GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado do Rio de Janeiro - Povoadores da Região Serrana

Família OLIVEIRA BITTENCOURT

                                       Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

          Boaventura Bittencourt Godinho, português, recebeu sesmaria em 1795, em Minas Gerais, cc. Maria Joaquina da Purificação, com pelo menos:
- Obs.: Conforme a Relação de Concessionários de Sesmarias em Minas Gerais, do APM - Arquivo Público Mineiro. Pesquisa organizada por José Pedro Xavier da Veiga e sequenciada pelo Diretor do APM em 1900, Antônio de Carvalho Brandão, gentilmente enviada para o site pelo amigo, genealogista, Marcos Mauricio Mendes Lima.

1.1 Maria Genoveva da Purificação Bitencourt, n. cerca de 1789, Santa Rita, Rio Pomba, MG, f. 1889, Macuco, RJ, que registrou em 1856, juntamente com os filhos abaixo, as terras recebidas como meeira e como herdeiros, todas na Sesmaria Nossa Senhora da Glória (as da meeira vizinhas às de José Vitório de Oliveira, João José de Bittencout, Manuel José de Oliveira e da Fazenda da Boa Vista, de João Lopes Martins).
          Cc.
Francisco José de Oliveira, n. por volta de 1787, Portugal, já f. 1835, dono da Fazenda da Glória, "pelas redondezas do Rio Macuco", pelos anos de 1817 (que cerca de 1835 vendeu terras na Fazenda da Boa Vista a João Lopes Martins), com pelo menos (AP, HB e TC.2.47): 

2.1 Maria Justina da Purificação, n. 1810, Santa Rita, Rio da Pomba, MG, c. 1835, na Fazenda do Macuco, com João Guerreiro Bogado (viúvo de Maria Madalena da Conceição), f. de Francisco Guerreiro Bogado e Francisca Luísa de Figueiredo, com geração na família Guerreiro Bogado (CBG e HB).

2.2 Manuel José de Oliveira Bittencourt, b. 1812, Cantagalo (madrinha: Albana ou Urbana Antônia Pereira), cujas terras, herdadas do pai, eram vizinhas às da sua mãe e às da Fazenda da Boa Vista, de João Lopes Martins (AP e HB).

2.3 Francisca de Paula, b. 1817, Cantagalo (padrinhos: Manuel Vieira de Souza Almada e Maria Joaquina de São José, "mulher do alferes Manuel Vieira de Souza?"), c. 1842, Cantagalo, com José Lopes Cardoso, de Santana (de Macacu, RJ?), dono da situação Valão do Ubá, registrou em 1856 as terras herdadas do sogro, na Sesmaria Nossa Senhora da Glória (vizinhas às da sogra, às de João Lopes Martins e às do comendador Joaquim José da Silva), f. de Antônio Lopes Cardoso (AP, CBG e HB)

2.4 Teresa, f. 1821, com 15 meses (HB).

2.5 José Vitório de Oliveira Bittencourt, n. 1821, RJ, f. 1896, residente em Macuco (suas terras eram vizinhas às de João Lopes Martins, às de Joaquim José de Oliveira Bitencourt e às de Maria Genoveva da Purificação, sua mãe), cc. Felisminda da Conceição de Oliveira Bitencourt, n. 1821, f. 1889, Macuco, com entre outros (AP e Ig):

3.1 Maria José de Oliveira Bitencourt Costa, c. 1872, Cantagalo, com José Ferreira da Costa, com geração (DBB).

3.2 José Vitório de Oliveira Bitencourt Júnior, cc. Alice Bitencourt, n. RJ, com geração (Ig).

3.3 Felismina Maria de Oliveira Bitencourt Cortes, n. RJ, c. Cantagalo, com José Joaquim Domingues Cortes, português, negociante, já f. 1910, f. de Antônio Joaquim Domingues Cortes e Maria Luísa Cortes, com pelo menos (Ig):

4.1 Dr. José Cortes Júnior, n. Cantagalo, f. 1967, advogado, poeta, juiz, desembargador e Secretário de Justiça do RJ, cc. Elmária Moraes Cortes, n. RJ, f. de João Antônio Rodrigues de Moraes, já f. 1910, e Amélia Rodrigues de Moraes, com pelo menos (Ig, TC.II.124 e 127):

5.1 Flávio de Moraes Cortes, Diretor das Rendas do Estado do Rio, casado, com geração (TC.II.124).

5.2 José Moraes Cortes, n. 1909 (registrado em 1910), Macuco, Fiscal de Rendas, casado, com geração (Ig e TC.II.124).

 

4.2 Antônio Domingues Cortes, Neném, cc. (...), com pelo menos (TC.II.295 e informações gentilmente enviadas pela Sra. Marilena Côrtes Bittencourt Silva):

5.1 Heloisa Côrtes Bittencourt Silva, cc. seu parente Humberto Bittencourt Silva, f. de Francisco Mariano da Silva Júnior e Ambrosina Bitencourt Silva, adiante, com geração.

 

4.3 Ambrosina Cortes Freitas, n. 1897, na Fazenda da Maravilha, residência dos seus pais, casada, com geração (Ig).

4.4 Carmen Domingues Cortes Barbosa, n. 1894, Macuco, onde cc. Otávio Barbosa, n. RJ, lavrador e negociante, residente em Conceição de Macabu, f. de Justino de Souza Barbosa e Justina de Souza Carvalho Barbosa, brasileiros, com pelo menos (Ig):

5.1 Otávio Cortes Barbosa, n. 1920, no lugar denenominado Maravilha, Macuco (Ig).

 

4.5 Maria José Cortes Coutinho, Sinhá, n. RJ, c. 1901, Macuco ou Cantagalo, com Atratino de Azeredo Coutinho Teixeira, n. RJ, artista e "oficial", f. de Joaquim Teixeira e Ana Custódia da Conceição, com pelo menos (DBB e Ig):

5.1 Atratino Coutinho, Muruca, n. 1903, Macuco, cc. sua prima Altivani Pires Coutinho, Vani, f. de Altineu Pires e Felismina Cortes Pires, adiante, com geração (Ig).

5.2 Ana, n. 1906, Macuco. Declarante: José Cortes Júnior. Casada, com geração (Ig).

 

4.6 Felismina Cortes Pires, cc. (seu primo?) Altineu Pires, lavrador, f. de Antônio Ferreira Pires e Virgínia da Rocha Pires, todos brasileiros, com geração na família Ferreira Pires.

4.7 Durval, n. 1890, f. 1891.

4.8 Carlos Domingues Cortes, n. 1892, no lugar denominado Maravilha, professor, residente em Cordeiro, casado, com geração (Ig).

4.9 Humberto, n. 1899, Macuco.

4.10 Elza Cortes, n. 1900, Macuco, casada, com geração.

       

3.4 Ambrosina de Oliveira Bitencourt Silva, c. 1891, Cantagalo, com Francisco Mariano da Silva Júnior, o Chico Mariano, n. Ilha da Madeira, com pelo menos (DBB e informações gentilmente enviadas pela Sra. Marilena Côrtes Bittencourt Silva):

4.1 Humberto Bittencourt Silva, cc. sua parenta Heloisa Côrtes Bittencourt Silva, f. de Antônio Domingues Côrtes e (...), acima, com geração.

 

3.5 Francisco de Oliveira Bitencourt, fazendeiro em Macuco, c. 1902, com Inês Gonçalves do Rosário Bitencourt, com pelo menos (DBB e Ig): 

4.1 Diva Gonçalves Bitencourt, n. 1907, Macuco, onde c. 1926, com Otávio Teixeira de Carvalho, n. 1903, RJ, comerciante, f. de Carlos Teixeira de Carvalho e Laura Neves Teixeira de Carvalho, brasileiros. Testemunha: Carlos Domingues Cortes, brasileiro, casado, professor em Cordeiro (Ig).

 

2.6 João José de Bittencourt, cujas terras na Sesmaria Nossa Senhora da Glória eram vizinhas às da sua mãe e às de Francisco José de Oliveira Bittencourt (AP).

2.7 Francisco José de Bittencourt e Oliveira, cujas terras eram vizinhas às de Joaquim José de Oliveira Bittencout, às de João José de Oliveira Bittencourt e às do comendador Joaquim José da Silva (AP).

2.8 Joaquim José de Oliveira Bittencourt ou de Bitencourt e Oliveira, suas terras eram vizinhas às de João José de Bittencourt, às de Francisco José de Bittencourt e Oliveira, às de José Vitório de Oliveira Bittencourt e às de Francisco José de Souza. C. 1846, Trajano de Morais, com Maria Laura de Jesus Serrão, com pelo menos (AP e DBB):

3.1 Joaquim José de Oliveira Bitencourt Júnior, b. 1850, Trajano de Morais, c. 1875, Cantagalo, com Maria Madalena de Azevedo (DBB).

3.2 José, b. 1856, Santa Maria Madalena.

 

xxx

 

Olá Lênio, tudo bem ?Meu nome e Alessandro gomes de aquino lopes,moro em ipatinga MG,o meu pai  Sr Geraldo de aquino lopes contando casos que meu avô contava da familia,mim pediu para pesquisar aqui na internet sobre a familia oliveira bittencourt que segundo ele era o sobrenome de seu bisavô,ai eu pesquisei e encontrei  aqui GENEALOGIA BRASILEIRA  que diz bastante da familia num eh...bacana de mais! meu pai adorou,heheh,as coisas sobre rio macuco e tudo mais que o avô dele contava pra eles quando eram pequenos aqui em minas.Pois bem,segundo meu pai o bisavô dele se chamava MIGUEL BITTENCOURT DE OLIVEIRA que era pai de MANOEL LOPES DOS REIS (esse ja era avo de meu pai) que era pai de JOSE LOPES DE ALMEIDA ( pai de meu pai,ou seja meu avô).Nos não sabemos muito a respeito ate por que meu pai nao conheceu o bisavô, apenas o avô que faleceu tambem quando ele era muito pequeno,mas ele conta essas historias aqui pra gente,hehehe,agora que estamos vendo no site aqui que realmente as historias são verdadeiras.
       Um amigo do meu pai um dia ate comentou com ele : uai geraldo se seu bisavô era portugues voce poderia ate ter uma cidadania portuguesa se quisesse,mais ele não procurou muito saber sobre issu! então lênio,vou passar meu email  pra voce,para que ai agente possa manter contato,ok,foi muito bacana encontrar todos os dados da origem da familia aqui no site! ja ia mim esquecendo...meu pai ta dizendo aqui tambem que a uns dez anos atras veio alguem dai do rio ate aqui em bom jesus do galho cidade natal dagente,, vizinha aqui!  e conheceu meu avô que ainda era vivo (faleceu em 2007) e tirou bastante fotos dele.mas e so issu msm. meu email e e tenho tambem orkut...alessandro aquino ipatinga! Um forte abraço pra todos vocês ai,fiquem com deus! vlw. 

 

 

Nota nº 1:

Desta família descendem os irmãos do autor da página, do 2º matrimônio do pai.

Nota nº 2:

Nesta família tivemos grande ajuda do amigo, genealogista, Darli Bertazzoni Barbosa.

Nota nº 3:

O nobre Deputado Federal José Carlos (Pires) Coutinho, descendente desta família, quando em campanha em 1994, enviou uma carta aos seus eleitores, na qual colocou toda a sua ascencência, pelos apelidos, a saber: "Filho do Muruca e da Vani; Neto de Vovô Atratino e Vovó Sinhá; de Vovô Artista e Vovó Pequetita; Bisneto de Vovô Juca e Vovó Fia; Trineto de Padrinho e Dindinha Grande; Tetraneto de Vovó do Goiabal".

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,      Tiradentes,     Batch Number,     Códigos e Bibliografia