GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos

 

                             Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

                                                     CUBAS 

 

     - João Pires Cubas, n. Porto (f. de Pedro Afonso Cubas, vereador dessa cidade em 1453/4), com umas casas na Rua Escura, junto das escadas da Sé, cidade onde cc. Isabel Nunes Martins, f. de Nuno Rodrigues, picheleiro, n. da mesma, veio para São Vicente, juntamente com seus filhos, em 1531, na armada do donatário e fundador da Capitania, Martim Afonso de Souza. (2.1, 159, HI.36 e 137, NG.27, PP.45 e VT.1.51).

 

                                     Gonçalo Nunes Cubas ...... Nº 1

                                     Braz Cubas .................... Nº 2

                                     Antonio Cubas ................ Nº 3

                                     Catarina Nunes Cubas ...... Nº 4

                                     Francisco Nunes Cubas .... Nº 5

 

                                                       Nº 1 

     Gonçalo Nunes Cubas, sucedeu ao seu avô materno, no Casal de Fradelos, junto à cidade do Porto, conforme escritura de doação de 1529, veio para Santos, com um filho e uma filha, onde era Oficial da Câmara, em 1549, e fez testamento em 1554, deixando o Casal de Fradelos à sua filha Francisca Cubas. Não se conhece o nome da sua mulher. (2.159, NG.27 e PP.46). 

                                                 CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Francisca Nunes Cubas, cc. Diogo Gonçalves Ferreira, n. Porto, de onde vieram já casados, e morador Santos, mestre de fazer "asucres". Pais de: (2.159, GS.162 e NG.27). 

                                                 Parágrafo 1º 

     2 - 1. Cap. Gaspar Cubas Ferreira, n. Santos, 1564, f. São Paulo, 1648, Juiz de Paz em 1599 em São Paulo, c. 1591, com Isabel Sobrinha, n. São Paulo, onde f. com test. em 1619, f. de Joane Annes Sobrinho, f. 1580, e de sua 2ª esposa, Isabel Duarte, c.ger. que constitui todo o Cap. 7º, do Titulo Annes Sobrinhos. (2.159, NG.27, PP.80, SL.6.221 e VT.1.52). 

                                                CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Francisco Nunes Cubas, paulista, Sertanista, Cap. da Fortaleza de Vera Cruz e Escrivão da Câmara de Santos, que tomou parte nas expedições ao Guairá, em 1602, e a Santa Catarina, em 1615, f. após 1642, c. Santos, com Catarina Diniz, f. de Cristóvão Diniz e Maria Camacho, c.ger. em Dias Teveriçás. (DB.136, PP.46 e SL.6.236).
- Obs.: Casou também com Marta de Miranda Antunes? (GS.183).

                                                    Nº 2

     Braz Cubas, n. Porto, cerca de 1507, cavaleiro fidalgo, cc...., foi fundador e povoador de Santos, para onde veio já viúvo, trazendo um filho, Pedro Cubas e sua irmã Catarina Cubas, e onde foi Alcaide-Mor e Provedor da Fazenda Real, f. em 1592 ou 97, tendo deixado diversos filhos naturais, dos quais não se tem a relação completa, por ter desaparecido o seu testamento. (2.1 e 159, 3.139, DB.136, HI.32, PP.46, 55 e VT.1.51). 

                                               CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Isabel Cubas, c. Santos, 1557, com Paulo de Proença (2ª esposa), n. Alenquer, Guarda, Beira Alta, Portugal, morador Santo André, onde foi Vereador na 1ª Câmara, Juiz Ordinário, em 1555 e Almotacel em 1556, "tronco dos Proenças Varelas da Capitania de São Vicente", c.ger. em Proenças. (1.223, 3.83, AS.10.175, DB.326, HI.32 e PP.55). 

                                               CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Jerônima Cubas (segundo a história de Guaratiba), n. Santos (não relacionada por SL), c. 1578, com Manuel Veloso de Espinha (ou Manuel Veloso de Hespanha), português, que veio de Ilhéus para o RJ, com Estácio de Sá, cerca de 1565, onde lutou contra os tamoios e os franceses e, em 1579/80, recebeu a 1ª sesmaria em Guaratiba, RJ e, depois, em 1602, no Rio. Cuja geração está em pequenos pedaços em cada autor, tiveram pelo menos: (DB.148, PP.55, 186 e colaboração do amigo, genealogista, Jad de Almeida Vilela, que estudou a história de Guaratiba).
- Obs.: Seriam duas Jerônimas Cubas ou a mesma teria casado duas vezes? Vide o Cap. 3°.

                                                Parágrafo 1º 

     2 - 1. Jerônimo Veloso Cubas, cc. Beatriz Álvares Gago, que em 1629, morando no Bairro da Saúde, fizeram doação das terras de Guaratiba aos padres do Carmo. (PP.186).

                                                Parágrafo 2º 

     2 - 2. Manuel Veloso de Espinha (ou Manuel Veloso Cubas), cc. Isabel de Bitencourt, com pelo menos: (PP.186 e colaboração do amigo, genealogista, Jad de Almeida Vilela, que estudou a história de Guaratiba, além de outras fontes). 

     3 - 1. Catarina de Bettencourt (Francisca de Bettencourt ou Catarina Veloso de Espinha), n. por volta de 1613, c. cerca de 1633, com o Cap. Belchior da Fonseca Dória, n. por volta de 1603, Salvador, BA, b. Santo Amaro de Ipitanga, f. 1681, Rio, em sua fazenda do Mendanha, f. de outro Belchior da Fonseca Dórea, n. Portugal, este provavelmente neto de Belchior Dias Moréia, n. 1558, f. 1622, este f. de Genebra Álvares e Vicente Dias de Beja, ela 2ª filha de Diogo Álvares Correa, o Caramuru e da índia Paraguassu (esta batizada como Catarina Álvares), com entre outros: (CR.1.320, 2.155 e artigo de Klors Werneck, na Revista Genealógica Latina 9/10).

     4 - 1. Luiza da Fonseca Dória (ou Luiza da Fonseca Tenreiro), n. RJ, cc. o Sarg. Mor Luiz Vieira de Mendanha Soutomaior, n. Almada, f. de João Vieira de Carvalho e Guiomar de Mendanha Soutomaior, com pelo menos 6 filhos, entre os quais:

     5 - 1. Belchior da Fonseca Dória (ou Melchior da Fonseca Dória), n. por volta de 1668, f. 1702, Rio, c. cerca de 1698, com Mariana Leitão de Vasconcelos, mais citada como Mariana de Vasconcelos (em Aguirres), que enviuvando pode ter cc. Gonçalo Pimenta de Carvalho (em Azeredos Coutinhos), n. por volta de 1678, com pelo menos: (CR.1.320 e 2.155).

     6 - 1. Antonia de Vasconcelos, n. Guaratiba (como alguns "primos"), Rio, b. 1698, c. 1729, Rio, com seu primo irmão, o Ajudante Antonio de Carvalho Lucena, n. Rio, f. do Ten. Gal. Antonio de Carvalho Lucena e Mariana de Mendanha Soutomaior, c.ger. adiante. (CR.1.320 e 2.155).

     5 - 2. Mariana de Mendanha Soutomaior, cc. o Ten. Gal. Antonio de Carvalho Lucena, f. 1709, com 4 filhos menores: Antonio, b. 1696, Manuel, b. 1699, Maria, 1701, e Luiza, b. 1705. (Artigo de Klors Werneck).
- Obs.: Parece que há algum engano aqui.

     6 - 1. Ajudante Antonio de Carvalho Lucena, n. Rio, c. 1729, com sua prima irmã, Antonia de Vasconcelos, f. de Belchior da Fonseca Dória e Mariana de Vasconcelos, com pelo menos:

     7 - 1. Francisca Vitória, b. 1730, Rio, f. após 1772.

     7 - 2. Mariana, b. 1733, Rio.

     7 - 3. Antonio, b. 1736, Rio. 

     5 - 3. Antonio de Mendanha Soutomaior, n. por volta de 1653/63, que enviuvando ordenou-se Padre, em 1715 era o 1º vigário do Serro Frio, MG, em 1717 participou de uma bandeira, organizada pelo seu cunhado, Lucas de Freitas Azevedo (este cc. Isabel de Mendanha Sotto-Maior), e em 1719 recebeu uma sesmaria "no Jequitinhonha", perto de Diamantina (onde atualmente é o Distrito de Mendanha), c. 1683, Rio, com Maria da Fonseca Coutinho (em Moreiras), n. por volta de 1663, f. 1706, Rio, f. de João da Fonseca Coutinho, e Nascença de Lucena Montarroio (Isabel Barreto ou Isabel Barreiros, depois de 1690), com 8 filhos, naturais do Rio: João, Inácio, b. 1688, na Sé do Rio, e ainda: (B.39, CR.2.133, 154, 585 e HP.186/7).

      6 - 1. Luíza Maria da Fonseca Dória (ou Luiza Maria de Mendanha), b. Rio, 1685, cc. Baltazar de Moura Fogaça da Fonseca Coutinho, com pelo menos: (HP.187).

     7 - 1. Serafina de Moura Fogaça, n. por volta de 1713, Pacopaíba, c. 1733, Rio, com seu parente Sebastião da Fonseca e Moura Coutinho (ou Sebastião da Fonseca e Moura Couto), b. 1708, nessa cidade, c.ger. em Moreiras.

     6 - 2. João da Fonseca Coutinho, b. Rio, 1687, c. 1707, Guaratiba, com a prima Maria Dória (ou Mariana Dória), f. de José de Siqueira Rendon e Maria da Fonseca Dória (em Rendons), com uma filha: Maria, n. 1710, b. 1713. (HP.187 e 190).

     6 - 3. José Ventura (ou José da Fonseca Coutinho), b. 1689.

     6 - 4. ...., b. 1697.

     6 - 5. Isabel Maria de Mendanha, b. 1699.

     6 - 6. Francisco da Fonseca Coutinho, b. 1704. (HP.187).

     5 - 4. Cap. Luiz Vieira de Mendonça (o moço), c. 1688, na Sé do Rio, com Clara de Moraes Coutinho, f. de Manuel Lopes de Moraes e Lourença Coutinho, com 6 filhos (confirmados no óbito do pai, em 1708): Manuel Lopes, religioso, que estava em Roma, Luiza Maria, b. 1692, Salvador da Fonseca Sotomaior, b. 1696, e ainda:

     6 - 1. Melchior de Mendanha Sotomaior, b. 1690, cc. Leonor Gomes, n. e b. em São Gonçalo, RJ, com: João Henrique Castro e Maria Henriques.

     6 - 2. José da Fonseca Sotomaior, b. 1698, cc. Maria da Cruz, n. e b. na Candelária, Rio, f. de Alexandre Freire e Helena de Azevedo.

     6 - 3. Luiz Vieira Sotomaior, b. 1701, cc. Tereza de Jesus, "c.ger".

     5 - 5. Helena de Mendanha Sotomaior, n. Oeiras, arcebispado de Lisboa, f. 1701, na Candelária, c. 1681, na Capela de NS da Conceição, na fazenda do seu pai (registrado na Sé do Rio), com João Guterres Vanzil, f. de "Rodrigo Guterre" e Luiza da Costa, com pelo menos: Luiz, b. 1695, Guaratiba, e:

     6 - 1. Helena Guterre Vanzil, c. 1716, Guaratiba, com o Alf. Francisco Mendes Ribeiro, n. Ilha Grande, RJ, f. do Alf. Domingos das Neves Ribeiro e Helena Mendes da Silva, com entre outros:

     7 - 1. Jerônima Mendes Dória, c. Guaratiba, com Francisco de Salles.

     7 - 2. Sotero da Silva Vanzil, cc. Margarida Josefa de Menezes, f. de Melchior da Fonseca Dormundo e Josefa Maria Dória.

     6 - 2. Rodrigo da Costa Guterre, n. e b. Guaratiba, c. 1708, São Gonçalo, RJ, com Maria da Silveira, n. e b. na Sé, f. de Sebastião da Silveira e Anna Pinto.

     6 - 3. Cap. Miguel Guterres Vanzil, também de Guaratiba, c. 1725, na Candelária, com Maria Pimenta de Andrade, n. Campo Grande, f. de Manuel Pacheco Calheiros e Anna Pimenta de Andrade.

     6 - 4. Mariana da Fonseca Dória, c. 1712, Guaratiba, com Luiz Teles de Menezes, com pelo menos:

     7 - 1. Luiz da Fonseca Dória, c. 1762, Guaratiba, com Caetana Barboza.

     6 - 5. Guiomar de Mendonça Soutomaior.

     5 - 6. Guiomar de Mendonça Soutomaior, c. 1684, na Candelária, com Nicolau Aranha Carneiro, f. 1720, Campo Grande, f. de Cláudio Carneiro da Silva (ou Plácido Carneiro da Silva) e Isabel Aranha de Carvalho, com:

     6 - 1. Guiomar de Mendanha, cc. Manuel Cabral da Silva, com pelo menos: Helena, b. 1745.

     5 - 7. Luiza Maria Dória.

     5 - 8. Isabel de Mendanha Soutomaior, c. MG, com Lucas de Freitas de Azevedo, paulista, sertanista, f. do Cap. Mor Domingos de Freitas de Azevedo e Isabel de Lemos e Moraes (em Lemos). (CR.2.133, 154, 585, DB.52 e HP.174).

     4 - 2. Brites da Fonseca Dória (ou Beatriz da Fonseca Dória), por volta de 1680, RJ, com Manoel de Siqueira Mendonça (ou Manoel de Siqueira Rendon), n. por volta de 1650, Rio, RJ, f. de Vicente de Siqueira e Mendonça e Inês Bueno de Ribeira (Ana Bueno de Ribeira ou, ainda, Inês Navarro da Alva), c.ger. em Rendons. (2.270, CR.1.66, 2.156, FS e SL.9.13).

     4 - 3. Maria da Fonseca Dória, n. por volta de 1659, f. 1712, Rio, onde c. por volta de 1684, com José de Siqueira Rendon, n. por volta de 1658, irmão de Manoel de Siqueira Rendon, anterior, c.ger. em Rendons. (CR.2.99 e 157).

     4 - 4. Bárbara da Fonseca Dória, n. por volta de 1662, f. Rio 1698, c. por volta de 1687, com o Cap. Lourenço de Siqueira Rendon (ou Lourenço de Siqueira Furtado de Mendonça), Cap. Mor da Barra de Guaratiba, RJ, n. por volta de 1664, irmão de José de Siqueira Rendon, anterior, c.ger. em Rendons. (CR.2.157).

     4 - 5. Ana Velosa, b. 1637, Rio, cc. Antonio Bogado de Mendanha Sotto-Maior, com pelo menos: Francisca de Mendanha Sotto-Maior, e ainda:

     5 - 1. Francisca de Mendanha, n. por volta de 1673, c. 1693, na igreja de NS da Conceição (no engenho do seu tio Luiz Vieira de Mendanha Sotto-Maior), Rio, com Antonio do Rego da Silva, b. 1667, Rio, foram para Minas, onde ele participou da Guerra dos Emboabas em Caeté, depois residiram em Barão de Cocais, onde os filhos casaram, f. do Cap. Manoel do Rego da Silva e Isabel Viçosa (esta b. 1643, f. de Antonio Vaz Viçoso e Beatriz da Silva (ou Brites da Silva).

     4 - 6. Catarina de Bittencourt, cc. Antonio da Silva Meneses.

                                               Parágrafo 3º 

     2 - 3. Catarina Cubas, que em 1602 recebeu 1.500 braças em quadra, em Irasoca, litoral do RJ. (PP.186).

     3 - 1. Antonio Cubas (hipótese), n. por volta de 1579, f. 1643, Rio, c. por volta de 1609, com Paula de Aguiar, n. por volta de 1589, com pelo menos: Roque, b. 1618, Maria, b. 1623, Inácio, b. 1629, todos na Sé, Rio, e ainda: (CR.1.35 e 477).

     4 - 1. Luís Álvares, n. Rio, b. 1621 (Sé, 1º.48), f. Rio, 1648 (Sé, 3º.51v), de uma facada, em São Lourenço. (CR.1.35).

     4 - 2. Catarina Cubas, n. por volta de 1610, c. por volta de 1630/31, com Bernardo de Almeida, citado em Casserebu em 1658, pais de: Úrsula, b. 1636, David, b. 1649, Nicolau, b. 1651, todos na Sé, Rio, e ainda: (CR.1.35 e Carta Mensal do Colégio Brasileiro de Genealogia, Ano XXIV - Nº 103 - jun-jul 2011, fls. 03, artigo de Attila A. Cruz Machado, Membro Titular do Colégio).

     5 - 1. Maria Lopes, n. Rio (Sé, 2º,127), onde foi b. 1631, f. 1661 (Sé, 4º.39), na mesma cidade, onde c. 1647 (Sé, 1º.135v), na ermida de São José, com seu primo em 4º grau, Cap. Alberto Paes Sardinha (c. 2ª vez, 1664, na Santa Misericórdia, com Antonia Sardinha, f. do Cap. Francisco Gomes Sardinha e Joana Gomes), n. por volta de 1619, Rio, f. 1693, Rio (Sé, 6º.79v), f. do Cap. Brás Sardinha e Isabel Paes, com 5 filhos desta: ....., n. por volta de 1651, ...., n. por volta de 1654, e ainda: (CR.3.142).

     6 - 1. Braz Sardinha, n. por volta de 1648, Rio, onde c. 1669, na Sé, com sua prima em 4º grau, Serafina Pereira, n. por volta de 1650, f. de Francisco Pinto Pereira e Lourença das Neves, com: (CR.3.143).

     7 - 1. Lourença das Neves, n. por volta de 1670, f. por volta de 1690, c. por volta de 1689, com Francisco Fernandes da Costa, n. por volta de 1659, Rio, f. 1705, f. de André Correa de Castro e Maria Rodrigues da Costa.

     7 - 2. Maria Lopes, n. Sé, Rio (ou Casserebu, RJ), b. 1673, Rio, onde c. 1693, na igreja de São José, com Alberto Lobo, n. por volta de 1663, Rio, f. de Manuel Lopes Anjinho e Margarida Cardoso.
- Obs.: Uma Maria Lopes, cc. Antonio Lobo (em Paes Sardinha, da Região Serrana do RJ), ambos naturais de Santo Antonio de Sá ("de Casserebu", como também já foi conhecido?), RJ, com pelo menos: (Antigos Registros Paroquiais de Casamento do Leste Fluminense, de Marcelo Barbio Rosa).

     8 - 1. Alberto Paes Sardinha, n. Santo Antonio de Sá, c. 1769, "no meu oratório, que serve como Matriz", com Águeda da Silva, assistente no Guapiassu, f. natural de Joanna da Silva.

     6 - 2. Maria Lopes, n. por volta de 1657, São Gonçalo, RJ, c. 1693, na igreja de São José, Rio, com Antonio Rodrigues da Costa, viúvo de Domingas Gomes. (CR.3.142).

     6 - 3. Isabel Paes Sardinha, n. Rio, b. 1659, residente em São Gonçalo, c. 1694, na igreja de São José, Rio, com o Cap. Domingos de Brito Mota, n. Candelária, na mesma cidade, b. 1668, também residente em São Gonçalo, f. de Simão Fernandes e Ana Barbosa (em Paes Sardinha), com pelo menos: (CR.3.142 e Antigos Registros Paroquiais de Casamento do Leste Fluminense, Vol. 2, fls. 103, de Marcelo Barbio Rosa).

     7 - 1. Ten. Salvador de Brito Sá, n. Santo Antonio de Sá, RJ, onde c. 1762, com Antonia Maria de Jesus, n. NS da Candelária, Rio, f. de José Rodrigues e sm. Sebastiana de Souza.

                                                CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Jerônima Cubas, n. Santos, c. antes de 1599, com Manuel Peixoto. (PP.55).

                                                CAPÍTULO 4º 

     1 - 4. Cap. Mor Pedro Cubas, f. natural, legitimado em 1587, n. Santos (?), f. 1628, grande colaborador do pai, que recebeu o titulo de Alcaide Mor de Santos, era tido como um dos homens mais honrados da Capitania de São Vicente, tendo sido Capitão Mor 2 vezes, em 1605/6 e 1614, cc. Ana Rodrigues (ou ... Gonçalves), f. de Bartolomeu Gonçalves (em Pontes), viúva do seu sobrinho Antonio de Proença (em Proenças). Não teve geração do seu casamento, e deixou os seus bens à Ordem do Carmo de Santos. (AS.10.175, HI.32, 35/7 e PP.55/8). 

                                                     Nº 3

     Antonio Cubas, n. Porto, em 1552 substituiu, provisoriamente, o seu irmão Braz Cubas, como provedor da Capitania de São Vicente, tendo-se estabelecido em Santo André da Borda do Campo, f. 1579 ou logo depois. É possivel que tenha sido cc. uma Ramalho e que tenha tido geração, legítima ou ilegitima. (2.1, 159, HI.32). 

                                                CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Francisca Cubas (hipótese), c. antes de 1602, com Afonso Dias (viúvo de Madalena Afonso - esta viúva de Gaspar Afonso - portanto mãe e não filha de Bárbara Gago), talvez neto de João Ramalho, com: (PP.58, 60 e SL.1.43). 

                                                Parágrafo 1º

     2 - 1. Antonio Cubas de Macedo, f. com testamento em 1622, SP, cc. Antonia Gonçalves, f. de Brás Gonçalves e Maria Delgado, com pelo menos: (SL.1.44 e 8.366).

     3 - 1. Francisca Cubas (ou Francisca Gonçalves), n. 1618, c. São Paulo, com Francisco Jorge Velho, f. 1684, f. de Simão Jorge e Francisca Álvares Martins (em Jorges Velhos), c.ger. em SL.8.366, entre os quais: (AS.16.107 e SL.1.25).

     4 - 1. Mestre de Campo Domingos Jorge Velho (SL dá, apenas, o seu nome), o famoso bandeirante, n. 1641, Parnaíba, SP, f. 1703/4, que lutou contra os índios em vários estados do Nordeste e também contra os negros do quilombo dos Palmares, c. antes de 1697, com mais de 50 anos, na sua estância do Piancó (afluente do Rio Piranhas), com Jerônima Cardim Fróis, sem deixar herdeiros forçados. (DB.430 e SG.197).

     4 - 2. Cel. Antonio Cubas (SL dá, apenas, o seu nome), paulista, que acompanhou o seu irmão, de 1687 até 1704, na sua campanha nortista. (DB.135 e 429).

     3 - 2. Maria Cubas, n. 1620, cc. Sebastião Nunes Camacho, f. 1665, São Paulo, f. de João Fernandes Camacho e Inês Pires, com: João, Maria e: (AS.16.107 e SL.1.25).

     4 - 1. Sebastião (truncado em SL). Um Sebastião Cubas, cc. Izabel Rodrigues, com pelo menos: (FS e SL.8.129).

     5 - 1. Thomazia Cubas, c. 1749, NS da Ponte, Sorocaba, com José Gomes de Arzão, f. de Manoel Gomes de Arzão e Potência Cubas. (FS).

     5 - 2. Antonia Nunes Cubas, cc. José Domingues Vidigal, f. do Cap. Diogo Domingues Vidigal e Joana Fernandes de Oliveira, c.ger. em Gonçalves Lopes. (SL.8.129).

     3 - 3. Antonio Cubas, o moço, n. 1622, já f. 1660, com 2 filhos: (AS.16.107 e SL.1.25).

     4 - 1. Diogo Dias, teve a filha: (SL.1.25).
- Obs.: Veja um
Diogo Dias de Macedo, cc. Paula Nogueira, também com uma filha Ana Maria Nogueira, cc. Francisco Rodrigues Ramalho, paulista, n. 1603, f. com testamento em 1672, Taubaté, c.ger. em Dias Teveriçás, mas que parecem uma ou duas gerações anteriores. (AS.13.214, DB.343 e SL.1.32).

     5 - 1. Ana Maria Nogueira.

     4 - 2. Bento João Dias.

                                                Parágrafo 2º 

     2 - 2. Custódio Dias de Macedo, f. com inventário em 1660, Taubaté, cc. Catarina Lopes de Sampaio, s.ger. (SL.1.43/4). 

                                                Parágrafo 3º 

     2 - 3. Francisca Cubas, cc...., teve: Jorge, Pascoal e Afonso Dias.

                                                Parágrafo 4º 

     2 - 4. Salvador Cubas. 

                                                Parágrafo 5º

     2 - 5. Ascenço Dias de Macedo, f. 1669, Taubaté, c. 1ª vez, 1632, SP, com Isabel Botelho, n. por volta de 1618, f. de André Botelho, n. por volta de 1575, e Maria Alves ou Álvares, n. por volta de 1589 e, 2ª, com Ana Maria de Freitas, c.ger. em SL.1.27 e 44 (SL Introdução), respectivamente, entre os da 2ª: (AS.10.171).

     3 - 1. Maria Cubas, que tinha 18 anos em 1669, f. 1714, Jacareí, cc. Manoel Vieira Sarmento, s.ger. (SL.1.44).

      3 - 2. Francisca (truncado em SL). Seria a mesma Francisca de Macedo, cc. Antonio Vieira Dourado, com geração? (AT.58).

     3 - 3. Affonso Dias de Macedo ("cremos"), f. 1693, Jacareí, foi cc. Maria Gomes, f. de Pedro Vaz Madeira e Maria Gomes, com: Maria. (SL.1.44).

                                                Parágrafo 6º

     2 - 6. João Ramalho. 

                                                Parágrafo 7º 

     2 - 7. Paulo Dias. 

                                                Parágrafo 8º 

     2 - 8. Marqueza Cubas (cujo casamento SL omite), cc. André Furtado de Mendonça, já f. 1633, com pelo menos: (AS.9.149 e pesquisa gentilmente enviada pela amiga, genealogista, Rosemarie Pinheiro Cardoso, de São Paulo, SP).

     3 - 1. Maria Cubas, n. por volta de 1619, c. 1633, SP, com o Cap. Manuel Fernandes Edra, f. de Bento Fernandes, n. da Capitania do Espírito Santo, e Maria de Freitas, com entre outros: (SL.1.84 e VT.1.294).

     4 - 1. Cel. Salvador Fernandes Furtado de Mendonça, n. Taubaté, famoso sertanista, transferiu-se com toda a família para São Caetano, MG, no início do povoamento de Minas, cc. Maria Cardoso de Siqueira, f. de Antonio Cardoso e Maria Rodrigues de Siqueira (em Dias Teveriçás), c.ger. em Velhos Troncos Mineiros, Vol. 1, fls. 294, entre os quais: (AS.9.149, SL.5.432, 8.85 e VT.1.54).

      5 - 1. Boaventura Furtado (não constante em Velhos Troncos). (SL.5.432).

      5 - 2. Cap. Feliciano Cardoso de Mendonça, b. 1681, cc. Maria Rodrigues de Siqueira, n. Mogi das Cruzes, com pelo menos: (VT.1.294).

      6 - 1. Branca Furtado de Mendonça, b. 1714, Taubaté, cc. o Cap. Leonardo de Azevedo Castro, n. Santa Maria Madalena de Santo Tirso, f. de Manuel de Azevedo, de Caldas de Visela, e Natália da Silva Castro, de Santo Tirso, com: (FS e VT.1.294).

      7 - 1. Antonio Castro (hipótese, a mãe constou como Loriana Furtado de Santa Rosa), não relacionado em Velhos Troncos, b. 1730, São Caetano, Monsenhor Horta, MG. (FS).

      7 - 2. Branca Castro (só constou o nome do pai), não relacionada em Velhos Troncos, b. 1732, São Caetano, Monsenhor Horta, MG. (FS).

      7 - 3. Pe. Leonardo de Azevedo Castro, b. 1733, São Caetano, Monsenhor Horta, MG, que em 1758, quando ordenou-se, residia com seus pais, em Barra Longa, MG. (FS e VT.1.294).

      7 - 4. Luísa da Silva Castro ou Luísa de Sousa Castro, f. 1803, c. Barra Longa, com Pedro Romeiro de Campos, falecido antes da esposa, f. de Amaro Romeiro da Costa e Águeda da Conceição, c.ger. em VT.2.154, onde não constou: (VT.1.294 e 3.356).

      8 - 1. Ana de Severana (sic), c. 1780, São Sebastião, Bandeirantes, MG, com José Dias de Souza, f. de Antonio Dias e Anastácia de Severana. (FS).

      7 - 5. Pe. Albano da Silva Castro, ordenado em Sé vaga, na Bahia, em 1767. (VT.1.295).

      6 - 2. Maria Cardoso de Mendonça, cc. Gonçalo de Sousa Costa, f. de Antonio Fernandes Negrão e Margarida da Costa, naturais da Vila do Conde, com pelo menos: (VT.1.295).

      7 - 1. Ana Maria de Sousa, n. Furquim, MG, c. 1758, São Caetano, com o Dr. Antonio Pereira Lopes, bacharel em Filosofia, f. de Francisco Pereira Lopes e Micaela Francisca da Anunciada.

      7 - 2. Caetana Maria de Sousa, b. 1752, São Caetano, onde c. 1788, com José Joaquim da Silva Paiva, n. de Antonio Dias (Vila Rica), b. 1751, f. de Gonçalo de Paiva Brito e Joana Rodrigues da Silva.

      5 - 3. Cel. Bento Fernandes Furtado de Mendonça, n. por volta de 1690, Taubaté, um dos primeiros cronistas de Minas, f. com testamento em Serro Frio, 1765, onde morava havia 60 anos, cc. Bárbara Maria Moreira de Castilho, n. S.Caetano, MG, f. do Cap. Domingos Álvares da Silva (ou Domingos Alves Ferreira Júnior) e Tomásia Pedroso da Silveira, com grande geração em Moreiras Castilhos. (2.236, BG.60.1.56, DB.252, DV.1.238, SL.5.432 e VT.1.295).

      5 - 4. Pomba Furtado, cc. o Cap. Antonio Pereira do Rego. (VT.1.295).

      5 - 5. Pe. Salvador Fernandes Furtado. (SL.5.432).

      5 - 6. Maria de Freitas Cardoso, cc. o Sarg. Mor João de Sousa Taveira, f. de João Taveira e Catarina Fernandes, todos naturais de Maia, cuja geração SL não relaciona, tiveram: (SL.5.432 e VT.1.295).

      6 - 1. José de Sousa Taveira, n. Pindamonhangaba. (VT.1.295).

      6 - 2. Josefa de Sousa Taveira, c. 1826, Cachoeira do Campo, MG, com o Alf. André Rodrigues Cordeiro. (FS e VT.1.295).

      4 - 2. Mariana de Freitas, n. por volta de 1635, São Paulo, f. 1710, Taubaté, c. por volta de 1650, com o Cap. Amaro Gil Cortez, n. 1630, São Paulo, Juiz Ordinário e de Órfãos em Taubaté em 1766, f. de Sebastião Gil, o "Vilão", e de sua mulher, Feliciana Dias, n. São Paulo, com 11 filhos em SL.8.86, entre os quais: (2.237, AS.9.150 e Rosemarie).

     5 - 1. Miguel Gil de Siqueira, f. 1702, Taubaté, cc. sua parenta, Antonia Furtado, f. 1740, Pindamonhangaba, com 10 filhos em SL.8.86, entre eles:

     6 - 1. José Siqueira Gil, já f. em 1740, cc. Izabel Tavares da Silva (ou Isabel Bicudo), de Taubaté, f. de Antonio Tavares de Mello e Anna da Silva, com 4 filhos em SL.8.86, onde observamos: (Registros Paroquiais de Cunha, SP).

     7 - 1. Francisco da Silva Leme ou Francisco da Silva de Siqueira (truncado em SL), c. 1748, Guaratinguetá, com Isabel Antunes de Miranda, f. de Braz Esteves Leme e Maria da Silva. (Registros Paroquiais de Cunha).

     7 - 2. Roque Bicudo da Silva, c. 1752, Guaratinguetá, com Maria Barbosa de Lima, f. do Alf. João Machado Ludovico e Anna Maria da Cunha, com 2 filhos em SL.3.49, entre os quais: (SL.8.86).

     8 - 1. José Damasceno Barbosa, n. Guaratinguetá, onde c. 1796, Santo Antonio, com Maria Theresa do Nascimento Álvares Barbosa, f. de Antonio Álvares Barbosa e Margarida da Silva (em Vieiras Maias). (FS, SL.3.43 e 49).

     7 - 3. André Dias de Siqueira (não relacionado mas depois citado por SL), c. 1774, Mogi Guaçu, com Theresa Nunes, f. de Paulo Nunes Maciel e Ângela Fernandes (em Nunes Siqueiras). (SL.5.75).

      5 - 2. Francisca de Freitas Cortez, n. Taubaté, cc. o Cap. João Vaz Cardoso, n. SP, f. Taubaté, familiar do Santo Ofício, f. do Cap. João Vaz Cardoso (ou João Vaz da Cunha) e Anna Ribeiro Rodovalho, c.ger. em Toledos Pizas. (AS.10.56 e SL.5.546).

      5 - 3. Maria de Todos os Santos, cc. Domingos Rodrigues do Prado, n. por volta de 1709, f. de Francisco Rodrigues do Prado e Maria Antunes da Veiga (em Portes de El-Rei). (2.36, SL.3.320 e 8.89).

      5 - 4. Manuel Gil Cubas, f. com inventário em 1693,Taubaté, c. por volta de 1682, com Maria Moreira, n. por volta de 1668 (casal omitido em SL), f. de Antonio Delgado de Oliveira e sm. Joanna de Castilho (em Dias Teveriçás). (AS.12.96).

                                                CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Isabel Cubas (hipótese). (PP.58). 
- Obs.: Ou seria filha de Pedro Dias?
(em Dias Teveriçás). (2.1, 159, HI.32).

                                                CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Ana Marques (hipótese), c. 1602, com André Peres. (PP.58, 61 e 113).
- Obs.: Ou seria filha de Pedro Dias? ("em 1633
declarou no seu testamento ser irmã de Izabel Cubas e tia de Pedro Madeira, sendo portanto irmã de Clara Parente, e todas filhas do leigo Pedro Dias", em Dias Teveriçás). (2.1, 159, HI.32).

                                                     Nº 4

     Catarina Nunes Cubas, cc. ..... Ferreira. (3.139, GS.163 e NG.27). 

                                                     Nº 5

     Francisco Nunes Cubas (não relacionado por SL), cc. Isabel Justiniano Adorno, n. Santos, f. de Manuel Fernandes e Maria Rafael Adorno, nm. de Rafael Adorno, irmão de José Adorno, nobres genoveses que vieram para Santos com Martim Afonso em 1532. Tiveram pelo menos: (GS.163 e 414).

                                                CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Ana Maria Justiniano Adorno, n. Santos, cc. o Cap. Gonçalo Vaz Pinto de Sampaio (viúvo de Ascença de Souza Montarroio, f. de Álvaro de Montarroio e Beatriz de Escócia), n. 1602, Penagóia, Lamego, Portugal, f. 1680, Santos, SP, f. de Francisco Pinto Ribeiro e Paula Pinto Sampaio, np. de Gonçalo Ribeiro, morador em São Martinho de Marcos, e  nm. de Rui de Sampaio Pinto, fidalgo de Mesão Frio, c.ger. de ambas as esposas: (AS.1.105, GS.163. 187, 414 e SL.8.419).
                Da 1ª esposa (Ascença), pelo menos: (GS.187, 217, 221, 409 e SL.8.419).

     3 - 1. Francisco Franco Pinto Ribeiro, n. Penagóia, Ouvidor de São Vicente em 1698, já viúvo, cc. Joana de Vasconcelos, n. por volta de 1650, Santos, f. de Antonio de Aguiar Barriga e Maria de Vasconcelos Aguirre, e não Mariana de Vasconcelos Aguirre, como também aparece (em Aguirres), com pelo menos: (AS.1.105).

    4 - 1. Domingos Árias de Aguirre, n. por volta de 1680, Santos, cc. Maria de Lima de Camargo, f. de José de Camargo Pimentel e Ana de Lima do Prado (em Camargos), pais de: (AS.1.105, BGB.10.46 e SL.1.334).

    5 - 1. Maria Árias de Aguirre, filha única, segundo Taques.

    4 - 2. Josefa de Souza (hipótese), cc. Belchior Cardoso de Azevedo, pais de: (CR.1.29).

    5 - 1. João Aires de Aguirre, n. por volta de 1710, Maricá, RJ, c. Rio, 1740, com Rosa Maria do Nascimento (viúva de Domingos Ferreira Braga), pais de: (CR.1.29).

    6 - 1. Rita, b. Rio, 1741. 

                Da 2ª esposa (Ana Maria), pelo menos:

     3 - 2. Frei Antonio da Luz. (GS.187).

     3 - 3. Isabel Adorno de Sampaio, cc. Jorge Toscano Fragoso Júnior, n. do Espírito Santo, f. de outro Jorge Toscano Fragoso, "pessoa nobre da Capitania do Espírito Santo", e Maria Barbosa (esta irmã de Domingos Barbosa, daquela Capitania). (GS.187).

                                                CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Isabel Adorno de Sampaio, cc. Jorge Toscano Fragoso, n. Capitania do Espírito Santo, f. de outro do mesmo nome e Maria Barbosa, com pelo menos: (GS.214, 221 e SL.8.416/7).

                                                Parágrafo 1º

     2 - 1. Maria Pinto da Rocha, n. Santos, cc. seu parente, Manoel Affonso Gaya, n. Santos, onde f. 1702, Juiz Ordinário em 1646, e outras vezes, dono do Sítio Ribeiro, na Praia de São Lourenço, herdado dos seus pais, além de muitos outros bens, c.ger. em Affonsos Gayas. (GS.214, 221 e SL.8.416/7).

                                                 ENCAIXAR

     4 -  . João Cubas, cc. Izabel Pinto de Sampaio, com pelo menos: (FS e SL.2.435).

     5 - 1. Theresa Pinto de Jesus, de Santos, SP, cc. Mathias de Freitas, de Lisboa, f. de "Antonio Dias Bacalhau" e Marta de Freitas, com pelo menos: (FS e SL.2.435).

     6 - 1. Maria Dias de Freitas, c. 1733 em Curitiba com Antonio de Sousa Furtado, morador em Juqueri, SP, f. de Simão Furtado de Alvarenga e Catharina de Sousa, c.ger. em Furtados. (SL.8.447).

     6 - 2. Izabel Pinto de Sampaio (não encontrada em SL), c. 1745, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Manoel José Cavalheiro, n. Santo Amaro, SP, f. de Lucas Mendes do Prado e Maria Rodrigues Machado, com pelo menos: Manoel Cavalheiro, n. e b. 1747, Francisca Cavalheiro, n. e b. 1750, Apolônia Cavaleiro, b. 1753, todos em NS da Luz da Catedral, Curitiba, com pelo menos: (FS).

     7 - 1. Maria Rodrigues de Freitas (no batismo, Maria Cavalheiro), n. e b. 1748, c. 1760, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Bernardino Correa Leme, f. de Antonio Correa Leme e Francisca de Almeida Lara (em Toledos Pizas). (FS).

     6 - 3. Ignacia Dias de Freitas, c. 1754, NS da Luz da Catedral, Curitiba, com Antonio Lopes de Toledo, n. Baependi, MG, f. de Francisco Rodrigues Raphael (ou Francisco Ribeiro Almeida Rafael), n. Lisboa, f. 1750, e Maria de Lara de Jesus Toledo (ou Maria de Lara de Almeida), de Taubaté (em Toledos Pizas). (FS e SL.9.193).

     6 - 4. Cláudio Pinto de Sampaio, de Curitiba, c. 1761, NS da Ponte, Sorocaba, com Izabel Mendes, f. de José Leme do Prado e Anna Maria de Camargo, np. de José Fernandes Porto e Izabel Mendes do Prado, nm. de João Dias Mainardi e Timótea Fernandes. (FS e SL.2.435).

     6 - 5. Mathias de Freitas (hipótese), cc. Izabel de Chaves, com pelo menos: (FS).

     7 - 1. Mathias Pinto de Sampaio, cc. Maurícia Ignacia da Encarnação, f. de Jerônimo Fernandes de Brito e Jerônima Ignacia de Jesus, com pelo menos: Felisbina de Sampaio, n. e  b. 1807, São Pedro, Rio Grande, RS. (FS).

     7 - 2. José Joaquim Teixeira Pinto de Sampaio (hipótese), cc. Bernardina Rosa, com pelo menos: (FS).

     8 - 1. Custódio Pinto de Sampaio, n. Laguna, SC, c. 1841, Santo Antonio dos Anjos, Laguna, com Mariana Francisca de Medeiros, f. de Antonio José de Medeiros e Francisca Joaquina da Glória. (FS).

                                                        - o -

     6 -   . Ascensa de Cubas, cc. ...., mãe de pelo menos: (Ramo não encontrado nos autores pesquisados, organizado a partir da dispensa matrimonial, para o 2º casamento de José da Silva Passos, encontrada pelo genealogista Humberto Lopes, de São Paulo).
- Obs.: Se for a mesma Accença Vaz, cc. Francisco Ribeiro de Proença, tiveram também:
João Ribeiro de Proença, cc. Thereza Nunes de Siqueira, c.ger. em Dias da Silva. (FS).

     7 - 1. Maria de Godoy, cc. José da Silva Passos (1ª esposa), com pelo menos:

     8 - 1. Maria José da Encarnação, cc. o Alf. José Marques do Vale, f. de Julião Marques, n. Portugal, e Catarina do Vale, n. Ilha Grande, com pelo menos: (SL.5.365/6).

     9 - 1. Gertrudes Antonia do Vale, c. 1791, Mogi Mirim, com Floriano Pires de Camargo, f. de Manoel Pires de Camargo (ou Manoel Pires do Prado) e Izabel Pedroso, c.ger. em Gonçalves Lopes. (FS e SL.4.147).

     7 - 2. Antonia Gil, cc. Mário Furquim, com pelo menos:

     8 - 1. Maria Furquim de Camargo, cc. José da Silva Passos (2ª esposa), com pelo menos:

     9 - 1. Francisco Victoriano de Camargo, c. 1770, Mogi Mirim, com Ignacia Pedroso, f. de Ângelo Preto Cardoso e Mecia Nunes de Siqueira, esta n. de Jacareí (em Dias da Silva).

                                                     - o -

     7 -  . Salvador Cubas de Castilho, cc. Theresa de Jesus, com pelo menos: José de Castilho, n. e b. 1823, João de Castilho, n. e b. 1825, Gertrudes de Castilho, b. 1829, Antonia de Castilho, n. e b. 1839, todos em NS das Dores, Araçoiaba da Serra, SP, e ainda: (FS).

     8 - 1. Maria Francisca da Conceição (no batismo, Maria de Castilho), n. e b. 1826, NS das Dores, Araçoiaba da Serra, onde c. 1841, com Alipondes José Fogaça, f. de Fernando Joaquim da Fonseca e Maria Francisca da Conceição. (FS).

     8 - 2. Francisca de Jesus, c. 1849, NS das Dores, Araçoiaba da Serra, com "João de Dios". (FS).

                                                     - o -

     5 -  . Francisco Cubas Ferreira, n. Nazaré Paulista, SP, cc. Josefa de Almeida Paes, n. Bragança Paulista, SP, com pelo menos: (FS).

     6 - 1. José Ferreira de Toledo, n. Bragança, c. 1807, NS da Conceição, Bragança Paulista, SP, com Dorothea Paes ("divorciada do marido anterior, que era filho natural"), f. de José de Faria de Alvarenga e Maria Paes Cardoso, c.ger. em Vaz Guedes, np. de Pedro Domingues Paes e Maria Ribeira de Alvarenga, nm. de Salvador Paes Cardoso e Anna Pires Ribeira. (FS).

 

Nota nº 2:

Este título Silva Leme refez no Vol. 6º, página 179, aqui apenas um resumo para mostrar as descobertas e continuações elaboradas por outros autores.

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,     Tiradentes,     Batch Numbers,      Bibliografia e códigos