GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de Minas Gerais - Tiradentes e seus contemporâneos

 

                                                               Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

                                  JOSÉ MARIANO LEAL DA CÂMARA RANGEL DE GUSMÃO

3 - 

2 - 

               ASCENDENTES DELE

1 - José Mariano Leal da Câmara Rangel de Gusmão, carioca, f. 1835, Lisboa, com 75 anos, estudou em Montpellier, na França, com Domingos Vidal de Barbosa Lage e José Joaquim da Maia e Barbalho, Vendek, "a quem poderia ter ajudado". (A.8.28 e "A Inconfidência Mineira", de Márcio Jardim, fls. 207/8).
Participou das conversas revolucionárias em que Maia era enviado de comerciantes do Rio de Janeiro a contatar o embaixador dos Estados Unidos na França, Thomas Jefferson. Em seus depoimentos, Domingos Vidal citara Maia e José Mariano como seus colegas nas deliberações sobre o assunto. Maia nunca foi preso pois faleceu antes de retornar ao Brasil, em Fevereiro de 1788, e José Mariano, por dois motivos: ("A Inconfidência Mineira", de Márcio Jardim, fls. 207/8).
1º) não se sabia o seu nome completo.
2º) porque ficou em Montpellier até 1790, quando doutorou-se em Medicina. A Devassa não deixou de tentar pegá-lo, embora lhe faltasse o nome completo e o paradeiro. Com o fim do processo, seu nome foi esquecido, e não procurado nem em Portugal, para onde deve ter voltado no princípio de 1791 ou 1792, depois de ver encerrado o processo.

               ASCENDENTES DA ESPOSA

2 - 

3 - 

 

Nota nº 1:

Vidal de Barbosa achava que ele era da família do Conde de Rezende. (A.5.396).

Nota nº2:

Nesta página recebemos grande ajuda da amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG.

 

Ir para: Página principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,    Batch Number,     Bibliografia e códigos