GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de Minas Gerais - Tiradentes e seus contemporâneos

 

                                                               Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

                                      TENENTE ANTONIO JOSÉ DIAS COELHO

 

3 - Mariana Carvalho de Queiroz.

2 - José Dias Coelho.

               ASCENDENTES DELE

1 - Ten. Antonio José Dias Coelho, português, de Guimarães, f. 1828, Vila Rica, MG, que foi Sargento-mor de Ordenanças (Auxiliares), em Cachoeira do Campo, MG, contemporâneo de Tiradentes no Regimento dos Dragões de Vila Rica, que foi encarregado de prender alguns dos inconfidentes (inclusive o seu "cunhado", Alvarenga Peixoto), teve com Maria Inácia Policena da Silveira Bueno, b. 1764, SJ Del Rei, onde f. 1796, irmã de Bárbara Eliodora (em Portes de El-Rei), o filho: (A.1.218, AD.4.127, EA.488 e Ef.1.158).
               1.1 Antonio Francisco Teixeira Coelho, n. 1786, b. Prados, MG, 1787, onde f. 1851, Oficial da Rosa e Barão da Ponta do Morro (criado como filho pelo Cel. Francisco Antonio de Oliveira Lopes, inconfidente), cc. Claudina Celestina da Natividade, b. 1804, Queluz, MG, f. 1886, Rio, c.ger. em Portes de El-Rei. (A.1.218, 8.165, 9.12, EA.487, "A Inconfidência Mineira", de Márcio Jardim, fls. 252, este pesquisado pela amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG, e árvore de costado do renomado historiador e genealogista, Dario Cardoso Vale, 6ª Geração, neste site).
- Obs.: Segundo pesquisas dos amigos, genealogistas, José Roberto de Vasconcelos e Pedro Wilson Carrano de Albuquerque, o título de Barão da Ponta do Morro pode não ter sido oficial e, sim, apenas prometido, ou dado pelo povo, por algum motivo, já que não consta do Arquivo Nobiliárquico Brasileiro.

               ASCENDENTES DA ESPOSA

2 - Dr. José da Silveira e Souza, Advogado formado em Coimbra, npv. 1725, Tomar, Portugal, mas com ascendência paulista, morador SJ de El-Rei, onde entrou para a Irmandade do Santíssimo Sacramento em 1741, foi Ministro da Ordem 3ª de São Francisco, e f. 1793. (A.3.352, 9.420, Ef.1.157/8, 2.363, SG.31 e 137).

3 - Maria Josefa da Cunha Bueno (ou Bueno da Cunha), descendente do Anhanguera, fct. SJ de El-Rei, 1806.

4 - Dr. Pantaleão de Souza.

5 - Maria de Nazaré.

 

Nota nº 1:

Aparentemente o nascimento do futuro Barão, sem que antes tivesse havido casamento dos seus pais foi um dos fatos que mais açulou os ânimos dos inconfidentes, em razão da respeitabilidade do Dr. José da Silveira e Souza, e da ascendência paulista da sua esposa, que ia dar em Amador Bueno da Veiga, no Anhanguera e, daí, no Sevilhano, família que nunca aceitou de bom grado o jugo português. Família do Aclamado (vide Silva Leme) e de Domingos Rodrigues do Prado, entre outros.

 

Ir para: Página principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,    Batch Number,     Bibliografia e códigos