (MS).

4.1 Carmem, n. 1896.

2.2 Maria Justina de Araújo Seixas, cc. João Francisco de Seixas, povoador da região de Teresópolis e comerciante na Serra, atual Barreira, que faz parte de Guapimirim, RJ, com pelo menos: (MS e livro citado acima).

3.1 José Francisco de Seixas, de 33 anos, n. 1851, f. 1948, c. cerca de 1884, aos 33 anos, na Matriz do NS da Aparecida, Sapucaia, RJ (o casamento foi registrado em 1889), com (sua prima?) Ana de Abreu Araújo, de 29 anos, f. de João de Souza Araújo e Ana Joaquina de Abreu Rangel, (depois Ana Joaquina de Abreu Araújo), com geração acima.

3.2 João Francisco de Seixas, f. 1896, agricultor, morador em Porto Novo do Cunha, Além Paraíba, MG (tinha 36 anos quando foi testemunha do casamento do seu irmão José Francisco de Seixas, anterior), cc. Amélia Ludolf de Seixas, com filho único: (MS).

4.1 João Ludolf de Seixas, n. 1880.

2.3 Ana, cc. José Antonio do Vale. (Luiz Palmier).

2.4 Joaquina, c. 1ª vez, com Antonio José Torres e, 2ª, com José Pereira Torres. (Luiz Palmier).
- Obs.: 1) Provavelmente a mesma viúva, Joaquina Emília de Araújo Torres, que em 1856 tinha terras em Aparecida, na Barra de São Francisco, vizinhas às do seu pai, acima), e um Diamantino José Pereira Torres tinha terras, denominadas Boa Vista, em Sumidouro, RJ, em 1856, vizinhas de Antonio Rodrigues Gomes e de José Francisco de Oliveira, este f. de João de Oliveira e Maria Joana de Oliveira. (AP).
            2) Um João José Pereira Torres, n. Cantagalo, cc. Maria Antoniia do Nascimento Torres (ou Maria Antonia do Sacramento Torres), n. Santana de Macacu, RJ, já falecidos em 1889, tiveram pelo menos: Alexandre José Pereira Torres, n. 1856, Sumidouro, lavrador, cc. Angélica Rabelo, n. 1865, Duas Barras (depois, c. na mesma cidade, com sua cunhada, Amélia Rabelo Torres), f. de Antonio José Rabelo e Umbelina Maria da Conceição, c.ger. em Rabelo. (Ig).

2.5 Maria Carolina, cc. José Francisco de Araujo Seixas. (Luiz Palmier).

2.6 Constança de Souza Araujo, Constança Gomes de Araujo, ou ainda Constança Maria de Araujo Oliveira, "a 6ª filha", c. 1ª vez, com seu primo, Francisco Maurício de Abreu Rangel, f. 1852, 2ª, com Joaquim Pinheiro e, 3ª, com Joaquim Paulo de Oliveira, f. do Ten. do mesmo nome. Do 1º marido teve, pelo menos: (Artigo do Prof. Barata e livro de Luiz Palmier, acima).
- Obs.: 1) Ele seria o do mesmo nome casado também com
Francisca Maria Cordeiro, c.ger. em Figueiras de Braga). 2) Um Francisco Maurício de Abreu Rangel, em 1828, juntamente com Maria Isabel da Purificação, eram ex-proprietários de uma Sesmaria em Nova Friburgo, que havia sido requerida por Antonio José de Siqueira. (AN).

3.1 Joaquim Maurício de Abreu ("primo de Ana Joaquina de Abreu Rangel", acima), Médico, n. 1852, Sapucaia, f. 1913, Governador do Estado do Rio de Janeiro, de 1894 até 1897, um dos assinantes do manifesto republicano de 1870 (sobre o qual trata o livro de Luiz Palmier), c. 1877, Petrópolis, RJ, com Luiza Ottoni, f. de Eloy Benedicto Ottoni e Ilídia Augusta Ottoni, com 8 filhos, em artigo do Prof. Carlos Eduardo Barata, no site do Colégio Brasileiro de Genealogia.

2.7 Silvéria, c. 1ª vez com Antonio Paulo de Oliveira e, 2ª, com Domingos Antonio Teixeira. (Luiz Palmier).

2.8 Lucinda, "cc. um descendente da família Veloso". (Luiz Palmier).

2.9 Antonio de Souza Araujo, cc. Angélica de Souza Araujo. (Luiz Palmier).

2.10 Manoel de Souza Araujo, f. solteiro. (Luiz Palmier).

2.11 ...... (hipótese), cc. Luís de Souza Araújo, Médico, político, Juiz de Paz e (Juiz?) Geral, em NS Aparecida, Sapucaia, foi um dos assinantes do manifesto republicano de 1870, juntamente com o seu parente Joaquim Maurício de Abreu (Presidente do Estado do Rio de Janeiro de 1894 até 97, e genro de João de Souza Araújo, acima).

2.12 Augusto de Souza Araújo (hipótese), fazendeiro e político no Carmo e em Sapucaia, cc. Augusta Brandão de Araújo, zeladora da Irmandade de Nossa Senhora do Monte do Carmo, residentes no Córrego da Prata, com pelo menos: (Ig e MS).

3.1 Maria José de Araújo Freitas, cc. o doutor Brasilino Pinto de Freitas, n. cerca de 1872, brasileiro, fazendeiro e advogado no Carmo, f. do coronel Januário Pinto de Freitas e Maria José de Freitas, estes residentes na Fazenda da Aldeia, Cantagalo, com pelo menos: (AL, Ig e TC.2.292).

4.1 Maria Augusta, n. 1909, na Fazenda Bom Jardim, residência dos seus pais. (Ig).

2.13 Claudino de Souza Araújo (hipótese), c. 1847, Trajano de Morais, com a viúva Maria Augusta do Divino Amor. (DBB).

1.3 Celestino Gomes de Araújo, n. 1795, São Gonçalo, RJ, f. 1867, testemunha de casamento em Cantagalo em 1846, tinha a situação Aldeia do Rio Grande em São Sebastião do Alto em 1856 (vizinha de Francisco Antônio da Silva e do falecido João José Machado) e a Fazenda Santa Maria (que vendeu a Joaquim Vieira de Souza).
          C. 1ª vez, 1827, na Matriz de Cantagalo, com Maria Severina da Assunção ou da Paixão, de São José do Chopotó, Minas Gerais (viúva de Manuel Gonçalves Ferreira), f. 1836, Cantagalo, f. do capitão Mateus Homem da Costa e Sebastiana Francisca de Jesus e, 2ª, 1837, Cantagalo, com Joaquina Henriques de Araújo Lessa, n. 1824, nesta cidade, f. 1869, f. de João José de Lessa e Maria Luísa Henriques Correia, da Ilha da Madeira, com pelo menos: (AP, DBB e HB).
                         Da 1ª esposa:

2.1 Francelina Maria Gomes de Araújo Lessa, n. Cantagalo, onde c. 1847, com João José de Lessa, da mesma cidade, f. de João José de Lessa e Maria Luísa Henriques Correia, com geração na família Lessa. (DBB e HB).

2.2 João Francisco Gomes de Araújo, n. Cantagalo, onde foi testemunha de casamento em 1849, c.1848, no oratório da Fazenda da Conceição, Cantagalo, com Maria José ou Maria Joaquina Vieira de Souza Araújo, da mesma cidade, f. de Joaquim Vieira de Souza e Maria José de Carvalho, com pelo menos: (DBB e HB).

3.1 Antônio, b. 1862, Santa Maria Madalena. (DBB). 

3.2 Celestino Joaquim de Araújo (hipótese), cc. Maria Inácia de Araújo, brasileiros, com pelo menos: (Ig).

4.1 Celestino Gomes de Araújo, n. RJ, lavrador na Lagoa Feia, no 5º Distrito de Cantagalo, cc. Maria Gomes de Oliveira, n. RJ, f. de Manuel Joaquim de Oliveira e Sodrelina Alves Cordeiro, brasileiros, com pelo menos: (Ig).

5.1 José, n. 1920, Macuco. 

2.3 Joaquim Gomes de Araújo, fazendeiro em São Sebastião do Alto, c. 1848, Cantagalo, com Maria Francisca de Jesus Araújo, desta cidade, f. de Antônio Manuel de Vasconcelos e Ana Francisca de Jesus, com pelo menos: (AL, DBB, HB e MB.31).

3.1 Gaudêncio Gomes de Araújo, n. 1863, São Sebastião do Alto, onde c. 1887, com Felisbina Maria de Jesus (ou Felisbina Xavier de Araújo), n. 1869, Euclidelândia, f. de Cândido Xavier de Souza e Maria Clementina Rosa Soares, com pelo menos:Glicério (vulgo Ieié), Pulu, Buita, Nonô, Mariquinha, e ainda: (FS e MB.31).
- Obs.: A descendência deste casal foi gentilmente enviada pelo bisneto do mesmo, Kelson dos Santos Araújo, de Lamaçães, Braga, Portugal.

4.1 Veriato Gomes de Araújo, n. 1904, Valão do Barro, São Sebastião do Alto, f. 1979, Nova Friburgo, c. 1934, Euclidelândia, com Arminda dos Santos Reis, provavelmente nascida em Mucuri, Cantagalo, f. de Joaquim dos Santos Reis, de Guifões, Portugal, e Ana Joaquina da Silva, depois dos Santos Reis, de Senhora da Hora, Matosinhos, Distrito do Porto, Portugal, com:

5.1 Maria Onirse Reis de Araújo Ramos.

5.2 Adauto Reis de Araújo.

5.3 Kleber Reis de Araújo, n. 1942, c. 1961, com Mary Henrique(s) dos Santos (viúva de José Faria), n. 1939, f. de João Henriques dos Santos e Odete Silva dos Santos, com geração.

2.4 Alexandrina Gomes de Araújo, c. 1849, Cantagalo, com Antônio de Arruda Carvalho, da Ilha de São Miguel, que tinha terras na margem do Rio Grande, em Santa Maria Madalena, em 1855, f. de Miguel de Arruda Carvalho e Joana do Espírito Santo. Talvez seja a do mesmo nome que foi cc. José Antônio da Mota Cardoso, dono da posse São Jerônimo (vizinha de Joaquim Vieira de Carvalho e Francisco Clemente Pinto em 1855), com pelo menos: (AP e HB).

3.1 Caetano da Mota Cardoso, de São Gonçalo de (...), c. 1848, Cantagalo, com Dúlcia Maria Machado, desta cidade, f. de (...) e (...)ia Maria Machado. Testemunhas: Manuel Ferreira da Silva e Luís Teixeira Leite. (HB).

3.2 Carolina, b. 1862, Santa Maria Madalena. (DBB).

3.3 Maria Gomes de Araújo da Mota Cardoso (hipótese), c. 1852, Cantagalo, com João Antônio de Mendonça Gonçalves.

                         Da 2ª esposa:

2.5 Laurentino Gomes de Araújo Lessa, fazendeiro no Córrego dos Índios, São Sebastião do Alto, em 1870, vizinho da Fazenda São Feliciano do Córrego dos Índios, do tenente Marcos Lengruber. (AL, AP e DBB).

2.6 Francisco Gomes de Araújo, cc. Cândida Maria de Faria Salgado, f. de Francisco de Faria Salgado, dono da Fazenda São Tomás. (DBB).

2.7 Antônio, b. 1839, Cantagalo, talvez o mesmo Antônio Gomes de Araújo, fazendeiro em São Sebastião do Alto em 70, cc. Maria José de Araújo Lessa, com pelo menos: (AL e DBB).

3.1 Antônio, b. 1859, Trajano de Morais, que poderia ser o mesmo Antônio Gomes de Araújo, cc. Matildes de Souza Queirós, brasileiros, com pelo menos: (DBB e Ig).

4.1 Otaviano Gomes de Araújo, n. RJ, lavrador em Macuco, cc. Antônia Martins de Araújo, n. RJ, f. de Modesto Lopes Martins e Luciana da Silva Queirós ou Lopes Martins, brasileiros, com pelo menos: (Ig).

5.1 Jandira, n. 1917, Macuco.

2.8 Gaudêncio, b. 1844, Cantagalo. (DBB).

2.9 Maria, b. 1846, Cantagalo.

2.10 Carolina, b. 1847, Cantagalo.

2.11 Maria (outra), b. 1849, Trajano de Moraes.  

2.12 Eugênio Gomes de Araújo Lessa, b. 1862, Trajano de Morais, referido como “de São Sebastião do Alto”, c. 1ª vez com Clotildes Querubina de Lessa e, 2ª, 1884, Santa Maria Madalena, com Alice Querubina de Lessa, n. São Sebastião do Alto, f. de Carolina Querubina de Faria. Testemunhas do 2º casamento: Manuel José Pinto e João Gualberto da Rocha. Teve pelo menos: (DBB e Sar).
          Da 1ª esposa:

3.1 João de Araújo Lessa, n. Santa Maria Madalena, onde c. 1903, com Josefina Ezilde Genelhoud, da mesma cidade, f. de Augusto Genelhoud e Maria Josefina Emília Genelhoud Testemunhas: José Gomes Romeiro e Manuel Domingues dos Santos. (Sar).

          Da 2ª esposa:

3.2 Anastácio, b. 1898, Santa Maria Madalena. (DBB).

3.3 Manuel, b. 1898, Santa Maria Madalena, um dia depois do irmão Anastácio.

3.4 Lívio, b. 1902, Santa Maria Madalena.

3.5 Amarilis, b. 1903, Santa Maria Madalena.

3.6 Assi Justina, b. 1909, Santa Maria Madalena.

3.7 Maria Madalena, b. 1909, Santa Maria Madalena, no mesmo dia em que a irmã Assi Justina.

2.13 João Celestino Gomes de Araújo (hipótese), cc. Maria José Vieira de Souza (depois Maria José Vieira de Araújo), com pelo menos: (FS e Sar).

3.1 Simplício Gomes de Araújo, n. por volta de 1859, Cantagalo, c. 1892, Santa Maria Madalena, com Rosa Maria de Freitas, n. cerca de 1868, nesta cidade, f. de Manuel José de Freitas e Delfina Francisca de Jesus. Testemunhas do casamento: Emir Gonçalves de Freitas e José Fernandes Mendes.

3.2 Elisa de Araújo Gama, n. RJ, cc. Albertino de Quadros Gama, n. RJ, lavrador, residente no lugar denominado Estação do Rio Grande, f. de José Quadros Gama e Maria Eugênia da Rocha Gama, com pelo menos: (Ig).

4.1 Valdir, n. 1909, São João Batista, Nova Friburgo.

2.14 Celestino Gomes de Araújo Júnior (hipótese), fazendeiro em São Sebastião do Alto, foi provavelmente o mesmo Celestino Gomes de Araújo, cc. Laura de Souza Lima, com pelo menos: (AL e DBB).

3.1 Isaura ou "Exaura", b. 1880, Trajano de Moraes.

2.15 Antônio Gomes de Araújo (hipótese), fazendeiro em São Sebastião do Alto, cc. Maria José de Araújo Lessa, com pelo menos: (AL e DBB).

3.1 Antônio, b. 1859, Trajano de Moraes. 

2.16 Antônio Gomes de Araújo (hipótese), cc. Matildes de Souza Queirós, brasileiros, com pelo menos: (Ig).

3.1 Otaviano Gomes de Araújo, n. RJ, lavrador em Macuco, cc. Antônia Martins de Araújo, n. RJ, f. de Modesto Lopes Martins e Luciana da Silva Queirós ou Lopes Martins, brasileiros, com pelo menos: Jandira, n. 1917, Macuco. (DBB e Ig).

1.4 Claudina Maria (hipótese), cc. (...), com pelo menos:

2.1 Justina Gomes de Araújo, depois Alves de Araújo, de São Gonçalo, cc. José Alves Nepomuceno (Fernandes), de São João de Itaboraí, RJ, morador em Valão do Barro, testemunha de casamento em Cantagalo em 1849, em 1838 comprou o Sítio Alegre, de Augusto José de Freitas Caldas e sua mulher (vizinho do Tenente Coronel Manuel Teixeira de Souza Júnior), f. de José Alves de Macedo e Antônia Maria de Santa Teresa,  com pelo menos: (AP, DBB e HB).

3.1 Maria, b. 1839, Cantagalo.

3.2 Antônio, b. 1840, Cantagalo.

3.3 Antônio (outro), b. 1841, Cantagalo.

3.4 Joaquim, b. 1842, Cantagalo.

3.5 João Alves Nepomuceno (hipótese), testemunha em Cantagalo em 1849.  (HB).

 

Nota nº 1:

Muitas informações sobre esta família foram gentilmente enviadas pelos amigos, genealogistas, Darli Bertazzoni Barbosa, de Londrina, PR e Márcio Seixas da Costa, de Cantagalo, RJ, bem como do trabalho desenvolvido pelo Sr. Wilson Neves Saraiva, de Santa Maria Madalena, RJ, gentilmente enviado pelo genealogista Darli.

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,      Tiradentes    Batch Number,     Códigos e Bibliografia