GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de Minas Gerais - Tiradentes e seus contemporâneos

 

                                                               Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

                                                NARCISO MENDES

 

3 - 

2 - 

               ASCENDENTES DELE

1 - Narciso Mendes foi cooptado para o levante pelo vigário Carlos Correia de Toledo e Melo, no inicio de 1789. O padre dera-lhe detalhes da conspiração, e Narciso, que devia ser um homem pouco letrado, perguntou-lhe se o levante seria bom ou ruim para minas Gerais. Com a resposta do vigário, Narciso aceitou o convite e disse que estaria pronto para a luta.
A participação desse inconfidente, morador em um lugar indefinido "atrás da Serra de Ibituruna", foi revelada pelo depoimento de Francisco Antônio de Oliveira Lopes em 15/06/1789. No dia 23 de julho a Devassa inquiriu Luiz Vaz de Toledo Piza, irmão do padre Toledo, que confirmou conhecer Narciso Mendes, mas negou ter sabido que fora cooptado por seu irmão. Inquirindo-se o padre Toledo 11/07/1791, este confirmou que conhecia ''muito bem'' a Narciso Mendes, mas negou que tivesse lhe falado sobre levante. Acareados Francisco Lopes e padre Toledo, ambos persistiram no que tinham dito, mas o obtuso Coronel de Milícias, dizendo-se pertubado, admitiu que poderia ter-se enganado. A verdade parece ter estado com Francisco Lopes, pois ele deu até os detalhes da conversa entre o padre Toledo, Narciso Mendes e Francisco José de Mesquita. Lopes era um ingênuo, facilmente manipulávell e fora prolixo em seu depoimento, enganado pelo escrivão César Manitti, em troca de uma promessa de proteção. Entretanto, Narciso Mendes nunca foi procurado. ("A Inconfidência Mineira", de Márcio Jardim, fls. 275, pesquisado pela amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG).
 

               ASCENDENTES DA ESPOSA

2 - 

3 - 

 

Ir para: Página principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,     Bibliografia e códigos