GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos

 

                                                             Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

 

                                                 OLIVEIRAS GAGOS 

 

     - Antonio de Oliveira, Cap. Mor loco-tenente de Martim Afonso em dois períodos, 1538/42 e 1549/53, não teria cc. Genebra Leitão de Vasconcelos, como dizem Taques e Silva Leme ou, se casou, desta não teve geração que se tenha notícia no Brasil e, dos filhos descritos por Silva Leme somente os abaixo seriam seus, provavelmente com duas mulheres diferentes, uma de sobrenome Gago e outra de Lobo, esta possivelmente f. de Francisco Lobo: (PP.105 e 128).
- Obs.: 1) Esta é a versão de Américo de Moura, entretanto Azevedo Marques diz que, após 1542, ele foi a Portugal e trouxe a sua mulher, Genebra Leitão de Vasconcelos, e vários filhos. (GS.328). 2) Veja a ascendência de Genebra Leitão de Vasconcelos, até ao ano 1000 DC, no
Richa's Blog XIX, da amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho.
                                            Da 1ª mulher:

                                     Manoel de Oliveira Gago ...... Cap. 1º

                                     Antonio de Oliveira Gago ..... Cap. 2º

                                     Diogo de Oliveira Gago ....... Cap. 3º

                                     Cecília Gago ..................... Cap. 4º

                                            Da 2ª mulher:

                                     Juliana de Oliveira Lobo ...... Cap. 5º

                                     Tristão de Oliveira Lobo ...... Cap. 6º

 

                                                   CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Manuel de Oliveira Gago, dono do Engenho de NS da Apresentação, f. Santos, 1580, cujo casamento e descendência SL omite, cc. Felipa da Mota, já f. 1608, filha ou neta de Vasco Pires da Mota, n. Portugal (f. de Aniceto Vaz da Mota e Felipa de Sá), e Felipa Gomes da Costa, n. São Vicente (f. de Estêvão da Costa, n. Barcelos, e Isabel Lopes de Sousa, de São Vicente, esta f. natural de Martim Afonso de Sousa), com pelo menos: (DB.268, PP.122, 129, 177, SL.6.112, 8.483, VB.80 e importante informação da amiga, genealogista, Mary Stella Costa).
- Obs.: Encontramos também Felipa da Mota, como filha de Atanázio da Mota e Luzia Machado, entretanto ainda não conseguimos confirmar esta informação.

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Manuel de Oliveira Gago, n. 1567, morador de Santos, que em 1583 era Ouvidor da Capitania e ainda vivia em 1633, cc. Genebra Leitão, f. de Diogo Rodrigues e Isabel Leitão de Vasconcelos, nm. de Gonçalo Vaz Leitão e Helena de Carvalhal, bm. de Vasco Martins Leitão e Beatriz de Souza, e constituem todo o Título Oliveiras Leitões. (DB.277, PP.129 e VB.80). 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Francisco de Oliveira Gago, que morou em Santos. (PP.129).
- Obs.: Parece que poderia ser o mesmo Cel. Francisco de Oliveira Gago, o velho, residente na Ilha Grande, cc. Joana de Souza Brito, c.ger. em Botafogos. (BG.60.1.51 e registro do casamento da filha Ana de Souza de Oliveira, encontrado pelo genealogista Carlos J.M. Oliveira, de Barbacena, MG).

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Antonio de Oliveira Gago, n. Santos, que SL confundiu com o tio do Cap. 2º, abaixo, c. 2ª vez, com Custódia Moreira, n. São Paulo, f. de Jorge Moreira, n. Rio Tinto, Portugal, e Izabel Velho (em Moreiras), e foram morar na Ilha Grande, RJ, com pelo menos (SL só relacionou os 2 primeiros, e como se fossem do Cap. 2º): (AS.1.114, PP.129, SL.7.440, 8.483 e 487).

     3 - 1. Cecília Gago de Oliveira, n. antes de 1622, Angra dos Reis, c. 1647, na Ilha Grande, com seu parente, Joaquim de Lara e Moraes, adiante, n. por volta de 1608, São Paulo, viúvo em 1665, f. de Diogo de Lara e Madalena Fernandes de Moraes, c.ger. em Laras. (1.256, AS.1.114 e SL.8.487).

     3 - 2. Cecília Gago de Oliveira (outra), cc. o Cap. de Mar e Guerra Domingos Soares Guedes, que em 1632, já vivendo em Angra dos Reis, com filhos, pede e recebe do Cap. Mor e Ouvidor Francisco da Rocha, Loco Tenente da Condessa de Vimieiro, uma sesmaria na Ilha Guaíba (Mangaratiba, RJ). Em 1630 fez petição para ser pago por Vossa Magestade por "mil alqueires de farinha de guerra e 22500 peixes a 10 réis". Ele pode ter-se casado, ou não, 2ª vez, com Dona Ignez Sardinha (não mencionada por Rheingantz), talvez índia, ou aparentada com Ana Pinto Sardinha, avó materna de Dom Gabriel Garcez e Gralha, este neto paterno de Brites Soares de Oliveira. Teve pelo menos: (CR.2.628, FS e Anais da Biblioteca Nacional, 1937, Vol. 59, pág. 104, e pesquisa do genealogista Carlos J. Maia de Oliveira, de Barbacena, MG, 10º neto do Cap. Domingos e Ignez Sardinha, incluindo a geração).
               De Cecília Gago de Oliveira:

     4 - 1. Alf. Ascenço Soares Guedes, "n. por volta de 1630?", Rio, já f. 1695, c. 1662, Icaraí, Niterói, RJ, com Antonia de Melo, b. 1641, Rio, f. do Sarg. Mor Antonio Moreno de Vasconcelos e Branca de Melo, c.ger. que não descobrimos. (CR.2.628 e FS).

     4 - 2. Cap de Mar e Guerra, Domingos Soares Guedes, "n. por volta de 1632?", Ilha Grande, f. 1700, Rio, onde c. 1662 com Isabel de Aguiar, n. por volta de 1643, irmã de Antonia de Melo, acima, s.ger. (CR.2.628 e FS).

              De Cecília Gago de Oliveira ou de Ignez Sardinha:

     4 - 3. Inês de Oliveira, n. por volta de 1640, no bispado do Rio de Janeiro, f. por volta de 1666, c. por volta de 1657, com o Cap. Antonio Pacheco Calheiros, n. entre, 1627/33, Rio, onde f. 1690 (1ª esposa), f. de outro do mesmo nome e Isabel de Azeredo Coutinho, c.ger. em Azeredos Coutinhos. (CR.1.73 e 3.54).

              De Ignez Sardinha: Inês, casada, e ainda:

     4 - 4. Brites Soares de Oliveira, c. por volta de 1658, com o Cap. Gabriel Garcez y Gralla, n. por volta de 1628, Tarragona, Espanha, f. 1703, Rio, cujos pais Rheingantz não anotou, foi f. de Dom Francisco Garcez y Gralha, n. Tarragona, e Dona Izabel Carniceira, n. Reus, Espanha. (CR.2.227 e FS).
- Obs.: 1) No seu testamento, o Cap. Gabriel Garcez nomeou como testamenteiros, em 1º lugar, sua mulher, Brites Soares de Oliveira, em 2º, seus sobrinhos, o Cap. Manoel Pacheco Calheiros e o Ten. Cel. Francisco Viegas de Azevedo (o 1º filho e o 2º genro de Antonio Pacheco Calheiros, acima.
2) O neto do Cap. Gabriel Garcez y Gralla, do mesmo nome, pediu Justificação de Nobreza em 1757 (Autos de Justificação de Nobreza, Feitos Findos, mç. 12, nº 3), onde menciona os seus antecedentes até os bisavós, exceto o nome de Ignez Sardinha, que foi adicionado com outra caligrafia.

     3 - 3. Cap. João Gago de Oliveira (hipótese), n. por volta de 1620, que talvez seja o sertanista que tomou parte na entrada de Fernão Dias Pais ao RS, em 1637, e na de Domingos Cordeiro à mesma região, em 1639, c. por volta de 1650, com Madalena Pimenta, provavelmente f. de João Pimenta de Carvalho, do Par. 4º, c.ger. na Ilha Grande, entre os quais possivelmente: (DB.276, BG.60.1.51 e CR.2.218).

     4 - 1. Simão Gago de Oliveira, c. Rio, 1680, com Ana de Souza de Oliveira, f. do Cel. Francisco de Oliveira Gago, o velho, morador na Ilha Grande, RJ, e Joana de Souza Brito (em Botafogos), "c.ger. na dita Ilha". (BG.60.1.51 e registro do casamento encontrado pelo genealogista Carlos J.M. Oliveira).

     4 - 2. João Gago de Oliveira, n. por volta de 1661, Ilha Grande, Angra dos Reis, RJ, c. 1691, com Inês de Andrade, n. Rio, b. 1677, onde f. 1713, f. do Cap. Domingos Arias de Aguirre e Maria Faleiro, c.ger. em Aguirres. (CR.1.29, 2.13 e 218).

     4 - 3. Damaso Pimenta Gago de Oliveira (hipótese), n. Ilha Grande, cc. Maria de Alarcão, f. de Don José Rendon de Quebedo, que veio de Madri em 1640, e Susana Peixoto de Azevedo (ou Susana Mendes de Azevedo), do RJ, c.ger. em Rendons. (CR.3.119 e SL.9.25).

     4 - 4. Inês de Oliveira (hipótese), c. 1ª vez com o Cap. Mor João Bláu, Loco-Tenente da Condessa de Vimieiro, donatária da Capitania de Itanhaém (e/ou São Vicente?), empossado em 1662 e, 2ª, com Don João Mateus Rendon, f. de Don João Mateus Rendon e Maria Bueno de Ribeira, c.ger. deste em Rendons. (2.289, DH.82, GS.344, SL.9.13 e 24).

     4 - 5. Maria Pimenta (hipótese), n. por volta de 1649, f. Rio 1708, c. por volta de 1669, com Heitor Barbosa Calheiros, n. Rio, b. 1641, onde f. 1709, morador Inhaúma, f. de Pascoal Paes Vidigal e Ana Barbosa, pais de: (CR.1.196).

     5 - 1. Ana, b. Rio, 1671.

     5 - 2. Pascoal Paes Barbosa, b. Rio, 1674, onde f. 1751, c. nessa cidade, 1702, com sua prima-irmã Teresa Barbosa, b. Rio, 1672, onde f. 1742, f. do Cap. Tomé da Silva Barbosa e Antonia de Oliveira Barbosa, pais de:

     6 - 1. Antonia, b. Rio 1703. (CR.1.196 e 2.134).

     6 - 2. Maria, b. Rio, 1705.

     6 - 3. Ana Maria, b. Rio, 1707, onde f. 1769.

     6 - 4. Isabel, b. Rio, 1709.

     6 - 5. Teresa, b. Rio, 1710.

     6 - 6. Manuel da Silva Barbosa, b. Pavuna, Rio, 1712.

     6 - 7. Tomé da Silva Barbosa, b. Rio, 1718, onde f.solt. 1785.

     5 - 3. Felipe Pais (Barbosa), b. Rio, 1676. (CR.1.196).

     5 - 4. Heitor Barbosa Calheiros, b. Rio, 1680.

     5 - 5. Madalena Pimenta de Oliveira, b. Rio, 1682, poderia ser a do mesmo nome "n. Angra dos Reis, 1695", cc. o Sarg. Mor Manoel Soares Pereira, n. Monção, Braga, pais de pelo menos:

     6 - 1. Luíza Pimenta, cc. Antonio Lopes, f. de Antonio Lopes Leonardo, n. Viana do Minho, e Maria de Lara.

     6 - 2. Ana Gomes de Sousa, n. 1712, Paratí, moradora Ilha Grande, RJ, cc. o Cap. João Monteiro Ferraz, n. Mezanfrio, Porto, f. 1729, Guaratinguetá, SP, "teve fazenda na encruzilhada", com pelo menos: (2.233, AS.2.125 e SL.3.37).

     7 - 1. Teodora Francisca de Oliveira, de Cunha, SP, cc. Jerônimo de Sousa Barros, de Paratí, f. do Cap. Francisco de Barros Veloso, n. Penafiel, e Ana de Sousa Caldas, de Taubaté, c.ger. na Revista da ASBRAP, nº 1, fls. 176.

     7 - 2. Ana Joaquina de Oliveira, de Cunha, cc. o Cap. João Gonçalves Cruz, de Guaratinguetá, f. do Ten. José Gonçalves Cruz, de Chaves, e Inês Barbosa Lima, de Taubaté, c.ger. em Anes Sobrinhos.

     7 - 3. João Monteiro Ferraz, c. Facão, com Antonia da Silveira e Souza, f. de Leopoldo da Silveira e Souza e Helena da Silva Rosa (em Botafogos), com pelo menos: (2.233 e AS.10.57).

     8 - 1. Antonio Ferraz de Oliveira (omitido em SL), n. Cunha, SP, c. 1797, com Rita Maria Angélica dos Santos, n. da mesma cidade, f. de ..... (não constou), np. de Nicolau Monteiro da Silva, de Portugal, e Florência da Silva, nm. de José dos Santos Souza e Zererina Francisca de Gouveia. (AS.10.57 e SL).

     5 - 6. Sebastião Gago, b. Rio, 1685, onde f. 1712.

     5 - 7. Ana Barbosa, b. Rio, 1687, onde f. 1713.

     5 - 8. Maria, b. Rio, 1689.

     5 - 9. Antonia, b. Rio, 1692, onde f. 1702. (CR.1.196).

     3 - 4. Josefa de Oliveira Gago (hipótese), n. por volta de 1601, c. por volta de 1621, com Manuel Moreira Lisboa, n. por volta de 1591, pais de:

     4 - 1. Antonio de Oliveira Gago, n. por volta de 1622, Guapimirim, RJ, c. Rio, 1652, com Margarida Ribeiro da Conceição.

     5 - 1. Josefa de Oliveira Gago, talvez descendente do 3-3, cc. Manuel Moreira Freire, com pelo menos: (CR.2.240).

     6 - 1. Pedro Moreira Freire, b. Rio, 1704, onde c. 1726, com Catarina Maria de Seixas, b. Rio, 1703, f. do Cap. João Godinho Correia e Ascença de Queirós, pais de:

     7 - 1. José, b. Rio, 1727.

     5 - 2. Antonio Gago de Oliveira (hipótese), que poderia ser filho ou neto, paulista, Capitão do Terço do MC. Manuel Álvares de Moraes Navarro, destinado a combater os índios bravos do Rio Grande do Norte, em 1697. (DB.274).

     3 - 5. .... cc...., pais de: (SL.4.539).

     4 - 1. João Moreira, neto de Custódia Moreira, cc..., pais de:

     5 - 1. ..., cc. seu parente Manoel Antunes de Araujo, f. de outro do mesmo nome, n. por volta de 1649, NS dos Anjos, freguesia de Santa Justa, Lisboa, e Maria de Lara (em Laras). (CR.1.107 e SL.4.539). 

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Felipa da Mota (omitida por Américo de Moura), n. 1577, Santos, onde f. após 1608, c. por volta de 1595, São Vicente, com o Sarg. Mor Afonso Mendes de Estrada, n. São Paulo, SP, f. Santos, talvez f. de Diogo Mendes de Estrada, morador Santos, e .... Requeixo (prima de Manuel Requeixo), com pelo menos: (AS.1.200, FS, PP.129 e 158).

     3 - 1. Inocência Requeixo, n. por volta de 1590, Santos, f. após 1642, Rio de Janeiro, c. por volta de 1620, na Matriz de São Vicente, com Francisco de Alvarenga, n. por volta de 1592, RJ, f. antes de 1642, RJ, f. de Tomé de Alvarenga, n. Portugal, e Maria Martins, n. Rio, np. de Antonio de Marins Coutinho e Isabel Velho, com pelo menos: (FS).

     4 - 1. Ana de Alvarenga, n. por volta de 1622, Rio de Janeiro, onde c. 1642, no Santíssimo Sacramento, com Sebastião de Oliveira, n. por volta de 1617, Ilha Terceira, Açores, f. de Pedro de Oliveira e Margarida Simões. (FS).

     3 - 2. Simão da Mota Requeixo, n. por volta de 1592, Santos, onde f. 1650, c. 1617/18, na Matriz de São Vicente, com Maria Barbosa, n. por volta de 1602, São Vicente, f. após 1687, São Paulo, f. de Domingos Barbosa Calheiros e Maria Rodrigues, np. de André de Burgos e Maria Rodrigues, com pelo menos 11 filhos: Álvaro Requeixo, n. 1618/19, Domingos Marques Requeixo, n. 1631, Maria Barbosa, n. 1633/4, Anastácio Requeixo, n. 1636/7, Ascença Barbosa, n. 1637/8, Domingos Requeixo, n. 1639/40, Luão Requeixo, n. 1641/2, João Requeixo, n. 1643, todos em São Paulo, e ainda: (FS e SL.8.277).

     4 - 1. Joana Barbosa, n. 1621/24, São Paulo, cc. Manoel de Lima, f. após 1650, São Paulo. (FS).

     4 - 2. Ângela da Mota, n. 1626/29, São Paulo, SP, f. após 1687, Bairro de Cahaucaia, São Paulo, SP, c. 1640/45, com Francisco Correia de Oliveira, n. 1615/20, São Paulo, f. após 1687, no mesmo Bairro, f. de Francisco Correia Sardinha e Maria de Oliveira, abaixo, c.ger. em Fernandes. (FS, PP.41, SL.1.85 e 8.277).

     4 - 3. João da Mota Requeixo (este de Ana de Aguiar. Deveria ser neto ou bisneto), c. 1736, São Paulo, com Catarina Cortes, f. de João Ribeiro de Alvarenga e Maria Antunes de Siqueira. (SL.5.568).
- Obs.: 1) Este ou outro João da Mota Requeixo, cc. Felipa Pedroso de Siqueira, com pelo menos: (SL.5.568).

     5 - 1. Onofre da Mota Maciel, c. 1763, Atibaia, com Catarina Ribeiro de Alvarenga (ou Catarina Ribeiro de Oliveira), f. de Salvador Ribeiro de Alvarenga e Esperança Pinto Guedes (em Pintos Guedes), com pelo menos: (FS e SL.5.568).

     6 - 1. Antonio Maciel, b. 1778, São João Batista, Atibaia. (FS).

     5 - 2. Viríssimo da Mota Maciel (hipótese), cc. Maria Pedroso de Siqueira, c.ger. em Pintos Guedes. (SL.5.568).

     4 - 4. Domingos Marques Requeixo, n. 1631, São Paulo, possivelmente o mesmo "Domingos Marques", cc. Maria Nunes, f. de Pedro Fernandes e Ana Tenório, c.ger. em Dias Teveriçás. (Hipótese do genealogista Carlos J. Maia de Oliveira, de Barbacena, MG).

    3 - 3. Estácia Requeixo, n. por volta de 1595, Santos, f. após 1665, Rio, c. por volta de 1616, com Miguel Vaz Riscado, n. por volta de 1582/6, São Paulo, SP, f. após 1648, Rio, sertanista, morador Cabo Frio, f. com testamento em 1648 (antes da esposa), um dos 7 Capitães conquistadores dos Campos dos Goitacás, f. de Diogo Vaz Riscado, n. Portugal, morador em São Paulo, com 11 filhos: Helena da Veiga, n. 1627/9, Ana de Macedo, n. 1631, Tomé Riscado, n. 1638, todos em Cabo Frio, e ainda: (CP.393, CR.3.122, MP, PP.160 e importante ajuda do amigo, genealogista, Marcelo Barbio, autor de diversos estudos genealógicos sobre o Leste Fluminense, inclusive quanto à descendência do casal).
- Obs.: Vide Antonio Riscado, n. por volta de 1615, f. antes de 1691, talvez sobrinho, c.ger. em Azeredos Coutinhos.

     4 - 1. Isabel Riscado, b. 1617, Santíssimo Sacramento, Rio (padrinhos: Gabriel Delgado e Isabel Rabella). (Marcelo).

     4 - 2. Apolônia Riscado, n. e b. 1620, Santíssimo Sacramento, Rio (padrinhos: Melchior da Costa e Anna Gonçalves, viúva, enfermeira). (Marcelo).

     4 - 3. Maria Riscado, b. 1618, Santíssimo Sacramento, Rio (padrinhos: Duarte Vaz Pinto e Pelonia Da...ga, mulher de Domingos Pinheiro), f. após 1675, c. 1ª vez, 1635/7, São Salvador de Campos, com Mateus de Souza, n. 1610/15, f. 1647/8 e, 2ª vez, 1650/53, com Bento da Costa, n. 1615/20, f. após 1675, e teve, pelo menos, do 1º: Domingos de Sousa Riscado, n. 1838/41, e ainda: (FS e Marcelo).

     5 - 1. Mateus de Sousa Riscado, n. 1637/9, Campos dos Goitacazes, RJ, f. após 1680, na mesma cidade, cc. (...), com pelo menos: Mateus de Sousa Riscado, n. 1670/75. (FS).

     5 - 2. Isabel de Sousa, n. 1640/43, Campos dos Goitacazes, f. após 1675, na mesma cidade, c. 1ª vez, 1660/65, com Antonio de Almeida, n. 1637/42 e, 2ª, 1671/3, com Domingos Pereira Cerveira, n. 1640/45, com pelo menos: (FS).
               Do 1º marido:

     6 - 1. Natália de Sousa, n. 1660/65, Campos dos Goitacazes, c. 1680/85, com Luiz Mendes da Costa, n. 1653/5, RJ, f. após 1724, Campos dos Goitacazes. (FS).

               Do 1º marido:

     6 - 2. Benta Pereira de Sousa, n. 1674/5, Campos dos Goitacazes, f. 1760, na mesma cidade, c. 1695/1700, com Pedro Manhães Barreto, n. 1674, Cabo Frio, RJ, f. 1713, Campos dos Goitacazes, f. de .... Manhães Barreto e Isabel da Rosa, com pelo menos: Manoel Manhães Barreto, n. 1697/1700, João Alves Manhães Barreto, n. 1699/1702, Páscoa Barreto de Sousa, n. 1702/5, Francisco Manhães Barreto, n. 1707/10, todos em Campos dos Goitacazes, e ainda: (FS).

     7 - 1. Mariana Barreto de Sousa, n. 1704/7, Campos dos Goitacazes, f. 1795, na mesma cidade, cc. Jerônimo Ferreira de Azevedo, n. 1700/5, no Estado do Rio. (FS).

     5 - 3. Miguel Riscado, n. 1642/5, Campos dos Goitacazes, onde f. 1691, c. 1665/70, com Clara Ribeiro Caldeira, n. 1645/50, RJ, f. após 1691, Campos dos Goitacazes, em 1675 venderam parte de um sítio, com pelo menos: (FS e Marcelo).

     6 - 1. Maria Riscado Caldeira, n. 1665/70, Campos dos Goitacazes, c. 1685/90, com Manoel Coelho, n. 1665/70, RJ. (FS).

     5 - 4. Gabriel Vaz Riscado, n. 1643/6, Campos dos Goitacazes, testemunhou a venda do sítio acima. (FS e Marcelo).

     4 - 4. Arcângela Requeixo da Veiga, n. e b. 1623, Santíssimo Sacramento, Rio. O seu formal de Partilhas foi feito em 1654. (FS e Marcelo).

     4 - 5. Clara da Veiga, n. e b. 1625, Santíssimo Sacramento, Rio (padrinhos: Domingos Pinheiro, o moço, e Anna Gonçalves, viúva). (FS e Marcelo).

     4 - 6. Marcela Requeixo da Veiga, n. 1626/7, Cabo Frio, RJ, c. 1646/51, com Antonio Saraiva, n. 1625/30, RJ, com pelo menos: Simão Riscado Saraiva, n. 1650/55, Campos dos Goitacazes. (FS e Marcelo).

     4 - 7. André da Motta Riscado, n. 1633/36, Cabo Frio, f. 1696, São João da Barra, RJ, c. 1650/55, Sé, Rio, com Maria Freire, n. 1635/40, RJ, f. após 1696, (São João da Barra?), RJ, com pelo menos: (FS e Marcelo).

     5 - 1. André da Motta, n. 1665/70, (São João da Barra?), RJ, f. após 1756, Itaboraí, RJ, c. 1685/90, NS do Cabo de Parati (atual Araruama), com Leonor de Macedo, n. 1665/70, Cabo Frio, f. após 1756, Itaboraí, com pelo menos: (FS).

     6 - 1. Miguel Riscado da Motta, n. 1711, f. após 1777, c. 1743, São João Batista, Itaboraí, com Josefa Eugênia de Santa Clara (Fagundes), n. 1721, São Sebastião, Angra do Heroísmo, f. após 1777, Rio Bonito, RJ, f. de Pedro Machado Fagundes e Isabel da Conceição de Freitas (em Machados Fagundes), com 13 filhos: Joaquim Machado da Motta, n. e b. 1748, Itaboraí, Ana Machado da Motta, n. e b. 1748, Itaboraí, João Machado da Motta, n. 1752, f. ainda bebê, Antonia Machado da Motta, n. 1753, Itaboraí, João Machado da Motta (outro), n. 1756, Itaboraí, e ainda: (FS).

     7 - 1. Manoel Machado da Motta, n. e b. 1744, Capela de NS da Conceição (na Fazenda do Alf. Cosme de Azevedo Coutinho), Itaboraí, f. após 1782, Rio Bonito, RJ, c. 1770/1, São João Batista, Itaboraí, com Francisca Barbosa, n. 1745/50, Itaboraí, f. após 1782, Rio Bonito, f. de Matias Cardoso, n. Itambi, e Maria Rodrigues, n. Itaboraí, com 5 filhos: Joaquim Machado da Motta, n. 1773, Maria Barbosa, n. 1776, Isabel Barbosa, 1780, Felipa Barbosa, b. 1782, todos em Rio Bonito. (FS).

     8 - 1. Antonio Machado da Motta, n. 1771/2, Rio Bonito, c. 1796, São João Batista, Itaboraí, com (...), com 4 filhos: Joaquim Machado da Motta, n. 1797, Brígida Machado da Motta, n. 1799, Maria Machado da Motta, n. 1801, Delfim Machado da Motta, n. 1803, todos em Rio Bonito. (FS).

     7 - 2. Maria Caetana do Sacramento (da Motta), n. 1747, Itaboraí, f. após 1784, Rio Bonito, c. 1768/9, São João Batista, Itaboraí, com José Luiz de Lemos, n. 1745/50, f. após 1784, f. de Domingos Luiz de Lemos e Rosa Maria de Lemos, naturais de Aveiro, falecidos em Itaboraí, com 7 filhos no site Family Search.

     7 - 3. José Machado da Motta, n. e b. 1749, Itaboraí, c. 1769/74, NS da Conceição, Rio Bonito, com Maria Isabel, de Itaboraí, n. 1755/60, RJ, com pelo menos: (FS).

     8 - 1. Ângelo José Machado da Motta, n. 1778/83, Itaboraí, f. 1839/51, Saquarema, c. 1802, NS da Conceição, Rio Bonito, com Maria Antonia do Sacramento (de Alvarenga), n. 1781/85, f. 1839/51, f. de José Cardoso da Silva e Mariana Antonia de Alvarenga, com 15 filhos no Family Search.

     8 - 2. José Machado da Motta, n. 1787/92, Itaboraí, c. 1812, com Elena Maria do Nascimento (de Alvarenga), n. 1789/91, f. de José Cardoso da Silva e Mariana Antonia de Alvarenga, com 5 filhos: Maria Machado da Motta, n. 1815, Lourenço Machado da Motta, n. 1818, Maria Machado da Motta (outra), n. 1828, Apolinária Machado da Motta, n. 1834, todos em Rio Bonito, e ainda: (FS).

     9 - 1. Manoel Machado da Motta da Silva, n. 1813, Rio Bonito, onde c. 1834, NS da Conceição, com Maria Angélica do Nascimento, n. 1814/16, na mesma cidade, com 4 filhos: Luiz Machado da Motta, n. 1835, Miquelina Machado da Motta, n. 1836, Clara Machado da Motta, n. 1837, Lino Machado da Motta, n. 1843, todos em Rio Bonito. (FS).

     7 - 4. Silvestre Nunes da Motta, n. e b. 1750, Itaboraí, onde c. 1773/4, São João Batista, com Ana Maria de Sousa, n. 1750/55, na mesma cidade, f. de Manoel de Sousa, da Ilha de São Miguel, Açores, e Luzia Moreira, de Santo Antonio de Sá, RJ, com 4 filhos: José Nunes da Motta, n. e b. 1775, Manoel Nunes da Motta, n. e b. 1777, ambos em Rio Bonito, e ainda: (FS).

     8 - 1. José Joaquim da Motta, n. 1785/90, Itaboraí, c. 1807/13, NS da Conceição, Rio Bonito, com Custódia Maria de Jesus, n. 1785/90, Rio Bonito, com 2 filhos: (FS).

     9 - 1. Antonio Joaquim da Motta, n. 1808/13, Itaboraí, f. após 1882, Capivary (Silva Jardim), RJ, c. 1832/3, Igreja de NS da Lapa, com Francisca Maria de Jesus (da Rocha), n. 1808/13, Silva Jardim, onde f. após 1882, f. de Eugênio Gomes da Rocha e Maria Joaquina do Espírito Santo, com 6 filhos: Francisco Joaquim da Motta, n. 1842, Belarmino da Motta, n. 1851, Fernando da Motta, n. 1853, todos em Silva Jardim, e ainda: (FS).

     10- 1. Manoel Joaquim da Motta, n. 1833/4, f. após 1887, Silva Jardim, c. 1851, Igreja de NS da Lapa, com Deolinda Maria das Virgens (Álvares da Silva), n. 1833/35, Silva Jardim, onde f. após 1887, f. de Manoel Álvares da Silva e Francisca Rosa de Jesus, com 4 filhos: Francisco Alves da Motta, n. 1852, Bernardino Alves da Motta, n. 1856, ambos em Silva Jardim, e ainda: (FS).

     11- 1. José Alves da Motta, n. 1853, Silva Jardim, c. 1887, Igreja de NS da Lapa, com Teodora Maria de Jesus (Vieira de Oliveira), n. 1862/7, Rio Bonito, f. de Manoel Vieira de Oliveira e Ana Maria de Jesus. (FS).

     11- 2. Veríssimo Alves da Motta, n. 1857/59, Silva Jardim, c. 1885, Igreja de NS da Lapa, com Maria Leopoldina de Jesus (Cardoso da Silva), n. 1855/60, Saquarema, RJ, f. de Cláudio Cardoso da Silva e Maria Leopoldina de Jesus. (FS).

     10- 2. Maria Joaquina de Jesus (da Motta), n. 1834/5, Rio Bonito, c. 1851, Igreja de NS da Lapa, com Paulino José Álvares de Oliveira, n. 1827/32, Silva Jardim, f de Manoel Álvares da Silva e Francisca Rosa de Jesus, com 2 filhos: Ana Álvares de Oliveira, n. 1852, Ubaldino Álvares de Oliveira, n. 1856. (FS).

     10- 3. Rosa Maria da Conceição (da Motta), n. 1854, Silva Jardim, c. 1882, Igreja de NS da Lapa, com João José Gomes da Rosa, n. 1845/50, Silva Jardim. (FS).

     9 - 2. Silvestre Nunes da Motta, n. 1820, Itaboraí, c. 1848/9, Igreja NS da Lapa, com Maria Joaquina da Conceição (Sodré), n. 1820/25, Rio Bonito, f. de Bartolomeu José Sodré e Maria Joaquina da Conceição, com pelo menos 2 filhas: Bertolina da Motta, n. 1850, Maria da Motta, n. 1853, ambas em Silva Jardim. (FS).

     8 - 2. Antonio Lourenço da Motta, n. 1795/1800, Itaboraí, onde c. 1841/2, São João Batista, com Maria Joaquina do Espírito Santo (Ferreira Lima), n. 1800/5, Maricá, RJ, f. de Manoel Ferreira Lima e Teresa Maria, com pelo menos 2 filhos: Liberato da Motta, n. 1843, José da Motta, n. 1845, ambos em Saquarema, RJ. (FS).

     7 - 5. Miguel Riscado da Motta, n. 1757/8, Itaboraí, onde f. antes de 1853, e onde c. 1777/83, São João Batista, com Caetana Maria de Jesus, n. 1755/60, Itaboraí, onde f. antes de 1853, com pelo menos 3 filhos: (FS).

     8 - 1. Miguel Riscado da Motta, n. 1780/85, Itaboraí, f. 1838/9, Rio Bonito, onde c. 1803/6, NS da Conceição, com Ana Joaquina de Jesus Sousa, n. 1779, Rio Bonito, onde f. 1838/9, f. de José Luiz de Lemos e Maria Caetana do Sacramento (da Motta), com 9 filhos no site Family Search.

     8 - 2. Manoel Riscado da Motta, n. 1790/95, Itaboraí, c. 1810/15, com Ana Joaquina do Nascimento (ou Ana Joaquina de Sousa Campos), n. 1785/90, Itaboraí, f. de Manoel de Sousa Campos e Joana Vieira, com pelo menos: Manoel Riscado da Motta, n. 1827, Rio Bonito. (FS).

     8 - 3. João Francisco da Motta, n. 1800/05, Itaboraí, onde c. 1851/2, São João Batista, com Josefa Maria de Jesus (ou Josefa Maria de Abreu), n. 1822/25, Silva Jardim, f. de Agostinho José de Abreu e Maria Quitéria do Sacramento, com 3 filhos: Antonio da Motta, n. 1853, Joaquim da Motta, n. 1854, Pedro da Motta, n. 1857, todos em Silva Jardim. (FS).

     7 - 6. André da Motta, n. 1758/60, Itaboraí, f. após 1805, Saquarema, RJ, c. 1ª vez, 1780/1, com Ana Maria de Jesus (ou Ana Maria Sampaio de Almeida), n. 1755/60, São Gonçalo, RJ, f. cerca de 1795, Itaboraí, f de Antonio Sampaio de Almeida e Teresa Maria de Jesus e, 2ª, 1800/04, com Angélica Maria Caetano, n. cerca de 1780, Saquarema, onde f. após 1805, f. de Manoel Caetano e "José Maria", com pelo menos da 1ª esposa: Luisa da Motta, n. 1782, Joaquim da Motta, n. 1785, João da Motta, n. 1786, estes em Rio Bonito, Antonio da Motta, n. 1789, este em Saquarema. (FS).
                Da 2ª esposa teve pelo menos: Umbelina da Motta, n. e b. 1805, Oratório de NS da Conceição do Tinguy, Saquarema. (FS).

     7 - 7. Caetana Maria de Jesus (ou Caetana Maria da Motta), n. 1760/63, Itaboraí, onde c. 1779/80, São João, com José Machado de Miranda, n. 1755/60, São Romão, Porto, Portugal, f. de Antonio Machado de Miranda e Maria da Silva, com pelo menos: (FS).

     8 - 1. Bento José de Santana, n. 1781, Itaboraí, onde c. 1800, São João, com Ana Rosa do Espírito Santo (ou Ana Rosa de Moura), n. 1775, Maricá, RJ, f. de Lourenço Gomes de Moura e Joaquina Maria de Santana. (FS).

     7 - 8. Josefa Eugênia de Santa Clara (ou Josefa Eugênia da Motta), n. 1763/5, Itaboraí, f. após 1830, Rio Bonito, c. 1788/90, São João Batista, Itaboraí, com Joaquim Luiz da Costa, n. 1760/65, Itaboraí, f. 1822, Rio Bonito, com 6 filhos no site Family Search.

     5 - 2. Hilário da Motta, n. 1670/75, São João da Barra, RJ, c. 1693/98, com Maria Borges, com pelo menos: Lucinda da Motta, n. e b. 1717, NS do Cabo de Parati (atual Araruama), e ainda: (FS).

     6 - 1. Eugênia da Motta, n. 1694/99, Cabo de Parati, RJ, c. 1719, NS do Cabo de Parati, com André de Oliveira, n. 1690/95, Cabo Frio, f. de José Coutinho e Isabel de Oliveira. (FS).

     6 - 2. Isidória da Motta, n. 1696/1701, Cabo de Parati, c. 1721, NS da Assunção, Cabo Frio, com Pedro Moreira, n. 1696/1701, Cabo de Parati. (FS).

     6 - 3. Hilário da Motta, n. 1698/1704, Cabo de Parati, c. 1721/22, NS do Cabo de Parati, com Maria Mendes, n. 1700/05, RJ, com pelo menos: José da Motta, n. e b. 1723, NS do Cabo de Parati. (FS).

     6 - 4. Hilária da Motta, n. 1701/6, Cabo de Parati, c. 1720/22, NS do Cabo de Parati, com João de Azeredo Coutinho, n. 1700/05, Macaé, RJ, com pelo menos: Bárbara da Motta, n. e b. 1723, NS do Cabo de Parati. (FS).

     4 - 8. Custódia Vaz Riscado, n. 1635, Cabo Frio, f. após 1659, Rio, c. 1655/58, Sé, Rio, com Mateus Simões, n. 1635/40, Rio, onde f. após 1659. (FS e Marcelo).

     3 - 4. Susana Requeixo de Estrada, n. por volta de 1597, Santos, f. Ilha Grande, RJ, c. 1615/20, com o Cap. Mor João Pimenta de Carvalho, n. 1595/1600, Portugal, Cavaleiro Fidalgo da Casa Real, morador na Ilha Grande, 1620, Cap. Mor e Ouvidor Loco-Ten. da condessa de Vimieiro, "o qual casou na família dos Oliveiras Gagos, de Santos", f. de Gonçalo Pimenta de Carvalho, n. Portel, e Maria Jácome de Melo, n. Vila Viçosa, Alentejo, talvez pais de pelo menos:

     4 - 1. Madalena Pimenta (hipótese), c. por volta de 1650, com o Cap. João Gago de Oliveira, n. por volta de 1620, f. de Antonio de Oliveira Gago e Custódia Moreira, c.ger. acima. (BG.60.1.51, CR.2.218 e SL.9.25).

     3 - 5. Ângela da Motta, n. por volta de 1601, Santos, f. após 1644, Rio, c. 1620/25, na Matriz de São Vicente, com Domingos Marques, f. 1644, com pelo menos: (FS).

     4 - 1. Francisca Requeixo, n. 1622/27, Rio, onde c. 1644, no Santíssimo Sacramento, com Pascoal Sardinha, n. 1622/27, f. de João Gomes Sardinha, f. 1636/43, Rio, e Maria Freire, f. após 1644, Rio. (FS).

     5 - 1. João Marques Requeixo (talvez neto), cc. Maria de Sousa, com pelo menos: (FS e SL.6.295).

     6 - 1. Lucas Requeixo, b. 1721, Santo Amaro, SP. (FS).

     6 - 2. Josepha de Sousa, c. 1767, Sorocaba, com Estevão Ortiz de Camargo, n. Paranapanema, f. de José Ortiz de Camargo e Josepha de Jesus (em Camargos). (FS e SL.6.296).

     3 - 6. Domingos das Neves (ou Domingos da Motta Requeixo), n. por volta de 1603, Santos, f. após 1664, Angra dos Reis, RJ. (FS).

     3 - 7. Maria de Oliveira (hipótese), que também pode ser sobrinha, c. antes de 1628, com Francisco Correia Sardinha, f. de Geraldo Correia Sardinha e Maria Soares, c.ger. em Fernandes. (PP.41 e SL.1.85 e 8.277).

     3 - 8. Salvador Ferreira da Mota Betancourt ou Salvador Pires da Mota Betancourt (hipótese), que também poderia ser sobrinho, etc., cc. Constança Ramires Moreira, c.ger. em Botafogos. (GS.57 e SL.8.420).

                                                   Parágrafo 5º 

     2 - 5. Diogo de Oliveira Gago (hipótese), que talvez seja o mesmo do Cap. 3º, Bandeirante de SP, que em 1602 acompanhou Nicolau Barreto ao Guairá. (DB.176). 

                                                   CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Antonio de Oliveira Gago, que foi da Governança de Santos, vivia em 1598, cc. Isabel Gonçalves (ou Isabel Fernandes), já f. 1593, f. de Diogo Gonçalves Castelão e uma índia forra, e talvez tenha c. 2ª vez com Maria Gonçalves (se não for a mesma Isabel referida com o nome errado, f. 1616), pai de: (GL.6.129, PP.94, 130 e SL.8.483). 

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Antonio de Oliveira Falcão, o velho, "povoador e conquistador de São Vicente", f. 1613, no sertão do Paraupava, Goiás, na bandeira do cunhado, do Par. 2º, cc. Ângela Fernandes, irmã do Cap. André Fernandes (em Fernandes Povoadores), netos de Teveriçá, com 4 filhos: (DB.274, GL.6.129, PP.130, SL.7.257 e 8.483/4).

     3 - 1. Constança de Oliveira (ou Constância de Oliveira), c. depois de 1620, com o Cap. João Missel Gigante, n. por volta de 1590, que pediu sesmaria em 1638, Cap. Mor de Parnaíba, onde f. com testamento em 1645, fundador e 1º padroeiro da Capela de Santo Antonio, f. de João Messer Gigante e Izabel Gonçalves (esta de Marcos Fernandes, o velho), com f. única: (1.232, 237, AS.1.111, 7.219 e 15.267).

     4 - 1. Virgínia Missel (também Maria Missel), n. São Paulo, f. Parnaíba, 1657, c. SP, 1642, com o Cap. Antonio Pereira de Azevedo, n. Bahia, f. Parnaíba, professo da Ordem de Cristo, comandante da força paulistana que em 1657 foi ao Norte do Brasil lutar contra os holandeses, f. de Manoel de Azevedo e Maria Pereira, pais de filha única: (1.232, 237, AS.7.219, PP.130 e SL.7.257).

     5 - 1. Maria Pereira de Azevedo, n. Parnaíba, 1ª mulher de Lourenço Correia Ribeiro, f. de Serafino Correia e Izabel de Anaia (em Proenças), c.ger. em SL.4.391. (1.237, FS e SL.7.257).

      3 - 2. Isabel de Oliveira, n. São Paulo, viúva em 1653. (PP.130).

     3 - 3. Antonio de Oliveira Falcão, n. SP, f. Sorocaba, 1687, c. 1ª vez com Antonia Gil, f. de Gonçalo Gil e Maria Luiz e, 2ª, com Ana Rodrigues de Torales, n. Paraguai, f. de Gabriel Ponce de Leon e Maria de Torales, c.ger. desta em Ponces Torales e, da 1ª pelo menos: (PP.130, SL.1.17 e 7.237).

     4 - 1. Catarina de Oliveira, cc. Gaspar Rodrigues (ou teria cc. a tia desta, do mesmo nome, já que pelas datas parece ser de geração anterior?), f. 1650, Parnaíba, que poderia ser o mesmo que em 1610 contratava corte de carne em São Paulo, talvez descendente de Gaspar Rodrigues de Góis, do Cap. 6º, Par. 5º, com 2 filhos (um nascituro): (PP.167 e SL.1.17).

     5 - 1. Antonia Gil, f. 1729, Sorocaba, c. 1ª vez 1682, Itu, com André Mendes, o moço, f. 1685, f. de outro do mesmo nome e Domingas Moreira e, 2ª, com Miguel de Barros, c.ger. deste em SL.1.17 e, do 1º a filha: (PP.116).

     6 - 1. Catarina Mendes (ou Catarina de Oliveira), c. 1704, Sorocaba, com Belchior Freire de Carvalho (ou Melchior Freire de Carvalho), f. de Gonçalo Freire de Andrade e Margarida Fernandes, com 3 filhos: (SL.8.128).

     7 - 1. Francisco Mendes Freire, já f. 1729, nas minas de Cuiabá.

     7 - 2. Maria João de Oliveira, c. 1731, NS da Ponte, Sorocaba, com Manoel Fernandes Moreira (viúvo de Maria Domingues), f. de Jorge Moreira Velho e Luzia de Abreu de Proença (em Fernandes Povoadores). (FS, SL.6.150 e 8.128).

     7 - 3. André Mendes Freire (ou André Mendes Ribeiro), c. 1732, Sorocaba, com Maria de Loreto, f. de Salvador João e Maria de Barros.

     4 - 2. Bento Gil de Oliveira (hipótese), não relacionado em SL, sertanista de SP, que figurou na bandeira de Francisco Lopes Benavides, ao sertão de Goiás, em 1665. (DB.275).

     3 - 4. Catarina de Oliveira.

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Antonia de Oliveira, n. por volta de 1575, f. com testamento em 1632, Santana de Parnaíba, c. 1ª vez, com Antonio Chaveiro (e não Antonio Xavier), 2ª, pv. 1595, São Paulo, com o também viúvo, Diogo Ordonhes de Lara (ou Diego Ordonhes de Lara), Almotacel, n. por volta de 1550, f. 1602, São Paulo, que veio de Zamora, Santo Antonio e Santo Estevão, seu anexo, Espanha, cerca de 1590, com um ou mais filhos menores, c.ger. em Laras e, 3ª, 1602, SP, com o Cap. André Fernandes, n. 1578, importante bandeirante, f. de Manoel Fernandes Ramos e Suzana Dias, c.ger. deste em Fernandes Povoadores, do 1º marido em SL.8.484. (AS.1.111, PP.101 e 129, com ajuda dos amigos, genealogistas, Silvana da Cunha Lemos Noronha Santos e Decio Martins Medeiros).
 

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Rafael de Oliveira, o velho (hipótese), n. 1572, f. 1648, descrito por SL como n. Setúbal, Portugal, c. 1ª vez, antes de 1596, São Paulo, com Paula Fernandes, f. com testamento em 1614, provavelmente f. de Manoel Fernandes Ramos e Suzana Dias (em Fernandes Povoadores) e, 2ª, 1615, com Catarina de Figueiredo de Horta (viúva de Pascoal Ribeiro), n. Setúbal, f. 1621, São Paulo, f. de Nuno Álvares de Horta e Ana de Carvalho, c.ger. desta em Hortas. (DB.278 e SL.4.313).  
- Obs.: "filho de Maria Gonçalves". (EA.558).
                    Da 1ª esposa teve pelo menos 7 filhos:

     3 - 1. Pedro de Oliveira, paulista, n. 1596, f. 1643, bandeirante que entre outras jornadas seguiu em 1636 com a leva de Antonio Raposo Tavares para o sul brasileiro, onde faleceu 7 anos depois, cc. Francisca Cordeiro, f. de Domingos Cordeiro, n. Espinhel, Coimbra, e Antonia de Paiva, e constituem o Cap. 1º de Cordeiros Paivas, c.ger. em SL.7.289, entre os quais: (DB.278, EA.555/8 e PP.131).

     4 - 1. Antonia de Paiva, c. 1642, São Paulo, com Affonso Dias, f. 1648, no sertão (na bandeira do Cap. Antonio Domingues), f. de Paschoal Dias e Felippa Rodrigues, c.ger. em Dias Teveriçás. (SL.1.32 e 7.293/4).

     4 - 2. Paula Fernandes de Oliveira, f. 1685, Taubaté, cc. Antonio Gil, n. São Paulo, f. 1699, na mesma cidade, f. de Sebastião Gil (o vilão) e Feliciana Dias, com 13 filhos em SL.8.89, entre os quais: (SL.7.294).

     5 - 1. Cap. Pedro de Oliveira Gil, f. 1732, na Vila de São Francisco das Chagas de Taubaté, com testamentos de 1730 e 1736, cc. Catharina de Unhate, f. de Domingos Vieira Cardoso e Martha de Miranda Moniz (em Vieiras Maias), com 4 filhos: Gonçalo Gil do Amarante, Pedro de Oliveira, Maria, e ainda: (SL.8.89 e Testamentos dele no Arquivo Histórico Municipal de Taubaté, pesquisados pelo genealogista Rosano Marcondes, de Taubaté).

     6 - 1. Maria de Oliveira Cordeiro (outra Maria), também referida por Silva Leme como Maria de Oliveira Cardoso, dotada pelo pai, cc. o Cap. David do Prado Martins (ou Cap. David do Prado da Costa), n. 1670, da governança eleita de Taubaté (não relacionado em SL.3.196), f. de José Corrêa Moniz (ou do Cap. Antonio do Prado Martins) e Maria Collaço da Costa, esta de Francisco Borges e Helena Rodrigues (ou Ana da Costa), com pelo menos: (Revista da ASBRAP, nº 14, fls. 204, SL.8.89 e testamentos do pai).
- Obs,: 0s Testamentos do pai não citaram os ascendentes de David do Prado).

     7 - 1. Catharina de Oliveira do Prado, cc. Diogo Barbosa do Rego, f. 1786, com testamento em Taubaté, f. de outro do mesmo nome e Anna Maria Cabral, c.ger. em SL.7.346.

     6 - 2. Maria Garcia de Oliveira, cc. Francisco Guedes de Azevedo, f. 1787, com testamento em Taubaté, f. de José Vieira dos Santos e Mariana Cordeiro, com 5 filhos em SL.8.90, entre os quais:

     7 - 1. Magdalena, cc. Antonio José de Toledo. (SL.8.90). Parece que seria o mesmo casal, Antonio José de Toledo (f. de Antonio da Silveira Goulart, n. Ilha do Fayal, e Rosa Maria de Toledo), cc. Magdalena de Jesus, com pelo menos: (SL.5.560).

     8 - 1. Alexandre Álvares da Silveira, c. 1792, Guaratinguetá, com Maria Antonia da Silveira. (SL.5.560).

     5 - 2. Francisca Cordeiro, cc. João da Veiga, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (SL.8.94).

     6 - 1. Francisca Cordeiro da Costa (citada em SL.3.310), f. 1769, Guaratinguetá, cc. Francisco Borges Rodrigues (viúvo de Anna Vaz Bicudo, f. 1703), f. 1750, com testamento em Taubaté, f. de Francisco Borges Rodrigues e Luzia Rodrigues do Prado, c.ger. em Dias Teveriçás. (Pesquisa do amigo, genealogista, Mauricio Prado, paulista, residente em Frederiksberg, Dinamarca).

     3 - 2. Rafael de Oliveira, o moço, n. por volta de 1602, seguiu na leva de Antonio Raposo Tavares ao sul, em 1636, arrasando várias reduções dos Tapes, f. 1648, São Paulo ou 1654, Jundiaí, SP, cidade da qual foi o fundador e Cap. Mor, e onde tinha fazenda de cultura e criação, c. 1ª vez, SP, com Maria Ribeiro, f. de sua madrasta e do 1º marido da mesma, c.ger. em Hortas e, 2ª, 1639, com Maria Cordeiro, irmã de Francisca Cordeiro, do 3-1, c.ger. da 1ª em SL.4.314 e da 2ª em SL.7.294. Entre os filhos da 2ª esposa, observamos: (DB.278).

     4 - 1. Cap. Mor Antonio de Oliveira Cordeiro, de Jundiai, SP, c. por volta de 1680, com Ana Luiz de Faria Sodré da Costa, n. por volta de 1664, f. 1731, Jundiai, f. do Cap. João de Faria da Costa Sodré e Isabel Gomes Pereira ou Isabel Gomes da Costa do Espírito Santo (em Aguirres), com 11 filhos em SL.7.294, entre os quais:

     5 - 1. Anna Luiz de Faria, n. Jundiaí, onde f. 1731, cc. Antonio Freire Farto, n. São Paulo (que depois cc. Joanna Baptista de Siqueira), f. de João Freire Farto e Ignez Monteiro Cordeiro, com filha única: (FS, SL.6.467 e 7.313).

     6 - 1. Ignez Monteiro Cordeiro, n. Jundiaí, f. 1785, Araritaguaba, com 70 anos, já viúva pela 2ª vez, c. 1ª vez, 1724, Jundiaí, com Francisco Correa de Moraes, moradores em Araritaguaba, onde ambos faleceram, f. de Simão Correa de Lemos e Izabel da Silva Pinto, c.ger. em SL.2.378 e, 2ª, com Francisco Martins Bonilha, f. de outro do mesmo nome e Maria Gonçalves da Costa (em Martins Bonilhas), s.ger. deste. (FS e SL.6.467 e 7.267).
                Entre os do 1º marido:

     7 - 1. Thomaz Correa de Moraes, f. 1787, Araritaguaba (atual Porto Feliz), SP, cc. Izabel de Anhaya Leite, f. 1803, na mesma cidade, f. de Antonio de Anhaya Lobo e Anna Cardoso, com 11 filhos em SL.2.378, todos nascidos em Porto Feliz, entre os quais:

     8 - 1. José Correa de Moraes, não foi casado, mas reconheceu 4 filhos filhos, entre os quais: (SL.2.391).

     9 - 1. Anna Joaquina Leite, c. 1816, Porto Feliz, com Francisco Simões da Rocha, residente em Tietê, f. de Francisco Simões dos Reis e Maria Magdalena da Rocha, com 9 filhos em SL.5.276/7, entre os quais: (FS e SL.2.391).

     10- 1. Francisco Correa Simões da Rocha Júnior, n. Porto Feliz, residente em sua lavoura, em Tietê, c. 1859, Santíssima Trindade, Tietê, com Escholastica Martins de Almeida (ou Escholastica Martins de Oliveira), n. Porto Feliz, f. de José Antonio de Almeida Leite e Anna Martins Bonilha (ou Anna Martins de Mello), cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Francisco da Rocha, b. 1864, José da Rocha, b. 1866, Luiz da Rocha, b. 1869, Olegário da Rocha, b. 1871, André da Rocha, b. 1873, Josephina da Rocha, n. e b. 1874, todos em Santíssima Trindade, Tietê, e ainda: (FS e SL.5.277).

     11- 1. Anna Simões de Almeida, c. 1883, Santíssima Trindade, Tietê, com José Martins de Mattos, f. de José Ignacio de Mattos e Anna Martins da Rocha. (FS).

     11- 2. Samuel Simões da Rocha Júnior, b. 1862, c. 1888, Santíssima Trindade, Tietê, com Francisca de Arruda Silveira, f. de Joaquim Correa da Silveira e Francisca Carolina de Arruda. (FS).

    10- 2. Antonio Correa Simões da Rocha, n. e b. 1842, Santíssima Trindade, Tietê, "solteiro". (FS e SL.5.277).

    10- 3. Joaquim Correa Simões da Rocha, n. e b. 1842, Santíssima Trindade, Tietê, "solteiro". (FS e SL.5.277).

    10- 4. Anna Simões da Rocha (ou Anna Joaquina Leite), c. 1858, Santíssima Trindade, Tietê, com Antonio Ramos de Toledo ou Antonio Gonçalves Ramos (o mestrinho), f. de Joaquim Gonçalves Ramos e Gertrudes Correa Simões da Rocha. (FS e SL.5.277).

     10- 5. Maria Simões da Rocha, "solteira". (SL.5.277).
- Obs.: Uma do mesmo nome, cc. Francisco da Silva Leite, com pelo menos: (FS).

     11- 1. Joaquim da Silva Leite, c. 1855, Santíssima Trindade, Tietê, com Gertrudes Rodrigues Leite. (FS).

    10- 6. Carolina Simões da Rocha (ou Carolina Leite da Rocha), c. 1861, Santíssima Trindade, Tietê, com Antonio Policarpo de Alvarenga Rezende, n. Formiga, MG, f. de Tristão da Cunha de Alvarenga Rezende e bárbara Generosa Resende, "c.ger.". (FS e SL.5.277).
- Obs.: Parece que poderia ser o mesmo casal: "Antonio Policarpo de Alvarenga Resende", cc. Carolina Correia de Moraes, com pelo menos: Francisco de Alvarenga Resende, n. e b. 1861, Francisco de Alvarenga Resende (outro), n. e b. 1863, Carolina de Alvarenga, b. 1866, todos em Santíssima Trindade, Tietê, Zoraide Rezende, n. e b. 1878, NS da Conceição, Tatuí, SP. (FS).

     9 - 2. Gertrudes Correa de Moraes (Gertrudes Correa Simões da Rocha, ou ainda, Gertrudes Maria Correia Leite), cc. Joaquim Gonçalves Ramos (o mestrinho), n. Dores do Guaxupé, MG, com pelo menos: José Ramos, b. 1823, Maria Ramos, b. 1825, Porto Feliz, e ainda: (SL.2.391).

     10- 1. Joaquim Gonçalves Ramos (mestre), residente em Itapetininga, onde é negociante, casado, "c.ger.". (SL.2.391).

     10- 2. Antonio Ramos de Toledo (ou Antonio Gonçalves Ramos, o mestrinho), c. 1858, Santíssima Trindade, Tietê, com sua prima, Anna Joaquina Leite, f. de Francisco Simões e Anna Joaquina, acima. (FS).

     5 - 2. Maria Cordeiro da Assunção, f. Jundiai, 1751, cc. Salvador Garcia Betim, f. 1754, f. de Jorge Rodrigues Velho e Beatriz de Borba (ou Maria de Borba), c.ger. em Betim. (SL.7.313 e 452).

     4 - 2. Maria de Oliveira, cc. Francisco Cabral de Távora, f. de Estêvão Gomes Cabral e Gabriella Ortiz de Camargo, c.ger. em Camargos. (SL.1.381).

     4 - 3. Ana Moreira Cordeiro (não relacionada por SL), cc. Gonçalo Ribeiro Nilo, f. de Francisco Ribeiro Gonçalves e Maria Gonçalves de Sousa, com pelo menos: (Gentil colaboração da amiga, genealogista, Sonia Maria Gabriella de Moraes Navarro Villas Bôas Guidi).
- Obs.: O texto não esclarece de qual das esposas, embora o sobrenome Cordeiro sugira que seja da 2ª.

     5 - 1. Ângela Cordeiro Soares de Oliveira, 1ª esposa do Cap. João de Moraes Navarro, f. do Cap. Manoel Preto Rodrigues, um dos povoadores das minas de Pitangui, e Francisca de Siqueira de Moraes, n. Jundiaí, c.ger. em Pretos.

     3 - 3. Margarida de Oliveira, n. 1605, dita "solteira", cc. Pero Domingues (cujo casamento SL não descobriu), f. de Pedro Domingues, um dos primeiros povoadores de São Vicente, e Clara Fernandes, portugueses (em Domingues), c.ger.

     3 - 4. Estêvão Fernandes (ou Estêvão de Oliveira), n. 1609, já f. 1648, solteiro.

     3 - 5. Ana de Oliveira, n. 1612, cc. Gaspar Maciel Aranha, paulista, sertanista que tomou parte na expedição de Antonio Raposo Tavares, em 1636, ao Sul do Brasil, f. de João Tourinho Maciel (cujos pais, Bento Rodrigues Maciel e Ana Tourinho Maciel, SL não descobriu) e Paula Camacho (ou f. de Antonio Fernandes e Maria Dias Maciel). (DB.38, MP, PP.110 e ajuda do amigo, genealogista, Ruy Werneck, de Belo Horizonte, MG).
- Obs.: Vide toda a ascendência de Ana Tourinho Maciel no livro "Os Herdeiros do Poder", de Francisco Antonio Doria, fls. 138.

     3 - 6. Manuel de Oliveira, n. 1614, já f. 1648, solteiro. (PP.131).

     3 - 7. Maria de Oliveira (hipótese), 2ª mulher de Pedro Leme, n. por volta de 1566, São Vicente, f. após 1640, foi discípulo do Pe. José de Anchieta e participou da governança de SP, f. de Brás Teves (depois Esteves) e Leonor Leme, com f. única: (EA.500 e SL.2.187).

     4 - 1. Maria de Oliveira, f. 1699, São Paulo, onde cc. Diogo Bueno, da governança, f. 1700, f. do Cap. Mor Amador Bueno de Ribeira, o Aclamado, e Bernarda Luiz, c.ger. em SL.1.432, entre eles: (EA.497 e VT.1.30).

     5 - 1. Manoel Bueno da Fonseca, "um paulista adornado de Moraes virtudes, muita discrição, prudência e afabilidade", c. 1ª vez, com Maria Leite, f. de Manoel de Carvalho de Aguiar e Potência Leite e, 2ª, 1685, Sorocaba, com Anna Domingues de Faria (viúva de Manoel Cardoso de Almeida), f. do Cap. Diogo Domingues de Faria e Maria Paes (em Dias Teveriçás), s.ger. (SL.1.432 e 2.498).

     5 - 2. Paulo da Fonseca Bueno, f. 1702, SP, onde foi Juiz de Órfãos, 2º marido de Ana Maria da Silveira, f. de Antonio Raposo da Silveira e Maria Raposo de Siqueira, c.ger. em Raposos Silveiras. (SL.1.432).

     5 - 3. Francisco Bueno Luiz da Fonseca, cidadão de São Paulo e de Parnaiba, até passar-se para o sitio do Vuturuna, no Rio das Mortes, em Minas Gerais, onde estava em 1729, c. em Minas, com Maria Jorge Velho, n. Parnaiba, f. de Salvador Jorge Velho e Margarida da Silva. Foi o cabeça do episódio da expulsão do sindicante, acontecido em São Paulo. C.ger. em Jorges Velhos. (3.79, SL.1.433 e VT.1.30).

     5 - 4. Bernarda Luiz de Oliveira, b. 1652, São Paulo, f. 1683, c. por volta de 1671, São Paulo, com João Franco Viegas (1ª mulher - Oliveiras Leitões), n. por volta de 1640, Espírito Santo de Portel, Évora, Alto-Alentejo, f. 1694, Rio, contratador da pesca da baleia, f. de Lourenço Franco Viegas e Úrsula Godinho (ou Francisca Coitado), com 4 filhos: Ana Franco Bueno e Diogo Bueno Viegas, falecidos solteiros, e ainda: (CR.2.181, EA.494 e SL.1.436).

     6 - 1. Úrsula Franco de Oliveira, n. por volta de 1671, f. com inventário em 1751, São Paulo, onde c. 1691, com seu parente, o Cap. Bartolomeu da Rocha Pimentel, n. por volta de 1661, São Paulo, onde f. 1751, morador em Atibaia, f. de Pedro da Rocha Pimentel e Leonor Domingues de Camargo, c.ger. em Camargos. (SL.1.516).

     6 - 2. Maria Franco de Oliveira (ou Maria Franco da Cunha), n. 1659, f. 1726, cc. João de Camargo Pimentel, n. por volta de 1673, São Paulo, f. 1717, f. do Cap. Marcelino de Camargo e Messia Ferreira Pimentel de Távora, c.ger. em Camargos. (1.99, CR.2.185, SL.1.322 e 436).

     5 - 5. Mariana Bueno de Oliveira, f. 1755, 2ª esposa de João Dias da Silva, paulista, f. 1726, juiz de órfãos em 1711, f. de Manoel Dias da Silva e Catarina Rodrigues (em Dias da Silva), s.ger. (2.98 e SL.2.169). 

     3 - 8. ...., f. em tenra idade. (MP).

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Inês de Oliveira, omitida em SL, cc. F... Paredes (seria Manuel de Paredes, o brasileiro que foi interrogado pela inquisicao em 1591?), com:

     3 - 1. Izabel de Paredes, cc. Barnabé del Campo, f. 1630, que possuia terras no Monte Serrate (poderia ser f. de "João Luiz do Campo", Escrivão da Armada de Estácio de Sá, que em 1567 recebeu sesmaria em Niterói, RJ, ou de casamento anterior de Pedro Fernandes del Campo, n. Bilbao, c. Rio, 1622, com a viúva Catarina Antonia?), pais de: (BG.60.1.17, CR.2.56 e IG.137).

     4 - 1. Maria, que em 1632 recebeu a escrava Marina, da sua tia Antonia de Oliveira. (IG.137 e SL.8.484).

     3 - 2. Antonia de Oliveira, tia de 4-1, acima.

     3 - 3. Manuel de Paredes da Costa, talvez descendente, n. por volta de 1592, c. por volta de 1622, com Guiomar Rodrigues, c.ger. em CR.3.58. (CR.2.607). 

                                                   Parágrafo 5º 

     2 - 5. Manuel de Oliveira Falcão, omitido em SL, n. 1596, Juiz de Órfãos em Taubaté, em 1649, pode ser o paulista do mesmo nome que tomou parte na bandeira de Tenório de Aguilar, em 1608, aos Bilreiros, e na do Guairá, em 1628, na leva de Mateus Luíz Grou, c. Rio, 1617, com Sebastiana (?) de Mariz, f. de Francisco de Mariz. (AS.1.111, CR.3.39 e DB.277). 

                                                   CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Diogo de Oliveira (hipótese), não relacionado por SL, que talvez seja o mesmo do Cap. 1º, Par. 5º, que juntamente com o irmão Antonio de Oliveira recebeu sesmaria no Rio de Janeiro em 1566. (BG.60.1.13 e CP.349).
- Obs.: Talvez seja o mesmo que, em 1566, foi fiador de Gaspar Rodrigues de Moura, no RJ. (CP.333). 

                                                   CAPÍTULO 4º 

     1 - 4. Cecília Gago (hipótese), não relacionada em SL, poderia ter sido filha ou neta, cc. Francisco Dias Pinto, n. Guimarães, f. antes de 1612, que pode ser o mesmo que em 1565 foi nomeado Alcaide Mor do RJ, pais de pelo menos: (BG.60.1.15, CP.369 e IG.136). 

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Catarina, c. 1612, com o Cap. Mor de Itanhaém, Vasco da Mota, paulista, f. após 1639 (que em 1596/8 estava no sertão do Parnaíba, no arraial do Cap. João Pereira de Souza Botafogo), f. de Atanásio da Mota e Luiza Machado (ou Luzia Machado), n. Santos, np. de Vasco Pires da Mota e Felipa Gomes da Costa (do Cap. 1º, acima), nm. de Simão Machado, n. Portugal, e Maria da Costa, n. São Vicente, podem ter sido pais de pelo menos: (DB.268, GS.391, IG.136, PP.122 e SL.6.112).

     3 - 1. Isabel da Mota, cc. Dionísio da Costa (ou Damião da Costa), morador Itanhaém, pais de pelo menos: (DB.268 e PP.122).

     4 - 1. Vasco da Mota, paulista, Cap. Mor Itanhaém, bandeirante ilustre, tomou parte na jornada de Estêvão Ribeiro Baião Parente à Bahia em 1671, c. Itu, 1681, com Ana Luiz de Arzão, f. de Cornélio Rodrigues de Arzão e Catarina Gomes Correia, com pelo menos: (DB.268, PP.122 e SL.7.342).

     5 - 1. Catarina Gomes da Mota, c. 1698, Itu, com Simão da Costa Cabral, da Ilha Grande, f. do Cap. Luiz da Costa Cabral e Maria ... (CR.1.429 e SL.7.343).

     6 - 1. Antonio Gomes da Mota (hipótese), n. SP, talvez filho ou neto, cc. Inácia, f. de Brás da Silva Rangel e Clara Barreto de Brito. (CR.3.103).

     5 - 2. José Gomes de Oliveira (hipótese), não relacionado em SL, provavelmente o 1º a encontrar ouro no Itaverava, em 1691, junto com Vicente Lopes. (DB.276).

     4 - 2. Damião da Costa (hipótese), n. por volta de 1659, teve com Antonia da Costa, solteira, uma filha: (CR.1.418).

     5 - 1. Maria, b. Rio, 1689. 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Luíza, tinha 7 anos em 1613. (IG.136). 

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. João, com 6 anos em 1613. (IG.l36). 

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Diogo Fernandes Pinto ("f. de Francisco Dias Pinto"), que em 1572 substituiu o pai no cargo de Alcaide Mor do RJ, poderia ser seu descendente: (BG.60.1.15 e CP.368).

     3 - 1. Francisco Dias Pinto, n. por volta de 1594, c. por volta de 1624, com Ana Ferreira, n. por volta de 1604, pais de 5 filhos: (CR.1.527).

     4 - 1. Manuel, b. na Sé, Rio, 1625, que pode ser o mesmo Manuel Pinto, cc. Domingas Dias, pais de pelo menos: (CR.1.527).

     5 - 1. Lourenço Dias Pinto, n. por volta de 1655, c. Rio, 1685, com Úrsula Martins de Brito, n. por volta de 1665, Santos, SP, f. Rio, 1707, f. de Diogo Lopes de Souza (ou de Domingos de Brito) e Romana Vieira da Costa. (CR.1.527).

     4 - 2. Maria, b. 1629, Rio.

     4 - 3. Maria (outra), b. 1635, Candelária, Rio.

     4 - 4. Ana, b. 1637, Candelária.

     4 - 5. Francisco, b. 1639, Candelária. 

                             Da 2ª mulher, 2 filhos:

                                                   CAPÍTULO 5º 

     1 - 5. Juliana de Oliveira Lobo, n. Portugal, c. 1ª vez com Pedro Colaço, o moço, f. de Pedro Colaço Vilela, n. Viana do Minho, Cap. Mor Governador de São Vicente pelos anos de 1561/5, e Brígida Machado, a velha, n. São Vicente, nm. de Rui Dias Machado, que veio em 1532 com Martim Afonso de Sousa, e Cecília Rodrigues e, 2ª, com Manoel Fernandes Zouro (viúvo de Margarida Antunes?), n. São Vicente, SP, Oficial da Câmara do RJ, em 1591, que comprou terras no Rio Macacu em 1571 e ainda vivia em 1612, f. de Antonio del Zoro, c.ger. de ambos em SL.8.487, onde observamos: (3.159, AS.3.42, CP.505, PP.39, 42 e 107, 131 e SL.6.113).
                 Do 1º marido teve:

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Úrsulo Collaço, f. 1644, Parnaíba, com testamento, cc. Vicência da Costa, f. de Belchior da Costa e sua 1ª mulher Izabel Rodrigues (em Fernandes), com entre outros: (SL.8.487).

     3 - 1. Juliana de Oliveira, n. 1635, c. 1ª vez, com João de Siqueira, f. 1648, f. de Manoel de Siqueira e Mecia Bicudo de Mendonça e, 2ª, "1556?", com Francisco Dias de Siqueira, "f. 1655?", Parnaíba, com testamento, f. de Francisco de Siqueira e Clara Diniz, com: (FS e SL.7.538).
                Do 1º Marido, 3 filhos: Manoel, e ainda:

     4 - 1. Vicência da Costa, cc. o Cap. Antonio Bicudo de Brito (viúvo de Maria Leme de Alvarenga, f. 1654), f. 1666, f. de Manoel de Sousa e Izabel Nogueira, com: Potência, Izabel, Juliana, e ainda: (FS e SL.6.357).

      5 - 1. Joaquim Bicudo de Brito, c. 1688, Itu, com Anna Ribeiro, f. de João Ribeiro Bayão e Antonia Gago da Cunha, s.ger. (SL.5.412).

     4 - 2. Mecia Lobo de Siqueira, cc. o Cap. Paulo de Anhaya de Almeida (1ª esposa), f. Taubaté, com inventário e 1723, f. de Paulo de Anhaya, n. Porto, Portugal, e Maria Coelho, de São Paulo, com 11 filhos em SL.4.408 (onde a indicação da filiação de Mecia Lobo de Siqueira não está correta). (SL.8.488).

                Do 2º Marido, 2 filhos: Úrsulo e Clara.

     3 - 2. Anna Rodrigues Cabral, cc. o Cap. Salvador Ambrósio Mendes (que c. 2ª vez, com Catharina Bicudo Tavares), f. de João Fernandes Geraldo, n. Madeira, f. 1639, Parnaíba, com 90 anos, e sua 2ª mulher, Izabel Mendes, com pelo menos: (SL.6.454 e 8.488).

     4 - 1. Anna Maria Collaço, c. 1689, Itu, com Gonçalo Gil, n. São Paulo, f. de Luiz Yanes Gil e Maria da Silva (em Gonçalves Lopes). (DB.183, SL.1.16 e 8.488).

     4 - 2. Anna da Costa Cabral, c. 1681, Itu, com Izidoro Rodrigues Gil, irmão de Gonçalo Gil, precedente (em Gonçalves Lopes). (DB.183, SL.1.16 e 8.488).

    3 - 3. Mecia Lobo de Oliveira, f. 1644, Parnaíba, com testamento, cc. o Cap. Salvador Bicudo de Siqueira, f. de Manuel de Siqueira e Mecia Bicudo de Mendonça, pais de:

     4 - 1. Vicência de Siqueira Mendonça (truncado em SL), de Taubaté, n. 1644, Parnaíba, cc. Pedro Fragoso, n. 1634, SP, f. de Balthazar Lopes Fragoso, n. Lisboa, e Marianna Cardoso, c.ger., que SL não relaciona, em AS.9.141, onde observamos: (AS.10.141, SL.8.4, 488 e gentil colaboração da amiga, genealogista, Eneida Rangel Celeti, de São Paulo).

     5 - 1. Cap. Salvador Cardoso Guedes (ou Salvador Fragoso Guedes), n. 1662, São Paulo, onde f. 1700, cc. Theresa de Toledo Castelhanos, n. São Paulo, f. 1721, Taubaté, com testamento, f. de João de Toledo Castelhanos e Maria de Lara, c.ger. em Toledos Pizas. (AS.9.141, 10.183 e SL.5.505).

    5 - 2. Mecia Fragoso de Mendonça (hipótese, f. de Pedro Fragoso e "Verônica?" de Mendonça, de Taubaté), cc. Lourenço de Siqueira, f. de Gaspar Vaz da Cunha e Margarida de Siqueira, c.ger. em SL.5.146.

                                                   Parágrafo 2º  

     2 - 2. Cap. Martinho de Oliveira Gago (ou Martinho de Oliveira Leitão), o velho (não relacionado por SL, que alguns autores colocam aqui e, outros, em Oliveiras Leitões), n. por volta de 1630, Santos, considerado homem nobre e dos principais da Vila, f. Aiuruoca, MG, c. 1ª vez com Catarina Pereira Sardinha, n. Rio, RJ, e parece ser o do mesmo nome, cc. Catarina de Siqueira, n. Santos, c.ger. em Oliveiras Leitões. (CR.2.427, EA.492, FS e VT.2.195). 

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Manuel Colaço (hipótese), cc. Ana Rodrigues, pais de:

     3 - 1. Mateus Colaço, n. por volta de 1600, f. Rio, 1668, c. 1ª vez com Mariana Pinheiro e, 2ª, Lisboa, com Margarida de Souza, c.ger. da 1ª: (CR.1.359).

     4 - 1. Filha residente em Portugal.

     4 - 2. Vicência, moradora no Rio de Janeiro.

     4 - 3. Ne....fal.

     4 - 4. Ne....fal.

     4 - 5. João Colaço. 

                 Do 2º marido (Manoel Fernandes Zouro):

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Mathias de Oliveira, n. 1601, Rio de Janeiro, f. 1661, com testamento em São Paulo, já vvo de Antonia Rodrigues, f. de Antonio Rodrigues Velho e Joanna de Castilho, c.ger. em Garcias Velhos. (SL.7.451 e 8.488).

                                                   Parágrafo 5º

     2 - 5. João de Zouro de Oliveira, provavelmente filho ou neto, cc. Isabel Homem, pais de pelo menos:

     3 - 1. Maria do Zouro de Oliveira, n. por volta de 1628, f. 1708, Rio, onde c. 1648 com o Cap. Francisco de Araujo de Andrade, b. 1617 Rio, onde f. 1684, f. de Belchior de Andrade de Araújo e Maria Cardoso Souto Maior, pais de: (CR.1.87, 128, 2.186 e SL.9.15).

     4 - 1. Isabel Homem, b. Rio, 1649, "teria cc. Manuel de Moura".

    4 - 2. João do Zouro, b. 1651, f. 1697/8, Rio, onde c. 1688, com Maria Barbosa, n. por volta de 1668/71, Rio, irmã de Cecília Maria Barbosa, retro, f. de Jacinto Lobo Pereira de Magalhães e Maria Barbosa. (CR.1.87 e 2.186).

     4 - 3. Pe. Belchior de Andrade, b. Rio, 1653, habilitado de genere, 1702.

     4 - 4. Antonio, b. Rio 1660.

     4 - 5. Ana de Araujo de Andrade, n. por volta de 1664, f. Rio 1720, c. por volta de 1697, com o seu primo em 3º gráu José de Andrade Souto Maior, n. por volta de 1667, Rio, senhor da casa de Jericinó, f. após 1746, f. do Cap. Inácio de Andrade Souto Maior, senhor da casa de Jericinó, e Ana de Alarcão e Luna, c.ger. em Rendons. (CR.1.87 e 92).

     4 - 6. Maria, b. Rio 1667. 

                                                   Parágrafo 6º 

     2 - 6. Juliana de Oliveira (ou Sebastiana de Oliveira), n. por volta de 1601, f. Rio, 1685, c. por volta de 1621, com Antonio da Costa, n. por volta de 1591, carpinteiro, pais de: (CR.1.105 e 413).
- Obs.: Esta ou outra do mesmo nome cc. Pedro de Abreu Rangel, c.ger. em Botafogos.

     3 - 1. Micia, b. Rio, 1622.

     3 - 2. Joana de Oliveira, b. 1625, Rio, onde f. 1678, c. 1ª vez, 1644, com Manuel Gonçalves, n. por volta de 1614, f. 1650, Rio, barbeiro, 2ª, com Francisco Gonçalves Correia, n. por volta de 1622, f. de "André Gonçalves Ferriero" (seria André Gonçalves Ferreira?), de Recife, e Isabel Paz e, 3ª, com Brás de Aveiro, talvez o mesmo b. 1638, f. de Simão de Aveiro e Domingas Martins (ou Domingas Tourinho), teve:
                 Do 1º marido pelo menos: Salvador, b. 1648, Rio, frade de Santo Antonio e Pedro, filho natural. (CR.2.299).

                 Do 2º marido 6 filhos: Manuel, b. 1653, Rio, Basílio, n. por volta de 1655, João, n. por volta de 1657, f. antes do pai, Ana, b. 1659, Rio, Maria, n. por volta de 1661 e Antonia, n. por volta de 1663. (CR.2.308).

     3 - 3. Manuel, b. Rio, 1627. (CR.1.139 e 413).

     3 - 4. João Barbosa da Costa, b. Rio, 1631, onde f. 1703, c. 1682, com Brites de Carvalho (ou Brites Noronha), n. por volta de 1655, já f. 1721 (viúva de Cristóvão de Lima), f. de Manuel Álvares Nespereira e Úrsula Correia, com: João, Francisco, Luzia, outra Luzia e: (CR.1.105, 197 e 413).

     4 - 1. Ana Correia de Albernaz, b. Rio, 1688, onde f. 1721, c. 1707, com o Sarg. Mor Antonio Lopes Antunes, n. por volta de 1677, Ceiça, Leiria, f. de Domingos Antunes e Maria Lopes, com: Manuel, Maria, Antonia, Luiz e Francisco (CR.1.106).

     4 - 2. Maria Correia da Câmara, b. 1689, Rio, já c. 1721, com ...., pais de: Inácia. (CR.1.197).

     3 - 5. Gregório, b. Rio, 1633.

     3 - 6. Inácia, b. Rio, 1636. 

                                                   Parágrafo 7º 

     2 - 7. Floriana de Anaia (ou Floriana do Zouro), n. por volta de 1591, f. por volta de 1621, c. por volta de 1611, Rio, com José de Castilho (1ª esposa), n. por volta de 1581, f. Rio, 1654, pais de: José de Castilho, João de Anaia, Francisca, Gaspar, Francisco (CR.1.324). 

                                                   CAPÍTULO 6º 

     1 - 6. Tristão de Oliveira Lobo, de Beja, Ouvidor da Capitania de São Vicente, de 1576 a 78, tomou parte em várias entradas, entre elas as de Jerônimo Leitão a Paranaguá, em 1585, e a de João Pereira de Souza Botafogo, ao Sapucaí, em 1596, f. já velho, após 1603, cc. Joana Ferreira, f. do Cap. Mor Jorge Ferreira e Joana Ramalho (em Dias Teveriçás), com pelo menos: (2.1, AS.3.30, DB.279, BG.3.207, PP.128, 131, SL.8.493 e 9.68).

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Matias de Oliveira Lobo, n. por volta de 1557, Santos ou São Vicente, f. 1624, com testamento em 1628, exerceu cargos na Câmara de SP, de 1589 a 1610, foi sertanista que faleceu em bandeira, em 1628, provavelmente no Guairá, c. 1ª vez, com sua parenta Izabel da Cunha, f. com testamento e inventariada em 1616, SP, f. de Henrique da Cunha e Felipa Gago e, 2ª, com Ana de Freitas, s.ger. desta, mas com 3 filhos da 1ª esposa em SL.8.493, onde observamos: (AS.3.30, 14.176, DB.278 e SL.5.3).

     3 - 1. Constança Ferreira (não relacionada por SL), n. Santos, filha natural, quando ainda solteiro. (PP.132).

     3 - 2. Henrique da Cunha Lobo, o velho, n. São Paulo, cc. Agostinha Rodrigues, f. 1677, f. de Antonio Rodrigues Velho e Joanna de Castilho (em Garcias Velhos), com 4 filhos em SL.8.493/4, entre os quais: (SL.7.442).

     4 - 1. Henrique da Cunha Lobo, o moço, f. 1672, com testamento em Taubaté (em casa de Bernardo Sanches), cc. Mariana Ribeiro, f. de João Maciel Valente e Maria Ribeiro, com 12 filhos em SL.8.494, onde observamos: (SL.8.262).

     5 - 1. Henrique da Cunha Lobo, o neto, b. 1654, São Paulo, tinha 16 anos em 1670. (SL.8.494).
- Obs.: Este ou outro Henrique da Cunha Lobo foi pai de, pelo menos: João da Cunha Lobo, b. 1718, NS da Conceição, Guarulhos. (FS).

     5 - 2. João, falecido no sertão, em companhia do seu pai. Um João da Cunha Lobo, cc. "H. de M.", com pelo menos: (FS e SL.8.494).

     6 - 1. Maria da Ponte, c. 1716, NS da Ponte, Sorocaba, com Bonifácio Fernandes, f. de Domingos Fernandes e Catherina Antunes. (FS).

     3 - 3. Felippa Gago, f. 1665, Parnaíba, cc. Paschoal Delgado, o velho, f. 1639, na mesma cidade, com testamento escrito em 1634, com 6 filhos em SL.8.516, entre os quais:

     4 - 1. Maria de Oliveira, f. 1647, cc. Balthazar da Costa, f. 1681, com 6 filhos em SL.8.517, onde observamos:

     5 - 1. Pedro Collaço Delgado, c. 1658, com Catharina Antunes, f. de Bernardo da Motta, n. Bahia, e Maria Victoria (em Pretos). (SL.8.517).

     5 - 2. Maria de Oliveira, f. 1698, Parnaíba, onde c. 1675, com Agostinho da Rocha Gralho, f. de Domingos da Rocha e Domingas Ribeiro, c.ger. em Dias Teveriçás. (AS.1.123 e SL.8.518).

     5 - 3. Baltazar da Costa, f. 1670, cc. Ana Antunes, f. de Bernardo da Motta e Maria Victoria (em Pretos), c.ger. em SL.8.519.

     5 - 4. Filipa Gago (ou Filipa da Costa Gago), f. 1703, Parnaíba, cc. Filippe Reque, n. "Alemanha Baixa", f. com testamento em 1682, Parnaíba, tinham um sítio no Ibituruna, f. de Alberto Reque, com 7 filhos: José de Oliveira Collaço, e ainda: (AS.2.109, SL.2.221 e 8.520).

     6 - 1. Maria de Oliveira Collaço, f. 1746, Parnaíba, com 90 anos, cc. Francisco Fernandes de Aguiar, f. 1742, com 104 anos, na mesma cidade, f. de outro de igual nome e Maria de Louveira, com 3 filhos em SL.8.520, entre os quais:

     7 - 1. Theresa, cc. Domingos Leme de Moraes, com: Maria da Luz. (SL.8.520).

    7 - 2. Izabel Fernandes de Aguiar, f. 1753, Parnaíba, onde c. 1718, com João da Rocha Gralho, f. do Cap. Francisco da Rocha Gralho e Maria Dias Cardoso, c.ger. em Canhamares. (SL.6.452/3 e 8.520).

     6 - 2. Anna de Oliveira, cc. Antonio Sutil.

     6 - 3. Filippe da Costa Collaço, f. 1758, Parnaíba, já viúvo de Francisca de Aguiar.

     6 - 4. Maria do Rosário, c. 1714, Parnaíba, com Antonio da Rocha Gralho, f. de Bartholomeu da Rocha Gralho e Francisca de Almeida.

     6 - 5. Filippa da Costa (ou Filippa Gago), cc. Sebastião Pedroso Bayão ou Sebastião Pedroso Bicudo (que c. 2ª vez, 1740, Sorocaba, com Ângela de Oliveira), f. de Antonio Bicudo Furtado e Catharina Gonçalves Pedroso. (SL.5.418 e 8.521).

     6 - 6. Francisco de Oliveira Gago, f. 1755, com 83 anos, em Parnaíba, onde c. 1717, com Anna Maria Leme do Prado, f. 1771, com 70 anos, na mesma cidade, f. de Manoel Gomes de Escobar e Maria Leme do Prado, com 9 filhos em SL.2.221, entre os quais: (AS.2.109 e SL.8.521).

     7 - 1. Maria do Prado (ou Maria Gomes do Prado), c. 1752, Parnaíba, com Francisco Coelho Machado, f. de Antonio Coelho de Cerqueira, n. Portugal, e Antonia da Rocha. (SL.2.221 e 8.475).

     3 - 3. Juliana de Oliveira, cc. Manoel Francisco Pinto, n. Guimarães, f. com inventário em 1638, f. de Balthazar Francisco Pinto e Maria Gonçalves de Freitas, com 6 filhos em SL.8.495, entre os quais:

     4 - 1. Tristão de Oliveira Lobo, n. São Paulo, onde foi nobre cidadão e exerceu os cargos públicos, cc. Maria Pedroso, f. com inventário em 1676, f. de Diogo de Lara e Magdalena Fernandes Feijó de Moraes (em Laras), com 9 filhos em SL.8.495, entre os quais:

     5 - 1. Juliana de Oliveira, c. São Paulo, com Simão Nunes de Siqueira, f. 1702, Parnaíba, f. do Cap. Francisco Nunes de Siqueira, o Redentor da Pátria, e Maria Pires, c.ger. em Nunes Siqueiras. (1.259 e SL.2.137).

     5 - 2. Maria Pedroso, f. 1684, c. 1681, Parnaíba, com seu primo-irmão, Luiz Castanho de Almeida, f. de outro do mesmo nome e Izabel de Lara (em Laras), com filho único: (1.263, DB.25, FP.4.81, SL.3.338 e 4.544). 

     6 - 1. Francisco Pedroso de Almeida (ou Francisco Pedroso de Moraes), n. Parnaíba, 1674 (criado em SP, pelo avô materno Tristão de Oliveira Lobo), foi sertanista e fundador da fazenda que depois veio a ser a cidade de Araraquara, falecido em avançada idade, cc. Águeda Machado, n. São Paulo, f. de Mathias Machado Castanho e Jerônima Fernandes, c.ger. em Machados Castanhos. (SL.4.544/5).

     5 - 3. Madalena Fernandes de Moraes, cc. Jerônimo Machado Castanho, n. São Paulo, f. de Mathias Machado Castanho, n. Sardoal, Portugal, e Jerônima Fernandes Preto, c.ger. em Machados Castanhos. (1.260 e SL.8.495). 

     5 - 4. Izabel de Lara, cc. Miguel de Camargo Ortiz (viúvo de Maria Pires Rodrigues, c.ger. em Camargos), f. de José Ortiz de Camargo e Maria Antunes, s.ger. desta. (SL.1.318 e 8.495).

     5 - 5. Guilherme de Oliveira Lara, cc. Mariana de Leão, f. de Matheus de Leão e Leonor Domingues de Camargo (em Camargos), com 4 filhos: Guilherme de Oliveira, Ângelo de Leão, e ainda: (SL.1.316 e 8.495/6).

     6 - 1. Anna Maria de França, cc. José de Sousa. (SL.8.496).

     6 - 2. Maria Pedroso, c. em Rio das Mortes, MG, com o Sarg. Mor João Alves Preto. (SL.8.496).

     4 - 2. Maria de Oliveira Lobo, cc. José Fernandes de Oliveira e, enviuvando, c. 1667, com Antonio de Madureira Moraes, f. 1678, com testamento aberto em 1681, Juiz de Órfãos em São Paulo, f. de outro do mesmo nome e Antonia Varejão de Mendonça (ou Antonia Varejão de Siqueira), c.ger. em Nunes Siqueiras. (SL.8.516).

     4 - 3. Izabel da Cunha, já c. 1633, com Estevão Raposo Bocarro, f. de Antonio Raposo e Izabel de Góes ou de Antolina Requeixo de Peralta (vide Raposos Bocarros), c.ger. em SL.3.4. (FS e SL.8.516).

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Tristão de Oliveira Lobo, n. por volta de 1562, o moço, omitido por SL, paulista, sertanista, figurou na leva de Domingos Rodrigues, o "Mineiro de Ferro", que saindo de SP com Botafogo em 1596 ainda estava no sertão em 1600. (AS.14.174, DB.279 e PP.132).
- Obs.: Outro do mesmo nome estava c. 1664, com Maria Afonso, f. de Domingos Nunes Félix e Madalena Afonso (em Dias Teveriçás). (SL.1.15). 

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Clara de Oliveira Lobo, n. por volta de 1564, cc. o (seu primo?) Cap. Manoel Antunes, n. por volta de 1550, 1º povoador da Ilha Grande, RJ, cerca de 1586, onde obteve sesmaria, morador Angra, 1610, possivelmente vereador no Rio em 1627, cuja geração SL não relaciona, f. de Bartolomeu Antunes, possuidor de engenho na Ilha de Sto. Amaro, SP, e sm. ...., nm. de Jorge Ferreira e Joana Ramalho (em Dias Teveriçás), e pais de pelo menos: (AS.14.174, 189, CP.54, NobRS.32, PP.19, 132 e SL.9.68).

     3 - 1. Antonio Antunes Lobo, n. por volta de 1586, São Vicente, c. SP, entre 1615 e 1623, com Ana Maciel (viúva de Jorge de Barros Fajardo), f. de João Maciel, português, e Paula Camacho, pais de: (PP.19 e SL.8.263).

     4 - 1. Gabriel Antunes Maciel, n. SP, f. com testamento em Santos, 1649, negociante de fazendas, c. 1640, com Mecia Cardoso Camacho, f. de Antonio Lourenço Camacho e Izabel Cardoso Vaz Guedes, c.ger. em Vaz Guedes. (2.207, GL.1.153, PP.19 e SL.1.128).
- Obs.: Pode haver engano aqui, este Gabriel Antunes Maciel, não deve ser o casado com Mecia Cardoso, como dizem alguns autores, mas sim o do mesmo nome, filho de Antonio Antunes e Maria Maciel, nm. de João Maciel e Paula Camacho (veja melhor em Vaz Guedes). (JF e SL.8.263).

     4 - 2. Manuel Antunes Lobo, talvez morador Itu, cc. Maria Pedroso de Oliveira, pais de pelo menos: (AS.14.190 e PP.19).

     5 - 1. Maria Antunes Maciel, c. Itu, 1707, com Pedro Vaz Ratão, f. de outro do mesmo nome, n. Évora, e Helena do Prado, np. de Belchior Vaz Ratam e Maria..., pais de: (PP.19 e SL.2.260).

     6 - 1. Luzia Antunes Lobo, c. 1727, Itu, com Salvador Ribeiro da Silva, f. de Acenso Ribeiro e Helena Dias, de Santo Amaro.

     6 - 2. Francisco Xavier de Sales, cc. Maria de Anaia Lobo, f. de Manoel da Rocha e Francisca de Anaia, além dos 8 filhos de SL.2.260 (Tít. Lemes), teve:

     7 - 1. Maria Francisca da Cruz, c. 1772, Araritaguaba ou Araçariguama, com Joaquim Ponce de Oliveira, f. de Pedro da Fonseca de Oliveira e Maria Francisca da Silva (em Ponces Torales). (SL.7.230 e 9.93).

     6 - 3. Domingos Leme da Silva, cc. Isabel de Santana, f. de José do Prado e Isabel de Proença (em Proenças), com 3 filhos em SL.2.261, entre os quais:

     7 - 1. Francisca de Paula Silva, c. 1789, Araritaguaba, com Ignacio Álvares de Siqueira, de Atibaia (viúvo de Ignacia de Camargo), cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (FS e SL.2.261).

     8 - 1. João Álvares Leme, c. 1826, NS Mãe dos Homens, Porto Feliz, com Antonia Maria de Jesus, f. de José Marques de Araujo e Flávia Maria de Jesus. (FS).

     5 - 2. Antonio Antunes Lobo, morto pelos índios Paiaguás, em 1726, juntamente com o seu parente Miguel Antunes Maciel, de Sorocaba, quando chefiava uma expedição para MT, c. Itu, com Maria Vaz, irmã de Pedro Vaz Ratão, acima, com 3 filhos: ....., falecido sem geração, e ainda: (DB.225, PP.19 e SL.2.257).

     6 - 1. Manoel Antunes Lobo, f. 1746, Araritaguaba, c. 1737, Itu, com Maria de Almeida (2º marido), f. de José Diniz da Costa e Izabel de Barros Freire, s.ger. (SL.4.517).

     6 - 2. Apolônia Vaz, cc. Clemente Alves, com 2 filhos solteiros em Itu: Antonio e Clemente.

    5 - 3. Francisco Pedroso de Oliveira, c. Itu, 1724, com Maria Leme, f. de Simão Borges de Cerqueira e Izabel da Costa Tavares (provavelmente dos Raposos Tavares). (PP.19 e SL.3.549).

     5 - 4. João Antunes Lobo, não relacionado por Américo de Moura, c. 1717, Itu, com Josefa do Prado, irmã de Pedro Vaz Ratam, acima. (SL.2.257).

     5 - 5. Salvador de Oliveira Gago, não relacionado por Américo de Moura, que também pode ser sobrinho, cc. Izabel da Costa Sobrinha, pais de pelo menos: (FS, SL.1.17 e 8.108).

     6 - 1. Benta Correa de Oliveira (não relacionada por SL), c. 1732, NS da Ponte, Sorocaba, com José Rodrigues de Oliveira, f. de Francisco Rodrigues e Isabel Rodrigues. (FS).

     6 - 2. Merência Correa de Oliveira (não relacionada por SL), c. 1733, NS da Ponte, Sorocaba, com Francisco Rodrigues de Oliveira, f. de Francisco Rodrigues Moreira e Isabel Rodrigues de Oliveira. (FS).

     6 - 3. Lourença ou Florência de Oliveira, c. 1737, NS da Ponte, Sorocaba, com Antonio Pedroso de Barros, f. de Miguel de Barros Gil e Izabel Pedroso de Abreu, c.ger. em SL.1.17 (FS e SL, Introdução).

     6 - 4. Ângelo de Oliveira Gago (não relacionado por SL), c. 1738, NS da Ponte, Sorocaba, com Maria Domingues, f. de Domingos Rodrigues Machado e Maria Domingues, com pelo menos: (FS).

     7 - 1. Anna de Oliveira, c. 1769, NS da Ponte, Sorocaba, com Manoel Caetano da Rocha, f. de Francisco Pimenta das Neves e Catarina Nunes de Siqueira, com pelo menos: (FS).

     8 - 1. José Caetano da Rocha, n. Sorocaba, onde c. 1788, NS da Ponte, com Maria do Rosário, f. de Francisco de Quevedos e Josefa Pedrosa Leme.

     7 - 2. Maria Domingues, c. 1778, NS da Ponte, Sorocaba, com Jerônimo da Cunha Maciel (viúvo de Joanna da Silveira, f. de Pedro Gonçalves e Maria de Zuniga), f. de João da Cunha Maciel e Antonia Leme.

     6 - 5. Maria de Oliveira Maciel, c. 1747, NS da Ponte, Sorocaba, com Brás Domingues Vidigal Leme, f. Sorocaba, 1796, f. de Brás Domingues Vidigal e Joana Leme, c.ger. em Gonçalves Lopes. (SL.8.108).

     6 - 6. Thereza Maria de Jesus (ou Thereza Maria de Oliveira Correa), cc. José de Oliveira Falcão, moradores em Sorocaba, f. de Antonio de Oliveira Falcão e Izabel Ribeiro (ou de Francisco Rodrigues de Oliveira e Isabel Rodrigues de Oliveira), cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos 8 filhos: (FS e SL.6.471).

     7 - 1. Isabel da Costa Sobrinha, c. 1754, NS da Ponte, Sorocaba, com Francisco da Silva Leme, f. de Ambrósio da Silva e Maria Rodrigues. (FS).

     7 - 2. Rosa de Oliveira Falcão, c. 1755, NS da Ponte, Sorocaba, com João Correa Lima.

     7 - 3. Plácido de Oliveira, c. 1767, NS da Ponte, Sorocaba, com Gertrudes Maria de Jesus, f. de (...) e Ignacia Rosa, com pelo menos: (FS)

     8 - 1. José Pedro de Oliveira, n. Sorocaba, onde c. 1794, NS da Ponte, com Maria Domingues, n. da mesma cidade.

     8 - 2. João Batista de Oliveira, n. Sorocaba, c. 1806, NS dos Prazeres, Itapetininga, com Vicência Antunes de Camargo, n. São Paulo, f. de Francisco Antunes de Moraes e Maria Angélica de Camargo.

     8 - 3. Anna de Oliveira, b. 1795, NS da Ponte, Sorocaba.

     7 - 4. Anna de Oliveira, c. 1770, NS da Ponte, Sorocaba, com Manoel de Góes Siqueira, f. de André de Góes e Catarina Correa.

     7 - 5. Bernarda Maria de Jesus, c. 1771, NS da Ponte, Sorocaba, com Manuel de Moraes, f. de Salvador de Moraes e Anna Maria da Silva.

    7 - 6. Francisca Maria de Jesus Falcão, n. Sorocaba, onde c. 1774, NS da Ponte, com Salvador Domingues, n. da mesma cidade, f. de Salvador Domingues e Anna Leme, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (FS e SL.6.471).

     8 - 1. Anna Maria Domingues, n. Sorocaba, onde c. 1797, NS da Ponte, com Antonio Leal, f. de Manuel de Moraes e Joanna Leal, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Francisco Leal, b. 1799, NS da Ponte, Sorocaba.

     7 - 7. Andresa Maria de Oliveira Falcão, n. Sorocaba, onde c. 1775, NS da Ponte, com Manuel Paes da Silva, n. Santo Amaro, f. de João Paes da Silva e Escolástica de Toledo. com pelo menos: (FS).

     8 - 1. Maria Francisca da Silva, n. Sorocaba, onde c. 1792, NS da Ponte, com (...), n. Araritaguaba, f. de (...) e Isabel da Silva.

     7 - 8. Maria Pedroso de Oliveira (não relacionada por SL), n. Sorocaba, em cuja Martriz c. 1750, com Francisco Nunes de Siqueira, n. Jacarei, f. de Salvador Nunes de Siqueira e Tereza Dias (em Nunes Siqueiras). (Registro de casamento gentilmente enviado pelo genealogista Humberto Lopes, de São Paulo).
- Obs.: Se for o mesmo casal: "Maria de Oliveira, cc. Francisco Nunes", tiveram pelo menos: (FS).

     8 - 1. Josefa Nunes, n. Sorocaba, onde c. 1786, NS da Ponte, com Antonio Leme, n. da mesma cidade, f. de Antonio da Cunha e Rosa Maria, com pelo menos: Rita Leme, b. 1798, NS da Ponte, Sorocaba. (FS).

     6 - 7. Vitória de Oliveira (não relacionada por SL), c. 1ª vez, 1751, NS da Ponte, Sorocaba, com Salvador da Costa, f. de Ascenso Fernandes Preto e Maria da Costa e, 2ª, com João Cardoso, f. de Antonio Fernandes e Mariana Cardoso, com pelo menos deste: (FS).

     7 - 1. Helena de Oliveira, c. 1754, NS da Ponte, Sorocaba, com Luiz da Costa, f. de Manoel de Madureira e Rosa Bicuda.

     7 - 2. Salvador Correa de Oliveira, c. 1759, NS da Ponte, Sorocaba, com Maria de Moraes, f. de Salvador de Moraes e Anna Maria, np. de Francisco de Moraes e Luzia Monteiro, nm. de Manoel da Silva Ferreira e Maria Domingues, com pelo menos: (FS)

     8 - 1. Maria Luiza de França, n. Sorocaba, onde c. 1789, NS da Ponte, com Francisco de Moraes, n. da mesma cidade, f. de Francisco Leme de Campos e Isabel de Moraes.

     8 - 2. Salvador Correa de Moraes, n. Sorocaba, onde c. 1798, NS da Ponte, com Anna Maria de Godoy, n. da mesma cidade, f. de Lourenço Luiz de Ramos e Ignacia de Godoy, provavelmente pais de pelo menos: (FS).

     9 - 1. Joaquim de Moraes, b. 1804, NS da Conceição, Bragança Paulista, SP.

     4 - 3. Maria Antunes (hipótese), cc. seu primo, o Gov. Estêvão Ribeiro Baião Parente, Comandante do exército paulista que guerreou os índios na Bahía, cerca de 1672, f. de João Maciel Valente e Maria Ribeiro, com 2 filhos: (DB.288, PP.19 e SL.8.258).

     5 - 1. Maria Ribeiro Antunes, b. 1652, São Paulo, c. 1ª vez com Sebastião de Siqueira, f. com testamento em 1669, f. de Antonio de Siqueira e Maria Afonso, c.ger. em Dias Teveriçás e, 2ª, com João de Siqueira Caldeira, f. 1729, Nazaré, com 80 anos, f. de Antonio de Siqueira Caldeira e Ana de Góes, com 9 filhos em SL.7.509.

     5 - 2. Cap. João Amaro Maciel Parente, f. com testamento, Guarapiranga, MG, 1721, tutor do sobrinho, tomou parte na expedição comandada pelo pai, cerca de 1672. Por volta de 1703 foi para o Rio das Velhas, em MG, onde comerciava gado, que ia buscar nos Currais da Bahia e, já bastante rico, mudou-se para Guarapiranga (hoje Piranga, MG) onde, em 1709, derrotou os emboabas, auxiliado pelo paulista José Dias Leme. C. 1ª vez, São Paulo, com Ana Maria de Camargo, f. de Pedro da Rocha Pimentel e Leonor Domingues de Camargo (em Camargos) e, enviuvando, 2ª, MG, com Maria Furquim, irmã de Cláudio Furquim, fundador do arraial desse nome, s.ger. de ambas as esposas. (2.55, DB.289, SL.1.545, onde está truncado, e 8.259).

     3 - 2. Cap. Bartolomeu Antunes Lobo, n. por volta de 1582, Santos, SP, em 1625/6 foi Juiz em Angra dos Reis, onde obteve sesmaria, c. por volta de 1608, com Maria da Costa, n. por volta de 1592, já f. 1645, f. de Atanásio da Mota e Luísa Machado, np. do Cap. Vasco Pires da Mota e sm. Filipa Gomes da Costa, nm. de Simão Machado e sm. Maria da Costa (esta de Estevão da Costa e sm. Isabel Lopes de Souza), c.ger. na Revista da ASBRAP, nº 14, fls. 190. (AS.12.95, PP.19 e 122).

     3 - 3. Joana Lobo, n. por volta de 1584, Santos, c. por volta de 1600, com Alberto Sobrinho, c.ger. em Anes Sobrinhos.

     3 - 4. ....., cc. Antonio Ferreira, morador no Rio de Janeiro. (AS.14.190).

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Manoel Ferreira Lobo, que Américo de Moura não relaciona. 

                                                   Parágrafo 5º 

     2 - 5. Lucrécia de Oliveira Lobo, cc. Antonio Gonçalves, e foram para o RJ, pais de pelo menos: (PP.132 e SL.9.68).

     3 - 1. Salvador Gonçalves, n. por volta de 1591, c. Rio, 1621, com Estácia Ribeiro, n. por volta de 1601, f. de Amador Ribeiro e Estácia Antunes, pais de: (CR.2.304 e 3.120).

     4 - 1. João, b. Rio, 1624. 

                                                   Parágrafo 6º 

     2 - 6. Maria de Oliveira Lobo, n. por volta de 1570, c. 1ª vez, antes de 1600, com Manoel Rodrigues de Góes ou Belchior Rodrigues Góes (que depois cc. Isabel Fernandes, c.ger. em Dias Teveriçás), sertanista que esteve nas entradas de Belchior Carneiro e Lázaro da Costa, tendo f. 1615 no sertão do Rio Maranhão, na bandeira do Cap. André Fernandes, provavelmente f. de Gaspar Rodrigues de Góes (ou Antonio Rodrigues de Góes, ou ainda, Baltazar Rodrigues de Góes), que foi Escrivão de Sesmarias e Tabelião no RJ, e teve entre outros: (BG.60.1.16, PP.132, 166 e SL.9.68).

     3 - 1. Gaspar de Oliveira Sande, n. por volta de 1600, c. SP, 1643, com Maria Álvares Murzilho, n. por volta de 1610 (viúva de Sebastião Gonçalves), f. de João Murzilho, n. Portugal, e sm. Catarina Álvares (irmã do Cap. Simão Álvares Martins, juiz ordinário em São Paulo em 1627). (SG.197 e SL.1.7/8). 

                                                   Parágrafo 7º 

     2 - 7. Juliana Machado ou Juliana Ramalho (hipótese), moradora SP, 1638, cc. (seu parente?) Gregório Ferreira, f. por volta de 1638, na bandeira de Francisco Bueno ao sul do Brasil (em Dias Teveriçás), com: (DB.142 e SL.3.328).

     3 - 1. Juliana Ferreira. (AS.3.38, CP.207, DB.90, 163 e IG.138).

     3 - 2. Izabel Ferreira, cc. Luiz Dias (f. de Gonçalo Ribeiro e Catarina Dias, que foi cc. Maria Rodrigues?).

     3 - 3. João Luiz Ferreira, cc. Vitória Dias, pais de:

     4 - 1. Gaspar.

                                                   Parágrafo 8º 

     2 - 8. .... Ferreira Lobo (filho/a ou neto/a), n. por volta de 1580, cc. ..., com pelo menos: (AS.14.174).
- Obs.: Seria a mesma anterior?

     3 - 1. Joana Ferreira Lobo, n. por volta de 1615, moradora em São João de Cananéia, c. por volta de 1640, com o viúvo Sebastião Pereira de Abreu, n. Viana, c.ger. na Revista da ASBRAP, nº 14, fls. 197/8.

                                                    ENCAIXAR?

     7 -  . João Fernandes de Oliveira, cc. Ana Maria Paes, com pelo menos: Joaquim de Oliveira, b. 1795, NS da Penha, Araçariguama, SP.  (FS).

                                                         - o -

     10-  . Tomé Francisco de Oliveira Lobo, n. Campanha, fazendeiro em 1885, que deu nome a uma rua no Bairro Vila Nova, (em Lambari?), pai de: (Trisavô do genealogista Roberto Gonçalves Dutra, que gentilmente enviou esta genealogia).

     11- 1. Domingos Francisco Lobo, cc. Maria Messias Santos (ou Maria Messias das Dores), da família Santos, de Lambari, MG, pais de:

     12- 1. Ana de Oliveira Dutra (ou Ana de Oliveira Lobo), de Lambari, cc. Joaquim dos Reis Dutra, n. 1896, f. de Antonio Dutra de Macedo e Maria José de Oliveira (ou Maria José Dutra) , pais de:

     13- 1. Manoel Lobo Dutra.

                                                         - o -

      4 - 1. Maria Fernandes Pinto, cc. Vicente Pereira Dultra, provavelmente pais de:

     5 - 1. Diogo Fernandes Pinto (vide outro do mesmo nome acima) e Josepha de Moraes (em Antas Moraes), com pelo menos: (Pesquisa gentilmente enviada pelo genealogista, Sr. Jarbas Dutra Júnior, descendente dos mesmos, incluindo a geração do casal).

     6 - 1. Antonio Dutra de Moraes, cc. Thereza de Jesus, f. de Luiz Domingues de Anhaya e Páscoa da Ressurreição Pedroso, pais de:

     7 - 1. Francisco Dutra de Moraes, n. e b. 1768, Aiuruoca, cc. Antonia Maria do Rosário, b. 1774 (ou 76), e Santa Rita de Ibitipoca, MG, f. de Manoel da Silva de Amorim de Vasconcelos, n. 1740, São Miguel, Açores, f. 1788, Brasil, e Rita Maria do Rosário, f. 1750, Ibertioga, MG, np. de Ignacio da Silva e Maria Francisca, nm. de Domingos Alves Calheiros, n. 1720, Pitões das Junias, Vila Real, Portugal, f. 1788, Santa Rita de Ibitipoca, e Ignacia Maria do Rosário, n. 1730, Rio Acima, MG, f. 1788, Santa Rita de Ibitipoca, com pelo menos: (Informações repassadas pelo Sr. Jarbas Dutra Júnior, recebidas pelo empenho de Sandro Canesso de Antunes, Diego Moreira e Lucia Pilla, incluindo a geração do casal).

     8 - 1. Major (Sarg. Mor) Mariano Dutra de Moraes, n. 1795, Chapéu d'Uvas, Juiz de Fora, MG, f. 1852, Sarandira, Juiz de Fora, cc. Maria Antonia Claudiana Dias Tostes (depois, Maria Antonia Claudiana de Moraes), n. 1803, Bias Fortes, MG, f. 1888, Sarandira, f. do Cap. Antonio Dias Tostes, neto, n. 1775, Bias Fortes, f. 1850, Juiz de Fora, e Ana Maria do Sacramento, n. 1784, Santa Rita de Ibitipoca, f. 1834, Juiz de Fora, np. de Antonio Dias Tostes, filho, n. 1720, Pitões das Junias, Vila Real, Portugal, f. 1788, Santa Rita de Ibitipoca, com 9 filhos, entre os quais encontramos:

     9 - 1. Claudiano Dutra de Moraes, cc. Ana Cândida de Jesus.

     9 - 2. Umbelina Dutra de Moraes Guerra, cc. Domingos Gomes de Souza Guerra.

     9 - 3. Manoel Dutra de Moraes, n. e f. Sarandira, Juiz de Fora, MG, cc. Querubina Firminiana Tostes de Moraes (em solteira, Cherubina Firmiana Tostes), f. Juiz de Fora, com pelo menos:

    10- 1. Antenor Dutra de Moraes.

    10- 2. Dr. Senador Antero Dutra de Moraes, n. 1859, Sarandira, f. 1921, Pequeri, MG, c. 1ª vez, com sua prima, Felicidade Umbelina Dias Tostes e, 2ª, com Maria Francisca Tavares, com pelo menos:
- Obs.: Em 1909, ela pediu a tutela dos filhos Antero e Helio e, em 1920, ele pediu, e Mar de Espanha, a tutela de: Helio, Pedro e Maria de Lourdes.
                Da 1ª esposa 11 filhos, os que atingiram idade adulta foram: José Maria, Maria Luiza, Ambrosina, Antonio Carlos, Edmundo e Pedro.

                Da 2ª esposa, foram 4 filhos: Antero de Almeida Dutra, Pedro de Almeida Dutra, Maria de Lourdes Dutra, e ainda:

    11- 1. Helio de Almeida Dutra, cc. Julieta Macedo, com pelo menos:

    12- 1. Jarbas Dutra, cc. Auxiliadora Valéria Lima da Silva.

 

Nota nº 1: O Titulo "Oliveiras", em SL.8.483, engloba os "Oliveiras Gagos" e os "Oliveiras Leitões" de Taques, entretanto, conforme estudos de Américo de Moura, que os sobrenomes dos descendentes e as datas conhecidas parecem confirmar, haveriam incorreções nas primeiras gerações do Título, que, neste Título, devem ter sido conforme acima.

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,     Tiradentes,     Batch Numbers,      Bibliografia e códigos