GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de Minas Gerais - Tiradentes e seus contemporâneos

 

                                                               Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

                                       MANUEL FRANCISCO DE TOLEDO

 

3 - 

2 - 

               ASCENDENTES DELE

1 - Manuel Francisco de Toledo, n. 1744, Vila de São José del Rei, casado, primo do Vigário Carlos Correia de Toledo e Melo. Aos 45 anos, era feitor das fazendas e lavras do Vigário. Foi denunciado pelo depoimento do inconfidente Francisco Antônio de Oliveira Lopes, feito na Cadeia de Vila Rica em 15 de junho de 1789, que o ratificou em 8 de agosto. Nesse trecho do processo, a Devassa soube que o vigário o considerava um homem de verdade, com quem podia contar para a revolução, ainda que presos Tiradentes, Tomás Antonio Gonzaga, Alvarenga Peixoto e os outros.
Noutro passo, verificou-se que ele chegara a conversar sobre o batizado dos filhos de Alvarenga Peixoto e as expressões subversivas que se fizeram na ocasião, com diversas pessoas na Câmara do Rio das Mortes. Silvestre Gomes Falcão contou o caso a Antônio Manuel de Almeida, soldado da 6ª Companhia de Cavalaria Regular de Vila Rica, e este, tambem depondo, trouxe novamente Manuel de Toledo para os Autos.
O feitor do padre Toledo foi chamado a depor em 16 de setembro de 1789, em São João del Rei, perante a Devassa carioca, que fazia sua ronda pela Comarca do Rio das Mortes. Disse que era falso o que contara Antônio de Almeida e nada mais. Seu laconismo valeu-lhe o esquecimento pelos devassantes. Houve um erro no interrogatório: faltou o confronto com Silvestre Falcão, além disso, não se confrontaram sobre esse detalhe o Cel. Francisco Antonio de Oliveira Lopes e o Vigário Carlos Correia de Toledo e Melo. (A Inconfidência Mineira, de Márcio Jardim, fls. 274).

               ASCENDENTES DA ESPOSA

2 - 

3 - 

 

Nota nº 1:

Pesquisa da amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG.

 

Ir para: Página principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,    Títulos Perdidos,     Bibliografia e códigos