GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos

 

                                                                   Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 



                                                    AZEREDOS COUTINHOS E MELLOS


 

     - Marcos de Azeredo, o velho, n. por volta de 1559, Guimarães, falecido com testamento em Vitória, ES, depois de 1618, em 1598 foi Provedor da Fazenda, dos Defuntos e Ausentes e, em 1611, realizou entrada ao sertão descobrindo as lendárias "pedras verdes", que se acreditava poderiam ser esmeraldas, mas hoje sabe-se que eram apenas turmalinas. Veio para o Espírito Santo juntamente com o seu irmão Miguel de Azeredo, f. de Francisco de Lancerote de Azeredo e Isabel Dias Sodré, fidalgos de Guimarães, descendentes de João Rodrigues de Azeredo, tronco da família desse apelido em Portugal. Casou por volta de 1589, com Maria Coutinho de Melo, f. natural de Vasco Fernandes Coutinho, pai, donatário da Capitania do Espírito Santo, e Ana Vaz de Almada, neto ou bisneto de Jorge de Melo, o Laio, Alcaide Mor de Serpa, e Branca Coutinho, mudaram-se para o RJ, onde foram os primeiros desses sobrenomes, com: (2.273, AS.3.27, Barsa.7.126, 129, CR.1.143, DB.49 e 134).
- Obs.: 1) Vide ascendência completa no livro "Os Herdeiros do Poder", de Francisco Antonio Dória e outros, fls. 215;
           2) Entretanto, com a descoberta das esmeraldas de Nova Era e Itabira, MG, nos anos 70, do Século 20, outros autores consideram que seriam estas as esmeraldas encontradas por Marcos de Azeredo, e não as turmalinas encontradas depois por Fernão Dias, quando tentou reencontrar as mesmas esmeraldas. (Colaboração do genealogista Sandro Márcio de Aguiar Costa).
           3) Maria Coutinho de Melo era irmã, por pai e mãe, de Vasco Fernandes Coutinho, filho. (Colaboração do amigo, genealogista, Paulo Stuck Moraes, de Vitória, ES).

           4) Já o genealogista, Prof. João Luiz de Araujo Ribeiro diz que Maria Coutinho de Melo "teria nascido em 1574", então deveria ser filha natural do Vasco Fernandes Coutinho, filho, com Antonia Escobar, como consta em alguns autores.

i                           João de Azeredo Coutinho ...................... Cap.  

                            Isabel de Azeredo Coutinho .................... Cap.  

                            Helena de Azeredo Coutinho ................... Cap.  

                            Francisco (Frei Miguel de São Marcos) ...... Cap.  

                            Belchior de Azeredo Coutinho ................. Cap.  

                            Domingos de Azeredo Coutinho e Melo ..... Cap.  

                            Antonio de Azeredo Coutinho e Melo ........ Cap.  

                            Maria Coutinho .................................... Cap.  

                            Bárbara Coutinho ................................. Cap. 9º

                            Jerônimo Álvares de Azeredo (hipótese) .. Cap. 10º

                            Joana Coutinho (hipótese) .................... Cap. 11º 

 

                                                   CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. João de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1590, c. por volta de 1620, com sua parenta Maria de Azeredo, c.ger. que não descobrimos, parece ser o do mesmo nome f. Rio 1639, c. por volta de 1626, com Bárbara da Rocha, n. por volta de 1606, com 14 filhos, dos quais 6 já eram falecidos em 1639. Entre os sobreviventes estavam: Manuel, Inácia e: (CR.1.143 e 167).

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Luiz de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1632, onde c. 1667, com Joana da Câmara, n. por volta de 1642, Rio, f. 1713, f. de Alberto Gago da Câmara e Leonor Correia da Silva, com:

     3 - 1. Pedro, b. Rio, 1669. (CR.1.167 e 2.216).

     3 - 2. Brites de Azeredo, n. por volta de 1681, Rio, c. 1701 com José Mendes, n. por volta de 1671, Rio, f. de Manuel Mendes e Maria da Luz. 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. José de Azeredo Coutinho (hipótese), cuja ascendência não conseguimos encontrar, n. por volta de 1625, f. Rio, 1662, c. por volta de 1650, com Leonor do Zouro, n. Rio, b. 1629, f. Rio, 1686, fora da cidade, f. de João de Freitas de Araujo e Leonor da Fonseca, s.ger. (CR.1.169). 

                                                   CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Isabel de Azeredo Coutinho, talvez a do mesmo nome, n. por volta de 1610, f. Rio, 1679, c. por volta de 1626/9, com Antônio Pacheco Calheiros (viúvo de filha de André de Leão?), n. antes de 1577, Viana, Vereador Rio, f. de Diogo Gonçalves Calheiros e Isabel Borges Pacheco, com:  (AS.3.45, CR.1.143, 2.384 e 3.53). 

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. André, b. Rio, 1630. (CR.3.53). 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Joana Coutinho, b. Rio, 1631, onde f. 1663, c. 1647, com Francisco de Macedo Viegas, b. 1621, Rio, onde f. 1672, f. de Antonio de Macedo de Vasconcelos e Lucrécia Viegas (em Antas Moraes), com: (CR.2.471).

     3 - 1. Antonio de Macedo Viegas, b. 1648, Rio, vivia em 1672.

     3 - 2. Isabel Coutinho, b. 1649, Rio, onde c. por volta de 1668, com Bento Barbosa de Sá, n. Rio, onde f. 1695, f. de Manuel Barbosa Pinto e Beatriz de Sá Soutomaior, com: Joana, Manuel, João, Francisco, Inácia e, ainda: (CR.1.203, 3.119 e SL.9.26).

     4 - 1. Cel. Antônio de Sá Barbosa, b. 1674, Rio, possuia lavras na freguesia de Santo Antônio da Roça Grande, MG, s.ger. (CR.1.204 e SL.9.26).

     4 - 2. Maria Coutinho, b. 1677, Rio, onde c. 1714, com João Ferreira Couto (ou João Ferreira Coutinho), foram para Roça Grande, MG.

     4 - 3. Jacinto de Sá Barbosa, n. por volta de 1683, c. 1707, Campo Grande, Rio, com Maria Pimenta de Alarcón (ou Maria Pimenta de Oliveira), n. por volta de 1679, f. de Damaso Pimenta Gago de Oliveira e Maria de Alarcón, c.ger. em Rendons. (CR.1.470 e SL.9.26).

     4 - 4. Inês de Sá Coutinho, b. 1684, Rio, onde f. 1714, c. 1708, com o Cap. Francisco Paes Barbosa (ou Francisco Paes Ferreira), o moço (c. 2ª vez com Brites de Sá Soutomaior Freire, adiante), b. 1681, Irajá, f. de Francisco Paes Ferreira e Maria de Macedo Viegas ou Maria de Macedo Soberal (em Antas Moraes). (CR.1.200, 204 e 2.467).

     4 - 5. Antonia Barbosa, filha natural, do marido. Uma Antonia Barbosa de Sá, n. por volta de 1676, cc. Manuel Correia de Souza, n. por volta de 1666, com: (CR.1.409).

     5 - 1. Antonio, b. 1697, Guaratiba, Rio.

     5 - 2. Bento Barbosa de Sá, b. 1700, Guaratiba, c. por volta de 1730, com Joana Maria de Mariz, n. por volta de 1707, Jacutinga, RJ, f. de Antonio Lopes de Araujo e Leonor Maria de Mariz, com:

     6 - 1. Tereza Maria de Jesus, n. por volta de 1737, Meriti, RJ, c. 1757, Campo Grande, com Antonio Jordão da Silva, n. por volta de 1727, Irajá, f. de Manuel Jordão da Silva e Inácia de Jesus, todos moradores em Inhoaíba, Campo Grande, com: Bento, e ainda:

     7 - 1. Manoel Jordão da Silva Vargas (truncado em Rheingantz), n. 1760, Inhoaíba, RJ, b. no mesmo ano em NS do Desterro de Campo Grande, f. após 1842, na Ilha Grande, Angra dos Reis, RJ, onde foi Sarg. Mor, depois Major, na década de 1840, c. entre 1780 a 85, em NS do Desterro de Campo Grande, com Guiomar Maria de Santana, n. entre 1760 e 65, Campo Grande, Rio, RJ, f. 1842, na Ilha Grande, cuja geração pode ser vista no site do amigo, genealogista, Marcelo Barbio Rosa, que gentilmente enviou esta informação.

     6 - 2. Martinho, b. 1746, Campo Grande.

     5 - 3. José Correia, b. 1703, Guaratiba, c. 1739, Rio, com Izabel da Encarnação, n. por volta de 1719, f. de João Tomás Brum e Jerônima Gomes Coutinho. (CR.1.409).

     4 - 6. Beatriz, provavelmente a mesma Brites de Sá Coutinho, c. 1ª vez com o Cap. Luiz Pereira Carneiro e, 2ª, 1699, com o Cap. Agostinho de Carvalho, n. por volta de 1669, São Nicolau, Lisboa, f. de Pedro Fernandes e Maria Carvalho, teve, do 1º marido, pelo menos: (CR.1.315 e 2.168).

     5 - 1. Cap. Bento Pereira Barbosa, n. Rio, onde c. 1727, com Antonia Nunes, b. 1707, Rio, f. do Cap. João Cavaleiro da Fonseca e Úrsula da Barros, com Ana, Bento e: (CR.2.168).

     6 - 1. Maria Morgado Pereira, n. por volta de 1736, c. por volta de 1755, Guaratiba, Rio, com Manuel Pimenta Barbosa, com pelo menos:

     7 - 1. Maria Antonia de Sá, n. Guaratiba, onde c. 1785, com seu parente Francisco de Macedo Freire, b. 1757, nessa localidade, f. de Luiz Teles de Menezes e Bárbara Maria Viegas, adiante. (CR.2.469).

     6 - 2. Manuel Nunes Pereira, n. por volta de 1742, Pilar do Iguaçú, RJ, c. 1770, Rio, com Rosa Maria de Abreu. (CR.2.168).

     3 - 3. Maria, b. 1651, Rio, f. antes de 1672.

     3 - 4. Francisco de Macedo Viegas, b. 1653, Rio.

     3 - 5. Lucrécia Viegas Coutinho, já f. 1698, talvez a mesma c. por volta de 1673, com o Cap. Bento Borges de Araujo, n. por volta de 1643, já f. 1698, com: (CR.1.259).

     4 - 1. Clara Borges de Araujo, b. 1674, Rio, c. 1698, com o Cap. Francisco da Silva Ferreira, n. Inhaúma, já f. 1743, f. de Antonio da Silva Ferreira e Juliana de Oliveira, c.ger. em Botafogos.

     4 - 2. Maria Borges (ou Maria da Rocha), b. 1676, c. 1698, Rio, com João da Guarda Figueira, de Icaraí, f. 1722, Rio, f. de Diogo Bravo Figueira e Brites de Azeredo Coutinho, c.ger. em Figueiras de Braga. (CR.1.259).

     3 - 6. João de Macedo Viegas, b. 1661, Rio, onde f. 1705, c. 1680, com Maria Bueno Frz (Maria Bueno Fernandez?), 2º marido, n. SP, b. 1653, f. depois de 1705, f. de Martim Rodrigues Tenório de Aguilar e Madalena Clemente de Alarcón Cabeça de Vaca, c.ger. em Rendons. (CR.2.472, 3.53, 116 e SL.4.505).

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Cap. Antônio Pacheco Calheiros, n. por volta de 1627/33, Rio, onde f. 1690, c. por volta de 1657, 1ª vez, com Inês de Oliveira, n. por volta de 1640, no bispado do Rio, f. por volta de 1666 (em Oliveiras Gagos) e, 2ª, pv. 1667, com Isabel Pereira (ou Isabel de Montarroio), n. por volta de 1642/7,  f. 1705, Rio, f. de João Álvares Pereira, o velho, e Isabel de Montarroio (veja uma irmã de Isabel Pereira em Regos e um irmão adiante), teve: (CR.1.73 e 3.54).
               Da 1ª mulher:

     3 - 1. Maria de Oliveira, n. por volta de 1658, Jacarepaguá, Rio, onde c. 1673, com Manuel Pinto da Costa.

     3 - 2. Manuel Pacheco Calheiros, b. 1660, Rio, onde f. 1729, c. por volta de 1683, 1ª vez, com Ana Pimenta de Andrade, n. Rio, onde f. 1702, f. de Antonio de Andrade Soutomaior e Maria Pimenta de Carvalho e, 2ª, 1704, com Catarina de Andrade, n. Rio, onde f. 1739 (viúva de Rodrigo de Araujo), f. do Cap. João Fernandes Branco e Custódia Moreira, com: (CR.2.54 e 3.54).
               Da 1ª mulher:

     4 - 1. Inês de Andrade Pacheco, b. 1684, Rio, onde c. 1704, 1ª vez, com Jerônimo Carneiro de Albuquerque, que pelo nome poderia ser descendente dos Barbalhos do RJ e, 2ª, 1716, com o Cap. Mateus de Escudeiros Machado.

     4 - 2. Maria Pimenta de Andrade, n. por volta de 1691, Campo Grande, Rio, c. 1725, com Miguel Guterres Vanzil.

     4 - 3. Joana Pacheco de Andrade, n. Jacarepaguá, b. 1699, Rio, onde c. 1725, com Francisco Ribeiro Passos (viúvo de Maria de Bitencourt), n. por volta de 1693, Irajá, Rio, f. de outro do mesmo nome, n. por volta de 1662, Santa Comba, Guimarães, Braga, f. entre 1709 e 1719, e Antonia da Costa Moreira, np. de Bento Ribeiro Passos e Maria Nogueira, com: Helena, Maria e: (CR.1.449).

     5 - 1. Ana Maria de Jesus, n. por volta de 1726, Campo Grande, Rio, onde c. 1748, com Manuel Correia de Araujo.

     5 - 2. Manuel Pacheco Calheiros, n. por volta de 1728, Rio, onde c. 1ª vez, 1753, com Maria Teresa de Brito e, 2ª, 1765, nessa cidade, com Ana Correia Barbosa, b. 1741, Rio, f. de Sebastião Correia Barbosa e Gertrude Teresa Maria de Jesus. (CR.1.383, 449 e 3.54).

     5 - 3. Antonia Moreira da Costa, n. por volta de 1729, Campo Grande, onde c. 1757, com Francisco de Melo Aires.

     5 - 4. Francisco Ribeiro de Andrade, n. por volta de 1732, Campo Grande, c. Rio, 1762, com Rosa Maria Pinta (?).

     4 - 4. Sebastião, b. 1702, Jacarepaguá, Rio. (CR.3.54).

               Da 2ª mulher:

     4 - 5. Antônio Pacheco Calheiros, n. por volta de 1705, Campo Grande, Rio, c. 1744, com Maria Batista de Souza, n. Jacutinga, RJ (viúva de José  Antonio Carvalho), f. de Francisco de Oliveira Machado.

     4 - 6. Ana Pacheco de Andrade, b. 1706, Rio, onde c. 1739, com Gonçalo Pimenta de Carvalho, f. de Gonçalo Pimenta de Oliveira. (CR.3.54 e escritura de venda de terras, no site do Sr. Mauricio de Almeida Abreu).
- Obs.: Parece que ele seria o do mesmo nome, que já havia casado antes com a viúva de Mariana Leitão de Vasconcelos (em Aguirres).

     4 - 7. Francisco de Oliveira Coutinho, npv.1708.

     4 - 8. Sebastiana da Conceição, n. por volta de 1710.

     4 - 9. Guiomar Coutinho, n. por volta de 1712, cc. Antonio Barbosa.

     3 - 3. Cecília de Oliveira, n. por volta de 1663, f. 1739, Rio, onde c. 1684, com Ten. Cel. Francisco Viegas de Azevedo, b. 1650, Rio, já f. 1739, f. do Alf. Lucas do Couto, o velho, e Joana de Soberal (em Antas Moraes), com: (CR.1.469 e 3.208).

     4 - 1. Lucas, b. 1686, Rio.

     4 - 2. Sebastião de Macedo de Vasconcelos, n. por volta de 1688, Campo Grande, onde c. 1720, com Margarida Barbosa de Menezes, n. Rio, f. do Cap. Francisco Teles Barreto e Maria Barbosa Corvinel, c.ger. em CR.1.469, entre eles:

     5 - 1. Cecília de Macedo, b. 1721, Rio, c. 1750, Campo Grande, com Antonio de Moura, f. do Lic. Sebastião da Fonseca Coutinho e Catarina de Moura (em Moreiras).

      4 - 3. Inês de Oliveira, b. 1691, Rio, onde c. 1709, com o Cap. Manuel de Macedo Pereira.

     4 - 4. Cap. Mor. José Pacheco de Vasconcelos, n. por volta de 1693, Rio, c. Campo Grande, com Antonia de Sá Barbosa, n. por volta de 1709, Itaguaí, ambos f. antes de 1767, f. de Jacinto de Sá Barbosa e Maria Pimenta de Oliveira, c.ger. em Rendons.

     4 - 5. Teresa de Jesus de Vasconcelos, n. e b. 1697, NS da Candelária, Rio, onde c. 1717, com o Sarg. Mor Luiz Francisco da Maia, n. por volta de 1687, Aveiro ou Beirós, Porto, f. de Manuel Fernandes da Maia e Felipa Domingues, com 13 filhos em CR.1.471, entre os quais:

     5 - 1. Francisca Josefa da Maia, n. Rio (Candelária, 6º, 25), b. 1736, Sé, Rio, RJ, c. por volta de 1756, com o Cap. de Dragões Domingos Thomás de Lima, n. freguesia de São Salvador de Pedregais, a 7 Km. de Vila Verde, f. 1781, Porto Alegre, RS, f. legítimo de João da Costa Lima e Domingas Fernandes de Almeida, np. de (...) e Domingas Fernandes de Almeida, cuja geração Rheingantz não relaciona, tiveram pelo menos: (Pesquisa gentilmente enviada pela genealogista, Ivana Maria de Aguiar Ribeiro, de Minas Gerais, de Miguel Antônio de Oliveira Duarte, n. Porto Alegre, RS, que dirigiu o Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul (1992/1994) e atuou como Secretário Executivo do Institulo Histórico e Geográfico do mesmo Estado (1980/2009), incluindo toda a geração abaixo, sendo ambos descendentes deste casal).

     6 - 1. Leocádia Joaquina de Lima, n. 1765, b. Estreito, RS (Padrinhos: Cel. José Marcelino de Figueiredo e Maria Inácia de Oliveira, por procuração ao Cel. Gregório de Moraes Castro), c. 1781, Porto Alegre, com José Estácio Brandão.

     6 - 2. José Tomás de Lima, n. cerca de 1766,  Rio Pardo, RS, cc. Isabel Marques de Sampaio.

     6 - 3. João Hipólito de Lima, n. aprox. 1768, Rio Pardo, RS, f. aprox. 1826, Porto Alegre, c. 1ª vez, 1787, Rio Pardo, com Francisca Leonísia do Rosário (ou Francisca Leonísia Dionísia de Lima), n. aprox. 1765, Rio Pardo (ou Viamão), f. 1802, Porto Alegre, f. de João Pedro dos Santos Robalo, n. Viamão, RS, e Narcisa Joana da Silveira, n. Lisboa (em Vaz Guedes) e, enviuvando, c. 2ª vez, com Maria Benedita Correia, n. Rio Pardo, f. legítima de Patrício José Correia da Câmara e Joaquina Leocádia da Fontoura, com pelo menos, da 1ª esposa:
- Obs.: No registro do casamento ela aparece com Francisca de Leonida do Rosário. (Ivana, pesquisando no FS).

     7 - 1. José Hipólito de Lima, n. 1792, b. Porto Alegre (Padrinhos: José Estácio Brandão e sm. Joaquina Leocádia de Lima), c. 1814, na mesma cidade, com Miquelina de Freitas Noronha, com pelo menos: Francisca Leonida de Lima, f. 1837, Porto Alegre, solteira. (FS, Ivana).

     7 - 2. Maria, n. 1794, b. Porto Alegre (Padrinho: Pedro dos Santos).

     7 - 3. Felisberto, n. 1796, b. Porto Alegre (Padrinho: José Tomás de Lima).

    7 - 4. Hipólita Sofia de Lima, n. 1798, b. Porto Alegre (Padrinhos: Cap. José Antonio da Silveira e sm. Maria Eulália da Fontoura), c. 1827, na mesma cidade, com dispensa de impedimento de consanguinidade no 2º grau, com o Cap. Antonio José Fernandes Lima, n. da mesma cidade (viúvo de Ana Pires da Silveira, f. legítima do Sarg. Mor Manuel José Pires da Silveira Casado e Rita de Melo Azeredo Coutinho), f. legítimo de José Antonio Fernandes Lima e Joana Margarida de Lima, com pelo menos:

     8 - 1. Maria Cecília de Lima, n. 1833, Porto Alegre, cc. Manuel de Castro Canto e Melo, que tinha terras na margem ocidental do Rio Guaíba.

     7 - 5. João, n. 1800, b. Porto Alegre (Padrinhos: Ten. Miguel Ferreira Gomes e Isabel dos Santos Robalo), f. aprox. 1870.

     7 - 6. Eufrásia Carolina de Lima, n. e b. aprox. 1801, Santo Antonio da Patrulha, RS, f. Porto Alegre, c. 1821, NS Madre de Deus, Porto Alegre (ou São Gabriel, RS?), com Joaquim Pedro de Almeida, n. e b. 1800, São Salvador, Bispado de Beja, Portugal, f. Porto Alegre, RS, f. de José Bernardo de Almeida (ou José Bernardes de Almeida) e Maria Joaquina dos Remédios, np. de (...) e Maria Joaquina dos Remédios, com pelo menos: Maria Joaquina Antonia, n. 1822, Maria, n. 1823, Maria (outra), n. 1824, Joaquim Pedro de Almeida (filho), n. 1828, f. 1895, José, b. 1830, todos batizados em NS Madre de Deus, Porto Alegre, e ainda: (Pesquisa da genealogista, Ivana Maria de Aguiar Ribeiro, de Minas Gerais, descendente do casal, incluindo a descendência do mesmo).

     8 - 1. Maria Sophia de Almeida e Aguiar, n. 1827, b. NS Madre de Deus, Porto Alegre, f. 1876, Rio Grande, RS, c. 1842, NS Madre de Deus, Porto Alegre, com Antonio Vieira de Aguiar, n. e b. 1822, NS da Candelária, Rio, RJ, f. aprox. 1882, Pelotas, RS, f. de Manoel Vieira de Aguiar, n. e b. São Salvador de Modivas, Bispado do Porto (Arcebispado de Braga), e Anna Joaquina Vieira (ou Anna Joaquina Jacinta de Jesus da Conceição), n. e b. Freguesia de Santa Rita, Rio, RJ, np. de Joaquim Domingues (ou Joaquim Domingos) e Maria Francisca, nm. de Joaquim Francisco Borges, n. Ilha de Santa Maria, Açores, e Jacinta Rosa, da Freguesia de Santa Rita, Rio, com pelo menos: Manoel Victor de Aguiar, b. 1854, NS Madre de Deus, Porto Alegre, Engenheiro Ferroviário, que trabalharam em Minas Gerais, Susana, n. 1871, Gustavo, b. 1847, Frederico, n. aprox. 1869, f. 1876, Susana, n. 1871, estes 3 em São Pedro, Rio Grande, RS, Romão Wladimiro de Aguiar, "falecido", e ainda:
- Obs.: São citados como sobrinhos de Maria Sophia: Rodrigo, b. 1844, Lucília e Amanda, e como primos: Maria, b. 1834, Maria (outra), b. 1836, outra Maria, b. 1836, João, Leonídia, b. 1835 e Josefina, b. 1835.

     9 - 1. Adolpho Dilermando de Aguiar, n. 1846, NS da Piedade, Porto Alegre, Engenheiro Ferroviário, que trabalhou no RS (o nome da cidade de Dilermando Aguiar foi colocado em sua homenagem).

     9 - 2. Sofia, b. 1848, São Pedro, Rio Grande, RS, c. 1867, no Rio Grande do Sul.

    9 - 3. Alberto Belmonte Aguiar, b. 1851, NS da Piedade, Porto Alegre, Engenheiro Ferroviário, que trabalhou em Minas, c. no Empoçado, MG, com Rosalina Souza Lima, n. e b. 1861, f. do tenente João José de Souza Lima e Carlota Raquel de Souza Barroso (em Gonçalves Barroso, da Região Serrana do RJ). (Aqui com prestimosa ajuda do genealogista Sandro de Aguiar).

     9 - 4. Pedro Severiano de Aguiar, Engenheiro Ferroviário, em Minas Gerais, n. e b. 1853, NS da Piedade, Porto Alegre, f. Belo Horizonte, MG, cc. Maria José de Aguiar, "Marieta", f. Belo Horizonte, com pelo menos: Pedro, b. 1891, Heraldo, b. 1879, este em Santa Luzia, Adolpho Dilermando de Aguiar, Dodolfo, n. 1882, b. 1891, Manoel, "Sô Neco", n. "1889?", Pedro Severiano (filho), n. 1890, Antonio, n. 1893, e ainda:

     10- 1. José Severiano de Aguiar, n. aprox. 1880, Carandaí, MG, b. 1880, Santa Luzia, f. 1949, Sete Lagoas, MG, c. 1906, Sabará, MG, com Marianna Clara de Azeredo Barbosa "Filha" (depois, Mariana Clara Azeredo de Aguiar), Maninha, n. 1885, Sabará, MG, f. aprox. 1979, Sete Lagoas, f. de Antonio Theodoro Barbosa e Mariana Clara de Azeredo Coutinho, depois, Mariana Clara de Azeredo Barbosa (em Rendons), com pelo menos: Maria Lília, n. aprox. 1908, f. aprox. 1928, Dilermando, n. 1910, f. 1969, Isabel, "tia Bela", n. 1911, f. aprox. 1997, Pedro, n. aprox. 1913, f. aprox. 1914, Suzana Sofia, n. 1915, f. 2010, Geraldo, "Paxá", Sertaneja, "tia Pingo", n. aprox. 1920, Jebel Jacques, n. aprox.1924, f. aprox. 1992, e ainda:

     11- 1. Herbert de Aguiar, n. 1922, Cordisburgo, MG, f. 1973, Sete Lagoas, MG, c. 1948, com Stella Oliveira de Aguiar, n. 1921, f. 2012,

     7 - 7. Leopoldo Augusto da Câmara Lima, b. 1805, Rio Pardo (Padrinhos: o avô e a tia materna, Rita Correia da Câmara), Barões de São Nicolau.

     7 - 8. Patrício Augusto da Câmara Lima, solteiro em 1828.

     6 - 4. Joana Margarida de Lima, n. cerca de 1769, Rio Pardo, RS, c. 1792, Porto Alegre, com o Comendador José Antonio Fernandes Lima, n. 1767, Viamão, RS, f. de João Antonio Fernandes Lima e Luzia Rita da Esperança (o qual enviuvando, c. 1822, com Flora Correia da Câmara, f. do Ten. Cel. Patrício Correia da Câmara e Joaquina Leocádia da Fontoura), com pelo menos, da 1ª esposa:
- Obs.: A Genealogia Riograndense, página 166, diz que o Comendador teve em seu 1º casamento, 8 filhos: Maria, Joana, Vasco, José, Leocádia, Eufrásia, Ana e Vasco (outro), mas não cita João Hipólito e Antonio José, abaixo.

     7 - 1. Maria Elisa Júlia, n. 1793, Porto Alegre, cc. José Feliciano Fernandes Pinheiro, Visconde de Sâo Leopoldo.

     7 - 2. João Hipólito de Lima, n. Porto Alegre, cc. Joaquina Matilde das Chagas.

     7 - 3. Cap. Antonio José Fernandes Lima, n. 1794 (ou 1796), Porto Alegre, cc. sua prima, Hipólita Sofia de Lima, f. de João Hipólito de Lima e Francisca Leonísia do Rosário (ou Francisca Leonísia Dionísia de Lima), c.ger. acima.

     6 - 5. Eufrásia Luísa de Lima, n. cerca de 1770, Rio Pardo, f. 1845, cc. o Cap. Antonio Pinto da Fontoura.

     6 - 6. Bernardino, n. cerca de 1771, Rio Pardo.

    6 - 7. Manuel, n. e b. 1778, b. Porto Alegre (Padrinho: Brigadeiro José Marcelino de Figueiredo), f. antes do pai, em 1753, na Colônia (do Sacramento?), sendo soldado infante, com inventário autuado em 1781, em Porto Alegre, deixou uma morada de casas na Rua Clara (Rua João Manuel), na mesma cidade.

     4 - 6. Joana de Soberal de Vasconcelos, n. Rio, onde c. 1722, com Álvaro Dias, n. por volta de 1692, Lagos, Algarves, f. de João de Matos Lobo e Leonor Maria. (CR.1.472 e 3.208).

     3 - 4. Joana de Oliveira, n. por volta de 1664, Rio, era solteira em 1690.

               Da 2ª mulher:

     3 - 5. João Barbosa, b. 1668, Rio. (CR.3.54).

     3 - 6. Bárbara Pacheco, b. 1669, Rio, onde c. 1697, com Crispim Serro Freire.

     3 - 7. Luiz Álvares Pereira, b. 1672, Rio, onde c. 1695, com Maria Viegas de Vasconcelos, n. por volta de 1675, Viana do Castelo, Braga, f. natural de ...o Viegas. (CR.1.74).

     3 - 8. Inácio Luiz, b. 1675, Rio.

     3 - 9. Paula Pacheco, b. 1677, Rio, onde c. 1697, com Francisco Moreira da Costa, b. 1675, Rio, f. de Antonio da Costa Moreira (e não Francisco da Costa Moreira) e Maria Jordão da Silva, com: Antônio, José, e: (CR.1.450 e 2.625).

     4 - 1. Francisco Moreira da Costa, n. por volta de 1702, Irajá, Rio, morador em Joari, Campo Grande, onde c. 1733, com Joana Maria de Jesus, n. por volta de 1713, Irajá, Rio, f. de Domingos Gonçalves Pereira e Teresa de Jesus, com: Isabel, Jerônimo, André, José e, ainda: (CR.1.450/1).

     5 - 1. Rodrigo Moreira da Costa, n. por volta de 1734, Campo Grande, Rio, onde c. 1761, com Teresa de Jesus, n. por volta de 1741, Rio, f. de Antonio Correia de Araujo e Maria de Almeida Pacheco, com: Ana e Francisca. (CR.2.625).

     5 - 2. Rosa Maria do Amaral, n. por volta de 1740, Campo Grande, onde c. 1760, com Manoel Rodrigues da Motta (viúvo), n. NS da Luz dos Pinhais, Curitiba, f. de Manoel Rodrigues da Motta e Helena Rodrigues Coutinho, nm. de Manoel Gonçalves de Sequeira e Paula Rodrigues de França, c.ger. que não descobrimos. (CR.1.450/1, 2.625, FS e OC.115).

     5 - 3. Ana Maria da Trindade, n. por volta de 1744, Campo Grande, c. por volta de 1764, com Manuel Moreira Ferreira, n. SM de Danis, Braga, f. de Francisco Moreira e Maria Ferreira, com: Ana. (CR.2.625).

                                                   CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Helena de Azeredo Coutinho, c. 16.., com Duarte de Albuquerque e Melo, Provedor Real (viúvo de Ana Falcão), f. de Jerônimo de Albuquerque, o "Adão Pernambucano", e Felipa de Melo, pais de: (CR.1.143 e CX.199).

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Felipa de Melo de Albuquerque Coutinho, cc. (seu  primo?) João Leitão Arnoso, Desembargador da Relação na Bahia, pv. 1640, f. de Gaspar Antonio Leitão Arnoso e Sabina Leitão, com:

     3 - 1. Joana de Albuquerque, cc. João Pereira de Faria, b. 1631, f. de Gaspar Pereira de Menezes e Brites Antunes (ou Brites de Faria), com pelo menos: (CX.193, 199, IHGB.191.66, 69 e Internet).

     4 - 1. Gaspar Pereira de Albuquerque, Almotacé, c. 1ª vez com Joana Teles, b. 1648, f. de Jerônimo Moniz Barreto e Maria de Azevedo Teixeira e, 2ª, com Isabel de Melo, f. de Antonio de Melo e Vasconcelos e Izabel de Macedo. (IHGB.191.69/70).

     4 - 2. Felipa de Melo (na dúvida, que também pode ser sobrinha), f. antes de 1718, c. por volta de 1672, com Bento de Borba Gato, n. por volta de 1642, f. 1692, Jacarepaguá, mestre do Engenhos das Pedras, c.ger. em Borbas Gatos. (CR.1.257).

     3 - 2. Pe. João Leitão, da Companhia de Jesus. (Genealogia Pernambucana, Internet).

     3 - 3. Gaspar Leitão de Eça, da Bahia, Bacharel em Coimbra. 

                                                   CAPÍTULO 4º 

     1 - 4. Frei Miguel de São Marcos, Franciscano, n. por volta de 1594. 

                                                   CAPÍTULO 5º 

     1 - 5. Belchior de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1592, ES, c. por volta de 1615, Rio, com Antonia Pedroso de Gouveia (irmã de Córdula Gomes), n. por volta de 1594/5, f. de Miguel Gomes Bravo e Isabel Pedrosa de Gouveia, com 5 filhos: (CR.1.143, 2.157 e 255).

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Belchior Homem de Azeredo, n. por volta de 1616, degolado na Bahia, por ter assassinado, na Ilha Grande, RJ, a sua parenta Maria de Souza Coutinho e o marido desta, o Cap. Antonio Pompeu de Almeida (em Botafogos). (1.216, BG.60.1.45, CR.1.143 e SL.2.328). 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Maria Coutinho de Azeredo e Mello, b. Rio, 1618, f. 1644, onde c. 1637, com Pantaleão Duarte Velho (1ª esposa), n. por volta de 1607, f. Rio, 1668, Senhor de Engenho em Irajá, pais de 6 filhos: (CR.1.143 e 538).

     3 - 1. Maria Coutinho de Azeredo e Mello, b. Rio, 1638, c. 1652, Portugal, com o Cap. Lucas da Silva Tavares, n. por volta de 1622, Lisboa, f. Portugal, para onde voltou com a família, f. de Manuel Nuno da Silva e Maria Garcês, com 5 filhos: Miguel, b. Rio, 1653, Margarida, b. Rio, 1655, Beatriz, b. São Gonçalo, RJ, 1658, f. menor, Beatriz (outra), b. São Gonçalo, RJ, 1659, e ainda:

     4 - 1. Francisco Tavares da Silva, n. por volta de 1656 e f. Portugal, c. 1ª vez, Lisboa, com Maria da Gama Lobo, 2ª, com sua parenta, Júlia Máximo da Silva, f. de ...., Contador das Contas do Reino e sua mulher, Violanta da Silva, np. de Matheus da Rocha Pereira e Isabel da Silva (esta filha de Diogo da Silva), nm. de Vicente da Silva, Tesoureiro do Consulado e Contador das Contas do Reino, e Maria Reboredo Carneiro e, 3ª, em Monte Redondo, Leiria, 1705, com Teresa Gabriela do Amaral, n. Leiria, b. 1688, f. de Antonio Cortes e Teresa Pereira (ou Thedia Pereira), np. de João Cortes, nm. de Manuel de Almeida Falcão e Maria do Amaral, todas cuja geração Rheingantz não relaciona, tiveram pelo menos: (CR.1.144 e livro "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 200, de onde prosseguimos este ramo).
                Da 1ª esposa, pelo menos:

     5 - 1. Ignez Flávia da Gama Lobo, cc. Veríssimo Pinto, n. Alenquer.

                Da 2ª esposa, 3 filhos:

     5 - 2. Lucas Nicolau Tavares da Silva, n. "junto à Freguesia do Paraíso", f. 1750, em uma quinta, junto ao Convento das Religiosas da Conceição de Laz, c. em Lisboa, com Maria Magdalena Trigueiros Samedo e Vasconcellos, f. de Manuel de Azevedo da Silva e Guiomar Rui Grades Trigueiros, com 2 filhos:

     6 - 1. Miguel Nuno da Silva de Azeredo Coutinho, "que por morte do seu pai, sucedeu a sua casa".

     6 - 2. Maria Anna Josefa, religiosa no Convento da Luz em 1747, com o nome de Sóror Maria Anna Josefa de Jesus. 

     5 - 3. Dr. João Evangelista, Cônego de Santo Agostinho, Vigário do Socorro, em Lisboa.

     5 - 4. Miguel Nuno da Silva, que casou em Minas Gerais, com (...), s.ger.

                Da 3ª esposa, 2 filhos:

     5 - 5. Antonio do Amaral da Silva, Sacerdote do hábito de São Paulo.

     5 - 6. Carlos Manuel Tavares da Silva, Cavaleiro da Ordem de Cristo, tirou brasão de armas, que confirma a sua ascendência.

     3 - 2. Manuel, b. Rio, 1639.

     3 - 3. Isabel de Azeredo Coutinho, b. 1640, f. 1668, Rio, onde c. 1665, com o Cap. Lucas do Couto Viegas, o moço (1ª esposa), b. 1641, Rio, onde f. antes de 1677, f. do Alf. Lucas do Couto, o velho, e Joana de Soberal (em Antas Moraes), com 3 filhos: (CR.1.144, 489 e 2.118).

     4 - 1. Inácio de Azeredo, n. por volta de 1666, c. Rio, 1688, com Eugênia da Rosa, n. por volta de 1667, Rio, f. de André da Rosa Carreiras e Isabel Pinto, com: Beatriz, b. Rio, 1689 (Candelária 2ª, 98). (CR.1.489 e 3.125).

     4 - 2. Bárbara Viegas de Azeredo, n. por volta de 1668, f. 1738, Rio, onde c. 1ª vez, 1693, com Agostinho de Souza Correia, f. Rio, 1696 e, 2ª, 1697, com seu primo em 4º grau, o Cel. Francisco de Macedo Freire, b. Rio, 1677, senhor de engenho em Inhaúma, f. de João Barbosa de Sá Soutomaior e Joana de Soberal Freire (em Antas Moraes), com: (CR.1.200, 489 e 2.467).
                Do 1º marido:

     5 - 1. Joana, b. Rio, 1694, f. menor. (Irajá 2, 21v e 6, 76).

                Do 2º marido f. única:

     5 - 2. Brites de Sá Soutomaior Freire, b. 1699, Irajá, f. por volta de 1746, c. 1715, Inhaúma, com o Cap. Francisco Paes Barbosa ou Francisco Paes Ferreira, o moço (viúvo de Inês de Sá Coutinho, acima), b. 1681, Irajá, Senhor do Engenho de Guaratiba, f. de Francisco Paes Ferreira e Maria de Macedo Viegas ou de Soberal (em Antas Moraes), com pelo menos 13 filhos, dos quais: (CR.1.200, 2.467 e GL.6.97).

     6 - 1. Francisco de Macedo Freire Pereira, n. por volta de 1719, Inhaúma, Rio, c. por volta de 1745, com Maria Correia da Silva, e teve:

    7 - 1. Beatriz de Sá Freire Soutomaior, n. Guaratiba, Rio, 1747, f. por volta de 1776, c. por volta de 1760, Rio, com o Cap. Francisco Sodré Pereira Castelo Branco (1ª esposa), b. Rio, 1725, f. de Antonio Ferrão Castelo Branco Travassos e Andreza de Souza Pereira (em Botafogos), com 3 filhos: (CR.2.467, 3.164 e GL.6.96).

     8 - 1. Alf. Ângelo Sodré Pereira, n. Rio, 1765, onde c. 1788. com Josefa Cabral Freire, n. Inhaúma, f. de José Carlos Cabral e Ana Josefa Freire Lemos (em Figueiras de Braga). (CR.2.468).

     8 - 2. Antonia de Macedo Sodré Pereira (ou Antonia de Macedo Sodré Ferreira), b. Rio, 1767, c. 1782, com Alf. Inácio de Sampaio de Almeida Marins, b. Rio, 1760, f. 1839, senhor do Engenho Cafundá, em Jacarepaguá, f. do Cap. Manuel Pimenta de Sampaio e Ana Joaquina Menezes Cavalcanti, c.ger. em CR.3.137 e 164.

     8 - 3. Ana, b. Rio, 1769. (Jacarepaguá 8, 116v).

     6 - 2. MC. João Barbosa de Sá Freire, o moço, n. 1716, Inhaúma, Rio, f. com testamento 1771, c. 1ª vez, Rio, 1740, com Ana de Azedias Machado, n. por volta de 1720, SJ de Meriti, RJ, f. Rio, 1743, f. do Cap. Bartolomeu Cabral de Melo Barreto  e Ana de Azedias Machado e, 2ª, Rio, 1744, com Ana Maria de Souza Pereira, b. Rio, 1728, irmã do Cap. Francisco Sodré Pereira Castelo Branco, acima, e teve: da 1ª mulher, Brites, b. Rio, 1743, f.menor e, da 2ª, 14 filhos: Maria Inácia de Souza Pereira, n. 1751, solteira, Brites de Sá Souto Maior, n. 1752, Francisca de Sá Freire, n. 1754, Manuel Paes Ferreira, n. 1761, Bárbara Viegas de Azeredo Coutinho, n. 1762, José Ferrão de Castelo Branco, n. 1763, Bento Barbosa de Sá Freire, b. Rio, 1765, Escolástica de Sá Freire, n. 1765, Mariana, n. 1769, e ainda: (CR.1.200/1, 3.164, GL.6.97, NF.209/10 e NG.210).

     7 - 1. Ana de Sá Sodré Castelo Branco, b. 1744, cc. o MC. Fernando José de Mascarenhas Castelo Branco (irmão do 1º Bispo nascido no Brasil, D. José Joaquim Justiniano de Mascarenhas Castelo Branco), f. do Ten. Cel. João Mascarenhas Castelo Branco, Governador da Ilha das Cobras, Rio, e Ana Teodora Ramos de Mascarenhas, np. de Gonçalo de Lemos Mascarenhas, n. Bahia, Governador de Angola, e Francisca Lins de Castelo Branco, nm. de Gonçalo da Costa Ramos e Sebastiana de Mascarenhas Sequeira, com entre outros: (NF.209/11).

     8 - 1. Mariana Perpétua de Souza Coutinho (ou Mariana Perpétua de França, ou ainda, Mariana Perpétua de Azevedo), n. da freguesia de NS da Conceição de Catas Altas, onde foi b. 1769, cc. o Cap. Mor José Alves da Cunha Porto (ou José Álvares da Cunha Porto), f. de José Antonio da Cunha e Domingas Antonia Pereira, n. da freguesia de São Salvador de Ramalde, bispado do Porto, com pelo menos: (NF.211, SL.2.456 e documentos gentilmente enviados pelos amigos, genealogistas, Claus Rodarte e Ivana Maria de Aguiar Ribeiro).
- Obs.: 1) A filiação acima consta da Nobiliarquia Fluminense, entretanto, como descobriu o genealogista Claus Rodarte, pesquisando no site Family Search, Mariana foi filha, na realidade, de Manoel de Passos Ferreira, n. São José, Lisboa, e Clara Francisca de França, n. de Catas Altas, MG, np. de André Antonio Ferreira (ou André Pinto de França) e Joana Maria, nm. do Sarg. Mor Pantaleão Nunes Ferreira ou Pantaleão Nunes de França (este de Antônio Ferreira de França e Catarina de França) e Clara Ferreira Coutinho (esta f. de Pedro Ferreira Pinto e Maria Rosada Coutinho. (FS e Velhos Troncos Mineiros, Vol. 1, fls. 287).   2) O genealogista Eder Ayres Siqueira, que pesquisou nos livros da Guardamoria de Catas Altas e nos Arquivos da Cúria Arquidiocesana de Mariana confirmou as informações da Obs. nº 1, acima, e acrescentou mais alguns nomes e sobrenomes.

     9 - 1. Rita Ricardina da Cunha, cc. Pedro Dias Paes Leme, Marquês de São João Marcos, n. 1768, f. 1868, f. de Fernando Dias Paes Leme, n. RJ, Fidalgo da Casa Real, Francisca Peregrina de Sousa e Melo, n. Portugal, c.ger. em Betim. (HP.199).

     9 - 2. Mariana Carolina da Cunha Porto (ou Mariana Carolina de Souza Coutinho), 2ª esposa de Pedro Dias Paes Leme, Marquês de São João Marcos, acima, c.ger. em Betim. (HP.199).

     9 - 3. Maria da Conceição de Souza Coutinho, cc. o Cel. Felício Moniz Pinto Coelho da Cunha (viúvo de Mariana Manoela Furtado Leite), f. do Cel. Luiz José Pinto Coelho da Cunha e Antonia Joana de Miranda e Costa, c.ger. em Figueiras de Braga. (CR.1.153, DB.153, FS, NI.3.85 e SL.4.332).

     9 - 4. Antonio, b. 1793, na Ermida de NS da Conceição, freguesia de Santo Antonio do Ribeirão de Santa Bárbara, MG (padrinhos: Antonio da Cunha Álvares e Maria Theodora de Viveiros Proença), em cujo registro constam os nomes dos pais e dos avós. (FS e Claus Rodarte).

     9 - 5. Izabel Maria Leonor de Sousa Coutinho, c. 1810, Santo Antonio do Ribeirão de Santa Bárbara, com seu tio, o Cap. João Baptista Ferreira de Souza Coutinho (que, depois, foi casado com uma irmã da 1ª esposa), Barão de Catas Altas, ambos nascidos e batizados nessa mesma freguesia, f. de Manoel de Passos Ferreira e Clara Francisca de França, acima. (FS e Claus Rodarte).

     7 - 2. Cap. Dr. Francisco de Macedo Freire de Azeredo Coutinho, n. 1747, Inhaúma, Rio, f. com testamento Araruama, RJ, 1823, c. 1ª vez, Rio, 1788, com Maria Isabel da Visitação Ferreira, f. com testamento 1807 (viúva do seu irmão, o Cap. João Freire de Sá Barbosa), f. do MC. Miguel Antunes Ferreira e Teresa Francisca da Cruz Freire Duque Estrada e, 2ª, com sua parenta Maria Teresa de Sá Freire, n. Bacaxá, Saquarema, RJ, 1790 e f. Araruama, 1845, f. de Antonio dos Santos Silva e Maria Antonia de Sá Freire (em Antas Moraes), teve: (CR.2.468/9, GL.6.97, NF.60 e 65).
                Da 1ª mulher:

     8 - 1. Maria de Macedo Freire de Azevedo Coutinho, n. Jacarepaguá, 1789, f. Rio, 1862, onde c. 1809, com o MC. João Álvares de Azevedo, senhor de engenho em Tapacorá, Itaboraí, RJ, f. do MC. Alexandre Álvares Duarte de Azevedo, de Santo Antonio de Sá, e Ana Maria Joaquina Lemos Duque Estrada (ou Ana Maria da Cruz Lemos Duque Estrada), com 9 filhos na Revista Genealógica Latina, nº 6, fls. 97, que são: (CR.2.468, NF.58 e 74).

     9 - 1. Maria de Macedo Álvares de Azevedo Torres, cc. o Visconde de Itaboraí, Dr. Joaquim José Rodrigues Torres, n. 1802, Porto das Caixas, Itaboraí, RJ, f. 1872, Rio, formado em Matemática, em Coimbra, Senador do Império, Conselheiro de Estado, 1º Presidente da Província do Rio de Janeiro, f. de Manuel José Rodrigues Torres, patriarca dos Rodrigues Torres em Itaboraí, e Emerenciana Maria Matilde da Conceição Torres, c.ger. (CHF e GL.6.98).

     9 - 2. Mariana de Macedo Álvares Soares de Souza (ou Mariana Álvares de Macedo Soares de Souza), cc. o Desembargador Bernardo Belisário Soares de Souza, com entre outros: (AL, DFB, GL.6.98, O Senado do Império, de Afonso de E. Taunay, fls. 157, e Site do Senado).

    10- 1. Dr. Francisco Belisário Soares de Souza, n. 1839, Itaboraí, f. 1889, Rio, formado em Direito, Senador do Império de 1887 a 1899, Ministro da Fazenda do Barão de Cotegipe, em 1885, com o título de Conselheiro de Sua Magestade o Imperador, cc. Francisca Teixeira Leite Soares de Souza, f. de João Evangelista Teixeira Leite e Ana Bernardina de Carvalho Teixeira Leite, np. dos Barões de Itambé, nm. dos Barões do Amparo. (DFB, GL.6.98 e Site do Senado).

     9 - 3. Ana de Macedo Álvares Soares de Souza (ou Ana Maria de Macedo Álvares de Azevedo Soares de Souza), n. 1817, f. 1884, cc. o Visconde do Uruguai, Paulino José Soares de Souza, n. Paris, Senador do Império, Conselheiro de Estado, f. do Dr. José Antonio Soares de Souza (irmão do Desembargador Bernardo Belisário, acima), e sua mulher, Antoinette Magdalena Soares de Souza, com entre outros: (AL, TC.1.371, 2.55, Barsa, DFB, GL.6.98 e página do Dr. Augusto Paulino Neto, na Internet).

     10- 1. Conselheiro Paulino José Soares de Souza, n. 1834, na Fazenda Itapacorá, Itaboraí, f. 1901, Rio, um dos políticos mais importantes na sua época, Chefe nacional do Partido Conservador, foi Deputado Provincial e Geral, Ministro e o último Presidente do Senado do Império (1889), proprietário da Fazenda Val de Palmas, em Macuco, RJ (à época Município de Cantagalo), pelo menos até 1879.
         C. 1857, Cantagalo, RJ, com Maria Amália da Silva Soares de Souza, n. 1839, nesta cidade, f. 1878, Rio, f. do Comendador Joaquim José da Silva Freire, provavelmente com sua 2ª esposa, Maria Fortunata da Silva (esta de Miguel Félix da Silva e Ana ou Joana Clara de Jesus Teixeira), c.ger. em "Os Presidentes do Senado do Império", de Carlos Eduardo de Almeida Barata, fls. 157. (AL, TC.1.371, 2.55, Barsa, DFB, GL.6.98 e página do Dr. Augusto Paulino Neto, na Internet).
- Obs.: Parece que tanto o Visconde quanto o Conselheiro casaram mais de uma vez, vide SL.1.481 e 3.497.

     9 - 4. Francisco Álvares de Azevedo Macedo, Coronel Comandante Superior da Guarda Nacional de Araruama, Saquarema e Cabo Frio, cc. Theodora da Silveira Bueno de Azevedo Macedo, f. do Cel. Francisco de Paula Bueno da Costa, Comandante Superior da Guarda Nacional da Campanha, MG, e de sm. Alexandrina Justiniana da Silveira Bueno, com entre outros: (GL.6.98).

     10- 1. Theodora Álvares de Azevedo de Macedo Soares, cc. o Conselheiro Antonio Joaquim de Macedo Soares, Magistrado, do Supremo Tribunal Federal. (GL.6.98).

     9 - 5. Guilhermina Leopoldina Álvares de Azevedo Lemos, cc. o Dr. Cyrino Antonio de Lemos, n. Campanha, MG, onde foi b. 1808, na Igreja de Santo Antonio, Deputado Geral, f. do Barão do Rio Verde, João Antonio de Lemos e sua 1ª esposa, Luiza Amália de Souza Guimarães, depois, Luiza Amália de Lemos (vide irmão de Cyrino em Raposos Bocarros). (FS e GL.6.98).

     9 - 6. João Álvares de Azevedo Macedo, Coronel Comandante Superior da Guarda Nacional de Itaboraí e Maricá, cc. Adelaide Teixeira de Azevedo, f. de Manuel Teixeira de Carvalho e Maria Torres de Carvalho, irmã do Visconde de Itaboraí. (GL.6.99).

     9 - 7. Dr. Luiz Álvares de Azevedo Macedo, Magistrado na Corte, Presidente de Sergipe, cc. Lucinda Correa de Azevedo Macedo, f. de Joaquim José Correa e Felicíssima Clara Correa. (GL.6.99).

     9 - 8. Francisca de Paula de Azevedo Macedo Henriques, cc. Feliciano José Henriques, negociante matriculado na Corte. (GL.6.99).

     9 - 9. Maria Isabel de Souza Motta, cc. Francisco Joaquim de Souza Motta, Médico, Deputado, Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, durante os mandatos dos Governadores Maurício de Abreu e Alberto Torres. (GL.6.99).

                Da 2ª mulher 5 filhos: (CR.2.468/9, GL.6.97, NF.60 e 65).

      8 - 2. Francisco de Macedo Freire, f. infante.

      8 - 3. Francisco de Macedo Freire, f.solt. 1855, Araruama.

     8 - 4. Ana Maria de Souza Pereira, c. 1ª vez com o Cap. Alexandre Álvares de Azevedo Castro, f. do Major Domingos Álvares de Azevedo e Mariana Jacinta de Castro e Azevedo Lemos e, 2ª, com Luiz Antonio Ferreira Valente.

     8 - 5. Major João Barbosa de Azeredo Coutinho, solteiro no RJ.

     8 - 6. Maria de Macedo Freire (ou Maria de Macedo Soares), cc. o Dr. Joaquim Mariano de Azevedo Soares, médico e fazendeiro em Maricá, RJ, tronco dos Macedos Soares, f. do Alf. Antonio Joaquim Soares e Maria Antonia Reginalda, c.ger. em GL.6.100. (CR.2.469).

     7 - 3. Cap. João Barbosa de Sá Freire Filho, n. 1749, Inhaúma, f. 1772 (?), c. por volta de 1769, com Maria Tereza de Sampaio, b. 1731, Jacarepaguá, f. por volta de 1775, f. de Sebastião de Sampaio e Almeida e Ana de Oliveira Sampaio e, 2ª, antes de 1788, com Maria Isabel da Visitação Ferreira, n. por volta de 1768, f. do MC. Miguel Antunes Ferreira e Teresa Francisca da Cruz Freire Duque Estrada, c.ger. em CR.1.201 e NF.212. (NF.210).

     7 - 4. Antonio Barbosa de Sá Freire, n. Inhaúma, Rio, 1750, c. 1773, Rio Pardo, RS, com Gertrudes da Fontoura, provavelmente descendente do Cel. Francisco Barreto Pereira Pinto, fundador de Rio Pardo, e Francisca Veloso da Fontoura (ou dos irmãos desta - Ver Oliveiras Leitões, Cap. 2º, Par. 3º, 3-1, 4-3). (CR.1.201, NF.210, NobRS.61 e 95).

     7 - 5. Mons. Joaquim José de Sá Freire, n. 1758, f. 1821, que morou no "Palácio de Cristal", à Rua do Rosário esquina com a Rua dos Latoeiros, no Rio. (NF.210).

     6 - 3. Bárbara Maria Viegas, n. Inhaúma, Rio, 1727, f. Sepetibinha, 1787, c. Rio, 1750, com Luiz Teles de Menezes, b. Rio, 1730, f. de Luiz Teles de Menezes e Mariana da Fonseca Dória, com 3 filhos, entre eles:

     7 - 1. Francisco de Macedo Freire, b. 1757, Guaratiba, Rio, onde c. 1785, com sua parenta Maria Antonia de Sá, n. dessa localidade, f. de Manuel Pimenta Barbosa e Maria Morgado Pereira, acima. (CR.2.469).

     7 - 2. Mariana da Fonseca Dória Soutomaior, n. por volta de 1755, Guaratiba, Rio, onde c. 1ª vez, 1776, com José da Fonseca de Abreu, b. 1747, Rio, f. 1786, f. de Antonio da Fonseca Sardinha e Luíza da Fonseca Dória, c.ger. em Rendons, 2ª, com o Dr. Antonio da Costa Barros, n. 1743, Rio, f. 1789, f. de Francisco da Costa Barros e Joana Maria dos Santos (em Borba Gatos) e, 3ª, Guaratiba, com Miguel Antonio Vilanova, n. por volta de 1760, Rio f. de Matias Tomé Vilanova e Maria Pereira. (CR.2.155 e HP.183).

     6 - 4. Brites Feliciana de Macedo Freire (hipótese), n. Guaratiba, RJ, c. Rio, 1746, com Antonio da Cunha Falcão, n. por volta de 1715, Merití, RJ, f. do Cap. do mesmo nome e Brites Rangel de Macedo (ou Beatriz Rangel de Macedo), abaixo. (CR.1.178 e 489).

     6 - 5. Mariana de Sá Barbosa, cc. Francisco Marcos Barbosa, com:

     7 - 1. Antonia de Sá Barbosa, cc. Francisco Rodrigues Alves.

     6 - 6. Inês Josefa de Sá, cc. José Correia de Marins.

     6 - 7. Manuel Paes Ferreira, n. Guaratiba, c. 1762, Rio, com Mariana Inácia dos Serafins, b. 1743, Rio, f. de Diogo Aires de Aguirre e Joana Maria de Távora (em Aguirres). (CR.1.29).

     6 - 8. Ana.

     6 - 9. Gonçalo.

     6 -10. José Paes Teixeira, cc. Maria Barbosa de Oliveira.

     6 -11. Maria Joana Todos os Santos e Sá, cc. João Pimenta de Menezes (f. de Belchior Pimenta de Carvalho c. 1716, Guaratiba, com Úrsula Teles de Menezes? Vide Moreiras). (Informação gentilmente enviada pelo genealogista Valquirio de Magalhães Barbalho, residente em Framingham, MA, Estados Unidos).

     6 -12. Antonia de Sá Barbosa (hipótese), cc. o Cap. José Pacheco de Vasconcelos, com pelo menos: (CR.1.343)

     7 - 1. Ana Maria de Sá Viegas, n. Guaratiba, c. 1747, Rio, com Inácio Carvalho dos Reis, n. por volta de 1717, Irajá, f. do Cap. Manuel Simões de Carvalho, n. por volta de 1682, Coimbra, e Francisca de Pontes Quaresma, n. Rio, np. de Manuel Simões de Carvalho e Maria dos Reis, com: Antonio e José. (CR.1.343).

     3 - 4. Pantaleão Duarte Coutinho, n. por volta de 1642, Rio, onde c. 1670, com Antonia da Silva (ou Antonia da Silveira), n. por volta de 1650, f. de Manuel Duarte e Catarina Correia, com 8 filhos: Beatriz, João, Francisco, Maria, José, Mariana, Catarina e Antonia (esta filha natural de um Pantaleão Duarte, que pode ser o acima, e Isabel Dias). (CR.1.538).

     3 - 5. Antonia de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1643, f. 1709, c. por volta de 1665, 1ª vez, com Antonio Barbosa Calheiros, n. por volta de 1635 e f. Rio, 1671, provavelmente neto de Domingos Barbosa Calheiros, n. Viana, e Maria ou Mecia Rodrigues, de SP e, 2ª, pv. 1676, com Francisco Álvares de Matos (viúvo de Isabel Esteves), n. por volta de 1626, Viana da Foz de Lima, f. Rio, 1693, f. de Antonio Álvares de Matos e Isabel Anes, teve: (CR.1.144/5, 195, PP.20 e SL.6.512).

                Do 1º marido: Vicência, b. Rio, 1668, f. menor (Irajá 6, 22).

                Do 2º marido: Maria, b. Rio, 1677, f. menor (Candelária 2, 62v) e Maria (outra), b. Rio, 1680 (Candelária 2, 70).

     3 - 6. Catarina, b. Rio, 1644, já f. 1668 (Sé 3, 73).
- Obs.: Não é a mesma Catarina Duarte, cc. Baltazar de Mattos (em Raposos Bocarros), cuja hipótese tem constado em textos de diversos autores, já que o genealogista Geraldo Pontes Araújo comprovou ser a mesma filha de Bartolomeu Rodrigues e Margarida Duarte, conforme publicado em Carta Mensal do CBG (Colégio Brasileiro de Genealogia), nº 117, de Set/Out de 2013.

                                                   Parágrafo 3º

     2 - 3. Isabel de Azeredo Coutinho, b. 1620, f. 1695, Rio, com testamento, c. 1645, com o Cap. Manuel de Gouveia Gavião, n. por volta de 1615, Óbidos, Senhor de Engenho no Rio, f. de João de Gouveia e Maria de Óbidos, com: (CR.1.145).
- Obs.: Confundida com Isabel de Marins (ou Isabel de Azeredo Coutinho), n. por volta de 1618/9, c. 1636, com Inácio Cardoso, n. por volta de 1606, f. de Baltazar Cardoso e ... Cardoso mas, caso não haja engano, esta f. 1700 e foi f. de Ascenço Vaz Tenreiro e Catarina Leonardes. Na dúvida, vão ambas as descendências:
                 De Inácio Cardoso, foram pelo menos 4 filhos:

    3 - 1. Cap. Baltazar de Azeredo Cardoso ou Coutinho, n. por volta de 1638, Rio, onde c. 1670, com Catarina Vasques de Brito, n. por volta de 1650, Rio, f. de Rodrigo Fernandes Trancoso e Francisca da Costa, pais de 4 filhos: Isabel, b. Rio, 1685, e ainda: (BG.60.1.53, CR.1.169 e 298).

     4 - 1. Inácio, b. Rio, 1671 (Candelária 2, 43).

     4 - 2. Luiz Matoso de Azeredo, n. por volta de 1680, SJ de Meriti, RJ, f. por volta de 1722, onde c. 1710, com Maria Josefa de Jesus (ou Maria Josefa de Abreu Rangel), b. Rio, 1686, f. após 1724, f. de Francisco Antunes de Atouguia e Paula Rangel de Abreu (em Botafogos), s.ger. (CR.1.104).

     4 - 3. Clara de Azeredo, n. por volta de 1683, f. por volta de 1723, c. Rio, 1703, com o MC. João de Abreu Pereira (1ª esposa), n. por volta de 1678, f. do Cel. Baltazar de Abreu Cardoso e Isabel de Souza (ou Rangel de Sande, ou de Macedo), s.ger. (CR.1.7).

      3 - 2. Beatriz, b. Rio, 1642 (Candelária 1, 52).

     3 - 3. Bárbara de Azeredo Coutinho ou Ozório, n. por volta de 1640/5, f. Rio, 1708, c. por volta de 1671, com o Cap. Luiz da Costa Moreira, n. por volta de 1641, Belém, Lisboa, f. Rio, 1722, f. de Domingos da Costa e Ana Luiz Moreira, com 3 filhos:  Miguel, n. por volta de 1675, e ainda (CR.1.169, 298 e 2.452)

     4 - 1. Baltazar de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1672, morador Sepetiba, RJ, c. Rio, 1715, com Beatriz de Lemos, com:

     5 - 1. Inácio de Azeredo, b. Rio, 1716, onde c. 1753, com Quitéria de Jesus, n. por volta de 1733, f. de João Rodrigues e Úrsula Cardoso.

     5 - 2. Úrsula, b. Rio, 1718 (Guaratiba 2, 27).

     4 - 2. Licenciado José de Azeredo, b. Rio, 1673, onde f. 1711.

     3 - 4. Francisca Cardoso Coutinho (provavelmente), n. por volta de 1643 e f. por volta de 1672, c. por volta de 1663, com o Cap. Antonio de Azeredo Coutinho, seu primo (2ª esposa), f. de Domingos de Azeredo Coutinho e Mello e Ana Tenreiro da Cunha, c.ger. adiante. (CR.1.156 e 169).

                 De Manuel de Gouveia Gavião, 4 filhos:

     3 - 6. Pe. Frei Inácio de Gouveia, carmelita calçado no RJ, que professou em 1688, n. Rio, b. 1646. (Candelária 1, 78v).

     3 - 7. Teresa Coutinho (ou Thereza de Gouveia), b. Rio, 1647, c. por volta de 1667, com Antonio Rodrigues de Leon (ou Antonio Rodrigues de Leão), "de quem teve bisnetos casados".

     3 - 8. Inês, n. por volta de 1650 e citada em 1662.

     3 - 9. Manuel de Gouveia, b. Rio, 1653, que foi para Óbidos, Portugal, onde cc.....

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Miguel, b. Rio, 1622. (CR.1.145). 

                                                   Parágrafo 5º 

     2 - 5. Marcos, b. Rio, 1624. (CR.1.145). 

                                                   CAPÍTULO 6º 

     1 - 6. Domingos de Azeredo Coutinho e Melo, b. 1596, ES, mudou-se para o RJ onde, pv. 1645, foi instado a renovar com seus irmãos os descobrimentos de esmeraldas iniciados pelo seu pai, c. Rio, 1619, com Ana Tenreiro da Cunha, n. por volta de 1600, Rio, onde f. 1657, f. de Crispim da Cunha Tenreiro e Isabel Velho de Mariz, com 12 filhos: (BG.65.3.115, CR.1.145, 490, DB.248 e GS.150). 

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Cap. Marcos Tenreiro de Azeredo Coutinho e Melo, n. Rio, b. 1619, onde f. 1680, andou com seu pai e outros à procura das esmeraldas da Capitania do Espírito Santo, tendo em 1660 subido o Rio Doce até ao Suassu, c. Rio, 1641, com Paula Rangel de Macedo, b. 1628 e f. 1668, f. do Cap. de Infantaria João Gomes da Silva e Maria de Marins (ou Maria de Maris), nm. de Diogo de Maris Loureiro (ou Diogo de Marins Loureiro) e Paula Rangel de Macedo, com pelo menos 12 filhos: (CR.1.145, DB.249, GL.6.95, GS.152, SB.36/7 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 214).

     3 - 1. Maria Coutinho de Marins, n. por volta de 1642, f. 1723, Rio, onde c. 1658, com Sebastião Gomes Pereira, b. 1623, f. 1680, Rio, proprietário de terras em Ipuba, na Banda do Além (Niterói), f. de Francisco Gomes de Gouveia e Maria Pereira, com 8 filhos: (CR.1.145 e 2.262).

    4 - 1. Maria Coutinho Pereira, n. por volta de 1660, c. Rio, 1677, com o Cap. João de Araujo Caldeira, n. por volta de 1641, Rio, f. antes de 1723 (viúvo de Maria da Conceição), f. de Francisco de Araujo Caldeira e Francisca de Araujo, com 2 filhos:

     5 - 1. Francisco, b. Rio, 1680. (CR.1.145).

     5 - 2. Rosa Maria de Araujo Coutinho, n. por volta de 1702/12, São Gonçalo, RJ, c. Rio, 1732, com o Sarg. Mor José Furtado de Mendonça, b. Rio, 1690, onde f. 1756, f. do Aj. Anastácio Furtado de Mendonça e Maria de Barcelos, com 5 filhos: (CR.2.209).

     6 - 1. Maria Rosa Furtado de Mendonça, n. por volta de 1733, São Sebastião do Ribeiro, MG, f. Rio, 1799, c. 1ª vez, Rio, 1750, com o Dr. Inácio José da Mota Leite, f. do lic. João da Mota Leite, n. Amarante, e Sebastiana da Silva Pereira (em Oliveiras Leitões), c.ger. em CR.2.630 e GS.237 e, 2ª, Rio, 1760, com o Cel. Bartolomeu José Vahia (1ª esposa), abaixo, b. 1737, f. 1801, Rio (que já tinha 3 filhos de Francisca Josefa de Azeredo Coutinho, abaixo e, que enviuvando c. 2ª vez com sua sobrinha, Leonarda Matilde, abaixo), f. do Gal. Luiz Vahia Teixeira de Miranda e Rosa Maria de Vasconcelos, s.ger.

     6 - 2. Cel. Joaquim Luiz Furtado de Mendonça, n. por volta de 1735, S.Sebastião, Mariana, MG, c. Rio, 1766, com Maria Paula de Torres Duque Estrada, n. por volta de 1736, São João del Rei, f. do Lic. Paulo da Mata Duque Estrada, n. Itaboraí, RJ, e Jerônima Maria Clara de Torres, n. Coimbra, nm. do Lic. Manuel da Costa Torres e Maria Teresa, c.ger. em CR.1.540 e NF.68, entre os quais: (NF.59).

     7 - 1. Antonia Joaquina Duque Estrada Furtado de Mendonça, n. Itaboraí, RJ, c. São José da Corte, Rio, 1794, com seu primo, o Cap. Baltazar Rangel de Souza Coutinho, n. Guaratiba, b. Rio, 1760, Cavaleiro Professo da Ordem de Cristo, f. de Helena da Cruz Freire de Lemos (ou Helena da Cruz Freire Duque Estrada) e do Dr. Miguel Rangel de Souza Coutinho, c.ger. em Figueiras de Braga. (CR.3.101 e GL.6.108).

     6 - 3. Frei Anastácio, n. por volta de 1737, carmelita.

     6 - 4. José Furtado de Mendonça, n. por volta de 1739.

     6 - 5. Ana Vitória Furtado de Mendonça (Irmã Ana do Sacramento), n. por volta de 1741, religiosa do Convento do Desterro.

    4 - 2. Lic. Francisco Gomes de Gouveia, b. 1660, f. 1696, Rio, onde c. 1689, com Antonia Rosado, n. Rio, f. de Sebastião Martins Ribeiro e Isabel Rosado, e teve 4 filhos: Maria, b. Rio 1690, f. 1701, Sebastião Gomes, vivo em 1698, e ainda: (CR.1.145 e 2.237).

     5 - 1. Francisco b. 1689, Rio, "quando ainda solteiro, com Isabel Barbosa, também solteira" (SIC).

     5 - 2. Isabel Rosado de Gouveia, n. por volta de 1696, São Gonçalo do Recôncavo, RJ, f. por volta de 1719, c. Rio, 1717, com o Des. Dr. Roberto Carr Ribeiro, Juiz do Fisco e/ou de Fora da Capitania do RS, n. por volta de 1687, Santos-o-Velho, Lisboa, f. do Cap. Barnabé Carr Ribeiro e Bárbara Maria Ribeiro, com pelo menos:

     6 - 1. Bárbara, b. Rio, 1718. (CR.2.237).

     6 - 2. Des. Roberto Carr Ribeiro (parece o mesmo acima), c. 1720, com Maria Angélica de Sá e Figueiredo, n. NS da Assunção (Paraguai?), f. do Dr. Luiz Fortes de Bustamante e Sá, Juiz de Fora do Rio de Janeiro (vide irmão deste em Betim), dono da Fazenda Juiz de Fora, que legou a esta filha na ocasião do seu casamento, e Luíza Maria Xavier da Fonseca, np. de Antonio Fortes de Bustamante e Angélica Maria de Sá e Figueiredo, com 7 filhos: (CR.2.237 e informação gentilmente enviada pela amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG).

     7 - 1. Roberto Carr Ribeiro de Bustamante (deve ter falecido criança, já que houve o irmão, abaixo, com o mesmo nome). (CR.2.237).

     7 - 2. Francisco Roberto Carr Ribeiro, f. 1804.

     7 - 3. Roberto Carr Ribeiro II (Sic). Talvez o mesmo Cônego Cura, Roberto Carr Ribeiro de Bustamante, que em 1785 assinou um dos registros de casamento em Santo Antonio de Sá, RJ. (Antigos Registros Paroquiais de Casamento do Leste Fluminense, Vol. 2, fls. 191, de Marcelo Barbio Rosa).

     7 - 4. Tomás Carr Ribeiro, cc. a viúva do seu irmão, a seguir, Severiana Maria Pereira Pinto de Fontoura, provavelmente descendente do Cel. Francisco Barreto Pereira Pinto e Francisca Veloso da Fontoura (Ver Oliveiras Leitões). (An.402, NobRS.61 e 95).

     7 - 5. Antonio Fortes de Bustamante, cc. Severiana Maria Pereira Pinto de Fontoura (1º marido).

     7 - 6. Maria Angélica de Sá, "... Capela de Itaetentiba, filial de ... (São Gonçalo?) do Recôncavo, filho solteiro com testamento aberto em 1798".
- Obs.: Parece que Itaetentiba seria a mesma localidade de Taitindiba, com grafias diversas (veja 4-5, adiante).

     7 - 7. Arcângela Jacinta de Bustamante, com 24 anos em 1767.

     4 - 3. Paula, b. Rio, 1664. (CR.1.145).

     4 - 4. Pe. Marcos Gomes Pereira, da Cia. de Jesus, b. Rio, 1665.

     4 - 5. José Gomes Pereira, n. por volta de 1668, senhor do Engenho de Taitindiba, c. por volta de 1689, 1ª vez, com Isabel da Silva  e, 2ª, São Gonçalo, RJ, 1697, com Joana de Azeredo Coutinho, adiante, f. do Cap. Sebastião Martins Ribeiro (ou Sebastião Coutinho Rangel) e Brites Rangel de Macedo (ou Beatriz Rangel de Macedo), teve da 2ª, 6 filhos: José Gomes Pereira, Maria de Azeredo Coutinho, Ana de Azeredo Coutinho, Antonia, Brites, e: (CR.1.146, 161, 2.8 e 263).

     5 - 1. Sebastião Gomes Pereira, n. São Gonçalo, onde c. 1731, com Bárbara de Madureira, n. mesma cidade, f. do Cap. José Barreto de Faria e Paula Rangel de Macedo, c.ger. em Regos. (BG.60.1.40).

     4 - 6. Fr. Sebastião dos Mártires, b. Rio, 1670, Franciscano, vivo em 1705.

     4 - 7. Pe. Frei Miguel ou Manuel da Visitação, n. por volta de 1672, Prior do Convento do Carmo no RJ. (CR.2.263).

     4 - 8. Úrsula de Gouveia, b. Rio, 1674, f. antes de 1723, cc. Antonio Dutra. (CR.1.146).

     3 - 2. Domingos, b. Rio, 1643.

     3 - 3. Ana de Azeredo, b. Rio, 1646, onde f. 1668.

     3 - 4. Catarina de Melo Coutinho, n. 1650, Rio, onde c. 1668, com o licenciado Luiz de Barcelos Machado, b. Rio, 1648, f. 1695, Senhor do Engenho Velho em Meriti, f. do Cap. José de Barcelos Machado e Bárbara de Madureira, c.ger. em Regos. (BG.60.1.39, CR.1.146 e 216).

    3 - 5. Paula Rangel de Macedo, que Taques mandou para este Título, n. por volta de 1650, f. Rio, 1680, onde c. 1670, com o Cap. de Infantaria paga do RJ, Domingos Pereira da Silva, n. por volta de 1630, Madalena, Lisboa, f. Rio, 1698, Senhor do Engenho de Itaúna (viúvo de Andreza de Souza), f. de Pedro Fernandes Pereira e Maria Francisca da Silva (em Botafogos), com 2 filhos: (2.273, BG.60.1.44, CR.1.146, 3.99 e SL.9.16).

     4 - 1. Andreza Grinalda Coutinho (ou Andreza de Grimaldi Coutinho), b. Rio, 1672, f. MG, c. Rio, 1700, com Constantino de Paiva Pereira, b. Rio, 1675, f. do Licenciado Estêvão de Oliveira Vargas e Isabel Rangel Sardinha (em Botafogos), e foram para Minas Gerais, onde tiveram pelo menos: (BG.60.1.43 e CR.1.146 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 227).
- Obs.: A geração deste casal é inédita (não consta de nenhum dos autores pesquisados), foi gentilmente enviada pela amiga, genealogista, Sílvia R. do P. M. Buttros, de Paraguaçu, MG, que consultou as habilitações e os assentos de casamentos e batismos de Campanha e de Silvianópolis, ambas cidades de Minas Gerais.

     5 - 1. Paula Maria do Nascimento cc. João Manuel Raposo, filho de Domingos Rodrigues Raposo e de Joana da Graça de Jesus. Filhos:

    6 - 1. Guarda-Mor Constantino de Paiva Pereira, b. Campanha, MG, 1769, adulto. C. 1787, Santana do Sapucaí, MG, c. Rita Silvéria de Almeida, b. Santana do Sapucaí, 1768, fª de João de Almeida da Fonseca e de Gertrudes Francisca de Jesus. Filho:

     7 - 1. Manuel Pereira, b. 1791, Santana do Sapucaí, MG.

     6 - 2. Joana da Graça de Jesus, cc. Gonçalo de Souza da Fonseca, filho de Francisco de Souza da Fonseca e de Maria Cordeira de Oliveira. Filhos:

     7 - 1. Quintiliano Pereira de Souza, n. Pitangui, MG. 1794, Campanha, MG, c. Maria Joaquina de Jesus Pereira, n. Vila de São José, MG, fª de Antônio José Joaquim Pereira e de Ana Maria. Filhos: Ana Pereira, b. 1800, Luzia Pereira, b. 1802, ambas em Santana do Sapucaí, MG,

     7 - 2. Bárbara Maria Rangel, n. Pitangui, MG. C. Santana do Sapucaí, MG, 1786, c. José Antônio da Rocha, b. Antônio Dias de Vila Rica, MG, filho de Antônio Luís da Rocha e de Paula Rangel de Mendonça. Filhos: Antônio Rocha, b. Santana do Sapucaí, MG, 1787 e Maria Rocha, b. Campanha, MG, 1794.

     7 - 3. Helena Maria Rangel, n. Pitangui, MG, c. 1793, Campanha, MG, com João Silvério de Almeida, n. Campanha, filho de João de Almeida da Fonseca e de Gertrudes Francisca de Jesus. Filha:

     8 - 1. Cândida Almeida, b. Campanha, MG, 1815.

    7 - 4. Antônia de Azeredo Coutinho, n. Pitangui, MG, c. 1805, Santana do Sapucaí, MG, com Manuel Bicudo de Siqueira, n. Pindamonhangaba, SP, filho de Bernardo Bicudo de Siqueira e de Catarina de Carvalho.

     6 - 3. Sargento Domingos Pereira do Amaral Coutinho cc. Maria Caetana Benedita Rangel, n. Antônio Dias, MG, filha de Antônio Luís da Rocha e de Paula Rangel de Mendonça. Fez testamento em 1803, falecendo em Volta Grande, MG.

     6 - 4. Andresa Grinalda de Azeredo, cc. José de Souza da Fonseca. Filhos:

     7 - 1. Guarda-Mor Alexandre do Amaral Coutinho, b. Pitangui, MG, c. 1808, Campanha, MG, c. Maria Escolástica de Morais, f. de José de Morais Pessoa e Maria Angélica. Fez testamento em Campanha, 1840, reconhecendo três filhas naturais, descritas após os três filhos legítimos:

     8 - 1. Rosa Maria de Morais (no batismo, Rosa do Amaral Coutinho), b. 1808, Santo Antonio, Campanha, MG, c. 1820, Santana do Sapucaí, com João José de Almeida, f. de Domingos José de Almeida e de Maria Vieira.

     8 - 2. Antônio do Amaral Coutinho, b. 1812, Santo Antonio, Campanha, c. 1833, Santana do Sapucaí, com sua prima Felicidade Plácida de Lacerda, b. 1814, São Gonçalo do Sapucaí, f. de Domingos de Souza Coutinho e de Bernarda Policena de Lacerda, adiante, com: Maria Coutinho, b. 1836, Eufrásia Coutinho, b. 1841, Umbelina Coutinho, b. 1849, todos em Santana do Sapucaí.

     8 - 3. Bento do Amaral Coutinho, b. 1815, Santo Antonio, Campanha.

     8 - 4. Emerenciana, cc. Antônio Fernandes de Carvalho.

     8 - 5. Purcina, cc. José Rodrigues.

     8 - 6. Ana, cc. João Batista de Macedo.

     7 - 2. Domingos de Souza Coutinho, cc. Bernarda Policena de Lacerda. Filha:

     8 - 1. Felicidade Plácida de Lacerda, cc. seu primo Antônio do Amaral Coutinho, item 8-2 retro.

     7 - 3. Francisco de Souza Coutinho, b. 1777, Campanha, MG.

     4 - 2. Cap. Mor Clemente Pereira de Azeredo Coutinho, b. 1673, Candelária, Rio, f. já viúvo em 1739, Senhor dos engenhos de Itaúna (onde faleceu) e Guaxindiba, em São Gonçalo, RJ, e Cap. Mor em Sabará, MG, onde fez testamento em 1715, c. 1698, na igreja de NS da Ajuda, com Helena de Andrada Souto Maior (2º marido), n. por volta de 1669, f. do Cap. Inácio de Andrade Souto Maior e Ana de Alarcón e Luna, c.ger. em Rendons. (2.273, CR.1.92, 146, SL.9.15 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 228/9).

     4 - 3. Lourenço Pereira de Azeredo Coutinho (hipótese), um dos primeiros povoadores de Sabará, MG. (DV.1.259).

     3 - 6. Inácia Rangel, n. por volta de 1652, f. Rio 1737, c. por volta de 1672, com Francisco Barbalho, n. por volta de 1641 (que talvez pudesse ser f. de Jerônimo Barbalho Bezerra), pais de: (CR.1.150, 188, 190 e IHGB.91).
- Obs.: A família Barbalho está relativamente bem descrita na publicação "Estatutos do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro", Vol. 52, ou na "Revista Trimensal do Instituto Histórico e Geográfico, Vol. 52, Parte 1. (Informações gentilmente enviadas pelo genealogista Valquirio de Magalhães Barbalho, residente em Framingham, MA, Estados Unidos).

     4 - 1. Maria, b. Rio, 1672, f. antes da mãe.

     4 - 2. Paula, b. Rio, 1674, idem.

     4 - 3. Miguel Jácome Barbalho, f. antes de 1737, teve um filho.

     4 - 4. Esperança Barbalho Coutinho, n. por volta de 1689, c. por volta de 1709, com o Aj. Bernardo de Meireles, f. antes de 1737, pais de: Inácio, José, Sebastião e Joana. (CR.1.191).

     4 - 5. José de Azeredo, f. antes de 1737, teve um filho.

     3 - 7. Brites de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1655, Rio, onde c. 1675, com Diogo Bravo Figueira (Diogo Figueira Bravo ou Diogo Bravo Menezes), b. Rio, 1629, f. após 1689, f. de Bartolomeu Figueira da Silva, de Braga, e Úrsula do Amaral Molete (ou Úrsula de Arão Molete), do RJ, c.ger. em Figueiras de Braga. (3.117, DB.132, CR.1.150, 266, Ef.1.86, FG.283, BG.65.3.115 e SL.2.496).

     3 - 8. Teresa, b. Rio, 1658.

    3 - 9. Cap. Inácio Mariz Rangel de Macedo de Azeredo Coutinho, n. 1660, RJ, c. por volta de 1680, 1ª vez, com sua prima-irmã Isabel de Azeredo Coutinho, adiante, b. Rio, 1659, f. do Cap. Luiz Cabral de Távora e Isabel Tenreiro da Cunha, 2ª, Rio, 1683, com Vitória Maciel Tourinho, n. por volta de 1663 e f. por volta de 1697, f. do Cap. Estêvão Tourinho Pacheco e Maria de Souza de Azevedo e, 3ª, São Gonçalo, RJ, 1698, com sua prima Isabel Rangel de Macedo, n. por volta de 1674/85, f. do lic. Amador de Lemos Ferreira e Isabel Rangel de Macedo, com 4 filhos, da 2ª esposa: (CR.1.155, 159, DFB e GS.152).

     4 - 1. Estêvão Rangel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1684, Pendotiba, RJ, morador em Icarai, Niterói, c. por volta de 1724, com Catarina de Sá Leão, n. Santo Antonio de Sá, RJ, f. de Domingos de Sá Leão e Maria de Barros, com 3 filhos:

     5 - 1. Inácio Rangel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1728, passou para Campos, onde fundou o engenho do Limão, cc. Isabel, "provavelmente s.ger."

     6 - 1. Ten. Cel. Inácio Rangel de Azeredo Coutinho (hipótese), n. 1753, Campos, b. 54, f. 1811 (primo, vizinho e contemporâneo do Bispo José Joaquim da Cunha de Azeredo Coutinho), proprietário do Engenho do Limão, em Campos, que antes vivia provavelmente em São Barnabé, atual Itaboraí, RJ.
          C. 1ª vez com Maria Antônia da Rocha, n. Parati e, 2ª, 1807, com Antônia Ferreira de Aguiar (irmã do Vigário Geral, Dom Francisco Caetano Ferreira de Aguiar, f. 1836, Senador de 1826 até 36), f. de José Caetano Ferreira de Aguiar e Maria Teresa de Jesus, c.ger. até aos dias atuais em Rangel de Azeredo Coutinho, da Região Serrana do Estado do Rio, neste site. (AP, BN e Informações gentilmente enviadas pelo amigo, genealogista, Pedro Vianna Born, descendente do Tenente Coronel e site do Senado).

     5 - 2. Domingos de Sá Leão (ou Domingos de Leão Sá), n. por volta de 1732, f. 1747, estudante no Seminário de Belém, na Bahia.

     5 - 3. José, b. Rio, 1736.

     4 - 2. Marcos Rangel de Azeredo Coutinho (de cuja esposa Rheingantz não descobriu o nome, nem a geração), n. por volta de 1687, c. em Campos, RJ, com Luiza de Souza Tavares, n. dessa cidade, c.ger. no site "João do Rio", em artigo do renomado genealogista Gilson Nazareth, sobre a descendência do Cacique Araribóia. (CR.1.155 e colaboração do amigo, genealogista, Pedro Vianna Born).

     4 - 3. Antonio de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1691, poderia ser o do mesmo nome f. Rio, 1746, c. por volta de 1716, com Maria José, com:

     5 - 1. Inácio de Oliveira Coutinho, n. por volta de 1717, Jacutinga, RJ, c. Rio, 1747, com Bárbara de Souza e Araujo, n. por volta de 1716, Rio (viúva de Nicoláu de Siqueira Soares). (CR.1.170).

     4 - 4. Úrsula de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1695, São Gonçalo, RJ, c. Rio, 1731, com João Dias Barbosa (João Dias de Espinha ou João Dias de Espínola), n. Icarai, RJ, f. de João Dias de Espinha e Antonia Barbosa, com 2 filhos: (CR.1.155 e 3.100).

     5 - 1. Isabel, b. Rio, 1733.

    5 - 2. Ana Rangel de Azeredo, n. por volta de 1735, Icarai, c. Rio, 1755, com Antonio de Faria Homem, n. Rio, f. do Cap. Francisco de Faria Homem e Rosa Monteiro da Fonseca. (CR.3.100).

     3 -10. Isabel, b. Rio, 1662.

     3 -11. Luísa Grinalda Coutinho (ou Luísa Grimaldi Coutinho), b. Rio, 1665, f. 1714, onde c. 1680, com José Rodrigues da Costa (ou da Cruz), n. por volta de 1650, f. de Manuel Rodrigues da Cruz e Luzia da Costa, com 4 filhos: (CR.1.155/6, NF.58 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 255).

     4 - 1. Maria Josefa Grinalda (ou Maria Josefa Grimaldi Coutinho), n. por volta de 1680, São Gonçalo, RJ, onde c. 1700, com o seu primo-irmão Antonio de Azeredo Coutinho, o Flexa, f. do Cap. Cosme de Azeredo Coutinho e Águeda de Bitencourt, c.ger. adiante.

     4 - 2. Pe. frei Simão da Natividade, n. por volta de 1682, religioso de Santo Antonio.

     4 - 3. Sebastião da Costa Coutinho, n. por volta de 1684, vivo em 1714, cujo casamento Rheingantz não descobriu, tudo indica que seria o do mesmo nome, cc. Simoa da Costa, esta provavelmente índia, de Guarulhos, SP, com pelo menos: (Descoberta do amigo, genealogista, Lourval Silva, de São Paulo, no site Family Search, incluindo a geração do casal).

     5 - 1. João da Costa Garcia, c. 1744, Atibaia, SP, com Joana da Costa, ambos de Guarulhos, f. de João de Queiroz Leitão e Isabel da Costa, com pelo menos:

     6 - 1. Sebastião da Costa Coutinho, c. 1775, Atibaia, com Joana Corrêa Barbosa, f. de Félix Barbosa e Teresa Corrêa, gentios-da-terra.

     4 - 4. Paula Rangel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1686, Rio, f. por volta de 1734, c. Rio, 1707, com o Cap. Antonio Monteiro de Alvim (ou Antonio Montijo de Alvim), n. por volta de 1677, Pernambuco, viúvo de Grácia de Freitas, pais de:

     5 - 1. Francisco João Monteiro (ou Francisco João Montijo), b. Rio, 1708, c. S.Gonçalo, RJ, 1732, com Maria Cordeiro, n. por volta de 1712, f. de Antão de Souza Carvalho e Maria de Alvarenga.

     3 -12. Pedro de Melo Coutinho (hipótese), f. 1654, no sertão, cc. Maria de Pinha (1º marido), f. de Mateus Luiz Grou e Isabel de Pinha Cortes, teve o filho Francisco de Melo, que tirou sua folha de partilha em 1702, que poderia ser: (SL.1.22).

     4 - 1. Francisco de Melo Coutinho (hipótese), n. por volta de 1755, SP, c. por volta de 1780, com Izabel Luiz Tigre, de Curitiba, com pelo menos: (OC.303 e SL.1.439).

     5 - 1. Ana de Melo Coutinho, cc. Domingos Gonçalves Padilha, f. de Manoel Gonçalves de Siqueira (ou Manoel Gonçalves Coutinho), n. Portugal, morador Ilha de São Sebastião, SP, e Paula Rodrigues de França, de Curitiba, nm. do Cap. Mor de Paranaguá, João Rodrigues de França e Maria da Conceição, com pelo menos: (FS, GP.2.543, OC.93, 94, 117, SL.1.439 e 2.228).

     6 - 1. Izabel Rodrigues Coutinho (ou Isabel Rodrigues Franca), c. 1758, Curitiba, com Antonio de Oliveira Preto, f. de Inácio Preto Bueno e Luzia Cardoso, c.ger. em Pretos. (FS e SL.1.439).

     6 - 2. Vitória Rodrigues França (Vitória Rodrigues Franca, ou Vitória Rodrigues Franco), c. 1751, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Francisco Rodrigues Barbosa (ou Francisco Rodrigues Coura), f. 1800, São José dos Pinhais, PR, com inventário em Curitiba, f. de Francisco Rodrigues Coura (ou Francisco Rodrigues de Coura) e Lucrédia Leme de Brito ou Lucrécia Leme Rangel (em Moreiras Castilhos), com 9 filhos em SL.3.38/9, entre os quais: (FS).

     7 - 1. José Rodrigues França (ou José Rodrigues Franco), c. 1773, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Escholastica Preto Bueno, n. e b. 1743, na mesma igreja, f. de Ignacio Preto Bueno e Luzia Cardoso de Leão (em Pretos), cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (FS e SL.3.39).

     8 - 1. Ignacio Rodrigues França, c. 1808, com sua prima, Maria Vieira de Alvarenga, f. de Joaquim Vieira de Alvarenga e Ana Rodrigues França, adiante. (FS)

    7 - 2. Manuel Rodrigues de Coura (truncado em SL.3.39), c. 1790, Curitiba, com Rita Preto de Moraes (ou Rita Preto de Oliveira), f. de Gabriel Fernandes de Moraes e Escolástica Preto Bueno. (FS, SL.7.124 e 9.107).

     7 - 3. Antonio Rodrigues Padilha, n. São Paulo, SP, f. 1849, c. 1824, Alegrete, RS, com Faustina Maria Severo, n. 1809, já f. 1800, f. de Manuel Antonio Severo e Maria Joaquina de Jesus, ambos de Rio Pardo, RS, com pelo menos: (FS e SL.1.39).

     8 - 1. Carolina Josefa Leopoldina (ou Carolina Severo Padilha), n. 1827, cc. Serafim Correa de Barros, n. e b. 1817, Santa Maria, RS, f. 1886, Estância Vista Alegre, Vila Rica, Júlio de Castilhos, RS, f. de outro do mesmo nome e Ana Maria de Jesus, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Juliana Correa de Barros, n. 1859, Júlio de Castilhos, RS, onde c. 1876, com Lourenço Lemes de Moraes Gomes, f. de Manoel Gomes de Moraes e Maria Madalena Lumbria, com pelo menos: Francisco de Moraes Gomes, Alcides Correa de Moraes Gomes, Aristides, e ainda: (FS).

     10- 1. Juliana de Moraes Gomes, cc. Rodolfo de Oliveira Melo, com pelo menos: Plínio Gomes de Melo, e ainda: (FS).

     11- 1. Maria das Dores Gomes de Melo, cc. Enedino Nunes Pereira. (FS).

     10- 2. Lourenço de Moraes Gomes, cc. Cora de Almeida Santos. (FS).

     10- 3. Ondina de Moraes Gomes, cc. Jocelin Carlos Franco de Souza. (FS).

     9 - 2. Antero Correa de Barros, n. 1860, Júlio de Castinhos, c. 1884, Santa Maria, RS, com Lídia Angélica Carpes de Campos, f. de Agostinho José Lourenço e Flaubiana Pereira Carpes, com pelo menos: Arlindo Correa de Barros, Lídia Correa de Barros, Agostinho Correa de Barros, Anaurelino Correa de Barros, Serafim Correa de Barros, Astrogildo Correa de Barros, Docelina, Docelina Correa de Barros (outra) e Olavo Correa de Barros. (FS).

     9 - 3. Severo Correa de Barros, n. 1864, c. 1885, São Martinho, RS, com Isolina de Oliveira Melo, com pelo menos: Serafim Correa de Barros, e ainda:

     10- 1. Iria Correa de Barros, cc. Aristides de Moraes Gomes. (FS).

     7 - 4. Ana Rodrigues França (cujos casamento e geração SL não descobriu), cc. Joaquim Vieira de Alvarenga, f. de José Velho Bicudo e Escholastica Cordeiro (em Aguirres), com pelo menos: (FS e SL.1.39).

     8 - 1. Maria Vieira de Alvarenga, c. 1808, com seu primo, Ignacio Rodrigues França, f. de José Rodrigues França e Escholastica Preto Bueno, acima. (FS)

     8 - 2. João Vieira de Alvarenga, n. Curitiba, f. 1856, cc. Maria Rosa de Moraes, f. 1857, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Joaquim Vieira de Alvarenga, n. por volta de 1815. (FS). Ele ou outro do mesmo nome cc. Joaquina Soares, com pelo menos: Josefa Vieira de Alvarenga, n. e b. 1848, Leandrina Vieira de Alvarenga, b. 1854, Antonio Vieira de Alvarenga (a mãe deste constou como: Joaquina da Silva), b. 1860, Mathias b. 1862, Maria Vieira de Alvarenga, b. 1867, todos em Santo Antonio, Lapa, PR.(FS).

     9 - 2. Manoel Vieira de Alvarenga, n. Lapa, PR, f. 1877, Vila Rica, Júlio de Castilhos, RS, c. 1ª vez, com Teodora dos Santos e, 2ª, com Maria Venância Moreira Paz, f. de Manuel Moreira Paz e Maria Rodrigues da Mota, com grande geração de ambas as esposas no site Family Search.

     7 - 5. Marianna Leme de Jesus, c. 1792, Curitiba, com Pedro Celestino Bueno, n. São José dos Pinhais, PR, f. de Manoel Preto Bueno e Luzia de Chaves de Almeida (em Pretos). (FS e SL.1.439).

     7 - 6. Maria Rodrigues, cc. João de Oliveira. (SL.1.439).

     7 - 7. Isabel Rodrigues França, c. 1797, Curitiba, com Manoel Ribeiro Preto, f. de Ignacio José Preto e Maria Rodrigues Preto. (SL.1.39).

     7 - 8. João Rodrigues França (João Rodrigues Franca, ou João Rodrigues Franco), já f. 1800, c. 1786, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Ana Soares, f. de Domingos Soares Fragoso e Maria Dias Camacho (em Portes de El-Rei), e não como consta em SL.1.39, com 4 filhos: Antonio, Manoel, João e Maria. (FS e SL.9.222).

     6 - 3. Joana Gonçalves Coutinho, c. 1749, Curitiba, com João Fagundes dos Reis, de Paranaguá, n. por volta de 1721, f. de Domingos Fagundes dos Reis e Maria Ribeiro de Gusmão, "originários da freguesia do Rio São Francisco", com pelo menos:

     7 - 1. Anna de Melo Coutinho, c. 1774, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Manoel Rodrigues Coura (viúvo de Anna de Oliveira Preto), f. de Francisco Rodrigues Coura e Lucrécia Leme Rangel (em Moreiras Castilhos). (FS, OC.303 e SL.3.39).

     7 - 2. Domingos Fagundes dos Reis, n. por volta de 1752, Curitiba, c. 1781, Santo Antonio, Lapa, PR, com Brígida Batista de Castilhos (ou Brízida Maria de Castilhos), f. de Manoel Batista de Castilhos e Joana Rodrigues de Siqueira (em Pretos), com pelo menos: (FS e OC.303).
- Obs.: Uma Brígida Maria de Castilho (não constaram os nomes dos pais), c. 1805, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Ignacio Padilha, f. de Antonio Gonçalves Padilha e Mariana França de Oliveira. (FS).

     8 - 1. Joaquim Fagundes dos Reis, b. 1783, Curitiba, f. com inventário  1863, Passo Fundo, RS, c. 1ª vez com Vicência Pereira de Lima (depois Vicência Fagundes dos Reis), de Bom Jesus do Triunfo, f. de Vitorino Luiz de Siqueira e Inácia Pereira de Lima e, 2ª, com Emília Francisca de Borba, n. por volta de 1816, f. de Evaristo Francisco de Borba e Felicidade Perpétua do Nascimento (ou Felicidade Gutierres de Borba), com: (FS e OC.303).
              Da 1ª esposa: Inácia, Belisário, Francisco, Manoel, Ana, Florêncio, Florência, João e: (OC.303).

     9 - 1. José Fagundes dos Reis, c. 1852, NS da Conceição, Passo Fundo, com Francisca Maria Alves, f. de José Alves de Castro e Maria Angélica de Jesus, com pelo menos: Josepha dos Reis, b. 1880, Maria dos Reis, b. 1880, ambas em NS da Conceição, Passo Fundo, e ainda: (FS).

     10- 1. Gabriel José Fagundes dos Reis, n. e b. 1854, NS da Conceição, Passo Fundo, RS, onde c. 1876, com Bertolina Ávila de Quadros (ou Bertolina Alves de Quadros), n. da mesma cidade, f. de Francisco Ângelo de Quadros e Maria do Espírito Santo Ávila, com pelo menos: Francisca dos Reis, n. 1877, b. 1878, Marianna dos Reis, n. e b. 1880, ambos em NS da Conceição, Passo Fundo. (FS).

     10- 2. Athanasio Fagundes dos Reis, c. 1881, NS da Conceição, Passo Fundo, com Benevenuta Pereira de Mattos (ou Benevenuta de Jesus), f. de Senhorinha Pereira de Mattos, com pelo menos: Quirino dos Reis, n. 1883, b. 1884, NS da Conceição, Passo Fundo, e ainda: (FS).

     11- 1. Francisca Fagundes de Mattos, n. 1888, Passo Fundo, onde c. 1906, NS da Conceição, com Ezequiel Bernardo dos Santos, n. 1881, na mesma cidade, f. de Desidério Bernardo dos Santos e Fermina Maria de Chagas. (FS).

     10- 3. Rita Fagundes dos Reis, n. 1878, b. 1880, NS da Conceição, Passo Fundo, onde c. 1896, com Severino Ferreira Prestes, n. 1865, na mesma cidade,  f. de Francisco Ferreira Prestes e Laurinda Pereira de Mattos. (FS).
- Obs.: No casamento o nome da mãe está Francisca Alves da Costa.

     9 - 2. Joaquim Fagundes dos Reis, c. 1865, São João Batista, Camaquã, RS, com Lucinda Evangelista de Medeiros, f. de Manoel Albino de Medeiros e Thereza Maria da Conceição de Medeiros, com pelo menos: Hermenegildo dos Reis, n. 1870, b. 1871, Manoel dos Reis, n. 1871, b. 1872, Joaquim dos Reis, n. 1874, b. 1877, Florência dos Reis, n. 1876, b. 1877, Victorina dos Reis, n. 1884, b. "1899", todos em São João Batista, Camaquã. (FS e OC.303).

              Da 2ª esposa: (FS e OC.303).

     9 - 3. Lucrécia Francisca de Borba, n. por volta de 1842, c. 1ª vez, 1858, NS da Conceição, Passo Fundo, com Antonio Rodrigues da Silva, Joaquim Rodrigues da Silva e Ana Rodrigues da Trindade e enviuvando, c. 2ª vez, 1871, na mesma igreja, com Joaquim Bernardes Vieira, f. de João Bernardes Vieira e Ana Balduína Vieira, com pelo menos do 1º marido: (FS).

     10- 1. Emília Rafaela de Borba Silva, c. 1882, NS da Conceição, Passo Fundo, com Vicente Baptista Rodrigues, f. de João Baptista Rodrigues e Maria Vieira do Espírito Santo. (FS).

     9 - 4. Quirino ou Guerino, n. e b. 1844, NS da Conceição, Passo Fundo, RS.

     9 - 5. Ana Bela ou Anabela, b. 1844, NS da Conceição, Passo Fundo.

     9 - 6. Anacleta Francisca de Borba, c. 1864, NS da Conceição, Passo Fundo, com Thebiriçá Tobias de Oliveira (ou Fabrício Tobias de Oliveira), f. de Joaquim Bento de Oliveira e Rosa Marianna de Souza, com pelo menos: (FS).

     10 - 1. Idalina Clara de Oliveira, n. 1863, Passo Fundo, onde c. 1897, com João Francisco de Oliveira, n. 1860, Codonia (seria Colônia?), f. de Inocêncio José de Oliveira e Ana Maria Fagundes. (FS).

      10- 2. Edalina de Oliveira, n. e b. 1868, NS da Conceição, Passo Fundo. (FS).

     10- 3. Clementina Iolanda de Oliveira, n. 1869, c. 1888, NS da Conceição, Passo Fundo, com Inocêncio Vieira de Souza, n. 1865, f. de Teobaldo Vieira de Souza e Emília de Souza Duarte, com pelo menos: Sebastiana de Souza, n. 1889, b. 1790, na mesma igreja. (FS).

     10- 4. Etelvina Apolinária de Oliveira, n. 1871, Passo Fundo, onde c. 1887, NS da Conceição, com Gabriel Lemes de Oliveira, n. 1861, Palmeira, RS, f. de Antonio Lemes de Oliveira e Joana Maria dos Santos. (FS).

     10- 5. Maurílio de Oliveira, b. 1880, NS da Conceição, Passo Fundo. (FS).

     9 - 7. Jerônimo Fagundes de Borba, c. 1865, NS da Conceição, Passo Fundo, com Cezarina Baptista Barbosa, f. de Athanazio Baptista do Nascimento e Eufrásia Francisca de Borba. (FS).

     7 - 3. João Fagundes, n. por volta de 1759. (OC.303).

     7 - 4. Custódia Maria de Jesus, c. 1786, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Ignacio Mariano de Souza, f. de João Antonio de Souza e Mariana Rosa de Jesus, com pelo menos: (FS).
- Obs.: O registro não diz, mas tudo leva a crer que ele seja o viúvo do mesmo nome, casado depois, com  Rita Maria de Castilhos, c.ger. em Pretos.

     8 - 1. Maria Angélica de Souza, c. 1813, Santo Antonio, Lapa, PR, com José Álvares, n. São Carlos, f. de Antonio Álvares e Isabel Correa.

     8 - 2. Anna Maria de Jesus, c. 1819, Santo Antonio, Lapa, PR, com Pedro Gonçalves Santos, f. de José Gonçalves Santos e Maria da Conceição.

     7 - 5. Inácio Fagundes, n. por volta de 1781.

     7 - 6. Francisca Maria do Espírito Santo, c. 1798, Curitiba, com Antonio Rodrigues Chaves, f. de Manoel Preto Bueno e Luzia de Chaves de Almeida (em Pretos). (FS e SL.1.439).

                                                     Parágrafo 2º 

     2 - 2. Cap. Antonio de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1621, f. 1706, c. 1ª vez, por volta de 1655, com Isabel Borges, n. por volta de 1635, f. por volta de 1661, 2ª, por volta de 1663, com sua prima Francisca Cardoso Coutinho, n. por volta de 1643, f. cerca de 1672, provavelmente f. de Inácio Cardoso e Isabel de Azeredo Coutinho, acima e, 3ª, por volta de 1674, Rio, com sua parenta Ana da Silva (viúva de Antonio Lobo Pereira), n. cerca de 1632, f. do Cap. João Gomes da Silva e Maria de Mariz, s.ger. desta, mas teve pelo menos: (BG.60.1.44, CR.1.157, 2.281 e GS.150).
                 Da 1ª mulher 2 filhos:

     3 - 1. Cap. Cosme de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1655, Senhor do Engenho de Itapacará, c. por volta de 1677, com Águeda de Bitencourt, n. por volta de 1653, f. de Francisco de Ávila Bitencourt, n. Ilha Terceira, Açores, e Luísa de Aguiar, nm. de Nuno Fernandes de Aguiar, 1º Provedor da Fazenda Real em Angola, pais de: (CR.1.157 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 278).

     4 - 1. Antonio de Azeredo Coutinho, o Flexa, n. por volta de 1678, Cap. Mor de Santo Antonio de Sá, RJ, Senhor de Engenho em Itapacará, c. São Gonçalo , RJ, 1700, com sua prima-irmã Maria Josefa Grinalda (ou Maria Josefa Grimaldi Coutinho), acima, pais de: (CR.1.156 e NF.58).

     5 - 1. Ten. Cel. Marcos de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1703, Itaboraí, RJ, Ajudante de Infantaria, Senhor do Engenho de Tapacorá (ou Itapacará), c. 1ª vez, Rio, 1743, com Joana Francisca de Vasconcelos, n. Rio, f. de Lourenço Moreira e Francisca de Vasconcelos, 2ª, pv. 174.., com Catarina Maurícia de Lemos, f. do Cap. Manuel Antunes Ferreira e Catarina de Lemos Duque Estrada e, 3ª, pv. 175.., com Catarina Maria Isabel da Vitória, n. por volta de 1735, f. do MC. João de Abreu Pereira Sodré e Escolástica Pacheco Dormundo (ou Escolástica Ferreira Dormundo), e teve:
                 Da 1ª esposa:

     6 - 1. Francisco Xavier de Azeredo Coutinho, Cel. de Milícias, n. por volta de 1744, Itaboraí, RJ, que residia em Macacu, RJ, c. Rio, 1765, com Catarina Luísa de Azeredo, n. por volta de 1745, Itaboraí, f. do Cap. Cosme de Azeredo Coutinho e Rosa Maria de São José, abaixo. (CR.1.157).

                 Da 2ª esposa, 2 filhos:

     6 - 2. Antonio de Azeredo Coutinho, f. menor. (NF.67).

    6 - 3. Cel. Manuel Antunes de Azeredo Coutinho, senhor de engenho em Tapacorá, c. por volta de 1770, com sua prima Joaquina Custódia da Cruz Freire Duque Estrada, f. do Sarg. Mor Ambrósio Dias Raposo, n. Lisboa, e Ana Josefa da Cruz Duque Estrada, com 9 filhos: Maria Grimaldi de Azeredo Coutinho, Joaquina, Catarina, Mariana, Luiz Dias de Azeredo Coutinho, todos falecidas solteiras, e ainda: (CR.1.157, 540, NF.58 e 62).

     7 - 1. Manuel Custódio de Azeredo Coutinho.

     7 - 2. Anna Catarina de Azeredo Coutinho, Freira no Convento da Ajuda.

     7 - 3. João Manuel de Azeredo Coutinho, Major de Milícias em Tapacorá.

     7 - 4. Ambrósio José Dias de Azeredo Coutinho.

     4 - 2. Ana Tenreiro da Cunha (ou Ana Tenreiro de Azeredo, que também aparece como Ana Ferreira da Cunha, o que deve ser engano), n. por volta de 1681, f. antes de 1741, c. por volta de 1701, com o Cap. João Correia da Silva, n. por volta de 1671, pais de pelo menos 5 filhos: Antonia, b. 1704, Francisco, b. 1717, ambos no Rio, e ainda: (CR.1.157, 167 e 403/4).

     5 - 1. Cosme de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1705, Itaboraí, RJ, Senhor de Engenho, provavelmente o mesmo que c. por volta de 1735, com Rosa Maria de São José, acima, pais de pelo menos:

     6 - 1. Catarina Luísa de Azeredo, n. por volta de 1745, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1765, com Francisco Xavier de Azeredo Coutinho, Cel. de Milícias, n. por volta de 1744, Itaboraí, que residia em Macacu, RJ, acima. (CR.1.157).

     6 - 2. João Coutinho Pereira, n. por volta de 1736, Itaboraí, c. Rio, 1766, com Maria Tereza Felicidade, n. Colônia do Sacramento, 1747, f. de Dom João Burristh e Rita Joana da Trindade Botelho, pais de: (CR.1.168).

     7 - 1. Cap. Cosme Botelho de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1767, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1798, com Maria Querubina de Velasco, n. Rio, f. do Brig. Antonio Joaquim de Velasco Molina e Catarina Maria da Conceição Amorim, pais de: Antonio, b. Rio, 1807 (São José 4, 353v).

     5 - 2. Isabel de Vasconcelos Pereira, n. por volta de 1702, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1718, com Francisco Ornelas e Vasconcelos, n. por volta de 1688, NS do Calhau, Ilha da Madeira, f. de Gaspar de Vasconcelos Heredia e Maria Vicência. (CR.1.403/4).

     5 - 3. Inácio Correia da Silva, n. por volta de 1711, Itaboraí, c. Rio, 1741, com Isabel Maria de Mariz (viúva de Francisco Ferreira Travassos), f. do Ten. Cel. Diogo Rodrigues de Faria e Paula da Cunha de Mariz. (CR.1.403/4 e 2.152).

     4 - 3. Isabel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1694, f. por volta de 1718, c. por volta de 1714, com o Sarg. Mor Bernardo Soares de Proença, f. São Nicoláu de Surui, RJ, 1730, f. de Félix de Proença de Magalhães, n. por volta de 1649, São Paulo de Covilhão, Guarda, e Águeda Gomes de Parada (em Proenças), com:
- Obs.: O Sarg. Mor casou, 2ª vez, 1720, na Candelária, Rio, com Maria da Silva Salgado, f. de Manuel da Silva Salgado e Catarina Carvalho, e teria tido apenas um filho do primeiro matrimônio (o 1º abaixo), conforme artigo do genealogista Francisco Klors Werneck, gentilmente enviado pelo Sr. Joaquim dos Santos Neto, logo, os demais filhos relacionados por Rheingantz poderiam ser do 2º matrimônio, o que precisa ser melhor estudado).
- Obs.: Um Cap. Francisco de Oliveira Falcão foi testemunha do 2º matrimônio.

     5 - 1. Antonio de Proença de Azeredo Coutinho Bittencourt, b. 1715, Candelária, Rio, f. 1753, em sua fazenda de Inhomerim, RJ, cc. Luísa Antonia de Proença (testamenteira do 2º marido), c.ger. em Inhomerim, a qual enviuvando, cc. Francisco Fagundes do Amaral, n. Santo Antonio de Sá, RJ, f. com testamento em 1767, Inhomerim, RJ, filho de outro do mesmo nome e Anna Águeda Gomes de Proença (em Fagundes do Amaral). (Pesquisa gentilmente enviada pelo Sr. Joaquim dos Santos Neto).

     5 - 2. Maria de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1717, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1743, com João Cardoso Machado, n. por volta de 1713, Magé, RJ, f. antes de 1767, f. de João Cardoso Machado e Bárbara da Silveira, pais de entre outros: (CR.1.157).

     6 - 1. Maria Antonia de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1746, Surui, RJ, c. Rio, 1767, com Silvestre Gonçalves Santiago, b. Rio, 1732, f. do Cap. Antonio Gonçalves Santiago, n. Funchal, e Joana de Oliveira Pinto, n. Rio, np. de Lourenço Gonçalves e Maria Santiago, pais de entre outros:

     7 - 1. Francisca Flávia de Proença Coutinho, n. por volta de 1777, Niterói, c. Rio, 1795, com o Cel. Aureliano de Sousa e Oliveira, n. Colônia do Sacramento, 1762, f. do Quartel-Mestre Pedro de Sousa de Oliveira, n. Cabo Frio, e Luciana Álvares, pais de entre outros: (An.85, BG.63.1.11, 65.3.115, CR.1.158, 3.72 e 74).

     8 - 1. Cons. Aureliano de Sousa e Oliveira Coutinho, Visconde de Sepetiba, n. RJ, 1800, f. Niterói, 1855, Presidente das Províncias de SP e RJ, c. 1ª vez com Adelaide Guilhermina de Castro Rosa, n. Itaipu, RJ, 1800, f. Niterói, RJ, 1855, f. de Joaquim Francisco da Rosa e Rita Maria de Castro e, 2ª, Rio, 1844, com Narcisa Emília de Andrada Vandeli, n. Santa Isabel, Lisboa, 1820, f. Niterói, f. do Dr. Alexandre Antonio Vandeli e Carlota Emília de Andrada, np. do Dr. Domingos Vandeli, lente em Coimbra, e Feliciana Isabel Matilde Bon, nm. do Cons. José Bonifácio de Andrada e Silva e Narcisa Emília O`Leary, c.ger. em BG.63.1.11. (CR.3.74 e DH.162).

     5 - 3. Bernarda, b. Rio, 1723.

     5 - 4. Ana Micaela Soares da Silva, n. Rio, 1725, onde c. 1745, com Miguel Ferreira da Lapa de Santa Rita, n. por volta de 1715, Pacopaíba, RJ, f. do Cap. Estêvão Cavaleiro da Fonseca e Branca de Azeredo Pereira (ou de Azevedo Fagundes), pais de: Felipe, b. Rio, 1746. (CR.2.168 e 3.74).

     4 - 4. Maria de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1696, c. por volta de 1716, com seu primo em 3º gráu Pedro Freire Ribeiro Duque Estrada, n. Rio, b. 1672 (viúvo de Helena da Cruz e Lemos), senhor do engenho de Tapacorá, f. de Pedro Freire Ribeiro e Ana Duque Estrada, pais de: (CR.1.158, GL.6.102 e NF.55).

     5 - 1. Cap. João Freire de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1717, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1745, com Paula Isabel de Sande (ou Paula Rangel de Abreu), n. por volta de 1725, Itaboraí, f. do Mestre de Campo João de Abreu Pereira Sodré e Escolástica Pacheco Dormundo (ou Escolástica Ferreira Dormundo), pais do filho único:

     6 - 1. Ten. João Pedro Freire de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1746, senhor de engenho em Tapacorá, c. por volta de 1776, com sua prima ou sobrinha Francisca de Paula de Azevedo Lemos, f. do MC. Alexandre Álvares Duarte de Azevedo, de S.Antonio de Sá, RJ, e Helena Caetana de Lemos (ou Helena da Cruz Lemos). (CR.1.158, 2.196, NF.58, 63 e 67).

     4 - 5. Luísa de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1699, c. por volta de 1719, com João de Araujo do Amaral (que depois foi cc. Francisca da Silveira e Câmara), n. por volta de 1689, São Gonçalo, RJ, f. de Pedro Gato de Araujo e Maria do Amaral. (CR.1.158 e 2.217).

     4 - 6. Bárbara de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1701, f. solteira.

     3 - 2. Marcos de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1657 (Irajá 6,10v).

                 Da 2ª mulher 5 filhos:

     3 - 3. Ana, b. Rio, 1664 (Candelária 2, 15).

     3 - 4. Álvaro, b. Rio, 1667.

     3 - 5. Catarina de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1668, f. por volta de 1695, c. Rio, 1684, com o Cel. João Gomes (Sodré ou da Silva) Pereira (1ª esposa), n. por volta de 1649, f. antes de 1726, f. do Cel. Francisco Sodré Pereira e Catarina da Silva Sandoval, pais de: (CR.1.159, 2.450 e 3.163).

     4 - 1. João Gomes da Silva Sodré, n. por volta de 1686, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1726, com Maria de Jesus, n. por volta de 1706, Rio, f. de Antonio Pires Moreira e Margarida da Gama. (CR.1.159).

     4 - 2. Francisco, b. Rio, 1694, f. menor.

     4 - 3. Ana Sodré Pereira, cc. o Dr. Sebastião de Lucena, b. Rio, 1668, f. do Lic. Antonio de Barros e Beatriz de Lucena. (CR.2.450).

     3 - 6. Cap. Antonio de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1670, c. São Gonçalo, 1699, com Catarina de Sena, b. Rio, 1667, onde f. 1708, f. do Cap. Domingos Pereira da Silva e Andreza de Souza (em Botafogos), s.ger. (CR.1.159).

     3 - 7. Licenciado Pe. Domingos de Azeredo, n. por volta de 1672. 

                                                     Parágrafo 3º 

     2 - 3. Bernardino, b. Rio, 1625, f. menor. 

                                                     Parágrafo 4º  

     2 - 4. Isabel Tenreiro da Cunha, b. Rio, 1627, c. por volta de 1651 com o Cap. Luiz Cabral de Távora (ou Francisco Cabral de Távora), n. Rio, b. 1618, f. São Gonçalo, RJ, 1689, f. de Francisco Cabral de Távora e Maria Maldonado, pais de 12 filhos:

     3 - 1. Pe. Francisco Cabral de Távora, b. São Gonçalo, 1652, f. Rio, 1724. (CR.1.159, 277, 490, GS.152 e PP.112).

     3 - 2. Cel. Miguel Arias Maldonado, b. São Gonçalo, 1653, onde f. 1732, era solteiro, mas deixou 6 filhos: (CR.1.136).

                 Com Joana da Cruz (ou de Jesus), parda:

     4 - 1. Pe. Vital Arias Maldonado, f. por volta de 1688, clérigo de S.Pedro.

     4 - 2. Cap. João Arias Maldonado, n. por volta de 1691, São Gonçalo, onde c. 1731, com Inês da Cruz, n. por volta de 1711, nessa cidade, f. natural do Cap. José da Costa e Maria de Montserrate.

     4 - 3. Isabel Tenreiro de Azeredo, n. por volta de 1694, São Gonçalo, RJ, onde c. 1719, com o Cap. João de Almeida Teles Minaia, n. por volta de 1689, São Gonçalo, Sergipe do Conde, f. de Duarte de Almeida Teles Minaia e Margarida de Soberal, residentes na Sé, Salvador, Bahia, pais de: João, b. Rio, 1725.

                 Com Maria Arias, parda:

     4 - 4. Francisco Cabral de Távora.

     4 - 5. Maria Maldonado.

     4 - 6. Miguel Arias Maldonado. (CR.1.136).

     3 - 3. Domingos, b. São Gonçalo, 1655.

     3 - 4. Maria Maldonado, b. Rio, 1656, f. Rio, 1683, onde c. 1681, com o lic. José Antunes de Matos, n. por volta de 1651, Lisboa, f. 1742, Rio (1ª esposa), f. de Antonio Antunes (de Matos?) e Luísa de Matos, s.ger. (CR.1.101, 136 e 277).

     3 - 5. Isabel de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1659, c. por volta de 1680, com o seu primo-irmão o Cap. Inácio Mariz Rangel de Macedo de Azeredo Coutinho (1ª esposa), n. por volta de 1660, f. do Cap. Marcos de Azeredo Coutinho e Paula Rangel de Macedo, acima, s.ger. (CR.1.155, 159 e GS.152).

     3 - 6. Dr. Manuel Gomes Cabral de Távora, b. São Gonçalo, RJ, 1661, morador Icarai, c. 1ª vez, Loanda, Angola, pv. 1703, com Bárbara Ferreira, n. por volta de 1676, naquele país, f. por volta de 1713 e, 2ª, São Gonçalo, RJ, 1705/15, com Maria de Gusmão, n. por volta de 1691, nessa cidade, f. do Cap. Félix Madeira de Gusmão e Lucrécia Barreto (em Moreiras), e teve da 1ª, entre outros:

     4 - 1. Bárbara Tenreiro de Azevedo, n. por volta de 1706, Loanda, Angola, c. São Gonçalo, 1726, com Sebastião Madeira de Gusmão, n. por volta de 1694, Sto. Antonio de Sá, RJ, irmão de Maria de Gusmão, sua madrasta. (CR.1.277/8 e 2.502).

     4 - 2. Maria Arias Maldonado, n. por volta de 1710, Loanda, c. São Gonçalo, RJ, 1731, com o Dr. Domingos de Queiroz Pinto Godinho, n. por volta de 1701, Santa Maria de Torres Novas, Lisboa, f. de João da Silva de Queiroz Pinto Godinho e Francisca Clara da Cruz Rodrigues. (CR.1.136).

     3 - 7. Ana, b. Rio, 1663. (CR.1.278).

     3 - 8. Diogo de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1665, bacharel em Leis pela Universidade de Coimbra, 1693, Juiz de Fora em Aldeia Galega, Portugal, em 1696. (CR.1.278).

     3 - 9. Margarida de Távora, n. por volta de 1663, Rio, onde f. 1710, c. São Gonçalo, 1681, com Miguel Barbosa Soutomaior, n. Rio, b. 1661, f. do Cap. Francisco Barbosa Soutomaior e Ana Ribeira, nm. de Sebastião Martins e Maria Ribeiro, pais de: Miguel Barbosa, n. por volta de 1682, Luiz Cabral de Távora, n. por volta de 1685, Francisco Barbosa, n. por volta de 1688, Isabel de Azeredo, n. por volta de 1691. (CR.1.278 e 204).

     3 -10. Estêvão Gomes Cabral, b. Rio, 1670, f. 1701, onde c. 1695, com Ângela Tourinho, n. Rio, onde f. 1702, f. do Cap. Francisco Bernardes Pereira e Ângela Tourinho, s.ger.

     3 -11. Cap. Tomás Gomes Cabral de Távora, n. por volta de 1668, f. antes de 1726, c. 1ª vez, com Josefa Correia de Mariz, n. por volta de 1670, f. por volta de 1692 e, 2ª, Rio, 1694, com Maria de Melo Ferreira ou de Vasconcelos, b. Rio, 1670, f. do Cap. André Ferreira da Silva e Maria de Melo de Vasconcelos, e teve desta: (CR.1.137, 159 e 259).

    4 - 1. Ten. Diogo de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1695, São Gonçalo, c. Rio, 1725, com Juliana de Oliveira Ferreira, n. por volta de 1703, Sernambetiba, RJ, f. do Cap. Francisco da Silva Ferreira e Clara Borges de Araujo (em Botafogos), pais de: (CR.1.159 e 259).

     5 - 1. Clara, b. Rio, 1729 (Candelária 5, 71v).

     5 - 2. Isabel Tenreiro da Cunha, b. Rio, 1731, onde c. 1759, com Sebastião Gomes Pereira, n. por volta de 1729, São Gonçalo, RJ, f. do Ten. Sebastião Gomes Pereira e Bárbara de Madureira (em Regos). (CR.1.159).

     5 - 3. Ten. Antonio de Azeredo Coutinho Maldonado, b. Rio, 1732, f. antes de 1788, senhor do Engenho de Tapacorá, c. por volta de 1764, com sua parenta Isabel ou Josefa Luísa de Azeredo Coutinho, n. São Gonçalo, RJ, f. do Cap. Antonio Dias Delgado e Ana Tenreiro de Azeredo, adiante, pais de pelo menos 3 filhos: (CR.1.159 e NF.76).

     6 - 1. Ten. Antonio Dias Delgado, n. por volta de 1767, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1797, com Maria Rosa de Velasco, n. Rio, f. de Antonio Pereira Lima de Velasco e Paula Isabel ou Rangel de Azeredo, adiante, pais de: (CR.1.159/60 e 488).

     7 - 1. Antonio Dias de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1798, Rio, onde c. 1828, com sua prima Rita Carolina de Azeredo Coutinho de Souza, n. por volta de 1808, Rio, f. de Inácio Maurício de Souza e Maria Benedita de Azeredo Coutinho.

     6 - 2. Marcos de Azeredo Coutinho, n. Itaboraí, 1788.

     6 - 3. Clara Borges de Azeredo Coutinho, cc. o Major José Francisco Freire da Mata, do Regimento de Milícias de Tapacorá, RJ, f. de ... e ..., np. do Sarg. Mor Ambrósio Dias Raposo e Ana Josefa da Cruz Duque Estrada, citados no Par. 2º, acima, nm. de André Cursino de Matos e Ana Pinto da Silva ou do Rego (em Guerras). (NF.76).

     5 - 4. João de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1741, Itaboraí, RJ, c. Rio, 1771, com Maria Madalena, n. Rio, f. de Paulo Martins de Mendonça e Inês Cabral da Fonseca. (NF.76).
- Obs.: Um do mesmo nome, cc. Isabel Maria de Vasconcellos, com pelo menos: (Antigos Registros Paroquiais de Casamento do Leste Fluminense, Vol. 2, fls. 160, de Marcelo Barbio Rosa).

     6 - 1. João Baptista Coutinho, n. São João de Itaboraí, c. 1776, Santo Antonio de Sá, RJ, com Josepha Maria de Jesus, n. desta freguesia, f. de Pedro Pinheiro de Pinho e Antonia Ribeiro.

     5 - 5. Luiz Cabral Maldonado (hipótese), n. Amparo, RJ, Morador São João. (RTHG.80).

     4 - 2. Maria Coutinho de Melo (ou Maria de Melo Coutinho), n. por volta de 1698, São Gonçalo, c. Rio, 1718, com o Ten. José Ferreira Ramos, n. por volta de 1699, Rio, f. de Ambrósio Ramos Ferreira, n. Porto, e Joana de Faria, n. Rio, com: Anacleto, b. Rio, 1723, Joaquim, b. Rio, 1739, e ainda: (CR.1.160 e 440).

     5 - 1. Rita Maria do Espírito Santo, b. Rio, 1721, onde c. 1745, com o Furriel Miguel Gonçalves Leão, n. por volta de 1715, Santo Antonio de Sá de Macacu, RJ, f. de Miguel Gonçalves de Araujo e Bárbara da Costa, pais de: Miguel e Alexandre.

     3 -12. Cap. Luiz Cabral de Távora, b. Rio, 1672, f. após 1724, c. após 1710, com Ana de Proença (2º marido), n. por volta de 1680, f. 1720, Rio (irmã do Sarg. Mor Bernardo Soares de Proença, acima), f. de Félix de Proença de Magalhães, n. São Paulo de Covilhão, Guarda, e Ana Gomes de Parada, n. SantoAntonio de Sá, RJ. (CR.1.278 e 3.73). 

                                                     Parágrafo 5º 

     2 - 5. Maria Coutinho, b. Rio, 1628, onde f. 1668, c. antes de 1657, com Estêvão de Vasconcelos, n. por volta de 1610/25 e f. Rio, 1668 (já viúvo de Ana Osório e Maria de Távora), f. de Simão de Quadros e Madalena Pereira de Vasconcelos.

                                                     Parágrafo 6º 

     2 - 6. Ana Tenreiro da Cunha, b. Rio, 1630, onde c. 1658, com o Cap. Francisco Machado (viúvo), n. por volta de 1628, pais de 3 filhos: (CR.1.160, 490 e 2.478).
- Obs.: O livro "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 212, diz que os filhos dela faleceram sem geração.

     3 - 1. Leonor Machado, b. Rio, 1659. (CR.1.160, 490 e 2.478).

     3 - 2. Teresa, b. Rio, 1661.

     3 - 3. Feliciana Machado, b. Rio, 1667, onde f. 1710. 

                                                     Parágrafo 7º 

     2 - 7. Cândida Coutinho, b. Rio, 1634, f. 1663, onde c. 1658, com o Cap. Cristóvão Girão Mimoso, n. por volta de 1628, Tomar, Portugal, f. de Manuel Girão Feio e Beatriz Lopes Mimoso, pais de: (CR.1.160 e 2.235).

     3 - 1. Beatriz Coutinho (ou Brites Coutinho), n. por volta de 1659, Rio, onde f. 1673. 

                                                     Parágrafo 8º 

     2 - 8. Domingos de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1636 e f. 1708, onde c. 1667, com Maria Leite Cavalcante (Maria Leite Coelho ou Maria Leite de Campos), n. por volta de 1647, Rio, onde f. 1707, pais de:

     3 - 1. Luísa Grinalda, n. por volta de 1668. (CR.1.160 e GS.152).

     3 - 2. Cap. Manuel de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1670, talvez o mesmo que foi do Senado da Câmara, em 1732 e/ou o que c. por volta de 1715, com Isabel de Vasconcelos (viúva de Antonio Moniz Telo), n. Rio, onde f. 1717, f. do Cap. Domingos Aires de Aguirre, c.ger. em Aguirres. (Cid.RJ.137, CR.1.29 e 160).

     3 - 3. Pascoal de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1673, f. antes de 1733, c. 1ª vez, Rio, 1702, com Isabel de Menezes, n. 1682, Rio, f. antes de 1719, f. de André Velho da Fonseca Correia e Felipa de Menezes  (em Antas Moraes) e, 2ª, São Gonçalo , RJ, 1719, com Maria de Aguiar da Fonseca, n. por volta de 1699, São Gonçalo, f. de Antonio de Moura da Fonseca e Isabel de Aguiar Daltro, teve da 1ª mulher: (CR.1.161, 2.637, 3.179 e 205).

     4 - 1. Inácia de Menezes Grinalda, n. por volta de 1703, Guapimirim, RJ, e f. antes de 1735, c. Rio, 1733, com o Cap. Simão Barbosa Barreto de Menezes, n. Campo Grande, Rio, f. do Cap. Francisco Teles Barreto e Maria Barbosa Corvinel (ou Maria Barbosa de Lima), s.ger.

     3 - 4. Paulo de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1676. (CR.1.161).

     3 - 5. José de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1679, deve ser o mesmo que c. São Gonçalo, RJ, 1705, com Arcângela de Siqueira, f. do Alf. Salvador de Siqueira e Leonor Vieira.

     3 - 6. Urbana Grinalda, n. por volta de 1682, Rio, onde c. 1704, com João Soares de Miranda, n. por volta de 1674, Oeiras (NS da Purificação), Portugal, f. de João Teles de Miranda e Mariana Soares, pais de: (CR.1.161).

     4 - 1. Francisca, b. Rio, 1706 (Candelária 3, 64).

     5 - 1. Cap. João Soares Guimarães, talvez descendente, senhor de engenho em Tapacorá, RJ, cc. Maria Caetana de Lemos, f. do Cap. Manuel Antunes Ferreira e Catarina de Lemos Duque Estrada, s.ger. (NF.57). 

                                                     Parágrafo 9º 

     2 - 9. Cel. Crispim da Cunha Tenreiro, b. Rio, 1639, f. 1724, c. por volta de 1663, 1ª vez, com Bárbara de Andrade (ou Bárbara da Silva), b. Rio, 1643, f. 1697, f. de Francisco de Andrade e Inês Rodrigues e, 2ª, 1697, Rio, com Leonor Nunes de Barros, n. por volta de 1661 ou 77, Olinda, Pernambuco, f. Rio, 1702, f. do Cel. Manuel de Barros de Araujo e Antonia Nunes, s.ger. desta. (CR.1.161, 238, 490 e GS.152).

                                                     Parágrafo 10º 

     2 -10. Joana Coutinho da Cunha (ou Joana Ferreira da Cunha), n. por volta de 1641, f. Rio 1665, c. por volta de 1657, com Francisco Martins Ribeiro, n. Rio, b. 1623, f. 1699, Senhor de Engenho em Guaxindiba, f. de Sebastião Martins e Maria Ribeiro, pais de 2 filhos:

     3 - 1. Cap. Sebastião Martins Ribeiro (ou Sebastião Martins Coutinho Rangel), o velho, n. por volta de 1654, f. Rio, 1718 ou 22, senhor do engenho de Guaxindiba, RJ, que depois de viúvo ordenou-se Padre, c. por volta de 1680, com Beatriz Rangel de Macedo (ou Brites Rangel de Macedo), n. por volta de 1650/60, f. Rio, 1718, f. do Dr. Francisco da Fonseca Diniz e Isabel Rangel de Macedo, pais de 13 filhos: (BG.60.1.39, 45, CR.1.161, 2.150, 539, 3.108 e GL.6.102).

    4 - 1. Joana de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1681, c. 1697, São Gonçalo, com José Gomes Pereira, n. por volta de 1668 (viúvo de Isabel da Silva), Senhor do Engenho Taitindiba, f. de Sebastião Gomes Pereira e Maria Coutinho de Marins, c.ger. acima. (GL.6.102).

     4 - 2. Pe. Francisco Álvares Martins Coutinho Rangel, n. por volta de 1683, clérigo de São Pedro. (CR.1.162, 2.539 e BL.6.102).

     4 - 3. Isabel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1685, c. São Gonçalo, RJ, 1704, com Antonio de Sá Barbosa, s.ger.

     4 - 4. José de Azeredo Coutinho, f. 1687, ao batizar-se.

     4 - 5. Ana de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1689, São Gonçalo, RJ, c. Rio, 1709, com Antonio Cardoso Barbosa, n. por volta de 1679, São Gonçalo, Senhor de Engenho, f. de Antonio Gonçalves Castro e Cipriana Cardoso, pais de entre outros: (CR.1.162, 2.540 e 3.108).

     5 - 1. Brites Rangel de Macedo, n. São Gonçalo, c. Rio, 1765, com Antonio Rodrigues Lage, n. Rio (viúvo de Catarina da Fonseca Amaral), f. de Antonio Rodrigues Lage e Clara Pereira da Rocha. (CR.3.108).

     4 - 6. Brites Rangel de Macedo (ou Beatriz Rangel de Macedo), n. por volta de 1688/91, c. por volta de 1707, 1ª vez, com seu parente, o Cap. Antonio da Cunha Falcão (2ª esposa), n. por volta de 1670, São Barnabé, RJ, f. Rio, 1730, Senhor do Engenho de Meriti, f. de Crispim da Cunha Tenreiro e Maria Ribeiro, neto de outro Crispim da Cunha Tenreiro e Isabel de Macedo Falcão, bisneto de Crispim da Cunha, n. Évora e, 2ª, pv. 1735, com o Ten. Cel. Manuel Correia de Marins, n. por volta de 1685, Rio, onde f. 1740, residente em Meriti, f. de Manuel de Marins de Brito e Jerônima Correia Ximenes, s.ger. deste, mas teve do 1º marido, 11 filhos: (CR.1.162, 487, 2.521 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 291).

     5 - 1. Sebastião da Cunha Coutinho Rangel, n. Jacutinga, RJ, 1708, c. Campos, RJ, 1739, com Isabel Sebastiana Rosa de Moraes (ou Isabel Sebastiana Pedrosa de Moraes), b. Campos, 1720, f. do Cap. Mor Álvaro Pessanha, Governador da Capitania de Paraíba do Sul, e Ana Pedroso de Moraes ou Mariana Pedroso de Moraes (em Vaz Guedes), com 11 filhos: (CR.1.162, 487 e SL.6.300).

     6 - 1. Joaquim Velho de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1740, f. menor.

     6 - 2. Dom José Joaquim da Cunha de Azeredo Coutinho, n. Engenho Santa Cruz, de propriedade do seu pai, Campos, RJ, 1742, f. Lisboa, 1821 ou 31, Bispo de Elvas, Maranhão e Olinda. (Barsa.3.372, CR.1.162, 487 e BG.65.3.115).

     6 - 3. Sebastião da Cunha de Azeredo Coutinho, n. Rio, 1744, onde c. 1764, com sua prima Ana Tenreiro de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1745, São Gonçalo, RJ, f. de Sebastião Gomes Pereira e Bárbara de Madureira (em Regos). (BG.60.1.40, CR.1.162 e 487).

     6 - 4. Crispim da Cunha Tenreiro, n. por volta de 1747, f. menor.

    6 - 5. Brig. Domingos de Azeredo Coutinho e Melo Souza Chichorro, n. Campos, RJ, 1749 e f. Rio, 1814, c. 1ª vez, Rio, 1780, com sua prima Maria Isabel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1757, Meriti, RJ, f. 1799, f. de João Correia Lima e Isabel Luísa de Grinalda, adiante e, 2ª, Rio, 1809, com outra prima, Brites Ana de Azeredo Coutinho, e teve da 1ª mulher: (CR.1.487).

     7 - 1. Manuel da Cunha de Azeredo Coutinho Souza Chichorro, n. por volta de 1774, RJ, f. SP, 1839, c. antes de 1804, com Catarina Fortunata Ricci de Lima, de Lisboa, pais de: (CR.1.162, 487, FS e SG.186).

     8 - 1. Ten. João Maria de Souza Chichorro e Lima de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1810, Santa Izabel, Lisboa, c. 1823, Santa Efigênia, São Paulo, SP, com Carlota Leonor Bauman, de NS da Ajuda, Belém, Lisboa, f. do militar português João Jácomo de Bauman, n. Schwiz, Suissa, morador SP, 1816, e Gertrudes Leonor de Bauman, de Lisboa, s.ger. (CR.1.163, 488, FS e SG.186).

     6 - 6. Mariana, n. por volta de 1751, f. menor.

     6 - 7. Luiza Sebastiana da Cunha de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1761, Campos, RJ, c. Rio, 1781, com o Cel. Cláudio José Pereira da Silva, b. Rio, 1740, f. de José Pereira da Silva e Maria Bernarda Pacheco, pais de entre outros: José Pereira da Silva Manuel, b. Rio, 1792. (CR.2.73).

     6 - 8. Beatriz, n. por volta de 1763, f. menor.

     5 - 2. Maria Ribeira, n. por volta de 1710, freira no Convento de NS da Ajuda.  (CR.1.488).

     5 - 3. Isabel Luísa de Grinalda, n. por volta de 1712, Jacutinga, RJ, c. 1ª vez, Meriti, RJ, 1735, com Estanisláu Paes Cordeiro, n. por volta de 1705, Santos, SP, f. por volta de 1743, f. de Manuel Paes Cordeiro e Maria de Jesus e, 2ª, Meriti, RJ, 1745, com João Correia Lima, n. por volta de 1715, São Tomé de Correlhã, Braga, f. de Bento Correia e Maria Vaz, e teve:

                 Do 1º marido: Arcângela, b. Rio, 1740.

                 Do 2º marido, 4 filhos: Miguel, n. Rio, 1746, Brites, b. Rio, 1748. (CR.1.488), e ainda:

     6 - 1. Paula Rangel de Macedo (ou Paula Isabel de Macedo), n. por volta de 1751, Meriti, RJ, c. Rio, 1773, com Antonio Pereira Lima de Velasco, n. Rio, f. do Sarg. Mor Gregório Pereira Lima e Maria Rosa de Velasco, pais de pelo menos: (CR.1.488).

     7 - 1. Maria Rosa de Velasco, n. Rio, onde c. 1797, com o Ten. Antonio Dias Delgado, n. por volta de 1767, Itaboraí, RJ, f. do Ten. Antonio de Azeredo Coutinho Maldonado e Josefa ou Isabel Luísa de Azeredo Coutinho, c.ger. no Par. 4º, 3-3, 4-1, 5-3, 6-1, acima. (CR.1.159/60, 488 e NF.76).

     6 - 2. Maria Isabel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1756, Meriti, RJ, f. Rio, 1779, onde c. 1780, com seu primo-irmão o Brig. Domingos de Azeredo Coutinho e Melo Souza Chichorro (1ª esposa), c.ger. acima. (CR.1.163 e 487/8).

     5 - 4. Antonia, b. Rio, 1714, vivia em 1730.

     5 - 5. Antonio da Cunha Falcão, n. por volta de 1715, Meriti, RJ, c. Rio, 1746, com Brites Feliciana de Macedo Freire, n. Guaratiba, Rio, f. do Cap. Francisco Paes Ferreira (ou Francisco Paes Barbosa) e Brites de Sá Soutomaior Freire (estes já citados acima). (CR.1.489).

     5 - 6. Crispim da Cunha Tenreiro, b. Rio, 1716.

     5 - 7. Paula Rangel de Macedo, b. Rio, 1718, freira do Convento de NS da Ajuda.

     5 - 8. Francisco Martins Tenreiro, b. Rio, 1720.

     5 - 9. Brites Ana de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1716, Jacutinga, RJ, c. Rio, 1740, com o Ten. José de Souza de Andrade, b. Rio, 1717, f. do Aj. Manuel de Souza de Andrade e Josefa de Azevedo, pais de 6 filhos: (CR.1.489).

     6 - 1. Ana, b. Rio, 1741, f. menor (Candelária 6, 82).

     6 - 2. Miguel, n. Rio, 1743 (Candelária 6, 120).

     6 - 3. Emerenciana, n. Rio, 1745 (Candelária 6, 163v).

    6 - 4. Ana Catarina Rangel de Azeredo, n. Rio, 1746, onde c. 1762, com Antonio Ribeiro Neves de Magalhães, n. por volta de 1732, São João da Ponte, Guimarães, Braga, f. de Francisco Ribeiro e Maria Francisca.

     6 - 5. Francisco, n. Rio, 1747, talvez o mesmo Francisco Martins Tenreiro, cc. Ana Maria D'Ascensão, b. Candelária, Rio, com:

     7 - 1. Alf. José Antonio de Azeredo Coutinho, c. Guaratiba, 1795/7, com sua prima Bárbara Luíza Perpétua Rangel, b. 1757, f. do Dr. Miguel Rangel de Sousa Coutinho e Helena da Cruz Freire de Lemos (ou Helena da Cruz Freire Duque Estrada), c.ger. em Figueiras de Braga. (CR.3.101, GL.6.105, GS.484 e NF.58).

     6 - 6. Josefa Francisca de Azevedo, n. por volta de 1749, Meriti, RJ, c. Rio, 1767, com Francisco José Patrício, n. Rio, b. 1736, f. de José Patrício e Ana Maria da Encarnação.

     5 -10. Luísa Sebastiana de Azeredo Coutinho (ou Luiza Josefa de Grinalda), n. por volta de 1725, Meriti, RJ, c. Rio, 1745, com o Aj. Manuel de Souza e Andrade (viúvo de Josefa de Azevedo), n. por volta de 1684, São Miguel de Juncal, Porto de Mós, Portugal, f. de Pedro Gonçalves de Andrade e Luísa de Freitas, com: Engrácia, Antonia, Ana e: (CR.1.163 e 489).

     6 - 1. Francisca Josefa de Azeredo Coutinho, n. Rio, 1749, f. 1783, de parto, teve com o MC. Bartolomeu José Vahia (antes dos 2 casamentos deste, descritos acima), n. Rio, b. 1737 e f. 1801, f. do Ten. Gal. Luiz Vahia Teixeira de Miranda e Rosa Maria de Vasconcelos, 3 filhos: (CR.1.164 e 490).

     7 - 1. Rosa Maria de Vasconcelos Vahia, n. 1777, f. 1839, c. por volta de 1800, com o Cel. Francisco Xavier dos Santos, c.ger.

     7 - 2. Inácia de Vasconcelos Vahia, n. 1779, f. 1810, c. por volta de 1799, com o Cap. José Alves Moreira, c.ger.

     7 - 3. Bento Antonio Vahia, Conde de Sarapui, n. 1780 e f. 1843, c. Rio, 1809, com sua prima Rita Clara de Araujo, n. 1790 e f. 1867, f. de José Caetano de Araujo Vieira e Ana Joaquina da Mota Leite, pais de: Ana de Araujo Vahia, n. e f. 1810, e ainda: (CR.1.164).

     8 - 1. Cecília Rosa de Araujo Vahia, n. 1820, Meriti, RJ, f. 1846, Rio, onde c. 1838, Engenho Velho (em casa do pai da noiva), com Pedro Caldeira Brant, Conde de Iguaçu, n. 1814, "São Pedro Velho?", Salvador, BA, f. 1888, Rio, f. do Marquês de Barbacena, Felisberto Caldeira Brant Pontes e Ana Constança Guilhermina de Castro Cardoso, com filho único: Felisberto Caldeira Brant, n. e b. 1839, Glória, Rio, f. 1884, Rio, solteiro. (CR.1.164).

     5 -11. Manuel, n. por volta de 1727, f. menor. (CR.1.490).

     4 - 7. José de Azeredo Coutinho e Macedo (ou José de Azeredo Coutinho e Melo), n. por volta de 1693, São Gonçalo, RJ, onde c. 1728, com sua prima Inácia de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1709, f. 1729, de parto, f. do Cap. José Barreto de Faria e Paula Rangel de Macedo, c.ger. em Regos. (BG.60.1.39 e CR.1.164).

     4 - 8. Sebastião Martins Coutinho Rangel, Senhor de Engenho e Capitão da Companhia de Nobreza, n. por volta de 1695, São Gonçalo, RJ, onde c. 1728, com sua parenta, Isabel de Mariz Barreto (Izabel de Azeredo Coutinho, ou Isabel Marins Barreto de Faria), n. por volta de 1708, São Gonçalo, irmã de Inácia de Azeredo Coutinho, do 4-7, c.ger. acima.

     4 - 9. Maria Joana de Marins Coutinho, n. por volta de 1700, São Gonçalo, RJ, c. 1723, com o Ten. Luiz Barbosa de Sá, n. Rio, b. 1681 (viúvo de Maria Correia da Silva), f. de João Barbosa de Sá Soutomaior e Joana de Soberal Freire, c.ger. em Antas Moraes. (CR.1.165, 202 e 3.108).

     4 -10. Micaela Isabel Francisca de Macedo (ou Micaela Coutinho de Azeredo), n. por volta de 1699, São Gonçalo, c. Rio, 1725, com Miguel Monteiro Barbosa, b. Rio, 1699, f. de Antonio Monteiro Bravo e Joana Coutinho, c.ger. que não descobrimos. (GL.6.103)

     4 -11. Luísa Josefa Grinalda (ou Luísa Josefa Grimaldi Coutinho), n. por volta de 1701, São Barnabé, RJ, c. Rio, 1725, com o Mestre de Campo Antonio Dias Delgado, n. por volta de 1686, Cezimbra, Lisboa (viúvo de Bárbara de Matos Louzada), f. de Belchior Vaz de Oliveira e Catarina Mendes, pais de: Maria Josefa Grinalda, n. por volta de 1728, Isabel Micaela, n. por volta de 1730, Catarina, n. por volta de 1740, religiosas do Convento de Marvila, em Portugal, Belchior de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1732, José de Azeredo Coutinho e Melo, b. Rio, 1734, Catarina, n. por volta de 1736, f. menor, e ainda: ("Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 287).

     5 - 1. Francisco Martins Delgado Coutinho (ou Francisco Martins Delgado Rangel), b. Rio, 1726, Senhor de Engenho em Guaxindiba, c. por volta de 1760, com Catarina Josefa de Oliveira, f. de Manuel da Costa Homem e Isabel da Guarda e Souza (em Botafogos), pais de: (CR.1.165, 239, GL.6.103 e NF.65).

     6 - 1. Brites Rangel de Macedo, n. por volta de 1757, São Gonçalo, c. por volta de 1780, 1ª vez, com Carlos José Carr de Bustamante e, 2ª, Rio, 1791, com Sebastião de Andrade Carvalho, n. por volta de 1761, Rio, onde f. 1816, f. de Paulo de Araujo Pereira e Ana Maria de Andrade. (CR.1.165/6).

     6 - 2. Antonio Dias Delgado Coutinho, cc. Joana Micaela de Lemos Ferreira, f. de Mestre de Campo Miguel Antunes Ferreira e Teresa Francisca da Cruz Freire Duque Estrada. (NF.65).

     5 - 2. Cap. Antonio Dias Delgado, n. por volta de 1738, cc. Ana Tenreiro de Azeredo, com pelo menos: (CR.1.166 e NF.76).

     6 - 1. Isabel ou Josefa Luísa de Azeredo Coutinho, c. por volta de 1764, com seu parente o Ten. Antonio de Azeredo Coutinho Maldonado, senhor de engenho em Tapacorá, RJ, c.ger. acima.

     4 -12. Frei Boaventura do Monte Carmelo, n. por volta de 1703, religioso descalço.

     4 -13. Frei João de Mariz, n. por volta de 1705, franciscano.

     4 -14. Antonia Sebastiana de Macedo, n. por volta de 1707, São Gonçalo, f. após 1750, c. 1ª vez Rio, 1726, com Sebastião Fagundes Varela (ou Sebastião Pedro Fagundes Varela), b. Rio, 1678, f. por volta de 1729 (teve em MG, ainda solteiro, 3 filhos naturais com Clara dos Anjos, n. RJ, dos quais descende o famoso poeta Fagundes Varela, que está em CR.2.8), f. de Pedro Álvares Fagundes e Jerônima da Costa de Oliveira (em Botafogos), s.ger. deste e, 2ª, Rio, 1731, com o Dr. Eusébio Álvares Ribeiro, n. por volta de 1701, Inhomirim, RJ, f. do Cap. Lourenço Álvares Resende e Helena da Cruz, com: Helena, Genoveva, Inácia e: (BG.60.1.39, CR.1.76 e 166).

     5 - 1. Ana Tenreiro da Cunha (ou Ana Tenreiro de Macedo), b. Rio, 1741, onde c. 1ª vez, 1754, com seu primo José de Azeredo Coutinho e Melo, n. por volta de 1729, Rio, f. por volta de 1763, f. de José  de Azeredo Coutinho e Macedo e Inácia de Azeredo Coutinho, do 4-7, acima, c.ger. que não descobrimos e, 2ª, Rio, 1765, com outro primo, o Alf. José Barreto de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1735, São Gonçalo, RJ, f. de Sebastião Gomes Pereira e Bárbara de Madureira, acima. (CR.1.166 e GL.6.103).

     3 - 2. Frei Miguel de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1660, de NS do Carmo (Carmelita Calçado). 

                                                     Parágrafo 11º 

     2 -11. Helena de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1643, c. por volta de 1666, com Antonio Pimenta de Carvalho (ou Antonio Pimenta Tello), n. por volta de 1646, Rio, f. 1699, f. do Cap. João Pimenta de Carvalho e Maria Machado, pais de pelo menos: Maria e Cândida, "que faleceram sem estado", e ainda: (CR.1.166, 326, 2.118 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 212).

     3 - 1. Clara Pimenta ou Clara de Azeredo Coutinho, n. Rio, onde c. 1684, com João de Castilho Pinto (ou João de Castro Pinto), b. Rio, 1654, f. de Domingos Machado Homem e Catarina Pinto de Castilho. (CR.1.326, 2.490 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 212).

                                                     Parágrafo 12º 

     2 -12. Sebastião de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1616, f. Rio, 1655, c. por volta de 1647, com Helena de Souza Ebanos, b. Rio, 1629, f. do Cap. Heleodoro Ebanos Pereira e Maria de Sousa Brito (em Botafogos), com 5 ou 6 filhos: (BG.60.1.57, CR.1.170, 550 e DB.296).

     3 - 1. Leador Ebanos, b. Rio, 1649, que foi para a Terra Nova (Colônia do Sacramento, Uruguai) e, quando da tomada da praca pelos castelhanos, foi levado prisioneiro para Buenos Aires, juntamente com o Governador Manuel Lobo.

     3 - 2. Ana de Azeredo, n. por volta de 1646, Rio, onde c. 1666, com o Cap. de Cavalos Manoel de Azedias Valadão, b. RJ, 1640, onde f. 1710, f. de Gaspar de Azedias Machado e Inês de Albernaz Veiga, pais de: (BG.60.1.57, 59, CR.1.141 e 170).

     4 - 1. Gaspar de Azedias, b. Rio, 1670, f.solt. (Irajá, 6.26).

     4 - 2. Cap. Miguel de Azedias, b. Rio, 1672 (de cujo assassinato, em MG, participou Francisco do Amaral Coutinho), foi cc..., com entre outros: Helena Maria de Santana, n. por volta de 1702, viva em 1710. (CR.1.141 e  DB.133).

     3 - 3. Domingos, b. Rio, 1652. (Sé, 3.107).

     3 - 4. Domingos, b. Rio, 1653. (Candelária, 1.105v).

     3 - 5. João de Souza, n. por volta de 1656, f. solt. (CR.1.170).

     3 - 6. .... de Azeredo Coutinho (hipótese), cc...., com:

     4 - 1. Inácio de Azeredo Coutinho, um dos primeiros habitantes de NS do Pilar de Iguaçu, RJ, n. por volta de 1666, c. por volta de 1696, com Helena Marques da Cruz, n. por volta de 1676, pais de 6 filhos: (CR.1.170, 465, 2.135, GL.1.65 e GS.153).

     5 - 1. Pedro Marques Correia, n. por volta de 1700, Pilar do Iguaçu, RJ, onde c. 1ª vez, 1730, com Úrsula Jaques de Jesus, n. da Ilha do Governador, f. de Bartolomeu Fernandes e Maria de Oliveira e, 2ª, Rio, 1755, com Rosa Maria do Amaral, n. Inhaúma, Rio, b. 1742, f. de Nicoláu Rodrigues dos Ouros (ou Nicoláu Rodrigues do Zouro) e Ana Maria do Amaral, e teve: (CR.1.462, 465 e GL.1.67).
                 Da 1ª mulher 4 filhos (Inácia, José, Ana e):

     6 - 1. Benta de Oliveira, b. 1732, c. 1747, com Simão Vieira Machado, b. Irajá, f. de Inácio Vieira Machado e Isabel da Silva Pinheiro. (GL.1.69).

                 Da 2ª mulher 2 filhos:  Manuel e Ana. (CR.1.170).

     5 - 2. Ana, b. Pilar do Iguaçu, 1715. (GL.1.65).

     5 - 3. Isabel Rodrigues de Jesus, n. por volta de 1711, Pilar, RJ, onde c. 1731, com Cosme de Lima de Aguiar, n. Vila do Conde, Braga, f. de Bartolomeu de Lima e Maria de Aguiar, pais de: Ana, b. 1731. (GL.1.68).

     5 - 4. Sebastião de Azeredo Coutinho, n. NS do Pilar de Iguaçu, b. Rio, 1696, onde c. 1ª vez, 1723, com Lourença de Barcelos, n. por volta de 1700, Jacutinga, RJ, f. por volta de 1730, f. de Gaspar Simões e Antonia Pimenta, 2ª, 1735, Pilar do Iguaçu, RJ, com Antonia dos Reis, n. por volta de 1715, nessa localidade, f. por volta de 1754, f. de João Rodrigues de Alvarenga e Maria Ribeiro e, 3ª, 1756, Pilar do Iguaçu, com Ana Maria dos Santos, n. 1756, f. de Antonio Nunes Moraes e Maria Marins, teve: (CR.1.168, 3.149, GL.1.68/70 e GS.153/4).
                Da 1ª mulher, pelo menos 2 filhos:

     6 - 1. Francisca Rosa da Cruz, b. Rio, 1725, c. 1743, com Pedro Martins Esteves, b. Candelária, f. de José Martins Esteves e Teresa de Jesus. (GL.1.69).

     6 - 2. Maria do Pilar, c. 1748, com Luiz Ferreira Salgado, b. Santos Velhos, Lisboa, f. de Nicoláu Ferreira Salgado e Teresa Maria dos Santos. (GL.1.69).

                Da 2ª mulher, 9 filhos: Helena, n. 1744, Clemência, n. 1745, Fabiano, n. 1749, Francisco, n. 1751, Úrsula, n. 1752, todos no Pilar, e ainda:

     6 - 3. Inácio de Azeredo Coutinho, n. 1736, Pilar do Iguaçu, onde c. 1753, com Clara Maria das Neves, n. Parati, f. de Miguel Ribeiro Coutinho e Antonia de Sousa, com: Clemência, n. Pilar, 1755. (GL.1.70 e GS.153).

     6 - 4. Ana Maria de Azeredo Coutinho, n. Pilar, 1738, c. Rio, 1759, com Francisco Fernandes Xavier, n. Funchal, f. de João Fernandes Barros (ou João Fernandes Barco) e Clara de Santo Antonio. (GL.1.70/1 e GS.153).

     6 - 5. Manuel da Paixão de Azeredo Coutinho, n. 1740, Pilar, onde c. 1757, com Ana Maria de Jesus, n. Inhomirim, f. de Joaquim de Barros e Maria Cavalcante. (GL.1.70 e GS.154).

     6 - 6. Maria Rodrigues da Conceição, n. 1742, Pilar, onde c. 1760, com Manuel dos Santos, n. Bagunte, Braga, f. de Santos da Costa e Maria Francisca (GL.1.71).

     5 - 5. Joana Marques, n. por volta de 1717, Pilar do Iguaçu, onde c. 1737, com Manuel Teixeira de Sousa, b. Sta. Cristina de Figueira, f. de Manuel Teixeira e Maria de Sousa.

     5 - 6. Inácia ou Inácio, n. Pilar do Iguaçu, b. 1724.

     4 - 2. Bárbara de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1677, b. Jacutinga, c. 1697, Rio, com Luiz da Fonseca, n. por volta de 1667, nessa cidade, f. antes de 1723, f. de ... Ferreira e Isabel da Fonseca (?), pais de: (CR.2.135 e GL.1.67).

     5 - 1. José de Azeredo Coutinho, b. Jacutinga, c. 1729, com Luiza Lopes dos Santos, f. de João Lopes do Lago e Maria dos Santos, pais de: Geraldo, b. 1739, e Manuel, b. 1741.

     5 - 2. Antonia da Fonseca Ramos, n. por volta de 1703, Jacutinga, RJ, c. Rio, 1723, com José  Francisco Pereira, n. São Julião, Lisboa, f. de Sebastião Pereira e Mariana da Silva. (CR.2.135). 

                                                     CAPÍTULO 7º 

     1 - 7. Cap. Antonio de Azeredo Coutinho e Melo, n. por volta de 1598, ES, f. Rio, 1674, onde vivia pelos anos de 1645 quando organizou uma expedição para tentar reencontrar a Serra das Esmeraldas, cc. sua parenta Maria Espínola e, também, pv. 1640, com Maria de Galegos (ou Paula de Galegos), b. 1619, f. 1677, Rio, f. de Jorge de Souza Coutinho e Maria de Galegos, e teve pelo menos: (CR.1.167 e DB.247).

                Da 2ª mulher 3 filhos: 

                                                     Parágrafo 1º 

     2 - 1. Cap. João de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1644, f.solt., morava no RJ em 1683. (B.40 e CR.1.167).
- Obs.: Um deste nome, juiz ordinário em Taubaté em 1661, cc. Inês Monteiro de Alvarenga (em Proenças), n. por volta de 1640 (casal não encontrado em SL), f. de Salvador Pires de Medeiros e sm. Anna de Proença, com pelo menos: (AS.8.151, 10.169 e SL.2.132).

     3 - 1. João de Azeredo Coutinho (e não João de Azevedo, como está em SL), n. 1659, cc. Maria Bicudo Moreira,  f. do  Cap. Manuel Rodrigues Moreira, juiz ordinário em 1701, e sm. Maria Bicudo (em Moreiras Castilhos), c.ger. em SL.5.444, onde não constou: (AS.10.169 e 14.204).

     4 - 1. Maria Bicudo Moreira, b. 1691, Taubaté, c. antes de 1717, com Fernando de Góes da Costa, n. 1664, talvez o do mesmo nome f. do Cap. Domingos Gomes da Costa e Inês Gonçalves, com pelo menos: (AS.10.169 e 14.204).

     5 - 1. Clara Bicudo Moreira, c. 1738, com Antonio do Prado da Costa (viúvo de Margarida Bicudo Correia), f. do Cap. Antonio do Prado Martins e Maria Colaço da Costa, c.ger. (AS.14.203/4).

                                                     Parágrafo 2º 

     2 - 2. Paula de Galegos, b. Rio, 1643, onde c. por volta de 1660 com João Álvares Pereira, filho, b. Rio, 1635, f. 1709, f. de João Álvares Pereira e Isabel de Montarroio (vide uma irmã acima, e outra em Regos), com 2 filhos: (CR.1.73 e 167).

     3 - 1. Isabel de Azeredo Coutinho, b. Rio, 1661, onde c. 1689, com seu primo em 3º grau Luiz de Souza Coutinho, n. por volta de 1659, Rio, f. de Jorge de Souza Coutinho e Isabel..., com 2 filhos:

     4 - 1. Paula, b. Rio, 1692 (Candelária 1, 86).

     4 - 2. Maria de Souza Coutinho, n. por volta de 1705, Rio, onde c. 1725, com o Dr. José de Faria Magalhães (Malio de Bivar), n. por volta de 1695, São Pedro de Porto de Mós, Leiria, f. de Pedro de Faria de Magalhães e Ana Maria da Fonseca, "c.ger. em Souza, de Primeiras Famílias do RJ" (Não encontramos). (CR.1.167).

     3 - 2. Antonio de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1663. (CR.1.167). 

                                                     Parágrafo 3º 

     2 - 3. Ana, b. Rio, 1648 (Candelária 1, 86). (CR.1.167). 

                                                     CAPÍTULO 8º 

     1 - 8. Maria Coutinho. 

                                                     CAPÍTULO 9º 

     1 - 9. Bárbara Coutinho, n. Capitania do Espírito Santo, c. antes de 1613, com o Cap. Jerônimo de Souza de Brito, n. por volta de 1586, que em 1616 obteve terras na atual Praia de Botafogo (1ª esposa), f. de João de Souza Pereira Botafogo, Cap. Mor Governador da Capitania de São Vicente em 1595, e Maria da Luz Escórcio Drummond, c.ger. em Botafogos. (B.72, BG.60.1.45, CP.458 e colaboração da genealogista Denise Maria Gândara Alves, que muito agradecemos). 

                                                     CAPÍTULO 10º 

     1 -10. Jerônimo Álvares de Azeredo (hipótese), não relacionado como filho por Carlos Rheingantz, f. deste ou de outro casamento ou, ainda, de outro Marcos de Azeredo, n. por volta de 1589, c. Rio, 1619, com Isabel de Távora, n. por volta de 1600, f. de Belchior Homem Sodré, de Santarém, e Felipa Henriques de Távora, pais de: (CR.1.60 e 2.357).

                                                     Parágrafo 1º 

     2 - 1. Felipa, b. Rio, 1621. (CR.1.60). 

                                                     Parágrafo 2º 

     2 - 2. Mariana de Távora (hipótese), n. por volta de 1625, c. por volta de 1645, com Antonio Riscado, n. por volta de 1615, f. antes de 1691, pais de:
           - Obs.: Vide outros "Riscado" em Oliveiras Gagos.

     3 - 1. Belchior Homem de Azeredo (ou Belchior Homem Riscado), n. por volta de 1646, Rio, onde c. 1ª vez, 1676, com sua prima Lázara de Mendonça, n. por volta de 1656, Vitória, ES, f. Rio, 1690, f. de Miguel de Mendonça e Bárbara da Rocha e, 2ª, Rio, 1691, com Paula Cabral de Souza, n. por volta de 1671, f. de Domingos Cabral de Souza e Úrsula Mendes, teve: (CR.2.357 e 3.121).
                 Da 1ª mulher:

     4 - 1. Miguel de Mendonça de Azeredo, n. por volta de 1677, Rio, c. por volta de 1703, 1ª vez, com Maria Barbosa de Lima, n. por volta de 1693, f. antes de 1725 (em Barbosas de Lima) e, 2ª, 1730, Rio, com Joana Correia da Silva, teve da 1ª:

     5 - 1. Belchior Homem de Azeredo, n. por volta de 1704, Rio, onde cc. Teresa de Menezes, n. por volta de 1705, NS da Guia, RJ, f. de Bartolomeu Cabral de Menezes e Jacinta Dias. (CR.3.121/2).

     5 - 2. Feliciana Maria, n. por volta de 1707, Guaratiba, Rio, onde c. 1730, com Manuel Correia Cabral, n. por volta de 1710, Ilha do Governador, Rio, f. de Simão Correia Cabral e Teresa de Menezes.

                 Da 2ª mulher, 5 filhos: Félix, b. 1701, Isabel, b. 1704, Ana, b. 1706, todos no Rio, e ainda:

     4 - 2. Agostinho de Souza Cabral, n. por volta de 1692, Rio, onde c. 1721, com Juliana Fagundes Dorneles, n. por volta de 1701, NS do Pilar de Morobaí, RJ, f. de Manuel Moreira e Catarina da Gama, pais de: (CR.3.122).

     5 - 1. Catarina da Gama Araujo, n. por volta de 1722, Campo Grande, Rio, c. por volta de 1745, com João Pereira de Sá.

     5 - 2. Maria, n. por volta de 1732, f. Rio, 1733.

     5 - 3. Agostinho de Souza Cabral, n. por volta de 1733, Rio, onde c. 1790, com Ana Jovina de Sá.

     4 - 3. Maria Cabral, n. por volta de 1715, Rio, onde c. 1735, com Antonio Pimenta Nunes. (CR.3.122).

     3 - 2. Isabel, b. Rio, 1650, poderia ser a mesma Isabel de Távora, f. Rio, 1703/5, c. por volta de 1678, com Antonio de Abreu Seixas, n. por volta de 1648, f. Rio, 1716, c.ger. em CR.1.15.

     3 - 3. Catarina, b. Rio, 1657.

                                                     CAPÍTULO 11º 

     1 -11. Joana Coutinho (hipótese), moradora Rio, cc. Manuel de Aguiar Padrão, com pelo menos: (CR.1.11 e 2.133). 

                                                     Parágrafo 1º 

     2 - 1. Maria Coutinho, n. por volta de 1612, c. 1ª vez pv. 1632, com João da Fonseca, n. por volta de 1602, f. antes de 1642 e, 2ª, com o Cap. Bartolomeu Darez de Lucena, fazendeiro no Rio, e teve pelo menos: (B.40, CR.1.223 e 2.133).
                 Do 1º marido:

     3 - 1. João da Fonseca Coutinho, b. Rio, 1633, onde f. 1700, c. 1657, com Nascença de Lucena Montarroio (mais tarde Isabel Barreto ou Barreiros), n. por volta de 1647, f. de Sebastião de Lucena Montarroio e Isabel Barreto, c.ger. em Moreiras.

     3 - 2. Branca Coutinho, b. Rio, 1636, f. 1711, onde c. 1652, com o Cap. Tomé de Souza Antunes, n. por volta de 1622, NS do Amparo, Lisboa, f. Rio, 1699, f. de Lourenço João de Souza e Domingas Marques Antunes, "c.ger. em Souza, de Primeiras Famílias do RJ" (não está lá). (CR.2.134).

     3 - 3. Salvador, b. Rio, 1637. (CR.2.134). 

                                                     Parágrafo 2º 

     2 - 2. Margarida Coutinho, c. Rio, 1649 (por procuração passada ao Cap. Bartolomeu Dares), com Manoel de Abreu, n. por volta de 1619, f. de Antonio de Abreu e Ângela de Unhate, da Ilha de São Sebastião, SP, com: (CR.1.11).

     3 - 1. Antonio de Aguiar, n. por volta de 1650, f. Jacarepaguá, 1686. 

                                                     ENCAIXAR: 

    3 -  . Francisco Paes de Azevedo Coutinho (ou Francisco Paes Azeredo Coutinho), cc. Juliana Coutinho, pais de pelo menos: (CR.1.169, 450 e 3.140).

    4 -  1. José de Azeredo Coutinho, n. por volta de 1683, Meriti, RJ, c. Campo Grande, Rio, 1713, com Ana Barbosa, n. da mesma localidade, f. de Francisco Paes Barbosa e Valéria Pereira da Rosa, pais de 3 filhos. (CR.1.169/70).

    4 -  2. Salvador Paes de Azeredo, c. 1ª vez com Rosa de Jesus e, 2ª, Rio, 1721, com Antonia da Costa Moreira (2º marido), b. Rio, 1674, f. de Francisco Moreira da Costa ou da Costa Moreira e Maria Jordão da Silva. (CR.1.450).

    4 -  3. Francisco Paes de Azevedo, n. por volta de 1669, Rio, onde c. 1699, com Bárbara de Abreu, n. por volta de 1679, Rio, f. de Antonio dos Santos e Isabel da Fonseca, c.ger. em CR.3.140.

                                                        - o -

    5 -  . Francisca de Azeredo Coutinho, cc. Urbano Antonio Rangel, com pelo menos: (CR.3.105).

    6 - 1. Cap. João Martins de Amorim, n. Itambi, RJ, f. 1823, c. 1812 (São José), com Maria Teresa Rangel, n. Rio, 1795 (São José), onde f. 1838, f. de Modesto Rangel Silva e Maria Teresa do Monte Carmelo, c.ger. em Aguirres.

                                                          RAMO DE DIAMANTINA

    5 - . Inácio Eusébio de Azeredo Coutinho (5º neto de Marcos de Azeredo e Maria Coutinho de Melo, acima), n. por volta de 1755, c. 1787, com Ana da Costa Trindade, pais de pelo menos: (DFB).
- Obs.: Este ramo foi gentilmente enviado pela sua autora, a Sra. Yara Lúcia Coutinho Costa Nunes.

    6 - 1. José Joaquim Coutinho, cc. Feliciana Policiana Martiniana de Paula, pais de pelo menos:

    7 - 1. José Joaquim Coutinho Júnior, cc. Francisca Clara Felicidade de Jesus, pais de pelo menos:

    8 - 1. José Egydio Coutinho, n. 1846, cc. Maria Júlia de Aguilar, n. 1856, pais de pelo menos:

    9 - 1. Júlio Maria de Aguilar Coutinho, n. 1888, cc. Maria José de Almeida Mourão Coutinho, n. 1895, pais de pelo menos:

    10- 1. Edelweiss Coutinho Costa, n. 1917, Sêrro, MG, cc. Irineu Brandão Costa, n. 1912, Diamantina, MG, pais de pelo menos:

    11- 1. Yara Lúcia Coutinho Costa Nunes, cc. César Augusto Nunes.

 

                                                    VASCO FERNANDES COUTINHO 

              Como sabemos, o nosso Título começa com Marcos de Azeredo, o velho, como começava Pedro Taques, mas recebemos do genealogista, Prof. João Luiz de Araujo Ribeiro, um estudo, publicado na Revista do IHGES, nº 56, de 2002, que pode ajudar quanto aos primórdios da família Coutinho no Espírito Santo, por contar com nomes e detalhes que ainda não estão bem divulgados no Brasil:

                                Alguns aspectos da descendência de Vasco Fernandes Coutinho

                                                                                                                  Autor: Paulo Stuck Moraes


De Vasco Fernandes Coutinho muito pouco se sabe. Sabe-se, por exemplo, que recebeu em doação, a 01.VI.1534, 50 léguas na costa do Brasil e que aqui chegou a 23.V.1535. Já de sua esposa, concubinas e descendência, o pouco que se sabe permanece envolto nas brumas misteriosas do tempo.
Felgueiras Gayo (1750-1831)[1], cita sua ascendência, seu casamento e sua descendência legítima e apenas um bastardo (Vasco Fernandes Coutinho), sem, no entanto indicar quem seria a mãe.
Consta do testamento desse segundo Vasco[2], datado de 05.VIII.1588, o nome de Ana Vaz, como sendo sua mãe, para a qual destina uma tença, após sua morte. Salvador[3] confirma esse nome, acrescentando “de Almada” ao mesmo, além de lhe atribuir mais uma filha (a seguir, veremos que não se confirma essa hipótese), Maria de Melo Coutinho, que viria a ser esposa de Marcos de Azeredo.
Essa pequena introdução vem apenas recordar o que a historiografia capixaba sabe a respeito, uma vez que pesquisas genealógicas realizadas nos últimos anos, apesar de não ser em terras capixabas, vem lançar novas luzes sobre a descendência do primeiro donatário da capitania do Espírito Santo.

A Genealogia é uma das ciências auxiliares da História. Quando levada a sério, sem o intuito de, simplesmente encontrar um ancestral nobre, pode revelar dados históricos antes não percebidos, que, às vezes, podem tornar-se surpreendentes.
Um estudo sobre a Genealogia de um dos próceres argentinos, levado a público em 1995, por González Bonorino[4], membro do Instituto Argentino de Ciências Genealógicas, nos remete ao Espírito Santo, ao observarmos o contrato de casamento acertado a 07.V.1590[5], em La Plata, entre Juana Holguin de Ulloa (neta de um dos conquistadores do Alto Peru (Bolívia) Pedro Alvarez Holguin e Beatriz Tupac Yupangui, princesa inca, sobrinho de Atahualpa, décimo terceiro Inca[6]) e João de Melo Coutinho.

João de Melo Coutinho nasceu em Vitória, entre 1565 e 1570, e seria filho de Catarina de Melo e Manoel Fernandes, e neto materno de Vasco Fernandes Coutinho e Ana Vaz Almada.
Seria, também, irmão de Maria de Melo Coutinho, acima citada, casada com Marcos de Azeredo (esse consórcio originou os Azeredo Coutinho, com descendência até nossos dias).
Segundo González Bonorino, João de Melo Coutinho teria acompanhado sua tia Yamar (Guiomar ?) de Melo (outra filha de Vasco Fernandes Coutinho e Ana Vaz Almada), que era casada com Ruano Tellez, fiscal da Real Audiência de Charcas, em La Plata. Teria esse Ruano Tellez partido das Ilhas Canárias em 1581, para assumir seu cargo de fiscal, e passado por Vitória, onde acabaria de casando com Yamar de Melo. Sabe-se que já estava no efetivo exercício do cargo em 1583, em Charcas.
João passa sua juventude em La Plata, onde acaba se casando em 1590, com Juana Holguin de Ulloa. Nessa cidade teria tido uma filha natural, Isabel de Melo Coutinho, que, de seus dois casamentos, deixou numerosa descendência.
O casamento com Juana Holguin de Ulloa deu-lhe outros dois filhos:
1.Ana de Melo Coutinho, nascida em Buenos Aires, c. de 1591, casada duas vezes: a primeira, com Juan Diaz de Ojeda, a 05.VI.1605[7], em Buenos Aires, sem descendência, e, a segunda, com Antonio Hurtado de Melo, a 22.VIII.1611, com descendência (Ana faleceu depois de março de 1638[8]), e,
1.Francisco de Melo Coutinho, nascido em Buenos Aires, c. de 1593, casado com Juana Gómez de Saravia, a 24.XI.1611, deixando numerosíssima descendência (entre seus descendentes está a esposa do príncipe herdeiro da Holanda).
Sua estada em Buenos Aires é comprovada em 1594, pois em uma planta da cidade, desse ano, aparece seu nome como dono de um dos solares.
João de Melo Coutinho faleceu em 1601, vitimado em um duelo, no qual se bateu contra Jácome Ferrufino.

Os primeiros tempos da colonização do solo sul americano continuam envoltos em mistérios, alguns dos quais nunca serão totalmente esclarecidos. Apenas hipóteses serão levantadas, mas nunca comprovadas. A Carta de Dote de Juana Holguin de Ulloa não deixa dúvidas quanto à filiação de João de Melo Coutinho, segundo os pesquisadores que a ela tiveram acesso. A Carta de Dote e o Testamento de sua filha Ana de Melo Coutinho confirmam outros dados genealógicos.
No Brasil, o Dr. Gilson Nazareth[9] tratou do assunto em sua tese de doutoramento, de 1998. No Espírito Santo, ao que me consta, nada se sabia. Em Buenos Aires, sob os auspícios do Instituto Argentino de Ciências Genealógicas, várias em sido as pesquisas e artigos publicados, em seus boletins. Espero que essa divulgação possa vir a ser o início de uma série de outras pesquisas, que visem a aclarar o passado distante dos primórdios da nossa (permitam-me assim dizer, apesar de não ser capixaba de nascimento) antiga capitania, ainda tão obscuro, tão pouco pesquisado, tão carente de esclarecimentos. 
De resto, apenas que não poderemos mais execrar os argentinos: segundo as pesquisas dos genealogistas platinos, não existe, hoje, na Argentina, argentinos de origem criola que não sejam descendentes de João de Melo Coutinho, ou seja, são todos descendentes de um capixaba...


[1] Felgueiras Gayo, Manuel José da Costa. Nobiliário das famílias de Portugal

[2] Oliveira, José Teixeira de. História do Estado do Espírito Santo

[3] Salvador, José Gonçalves. A Capitania do Espírito Santo e seus engenhos de açúcar (1535-1700)

[4] González Bonorino, Jorge F. Lima. Don Juan de Melo Coutinho y Da. Juana Holguin de Ulloa. In: Boletin 191, do Instituto Argentino de Ciências Genealógicas, pgs, 40 a 46.

[5] Carte de Dote - Arquivo Nacional da Bolívia. Escritura n. 41.

[6] Cunha Bueno, Antonio Henrique, e Barata, Carlos de Almeida. Dicionário das famílias brasileiras, em CD.

[7] Carta de Dote (Arquivo Geral Nacional, Sala IX, 48-1-3, Fs.232) (Para casar com Juan Diaz de Ojeda – 16.V.1611) – Outorgada por Juana Holguin de Ulloa e seu segundo marido: (Detalhe) - .....cento e cinqüenta arrobas de açúcar que deve Marcos de Azeredo a minha esposa, ...... e o dito Marcos de Azeredo é morador do Espírito Santo, costa do Brasil.

[8] Testamento (Arquivo Geral Nacional, Sala IX, 48-4-1, Fs.189) – (Detalhe) – Em Buenos Aires, 10.III.1638: “Declaro que o licenciado Ruano Tello, fiscal que foi da Real Audiência de La Plata, foi casado com Yamar de Melo, tia de meu pai João de Melo ......”

“Declaro que o dito meu pai (quando de casou com a dita minha mãe), lhe devia, na capitania do Espírito Santo, o capitão Azeredo, que o era na dita capitania, que é nos estados do Brasil, e que estava casado com a irmã do dito meu pai, seiscentas arrobas de açúcar e destas me deu em dote a dita minha mãe quando me casou com o primeiro marido trezentas arrobas, e que não foram cobradas até agora. Que se cobre tudo agora e herdem meu filho e minhas filhas em partes iguais.”

[9] Nazareth, Gilson. O imaginário fidalgo de uma sociedade burguesa – tese de doutoramento – 1998 – UFRJ - INÈDITA

 

Nota nº 1: Este Título já existia em "Primeiros Povoadores do Rio de Janeiro", de Carlos Rheingantz.
Nota nº 2:                                         ASCENDÊNCIA EM PORTUGAL

Nota em fls. 151, da "Genealogia Sebastianense", de João Gabriel de Santana:
"Os Homens Coutinhos e os Azeredos Coutinhos provêem dos troncos vetustos que, em Portugal, encontraram as suas raízes nos seguintes nomes da nobreza luzitana:
01 - Antonio de Azevedo, sétimo senhor de São João de Rey.
02 - Antonio Coutinho, avô de Diogo Castilho, Guarda Mor da Torre do Tombo, por sua vez, avô de Rodrigo de Azevedo Coutinho, undécimo senhor de São João de Rey, e terras de Beira, trineto de Antonio de Azevedo, sétimo senhor de São João de Rey (supra)
03 - Vasco Fernandes Homem, Governador de Arzila, concelho de Freiria de Évora, casou com Leonor Gago de Andrade."

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,     Tiradentes,     Batch Numbers,      Bibliografia e códigos