GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado do Rio de Janeiro - Povoadores da Região Serrana

Família PEREIRA GUIMARÃES

                                       Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

          O Cap. Antônio Pereira Guimarães, dono da fazenda "Marco dos Índios", no Rio Negro, foi "um dos mais importantes possuidores de terras nos primeiros tempos do Município de Cantagalo". O livro "Terra de Cantagalo", de Acácio Ferreira Dias, não citou data, mas se for antes de 1794, como parece, porque o 1º Arraial de Cantagalo foi fundado em 1786, poderia ser filho do:
          Alferes Gualter Pereira Guimarães, n. 1732, São Pedro de Freitas, Sobreiro, Guimarães, Braga, Portugal, que veio com 14 anos para Barra Longa (MG), f. 1793, onde fundou a Fazenda Gualter, c. 1752, com Maria de Oliveira, f. de Caetano de Oliveira, dono da Fazenda Bueno, com 7 filhos em "Velhos Troncos Mineiros", do Cônego Trindade, Vol. II, fls. 90, entre os quais: (TC.I.39 e Dom Silvério, Parte IV, de Aloysio Penna Martins).

1.1 Cap. Joaquim Pereira Guimarães, com geração na Internet. (VT.2.90).

1.2 Mariana Rosa Pereira ou Pinto Guimarães, com geração na Internet. (VT.2.100).

1.3 Antônio Pereira Guimarães, do qual o Cônego Trindade só descobriu o nome, que acredito fortemente ser o Capitão do mesmo nome acima. Entretanto, embora exista este sobrenome mais recentemente na Região Serrana (vindo de Portugal), não encontramos qualquer descendente do Capitão. (VT.2.102).

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,      Tiradentes,     Batch Number,     Códigos e Bibliografia