GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado do Rio de Janeiro - Povoadores da Região Serrana

Família SALES ABREU

                               Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

          Francisco de Sales Abreu, cuja sesmaria atrasou mas também foi dos primeiros povoadores do sertão de Cantagalo, RJ (TC.2.49).

1.1 Francisco de Sales Abreu, inventariado em 1860, poderia ser o mesmo acima ou seu filho. Testemunha de casamento em Cantagalo em 1844, foi cafeicultor no Carmo em 1854 em sua Fazenda São José do Córrego da Prata (vizinha das terras de João de Azevedo Soares, das de Antônio Machado de Souza, no Córrego d'Anta, de Gregório Nazianzeno de Abreu, da posse Boa Vista, de Francisco Vieira de Carvalho e, de outra posse Boa Vista, na vertente do Córrego da Prata, de Maria Rita, viúva, e dos demais herdeiros de Manuel Antônio Furtado de Oliveira). Tinha, ainda, outras terras (vizinhas da situação Bom Jardim, à margem do Córrego da Prata, de Carlos Eugênio Huguenin, em 1855), compradas de João Pereira Durão e dos herdeiros de João José de Abreu.
          Cc. Ana Severina de Jesus Sales Abreu, cujos herdeiros eram fazendeiros no Carmo em 1879, e tiveram pelo menos (AL, AP, HB, Ig e MJ):

2.1 Romualdo de Sales Abreu, fazendeiro e negociante no Córrego da Prata, c. 1ª vez com (...) e, 2ª vez, no Carmo, com Celestina Rodrigues de Abreu, f. de Silvestre Rodrigues da Silva e Maria Custódia de Jesus Rodrigues, todos fluminenses, com pelo menos, desta esposa (AL e Ig): 

3.1 Manuel, n. 1891, no Córrego da Prata (Ig).

3.2 Aurélio, n. 1897, no Córrego da Prata.

2.2 Pedro de Sales Abreu, n. cerca de 1846, negociante na Floresta e em São Sebastião do Paraíba, Cantagalo, c. 1ª vez com (...) e, 2ª, 1905, no Carmo (em casa de Joaquim de Sales Abreu, tabelião, f. de José Egídio, a seguir), com Reginalda Machado Gomes (2º marido), n. por volta de 1866, f. de José de Souza Soares Machado e Francisca do Sacramento Chaves, residentes na Floresta. Testemunha do casamento: Joaquim José dos Santos Vieira Júnior, 49 anos, também residente na Floresta (AL e Ig).

2.3 Tenente José Egídio de Sales Abreu (provavelmente), n. RJ, juiz de paz, subdelegado e fazendeiro no Carmo, cc. Joaquina Vieira de Abreu, n. RJ, já viúva em 1897, residente no Córrego da Prata, com pelo menos (AL, Ig e Marcos):

3.1 Presciliana, a Sinhá.

3.2 Guilhermina, a Samina.

3.3 José.

3.4 Ana de Abreu Vieira, n. Córrego da Prata, cc. Francisco dos Santos Vieira, n. da mesma localidade, lavradores, f. de Joaquim José dos Santos Vieira, brasileiro, e Cândida Sátira dos Santos Vieira, com geração em Santos Vieira (Ig).

3.5 Luís de Sales Abreu, n. por volta de 1861, RJ, tabelião e escrivão de paz, residente em Floresta, f. 1902, Carmo, sem testamento, c. 1886, Cantagalo, com Elvira Elisa do Carmo Abreu, f. de Romualdo José do Carmo e Maria Cândida Rodrigues do Carmo (em Carmo),  com 2 filhos (CBG, DBB, Ig e informações gentilmente enviadas pelo Dr. Romualdo José do Carmo, neto, do Rio de Janeiro):  

4.1 Romeu, com 6 anos em 1902.

4.2 Rubens, com 3 anos em 1902.

4.3 Irene.

3.6 Manuel de Sales Abreu, n. Carmo, professor, c. na mesma cidade, com Presciliana de Sales Ferreira, f. de João Avelino Marçal Ferreira e Joana Severina de Sales Ferreira, adiante, com pelo menos (Ig):

4.1 Dorotéia.

4.2 Benjamim, n. 1891, Sumidouro, RJ.

4.3 Clarindo, n. 1892, Carmo.

3.7 Américo.

3.8 Jarbas de Sales Abreu (vide Nota nº 1, no rodapé), n. por volta de 1879, RJ, lavrador e funcionário municipal em Duas Barras, c. 1900, Carmo, com Arminda de Sales Abreu, n. cerca de 1884, RJ, "residente no 3º Distrito",  f. na década de 50 em Rio das Flores, RJ, f. de Paulo de Sales Abreu e Maria Carolina Huguenin de Sales Abreu, adiante.
          Testemunhas do casamento: Adanjes, Alzira e Sebastião de Sales Abreu, Luís dos Santos Vieira, 30 anos, lavrador no Carmo (procurador do pai de Jarbas) e Arlinda Sales dos Santos, 23 anos, residente no Carmo (procuradora de outra testemunha) (FH.66 e Ig).
          Tiveram pelo menos:

4.1 Jair, n. 1901, Córrego da Prata (o pai deste constou como Paulo de Sales Abreu, o que nos pareceu engano do registro). (Ig).

4.2 José Egídio, n. 1903, Córrego da Prata, Carmo (Ig).

4.3 Jair de Sales Abreu, n. 1904, Cantagalo, f. 1967, Rio das Flores, RJ, para onde mudou-se por volta de 1940, cc. Maria de Castro Sales Abreu, n. 1905, Cantagalo, f. 1951, f. de Luís da Silva Castro e Eugênia Emerick de Castro, com (Didi):

5.1 Iracema de Sales Abreu, cc. José Expedito Passos, f. de Antônio Vieira Passos e Benedita Corsino Passos, com entre outros:

6.1 Nilza Maria de Sales Abreu Passos, f. 1955, Rio das Flores.

5.2 Enir Castro Sales Abreu, n. 1928, Cantagalo, c. 1949, Rio das Flores, com Conceição Aparecida Mosquera César, n. 1928, Rio das Flores, f. de Pedro Duque César e Altina Mosquera César, com geração.

5.3 Jarbas de Castro Sales Abreu, n. 1929, Floresta, Cantagalo, cc. Nilza (...), com geração.

5.4 Jadir de Castro Sales Abreu, gerente do Banco do Brasil em Volta Redonda, cc. Gleydes Carvalhaes, com geração.

5.5 Maria Arminda Sales Bastos, cc. José Luís Rodrigues Bastos, com geração.

5.6 Paulo de Castro Sales Abreu, cc. (...), com geração.

5.7 Nilda Sales Abreu Guedes, f. 1960, em Paraíba do Sul, RJ, cc. Salvador Guedes.

5.8 Leda de Castro Sales Abreu Ferreira, cc. (...), com geração.

4.4 Iza, n. 1905, na Fazenda Independência, Córrego da Prata, foi também para Rio das Flores, pouco depois do irmão Jair, cc. Elias (...) (Didi e Ig).

4.5 Idê, n. 1907, São Sebastião do Paraíba, residência dos pais, registrada no Córrego da Prata (Ig).

4.6 Waldir, n. 1909, Córrego da Prata.

4.7 Dila de Sales Abreu, cc. Fábio (...), mudaram-se em fins dos anos 50 para Rio das Flores, com seus filhos (Didi).

3.9 Zacarias de Sales Abreu, f. solteiro, com 31 anos, em 1908 (Ig).

3.10 Egídio de Sales Abreu, n. por volta de 1872, residia em Sumidouro em 1907.

3.11 Anísio de Sales Abreu, n. Córrego da Prata, lavrador, cc. Cecília do Carmo Abreu, f. de Romualdo José do Carmo e Maria Cândida Rodrigues do Carmo (em Carmo), todos fluminenses, com:
- Obs.: Alguns filhos tinham o sobrenome Sales Abreu e outros do Carmo Abreu. (Informação da Sra. Inez, abaixo).  

4.1 Lira, n. 1891, Carmo. Declarante: Luís de Sales Abreu, seu tio.

4.2 Francisco, n. 1898, Córrego da Prata.

4.3 Celita do Carmo Abreu, n. 1899, Córrego da Prata.

4.4 Diná, n. 1901, Córrego da Prata. Padrinhos: Maurício de Sales Abreu e Lira de Sales Abreu, brasileiros, residentes no Córrego da Prata.

4.5 Placidina, n. 1905, Córrego da Prata.

4.6 Ligia do Carmo Abreu, depois de casada Ligia Abreu Rocha, a filha caçula, tem, em 2010, 96 anos, gozando de boa saúde. (Informações da sua filha, a Sra. Inez, que muito agradecemos).

3.12 Sebastião de Sales Abreu, n. por volta de 1873, RJ, solteiro em 1900, negociante no Carmo, testemunha do casamento de Jarbas de Sales Abreu, em 1900, e declarante do falecimento do seu irmão Zacarias (Ig).

3.13 Joaquim de Sales Abreu, n. por volta de 1865, RJ, tabelião e serventuário público, c. no Carmo, com Matilde Monteiro de Abreu, n. RJ, f. do capitão Cezar Augusto Henriques Monteiro e Emiliana Pereira da Rocha Monteiro, nm. de Francisco Antônio da Rocha e (...), com (Ig, livro "O Sobrado", do doutor João Nicolau Guzzo, Fls. 172 e Marcos): 

4.1 Ciro, n. 1893, Carmo (Ig).

4.2 Ilca, n. 1894, Carmo.

4.3 Luci, n. 1896, Carmo.

4.4 Décio, n. 1898, Carmo.

4.5 Aquiles.

4.6 Eni.

4.7 Lair.

4.8 Judite Abreu de Queirós Pinho, cc. Osvaldo de Queirós Pinho, n. 1900, f. 1939, f. de Joaquim Tavares de Pinho e Maria Carmelita de Queirós Pinho, com (Marcos):

5.1 Iêda Lúcia, n. 1927, f. solteira em 1990.

5.2 Lília Ivone, n. 1928, f. solteira em 1946.

5.3 Leila Ivete de Queirós Pinho, n. 1929, c. 1947, com Álvaro Domingues da Silva, n. 1919, f. 2003, com geração.

5.4 Ilma Leni de Queirós Pinho, 1930, cc. Francisco Domingues da Silva, com geração.

5.5 Paulo Osvaldo de Queirós Pinho, n. 1932, cc. Luci Lameiras de Queirós Pinho, sem geração.

5.6 Iara Lígia de Queirós Pinho, n. 1934, cc. Jorge Otávio Bruno, com geração.

5.7 Ilda Lucí de Queiróz Pinho, n. 1936, f. no mesmo ano.

4.9 César.

4.10 Kilza.

3.14 Arlinda de Sales Abreu, depois Sales dos Santos (hipótese), n. por volta de 1877, c. 1897, Cantagalo, com Luís dos Santos Vieira, n. cerca de 1870, lavrador no Carmo, testemunhas do casamento de Jarbas de Sales Abreu, em 1900 (Ig).

3.15 Alzira de Sales Abreu (hipótese), testemunha do casamento de Jarbas de Sales Abreu, acima (Ig).

2.4 Joana Severina de Sales Ferreira (hipótese), nascida e residente no Carmo, cc. João Avelino Marçal Ferreira, negociante no Córrego da Prata em 1879, já f. 1891, em Minas Gerais, com pelo menos (Ig):

3.1 Presciliana de Sales Ferreira, brasileira, c. Carmo, com Manuel de Sales Abreu, n. dessa cidade, professor, f. do tenente José Egídio de Sales Abreu e Joaquina Vieira de Abreu, com geração acima (AL e Ig)

2.5 Paulo de Sales Abreu (hipótese), cc. Maria Carolina Huguenim de Sales Abreu, fluminenses, residentes no Córrego da Prata, com pelo menos (Ig): 

3.1 Arminda de Sales Abreu, cc. Jarbas de Sales Abreu, residente na Fazenda Independência, Córrego da Prata, fazendeiro no Carmo em 1879, f. de José Egídio de Sales Abreu e Joaquina Vieira de Abreu, com geração acima.  

3.2 Paulo de Sales Abreu Júnior, cc. Izilda Carmem Huguenin de Abreu, brasileira, f. de Júlio Augusto Huguenin e Eliza Rodrigues Huguenin, residentes no Córrego da Prata, com pelo menos (Ig):  

4.1 Francisco, n. 1907, na Fazenda da União, Córrego da Prata, Carmo.

4.2 (...), n. 1909, na Fazenda União.

4.3 Licério de Sales Abreu (hipótese, que poderia ser o mesmo anterior), n. 1909, no Carmo, comerciante em Além Paraíba, MG, cc. Hermínia Costa Abreu, n. 1916, Carmo, ambos falecidos em Além Paraíba, com geração (vide Nota nº 2). 

2.6 Licério de Sales Abreu (hipótese), cc. Guilhermina Vieira de Abreu, já viúva em 1907, residente no Córrego da Prata, com pelo menos (Ig):

3.1 Adanjes de Sales Abreu, brasileiro (testemunha do casamento de Jarbas de Sales Abreu, acima), cc. Maria José de Souza Abreu, n. RJ, f. de Manuel Antônio de Souza e Amélia Josefina de Souza, residentes no Córrego da Prata, com pelo menos (Ig): 

4.1 Licério, n. 1907, Córrego da Prata (Ig).  

4.2 Odir de Sales Abreu, n. 1910, Córrego da Prata, testemunha de casamento no Carmo em 1927 (Ig).

4.3 Elsa, n. 1912, Córrego da Prata.

2.7 Maria Emídia de Sales Cunha (hipótese), n. RJ, cc. Domingos dos Santos Cunha, n. Portugal, já falecidos em 1897, no Córrego da Prata, com pelo menos (Ig): 

3.1 Domingos dos Santos Cunha, fluminense, lavrador, cc. Maria Cândida dos Santos Cunha, f. de Joaquim José dos Santos Vieira e Cândida Sátira dos Santos Vieira, com geração na família Santos Vieira.

2.8 Romualdo de Abreu (hipótese, talvez o mesmo Romualdo de Sales Abreu, acima), cc. Veríssima Rufina da Conceição, com pelo menos (Ig):

3.1 Benvinda Pinto Vieira, cc. Guilherme Pinto Vieira, n. RJ, f. de Crispim Pinto Vieira e Ludovina Pinto Vieira, com pelo menos:

4.1 Angelor, n. 1891, no Córrego da Prata, Carmo.

2.9 Veríssimo de Sales Abreu (hipótese), residente em São Sebastião do Paraíba, cc. (...), com pelo menos (Ig):

3.1 Regina Pinto Vieira, n. RJ, cc. Manuel Machado de Souza, n. RJ, lavrador, f. de Joaquim Machado de Souza e Rosa Machado de Souza, residentes no Córrego da Prata, com pelo menos:

4.1 Sidelina, n. 1899, Córrego da Prata. Padrinhos: Silvestre de Souza Machado e Palmira Rosa Machado.

2.10 Francisco de Sales de Abreu (hipótese, vide Nota nº 3), cc. Maria Rodrigues de Abreu, “aliados a importantes e conceituadas famílias de Cantagalo”, com pelo menos:

3.1 José Sales de Abreu, f. 1919, cc. Lídia Monteiro de Barros Teixeira, depois Lídia Teixeira de Sales, f. de Francisco Augusto Teixeira e Maria Teresa Monteiro de Barros, nm. de Carlos Augusto Monteiro de Barros e Maria Machado Monteiro de Barros, bisneta materna do desembargador José Maria Monteiro de Barros e Maria Machado Monteiro de Barros, todos eles descendentes dos Barões de Paraopeba, Romualdo José Monteiro de Barros e Francisca Constança Leocádia da Fonseca, com 12 filhos:  

4.1 Maria Teresa Sales Haussmann, c. 1925, MG, com Washington Haussmann, professor de música, com geração.

4.2 Clarisse  Sales de Abreu, c. em Minas Gerais, com o doutor Oswaldo Cristóvão Vieira, de Leopoldina, MG, médico, f. de José Marciano Veira e Alcinda Guandiroba Vieira, com geração

4.3 Abel Sales de Abreu, cc. Luzia Rodrigues, f. de Francisco Rosa, f. MG, e Maria Rosa, com geração.

4.4 Francisco Sales de Abreu, cc. Rosa Leal Sales, f. de João Leal e Maria Leal, com geração. 

4.5 Rui Brasil Sales de Abreu, cc. Ana Sales de Abreu, com geração.

4.6 Maria Antonieta Sales, cc. seu cunhado, o doutor Oswaldo Cristóvão Vieira, viúvo da sua irmã Clarisse, acima, sem geração.

4.7 José Sales de Abreu Filho, professor no Rio.

4.8 Maria Felicidade Sales (irmã Maria Odila, freira), professou na Congregação dos Santos Anjos, no Rio.

4.9 Vera Cruz Sales de Abreu, funcionária do Instituto dos Comerciários. 

4.10 Jesus Sales de Abreu, professor no Colégio Juliano Moreira e aposentado do Ministério de Educação e Saúde, cc. Eunice Gonçalves Leite, f. do doutor Antônio Gonçalves Leite e Natalina Gonçalves Leite, com geração. 

4.11 Vicente de Paula Sales de Abreu, professor licenciado.

4.12 Maria Aparecida Sales de Abreu, cc. Ari Soutinho, ambos funcionários da Prefeitura do Rio.

3.2 Agostinho de Sales Abreu, n. 1888, Cantagalo, f. 1945, negociante, mudou-se para Eugenópolis, depois para Tombos, c. 1901, com Hilária da Fonseca Barros, f. de Francisco Luiz de Barros e Sabina Hilária da Fonseca, np. de Luís Antônio de Barros e Rita Maria de Souza Barros, nm. de Hilário Rodrigues Pereira (um dos 40 homens que chegaram a Muriaé, logo no início, com Constantino Pinto) e Luísa Maria de Jesus, esta n. Barbacena, descendente de Francisco Ferreira Armond e Ângela Maria da Conceição Camelo (estes bisavós de Mariano Procópio Ferreira Lage), com geração. Informações constantes da Enciclopédia Comemorativa do 3º Ano de Governo do Presidente Juscelino Kubitschek. (Colaboração da neta do Sr. Agostinho, Sra. Stela Dalva de Abreu Silva, de Muriaé, MG).

2.11 Marcelino de Sales Abreu (hipótese), n. RJ, c. 1867, Cantagalo, com Quenciana Angélica Vieira de Carvalho Abreu ou de Mendonça Abreu, n. RJ, já viúva em 1891, residente em Porto Velho do Cunha em 1901, com pelo menos (CBG, DBB e Ig):

3.1 Alice Vieira de Abreu e Souza, n. RJ, já viúva em 1901, residia no Córrego da Prata, c. Carmo, com Durval Xavier de Souza, n. RJ, lavrador, f. de Ezequiel Xavier de Souza e Adriana Angélica de Souza ou Presciliana Angélica Vieira de Carvalho, n. RJ, com geração na família Xavier de Souza (DBB e Ig).

 

Nota nº 1: A maior parte da geração deste ramo foi gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Admário (Didi Sobre), de Rio das Flores, RJ.

Nota nº 2: Informações gentilmente enviadas pelo amigo, genealogista, Luiz Isse de Castro, de São José dos Campos, SP.

Nota nº 3: Este possível ramo foi gentilmente enviado pelo amigo, genealogista, Maurício José Monteiro de Barros, do Rio de Janeiro, RJ.

Nota nº 4: Recebemos também muitas informações gentilmente enviadas pelo amigo, genealogista, Marcos Domingues da Silva, descendente da família.

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,      Tiradentes,     Batch Number,     Códigos e Bibliografia