GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos

 

                                   Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

                                                FIGUEIRAS DE BRAGA

 

     - Bartolomeu Figueira da Silva, n. por volta de1590, Braga, f. Rio, 1682, f. de Geraldo Figueira da Silva, fidalgo da Casa Real, e Ana Bravo Coutinho, np. de dom Diogo Figueira, deão da Sé de Braga, e Isabel Gomes (esta de Brites Frs., n. de Lamelas), bn. de Fernão Figueira e Leonor Tomirronquilha (ou Leonor Tomé Rouquinha, ou ainda, Leonor Tomé Rouquilho), esta sobrinha do protonotário dom João da Guarda, tn. de Lopo Figueira, n. Toledo, que em 1486, passou com sua mulher Izabel Dias Lamaya, para Portugal, e assentou casa em Braga. Izabel Dias Lamaya foi f. de Afonso Dias Lamaya, mordomo-mor de dom João Manoel. Por Ana Bravo Coutinho, foi neto Simão Freire de Sousa, Capitão em Braga, no tempo de dom Sebastião, que ficou cativo na batalha de Alcacerquibir, em 1587, e Antonia da Fonseca, esta f. legitimada de Antonio da Fonseca Coutinho, Arcebispo da Fonte Arcada, que foi f. de dom Francisco da Fonseca. Simão Freire de Sousa foi f. de Gregório da Costa Sousa e, por este, neto de João Pereira de Andrade.
   
     Bartolomeu c. 1ª vez pv. 1620, com Ne...., e, 2ª, no RJ, pv. 1626, com Úrsula de Arão ou Úrsula do Amaral Molete, dessa cidade, n. por volta de1606, onde f. 1684, f. de Joaquim Molete (ou Jaques Molete), francês, e Maria de Arão do Amaral, f. 1593, nm. de D. Antonio Diogo do Amaral e Micaela de Jesus Arão, e teve pelo menos: (2.124, 3.117/8, CR.1.116, 2.121/2, FG.283, PL.4.1.151, SL.2.494 e 496).

                                                Do 1º matrimônio:

                               Maria Figueira (hipótese) .................... Cap. 1º

                               Geraldo Figueira ............................... Cap. 2º

                                                Do 2º matrimônio:

                               Bento Figueira Bravo ......................... Cap. 3º

                               Diogo Bravo Figueira ......................... Cap. 4º

                               Ana Figueira .................................... Cap. 5º

                               Frei Pedro da Rocha .......................... Cap. 6º

                               Antonio Coutinho Figueira .................. Cap. 7º

                               Pe. João da Guarda, da Cia. de Jesus ... Cap. 8º

                               Frei Francisco Antoninho .................... Cap. 9º 

 

                                                   CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Maria Figueira, n. por volta de1621/6, seria, com quase toda a certeza, a mesma que c. por volta de 1646, com Gaspar Álvares de Azevedo, n. por volta de1616, pais de: (CR.1.60, 2.120 e 122). 

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Bartolomeu Figueira de Azevedo, n. por volta de1647, c. São Gonçalo, RJ, 1675, com Lourença da Costa Albernaz, b. Rio, 1649, f. de Mateus Correia Pestana e Lourença da Costa Albernaz, pais de 3  ou 4 filhos: (CR.1.60 e 2.120).

     3 - 1. Jerônimo Correia Costa, n. Rio b. 1684, onde c. 1708, com sua prima-irmã Lucinda Correia, n. por volta de1688, São Gonçalo, f. de José Correia Pestana e Cecília da Câmara.

     3 - 2. Luiz da Costa Homem, n. por volta de1691, São Gonçalo, onde c. 1721, com Agostinha da Assunção, n. por volta de1700, nessa cidade, f. de André de Siqueira Lordelo e Ângela da Costa (em Regos), pais de entre outros:

     4 - 1. Francisco da Costa Albernaz, b. Rio, 1726, c. por volta de 1750, Itaboraí, RJ, com Maria de Abreu Rangel, n. dessa cidade, f. de João de Torres Quintanilha e Joana de Abreu Rangel (em Botafogos), com 15 filhos: Cláudio, Escolástica, Narciso, e ainda: (CR.1.8 e 2.120).

     5 - 1. Maria, n. Rio, 1758 (Sé 10, 290v). (CR.1.8 e 2.120).

     5 - 2. Patrício Manuel de Torres, cc. Ana de Torres.

     5 - 3. Alexandre, cc. Isabel.

    5 - 4. José Amador de Siqueira Coutinho, n. Itaboraí, c. 1775, Santo Antonio de Sá, RJ, com Joaquina de Menezes e Vasconcelos, n. e b. nesta freguesia, f. do Cap. Inácio da Veiga de Barbuda (ou Ignacio da Veiga Machado) e Teresa Francisca Xavier. (CR.2.120).
- Obs.: Neta paterna de José da Veiga de Barbuda e Maria de Teixeira Menezes. (Antigos Registros Paroquiais de Casamento do Leste Fluminense, Vol. 2, fls. 66 e 157, de Marcelo Barbio Rosa).

     5 - 5. Francisco Maurício de Abreu Rangel (ou Francisco Albernaz de Abreu Rangel), n. por volta de1751, Itaboraí, c. 1775, Santo Antonio de Sá, com Francisca Maria Cordeiro (ou Francisca Maria Cardeira), n. Rio, b. NS da Candelária, f. de Manuel Cardeira Penedo, e Josefa Luiza de Marins. (CR.2.120 e Antigos Registros Paroquiais de Casamento do Leste Fluminense, Vol. 2, fls. 158, de Marcelo Barbio Rosa).
- Obs.: 1) Ele seria o do mesmo nome casado também com Constança de Souza Araujo, c.ger. em Gomes Araujo. 2) Um Francisco Maurício de Abreu Rangel, em 1828, juntamente com Maria Isabel da Purificação, eram ex-proprietários de uma Sesmaria em Nova Friburgo, que havia sido requerida por Antonio José de Siqueira. (AN).

     6 - 1. Ana Joaquina de Abreu Rangel (depois Ana Joaquina de Abreu Araújo), Donana, n. 1836, cc. seu primo João de Souza Araújo, n. no mesmo ano, em 1856 tinha terras em Aparecida, na Barra de São Francisco, RJ (vizinhas às terras da viúva Joaquina Emília de Araújo Torres, de Claudino José da Silva Ramos, de Higino Gomes Jardim e de José da Silva Pinheiro Torres), que residiram no Carmo, Sumidouro e Sapucaia, f. de Fulgêncio Gomes de Araújo e Albina Maria de Souza Araújo, c.ger. inédita na família Gomes Araujo, da Região Serrana do Rio de Janeiro. (Pesquisa do amigo, genealogista, Marcio Seixas, que resultou na ligação entre estas famílias).

    5 - 6. Maria de Abreu Rangel, cc. Francisco Manuel Cabral de Melo, talvez o do mesmo nome, que foi Capitão e Senhor de Engenho, Vereador e Almotacé.

     5 - 7. Matilde Mariana de Oliveira Quintanilha, cc. José da Veiga de Barbuda, c.ger. (CR.2.121).

     5 - 8. Joaquina, cc. Antonio Escórcio.

     5 - 9. Ana, cc. Inácio da Veiga de Barbuda.

     5 -10. Joana, cc. Pedro Antonio. (CR.2.121).

     5 -11. Antonio Francisco Quintanilha (não constante dos autores pesquisados), falecido com testamento, onde consta também o nome do irmão a seguir. (O testamento foi descoberto pelo amigo, genealogista, Dawson Nascimento da Silva, de Rio Bonito, RJ)

     5 - 12. Antonio da Costa Albernaz (não constante dos autores pesquisados), testamenteiro do irmão anterior.

     3 - 3. Alberto Figueira de Azevedo, n. por volta de1693, c. Rio, 1723, com Ana Barbosa, n. Rio, b. 1705, f. do Cap. Francisco Teles Barreto, dono da Fazenda dos Coqueiros em Campo Grande, e Maria Barbosa Lima, pais de: Maria, n. Rio, b. 1725 (Sé 7º, 87v).

     3 - 4. Maria Figueira de Azeredo ou Maria Figueira de Azevedo (hipótese), cc. João Barbosa del Rios, n. Itaboraí ou Itambi (que pelas datas poderia ser f. de João Del Rio Álvares, n. por volta de1662, c. Rio, 1692, com Úrsula Rodrigues), pais de: (CR.1.8, 2.265, 3.121).

     4 - 1. Alonso Barbosa Coutinho, n. por volta de1715, S.Gonçalo, RJ, c. Rio, 1745, com Maria de Abreu Rangel, n. por volta de1725, Rio, b. Candelária, f. de Manuel Rodrigues Ferreira, n. por volta de1691, São Julião, Lisboa, e Helena de Sá Rangel, n. Itambí, RJ, c.ger. inédita em Botafogos (CR.1.8 e gentil colaboração do Sr. Gustavo Coutinho Saliba, brasileiro, residente na França, descendente do casal, que enviou também toda a inédita geração do mesmo).

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Bento Figueira de Andrade, n. por volta de1652, c. São Gonçalo, 1685, com Ana da Costa Albernaz, n. por volta de1665, irmã de Lourença (a filha), do parágrafo anterior, com:

     3 - 1. Maria Figueira, n. por volta de1679/86, São Gonçalo, onde c. 1709, com Luiz Gomes Sardinha, b. 1682, Rio, f. de Mateus de Moura Varela e Isabel de Andrade do Zouro. (CR.1.60, 392, 2.121 e 637/8). 

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Nuno, n. São Gonçalo, RJ, b. 1652. (CR.1.60 e 2.121). 

                                                   Parágrafo 4º

     2 - 4. João, gêmeo do anterior, n. São Gonçalo, b. 1652, possivelmente o mesmo que c. por volta de 1677, com Ana de Menezes, n. por volta de1657, pais de:  (CR.1.60 e 2.121).

     3 - 1. Jacinta de Menezes, n. por volta de1678, São Gonçalo, RJ, c. Rio com o seu primo em 4º gráu, Gregório Vieira de Magalhães, n. por volta de1668, morador Santíssima Trindade de Macacu, RJ, f. de Inácio Vieira e Ângela Lourinho, pais de:

     4 - 1. Antonia, n. Rio, b. 1699 (Sé 5º, 124).

     4 - 2. Inácio, n. Rio, b. 1701 (Sé 5º, 144), cujo pai vem como Gregório Vieira Martins.

     4 - 3. Manuel, n. Rio, b. 1708 (Candelária 3º, 79). (CR.1.61). 

                                                   Parágrafo 5º 

     2 - 5. Ana, n. São Gonçalo, b. 1655. (CR.1.60 e 2.121). 

                                                   Parágrafo 6º

     2 - 6. Sebastiana de Azevedo Figueira, n. São Gonçalo, b. 1658, onde c. 1702, com Miguel Gomes Sardinha, f. de Amaro Gomes Sardinha e Antonia da Costa. (CR.1.60 e 2.121).

                                                   Parágrafo 7º 

     2 - 7. Antonio, n. São Gonçalo, b. 1660. (CR.1.60 e 2.121). 

                                                   CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Geraldo Figueira. (CR.2.122). 

                                                   CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Pe. Bento Figueira Bravo, n. Rio, b. 1626, f. após 1684. (CR.2.122 e PL.4.1.151).

                                                   CAPÍTULO 4º 

     1 - 4. Diogo Bravo Figueira (Diogo Figueira Bravo ou Diogo Bravo Menezes), n. Rio, b. 1629, onde c. 1675, com Brites de Azeredo Coutinho (ou Catarina de Azevedo), n. por volta de1655, Rio, f. do Cap. Marcos de Azeredo Coutinho e Melo e Paula Rangel de Macedo (em Azeredos Coutinhos), com: (3.117, CR.1.150, 116, 2.122, Ef.1.86, FG.283, PL.4.1.151 e SL.2.496).

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. João da Guarda Figueira, b. Icaraí, 1676, f. Rio 1722, onde c. 1698, com Maria Borges, n. Icaraí, b. Rio, 1674, f. do Cap. Bento Borges de Araujo e Lucrécia Viegas Coutinho (em Azeredos Coutinhos), com 3 filhos: Úrsula, n. Rio, b. 1712, e ainda: (CR.1.116, 259, 2.122 e FG.283).

     3 - 1. Maria, residente em MG, f. natural, do Par. 1º, com Margarida ... 

     3 - 2. Bento Bravo Coutinho.

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Cel. Francisco do Amaral Coutinho, n. por volta de1679, RJ, f. Vila Boa, Goiás, sertanista no Rio das Mortes, MG, e em Goiás, escolhido Governador da Capitania de São Paulo, de 1709 a 1710, onde c. 1728, com Catarina Madalena Leonor de Aguiar, f. de Manoel de Carvalho Aguiar, n. São Paulo, e Francisca da Silva Teixeira, n. Santos, esta do Cap. Mor Gaspar Teixeira de Azevedo e Maria da Silva, com: (1.89, 3.102, 118, DB.132, CR.1.116, 2.124, Ef.1.86, FG.283 e SL.2.496).

     3 - 1. Brites Maria Leonor Madalena do Amaral (ou Brites Maria Leonor Madalena de Azeredo Coutinho de Aguiar), c. Vila Boa, Goiás, com o Cap. João Leite Álvares Fidalgo, n. São Paulo, Juiz Ordinário e Tesoureiro da Real Fazenda dessa cidade, onde foram moradores, f. de José Álvares Fidalgo, b. Freixo de Espada à Cinta, 1667, e Maria Leite da Silva, n. São Paulo, np. de João Fernandes Fidalgo e Catarina Álvares, naturais de Freixo (em Raposos Bocarros), c.ger. em Vila Boa, omitida em SL, entre os quais pelo menos: (3.102, 118, GL.6.71, GS.151, 185 e SL.2.497).

     4 - 1. Comendador Francisco Xavier Leite do Amaral Coutinho, n. Goiás, f. com testamento em 1830, solteiro, s.ger. (GL.6.72).

     4 - 2. Cap. Dr. José Joaquim Leite do Amaral de Azeredo Coutinho, formado em Leis, Coimbra, 1795, pai de: (FP.5.107).

     5 - 1. Francisco Xavier Leite do Amaral de Azeredo Coutinho, Cadete do Batalhão de Caçadores, n. Goiás, f. 1860, Bragança Paulista, com 70 anos. (Aqui com colaboração do amigo, genealogista, Lourval Silva, que enviou as informações do nascimento e falecimento).
- Obs.: É possível que seja o mesmo: Francisco Xavier Leite, cc. Catharina Maria, com pelo menos: (FS).

     6 - 1. Antonia Maria da Cruz, n. Santa Efigênia, SP, onde c. 1856, NS da Conceição, com Francisco de Paula Toledo, n. Sé, f. de Ignácio Nunes e Anna Joaquina. (FS).

    6 - 2. Francisco Pedro Fernandes, c. 1860, NS da Conceição, Santa Efigênia, com Francisca Antonia dos Santos, f. de Conrado e Leonarda Maria da Assumpção. (FS).

     5 - 2. Ten. João Leite de Azeredo Coutinho.

     5 - 3. Rita Xavier de Barros (hipótese), sobrinha do 4-1, cc. Antonio Luiz Brandão. (GL.6.72).

     3 - 2. Ana Maria Joaquina de Jesus Menezes do Amaral Coutinho, c. Vila Boa, Goiás, com o Dr. Antonio Mendes de Almeida, n. NS do Pilar de Vila Rica, professo na ordem de Cristo, Intendente do Ouro da Real Casa de Fundição e Provedor da Fazenda Real da Capitania de Goiás, f. de Ventura Rodrigues Velho, n. S.Nicoláu, Porto, e Cecília Mendes de Almeida (em Lopes Silvas), n. SP. (3.118, GS.151 e SL.2.497).

     3 - 3. Cap. Benedito do Amaral Coutinho (hipótese), n. provavelmente em Goiás, f. por volta de 1784, Cuiabá, MT, para onde foi antes de 1756, quando era oficial da Câmara dessa cidade, tendo sido também Comandante da Companhia do Terço das Ordenanas de Cuiabá, com sede em Sto. Antonio do Rio Abaixo, cc. Mariana de Albuquerque, n. Meia-Ponte, Goiás, b. 1744, f. do Dr. Antonio da Silva Pereira, Advogado (provisionado), n. 1710, e Mariana de Albuquerque Rolim de Moura, ambos de Pernambuco, np. do Cap. Mor de Iguaraçu, Antonio da Silva Pereira e Ana Bezerra Pessoa, nm. do Comissário Geral, Manuel de Albuquerque da Silva e Margarida Rolim de Moura, c.ger. (FP.5.107).

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Bento do Amaral Coutinho, n. por volta de1683, RJ, Sarg. Mor de Batalha dos Emboabas contra os paulistas, no levante em Minas Gerais, em 1709, ficou tristemente célebre em virtude do episódio do Capão da Traição, tendo sido considerado o responsável pelo massacre de uma "manga" de paulistas e muitos índios seus aliados mas, ao mesmo tempo, um destemido soldado que defendeu com valentia o Rio de Janeiro dos franceses Duclerc, em 1710, e Duguay-Trouin, em 1711, quando foi assassinado junto à Lagoa da Sentinela, possivelmente com a cumplicidade dos parciais do Governador Francisco de Castro e Moraes, já que se opôs tenazmente a que a cidade fosse entregue ao inimigo, tendo os franceses festejado ruidosamente a sua morte. (DB.132, CR.1.117, 2.124 e FG.283).

     3 - 1. Bento do Amaral Coutinho, talvez filho ou sobrinho, cc. Isabel Pinto do Amaral, pais de: (CR.1.309).

     4 - 1. Catarina da Fonseca do Amaral, n. por volta de1728, São Gonçalo, RJ, c. 1748, Rio, com Baltazar Ferreira Pedroso, n. por volta de1718, Campo Grande, Rio, f. de Antonio Cardoso Pissarro e Mecia de Azeredo Coutinho, pais de: Rosa, b. Rio, 1749. (CR.1.309).

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Ana do Amaral Coutinho (ou Ana do Amaral da Silva Azeredo), n. Rio, b. 1686, onde f. 1711, c. 1701, na mesma cidade, com o Sarg. Mor Gaspar de Brito Soares, n. por volta de1670 (viúvo de Maria da Silva, f. em Angola), f. de Cosme de Brito e Maria de Abreu, com 3 filhos: Gaspar, n. Rio, b. 1707 (Sé 6º, 18), f. após 1711, e ainda: (CR.1.117, 150, 2.124, FG.283, FS e "Syclo das Gerações", fls. 256).

     3 - 1. Maria Josefa de Azeredo Coutinho, n. por volta de1710, Rio, c. por volta de 1730, com Antonio Caetano Pinto Coelho, n. 1671, os quais em 1731, levando o filho João Manuel foram para MG, f. de Francisco Pinto Coelho e Maria de Castro e Silva, com pelo menos 6 filhos: Francisco Pinto Coelho do Amaral Coutinho, João Pinto Coelho do Amaral Coutinho (o mesmo abaixo?), Ana Maria Josefa Coutinho, e ainda: (CR.1.150, 2.124 e DB.133).

     4 - 1. João Manuel Pinto Coelho Coutinho (o mesmo João Pinto Coelho do Amaral Coutinho?), n. RJ, f. 1808, militar com missões no sertão do Rio São Francisco e Pitangui, foi Cap. Mor da Campanha e Intendente das minas do Rio Verde, por patente de 1795. (DB.133 e "Syclo das Gerações", fls. 256).

     4 - 2. Cel. Luiz José Pinto Coelho da Cunha, cc.  Antonia Joana de Miranda e Costa, f. de José Ferreira da Costa e Leonor de Miranda, pais de: Luiz José Pinto Coelho da Cunha, f. solteiro, Francisco de Assis Pinto Coelho da Cunha, f. solteiro, e ainda: (CR.1.150, 154 e FS).

     5 - 1. Brig. Antonio Caetano Pinto Coelho da Cunha, c. Minas, com Ana Casimira Furtado Leite de Mendonça (depois, Anna Casimira Pinto Coelho da Cunha), irmã de Mariana Manoela Furtado Leite, do 5-3, abaixo, ambas filhas do Cap. Mor Manoel Furtado Leite de Mendonça, n. Ilha de São Miguel, e Inácia Custódia de Sá, n. MG (em Raposos Bocarros), com 9 filhos, naturais de MG, em SL.4.336, entre os quais: (CR.1.150, FS e NI.3.85).

     6 - 1. Anna Amália de Athayde Portugal (ou Anna Amélia de Ataíde Portugal), c. em Cocais, com o Cap. Joaquim Roberto de Carvalho e Macedo, n. São Paulo, f. do Dr. José Vaz de Carvalho e Escholastica Joaquina de Macedo, com 10 filhos em SL.4.336, onde observamos: (FS e SL.2.493).

     7 - 1. Maria Caetana de Carvalho Macedo, b. 1816, Centro, São Paulo, cc. seu parente, o Ten. Cel. Emílio Soares de Gouvêa Horta, f de Luiz Soares de Gouvêa e Bárbara de Gouvêa, com: Emílio e Mariana. (FS e SL.4.336).

     7 - 2. Joaquim Roberto de Carvalho Pinto, b. 1819, Santa Efigênia, São Paulo, Bacharel em Direito, Juiz de Direito da Comarca de Bragança, c. 1844, NS da Conceição, Santa Efigênia, SP, com Henriqueta Carolina Gavião Pinto Peixoto, f. do Brig. Bernardo José Pinto Gavião Peixoto e Anna Policena de Andrade e Vasconcellos ou Anna Feliciana de Vasconcellos Gavião (em Oliveiras Leitões), com 3 filhos em SL.4.339, entre os quais: (FS e SL.4.263).

     8 - 1. Anna Amália de Carvalho Pinto, residente no Rio, RJ, c. 1867, NS da Conceição, Santa Ifigênia, SP, com seu primo, Pedro Álvares de Souza Coutinho, do qual enviuvou. (FS e SL.4.340).

     6 - 2. Cel. Antonio Caetano Pinto Coelho da Cunha, agraciado com diversas condecorações, c. 1ª vez, com Maria Olyntha de Araujo e, 2ª, com Júlia Amália de Araujo (ou Joana de Araujo), irmã da anterior, s.ger. da 2ª, mas com 2 filhos da 1ª esposa, naturais de Minas Gerais: (SL.4.341 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 260).

     7 - 1. Maria Olintha Pinto Coelho da Cunha, cc. seu primo irmão, o Dr. Antonio Feliciano Pinto Coelho da Cunha, f. do Cel. José Feliciano Pinto Coelho da Cunha, Barão de Cocais, e da Baronesa, Antonia Tomásia de Figueiredo Neves, abaixo, s.ger.

     7 - 2. Dr. Antonio Olynto Pinto Coelho da Cunha, Médico, cc. Luiza de Lemos, "c.ger.".

     6 - 3. Cel. José Feliciano Pinto Coelho da Cunha, Barão de Cocais, n. Minas, onde f. 1869, veador honorário da Casa Imperial, c. 1819, Santo Antonio, Santa Bárbara, MG, com Antonia Tomásia de Figueiredo Neves, n. MG, f. do Cel. Antonio Tomás de Figueiredo Neves e Coleta Antonia Ferreira Pinto, c.ger. em CR.1.151 e SL.4.341, seguindo por este: (VT.1.70 e 281).

     7 - 1. Dr. Antonio Feliciano Pinto Coelho da Cunha, Médico, cc. sua prima irmã, Maria Olynta Pinto Coelho da Cunha, f. do Cel. Antonio Caetano Pinto Coelho da Cunha e Maria Olyntha de Araujo, acima, s.ger.

     7 - 2. Anna Casimira Pinto Coelho da Cunha, cc. o Ten. Cel. Bernardo Antonio Nascentes Pinto, n. RJ, com: Anna e Júlia.

     7 - 3. Júlia Amália Pinto Coelho da Cunha, cc. seu primo irmão, o Ten. Cel. Ovídio Cesar Pinto Coelho da Cunha, f. de Modesto Casimiro Pinto Coelho da Cunha, e Anna Maria Pinto Teixeira da Motta, com, entre outros: José.

     7 - 4. Antonia Thomazia Pinto Coelho da Cunha (ou Antonia Josefina Pinto Coelho), cc. seu primo, o Ten. Cel. João Jacintho de Aguiar Leite Pinto, f. do Cap. José de Aguiar Vasconcellos Leite de Mendonça, n. Ilha de São Miguel, e Emerenciana Claudomila, c.ger. (SL.4.341 e "Ciclo das Gerações", fls. 261).

     6 - 4. Ten. Cel. Luiz José Pinto Coelho da Cunha, não casou, mas deixou duas filhas naturais, reconhecidas: (SL.4.342).

     7 - 1. Maria Luiza Pinto Coelho da Cunha, cc. Manoel Ignacio Furtado Leite, c.ger.

     7 - 2. Maria Adelaide Pinto Coelho da Cunha, cc. Fernando José Pereira, c.ger.

     6 - 5. Ten. Cel. Francisco de Assis Pinto Coelho da Cunha, condecorado com diversas medalhas, cc. sua sobrinha, Eliza Robertina de Carvalho Macedo, f. de Joaquim Roberto de Carvalho Macedo e Anna Amália Pinto Coelho da Cunha, com 5 filhos em SL.4.338/9.

     6 - 6. Maria Carolina Pinto Coelho da Cunha, n. e b. 1796, Barão de Cocais, MG, cc. o seu primo, Desembargador Francisco de Lemos Pereira de Faria Coutinho (ou Francisco de Lemos Pereira de Azeredo Coutinho), n. Portugal, f. do Des. João Pereira Ramos de Azeredo Coutinho, n. RJ, e Maria do Candal Ramalho da Fonseca Arnaut do Rivo (em Rendons), com 4 filhos: (FS, MP.15 e SL.4.343).

     7 - 1. Francisco de Lemos Pereira de Faria (ou Francisco de Lemos de Faria Pereira de Azeredo Coutinho), n. 1820, RJ, Visconde de Aljezur em Portugal, em 1858 e Conde em 1878, cc. Maria Rita da Cunha (ou Maria Rita de Noronha), n. 1826, Lisboa, onde faleceu, Viscondessa do mesmo título, inventariada em 1864, pelo marido, f. dos "Marqueses de Angeja e 8º Conde de Vila Verde", s.ger. (BG.65.3.115, MJ, MP.15 e SL.4.343).

     7 - 2. Antonia Pinto de Lemos, n. RJ, 1ª mulher do seu primo, o Comendador Modesto Cassiano Pinto Coelho da Cunha, f. de Modesto Casimiro Pinto Coelho da Cunha e Ana Maria Pinto Teixeira da Mota, n. MG, s.ger. (SL.4.342/3).

      7 - 3. João Pereira Ramos de Azeredo Coutinho, n. RJ, f. solteiro.

     7 - 4. Ana Carolina de Lemos de Azeredo Coutinho (omitida por SL), cc. seu primo Modesto Casimiro Pinto Coelho da Cunha, f. de outro Modesto Casimiro Pinto Coelho da Cunha e Ana Maria Pinto Teixeira da Mota, s.ger. (MP.15, SL.4.342/3 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 251).

     5 - 2. Cel. Felício Moniz Pinto Coelho da Cunha, c. 1ª vez, 1786, Barão de Cocais, MG, com Mariana Manoela Furtado Leite, f. do Cap. Mor Manoel Furtado Leite de Mendonça, n. Ilha de São Miguel, e Inácia Custódia de Sá, n. MG (em Raposos Bocarros) e, 2ª, com Maria da Conceição de Souza Coutinho, f. do Cap. Mor José Álvares da Cunha Porto (ou José Alves da Cunha Porto) e Marianna Perpétua de Souza Coutinho (em Azeredos Coutinhos), com pelo menos: (CR.1.153, DB.153, FS, NI.3.85 e SL.4.332).
               Da 1ª esposa, 9 filhos, naturais de Minas:

     6 - 1. Ana Felícia Moniz Pinto Coelho da Cunha, n. 1787, cc. o Cap. Ignacio Mendes de Magalhães, com, entre outros, naturais de MG: Antonio Alves Pinto Coelho, Ignacio, falecidos solteiros, Luiz, Maria da Conceição, Bárbara, Antonia, Pedro Nolasco, e ainda: (FS, CR.1.153 e SL.4.332).

     7 - 1. Felício Moniz Pinto Coelho, cc. (...). (SL.4.332).

     7 - 2. Maria Manoela, cc. o Cap. José Pereira Pinto Bastos, n. Portugal, com: Maria Emerenciana, Maria Clara e Libânia.

     7 - 3. Francisca, c. 1ª vez, com o Cel. João da Motta Teixeira, n. Minas e, 2ª, com João da Motta Ribeiro, n. Portugal.

     7 - 4. José, casado.

    6 - 2. Manoel Furtado Leite Pinto Coelho, n. 1789 (ou 1804), Belo Horizonte, onde faleceu, e onde c. 1826, com Cândida de Souza Coutinho, com, naturais de Minas: José Egydio, f. em menoridade, e ainda: (FS, CR.1.153 e SL.4.332).

    7 - 1. João Batista Furtado Leite Pinto Coelho, n. 1827, Belo Horizonte, onde faleceu, c. 1849, Ouro Preto, com Isabel de Souza Coutinho, com: João, Francisco e Maria. (FS e SL.4.332).

     7 - 2. Felício Moniz de Magalhães, cc. Porcina Cerqueira, de Minas Gerais. (CR.1.153 e SL.4.332).

     6 - 3. Alf. Felício Moniz Pinto Coelho da Cunha (ou Felício Moniz Pinto Coelho de Mendonça), n. 1790, do Regimento dos Dragões de Vila Rica, c. 1813, com sua prima Domitila de Castro Canto e Melo (1º marido), n. 1797, São Paulo, onde f. 1867, a célebre Marquesa de Santos, concumbina de D. Pedro I, f. do Cel. João Batista de Castro Canto e Melo, 1º Visconde de Castro, n. Ilha Terceira, Açores, e Escolástica Bonifácia de Toledo Ribas, Viscondessa, n. São Sebastião (em Toledos Pizas), com: (NG.95, CR.1.442, NI.3.85, NobRS.63 e SL.4.334).

     7 - 1. Felício Pinto Coelho de Mendonça e Castro, cc. Maria de Castro, com 5 filhos: Leonor de Castro, Felício de Castro, e ainda: (FS e SL.4.334 e 9.140).
- Obs.: Era natural de Minas, Comendador da Ordem de Cristo, e casou também com Anna Alves de Oliveira e Castro, n. São Paulo
, com pelo menos: Faustina Pinto Coelho de Mendonça e Castro, n. e b. 1868, NS da Assunção, Centro, São Paulo. (FS e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 269).

     8 - 1. Domitila de Castro, cc. o Dr. Elizeu Guilherme Cristiano, n. Bragança Paulista, Juiz de Direito de Ribeirão Preto, em 1903, f. de José Guilherme Cristiano, com pelo menos: José Christiano, b. 1889, Santa Ifigênia, São Paulo, SP. (FS, Revista Genealógica Latina, nº 8 e SL.4.334).

     9 - 1. Valdomiro Elysen (hipótese, filho de Domitila de Castro Christiano e Guilherme Caetano Elysen?), b. 1891, Santa Ifigênia, São Paulo, SP. (FS).

    8 - 2. Faustina, cc. Nicolau C. Janacópulos, grego ou descendente de grego, com pelo menos: Vera Janacópulos, musicista de renome.  (Revista Genealógica Latina, nº 8 e SL.9.140).

     8 - 3. Maria, 2ª esposa do Maestro João Gomes de Araujo, o velho, n. Pindamonhangaba, com: Felício, Carmosina e Estefânia. (Revista Genealógica Latina, nº 8 e SL.9.140).

     7 - 2. Francisca Pinto Coelho de Mendonça e Castro, n. 1815, f. 1833, SP, c. Rio, 1828, com seu tio materno, o Brig. José de Castro Canto e Melo, n. São Paulo, b. 1787, f. 1846, Gentil Homem da Imperial Casa, com: (SL.4.334 e CR.1.441).

     8 - 1. Escolástica Pinto Coelho de Mendonça e Castro, c. 1853, Santa Efigênia, São Paulo, SP, com o Bacharel em Direito, José Soares Teixeira de Gouveia, com: José, Maria Rosaura e Lúcio. (FS e SL.4.334).
- Obs.: Pelo sobrenome, ele poderia ser da família do Senador Lúcio Soares Teixeira de Gouveia, formado em Direito, n. 1792, Mariana, MG, f. 1838. (Site do Senado Federal).

     6 - 4. Marianna Florinda de Athaide (ou Mariana Florinda Pinto Coelho da Cunha), n. 1791, cc. o Senador Antonio Gonçalves Gomide, Médico, com 7 filhos: Emília Antonia e Emílio, falecidos em menoridade, e ainda: (CR.1.153 e FS).

     7 - 1. Emília Angélica de Athayde Gomide, cc. João Morgan, n. Inglaterra, com: José Morgan, Vice-Cônsul na Bahia, João Carlos Morgan, estudou Medicina em Londres e Guilherme Mongan, estudou Engenharia no Rio de Janeiro. (FS e SL.4.333).

     7 - 2. Emília Perpétua de Athayde Gomide, cc. Patrício Martins de Oliveira, com 9 filhos: Antonio Emílio de Oliveira, Aureliano Martins de Oliveira, Patrício Martins de Oliveira, José Feliciano Martins de Oliveira, Adolpho Martins de Oliveira, Emílio Martins de Oliveira, João Martins de Oliveira, Pedro Martins de Oliveira e Horácio Martins de Oliveira. (FS e SL.4.333).

     7 - 3. Emília Bárbara de Athayde Gomide, cc. Jorge Morgan, n. Inglaterra, com 5 filhos: Jorge Morgan Júnior, Marianna Morgan, Guilherme Morgan, Emília Luiza Morgan e Catharina Morgan. (FS e SL.4.333).

     7 - 4. Emília Luiza de Athayde Gomide, cc. o Dr. Jerônimo Máximo Nogueira Penido, com 7 filhos: Emília Augusta Cezarina de Athayde Gomide Penido, Emília Eliza Cândida de Athayde Gomide Penido, Jerônimo Máximo Nogueira Penido Júnior, José Máximo Nogueira Penido, Antonio Máximo Nogueira Penido, Amélia Carolina de Athayde Gomide Penido e Agostinho Máximo Nogueira Penido. (FS e SL.4.333/4).

     7 - 5. Comendador Emílio Gomide Pinto Coelho da Cunha (outro do nome), cc. Rosa Emília de Oliveira Gomide, com 7 filhos: Emílio Antonio Pinto Coelho da Cunha, Marianna Florinda Pinto Coelho da Cunha, Modestina Gabriella Coelho da Cunha, Emília Luiza Coelho da Cunha, Antonio Gonçalves Gomide, José Gonçalves Coelho da Cunha e Estanislau Gomide Coelho da Cunha. (FS e SL.4.334).

     6 - 5. Maria Cândida Pinto Coelho da Cunha, n. 1793, Barão de Cocais, MG, onde f. 1825, solteira. (CR.1.153, FS e SL.4.334).

     6 - 6. Emerenciana Claudomila Pinto Coelho da Cunha, n. 1794, c. 1812, com seu primo, o Cap. José de Aguiar Vasconcelos Leite de Mendonça, b. Capellas, Ilha de São Miguel, Açores, f. 1812, Barão de Cocais, MG, f. de "C. José de Aguiar Vasconcelos" e Izabel Joaquina Furtado Leite de Mendonça, com 11 filhos: Francisca e Francisco de Salles de Aguiar Leite Pinto, falecidos solteiros, Anna e Antonio, falecidos em menoridade, e ainda: (CR.1.153, FS e SL.4.335).

     7 - 1. Maria Izabel de Aguiar Leite Pinto, cc. seu parente, Francisco Paes Rebello Horta, f. de Major Manoel Gomes Rebello e Anna Rodrigues Horta, com, naturais de Minas: Izabel, Anna, Antonio e Olympio. (SL.4.335).

     7 - 2. José Maria de Aguiar Leite Pinto, n. e b. 1815, Barão de Cocais, onde c. 1839, com Joaquina Amália de Carvalho Macedo, n. 1821, São Paulo, f. do Cap. Joaquim Roberto de Carvalho Macedo, n. São Paulo, e Anna Amália de Athayde Portugal, com 6 filhos: Josephina Augusta de Aguiar Leite Pinto, Francisco de Assis de Aguiar Leite Pinto, Anna Claudomilla de Aguiar Leite Pinto, Augusto Cesar de Aguiar Leite Pinto, José Maria de Aguiar Leite Pinto, Antonio Olyntho de Aguiar Leite Pinto. (FS e SL.4.335).

     7 - 3. Anna Casimira de Aguiar Leite Pinto, cc. seu primo Álvaro Borges do Rego, n. Ilha de São Miguel, Açores, com 3 filhos, naturais de Minas: Francisca, f. em menoridade, João Jacintho Borges de Aguiar, e ainda: (SL.4.335).

     8 - 1. Anna Augusta, cc. seu parente, Francisco de Assis Pires Pontes.

     7 - 4. Carolina Claudomilla de Aguiar Leite Pinto, cc. seu primo, João Cabral de Vasconcellos Leite, n. Ilha de São Miguel. (SL.4.335).

     7 - 5. Emerenciana Augusta de Aguiar Leite Pinto, cc. Izac Antonio de Abreu Leite, com: Regina. (SL.4.335).

     7 - 6. Antonio Jacintho de Aguiar Leite Pinto, cc. Anna ..., com, naturais de Minas: Anna e um filho. (SL.4.335).

     7 - 7. João Jacintho de Aguiar Leite Pinto, n. e b. 1829, Barão de Cocais, onde c. 1859, com sua prima, Antonia Thomazia Pinto Coelho da Cunha (ou Antonia Josefina Pinto Coelho), n. 1829, MG, f. de José Feliciano Pinto Coelho da Cunha, o Barão de Cocais, e Antonia Thomazia de Figueiredo Neves, acima. (FS, SL.4.336 e "Cyclo das Gerações, de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 271).

     6 - 7. João Egas Moniz Pinto Coelho da Cunha, n. 1795, Barão de Cocais, cc. Anna ...., com 4 filhos: Francisca, Maria, Joana, casada, e Mariana, casada. (CR.1.153 e FS e SL.4.333).

     6 - 8. Antonio Mariano Pinto Coelho da Cunha, n. 1798, Barão de Cocais, f. solteiro. (CR.1.154 e FS).

     6 - 9. Egas Moniz Pinto Coelho da Cunha, n. 1800, c. 1ª vez, com Ana da Cunha (a mesma Anna Jacintha de Jesus?) e, 2ª, com Emília da Cunha, com 3 filhos da 1ª esposa: Felício Moniz Pinto Coelho da Cunha, e ainda: (CR.1.154 e FS, SL.4.336).

     7 - 1. Antonio Jacintho Pinto Coelho da Cunha, cc. Salvina ....

     7 - 2. Alexandre Moniz Pinto Coelho da Cunha, cc. Joanna ....

               Da 2ª esposa (do 5-2, acima), pelo menos 3 filhos:

     6 -10. Felício Moniz Pinto Coelho da Cunha, n. 1828, Barão de Cocais, MG. (FS).

     6 -11. Carolino Moniz Pinto Coelho da Cunha, n. 1830, Barão de Cocais. (FS).

     6 -12. Clara Augusta Pinto Coelho da Cunha, cc. Antonio Carlos Rebello Horta, f. de Manoel José Gomes Rebello, n. Portugal, e Ana Joaquina Francisca da Silva Horta. (FS).

               Da 2ª esposa, entre outros: José.

     5 - 3. José Luís Pinto Coelho da Cunha, cc. Lourença Maria de Abreu e Melo, n. Minas, f. do Cel. Manuel do Vale Amado e Maria Cardoso de Abreu e Melo ou Maria Córdula de Abreu e Mello (em Raposos Bocarros), com 14 filhos em CR.1.154, entre os quais: Francisca Pinto Coelho da Cunha, f. menor, Modesto José Pinto Coelho da Cunha, n. 1818, Generoso José Pinto Coelho da Cunha, e ainda: (Com muitos acréscimos gentilmente enviados pela genealogista Ivana Maria de Aguiar Ribeiro, de Minas Gerais, para toda a geração do casal).

     6 - 1. Maria José de Athaíde e Mello, n. Santa Bárbara, f. Pará de Minas, MG, cc. o Cap. João Felisberto Correa de Miranda ou João Felisberto Carneiro de Miranda (que depois cc. sua cunhada, Leonor Carolina de Abreu e Mello, adiante), n. aprox. 1791, f. 1868, Pará de Minas, f. de Felisberto José Correa de Miranda e Theodora Gertrudes de Moraes, com 13 filhos em SL.4.346/7, onde observamos: Lourença Maria Pinto de Miranda, n. aprox. 1828, José Maria Pinto de Miranda, f. 1881, Lourenço Maria Pinto Coelho de Miranda, f. criança, "Generoso Maria, não", Generosa Maria Athayde de Miranda, Eliza Maria Athaíde de Miranda, todos em Pará de Minas (truncados em SL), e ainda: (CR.1.154 e FS).

     7 - 1. Francisco Maria Pinto de Miranda (cujos casamento e geração SL não descobriu), n. aprox. 1830, Pará de Minas, cc. Elisa Maria Silvina, com pelo menos: Maria José de Miranda, n. 1880, Pará de Minas. (FS).

     7 - 2. João Maria Pinto de Miranda (cujos casamento e geração SL não descobriu), n. Pará de Minas, cc. Teófila Benedita Moreira da Silva, n. Esmeraldas, MG, com: João Moreira de Miranda, n. 1863, Maria Moreira de Miranda, n. 1864, Francisco Moreira de Miranda, n. 1866, Guilhermina Moreira de Miranda, 1867, todos em Pará de Minas, e ainda: Elisa Moreira de Miranda, n. 1873, Esmeraldas, MG. (FS).

     7 - 3. Antonio Maria Pinto de Miranda (cujo casamento SL não descobriu), n. Pará de Minas, aí c. 1862, com Rosa do Vale Amado. (FS).

     7 - 4. Modesto Maria Pinto de Miranda, n. Pará de Minas, cc. Maria Tertuliana Moreira, com: Modestina Moreira de Miranda, n. 1878, José Moreira de Miranda, n. 1884, Isaltino Moreira de Miranda, n. 1887, Francisco Moreira de Miranda, n. 1890, todos em Pará de Minas, e ainda: (FS).

     8 - 1. Maria das Dores Moreira de Miranda, n. 1876, Pará de Minas, cc. Cândido Moreira Diniz, n. Esmeraldas, MG.

     8 - 2. João Felisberto de Miranda, n. 1881, Pará de Minas, onde c. 1917, com Maria das Dores Maciel, f. de Theolindo de Souza Torneiros e Anna Amélia. (FS).

     7 - 5.  Felisberto Maria Pinto de Miranda (cujos casamento e geração SL não descobriu), n. Pará de Minas, onde c. 1886, com Maria Luísa de Moraes Navarro, com:

     8 - 1. Luiz Álvaro Pinto de Miranda, n. Pará de Minas, onde cc. Maria Isabel de Mendonça, f. de João Jacinto de Mendonça e Maria Isabel de Mendonça, com: José, n. 1888, Maria, n. 1889, Maria (outra), n. 1891, Clarindo, n. 1893, Jônatas, n. 1895. Lucília, n. 1901, e Rita, n. 1902, todos em Pará de Minas. (FS).

     8 - 2. Felisberto Navarro Pinto de Miranda, n. Pará de Minas, cc. Christina Soares de Almeida, com: Claudino Soares de Miranda, n. 1893, Felisberto Soares de Miranda, n. 1902, Vicente Soares de Miranda, n. 1905, Conceição Soares de Miranda, n. 1916, todos em Pará de Minas, e ainda: (FS).

     9 - 1. Maria Soares de Miranda, n. 1895, Pará de Minas, onde c. 1915, com Júlio Teixeira Duarte, f. de José Teixeira Duarte e Maria Virgínia do Sacramento.

     9 - 2. Jenny Soares de Almeida, n. 1900, Pará de Minas, onde c. 1917, com João da Cruz Teixeira, f. de Antonio Teixeira Duarte e Felicidade Maria de Jesus.

     9 - 3. Zulmira Soares de Miranda, n. 1904, Pará de Minas, onde c. 1925, com Antonio José de Oliveira, f. de outro do mesmo nome e Deolinda Severina de Jesus.

     9 - 4. José Soares de Miranda, n. 1907, Pará de Minas, onde c. 1931, com Rosa Barbosa, f. de Benvindo Dias Barbosa e Maria José Barbosa.

     9 - 5. Leonor Maria de Miranda, n. 1909, Pará de Minas, onde c. 1928, com Gerson Faustino de Araújo, f. de Joaquim Faustino de Araújo e Maria Firmina de Jesus.

     9 - 6. Alice Soares de Miranda, n. 1898, Pará de Minas, onde c. 1915, com Joaquim Teixeira Duarte, f. de José Teixeira Duarte e Maria Virgínia do Sacramento.

     9 - 7. Christina Soares de Almeida, n. 1896, Pará de Minas, onde c. 1913, com Mathias Pereira Duarte, f. de Isaías Pereira Duarte e Constança Umbelina de Jesus.

     8 - 3. João Navarro Pinto de Miranda, n. Pará de Minas, onde cc. Maria das Dores de São José, com: José, n. 1894, Dolores, n. 1901, Vicentina, n. 1903, Maria, n. 1905, f. no mesmo ano, Alberto, n. 1907, e Ady, n. 1909, todos em Pará de Minas.(FS).

     7 - 6. Guilhermina Maria Pinto de Miranda, n. Pará de Minas, onde c. 1856, com seu tio, o Ten. Cel. Lourenço José Pinto Coelho da Cunha (2ª esposa), f. de José Luiz Pinto Coelho da Cunha e Lourença Maria de Abreu e Mello, adiante, s.ger. (CR.1.154 e SL.4.347).

     7 - 7. Maria José Athaíde de Miranda, n. Pará de Minas, onde c. 1858, com seu tio, o Ten. Cel. Lourenço José Pinto Coelho da Cunha, acima (3ª esposa), c.ger. adiante. (CR.1.154 e SL.4.347).

     7 - 8. Ignacia Maria Athaíde de Miranda, n. Pará de Minas, onde c. 1865, com Belarmino José Pinto Coelho da Cunha. (FS).

     6 - 2. Antonia Joaquina de Abreu e Mello, cc. Francisco Thomás Carneiro de Miranda, cuja geração Rheingantz não relaciona, tiveram pelo menos: (CR.1.154 e SL.4.347).

     7 - 1. José Luiz Carneiro de Miranda, cc. Maria Madalena, com pelo menos: Maria José e Antonia Joana. (SL.4.347).

     6 - 3. José Maria Pinto Coelho da Cunha, cc. Maria Cláudia Vaz, com pelo menos: (CR.1.154, SG.167 e SL.4.347).

     7 - 1. Dr. José Maria Vaz Pinto Coelho da Cunha, formado em Direito em São Paulo em 1858, c. São Paulo, com Leonor Eufrásia de Andrade (ou Lenir Euphrasina de Andrade Vaz Pinto Coelho), com 12 anos no Censo de 1846, f. de Jerônimo José de Andrade e Maria Carlota de Baumann (em Guerras), com pelo menos 2 filhos: (SG.167 e SL.4.347).

     8 - 1. José Maria Vaz Pinto Coelho, n. 1860, b. 1861, Sabará (padrinhos: Cândido José de Andrade e Maria Carlota de Baumann, tio e avó), formado em Direito em 1884, em São Paulo. (SG.166).

     8 - 2. Henrique Vaz Pinto Coelho, n. Pomba, MG, estudou Direito em São Paulo, mas formou-se no Rio, onde ficou morando. (SG.166).

     8 - 3. Christiano Vaz Pinto Coelho, c. 1905, na 10ª  Circunscrição do Rio de Janeiro, aos 33 anos, com Deolinda Lage, n. 1883, f. de Francisco Coelho Lage e Coralina Augusta Lage. (FS).

     7 - 2. Antonio Vaz Pinto Coelho da Cunha, provavelmente o do mesmo nome cc. Laurinda Vaz Tavares (depois, Laurinda Vaz Pinto Coelho da Cunha), com pelo menos: (FS).

     8 - 1. Abel Vaz Pinto Coelho da Cunha, n. 1865, c. 1895, na 8ª Circunscrição do Rio de Janeiro, com Maria Carlota Grunewald, n. 1870 (ambos solteiros na data do casamento), f. de Heitor Rademaker Grunewald e Emília Augusta Guimarães Grunewald. (FS).

     8 - 2. Celina Vaz Pinto Coelho da Cunha, n. 1876, c. 1897, na 4ª Circunscrição do Rio de Janeiro, com Alcides Ferreira Carneiro, f. de Joaquim Ferreira Carneiro e Anna da Cunha Ferreira Carneiro. (FS).

     6 - 4. Antonio Luiz Pinto Coelho da Cunha (cujo casamento Rheingantz não descobriu), n. Pitangui, MG, c. 1857, Santo Antonio, Santa Bárbara, MG, com Maria do Carmo Perpétua da Silva, f. de Manoel de Souza Silva e Maria Perpétua de Nazareth, com pelo menos: (CR.1.154, FS e SL.4.347).

     7 - 1. Antonio Pinto Coelho da Cunha, b. "1838", Santo Antonio, Santa Bárbara, MG (só constou o nome do pai). (FS).

     6 - 5. Luiz Pinto Coelho da Cunha (ou "Luiz da Cunha Pinto Coelho da Cunha"), n. 1806, cc. Mariana Carolina Pereira da Silva (ou Mariana Carolina Pinto Coelho da Cunha), naturais de Minas, com: Regina, Luiz, José, Maria Luiza e Júlio, e ainda: (CR.1.154, FS e SL.4.347).

     7 - 1. "Maria da Cunha Pinto Coelho da Cunha", n. 1846, b. 1847, Santo Antonio, Santa Bárbara, MG. (FS).

     6 - 6. Ten. Cel. Lourenço José Pinto Coelho da Cunha (ou Lourenço José Pinto Coelho da Costa), f. 1868, Pará de Minas, onde c. 1ª vez com sua prima, Maria José de Abreu e Mello, f. de Braz Valentim da Costa e Maria Magdalena Felizarda da Costa, com Umbelina e Maria, falecidas em menoridade, 2ª vez, 1856, com sua sobrinha, Guilhermina Maria Pinto de Miranda, f. de João Felisberto Correa de Miranda e Maria José Athaíde e Mello, acima, sem geração e, 3ª vez, 1858, com Maria José Athaíde de Miranda, irmâ da 2ª esposa, e teve desta: Lourenço, n. 1859, f. no mesmo ano, José, n. 1860, f. 1861, José (outro), n. 1864, f. 1866, Lourenço (outro), n. 1868, f. 1869, todos em Pará de Minas, e ainda: (CR.1.154, SL.4.347, 349 e FS).

     7 - 1. José Luiz Pinto Coelho, n. 1866, Pará de Minas, cc. Maria Cândida de Jesus, com pelo menos: Lourenço, n. 1914, Pará de Minas. (FS).

     6 - 7. Leonor Carolina de Abreu e Mello, n. Santa Bárbara, MG, cc. seu cunhado, o Cap. João Felisberto Carneiro de Miranda ou João Felisberto Correa de Miranda (viúvo de Maria José de Athaíde e Mello, acima), n. aprox. 1791, f. 1868, Pará de Minas, f. de Felisberto José Correa de Miranda e Theodora Gertrudes de Moraes, cuja geração Rheingantz não relaciona, tiveram pelo menos: Aurora Leonor de Abreu Miranda, n. aprox. 1835, f. 1910, Theodora Leonor Correa de Miranda, n. 1852, Joana Leonor Correa de Miranda, n. 1855, Vicente Correa de Miranda (exposto), n. 1861, Isabel Correa de Miranda (exposta), n. 1871 (não relacionadas por SL), Francisca Leonor Athaíde de Miranda, f. 1885, Rosa Leonor de Abreu Miranda, Antonia Leonor de Abreu Miranda, Anna Leonor de Abreu Miranda, Lourenço, f. menor, Lourenço Pinto Coelho Correa de Miranda (outro), todos nascidos e falecidos em Pará de Minas, e ainda: (CR.1.154, FS e SL.4.347/8).

     7 - 1. João Felisberto Correa de Miranda (cujos casamento e geração SL não descobriu), n. 1849, Pará de Minas, onde faleceu, cc. Emília Augusta das Chagas Torres, com: Joana das Chagas de Miranda, n. 1888, José Augusto Correa de Miranda, n. 1890, João Felisberto Correa de Miranda Filho, n. 1898, Pedro Correia de Miranda, n. 1900, Leonor das Chagas Miranda, todos nascidos e falecidos em Pará de Minas, e ainda: (FS e SL.4.348).

     8 - 1. Francisco Correa de Miranda, n. 1882, Pará de Minas, onde c. 1908, com Rosa Amélia de Freitas, n. 1888, na mesma cidade, f. aprox. 1949, f. de Antonio Júlio Teixeira de Faria e Maria Cândida Teixeira de Menezes Faria, com: Sílvio Correa de Miranda, n. 1910, Pará de Minas, f. Rio, RJ, José Correia de Miranda, n. 1913, Pará de Minas, f. Belo Horizonte, Mário Correia de Miranda, n. 1915, Pará de Minas, f. Belo Horizonte, João Correia de Miranda, n. 1916, Pará de Minas, onde faleceu, Emília Correia de Miranda, n. 1918, Pará de Minas, Raimundo Correia de Miranda, n. 1919, Pará de Minas, onde faleceu, e ainda: (FS).

     9 - 1. Maria Antonieta Ribeiro, n. 1911, Pará de Minas, cc. Evaristo Firmiano Ribeiro, n. 1897, na mesma cidade, f. de Antonio Carlos Firmiano Ribeiro e Maria das Dores da Fonseca.

     9 - 2. Helena Menezes de Miranda, n. 1922, Pará de Minas, onde cc. Antonio Viegas de Mendonça Filho, n. 1916, na mesma cidade, onde faleceu, f. de Antonio Viegas de Mendonça e Rita América de Mendonça.

     9 - 3. Branca Correia de Miranda, n. 1924, Pará de Minas, cc. Raimundo Mendes, f. na mesma cidade.

     9 - 4. Zuleika Correia de Miranda, n. 1925, Pará de Minas, cc. José Alexandre, f. em Belo Horizonte.

     8 - 2. Raimundo Correia de Miranda, c. 1920, Pará de Minas, com Maria Álvares Moreira, n. da mesma cidade, f. de Francisco Álvares Moreira e Aurora de Abreu e Silva.

     7 - 2. Leonor Carolina de Abreu Miranda, n. 1853, c. Pará de Minas, com Antero Alves Machado, f. na mesma cidade, f. de José Alves Machado e Cândida Alves da Silva, com pelo menos: José, n. 1881, José (outro), n. 1885, José (outro), n. 1887.

     6 - 8. Francisco Pinto Coelho da Cunha, cc. Anna .... (SL.4.348).

     6 - 9. Belmírio José Pinto Coelho, f. 1882, Pará de Minas, cc. Porfíria Josefina, f. 1885, com pelo menos: Carlos Pinto Coelho, n. 1868, Pará de Minas. (FS).

     6 -10. Generosa Querubina de Ataíde e Mello (ou Generosa de Ataíde Pinto Coelho), n. por volta de1820, c. por volta de 1843, com José Teixeira da Fonseca Vasconcelos, f. do Visconde de Caeté, cuja geração Rheingantz não relaciona, tiveram pelo menos: Anna Vasconcelos, b. 1858, Maria, b. 1860, Lourença Vasconcelos, Generosa Serafina, José, João, Francisca, b. 1849, Pará de Minas, Manoel, b. 1849, Pará de Minas. (CR.1.155 e FS).
- Obs.: Vide mais informações sobre os filhos deste casal, no excelente trabalho: "Descendentes de João Teixeira Álvares (Os Mottas - A Família do Visconde de Caeté", de Carlos Eduardo Barata, on line. (Por gentileza da amiga, genealogista, Ivana Maria de Aguiar Ribeiro, de Brasília, DF).

     5 - 4. Antonia Joaquina de Almeida (ou Antonia Joaquina Luiza de Ataíde Portugal Pinto Coelho), cc. o seu primo Inácio de Andrade Souto-Maior Rendon, possível simpatizante da Inconfidência Mineira, n. Marapicu, RJ, b. 1733, Mestre de Campo de Santo Antonio de Jacutinga e Guaratiba, RJ, f. 1815, como Brigadeiro dos Reais Exércitos, f. de Manuel Pereira Ramos e Helena de Andrada Souto-Maior (ou Helena de Andrada Coutinho), c.ger. em Rendons. (2.274, A.5.94, R.1.149/50 e SL.9.17).

     3 - 2. João da Guarda Coutinho, cc. Maria da Rocha Viegas, com pelo menos: ("Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 257).

     4 - 1. Cap. Bento Figueira da Rocha, b. Rio, 1701, Moço Fidalgo da Casa Real, proprietário em Guaratiba, c. por volta de 1724, com Josefa da Cruz Freire de Lemos Duque Estrada, n. por volta de1705, Itaboraí, RJ, f. do Cap. Pedro Freire Ribeiro Duque Estrada (ou Pedro Pereira Ribeiro Duque Estrada) e Helena da Cruz e Lemos (ou Josefa Pereira Ribeiro), com filha única: (BG.6.105, CR.1.158, 542, GS.152/3 e NF.59).

     5 - 1. Helena da Cruz Freire de Lemos (ou Helena da Cruz Freire Duque Estrada), n. por volta de1725, Itaboraí, c. 1ª vez com seu primo, o Cap. Mor Francisco Antunes Leão de Sá, senhor do engenho de Casserebu, em Santo Antonio de Sá, RJ e, 2ª, por volta de 1753 com, seu parente, o Dr. Miguel Rangel de Souza Coutinho, n. por volta de1716, Guaratiba ou Icaraí, RJ, f. Rio, 1788, Moço Fidalgo da Casa Real, f. do Cap. Julião Rangel de Souza Coutinho e Maria Josefa Pereira de Mariz, e teve:
                  Do 1º marido 4 filhos:

     6 - 1. Ten. Francisco Antunes Leão de Sá Figueira, senhor de engenho em Guaratiba, RJ, cc. Ana de Sá Freire, f. do Cap. Francisco de Macedo Freire, s.ger. (NF.71).

     6 - 2. Helena Bernarda Freire (ou Helena Bernarda de Sá Figueira), n. por volta de1747, c. 1ª vez Rio, com Antonio de Sá Freire, f. por volta de 1771, irmão de Ana de Sá Freire, do 5-1, s.ger. e, 2ª, na mesma cidade, 1772, com Antonio de Oliveira Galindo, Sarg. Mor de Ordenanças de Angra dos Reis, n. por volta de1742, Ilha Grande, RJ, f. do Cap. João Pimenta de Oliveira e Cecília de Almeida Faria, e teve deste 4 filhos: Francisco Antunes Leão Figueira, Antonio de Oliveira Galindo, Baltazar Rangel de Souza Coutinho, e ainda: (CR.2.122/3 e NF.71).

     7 - 1. Jacinta Joaquina do Espírito Santo (ou Jacinta Joaquina Freire), c. por volta de 1810, com Joaquim Cardoso dos Santos, pais de:

     8 - 1. Cons. Joaquim Norberto dos Santos, n. Campo Grande, Rio, 1811, f. Rio 1886, onde c. 1848, com Elisiária Augusta Alves Veloso, n. Santíssima Trindade de Macacú, RJ, f. de Francisco Álvares Veloso e Maria Teodora Garcês, s.ger.

     6 - 3. Ana Josefa Freire de Lemos (ou Ana Josefa Duque Estrada), c. Rio 1761, com o Ajudante José Carlos Cabral, n. Portugal, pais de:

     7 - 1. Josefa Cabral Freire, n. por volta de 1762, Inhauma, c. Rio, 1788, com o Alf. Ângelo Sodré Pereira, n. Rio, 1765, f. do Cap. Francisco Sodré Pereira Castelo Branco e Beatriz de Sá Freire Soutomaior (em Azeredos Coutinhos).

     6 - 4. Bento Figueira Bravo, solteiro.

                  Do 2º marido, 8 filhos:

     6 - 5. Josefa Rangel de Souza Coutinho, b. Rio, 1753, f. solteira em 1789. (CR.3.101 NF.72).

     6 - 6. Catarina Rangel de Souza Coutinho, n. Rio, 1754, solteira.

     6 - 7. Maria Joana Rangel de Souza Coutinho, n. por volta de1755, c. Guaratiba, RJ, com Sebastião Rodrigues de Almeida (2º marido?), n. Montojo, Portugal, f. de Cipriano Rodrigues de Almeida e Catarina Vaz de Albuquerque, s.ger. (GL.6.105 e NF.72).

     6 - 8. Bárbara Luíza Perpétua Rangel de Souza Coutinho, b. Rio, 1757, c. Guaratiba, 1797, com o seu primo, Alf. José Antonio de Azeredo Coutinho, f. de Francisco Martins Tenreiro (ou Francisco Marins Tenreiro) e Ana Maria da Ascenção (em Azeredos Coutinhos), tiveram: (CR.3.101, GL.6.105, GS.484 e NF.58).

     7 - 1. Helena, n. 1800, c. 1815, Guaratiba, com seu parente, Julião de Azeredo Coutinho, f. do Sarg. Mor Antonio Nunes Vila-forte e sm. Antonia Joaquina Rangel, com: (GL.6.105).

     8 - 1. Julião Rangel de Azeredo Coutinho, f. Itaguaí, onde era morador, c. Guaratiba, com Amália Duque de Castro, f. do Cap. Florentino Duque de Castro e Josefa Tomásia, viúva de Francisco de Macedo Sodré, com: Antonio, Amélia, Tereza, Adelina (todos solteiros em 1883, residentes no Rio, exceto Amélia), e ainda: (GL.6.105).

     9 - 1. Amália, c. Itaguaí, RJ, com Honorato Cesar da Silva, c.ger.

     9 - 2. Clarinda, cc. Francisco de S. Campos Bayer, f. de J. Luiz Bayer e Rosa Maria de Oliveira Campos.

     8 - 2. Maria Paula Rangel, c. 1ª vez, Itaguaí, com Francisco de Oliveira Coutinho, s.ger. e, 2ª, com Antonio de Oliveira Sampaio, também s.ger. (Os bens do casal reverteram para o seu irmão Julião Rangel). (GL.6.105).

     6 - 9. Baltazar, n. Rio, 1759, f. menor. (NF.72).

     6 -10. Cap. Baltazar Rangel de Souza Coutinho, n. Guaratiba, b. 1760, Rio, Cavaleiro Professo da Ordem de Cristo, c. 1794, São José da Corte, com sua prima, Antonia Joaquina Duque Estrada Furtado de Mendonça, n. Itaboraí, RJ, f. do Cap. Joaquim Luiz Furtado de Mendonça e sm. Maria Paula de Torres Duque Estrada, n. São João de Itaboraí, RJ, np. de Paulo da Matta Duque Estrada e sm. Jerônima de Torres (em Azeredos Coutinhos), com: (CR.3.101 e GL.6.108).

     7 - 1. Miguel Rangel de Azeredo Coutinho, n. e b. 1795, f. com testamento em 1833, f. 1834, com um filho natural, reconhecido: Miguel Rangel de Azeredo Coutinho Júnior.

      7 - 2. Maria Benedita, n. e b. 1796, f. 1888, c. Guaratiba, com Joaquim Antonio Lopes de Souza, n. Portugal, f. do Ten. Cel. Joaquim Teodoro Lopes e sm. Genoveva Rosa Delfina, b. na Sé do Porto, com: José, n. 1856, b. 1857, Francisco, n. 1864, b. 1865, Antonia, n. 1869, b. 1870, e ainda: (GL.6.108).

     8 - 1. Baltazar, n. e b. 1828, na freguesia de São José, f. solteiro.

     8 - 2. Joaquim Elias Antonio Lopes de Souza, n. e b. 1830, c. 1863, Guaratiba, com Maria Rosa de Faria, f. do Major Manuel Pinto de Faria e sm. Maria Cardoso Pinto, com 7 filhos: Joaquim, Maria, n. e b. 1866, Antonio, n. e b. 1870, Baltazar, n. e b. 1872, Elias, n. 1874, b. 1875, Maria (outra) e Manuel. (GL.6.108).

     8 - 3. Maria Benedita Lopes, c. na Ilha Grande, Angra dos Reis, RJ, com o Comendador João José de Carvalho, c. ger.

     8 - 4. Antonia Joaquina Lopes, f. 1890, c. Guaratiba, com o Ten. José Justino da Silveira Machado, f. 1886, f. do Cirurgião Mor, José Justino da Silveira Machado e sm. (...). (GL.6.109).

     8 - 5. Elias, n. 1833, c. 1ª vez, Rio, aos 45 anos, com Joana Maria de Souza e, enviuvando, 2ª, 1875, com Ana Leopoldina de Miranda.

     8 - 6. Antonio, n. 1834, c. 1875, na Corte, com Felisberta Adelaide Pinto de Velasco.

     7 - 3. Maria Paula Rangel de Souza Coutinho e Azeredo Barroso, f. 1883, c. 1831, Guaratiba, com o Conselheiro Joaquim Pereira Barroso, b. no Arraial do "Tujuca?", de Minas, Ministro do corpo diplomático de Portugal nos Estados Unidos, f. do Desembargador Antonio Barroso Pereira, n. Portugal, e de sm. Maria Inácia da Costa Sampaio, com: Maria da Glória, f. menor, Paulina, f. menor, e ainda: (GL.6.109)

     8 - 1. Major Bento Barroso Pereira, n. 1832, b. 1833, casado.

     8 - 2. Ten. Cel. Antonio Barroso Pereira, n. e b. 1836, cc. (...), com:

     9 - 1. Dr. Raul Campello Barroso, influente político, Deputado Federal, casado.

     7 - 4. Antonia Joaquina Rangel, n. e b. 1798, c. 1836, Guaratiba, com o Ten. José Gervásio de Queiroz Carreira, com: (GL.6.110).

     8 - 1. Dr. José Aldrete de Mendonça Rangel de Queiroz Carreira, c. Rio, com Leonor Correa de Sá Benevides de Queiroz Carreira, irmã inteira do Bispo de Mariana, D. Antonio de Sá e Benevides, f. de José Maria Correa de Sá e sm. Leonor Maria de Saldanha Correa de Sá, nm. do Conde da Ponte, antigo Governador da Bahia, e sobrinha do Duque de Saldanha, José Maria, este filho do Conde de Asseca, descendente de Salvador Correa de Sá e Benevides e também de Estácio de Sá. (GL.6.110).

     7 - 5. Comendador Joaquim Luiz Rangel de Azevedo, n. e b. 1800, f. 1860, Chefe do Partido Conservador, por muitos anos, e Sub-delegado "da paróquia", c. Guaratiba, com Ludovina Teodora Rangel, f. natural de Maria Teodora, residente na Ilha Grande, Angra dos Reis, com: Miguel Joaquim Rangel, Joaquim Benedito Rangel (naturais), Baltazar Rangel de Azeredo, f. solteiro, no Rio, Luiz, João, José, Balbino e Joaquim (estes cinco, falecidos menores). (GL.6.110).

     6 -11. Antonia Joaquina Perpétua Rangel de Souza Coutinho, f. 1808, c. Guaratiba, 1788, com o Ten. Cel. Antonio Nunes Vila-Forte, n. Angra dos Reis, RJ, f. 1818, f. do Cap. Mor Félix Gonçalves dos Santos e Rosa Pimenta de Oliveira, com: Vicente, n. e b. 1700, Julião, n. e b. 1791, Antonia, n. e b. 1794, José, n. e b. 1800, e ainda: (GL.6.106 e NF.72).

     7 - 1. Luiza Rosa Villaforte, n. e b. 1793, c. 1814, Guaratiba, com Francisco de Oliveira Coutinho, f. legítimo de Manuel de Oliveira Coutinho. (GL.6.106).

     7 - 2. Cap. Antonio Nunes Villaforte, n. e b. 1795, c. 1834, Guartiba, com Maria Clementina Vasconcellos Drummond, f. do Sarg. Mor Alexandre Ferreira de Vasconcellos Drummond e sm. Cláudia Inácia de Oliveira Fagundes, com: Francisco, n. 1834, Luiz, n. 1836, Antonio, n. 1838 (todos batizados em 1840), e Cláudia, n. 1841, b. 1842. (GL.6.106).

     7 - 3. Rosa Joaquina Villaforte, n. e b. 1707, c. 1818, com seu cunhado, Francisco de Oliveira Coutinho, viúvo da sua irmã, Luiza Rosa.

     7 - 4. Antonia Joaquina Nunes Villaforte, n. e b. 1794 ou 1801, f. 1849, Rio, c. 1822, Guaratiba, Rio, com o Cap. João Muniz Tello de Azeredo Coutinho(viúvo de Francisca Paula de Almeida Barbosa), f. de Francisco Muniz Tello de Sampaio e sm. Ana Joaquina Barbosa de Sá Freire, naturais de Jacarepaguá, c.ger. em Regos. (CR.2.648 e GL.6.107).

     7 - 5. Francisco Luiz Villaforte, n. e b. 1804, c. 1855, Guaratiba, com Adelaide Francisca Rosaura, f. do Ten. João Álvaro Rosauro de Almeida e sm. Francisca Fausta Rosauro de Almeida. (GL.6.108).

                                                   Parágrafo 5º 

     2 - 5. Antonio de Azeredo Coutinho Figueira, n. por volta de 1689, f. Rio 1720, c. por volta de 1719, Rio, com Joana Maria de Soberal ou Joana Maria de Sá (1º marido), n. por volta de 1704, f. de Luiz Barbosa de Sá e Maria Correia da Silva (em Anes Sobrinhos), s.ger. (CR.1.117, 201, 2.124 e "Cyclo das Gerações", de Mário Aloysio Cardoso de Miranda, fls. 256). 

                                                   Parágrafo 6º 

     2 - 6. Bartolomeu Figueira Coutinho (não relacionado por Rheingantz, mas sim no Felgueiras Gayo), f. de "Diogo Bravo Figueira e Catarina de Azevedo". (Pesquisa do amigo, genealogista, Antonio Carlos de Castro, de Campinas, SP).

                                                   Parágrafo 7º 

     2 - 7. Joana Coutinho (?), f. de Diogo Figueira e Maria Arouca, c. Rio, 1683, com Anacleto de Oliveira, n. por volta de1658, f. de Manuel de Oliveira e Maria de Medina. (CR.3.39). 

                                                   CAPÍTULO 5º 

     1 - 5. Ana Figueira, b. Rio, 1638, onde f. 1662. (CR.2.124 e PL.4.1.151). 

                                                   CAPÍTULO 6º 

     1 - 6. Frei Pedro da Rocha, n. por volta de 1642, f. após 1684. (CR.2.124 e PL.4.1.151). 

                                                   CAPÍTULO 7º 

     1 - 7. Dr. Antonio Coutinho Figueira, n. Rio, b. 1646, habilitado de genere em 1672, que com Bento do Amaral da Silva, João Velho Barreto, João Batista do Amaral, João de Campos de Matos, Francisco Correia Leitão e Cláudio do Amaral Gurgel, todas pessoas de destaque e ligadas por parentesco em maior ou menor grau, tomou parte no assassinato do Provedor da Fazenda Real do RJ, em 1687, Pedro de Sousa Pereira. (CR.2.124, DB.196 e FG.283). 

                                                   CAPÍTULO 8º 

     1 - 8. Pe. João da Guarda, da Companhia de Jesus. (PL.4.1.151). 

                                                   CAPÍTULO 9º 

     1 - 9. Frei Francisco Antoninho (mesmo do Cap. 7º?). (PL.4.1.151).

 

Nota nº 1:

Quanto aos Figueiras de Braga, talvez Pedro Taques quisesse referir-se, apenas, ao mesmo Título da Pedatura Lusitana, Tomo IV, Vol. 1, de Cristóvão Alão de Morais, autor português, no qual aparece, apenas, o casal e o nome dos filhos mas, na dúvida, descrevemos o que encontramos, já que Bartolomeu constituiu, claramente, o início do ramo desta família no Rio de Janeiro.

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,     Tiradentes,     Batch Numbers,      Bibliografia e códigos