GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de Minas Gerais - Tiradentes e seus contemporâneos

 

                                                               Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

                                       JOSÉ PEREIRA FREIRE DE MOURA

 

3 - 

2 - 

               ASCENDENTES DELE

1 - Dr. José Pereira Freire de Moura. A identidade completa deste inconfidente foi descoberta por Tarquíno J. B. de Oliveira, em anotações à nova edição dos Autos da Devassa. A referência á sua participação apareceu apenas três vezes na Devassa: a primeira, no extenso depoimento prestado em 15.07.1789, por Francisco Antonio de Oliveira Lopes, na Cadeia de Vila Rica; a segunda, na 9ª inquirição feita a Tiradentes, em 4.07.1791, e a terceira no depoimento do Ten. Cel. Francisco de Paula Freire de Andrade, feito na Cadeia da Relação do Rio de Janeiro, de 6.06.1791. Francisco Lopes disse que o padre Toledo lhe havia "nomeado" um doutor das partes de Minas Novas "com o qual os conspiradores contavam para a revolta". Tentando descobrir a identidade desse personagem, a Devassa pressionou Tiradentes, que negou ter conhecido qualquer doutor de Minas Novas, e que era falso ter algum participado em reunião na casa do Ten. Cel. Francisco de Paula Freire de Andrade. Mas Francisco de Paula admitiu que Tiradentes  ou o padre Rolim pedira uma carta a Domingos de Abreu Vieira, para o "doutor José Pereira, de Minas Novas". Era a primeira vez que aparecia o nome do doutor conterrâneo de Domingos de Abreu Vieira.
O mais lógico é que a carta tenha sido solicitada a Domingos de Abreu (comerciante por muitos anos em Minas Novas), pelo padre Oliveira Rolim,que era daquela região,o Serro Frio,e para lá se dirigia;além disso o padre Rolim era concunhado de Moura; ele viria no roldão das forças que convergiriam do Serro Frio para Vila Rica.
A reunião deliberatória, na casa de Francisco de Paula, tinha-se realizado em dezembro de 1788; é provavél que o contato tenha sido realmente efetivado. Não se sabe nenhum outro dado deste doutor, que nunca foi interrogado ou sequer procurado. ("A Inconfidência Mineira", de Márcio Jardim, fls. 270, pesquisado pela amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG).

               ASCENDENTES DA ESPOSA

2 - 

3 - 

 

Ir para: Página principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,     Bibliografia e códigos