GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de Minas Gerais - Tiradentes e seus contemporâneos

 

                                                               Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

                              TEN. HERMÓGENES FRANCISCO DE AGUILAR PANTOJO

 

3 - 

2 - 

               ASCENDENTES DELE

1 - Ten. Hermógenes Francisco de Aguilar Pantojo, inconfidente, n. 1770, Bahia, f. 1821, descendente de espanhóis que vieram no período em que o Brasil era Colônia da Espanha, Maçom, c. em 1797, com (...), com pelo menos: (Ac.2.228, GL.1.41 com alguma descendência, Maç.199/200).
               1.1 Gustavo Adolfo de Aguilar Pantoja, n. 1798, Magistrado, Conselheiro e Ministro da Justiça em 1836.

               ASCENDENTES DA ESPOSA

2 - 

3 - 

 

Nota nº 1:

O livro "A Maçonaria e a Inconfidência Mineira", de A.Tenório d'Albuquerque, fls. 199, diz de três maçons que teriam participado da Inconfidência: Ten. Hermógenes Francisco de Aguilar Pantojo, Dr. José de Sá Bettencourt e o presbítero Francisco Agostinho Gomes. Entretanto, não está muito claro se quanto ao 1º e o último não estaria se referindo à conjuração baiana de 1798, quando o Ten. Hermógenes foi condenado a um ano de prisão, "que se lhe reduziu a seis meses", e o seu irmão, Pedro Leão Pantojo, a 10 anos de degredo em Benguela, África. 

 

Ir para: Página principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,    Batch Number,     Bibliografia e códigos