GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado do Rio de Janeiro - Povoadores da Região Serrana

Família MACEDO CARVALHO

                                       Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

          O cirurgião Joaquim de Macedo Carvalho, f. 1819, Cantagalo, com 76 anos, já estava no Arraial de Cantagalo, RJ, em 1799 e foi vereador em 1815, obteve sesmaria que confrontava com a Fazenda Santo Antônio do Rio Grande, em São Sebastião do Alto, próxima à sesmaria de Matias Correia da Rocha (em 1856 seus herdeiros eram vizinhos de Manuel Correia da Rocha, ainda no Rio Grande).
          Cc. Maria ou Inácia Josefa da Silva, e vieram, já casados, de Nossa Senhora da Conceição de Marapicu, RJ, para Cantagalo, com pelo menos (AP, Cr, HB, MB.114, MP e TC.II.133):

1.1 Rosa, f. 1812, Cantagalo, já adulta, solteira (HB).

1.2 José .... (Alves?) .... de Macedo, f. 1816, Cantagalo, com 25 anos, solteiro.

1.3 Manuel Joaquim de Macedo, já f. 1866, fazendeiro em Cantagalo (vizinhas às fazendas do Bom Sucesso e Catete, de Manuel Joaquim da Silva Freire).
          Em 1855 vendeu a posse Maravilha, com vertente para o Rio Paraíba (vizinha ao comendador Reis, à Sesmaria Palmeira, e às posses São João, de João José Cosendey, Vertente do Paraíba, de Adão Uncler e Alto da Serra, de José Ambrósio Lugon) a Manuel Coelho de Magalhães e, em 1856, era vizinho da situação de seu irmão Joaquim de Macedo Carvalho, na Sesmaria da Pena.
          Cc. Catarina Rosa de Jesus Macedo, que em 1879 era fazendeira em sociedade com os seus filhos, f. de José Vidi ou Vicli e Maria Rosa Vicli ou Viatril, com pelo menos (AL, AP, Ig, Int e MP):

2.1 Fortunata Rosa de Macedo Magalhães, n. Cantagalo, onde c. 1842, com José Luciano Coelho de Magalhães, de São Miguel, Guarapiranga (dono da Fazenda Pedreira, em 1855, vizinha de Maria Amália de Souza Magalhães, Pulquéria Maria do Livramento e da posse de Leonel de Freitas Ferreira, comprada de Manuel Pinto Marques, localisada à margem do Rio Paraíba, que havia sido ocupada em 1825 pelo falecido Manuel Pinto Marques), f. do alferes Luciano José Coelho de Magalhães e Ana Francisca da Silva Magalhães, com geração na família Coelho de Magalhães (Cr, DBB e HB).

2.2 Antônio, n. 1837, b. 1838, Cantagalo, talvez o mesmo Antônio Joaquim de Macedo, que vendeu uma situação, no Carmo, a José Pedro Alves, que registrou em 1857 (AP, DBB e MP).

2.3 Carlota, b. 1842, Cantagalo (DBB).

2.4 Maria, b. 1842, Cantagalo, no mesmo dia em que a irmã Carlota. Foi, possivelmente, a mesma Maria Amélia de Macedo Lima, c. 1866, Cantagalo, com Antônio de Souza Lima Júnior, com geração na família Souza Lima e, enviuvando, c. 1872, com Emílio Schimidt Devon, este também viúvo, de Eugênia Felicidade Cattermoll (DBB e Ig).

2.5 Francisco, b. 1845, Cantagalo.

2.6 Manuel Joaquim de Macedo, n. Cantagalo, onde era fazendeiro em 1870, c. 1886, Leopoldina, MG, com Cecília Antunes Pereira, n. dessa cidade, f. de Francisco Antunes Pereira e Maria José da Conceição (AL, Ig e gentil colaboração da amiga, genealogista, Nilza Cantoni, de Leopoldina, MG).

3.1 Manuel, n. 1888, b. 1890, Leopoldina (padrinhos: Francisco Antunes Pereira e sua mulher, Maria José da Conceição).

3.2 Catarina, n. 1889, b. 1890, Leopoldina, no mesmo dia em que o irmão Manuel (padrinhos: Major José Antunes Pereira e sua mulher Custódia Maria de Jesus).

 

2.7 Floriana, b. 1848, Cantagalo. Padrinhos: Francisco Lopes Martins e Floriana Leopoldina de Magalhães Lopes. Testemunhas: José Luciano Coelho de Magalhães e Joaquim de Macedo Carvalho (Cr).

 

1.4 Joaquim de Macedo Carvalho, n. Nossa Senhora da Conceição de Marapicu, RJ, testemunha de casamento em Cantagalo em 1833, tinha uma situação na Sesmaria da Pena em 1856 (vizinha de João Antônio de Moraes, Manuel Joaquim de Macedo, Maria Inácia de Macedo e Francisco Rimes), por herança do seu finado pai.
          C. 1830, na Matriz de Cantagalo, com Floriana Angélica ou Floriana Alexandrina da Cunha, desta cidade, f. de João José da Cunha e Floriana Alexandrina de Jesus. Testemunhas: Miguel Félix da Silva e Joaquim José da Silva Freire. Tiveram pelo menos (AP, Cr, DBB e HB):

2.1 Prudência, b. 1844, Cantagalo, ou seria Prudêncio Joaquim de Macedo, lavrador em Cantagalo em 79? (AL e DBB).

2.2 Inácio, b. 1844, Cantagalo, no mesmo dia em que a irmã Prudência.

 

1.5 Maria Inácia de Macedo, em 1812, solteira, foi madrinha de batismo em Cantagalo, juntamente com Luís Antônio de Moura e, em 56 era vizinha dos irmãos na Sesmaria da Pena (AP e Cr). Uma Inacia de Macedo, cc. (...), com pelo menos (DBB):

2.1 Joaquim, b. 1840, Cantagalo.

 

1.6 Fortunata, exposta em casa de D. Inácia Josefa da Silva, f. 1821, “menor de 7 anos” (HB).

 

1.7 Eleutério de Macedo Carvalho, “embora sua sesmaria tenha atrasado, também foi dos primeiros colonizadores”, dono de uma situação na Sesmaria de São Joaquim, no lugar do Rio Negro (por herança de Manuel de São José), cujas terras eram atravessadas pelo córrego São Joaquim, afluente do Rio Negro, em Euclidelândia, de 1848 a 64 (em 55 era vizinho da situação de Frederico Lengruber, na "carreira" do Rio Negro, das terras de José Antônio de Azevedo, na Fazenda de São Joaquim do Rio Negro, da Fazenda Tanques, de Diogo de Luze e das terras da Sociedade Clemente & van Erven, na Sesmaria São José), cc. Micaela Arcanja de São José, b. 1802, Cantagalo, já f. 1889, que solicitou sesmaria na barra do Córrego dos Poços, afluente do Rio Negro, em 1814, f. de Manuel de São José e Maria Angélica da Silva, com pelo menos (AL, AN, AP, HB, Ig, Int e TC.II.49):

2.1 Bruno de Macedo Carvalho, que ainda vivia em 1897, negociante e cafeicultor em sua situação na Sapucaia, Euclidelândia, de 1874 a 85, c. 1ª vez com Amélia de Macedo Carvalho, brasileira, residente em Laranjais, Itaocara, que foi inventariada em Cantagalo em 79 e, 2ª, em Euclidelândia, com Ana de Macedo Carvalho, brasileira, ainda viva em 1897, f. de Joaquim ou Jerônimo Alves de Macedo e Maria José de Magalhães Macedo, com pelo menos (AL, Ig e MJ):

               Da 1ª esposa:

3.1 Maria Amélia de Macedo Araújo, cc. o doutor Aurélio Soares de Araújo, brasileiro, médico, f. de Francisco Soares de Araújo e Maria Angélica de Araújo, com pelo menos (Ig):

4.1 Raul Soares de Araújo, n. 1892, Laranjais.

4.2 Maria Angélica de Araújo, n. 1893, Laranjais.

4.3 Orfilo, n. 1896, Laranjais.

              Da 2ª esposa:

3.2 Laura de Macedo Medeiros, n. RJ, cc. Honório José Goulart de Medeiros, n. RJ, negociante, f. de Manuel José Goulart de Medeiros, português, e Úrsula Cândida de Almeida Medeiros, com pelo menos (Ig):

4.1 Cícero, n. 1897, Laranjais.

4.2 Alda de Macedo Medeiros, n. 1900, Laranjais.

 

3.3 Aníbal de Macedo Carvalho, n. 1889, Euclidelândia. Declarante: Luciano José da Cunha, vizinho e sobrinho do pai (Ig).

3.4 Algemira de Macedo Carvalho, n. 1892, Euclidelândia.

3.5. Gumercindo Rovaltino de Macedo, n. 1894, Euclidelândia.

3.6 Brasília ou Brazilina de Macedo Carvalho, n. 1900, Euclidelândia.

3.7 Ventina Macedo Carvalho (hipótese).

3.8 Silvana Macedo Carvalho (hipótese).

3.9 Luciano Macedo Carvalho (hipótese).

 

2.2 Floriana, b. 1843, Cantagalo (DBB).

2.3 João de Macedo Carvalho (hipótese), inspetor de quarteirão em 1864, destaque social em Cantagalo, e cafeicultor em Euclidelândia e, provavelmente, o do mesmo nome que foi  autor de embargo judicial em Cantagalo em 1877 (AL, MJ e TC.II.133).

2.4 João Batista de Macedo Carvalho (hipótese), cafeicultor em Euclidelândia (AL).

2.5 Angélica Maria de Macedo Carvalho (hipótese), c. 1851, Cantagalo, com Antônio Rodrigues Coelho (DBB).

 

1.8 Inácio de Macedo Carvalho (hipótese), inventariado em Cantagalo em 1875 (por José Joaquim de Macedo), cc. Felícia Joaquina da Rocha, com pelo menos (Cr, DBB e MJ):

2.1 Fortunata, b. 1837, Cantagalo. Padrinhos: Joaquim Manuel de Macedo e Fortunata Rosa de Macedo.

 

1.9 Maria José de Macedo Carvalho (hipótese, o sobrenome Carvalho poderia ser em virtude do casamento), brasileira, inventariada em Cantagalo em 1881 (por seu marido), c. 1857, na mesma cidade, com o capitão Emídio Vieira de Carvalho, f. entre 1899 e 1901, em Cordeiro, dono de 2 fazendas em Cantagalo, vereador e juiz de paz, residia em Santa Rita da Floresta, Cantagalo, com geração na família Vieira de Carvalho (AL, DBB, Ig, MJ e TC.II.129).

 

1.10 Severino de Macedo Carvalho (hipótese, talvez apenas parente), cc. Benigna Catarina da Conceição, com pelo menos (Int e TC):

2.1 Joaquim Manuel de Macedo, n. 1820, Itaboraí, RJ, f. 1882, Rio, jornalista, político, professor, médico e escritor, membro da Academia Brasileira de Letras, famoso autor de “A Moreninha”, e outras obras, cc. Maria Catarina, prima-irmã do poeta Álvares de Azevedo (diversos sites).

 

1.11 José de Macedo Carvalho (hipótese), inventariado em Mangaratiba, RJ, em 1857 (MJ).

1.12 José Joaquim de Macedo (hipótese), solteiro, padrinho de batismo em Cantagalo em 1810, talvez o mesmo que, juntamente com Bernarda Júlia de Macedo, foi padrinho de José, filho de Fortunata Rosa e José Luciano Coelho de Magalhães, acima, em 1848 (Cr e HB).
          Obs.: Um deste nome, foi inventariante de Inácio de Macedo Carvalho, acima, e c. 1850, Cantagalo, com Isabel Paula de Macedo (DBB).

 

Nota nº 1:

As "hipóteses" elencadas nesta página devem ser vistas com muito cuidado, pois existem outras famílias Macedo e Carvalho, na região.

Nota nº 2:

Nesta família recebemos grande ajuda do amigo, genealogista, Darli Bertazzoni Barbosa, de Londrina, PR e, do trabalho do Sr. Wilson Neves Saraiva sobre famílias de Santa Maria Madalena.

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,      Tiradentes,     Batch Number,     Códigos e Bibliografia