GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos

 

                                                  Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

                                                ÁLVARES DE SOUSA

 

          - Manoel Álvares de Sousa, n. da Ilha de São Miguel, Açores, e cidadão de São Paulo (filho de Baltazar Vaz de Sousa, fidalgo da mesma Ilha, e de Leonor Manoel, np. de Gaspar Vaz de Sousa, que foi massacrado pelos gentios de Porto Seguro, Bahia), c. 1632, São Paulo, com Maria Carneiro, n. da mesma cidade, onde f. 1705, f. de Sebastião Coelho Barradas (em Machados Barros) e Catarina de Barros, com pelo menos: (2.37/39, BG.63.1.6 e SL.8.151).

                                                   CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Izabel Manoel Álvares de Sousa, cc. Francisco Vieira Antunes, n. antes de 1620, São Martinho de Ventosa, f. de Adriano Vieira (ou Adrião Vieira) e Águeda Dias, noradora em Eiros, nm. de Brás Dias, já f. 1623, e sm. Cecília Gonçalves. com 9 filhos, entre os quais: (SL.8.152 e pesquisa do amigo, genealogista, Luiz Gustavo de Sillos, de São Paulo, nos livros de batismo de São Martinho).
- Obs.: Alguns outros filhos de Águeda Dias, todos batizados em São Martinho de Ventosa: Maria, João, Simão Félix.

                                                   Parágrafo 1º

     2 - 1. Cap. Ignacio Vieira Antunes, f. com testamento 1789, São Paulo, cc. Marianna da Cunha (viúva de Manoel Vicente Pereira), f. de Belchior da Cunha Barregão e Antonia Furtado, com filha única: (SL.3.321 e 8.152).

     3 - 1. Maria Vieira da Cunha, f. 1718, 1ª esposa de Gaspar de Mattos, n. vila de Aguiar, f. 1734 (estando casado 2ª vez com Maria da Silva Leite, f. de Manoel Carvalho de Aguiar e Francisca da Silva Teixeira, c.ger. em SL.2.488), f. de Sebastião de Mattos n. do lugar de Parada, e Izabel de Araujo, da freguesia de Nozedo, com 7 filhos, entre os quais: (SL.8.152).

     4 - 1. Maria Josepha de Mattos, n. São Paulo, onde f. 1747, cc. o Cap. Francisco de Salles Ribeiro, n. Mártires, Lisboa, f. 1779, São Paulo, com 92 anos, onde foi Juiz Ordinário em 1763 e Capitão de infantaria da ordenança, f. de Manoel Gonçalves e Domingas Antunes, com 11 filhos, entre os quais: (SL.8.153).

     5 - 1. Anna Maria de Salles, n. São Paulo, onde c. 1ª vez, 1754, com José Francisco de Andrade, n. Portugal, f. 1758, São Paulo e, 2ª, 1762, na mesma cidade, com o Cap. José da Cruz de Almada (ou José da Cruz Almada), n. São Julião, Lisboa, f. de Pedro da Cruz (ou Pedro Cascate), de Nápoles, e Maria Izabel, de Liorpe (ou Rosa Clara Milene, n. de Liorne), com 7 filhos em SL.8.154 (Tít. Macieis), entre os quais: (Transcrição de assento feita pelo Monsenhor Lefort, gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Mauricio Prado, n. Cachoeira Paulista, SP, hoje residente em Copenhagen, Dinamarca, complementando o texto e a geração do casal, constante na Genealogia Paulistana).

     6 - 1. Joaquim Antonio da Cruz Almada (cujo casamento SL não descobriu), n. São Paulo, c. 1790, Soledade de Itajubá (Testemunha: Cap. José Maria da Cruz Almada, solteiro, morador em São Paulo), com Josepha Maria de São José, f. de Manoel da Costa Nunes, n. Loivos da Ribeira, Porto, e sm. Anna Maria de Carvalho, n. Aiuruoca, MG (estes casados em 1773, em Soledade de Itajubá), np. de José da Costa e Domingas da Costa, nm. de Diogo Gonçalves de Carvalho, n. Santa Maria do Zêrere, bispado do Porto, e Anna Rodrigues de Andrade, n. Guaratinguetá, SP, com pelo menos:

     7 - 1. Ignacia Xavier de Salles da Cruz Almada (a mãe constou como Josepha Maria de Jesus), n. Soledade de Itajubá, onde c. 1820, com Custódio Rodrigues da Motta, n. Guaratinguetá, f. de Joaquim José de Góes e Anna Maria de Jesus, c.ger. em Anes Sobrinhos.

     5 - 2. Cap. Bento de Salles Ribeiro, c. 1749, Santo Amaro, com Anna de Pontes Heiros, n. dessa freguesia, f. de João Moreira Garcia e Maria de Heiros, com entre outros: (SL.8.155).
- Obs.: O livro Subsídios Genealógicos, de Carlos da Silveira, e a Revista Nº 1, do Instituto Histórico e Geográfico de Sorocaba, de 1960, fazem muitos e importantes acrescentamentos ao constante em SL, conforme abaixo:

     6 - 1. Manoel Joaquim de Mattos, Sarg. Mor e senhor de engenho em Mogimirim, onde foi recenseado entre 1790 e 1800, tinha 75 anos em 1828, c. 1ª vez, com Francisca Maria do Rosário, f. de José Ribeiro (irmão do Pe. Ângelo, missionário) e, 2ª, pv. 1816, Mogimirim, com Mariana Francisca do Prado, viúva de José Filipe Pimentel, com pelo menos: (SG.152/3, SG.157, SL.6.71 e 8.162).
- Obs.: Não foi casado com Ângela Umbelina de Miranda, como consta em SL, a qual foi cc. seu sobrinho, Manoel Joaquim do Sacramento Matos.
               Da 1ª esposa (não relacionados em SL):

     7 - 1. Joaquim Manuel de Matos, que tinha 12 anos em 1790, cc. Jacira Barbosa do Carmo, pais de: (SG.152).

     8 - 1. João Evangelista de Matos, n. Mogimirim, Furriel em 1821, morava em Campinas em 1850, lavrador, cc. sua prima Cândida Belarmina da Trindade (ou Cândida Rosa da Trindade), campineira, f. de Joaquim Ferraz de Campos e Maria Joaquina de Matos (em Ferrazes Araujos). (SG.152 e SL.4.38).

     7 - 2. Quitéria, com 11 anos em 1790. (SG.152).

     7 - 3. Ana, com 4 anos em 1790. (SG.152).

     6 - 2. Joaquim Antonio de Mattos, com 52 anos no recenseamento de Santo Amaro em 1807, dono de loja de fazendas, depois agricultor e carpinteiro, c. 1783, na freguesia de Santo Amaro, com Maria da Conceição Blanco Ribeiro (ou Maria da Conceição Blanco de Moraes), f. de Antonio Blanco Ribeiro e Ana Machado de Moraes ou Ângela Machado de Moraes (em Pintos Guedes), com: (SG.152, SL.8.162 e o artigo "Os Matos Salles", de Agenor Guerra Corrêa, na Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Sorocaba, nº 1, de 1960, fls. 43, este pesquisado pela amiga, genealogista, Rosemarie Pinheiro Cardoso, que gentilmente enviou para o site, com outras pesquisas próprias).
- Obs.: Os autores dizem que o casal teve 8 filhos, mas confrontando ambos, achamos 9.

     7 - 1. Maria do Carmo Adelaide de Matos Sales, b. 1784, f. 1832,  tinha 22 anos no recenseamento, c. 1830, com o Ajudante João Homem Guedes Portilho, n. Castelo de Vide.

     7 - 2. Rosa Emília de Matos, b. 1787, tinha 19 anos no recenseamento. Faleceu solteira.

    7 - 3. Maria Joaquina de Mattos (única citada em SL.8.162), b. 1789, casada em 1808, Sto. Amaro (casamento também lançado em São Carlos, Campinas) com Joaquim Ferraz de Campos, indo residir em Campinas, f. do Sarg-Mor Antonio Ferraz de Campos e Maria da Cunha, c.ger. em Ferrazes Araujos. (SG.152/5, SL.4.38 e 8.162).

     7 - 4. Maria Antonia Guilhermina de Matos, b. 1791, tinha 15 anos no recenseamento, c. 1811, Santo Amaro, com José Antonio da Guerra, n. São Paulo, SP (que enviuvando, c. 2ª vez, 1852, com sua sobrinha, Emídia Clementina de Sales, c.ger. adiante), f. de Manoel Leme da Guerra e Felícia Maria da Conceição, e teve desta:

     8 - 1. Jesuína, n. e b. 1812.
- Obs.: Uma Jesuína Antonia da Guerra (ou Jesuína Antonia de Salles, f. de "Quitéria Maria?"), cc. Francisco Branco de Miranda, com pelo menos: Firmino de Miranda, b. 1843, Maria de Miranda, b. 1845, Antonio de Miranda, n. e b. 1847, Luiz de Miranda, b. 1853, Gabriel de Miranda, b. 1856, todos em Santo Amaro, São Paulo, e ainda: (FS).

    9 - 1. Guilhermina Maria das Dores Guerra Miranda, c. 1852, Santo Amaro, São Paulo, com Amaro Antonio de Sousa, f. de Adão Antonio e Gertrudes Maria de Jesus. (FS).

     9 - 2. Anna de Miranda (hipótese, a mãe constou como Joanna Antonia da Guerra), n. 1849, b. 1850, Santo Amaro, SP. (FS).

     8 - 2. Maria, n. e b. 1814.

     8 - 3. Malaquias, n. e b. 1817.

     8 - 4. Querubina Angélica de Salles Guerra, n. e b. 1820, c. 1851, Santo Amaro, SP, com Gabriel Galdino Branco, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Maria Branco, b. 1752, Santo Amaro.

     9 - 2. João Batista de Salles Guerra Branco, b. 1754, Santo Amaro, onde c. 1891, com Carolina Augusta de Moraes, f. de Felisbino Antonio de Moraes e Amélia Brandina do Espírito Santo.

     8 - 5. João, n. e b. 1823.

     7 - 5. Manuel Joaquim do Sacramento Matos, b. 1794, Santo Amaro, tinha 14 anos no recenseamento, e em 1822 já era cc. Ângela Umbelina de Miranda, f. de Joaquim Blanco de Miranda e Anna Vieira da Silva (em Pintos Guedes), com grande geração, entre os quais: (SG.181 e SL.3.29).

     8 - 1. Generosa Célia do Rosário Salles (ou Generosa Délia do Rosário Salles), ainda bebê em 1822, c. 1840, São Carlos, com João Bernardo da Silva, cuja geração os autores não relacionam, tiveram pelo menos, todos batizados em Campinas, SP: Maria Silva, b. 1843, José Silva, 50, Luiza Silva, 59, Joaquim Silva, 61, e ainda: (FS, SG.151 e SL.3.29).
- Obs.: O nome parece ser mesmo Délia, já que dos registros de todos os filhos constou de diversas formas, inclusive Délia e Adélia, mas nunca como Célia.

     9 - 1. João Batista Bueno de Mattos Silva, b. 1854, NS da Conceição, Campinas, SP, onde c. 1875, com Joaquina Xavier da Silva, f. de João Felipe Xavier e Manuela Pires Monteiro, com pelo menos: Joaquim de Mattos, b. 1880, José de Mattos, b. 1881, ambos em NS da Conceição, Campinas. (FS).

     9 - 2. Francisca Leopoldina de Mattos Salles (no batismo Francisca Silva), b. 1857, Campinas, SP, onde c. 1871, NS da Conceição, com Elói de Salles Cunha, f. de Feliciano Leite da Cunha e Carolina Antonia de Camargo, com pelo menos: José de Salles Cunha, b. 1872, NS da Conceição, Campinas, e ainda: (FS).

     10- 1. Anna de Salles Cunha, b. 1874, NS da Conceição, Campinas, c. 1894, NS do Rosário, Serra Negra, SP, com Francisco Antonio Paulino, f. de Rafael Paulino e Maria Theresa Insperato.

     9 - 3. Ângela Bueno de Mattos (no batismo, Ângela Silva), b. 1846, Campinas, SP, c. 1862, na mesma cidade, com o Alf. José Mena de Carvalho Sales, b. 1841, ainda na mesma cidade, f. 1917, São Carlos, SP, dispensados do impedimento do terceiro grau de consanguinidade em linha lateral (padrinhos: José de Sales Leme e Maria Euquéria de Camargo), tiveram a Fazenda Boa Vista, em São Carlos do Pinhal, f. de Joaquim Mena de Carvalho, n. Vitória, Porto, e Miquelina de Campos Sales (Miquelina de Sales Leme, ou ainda, Miquelina de Camargo Penteado), n. 1824, Campinas, SP, com pelo menos: (Ramo gentilmente enviado pelo genealogista, Marcello A. de Oliveira Borges).

     10- 1. Maria Luiza de Carvalho Sales, n. cerca de 1876, b. 1877, Campinas (quando nasceu o seu pai residia em Ribeirão Preto), c. 1ª vez com Emílio Fagnani e, 2ª, com Franklin Alves da Silva, c.ger.

     8 - 2. Belisário Mattos, b. 1830, NS da Conceição, Campinas.

     7 - 6. Maria Angélica de Matos Sales ou de Moraes, b. 1796, tinha 12 anos no recenseamento, c. 1827, com Francisco Antonio das Chagas, o Professor Chaguinhas, já viúvo e com 2 filhos pequenos: Caridade e Jó. De Maria Angélica teve: Casemiro, n. 1830, Maria Serafina, n. 1832, e ainda: (FS e SG.151/2)

     8 - 1. Emídia Clementina de Sales (ou Emídia Maria das Dores Moraes Chagas), n. 1828, c. 1852, Santo Amaro, com José Antonio da Guerra, n. SP (viúvo de sua tia Maria Antonia Guilhermina de Matos, acima), f. de Manoel Leme da Guerra e Felícia Maria da Conceição, com pelo menos: Júlia Guerra, n. e b. 1853, Santo Amaro, SP, e ainda: (FS e SG.151/2).

     9 - 1. Gabriela Guerra, n. 1854, São Paulo, b. 1859, c. 1876, NS da Assunção, Centro, SP, com José Antonio Gonçalves, n. da mesma cidade, f. de João Antonio Gonçalves e Jeremia Maria do Carmo Gonçalves. (FS).

     8 - 2. Paulo Emílio de Sales Eiró, “inolvidável poeta, de interessantíssima personalidade”.

     8 - 3. Lucas Chagas, b. 1839, Santo Amaro. (FS).

     7 - 7. Antonia Mariana Branca, n. e b. 1799, tinha 9 anos no recenseamento, c. 1817, S. Amaro, com João Franco Vieira, f. de Rafael Pires Cardoso e sm. Ana Vieira de Camargo, np. de João Franco.

     7 - 8. Maria das Dores Xavier, n. e b. 1802, tinha 5 anos, no recenseamento, c. 1823, com o Alf. Dr. Firmino José Maria Xavier, n. Rio, Médico em Santos, com: Dr. Luiz Ernesto Xavier, Joaquim Xavier, Firmino Xavier, e ainda:

     8 - 1. Cândida Xavier, cc. seu primo-irmão, o Desembargador, Dr. Américo Vespúcio Pinheiro e Prado, f. do Cap. Francisco de Assis Pinheiro e Prado e Ana Luiza de Matos Sales, c.ger. adiante.

     8 - 2. Carolina Xavier Vieira de Carvalho, cc. o Dr. José Joaquim Vieira de Carvalho.

     8 - 3. Joana Xavier, cc. o Dr. Antonio Pereira dos Santos.

     8 - 4. Joaquina Amália Xavier, b. 1832, NS Mãe dos Homens, Porto Feliz, SP. (FS).

     7 - 9. Ana Luiza de Matos Sales, b. 1805, tinha 2 anos no recenseamento, c. 1829, S. Amaro, SP, com o Cap. Francisco de Assis Pinheiro e Prado, n. 1802, SP, indo residir em São Paulo, f. de José Joaquim dos Santos Prado e Ana Francisca Xavier Pinheiro (em Betim). Tiveram: (Dos quais descende a amiga, genealogista, Rosemarie Pinheiro Cardoso).

     8 - 1. Cândida Pinheiro e Prado, b. 1838, NS da Assunção, Centro, SP, solteira.

     8 - 2. Belarmina Pinheiro e Prado, solteira.

     8 - 3. Claudina ou Carolina Pinheiro e Prado, solteira.

     8 - 4. Francisco Xavier Pinheiro e Prado, b. 1832, NS da Assunção, Centro, SP, solteiro.

    8 - 5. Joaquim Antonio Pinheiro e Prado, n. 1838, b. 1839, NS da Assunção, Centro, SP, c. 1865, Sto. Amaro, SP, com Maria Marcolina de Andrade (depois, Maria Marcolina Pinheiro e Prado), n. 1847, SP, com: (Pesquisa, não constante da Revista acima, gentilmente enviada pela amiga, genealogista, Rosemarie Pinheiro Cardoso).

     9 - 1. Anna Francisca Pinheiro e Prado, n. 1865, solteira.

    9 - 2. Maria Marcolina Pinheiro e Prado, n. 1868, SP, cc. Guilherme Von Atzinger, n. 1860, Rio Claro, SP, f. 1896, SP, f. de Sebastião Von Atzinger e Catarina Hummel, com 2 filhas:

    10- 1. Maria Von Atzinger, n. 1889, SP.

    10- 2. Margarida Von Atzinger, n. 1894, SP, cc. Ivan Pinheiro e Prado.

    9 - 3. Joaquina Pinheiro e Prado, solteira. (SL.2.233).

    9 - 4. Brazilina Pinheiro e Prado, depois Lins, n. 1871, Assunção, SP, onde c. 1890 (ou em Tiradentes, MG), com Edmundo Pereira Lins, n. MG, f. de Miguel Pereira Lins e Antonia Pereira Lins, com pelo menos: (FS).
- Obs.: Um deste nome cc. Maria Leonor Monteiro de Barros ou Monteiro Lins, com pelo menos: José Lins, n. e b. 1898, Maria Leonor Lins, b. 1900, Paulo Pereira Lins, n. e b. 1902, Ivan Pereira Lins, n. 1904, Miguel Pereira Lins, n. 1906, b. 1907, todos em NS da Boa Viagem, Funcionários, Belo Horizonte, MG. (FS).

     10- 1. Alcides Lins, n. e b. 1891, Centro, SP.

     9 - 5. Francisco Eugenio Pinheiro e Prado, solteiro. (SL.2.233).

     8 - 6. Conselheiro Dr. Américo Vespúcio Pinheiro e Prado, n. e b. 1833, NS da Assunção, Centro, SP, Desembargador da Relação de São Paulo, c. 1858, Santos, SP, com sua prima-irmã Cândida Xavier, n. desta cidade, f. do Alf. Dr. Firmino José Maria Xavier e Maria das Dores, acima, com:

     9 - 1. Elisa Pinheiro e Prado, solteira.

     9 - 2. Marietta Pinheiro e Prado, solteira.

     9 - 3. Dr. Américo Xavier Pinheiro e Prado, Advogado em SP, solteiro.

     9 - 4. Dr. Artur Xavier Pinheiro e Prado, 2º Delegado Auxiliar em 1903, SP, solteiro.

     8 - 7. Ernesto Pinheiro e Prado, n. 1842, SP, onde c. 1875, na Sé, com Antonieta ou Antonia Gabriela Soares de Souza, f. de Hipólito José Soares de Souza e Esmeria Augusta de Lima Nobrega (estes casados em 1836, SP), s.ger.

     8 - 8. Gustavo Pinheiro e Prado, falecido como voluntário da Pátria, no Paraguai.

     8 - 9. Brazilina Prado, b. 1830, NS da Assunção, Centro, SP. (FS).

     8 -10. Anna de Assis Pinheiro e Prado, b. 1836, NS da Assunção, Centro, SP. (FS).

                                                   Parágrafo 2º

     2 - 2. Ignacia Vieira, f. 1745, SP, cc. o Cap. Manoel Velloso, f. 1751, SP, n. S. Cláudio de G....., Braga, f. de Francisco Velho e Esperança Domingues, com entre outros: (SL.8.167).

     3 - 1. Catharina Velloso, cc. o Cap. Gregório de Castro Esteves, n. Viana, f. de Braz de Castro e Maria Antunes, c.ger. em SL.8.173, entre os quais:

     4 - 1. Joaquim Mariano de Castro Velloso (truncado em SL), habilitado de genere, cc. Catarina Francisca de Lemos e Azevedo, f. do MC. Alexandre Álvares Duarte de Azevedo e Helena Caetana da Cruz ou de Lemos. (Nobiliarquia Fluminense, dos Drs. Antonio Jm. e Julião R. de Macedo Soares, fls. 58, 66 e SL.8.173).

     3 - 2. Maria Josepha Velloso, f. 1750, SP, c. 1ª vez com Gonçalo José de Sá e, 2ª, 1739, SP, com Ignacio da Costa de Siqueira, n. SP, f. de João da Costa de Siqueira e Izabel da Costa, com pelo menos: (SL.8.173).

     4 - 1. Joaquim da Costa de Siqueira, que tirou brazão de armas em 1795, Capitão da cavalaria auxiliar das minas de Cuiabá, c. 1764, SP, com Beatriz Leoniza do Amaral Gurgel, f. de Bento do Amaral da Silva e Catharina Eufrásia Álvares Fidalgo (em Dias da Silva), c.ger. que SL omite: (Ef.1.98, FS e SL.8.173).
- Obs.: Um do mesmo nome (seria neto?), cc. Francisca Rodrigues da Silva, com pelo menos: Belizário da Costa Siqueira, b. 1845, NS do Rosário, Serra Negra, SP. (FS).

     5 - 1. Mariano da Costa Siqueira, b. 1764, NS da Assunção, Centro, São Paulo. (FS).

     5 - 2. Pe. Joaquim Mariano da Costa Amaral Gurgel, n. SP, Vigário de SJ de El-Rei, desde 1806, onde f. 1823. (Ef.1.98).

    5 - 3. Pe. Alexandre Joaquim do Amaral Gurgel, que em 1820 recebeu do irmão, acima, casas à Rua das Flores, em SP, que confrontavam com as que foram de "Leonor Paes, irmã do Sarg. Mor Pedro Taques de Almeida Paes". (Ef.1.98).
- Obs.: Leonor Paes, poderia ser referência à Leonor Caetana de Escobar e Silva, irmã do nosso ilustre linhagista, o Sarg. Mor Pedro Taques de Almeida Paes Leme (em Raposos Bocarros).

                                                   Parágrafo 3º

     2 - 3. Águeda Vieira, n. São Paulo, cc. Luiz Gonçalves Palmella, n. São Pedro, Vila de Palmella, Portugal, f. 1721, SP, f. de Luiz Gonçalves e Luzia Rodrigues, c.ger. em SL.8.143, entre os quais:

     3 - 1. Francisco Xavier Gonçalves, n. São Paulo, f. 1778, c. 1ª vez, com Maria de Mendonça de Figueiró, f. 1728, f. de João de Mendonça Gouvea e Juliana de Figueiró e, 2ª, 1732, na mesma cidade, com Josefa de Oliveira Guedes, que em 1769 morava na sua fazenda do Rio Paraissara, f. de José Pinto Guedes e Timótea de Oliveira, c.ger. desta em Pintos Guedes. (3.275, SL.7.63 e 8.174).
                Da 1ª esposa, 8 filhos, entre os quais:

     4 - 1. Maria Vieira Gonçalves (ou Maria Vieira de Jesus), que em 1778 estava cc. José Lopes Vieira, com pelo menos: (FS e SL.8.177).

     5 - 1. Maria Vieira, c. 1775, São Paulo, com José Joaquim de Siqueira, f. de Antonio Rodrigues da Silva e Anna Domingues de Siqueira, np. de Sebastião Rodrigues e Maria de tal, nm. de Manoel Álvares e Maria Domingues. (SL.8.177).

     5 - 2. Francisco Lopes Vieira, n. São Paulo, c. 1782, NS da Ponte, Sorocaba, com Maria do Ó, n. Santo Amaro, f. de Antonio Furtado Machado e Rita Machado de Moraes (em Machados Fagundes). (FS e SL.8.177).

     5 - 3. João Antonio Vieira, c. 1793, NS da Ponte, Sorocaba, com Thereza Maria de Jesus, também f. de Antonio Furtado Machado e Rita Machado de Moraes (em Machados Fagundes). (FS e SL.8.178).

     4 - 2. Isidoro Vieira Gonçalves (ou Izidoro Vieira Gonçalves), f. 1800, São Roque, SP, c. 1758, Cotia, SP, com Rosa Francisca de Oliveira, f. de José Francisco de Oliveira, de Santo Amaro, e Josepha Rodrigues Carassa, de Guarulhos, c.ger. em Garcias Velhos. (FS e SL.7.448 e 8.178).

                                                   Parágrafo 4º

     2 - 4. Ana Maria Vieira (truncado em SL), cc. Manoel dos Santos Coelho, morador em Parati, RJ, com pelo menos: (SG.12, 62/3 e SL.8.188).
- Obs.: Silva Leme não descobriu o seu nome, nem a sua geração, apenas o nome do marido, morador em Paratí, o que propiciou ao genealogista Carlos da Silveira, seguindo a sua pista, deixar iniciada esta descendência no seu livro "Subsídios Genealógicos", fls. 12 e 62/63.

     3 - 1. Manoel Alves Vieira, n. 1681, São Paulo, f. 1702, Rio, que mudou-se para Parati, RJ, c. 1ª vez com Antonia da Silva (ou Clara Maria do Amaral, n. Santos ou São Sebastião, SP) e, 2ª, com Ana de Oliveira, s.ger. desta. Teve da 1ª esposa, pelo menos: (CR.1.57, SG.63, "Subsídios Genealógicos", de Carlos da Silveira, fls. 11, e pesquisa gentilmente enviada pelo genealogista Marcello A. de Oliveira Borges).

     4 - 1. Margarida da Silva do Amaral, n. Paratí, f. 1806, Facão (atual Cunha, SP), cc. José Alves de Oliveira, de Santo Tirso de Páramos, Feira, Porto, residentes em Cunha, SP, onde faleceu, f. de Antonio Leite, de São João da Madeira, e Izabel Álvares, de Páramos, np. de Manoel Leite e Anna Fernandes, nm. de Tomé Álvares e Maria Álvares, com pelo menos: (AS.10.11, SG.12/14, "Subsídios Genealógicos", de Carlos da Silveira, fls. 11, e pesquisa gentilmente enviada pelo genealogista Marcello A. de Oliveira Borges).

     5 - 1. Padre Manuel Alves de Oliveira, b. 1739, Paratí, ordenado em São Paulo. (SG.12).

    5 - 2. Maria Rosa da Annunciação (ou Maria Rosa da Assunção), n. Cunha, SP, c. 1ª vez com José Martins Nogueira, português, f. 1776, Cunha, inventariado em Guaratinguetá, f. de Bernardo Martins Nogueira e Maria Lopes e, enviuvando, 2ª vez, 1799 ou 1780, Cunha, com o Alf. Antonio Pires Querido Portugal, português, f. de Domingos Pires Querido e Benta Afonso de Macedo, np. Manuel Pires Querido e ... Leal, naturais de Santa Maria de Viade, comarca de Chaves, com pelo menos: Testemunhas do 2º casamento: José Alves de Oliveira e João Pereira da Costa. Com pelo menos: (AS.10.8, 11, SG.12 e 62/3).
               Do 1º marido:

     6 - 1. Águeda Maria da Conceição, n. Cunha, onde c. 1787, com Manuel José de Castro, n. Rio Tinto, bispado do Porto, b. 1742, f. de Caetano José de Castro e Maria de Moura Rosa, naturais do Rio Tinto, np. de Sebastião Martins de Castro e Maria de Jesus, nm. de André Ferreira e Maria de Moura Rosa, naturais de São Cosme, bispado do Porto. (AS.10.31).
- Obs.: Segundo pesquisa realizada por Helvécio V. C. Coelho, o nome correto da avó paterna seria: Catarina Vieira dos Santos. (AS.10.31).

     6 - 2. Ana Joaquina de Oliveira, c. 1795, Cunha, com Domingos Antunes da Costa, n. e b. na freguesia de São Bento, arcebispado de Braga, morador na vila de São Luís, f. de Marcos Antunes e Mariana da Costa, naturais da Mesma freguesia. (AS.10.11).

               Do 2º marido:

     6 - 3. Joaquina Maria da Anunciação, n. Cunha, onde c. 1797, com José Luís de Brito, n. e b. na fregueisa de São Jorge, arcebispado de Braga, f. de Domingos Correia de Brito e Maria Josefa Pereira. (AS.10.24).

     6 - 4. Maria Rosa, n. e b. Cunha, onde c. 1799, com Manuel José da Silva, n. e b. São Pedro de Tomar, arcebispado de Braga, f. de Antonio da Silva e Felipa Maria, com entre outros: (AS.10.31).

     7 - 1. Jacinto da Silva (hipótese, f. de um Manuel José da Silva e uma Maria Rosa de Jesus), b. 1803, Triunfo, RS. (FS).

     7 - 2. Joaquina dos Anjos Querido, cc. (...), pais de: (SG.12).

     8 - 1. Maria Luiza dos Anjos Querido, cc. Antonio de Paula e Silva, pais de: (SG.12 e Wikipédia).

     9 - 1. Isabel Perpétua de Marins, cc. Domingos Rodrigues Alves, n. Ponte de Lima, Portugal, veio em 1832 para Guaratinguetá, SP, onde foi cafeicultor, com 13 filhos, entre eles:

     10- 1. Conselheiro Francisco de Paula Rodrigues Alves, n. 1848, Guaratinguetá, f. 1919, Rio, Advogado, Presidente da Província e do Estado de São Paulo por três mandatos, Ministro da Fazenda e 5º Presidente da República do Brasil, c. 1875, com sua prima Anna Guilhermina de Oliveira Borges, n. 1855, f. 1891, f. do Dr. José Martiniano de Oliveira Borges Guilhermina, abaixo, com pelo menos: (SG.12, site Nobreza Brasileira de A a Z, e Wikipédia).

     11- 1. Oscar Rodrigues Alves. (Wikipédia).

     10- 2. Virgílio Rodrigues Alves, cc. Maria Guilhermina, n. 1853, f. 1933, irmã de Anna Guilhermina, acima.

     9 - 2. Guilhermina, cc. Dr. José Martiniano de Oliveira Borges, n. 1827, f. 1870, filho de Francisco de Assis de Oliveira Borges, Visconde de Guaratinguetá, com pelo menos:

     10- 1. Maria Guilhermina, n. 1853, f. 1933, cc. seu primo, Virgílio Rodrigues Alves, acima.

     10- 2. Anna Guilhermina de Oliveira Borges, n. 1855, f. 1891, cc. com seu primo, o Presidente Francisco de Paula Rodrigues Alves, acima.

     5 - 3. Alf. Antonio Alves de Oliveira, tinha 13 anos em 1765, em Cunha, SP, onde cc. Maria Antonia da Silva, f. de Manuel Antonio da Silva e Rita Nunes da Silva, com pelo menos: (AS.10.62/3 e SG.13).

     6 - 1. Francisca Maria de Oliveira, n. e b. Cunha, onde c. 1792, com Basílio Pires Querido, f. de Manuel Pires Querido e Maria Leal. (AS.10.9).
- Obs.: O avô paterno dela constou como Manuel Martins (ou havia também o sobrenome Martins ou pode ser engano).

     6 - 2. Mariana Francisca de Oliveira, n. e b. Cunha, SP, onde c. 1799, com  Bonifácio Pereira da Silva, n. e b. na mesma cidade, f. de Francisco Pereira de Carvalho, n. Paramos, e Francisca Joaquina de Toledo Silva (em Toledos Pizas). (AS.10.62/3).

     5 - 4. Joaquina, "que talvez seja a que casou com o capitão-mor Luiz Manuel de Andrade". (SG.13).

     5 - 5. Cap. Mor José Alves de Oliveira ou de Páramos, npv. 1758, f. Cunha, 1828, c. 1ª vez, 1778, com Inês de Andrade e Silva, já f. 1789, f. de José Borges dos Santos e Maria Miguel da Silveira e, 2ª, 1804, Cunha, com Helena da Silva Rosa, irmã da 1ª esposa, c.ger. de ambas, em Botafogos. (AS.10.11 e SG.13/14).

     5 - 6. Ana Maria de Oliveira (não relacionada por Carlos da Silveira), cc. João Pereira da Costa, f. de Domingos da Costa e sm. Maria Rosa da Costa, europeus, com pelo menos: (AS.10.29).

    6 - 1. Margarida Angélica ou Margarida Angelina de Oliveira, n. e b. Cunha, onde c. 1792, com Manuel Correia Bitencourt, n. e b. na Ilha Graciosa, bispado de Angra, freguês da cidade de São Paulo, f. de Manuel Correia de Quadros e sm. Catarina Bitencourt, np. do Alf. Mateus de Quadros Pereira e sm. (...), nm. de João Espíndola e Maria Bitencourt, naturais da mesma ilha, com pelo menos: (AS.10.29 e FS).

    7 - 1. Anna Bitencourt, b. 1794, NS da Assunção, Centro, SP. (FS).

    4 - 2. Izabel Luiz, "irmã inteira" de Margarida da Silva do Amaral, acima. ("Subsídios Genealógicos", de Carlos da Silveira, fls. 11).

    4 - 3. Manuel dos Santos Coelho, morador em Paratí em 1702. (CR.1.57).

    4 - 4. Marcelina Alves da Silva ou Marcelina Álvares da Silva (que o genealogista Carlos da Silveira não descobriu), n. 1724, Parati, RJ, f. Cunha, SP, c. 1749/50, na Igreja de NS dos Remédios, de Paratí, com Francisco Pereira de Sousa, n. 1725, Santo Tirso de Paramos, em Espinho, Aveiro, Portugal, f. 1802, Cunha, f. de João Alves de Oliveira e Teresa Pereira de Sousa, com pelo menos: (FS).

    5 - 1. José Pereira da Silva, n. 1752, Boa Vista, Cunha, c. 1780, na Matriz de Cunha, com Rita Borges de Siqueira, n. 1763, nesta cidade, com pelo menos: Antonio Pereira da Silva, n. 1781, José Pereira da Silva, n. 1785, Beatriz Pereira da Silva, n. 1787, Luiza Pereira da Silva, n. 1789, todos em Boa Vista, Cunha, e ainda:(FS).

    6 - 1. Maria Josefa Pereira da Silva, n. 1786, Boa Vista, Cunha, c. 1802, na Matriz desta cidade, com Manoel Monteiro Ferraz, n. 1784, Paratí, f. de Antonio Monteiro Ferraz e Maria Isabel, de Cunha (ou Maria Isabel da Cunha?). (FS).

    6 - 2. Antonio Borges de Siqueira, n. e b. na freguesia da Piedade, c. 1802, com Joaquina Francisca de Oliveira, n. e b. em NS dos Remédios de Paratí, f. de Manuel Caetano França e Ana Francisca de Oliveira (testemunhas: João Monteiro Ferraz e Francisco Rodrigues, f. de Narcisa Monteiro). (Casamentos da Matriz da Vila de Cunha, de Joaquim Roberto Fagundes).

    6 - 3. José Pereira da Silva, n. e b. Cunha, c. 1802, com Ana Francisca, n. e b. em Cunha. (Testemunhas: Lourenço Pereira da Silva e Antonio Máximo da Cunha). (Casamentos da Matriz da Vila de Cunha, de Joaquim Roberto Fagundes).

    5 - 2. Antonio Pereira da Silva, cc. Isabel Maria de Jesus, f. de Antonio Rodrigues, com pelo menos: (Casamentos da Matriz da Vila de Cunha, de Joaquim Roberto Fagundes).

    6 - 1. Francisco Pereira da Silva, n. e  b. em Cunha, c. 1799, com sua parenta, Maria Alves de Oliveira, n. e b. na mesma cidade, f. de Manuel José Landim e Clara Maria de Oliveira, nm. de Francisco Pereira de Sousa e Marcelina Álvares, acima. (Testemunhas: José Lopes Figueira e João Paes de Brito). (Casamentos da Matriz da Vila de Cunha, de Joaquim Roberto Fagundes).

    6 - 2. Maria Teresa, n. e b. em Cunha, c. 1803, com Antonio José Coelho, n. e b. na freguesia de Santa Maria de Viade, Guimarães, arcebispado de Braga, f. de José Joaquim Alves Coelho e Clara Leonor Gonçalves. (Testemunhas: Alf. Antonio Pires Querido e o Ten. Francisco José Nogueira). (Casamentos da Matriz da Vila de Cunha, de Joaquim Roberto Fagundes).

                                                   CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Gaspar Alvares de Sousa, f. 1680, cc. Catharina Rodrigues Cardoso (que enviuvando, c. 2ª vez, 1688, Nazaré, com João de Siqueira Caldeira, c.ger. em SL.7.509), f. de Manoel Cardoso e Catharina Rodrigues, com: (SL.8.188).

                                                   Parágrafo 1º

     2 - 1. Maria de Sousa Carneiro, c. 1688, Nazareth, SP, com João da Cunha Maciel, f. de Baptista Maciel e de Anna da Cunha, com 8 filhos em SL.5.22 (Tít. Cunhas Gagos), entre os quais: (SL.8.188).

     5 - 1. Gaspar Álvares da Cunha, c. 1ª vez, com  Catharina Ribeiro, f. 1736, Nazareth, f. de João Siqueira Caldeira e Maria Ribeiro Antunes, 2ª, com Anna das Neves, f. de Lourenço Correa de Moraes e Maria Freire de Godoy e, 3ª, com Rita de Oliveira Cardoso, f. de João Nogueira Cardoso e Maria de Sousa, com 1 filho da 2ª e 5 da 3ª esposa, em SL.5.24. (FS).
                 Entre os da 3ª esposa:

     6 - 1. João Baptista Maciel, c. 1770, Nazareth, com Catharina Vaz de Lima (ou Catherina Vaz de Lima), f. de Domingos Vaz de Lima e Maria Cardoso de Moraes, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: João Maciel, b. 1788, José Maciel, b. 1796 (a mãe deste constou como Catharina Paes), Joaquim Baptista Maciel, b. 1799, todos em NS da Conceição, Bragança Paulista, SP, e ainda: (FS, SL.5.25 e 360).

     7 - 1. Thereza Vaz de Lima, n. Nazareth, c. 1792, NS da Conceição, Bragança Paulista, com Francisco Xavier Pires, n. São João de Atibaia, f. de Cipriano Pires do Prado e Ignacia Maria de Moraes, com pelo menos: Maria Xavier Pires, b. 1804, Pedro Xavier Pires, b. 1806, ambos em NS da Conceição, Bragança Paulista, e ainda: (FS).
- Obs.: Ele ou outro do mesmo nome, cc. Angélica Rodrigues, com pelo menos: Ignacia Xavier Pires, b. 1772, NS da Conceição, Bragança Paulista. (FS).

     8 - 1. Ignacio Xavier Pires, n. Nova Bragança, b. 1793, NS da Conceição, Bragança Paulista, onde c. 1809, com Policena Maria de Jesus, f. de Francisco Bicudo de Godois e Ignacia Cardoso. (FS).

     8 - 2. Gabriela Maria de Jesus (no batismo, Gabriela Xavier Pires), n. Bragança, b. 1802, NS da Conceição, Bragança Paulista, onde c. 1817, com Joaquim Ribeiro Cardoso, n. Bragança, f. de Ignacio Ribeiro de Alvarenga e Francisca Cardoso. (FS).

     7 - 2. Anna Cardoso de Moraes, n. Nazareth, c. 1798, NS da Conceição, Bragança Paulista, com Francisco Gomes Pinto (viúvo de Anna Maria de Jesus, já f. 1799, f. de Justo Domingues Maciel e Maria da Cunha), f. de Antonio Gomes Ferreira e Escholastica Nogueira, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Gertrudes Gomes Pinto, b. 1801, NS da Conceição, Bragança Paulista. (FS, SL.7.327 e 8.243).
              De Anna Maria de Jesus (SL diz que foram 6 filhos, mas não relaciona), encontramos: João Gomes Pinto, b. 1778, Francisco Gomes Pinto, b. 1791, ambos em NS da Conceição, Bragança Paulista, e ainda:

     8 - 1. Francisco Mariano da Silva, c. 1809, NS da Conceição, Bragança Paulista, com Maria Pires Cardoso, f. de José Pires Cardoso e Joanna de Souza. (FS).

     7 - 3. Izabel Vaz de Lima, n. Nazareth, c. 1799, NS da Conceição, Bragança Paulista, SP, com Pedro Gomes (não relacionado em SL.2.27), n. Nova Bragança, f. de Pedro Lopes de Medeiros e Maria Cardoso de Jesus, c.ger. em Furtados. (FS).

     7 - 4. Vicente Vaz de Lima, c. 1803, NS da Conceição, Bragança Paulista, SP, com Maria de Oliveira, f. de José Manuel de Jesus e Anna Cardoso de Oliveira. (FS).

     7 - 5. Maria Gertrudes de Moraes (no batismo, Maria Maciel), n. Bragança, b. 1791, NS da Conceição, Bragança Paulista, onde c. 1807, com José Manoel de Jesus (viúvo de Anna Álvares de Oliveira). (FS).

     7 - 6. Custódia Alves Cardoso (no batismo, Custódia Maciel), n. Bragança, b. 1793, NS da Conceição, Bragança Paulista, onde c. 1818, com Félix da Silva Pinto, n. Nova Bragança, b. 1781, na mesma igreja (viúvo de Roza Maria de Oliveira, n. da mesma cidade, f. de Salvador de Oliveira Machado e Maria Pedroso), f. de Matheus da Silva Pinto e Antonia Rodrigues do Prado. (FS).
                De Roza Maria de Oliveira, teve pelo menos: Bento da Silva Pinto, b. 1810, NS da Conceição, Bragança Paulista, e ainda:

     8 - 1. Maria de Oliveira, c. 1819, NS da Conceição, Bragança Paulista, com Francisco Pires das Neves (viúvo de Bernarda Patrícia). (FS).

     7 - 7. Gertrudes Vaz de Lima (no batismo, Gertrudes Baptista Maciel), b. 1802, NS da Conceição, Bragança Paulista, onde c. 1818, com João Antonio de Siqueira, f. de Antonio José da Silva e Anna Maria de Moraes. (FS).

                                                   CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Capitão Pedro de Sousa de Barros, f. 1700, SP, cc. Marianna Pedroso de Moraes, f. de Pedro de Moraes Madureira e Anna de Moraes Pedroso (em Antas Moraes), c.ger. em SL.7.7, entre os quais: (SL.8.188).

                                                   Parágrafo 1º

     2 - 1. Maria de Moraes Barros, f. 1731, cc. Christovão da Cunha, f. 1697, f. de Christovão da Cunha de Unhatte e Mecia Vaz Cardoso, c.ger. em Vaz Guedes. (SL.5.149).

                                                   Parágrafo 2º

     2 - 2. Catarina de Moraes Pedroso, cc. Manoel da Fonseca Pinto (1ª esposa), f. 1762, f. de outro Manoel da Fonseca Pinto e Juliana Antunes, c.ger. em Portes de El-Rei. (SL.6.70).

                                                   CAPÍTULO 4º 

     1 - 4. Francisca de Sousa, de Paratí, RJ, cc. Pantaleão de Souza Pereira, n. Sta. Maria, Bailio de Leça, ou do Porto, f. 1701, SP, com 77 anos, c.ger. em SL.8.188, entre os quais: (B.89).

                                                   Parágrafo 1º

     2 - 1. Manoel de Sousa Pereira, cc. Marianna Rodrigues de Arzam, f. com testamento em 1736, Santo Amaro, f. do Cap. Mor Braz Rodrigues de Arzam e Maria Egypciaca (em Domingues), com 6 filhos, entre os quais: (SL.7.342 e 8.188/9).

     3 - 1. Braz de Sousa de Arzam (ou Braz de Sousa Pereira, ou ainda Braz Rodrigues de Arzam), cc. Josepha Borges da Silva, f. de Sebastião Borges da Silva e Maria da Silva, c.ger. em Lopes Silvas. (SL.8.189).

                                                   Parágrafo 2º

     2 - 2. Francisca de Sousa Pereira (não relacionada em SL.8.188), c. 1710, Sto. Amaro, com Balthazar de Lemos Machado, f. de Jerônimo Machado, n. Guimarães, e Leonor de Lemos e Moraes, c.ger. em Lemos. (SL.7.58).

                                                   CAPÍTULO 5º 

     1 - 5. Geraldo Coelho Barradas, f. 1736, Parnaíba, onde c. 1688, com Izabel da Costa, f. 1731, na mesma cidade, com setenta e tantos anos, f. de José da Costa Homem e Luiza Leme de Brito, c.ger. que não descobrimos. (SL.6.355).

                                                   CAPÍTULO 6º 

     1 - 6. Maria de Sousa, f. 1735, Parnaíba, já viúva de Manoel Garcês, n. Santos, filho ou neto do Cap. Mor Francisco Garcês Barreto, c. ger. em Garcês Barreto. (SL.8.193).

                                                   CAPÍTULO 7º 

     1 - 7. Domingos Coelho Barradas, b. 1648, SP, "cremos que foi cc. Custodia Gonçalves f. de Francisco Dias Velho e Maria Pires Fernandes" (hipótese de Silva Leme), c.ger. em SL.7.26 (Tít. Dias), entre os quais: (SL.8.194).

                                                   Parágrafo 1º

     2 - 1. Domingos Coelho Barradas, n. SP, Cap. das Ordenanças do Bairro de Cahaguassú, fct. SP, cc. Inês Pedroso de Oliveira, f. de Antonio Pedroso Leite e Maria de Oliveira, c.ger. em Oliveiras Leitões. (2.11, SL.3.142 e 8.26).

                                                   CAPÍTULO 8º 

     1 - 8. Luzia, b. 1654, SP. (SL.8.194).

                                                   CAPÍTULO 9º

     1 - 9. Sebastião (truncado em SL), b. 1658, São Paulo, que pode ser o mesmo Pe. Sebastião Coelho Barradas, citado por Taques como b. na Sé de São Paulo, 1651, que foi cônego da Sé da Bahia. (2.38 e SL.8.194). 

                                                   CAPÍTULO 10º

     1 -10. Frei Plácido (omitido por Silva Leme), que Taques diz ser irmão de Izabel Manoel Álvares de Sousa, foi Monge Beneditino no Brasil, e depois Monge de São Bernardo, no Reino de Portugal, tomando o hábito no Real Mosteiro de Alcobaça. (2.38 e SL.8.152).

                                                     ENCAIXAR?

      4 - ?. Florência Álvares de Souza, cc. Antonio Nunes Alves, com pelo menos:  (FS).

      5 - 1. Joanna Nunes, c. 1765, Santo Antonio, Santa Bárbara, MG, com Manoel Machado Velho, n. Ilha Terceira, Angra, Portugal, f. de João Machado Fagundes e Maria do Rosário.

 

Nota nº 1:

O avô do Caput, Gaspar Vaz de Sousa, já tinha vindo, juntamente com João Lordello e outros da mesma ilha, em socorro à Capitania de Porto Seguro, no tempo do seu 1º donatário Pedro de Campo Tourinho, cuja população havia sido dizimada pelos índios, tendo porém perecido todos nos combates, o que é tratado sucintamente no Nobiliário do Rev. Dr. Gaspar Frutuoso, f. 1591, no livro 4º, Cap. 12, onde trata, também, dos 7 irmãos de Baltasar Vaz de Sousa, e da nobre origem dos Álvares Sousas de São Miguel. (2.38/39 e SL.8.151).

Nota nº 2:

Silva Leme não fez este título, mas juntou toda a geração da esposa, Maria Carneiro, à família desta, em SL.8.151 (Tít. Macieis), entretanto, apesar da redação estar truncada, parece que Pedro Taques se referiu a um filho não descrito ali e a outro que Silva Leme dá apenas o 1º nome, conforme capítulos 9º e 10º, acima. 

Nota nº 3:

Entretanto, Taques e Silva Leme podem ter cometido um engano com referência ao avô de Manoel Álvares de Sousa, já que no Livro IV, de "Saudades da Terra", do Dr. Gaspar Frutuoso, provável origem destas informações, consta: "Baltazar Vaz de Sousa, filho mais velho de João de Sousa e sua mulher Isabel Alvres, casou com Lianor Manoel, filha de Manoel Domingues". (Colaboração da Sra. Mary Stella Costa). 

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,     Tiradentes,     Batch Numbers,      Bibliografia e códigos