GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de Minas Gerais - Tiradentes e seus contemporâneos

 

                                                                                                 Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

                                 CEL. FRANCISCO ANTONIO DE OLIVEIRA LOPES

 

3 - Bernardina Caetana do Sacramento Gonçalves Lage (1ª esposa), f. 1782, tia do inconfidente Domingos Vidal de Barbosa. (A.2.470 e 9.273). 

2 - Cap. José Lopes de Oliveira, n. Olival, Portugal, f. 1778. (OJ.105, VT.1.178).

               ASCENDENTES DELE

1 - Cel. Francisco Antonio de Oliveira Lopes, inconfidente, n. 1750, Borda do Campo (atual Barbacena), f. 1800, Benguela, África, fazendeiro no Rio das Mortes (vizinho do inconfidente Pe. Toledo e Melo), irmão do também inconfidente Padre José Lopes de Oliveira e primo de Domingos Vidal de Barbosa. Casou, 1781 ou 82, com Hipólita Jacinta Teixeira de Melo, irmã do Cap. Mor de São João de El-Rei, MG, à época da inconfidência, Gonçalo Teixeira de Carvalho. O casal não teve filho, mas adotou: (A.2.39, 4.231, 9.273 e OJ.84/5).
               1.1 Antonio Francisco Teixeira Coelho (ou Antonio Francisco Teixeira de Carvalho), n. 1764, b. Prados, MG, 1787, onde f. 1851, Oficial da Rosa e Barão da Ponta do Morro, filho de Antonio José Dias Coelho, português, de Guimarães, f. 1828, Vila Rica, MG, contemporâneo de Tiradentes no Regimento dos Dragões de Vila Rica, e Maria Inácia Policena da Silveira Bueno, b. 1764, São João Del Rei, onde f. 1796 (esta irmã de Bárbara Eliodora), c.ger. e ascendência completa no título Portes de El-Rei. (A.1.218, 8.165, 9.12, EA.487 e "A Inconfidência Mineira, de Márcio Jardim, fls. 149, este pesquisado pela amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG).
- Obs.: 1) Veja também "Velhos Troncos Mineiros", do Cônego R. Trindade, Vol. 1, fls. 178. 2) Segundo pesquisas dos amigos, genealogistas, José Roberto de Vasconcelos e Pedro Wilson Carrano de Albuquerque, o título de Barão da Ponta do Morro pode não ter sido oficial e, sim, apenas prometido, ou dado pelo povo, por algum motivo, já que não consta do Arquivo Nobiliárquico Brasileiro.

               ASCENDENTES DA ESPOSA

2 - Pedro Teixeira de Carvalho, Cap. Mor de SJ de El-Rei, MG. (A.2.39, 9.11, DFB e VT.1.179).

3 - Clara Maria de Melo, inventariada 1792, SJ de El-Rei. (A.2.39, 9.11, DFB e VT.1.179).

 

Nota nº 1:

Em Benguela foi protegido pelo Juiz de Fora brasileiro, Desembargador Antonio da Silva Lisboa. (A.2.39).

Nota nº 2:

Note que a mãe da esposa tem o mesmo nome que a mãe do inconfidente José Aires Gomes (que casou com uma meia-irmã sua). Seriam parentes? (VT.1.134). A esposa foi também madrinha de filho de José Aires Gomes, em solteira, em 1777. (Pesquisa do Sr. Joaquim dos Santos Neto, de Mogi das Cruzes).

 

Ir para: Página principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,    Batch Number,     Bibliografia e códigos