GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos

 

                                                             Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

                                               OLIVEIRAS LEITÕES 

 

     - Manoel de Oliveira Gago, n. 1567, morador de Santos, que em 1583 era Ouvidor da Capitania e ainda vivia em 1633, f. de Manoel de Oliveira Gago, f. Santos, 1580, e Felipa da Mota, np. do Cap. Mor Governador de 1538 a 1542 e 1549 a 1553, Antonio de Oliveira (em Oliveiras Gagos), por Felipa da Mota, neto ou bisneto de Atanázio da Mota e Luzia Machado, cc. Genebra Leitão, f. de Diogo Rodrigues e Isabel Leitão de Vasconcelos, nm. de Gonçalo Vaz Leitão e Helena de Carvalhal, bm. de Vasco Martins Leitão e Beatriz de Souza, com  pelo menos: (DB.210, PP.129, SL.8.483 e VB.80).
- Obs.: Encontramos também Felipa da Mota, como filha de Atanázio da Mota e Luzia Machado, entretanto ainda não conseguimos confirmar esta informação.

                               Mariana Leitão de Vasconcelos ......... Cap. 1º

                               Domingos de Oliveira Leitão ............ Cap. 2º

                               Martinho de Oliveira Gago ou Leitão .. Cap. 3º

                               Diogo de Oliveira ........................... Cap. 4º

 

                                                    CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. Mariana Leitão de Vasconcelos, c. Santos, com Diogo Arias de Aguirre, n. Nova Espanha, que foi Cap. Mor da Capitania de São Vicente, de 1598 a 1600, f. de João Martins de Aguirre e Isabel de Araujo Barros, c.ger. em Aguirres. (DB.22, PP.129, SL.8.493 e 9.27). 

                                                    CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Domingos de Oliveira Leitão (também aparece como Domingos de Oliveira Leite), n. Santos, f. com testamento em SP, 1691, que também pode ter sido filho de outro com o seu mesmo nome (que então seria o Capítulo), cc. Ana da Cunha, f. de Manuel da Cunha, n. Ilha de São Miguel, Açores, Portugal, e Catarina Pinto, n. da mesma Ilha ou de Santos, np. de Salvador Teixeira da Cunha e Maria Mendes, pais de: (2.105, 3.265, 274, BGB.10.51, DB.209, MP, SL.8.521 e VB.79). 

                                                    Parágrafo 1º 

     2 - 1. Antonio de Oliveira Leitão, n. SP, Cel. das Ordenanças, foi sertanista que prestou grandes serviços no início da colonização de Minas Gerais, tendo, entretanto, matado a sua própria filha e ao genro que tentou ajudá-la, foi degolado em cadafalso alto na Bahia, em 1721, cc. Branca da Silva Alvarenga, f. do Alf. Francisco da Silva Colaço e Ana Ribeiro de Alvarenga, com  5 filhos, n. SP, vivos em 1721: (3.272, 274, DB.209, GS.234, SL.5.373 e 8.521).

     3 - 1. João de Oliveira e Vasconcelos, foi estudar gramática latina no seminário de Belém, na Bahia, residiu em Minas e depois de adulto foi para Coimbra, onde f. com testamento em 1734.

     3 - 2. Apolinário de Oliveira Leitão (f. 1763?), c. 1726, Parnaíba, com Ângela ou Agostinha de Sá e Arruda, n. Itu, f. 1763, f. de José de Arruda e Maria de Araujo (em Arrudas Botelhos), cuja ger. SL omite, foram para Cuiabá e podem ter sido os pais de, pelo menos: (3.274, SL.4.71 e 8.522).

     4 - 1. Izabel de Arruda, n. Itu, cc. o Cap. Martinho de Oliveira Gago, n. NS. da Penha, SP, morador Cuiabá, f. de Antonio de Oliveira Gago e Ana da Cunha, c.ger. adiante.

     3 - 3. Simão de Oliveira Leitão (ou Simeão de Oliveira Leitão), um dos melhores cavaleiros do seu tempo, mudou-se para Cuiabá, onde cc. Maria Bicudo, n. Itu, f. de Francisco Bicudo Chassim e Ângela de Siqueira (em Chassins). (3.274, SL.6.230 e 8.522).

     3 - 4. Margarida de Oliveira, f. 1782, SP, com 93 anos, c. 1ª vez, em vida dos seus pais, com o Alf. Antonio Alves Rosa, f. 1722, 2ª, com Bernardino Antunes, f. Cuiabá e, 3ª, 1754, SP, com mais de 50 anos, com José dos Santos Rosa, n. Portugal, f. de Manoel da Silva e Rosa dos Santos, e teve do 1º marido 2 filhas: (SL.8.523).

     4 - 1. Isabel da Rosa, cc. Antonio Lopes Tomás.

     4 - 2. Maria de Oliveira Rosa, f. 1749, 2ª mulher de José de Figueiró da Silva (ou João de Figueiró da Silva), f. 1756 ou 1763, f. de João de Figueiró e Maria Ribeiro Furtado (em Furtados), com  3 filhos: Luiz de Figueiró, e ainda: (3.274, SL.7.72 e 8.458).

     5 - 1. José. Talvez o mesmo José de Oliveira Leitão, cc. Maria da Ajuda, com pelo menos: (SL.8.288).

    6 - 1. José de Oliveira Leitão, c. 1774, Jacareí, com Rosa Maria Gonçalves, f. do Cap. Antonio Gonçalves Agostim e Inácia de Oliveira Preto (em Machados Castanhos).

     5 - 2. Justa Maria de Oliveira, c. 1769, São Paulo, com José da Mota Ramos, f. de Francisco Pires, de Portugal, e Ana de Matos, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Ignacia da Motta Ramos, b. 1782, NS da Assunção, Centro, SP, Margarida Ramos, b. 1788, NS da Penha, Araçariguama, SP, e ainda: (FS e SL).

     6 - 1. Francisco da Motta Ramos, b. 1784, NS da Assunção, Centro, São Paulo, cc. Thereza Maria de Camargo, f. de Anastácio Pereira de Camargo e Maria Gertrudes Peregrina (em Botafogos), com pelo menos 6 filhos: Mecias Ramos, b. 1820, Joaquim Ramos, b. 1828, João Ramos, b. 1833 (a mãe deste constou como Theodora Maria de Jesus, o que pareceu engano), Rufina Ramos, b. 1835, Anna Ramos, b. 1837, todos em NS da Penha, Araçariguama, SP, e ainda: (FS).

     7 - 1. José Ramos, b. 1830, NS da Penha, Araçariguama, SP, talvez o mesmo José da Mota Ramos, cc. Anna Maria Gertrudes, com pelo menos: Antonio da Mota Ramos, b. 1871, NS da Penha, Itapira, SP. (FS).

     6 - 2. Joaquim da Mota Ramos (hipótese), cc. Isabel Maria de Jesus, com pelo menos: (FS).

     7 - 1. José da Mota Ramos, c. 1858, São Bento, Araraquara, com Florisbela Maria da Conceição, n. São João do Capivari, f. de Manoel de Siqueira Martins e Bárbara Maria do Rosário (em Dias da Silva), com pelo menos: Augusta da Mota Ramos, b. 1860, Francisco da Mota Ramos, b. 1861, Gertrudes da Mota Ramos, b. 1869, Luiza da Mota Ramos, b. 1872, João da Mota Ramos, b. 1873, Olália da Mota Ramos, b. 1875, Olaia da Mota Ramos, b. 1876, Cherubina da Motta Ramos, b. 1879,  todos em São Bento, Araraquara, Joaquim Ramos, b. 1878, Sebastiana Ramos, b. 1880, ambos em NS do Carmo, Jaboticabal, SP. (FS).

     7 - 2. Mariano da Motta Ramos (hipótese), cc. Maria Eleutéria do Carmo da Anunciação (também Maria Eleutéria da Conceição), com pelo menos: Joaquim da Motta Ramos, b. 1858, Antonio da Motta Ramos, b. 1860, Henrique da Motta Ramos, b. 1865, Bento da Motta Ramos (este nm. de "Lobo"), n. e b. 1874, Rita da Motta Ramos, n. e b. 1882, todos em São Bento, Araraquara, e ainda: (FS).

     8 - 1. Paulino da Motta Ramos, b. 1862, São Bento, Araraquara, c. 1880, São Carlos Borromeu, São Carlos, SP, com Maria Cândida de Oliveira, f. de Francisco José de Freitas e Cândida Maria de Oliveira. (FS).
- Obs: No casamento a mãe dele constou como Maria Loba Soares.

    8 - 2. Vergília Maria de Jesus (no batismo, Virgilina da Motta Ramos), b. 1872, São Bento, Araraquara, onde c. 1888, com Mamedes Ferreira de Souza, f. de Manoel Ferreira de Souza e Severina Maria da Luz. (FS).

    8 - 3. Gertrudes Maria de Jesus (no batismo, Gertrudes da Motta Ramos), b. 1877, São Bento, Araraquara, onde c. 1893, com Domingos Martins, f. de Jesuíno Floriano e Maria Gertrudes. (FS)

     7 - 3. Venâncio da Motta Ramos (hipótese), cc. Anna Antonia de Toledo Ferraz, com pelo menos: José da Motta Ramos, b. 1865, Maria da Motta Ramos, b. 1867, ambos em São Bento, Araraquara. Foi, provavelmente, o do mesmo nome, cc. Felisbina Bueno de Toledo, com pelo menos: José da Motta Ramos, b. 1874, Júlio da Motta Ramos, b. 1876, ambos em São Bento, Araraquara, Bernardina da Motta Ramos, b. 1896, Divino Espírito Santo, Itápolis, SP. (FS).

     3 - 5. Timótea de Oliveira, f. SP, cc. José Pinto Guedes, f. de Francisco Pinto Guedes Alcoforado, e sua 3ª mulher Mariana de Camargo, c.ger. em Pintos Guedes. (3.275 e SL.8.523). 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Genebra Leitão de Oliveira Vasconcelos, f. 1691, Mogi das Cruzes, 1ª mulher de Agostinho Machado Fagundes, f. 1718, f. de João Machado Fagundes e Maria de Cárdenas ou de Souza Preto, constituem todo o Título Machados Fagundes. (AS.2.158, BGB.10.51, DB.274, GS.234 e SL.8.523). 

                                                   Parágrafo 3º 

     2 - 3. Maria de Oliveira, n. São Paulo, cc. Antonio Pedroso Leite, f. com testamento, 1719, MG, f. de João Leite e Antonia Gonçalves (em Moreiras), com 5 filhos: (2.9, GS.234, SL.3.138 e 8.535).

     3 - 1. Antonio Pedroso de Oliveira Leite e Lemos (ou também Antonio Pedroso de Oliveira Leitão), cc. Maria Paes Domingues (ou Maria Paes de Almeida Cavalheiro), f. de Manoel Fernandes Cavalheiro, n. SP, morador no sítio de Tietê, f. com testamento em 1699, e Maria Paes Garcia (em Canhamares), com 9 filhos, naturais de São Paulo: (Com colaboração da Sra. Maria Godoy de Azevedo de Castro Faria, que pesquisou no site Family Search).

     4 - 1. João Leite de Oliveira, morador nas minas de Goiás, c. 1739, SP, com Escolástica Bueno, f. do MC. Antonio de Camargo Ortiz e Albuquerque e Mariana Bueno. (2.9, SL.1.291 e 551).

     4 - 2. Manoel Cavalheiro Leite, f. 1781, São Paulo, foi Juiz Ordinário, em 1765, e Cap. de Infantaria da Ordenança do Bairro do Tietê, c. 1742, São Paulo, com Mecia da Cunha (ou Messia da Cunha, Maria da Cunha,  ou ainda, Mecia da Silva Ortiz), f. do Cap. Estêvão da Cunha Abreu e Maria Cardoso (em Cunhas Abreus), com 10 filhos em SL.3.138, onde observamos: (2.9, 104, FS e SL.6.246).

     5 - 1. Escolástica ... Leite (não relacionada por SL), b. 1743, NS da Assunção, Centro, SP. (FS).
- Obs.: Os pais desta constaram como: Manoel ... Leyte e Melia da Silva.

     5 - 2. Ten. Cel. Jerônimo Cavalheiro Leite, c. 1789, São Paulo, com Rosa Maria Franco de Moraes, f. de Francisco Bueno de Moraes e Mecia Franco (em Camargos), com pelo menos: Rosa Cavalheiro Leite, b. 1793, Anna Leite, b. 1795, Francisco Leite, b. 1798, Maria Leite, b. 1799, todos na Igreja de NS da Assunção, Centro, São Paulo, Joaquina Leite, b. 1804, José Leite, b. 1806, ambos na Igreja de NS do Ó, São Paulo, e ainda: (FS e SL.3.138).

     6 - 1. João Glória Cavalheiro (único relacionado por SL), b. 1802, NS do Ó, São Paulo, c. 1834, São Carlos, com Gertrudes Maria, viúva de José Leme. (FS e SL.3.138).

     5 - 3. João José Cavalheiro, c. 1779, São Paulo, com Francisca Ribeiro Bueno, f. de José Cesar Moreira e Anna Ribeiro Bueno ou Ana Bueno Ribeiro (em Gonçalves Lopes). (SL.3.139).

     5 - 4. Francisco Xavier Cavalheiro Leite (a mãe constou como Micia da Sylva ...), b. 1745, NS da Assunção, Centro, SP, cc. Maria Francisca da Silva, f. de portugueses, c.ger. em Taubaté. (FS e SL.3.139).

     5 - 5. Licenciado Joaquim de Oliveira Leite (a mãe constou como Maria da Silva Ortiz), f. 1826, São Carlos, c. 1792, NS da Conceição, Campinas, SP, com Maria Joaquina de Godoy (ou Maria Joaquina da Silva), f. de Gaspar de Godoy Castanho e Maria da Silva (em Almeidas Neves), com 10 filhos em SL.3.139, onde observamos: Joaquina de Oliveira Leite (não relacionada por SL), b. 1797, Anna Maria de Oliveira Leite, b. 1809, Faustina de Oliveira Leite, b. 1818, todas em NS da Conceição, Campinas, SP, outra Maria, e ainda: (FS).

     6 - 1. Maria Custódia de Oliveira Leite, b. 1795, NS da Conceição, Campinas, c. 1811, com José de Toledo Piza, n. Itu, f. de Francisco Pacheco de Toledo e Escholástica Maria da Silva. (FS e SL.3.139).

     6 - 2. Maria de Oliveira Leite, n. e b. 1800, NS da Conceição, Campinas, cc. Manoel Rodrigues de Godoy, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Manoel de Godoy, b. 1832, na mesma igreja. (FS e SL.3.139).

     6 - 3. Joaquim Xavier Leite (no batismo, Joaquim de Oliveira Leite), b. 1803, NS da Conceição, Campinas. (FS e SL.3.139).

     6 - 4. Manoel Cavalheiro Leite (no batismo, Manuel de Oliveira Leite), b. 1807, NS da Conceição, Campinas, c. 1826, São Carlos, com sua parenta, Luiza Clara Cavalheiro, f. do Cap. Alexandre Cavalheiro e Silva e Anna Barbosa, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Anna Cavalheiro Leite, b. 1827, Cândido Cavalheiro Leite, b. 1828, Maria Leite, b. 1830, Mâncio Leite, b. 1833, Antonio Leite, b. 1834, Theolinda Leite, b. 1836, todos em NS da Conceição, Campinas. (FS e SL.3.139).

     6 - 5. Francisca Xavier Leite (no batismo, Francisca de Oliveira Leite), b. 1814, NS da Conceição, Campinas. (FS e SL.3.139).

     6 - 6. José Xavier de Godoy (no batismo, José de Oliveira Leite), b. 1816, NS da Conceição, Campinas, "tinha 10 anos em 1826". (FS).

     6 - 7. Maria Ângela de Oliveira Leite, b. 1821, NS da Conceição, Campinas, "tinha 25 anos em 1826, solteira". (FS e SL.3.139).

     5 - 6. Anna Florinda da Silva (a mãe constou como Mecia da Silva Ortiz de Albuquerque), cc. o Cap. José da Silva Monteiro, f. de José da Silva Rego (ou Salvador da Silva Rego) e Catharina Pedroso, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (FS e SL.3.140).

     6 - 1. Jerônimo da Silva Monteiro, b. 1873, Bom Jesus, Triunfo, RS. (FS).

     6 - 2. João Evangelista Cabral, n. Viana, c. 1795, NS da Conceição, Campinas, com Antonia Barbosa de Souza, com pelo menos: Ignacio Cabral, b. 1796, Luiz Cabral, b. 1809, João Cabral, b. 1811, Joaquim Cabral, b. 1815, Firmino Cabral, b. 1820, Antonio Cabral, b. 1823, todos em NS da Conceição, Campinas, SP. (FS).

     6 - 3. .... Xavier Leite, n. RJ, c. 1795, NS da Conceição, Campinas, com Apolônia Maria Cardozo.

     6 - 4. Manoel Cavalheiro Leite Neto, cc. Engrácia Maria Ilha, f. de Joaquim Francisco Ilha, b. 1769, Viamão, RS, e Eusébia Maria da Assunção Fernandes, f. 1821, Pelotas, RS, com pelo menos: Ana, b. 1818, Pelotas. (FS e informação gentilmente enviada pela Sra. Maria Godoy de Azevedo de Castro Faria).
- Obs.: Não é o filho de Miguel Pedroso Leite e Inocência Maria Pereira Pinto, adiante, como também aparece.

     5 - 7. Manoel Cavalheiro Leite, c. 1780, São Paulo, com Florência Antonia de Sam... Pedro, f. de Antonio da Costa Rodrigues, já f. 1780, e Josepha Pires, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Gertrudes Cavalheiro Leite, b. 1782, NS da Assunção, Centro, SP. (FS e SL.3.140).

     4 - 3. Sarg. Mor Miguel Pedroso Leite, n. 1726, São Paulo, f. 1811, Porto Alegre, em 1759 saiu como Capitão de Infantaria da recruta dos 200 soldados paulistas e em 1774 foi um dos mais importantes combatentes na Colônia do Sacramento, RS, c. 1763, Rio Pardo, com Inocência Maria Pereira Pinto, b. 1750, Rio Grande, RS, f. 1804, Rio Pardo, com 85 anos, f. do Cel. Francisco Barreto Pereira Pinto, n. Feira, Porto (fundador de Rio Pardo, RS), e Francisca Veloso de Fontoura, n. por volta de  1729, Ouro Preto (ou Congonhas do Campo, Sabará), MG, np. de Manoel dos Santos Barreto e Madalena Maria Pereira Pinto, nm. de João Carneiro da Fontoura, n. Chaves, e Isabel da Silva, de Torres Novas, com 14 filhos: (2.9, AS.6.88, FS, NobRS.61, 95, OC.170 e SL.3.140 e Genealogia Riograndense, de João Pinto da Fonseca Guimarães e Jorge Godofredo Felizardo, fls. 30).
- Obs. A data de nascimento de Miguel Pedroso Leite, não constante dos autores, foi gentilmente enviada pela Sra. Maria Godoy de Azevedo de Castro Faria, que pesquisou no site Family Search.

     5 - 1. Francisco de Paula Barreto Pereira Pinto, b. 1764, Triunfo, RS.

     5 - 2. Miguel Cavalheiro Leitão (Miguel Pedroso Barreto, ou ainda, Miguel Pinto Carneiro da Fontoura), b. 1767, Triunfo, RS, cc. Francisca da Conceição Pereira Leite (ou Francisca Pereira da Conceição), b. Resende, RJ, f. de João Leite da Silva e Ana Pereira de Mello, com pelo menos: (FS).

      6 - 1. Antonio Pereira Barreto Pedroso, n. 1799, Pouso Alto, MG, f. por volta de 1882, Vassouras, "MG". (FS).

      6 - 2. Cel. Fabiano Pereira Barreto, n. e b. 1801, Resende, RJ, onde foi Chefe Político do Partido Conservador, c. 1823, na mesma cidade, com Francisca de Salles Pereira Barreto, n. São Simão, SP, com pelo menos 3 filhos: José Pereira Barreto, e ainda: (FS e complementação gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Gustavo Moreira).

     7 - 1. Dr. Luiz Pereira Barreto, n. Resende, "distinto e conhecido Médico em São Paulo", cc. Carolina Peixoto Barreto, f. de José da Silveira Peixoto, n. Portugal, e Ana Leopoldina Peixoto (em Munhós), com 4 filhos em SL.3.224, entre os quais: (FS).

     8 - 1. Clotilde Barreto Cardoso de Mello, cc. o Dr. em Direito, Jesuíno Ubaldo Cardoso de Mello, n. 1865, f. de José Joaquim Cardoso de Mello, n. 1834, Areias, SP, f. 1890, São Paulo, SP, e Emiliana Gomes Cardoso, c.ger. em SL.2.300. (FS e SL.3.224).

     7 - 2. Dr. Rodrigo Pereira Barreto, cc. Amélia Peixoto Barreto (ou Amélia Brasília Barreto), f. de José da Silveira Peixoto e Ana Leopoldina Peixoto (em Munhós), cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (FS e SL.3.224).
- Obs.: O mesmo ou outro do mesmo nome, cc. "Leopoldina de Adelina Leite", com pelo menos: Hortência Barreto, n. 1896, b. 1897, NS da Penha, São Paulo, SP. (FS).

     8 - 1. Fábio Pereira Barreto, n. 1873, c. 1896, NS da Assunção, Centro, São Paulo, com Floripes de Araujo Lopes, n. 1877, f. de João Baptista de Araujo Lopes e Maria de Araujo Lopes. (FS).

     7 - 3.  Cândido Pereira Barreto, talvez o do mesmo nome cc. Virgínia de S. Barreto, com pelo menos: Clarisse Barreto, n. e b. 1888, NS do Carmo, Jaboticabal, SP. (FS).

     5 - 3. Antonio Pinto Carneiro da Fontoura (cujo casamento SL não descobriu), b. 1768, Triunfo, RS, cc. Ana Josefa de Macedo e Sampaio, com pelo menos: (Genealogia Riograndense).

     6 - 1. Propícia Francisca Carneiro da Fontoura Barreto, n. Santa Cruz, Rio, f. 1870, Itaguaí, RJ, cc. Francisco José Cardozo, f. do Brigadeiro Manoel José Cardozo e Maria Francisca de Portugal e Castro, np. de Cel. Manoel José Cardozo, senhor do morgado Macoria, e Ana Monteiro de Barros, nm. de Cristiano Portugal de Castro e Francisca de Assis Piluja Botelho, com 9 filhos: João José Cardoso, Luiz José Cardoso, cujas descendências se ignora, e ainda:
- Obs.: Tetravós do Dr. Gustavo Alves Cardoso Moreira, que enviou os nomes de 5 filhos que não constaram da Genealogia Riograndense, e a geração abaixo, também constante em sua dissertação ao Curso de Pós-Graduação em História, da Universidade Federal Fluminense, on-line, o qual adverte também que o morgado acima seria de Vacaria, e não Macoria, e que os avós maternos são, segundo outros autores, como Smith de Vasconcellos, cuja cópia nos enviou, Cristóvão de Portugal e Castro e Francisca de Assis da Nóbrega Botelho).

    7 - 1. General Francisco José Cardoso Júnior, c. 1ª vez, com Luísa Teodora da Silva Torres e Alvim (em solteira, Luísa Theodora de Paula e Silva, aparentada dos Andrada e Silva, foi casada, em primeiras núpcias, com Francisco Cordeiro da Silva Torres e Alvim, filho do Visconde de Jerumirim, de igual nome) e, 2ª, com Matilde Cristóvão, com os seguintes filhos:
- Obs.: A informação sobre o 1º matrimônio da Sra. Luísa Theodora, foi gentilmente enviada pelo descendente do mesmo, o Reverendo Padre João Batista A. Prado Ferraz Costa).
                 Da 1ª esposa: Francisca Cardoso, n. 1857, e ainda:

     8 - 1. Propícia Francisca Cardoso, n. 1854, cc. seu primo, Felippe Basílio Cardoso Pires, n. 1848, f. 1898, f. de João Basílio Teixeira Pires e Maria Francisca Cardoso, adiante.

                 Da 2ª esposa: Francisco, Renato, Argentina, Hilda, e ainda:

     8 - 2. João Cristóvão Cardoso, cc. Nylcea Mattoso Silva, com: Máximo Francisco, Matilde Julita, João Cristóvão, Luiz Felipe,

                 Filhos Naturais:

                 De Praxedes Cristina de Freitas: Delminda Cândida Cardoso, falecida solteira, sem geração, e ainda:

    8 - 3. Dalva Cardoso, cc. Paulo Fernandes Moreira, com: Antonio Fernandes Moreira, n. 1908, f. 1909, Helena Fernandes Moreira, n. 1916, f. 1918, e Maria Coeli Fernandes Moreira, f. 1927, aos 11 meses, e ainda:

     9 - 1. Francisco Fernandes Moreira, n. 1905, f. 1963, cc. Lucina Geravins, com:

     10- 1. Dalva Anna Fernandes Moreira, cc. Wanderley Grutes da Silva, n. 1931, f. 2008, s.ger.

     10- 2. Paulo Jorge Fernandes Moreira, cc. Sheyla Maria da Silva, com: Paulo Ricardo, Ana Lúcia e Ana Cristina.

     10- 3. César Fernandes Moreira, cc. Celina, com Marcia Regina.

     10- 4. Newton Fernandes Moreira, cc. Ilse Götzl, com: Therezinha e Newton.

     10- 5. Mauro Fernandes Moreira, cc. Maria Cecília Mendonça, com: Márcio, Cesar, Lucia e Vinicius.

     10- 6. Roberto Fernandes Moreira, cc. Leny da Silva, com: Roberto e Claudia.

     10- 7. Aírton Fernandes Moreira, cc. Iara de Moraes Pinto, com: Denise, Eliane e Elizabeth.

     10- 8. Francisco José Fernandes Moreira, cc. Mara Cristina da Silva, c.ger.

     9 - 2. Estevão Fernandes Moreira, n. 1906, f. 1977, cc. Alda de Araujo, com:

     10- 1. Paulo Fernandes Moreira, cc. Gloria da Cunha Pegado, com: Paulo Estevão.

     10- 2. Sylvio Fernandes Moreira, cc. Zelia Maria Pereira Jorge, com: Sylvia e e Sylvio.

     9 - 3. Cezar Fernandes Moreira, n. 1910, f. 1991, cc. Olympia Firmino Pinto, s.ger.

     9 - 4. Dalva Fernandes Moreira, n. 1912, f. 1981. cc. João Alves Corrêa Nunes, com:

     10- 1. Estela Maria Corrêa Nunes, cc. Fabiano de Carvalho Oliveira, com: Ricardo e Rogério.

     9 - 5. Emmanuel Cardoso Moreira, n. 1914, f. 2005, cc. Ermelinda Ferreira, com:

     10- 1. Waldyr Cardoso Moreira, cc. Nancy Alves Netto, com: Gustavo, Glauco, Guilherme e Bruna.

     10- 2. Sílvia Helena Cardoso Moreira, cc. Théo da Costa Rangel, com: Erika, Théo e Simone.

     9 - 6. Sebastião Wilson Fernandes Moreira, n. 1918, f. 1976, cc. Lígia Lacerda Jacintho, com: Eduardo Jacintho Fernandes Moreira e Paula Jacintho Fernandes Moreira.

     9 - 7. Moacyr Fernandes Moreira, n. 1921, f. 1992, cc. Irene Alves, com: Palmira Alves Fernandes Moreira (com Igor), e ainda:

     10- 1. Roberto Alves Fernandes Moreira, cc. Maria do Socorro Vidal, com: Roberta, João e Pedro.

     10- 2. Luiz Alves Fernandes Moreira, c. 1ª vez, com Maria Aparecida Cabral, com: Cristiane e Luciane e, 2ª, com Kátia Valéria Ponce Ribeiro, com: Dayanne, Roberto e Alexandre.

     9 - 8. João Baptista Fernandes Moreira, n. 1923, f. 2001, cc. Ada Padovani, com:

     10- 1. Vera Lúcia Fernandes Moreira, cc. Arnaldo Grandmasson Ferreira Chaves, com: João Marcelo.

     8 - 4. Américo José Cardoso, cc. Alice de Andrade Pinto do Rego Monteiro, sem geração do casamento, mas teve de Ernestina Bastos: Renato e Maria Salomé.

                 De Honorata da Conceição Menezes: Alina.

    7 - 2. Manoel José Cardoso, c. 1ª vez, com Francisca Mariana dos Santos e, 2ª, com Maria Delfina da Cunha, f. de Propícia Eugênia Cardoso, com pelo menos, da 1ª esposa: Francisco José dos Santos Cardoso, e da 2ª esposa:

     8 - 1. Propícia Eugênia Cardoso, cc. Carlos Augusto do Nascimento Silva, com: Julieta, Raul, Judith, Jorge, Maurício e Otávio.

     7 - 3. Cândido José Cardoso, cc. Maria Madalena de Paula e Silva, com pelo menos: Francisco Cândido Cardoso.

     7 - 4. José Francisco Cardoso, cc. Clara Cândida de Figueiredo, com:

     8 - 1. José de Figueiredo Cardoso, cc. Maria Amélia de Moraes, com: José, Ernani, Jaime, Nelson, Doloriza, Floriano e Manoel.

     7 - 5. Felipe José Cardoso, cc. Carolina Francisca de Figueiredo, com: Francisco, e ainda:

     8 - 1. Elvira de Figueiredo Cardoso, cc. Artur José da Silva Santiago, ignora-se sobre a geração.

     8 - 2. Olívia de Figueiredo Cardoso, cc. Aníbal José da Silva Santiago, ignora-se sobre a geração.

     7 - 6. Maria Francisca Cardoso, cc. João Basílio Teixeira Pires, com pelo menos: Cândido, e ainda:

     8 - 1. Felippe Basílio Cardoso Pires, n. 1848, f. 1898, cc. sua prima, Propícia Francisca Cardoso, n. 1854, f. de Francisco José Cardoso Júnior e Luísa Teodora da Silva Torres e Alvim, acima.

     7 - 7. Cândida Amélia Cardoso, cc. Simeão Estelita de Paula e Silva, com: Elisa, Francisco, João, Oscar, Manoel José Maria, todos falecidos na infância.

     5 - 4. Cap. Manoel Cavalheiro Leite (ou Manoel Cavalheiro Leitão), b. 1770, Bom Jesus, Triunfo, RS, fazendeiro, cujo casamento SL omite, era escrivão em 1804, c. 1796, na Matriz de NS das Lages, SC, com Mathildes do Amaral Gurgel Fontoura, b. 1782, nessa cidade, f. com testamento em 1851/2, f. de José do Amaral Gurgel, este irmão de Bento do Amaral Gurgel Anes, do 5-6, adiante, e Maria do Nascimento (em Portes de El-Rei), com pelo menos: (AS.6.55, 88, Genealogia Riograndense, Genealogia Tropeira, OC.171 e a geração gentilmente enviada pela Sra. Maria Godoy de Azevedo de Castro Faria, descendente do casal, que pesquisou também: Genealogia Tropeira, Walter Dachs, que residiu por alguns anos em Lages, escreveu uma coletânea de artigos para o Jornal "Guia Serrano", de 1960 até 64, com base em dados coletados na Genealogia Paulistana, de Silva Leme, no Censo das Ordenanças da Vila de Lages, recenseamento do período de 1777 até 1794, nos registros da Paróquia de Nossa Senhora dos Prazeres, de 1767 até 1818, e in Genealogia da Família Arruda).

      6 - 1. Inácio, b. 17.., Lages, SC, tinha 6 anos em 1804, f. "1892?", Castro, PR.

     6 - 2. Inocência Maria Cavalheiro do Amaral, b. 1799, Lages, tinha 5 anos em 1804, declarante no inventário da mãe, c. 1817, na mesma cidade, com (...), f. de Luciano Carneiro Lobo e Maria Francisca de Sá (talvez seja a mesma que c. Sorocaba, com Luciano Gonçalves Pacheco, de Mariana, MG).

     6 - 3. José, tinha 5 anos em 1804.

     6 - 4. Antonio Cavalheiro do Amaral, b. 1801, "tinha 2 anos em 1804", era solteiro em 1851, cc. (...), f. 1815, f. de Antonio da Rosa Madruga e Alexandrina dos Prazeres e Córdova.

     6 - 5. Genoveva do Amaral Cavalheiro, b. 1803, Lages, cc. seu primo, Manoel Caetano do Amaral, f. de José de Souza e Inácia Maria do Amaral.

     6 - 6. Manuel Cavalheiro Leitão Filho, b. 180., Lages, onde fci. 1860, com testamento no Museu do Judiciário em Florianópolis, viveu maritalmente com Mariana Cândida de Almeida, com Maria Rosa Fernandes, e ainda, com (...). (AS.6.56 e Genealogia Riograndense).
                 De Mariana Cândida de Almeida, teve pelo menos 8 filhos (batizados entre 1829 e 1845):

     7 - 1. Joaquim Cavalheiro do Amaral, b. 1829, f. 1887, teve como companheira, Carolina Pereira, com:

     8 - 1. Maria das Dores Cavalheiro do Amaral, cc. Luiz Plínio Colin.

     8 - 2. Maria Tulutina Cavalheiro do Amaral, cc. Raphael Ribeiro.

     8 - 3. Andrelina Cavalheiro do Amaral, cc. Fortunato Borges Pereira, com: Maria, 11 anos, Carolina, 09, Joaquim, 08, e Roza, 07.

     7 - 2. João Cavalheiro do Amaral, b. 1831, Lages, f. 1914, cc. Bertulina Rosa Fernandes, f. de Maria Rosa, com pelo menos 4 filhos:

     8 - 1. Laurindo Cavalheiro do Amaral, cc. Virgilina Henrique de Oliveira.

     8 - 2. José Cavalheiro do Amaral, cc. Anna Feliciana da Silva Ribeiro.

    8 - 3. Maria Cavalheiro do Amaral, cc, seu tio paterno, Antônio Cavalheiro do Amaral Tota, adiante, n. 1842, f. 1921, com 10 filhos, que não descobrimos.

     8 - 4. Anna Cavalheiro do Amaral Godoys, n. 1854, teve morte violenta e de causa ignorada em 1921, em domicílio, no Quarteirão do Morro Agudo, Vila de São Joaquim, cc. Joaquim Antônio de Godoy, n. 1853, n. e b. NS dos Prazeres, Lages, f. de Tristão Augusto de Godoy e Bertolina Rodrigues de Jesus (ou Bertolina de Andrade), nm. de Floriano Rodrigues (este f. de Antônio Rodrigues de Andrade e Victoriana Maria de Jesus) e Guiomar Valgos Galvão de Siqueira (esta filha de filho de Félix José de Siqueira, n. Curitiba, e Izabel Maria Dias). Pais de 10 filhos:
- Obs.: Tristão Augusto de Godoy tinha 21 anos no seu casamento, em 1849, e Bertolina era menor de idade. (Certidão de casamento, do Bispado de Lages, Livro 05, fls. 45v.)

     9 - 1. Celima Antonia de Godoy (depois Celima Godoy Martins), n. 1878, f. 1910, cc. Antônio Silveira Martins, com 5 filhos: Júlia, Bilbraz, Constância, Izabel e José. (Com gentil colaboração da genealogista Tânia Arruda Kotchergenko, de Santa Catarina).

     9 - 2. Maria Antonia de Godoy (depois Maria de Godoy de Azevedo), n. 1879, tinha 42 anos em 1921, cc. Geraldo Caetano de Azevedo, f. de João Caetano de Azevedo e Maria Cândida da Conceição, c.ger. (Avós maternos da Sra. Maria Godoy de Azevedo de Castro Faria).

     9 - 3. Joana Antonia de Godoy (depois Joanna Godoy Rodrigues), n. 1880, f. 1956, cc. Manoel Rodrigues Pereira Neto, c.ger.

     9 - 4. Izabel Antonia de Godoy (depois Izabel Godoy de Mattos), n. 1881, tinha 40 anos em 1921, cc. Genovêncio da Silva Mattos, c.ger.

     9 - 5. Hygina Antonia de Godoy (depois Hygina Godoy de Oliveira), n. 1883, tinha 38 em 1921, cc. o seu primo, Fortunato Henrique de Oliveira, f. de Marcílio Henrique de Oliveira e Theodora de Godoy (que era irmã do pai de Hygina Joaquim Antonio de Godoy), c.ger.

     9 - 6. Ignacia Antonia de Godoy, n. 1884, tinha 37 anos em 1921, c. já em idade avançada (após a morte do pai), com  .... Fogaça.

     9 - 7. Acylino Antonio de Godoy, n. 1886, que em 1921 declarou o óbito da mãe, cc. Maria Aldina da Silva, c.ger.

     9 - 8. Júlia Antonia de Godoy (depois Júlia de Godoy Souza), n. 1892, tinha 29 anos em 1921, cc. João Trindade Vieira de Souza, c.ger.

     9 - 9. Antonio de Godoy Sobrinho, n. 1888, f. 1975, cc. Maria das Neves Pereira da Silva, f. de Agostinho José Pereira da Silva (ou Augusto Pereira e Silva) e Carlota Ribeiro de Souza ou Carlota Ribeiro Batista (em Guerras), c.ger.  (FS e prestimosa colaboração da Sra. Maria de Godoy de Azevedo de Castro Faria).

     9 -10. João Antonio de Godoy (Jango), n. 1893, tinha 28 anos em 1921, cc. Maximília Batista de Souza, c.ger.

     7 - 3. Manoel Cavalheiro do Amaral, teve como companheira, (...), filha de escravos, c.ger.

     7 - 4. Bento Cavalheiro do Amaral, n. 1834, f. 1912, teve como companheira, Cândida Maria Pereira, com f. única: (Testamento arquivado no Cartório da 2ª Vara Civil, do Fórum de São Joaquim e acervos do Sr. Enedino Batista Ribeiro e da genealogista Sra. Ismênia Ribeiro Schneider).

     8 - 1. Herculana Pereira do Amaral, cc. José Custódio Pereira, e deixaram como herdeiros os seus netos: Gervázio Pereira do Amaral, c.ger, Laurival Pereira do Amaral, c.ger. e Anfrósio Pereira do Amaral, c.ger.

     7 - 5. Inácio Cavalheiro do Amaral, n. 1839, teve como companheira, "Nicota", c.ger.

    7 - 6. Antônio Cavalheiro do Amaral Tota, n. 1842, f. 1921, cc. sua sobrinha, Maria Cavalheiro do Amaral, f. do irmão, João Cavalheiro do Amaral, acima, com 10 filhos, que não descobrimos.

     7 - 7. Mariano Cavalheiro do Amaral, n. 1845, f. jovem e sem geração.

     7 - 8. Maria, f. provavelmente jovem, que não consta do testamento do pai.

     6 - 7. Rita Lourenço do Amaral, c. Lages, SC, 182., com Duarte Muniz Fogaça, b. Sorocaba, SP, f. de Francisco de Paiva Muniz (este padrinho de batismo de João Cavalheiro do Amaral) e Maria Antonia de Moura.

     6 - 8. Maria da Glória Cavalheiro, cc. Manoel Gonçalves Pacheco, f. de Lenciano Gonçalves Pacheco e Escolástica Maria de Almeida, mineiros.

     5 - 5. Manoel Pinto Carneiro da Fontoura, n. 1771, Triunfo, RS. (FS).

     5 - 6. Desembargador João Pedroso Leite.

    5 - 7. Genoveva Rachel Maria da Fontoura (ou Maria Leite), n. por volta de  1780, Vacaria, f. 1815, Lages, c. 1782 ou 96, com Bento Gurgel Ribeiro do Amaral (depois Bento do Amaral Gurgel Anes), b. 1730, SP, f. 1812, Lages (viúvo de Maria Catarina Soares de Jesus Fragoso, c.ger. em Portes de El-Rei), Cap. Mor de Lages, pelos anos de 1785 até 1812, f. de José dos Reis ou Gonçalves Ribeiro e Isidora Godoy do Amaral Gurgel, cuja geração SL não relaciona, teve pelo menos: (AS.6.72, 88 e OC.171).

     6 - 1. Ubaldino Amaral Gurgel Fontoura, Senador, Ministro do Supremo Tribunal e Presidente do Banco do Brasil. (FG.140).
- Obs.: Pode haver engano, já que no site do Senado, e também no site Family Search, consta que os pais do Senador Ubaldino (sobrinho deste? Vide abaixo), seriam: Francisco das Chagas do Amaral Fontoura e Gertrudes Pilar do Amaral.

     6 - 2. Maria Narcisa Cândida Amaral Gurgel Fontoura, cc...., e foram pais de: (FG.256 e SL.3.140).

     7 - 1. Eugênia Lopes de Oliveira Prestes, cc...., pais de:

     8 - 1. Eugênia Adelaide Lopes Oliveira Prestes, cc. o Embaixador João Roberto de Macedo Soares, pais de: (FG.256).

     9 - 1. José Augusto Prestes Macedo Soares, diplomata, cc. Maria Teresa de Castelo Branco, f. dos Condes de Pombeiro e neta dos Marqueses de Belas, pais de: José Antonio Castelo Branco Macedo Soares, José Luís Castelo Branco Macedo Soares, e José Roberto Castelo Branco Macedo Soares. (FG.256).

     6 - 3. Bento José do Amaral Fontoura, n. Lages, onde c. 1815, com Balbina Joaquina de Carvalho. (OC.168).

     6 - 4. José Barreto do Amaral, n. Lages, c. 1815, com Bernardina Joaquina de Carvalho, irmã de Balbina, do 6-3, retro.

    6 - 5. Emília do Amaral Fontoura, n. Lages, c. 1815, com José Joaquim de Oliveira (o mesmo de SL.7.145, Tít. Moraes?), neto de Policarpo Joaquim de Oliveira.

     6 - 6. Maria das Dores ou Raquel da Fontoura, n. Lages, c. 1817, com Antonio José do Amaral.

     6 - 7. Francisco das Chagas do Amaral Fontoura, cc. Gertrudes de Almeida Pilar do Amaral, n. por volta de  1810, f. de Vidal José do Pilar, n. Curitiba, f. 1846, Cruz Alta, RS, e Gertrudes Batista de Almeida, n. 1792, Triunfo, RS, com pelo menos: (FS, OC.169, e Site do Senado Federal).

     7 - 1. Ubaldino do Amaral Fontoura, n. 1842, Lapa, PR, f. 1920, Rio, RJ, Senador por dois mandatos, Ministro do Supremo Tribunal e Presidente do Banco do Brasil, homenageado com o nome de uma rua no bairro Alto da Glória, Curitiba, c. 1869, NS da Ponte, Sorocaba, SP, com Rosa Cândida de Oliveira Barros, n. desta cidade (viúva de Antonio de Oliveira Mattos), f. de Joaquim José de Oliveira e Maria Cândida Paes de Barros, com grande geração no site Family Search.

     7 - 2. Narcisa do Amaral Fontoura, cc. Francisco Lopes de Oliveira, f. de Manuel Lopes de Oliveira e Maria Joaquina de Oliveira. (FS).

     7 - 3. Francisca do Amaral Fontoura, cc. João Alves Rodrigues, f. de Joaquim Rodrigues Leite e Bernarda Álvares de Araujo. (FS).

     5 - 8. Bárbara Francisca Veloso da Fontoura, n. por volta de  1773, c. 1796, Lages, SC, com o Sarg. Mor Joanes do Amaral Gurgel (ou João Anes do Amaral Gurgel), n. Lages, f. do Cap. Mor Bento do Amaral Gurgel Anes e sua 1ª esposa Maria Catarina Soares de Jesus Fragoso (em Portes de El-Rei). (Genealogia Riograndense, OC.168 e 171).

     5 - 9. Maria das Dores do Amor Divino (Maria das Dores de Jesus Fontoura, ou ainda, Maria das Dores Nepomuceno), n. por volta de  1786, São Paulo (ou Castro, PR), f. 1843, Rio Pardo, RS, c. 1799, Cachoeira ou Lages, com Joaquim José da Silva (ou Joaquim José da Silveira), n. SP, f. de Miguel Rodrigues da Silva e Inês Rodrigues Barbosa ou Inês Rodrigues de Borba (em Borbas Gatos), e depois com seu parente, o Brig. Manuel Carneiro da Silva e Fontoura (1ª esposa), n. 1762, Rio Pardo (ou n. e b. 1767, Estreito, RS), f. 1842, Porto Alegre, f. de João Barbosa da Silva Gama, n. 1709, São Julião, Lisboa, e Inácia Maria Veloso da Fontoura, n. Rio Grande, RS, com pelo menos da 1ª: Joaquim e Francisca. (AS.6.88, FS, Genealogia Riograndense e SL.5.108).

    5 -10. Escolástica Veloso, n. por volta de  1787, f.solt. (Genealogia Riograndense, OC.172 e SL.3.140).

    5 -11. Maria Policena Carneiro (ou Maria Nepomuceno Carneiro), n. por volta de  1790, b. Castro, PR, c. 1824, Porto Alegre, RS, com seu parente, o Brig. Manoel Carneiro da Silva e Fontoura, n. 1762, Rio Pardo (ou 1767, Estreito, RS), f. 1842, Porto Alegre (já viúvo da 2ª esposa, Francisca Margarida Pereira Pinto), f. de João Barbosa da Silva Gama e Inácia Maria Veloza da Fontoura, c.ger. na Genealogia Riograndense. (AS.6.88).

                 Omitidos por SL:

     5 -12. Inocência Maria Pereira Pinto, última filha, cc. José Joaquim da Silva, n. SP, com: (FS).

     6 -1. Maria da Luz da Fontoura, cc. o Cap. Joaquim Eugenio da Costa, n. SP, com: Benjamim, n. 1840, Rio Pardo.

     5 -13. Manoel Joaquim Carneiro da Fontoura (ou Manoel de Jesus Carneiro da Fontoura), b. 1771, Triunfo, mandado degolar pelo General Artigas, com quem servia, cc. Ana Joaquina de Jesus, n. Santa Catarina, f. de Manoel Ferreira, n. Ilha do Pico, e Antonia Maria de Freitas, n. Ilha da Madeira, com: Inocência, n. 1802.

     5 -14. Faustina, b. 1773, Triunfo.

     5 -15. Inácio, b. 1774, Triunfo. (Genealogia Riograndense e OC.172).

     4 - 4. Maria Paes de Oliveira, f. 1766, São Paulo, onde c. 1728, com Domingos Gomes Albernaz, n. Santo Amaro, f. 1750, f. de Manoel da Rosa Guedes e Maria Rodrigues de Arzam (em Canhamares), c.ger. em SL.7.317, entre os quais: (2.9 e SL.3.140).
- Obs.: Com grande geração também no site Family Search.

     5 - 1. Bento de Oliveira Leitão, que poderia ser o mesmo cc. Lucrécia Leme, f. de Timóteo Correia Góes, este c. São Paulo, 1698, com Maria Leme das Neves (em Freitas), que Taques mandou para este Título, s.ger. (3.110 e SL.7.193).

     5 - 2. Francisco Pedroso Leite, c. 1765, SP, com Mariana Eufrásia Monteiro de Matos, f. de Jerônimo Monteiro de Matos e Felipa de Siqueira da Guerra, de Santos, (cuja ger. SL omite em Arzam), c.ger. em Guerras. (SL.7.317).

     4 - 5. Antonio Pedroso de Oliveira, c. 1751, SP, com Ana Maria da Luz (1º marido), f. de Lourenço de Siqueira Preto, n. SP, e Ana da Silva Padilha. (2.10, SL.1.461 e 3.141).

     4 - 6. José Paes, f. solteiro nas minas do Pilar, em 1752.

     4 - 7. Bento Paes, f. solteiro nas mesmas minas.

     4 - 8. Clara Domingues Pedroso, c. 1737, com José Inocêncio de Aguirre (1ª esposa), f. do Cap. Marcelino de Camargo Aguirre e Izabel Bueno Franco (em Camargos), s. ger. (2.10 e SL.1.372).

     4 - 9. Francisco, f. menino, nas minas de Crixás, em Vila Boa, Goiás.

     3 - 2. Antonia de Oliveira Leite, c. São Paulo, 1695, com Francisco Rodrigues de Freitas, n. Mogi das Cruzes, f. com testamento em 1743, f. de André Gonçalves de Freitas, e Maria Fernandes da Luz (em Dias Teveriçás), teve: Francisco, e ainda: (2.10, SL.1.547 e 3.141).

     4 - 1. Josefa Rodrigues, c. 1ª vez com Manuel da Cunha e, 2ª, com João Machado Castanho (em Machados Castanhos).

     4 - 2. Maria Rodrigues de Freitas, c. 1ª vez com Antonio de Alcobia e, 2ª, com Manoel da Maia, f. 1755, Mogi das Cruzes, s.ger. (2.10 e SL.3.141).

     3 - 3. Ana de Oliveira, c. São Paulo, 1700, com Vasco da Mota Cavalcanti, n. Mogi das Cruzes, f. de Antonio da Mota Cavalcanti, f. Mogi, 1696, e Maria Fragoso de Matos, com 6 filhos: (2.10, SL.3.141 e 7.121).

     4 - 1. João Leite de Moraes, f. com testamento em 1749, c. São Paulo, com Maria de Lara de Almeida, f. do Sarg. Mor Simão de Toledo Castelhanos e Catarina de Oliveira de Horta, com 4 filhos:

     5 - 1. Inácio Xavier de Almeida, c. 1760, São Paulo, com Maria Teodora Coronel, f. de Teodoro da Fonseca Pereira, n. Lisboa, e Maria da Assunção, n. Santos. (SL.7.121 e 5.495).

     5 - 2. Catarina de Oliveira Leite, c. 1749, São Paulo, com Antonio da Costa Pereira Bueno de Moraes, f. de Antonio da Costa Pereira e Maria Bueno de Moraes, com 3 filhos: (SL.7.131).

     6 - 1. Policena Custódia de Moraes Lara, c. 1773, São Paulo, com Joaquim José Pinto do Rego de Moraes Leme, Cap. de Cavalaria dos Voluntários Reais, f. de Francisco Pinto  do Rego e Escolástica Jacinta de Ribeira Góes e Moraes (em Guerras), com  pelo menos: (SL.4.262).

     7 - 1. Maria da Anunciação Pinto de Moraes Lara Gavião, c. 1788, São Paulo, com o Mal. José Joaquim da Costa Gavião Peixoto, n. de Serpa, Beja, f. do Morgado Manoel Luiz Gavião e Maria Joana da Costa Torres, np. do Morgado Estêvão Luiz Peixoto e Brites Joana Gavião, nm. de André da Costa Torres Francês e Joana Martins Cançada da Costa, com: (SL.4.262)

     8 - 1. Brig. Bernardo José Pinto Gavião Peixoto, c. 1819, Piracicaba, com Ana Policena de Andrade e Vasconcelos, n. São Paulo, f. do Cap. José de Andrade e Vasconcelos, n. Fornos, Lamego, e Antonia Eufrosina de Cerqueira Câmara, np. de Maurício Ribeiro Ferraz e Maria Angélica de Vasconcelos (em Guerras), c.ger. em SL.4.262/3, entre os quais: (SL.2.203).

     9 - 1. Maria Umbelina Gavião Peixoto, cc. seu parente, o Comendador José Pereira de Campos Vergueira, f. do Senador Dr. Nicolau Pereira de Campos Vergueiro e Maria Angélica de Andrade Vasconcellos, c.ger. em Guerras. (SL.2.199).

     9 - 2. Henriqueta Carolina Gavião Pinto Peixoto, c. 1844, NS da Conceição, Santa Ifigênia, São Paulo, com Joaquim Roberto de Carvalho Pinto, b. 1819, b. nessa mesma igreja, Juiz de Direito da Comarca de Bragança, f. do Cap. Joaquim Roberto de Carvalho e Macedo e Anna Amália de Athayde Portugal ou Anna Amélia de Ataíde Portugal, c.ger. em Figueiras de Braga. (FS e SL.4.263 e 339).

     9 - 3. Dr. Bernardo Avelino Gavião Peixoto, Desembargador Honorário, Conselheiro, Deputado Geral, Presidente da Província e vulto preeminente do Partido Liberal no tempo do Império, cc. Josepha Ribeiro, f. do Capitalista, Comendador Antonio José Ribeiro da Silva, com 6 filhos em SL.4.263, entre os quais:

     10- 1. Josephina Gavião Monteiro, cc. José Félix Monteiro Júnior, Bacharel em Direito, f. de José Félix Monteiro, Visconde e Mariana Augusta Varella de Moura, Viscondessa de Mossoró, com 5 filhos em SL.8.49, entre os quais: José Monteiro Júnior, b. 1889, Maria Leopoldina Monteiro, b. 1891, Bernardo Monteiro, b. 1893, todos em Santa Ifigênia, São Paulo, SP. (FS e SL.4.263).

     10- 2. Anna Rita Gavião Gonzaga, cc. o Dr. Tertuliano Cesar Gonzaga (ou Cesar Gonzaga Tertuliano), Médico, residente em Araraquara, f. do Dr. João Marcelino Cesar Gonzaga, com pelo menos: Laura Gonzaga Tertuliano, b. 1892, Santa Ifigênia, São Paulo. (FS e SL.4.264).

     6 - 2. Porta-Estandarte José Briando Xavier de Toledo Lara, c. 1788, São Paulo, com Francisca Joaquina da Fonseca, f. de Francisco Correia de Lemos. (SL.4.524).

     6 - 3. Gertrudes Jacinta de Moraes, c. 1785, São Paulo, com o Alf. Antonio da Cunha Raposo Leme (2ª esposa), f. de João da Cunha Franco e Antonia Raposo Tavares, c.ger. em Raposos Tavares. (SL.6.242).

     5 - 3. Ana Fragoso de Moraes.

     5 - 4. Maria Potência Leite de Moraes, cc. o Cirurgião Jerônimo Rodrigues, f. de Jerônimo Rodrigues e Maria Martins, com  pelo menos: (SL.7.121).

     6 - 1. Maria Tereza Rodrigues de Moraes, c. 1ª vez, 1787, São Paulo, com o Ajudante Vitorino Pinto Guedes, f. de Desidério Pinto Guedes e Quitéria Rodrigues (em Pintos Guedes) e, 2ª, 1791, São Paulo, com o Dr. José Arouche de Toledo Rendon, n. São Paulo, 1756, onde f. 1834, militar, educador e político, Bacharel em Leis formado em Coimbra, 1778, 1º exportador de café do Brasil, que guardou e emendou parte da Nobiliarquia, evitando que a mesma fosse perdida para sempre, irmão do Dr. Francisco Leandro de Toledo Rendon (em Guerras), f. do Mestre de Campo Agostinho Delgado Arouche de Toledo Lara e Maria Tereza de Araujo e Lara, c.ger. deste 2º casamento em Chassins. (1.162, DH.383, DM.110 e 294, SL.5.410, 6.539 e 7.121).

     4 - 2. Manoel de Oliveira ou Moraes Cavalcanti, c. 1753, Parnaíba, com Maria de Aguiar, f. de Paulo de Aguiar Lara e Maria de Brito e Silva (em Almeida Neves). (AS.2.119 e SL.7.122).

     4 - 3. Helena Leite de Moraes, cc. Sebastião Cubas Pereira, f. de Sebastião Cubas Ferreira, com: (SL.1.462, 2.51, 7.122)

     5 - 1. Antonio Pereira de Moraes, c. 1ª vez, 1774, São Paulo, com Ignacia Maria de Camargo, f. de Bento de Siqueira Rocha e Ana de Moraes (em Camargos) e, 2ª, 1794, Parnaíba, com Gertrudes Antonia Bueno, f. de Bartolomeu Bueno de Camargo e Narcisa Bueno de Alvarenga (em Buenos Anhangueras), teve: (SL.1.407 e 7.122).
               Da 1ª esposa, teve pelo menos: Bento de Moraes, b. 1776, Felisberto de Moraes, b. 1778 (não relacionados por SL), ambos em São João Batista, Atibaia. (FS).

               Da 2ª esposa, pelo menos:

     6 - 1. Maria Angélica Bueno (no batismo, Maria de Moraes), b. 1799, São João Batista, Atibaia, c. 1817, na mesma cidade, com seu primo Antonio Luiz da Rocha, b. 1790, f. do Cap. Lourenço Franco da Rocha e Rita de Cássia de Moraes, com  pelo menos 4 filhos: Lourenço, e ainda: (FS, SL.2.51 e 7.122).

     7 - 1. Rita Bueno, cc. João Bueno. (SL.2.51 e 7.122).

     7 - 2. .... cc. André Bueno, que morou em Brotas.

     7 - 3. Anna de Cássia (truncado no título Pires de SL), cc. seu primo, Lourenço Francisco da Silveira, morador em Araras, f. de João da Silveira Franco e Maria Teresa Cardoso. (SL.2.51/2 e 9.220).

     6 - 2. João da Silveira Franco, b. 1801, c. 1824, Atibaia, com Maria Thereza Cardoso, f. de José Bueno do Amaral e Brígida Maria Cardoso, com 7 filhos em SL.2.52, entre os quais:

     7 - 1. Lourenço Francisco da Silveira (truncado no título Pires), morador em Araras, viúvo da sua prima Anna de Cássia, acima. (SL.2.52 e 9.220).

     7 - 2. Ten. Cel. Jacintho José de Araujo Cintra, fazendeiro com cultura de café em São Carlos do Pinhal, cc. Maria Angélica da Silveira Cintra, f. de Antonio Joaquim de Almeida (não Antonio José de Almeida, como constou em SL) e Anna da Silveira Leite, com 6 filhos em SL.2.52, entre eles: (GL.20.40).

     8 - 1. José de Araujo Cintra, cc. Anna de Mattos Almeida Cintra, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Cândida de Araujo Cintra, n. e b. 1884, Maria de Araujo Cintra, n. e b. 1885, Etelvina de Araujo Cintra, n. e b. 1887, São Carlos Borromeu, São Carlos, SP. (FS e SL.2.52).

     7 - 3. Pedro da Silveira Franco, cc. Maria da Silveira, f. de Elias da Silveira Leite, com 5 filhos em SL.2.53, entre os quais:

     8 - 1. Balbina da Silveira Franco ou Balbina da Silveira Simões (truncado em SL), c. 1879, Brotas, SP, com Antonio Garcia Simões, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Hortense Garcia Simões, n. 1885, b. 1886, São Carlos Borromeu, São Carlos, Antonieta Garcia Simões, b. 1892, NS do Patrocínio, Jau, SP, Raul Garcia Simões, b. 1896, São José, Barra Bonita, SP. (FS e SL.2.53).

     8 - 2. Maria da Silveira Franco (truncado em SL), c. 1893, Brotas, o Cel. Sebastião de Camargo Freitas. (FS e SL.2.53).

     8 - 3. Antonio da Silveira Franco (truncado em SL), c. 1897, Brotas, com Mathilde Correia Simões, f. de José Simões. (FS e SL.2.53).

     7 - 4. Luiz da Silveira Franco, cc. Sabina da Silveira Franco (nome truncado em SL), f. de Francisco Antonio da Silveira, com 3 filhos em SL.2.53, entre os quais: (FS).
- Obs.: Provavelmente a mesma: Sabina da Silveira, b. 1847, Ponte Nova, MG (também consta em NS da Soledade, Itajubá, MG), f. de Francisco Antonio da Silveira e Anna Floriana de Jesus. (FS).

     8 - 1. Rosália Franco, b. 1861, NS das Dores, Brotas, SP, c. em Araras, com Sebastião. (FS e SL.2.53).

     4 - 4. Francisca de Moraes, c. 1735, SP, com Manoel Velho Rangel.

     4 - 5. Gregório Leite de Moraes, c. 1ª vez, 1724, Mogi das Cruzes, com Helena da Silva, f. de Domingos Nunes e Maria da Silva e, 2ª, 1739, na mesma cidade, com Ângela de Góes, f. de Tomé de Góes da Silva e Maria da Apresentação, c.ger. de ambas em SL.7.122.
               Da 1ª esposa filha única:

     5 - 1. Maria Leite de Moraes, c. 1744, Mogi das Cruzes, com Domingos Franco de Brito, f. do Cap. Manoel Franco de Brito e Apolônia da Silva (em Rochas Cantos), com 4 filhos em SL.7.122.

               Da 2ª esposa 4 filhos, entre os quais:

     5 - 2. Anna Maria Leite, c. 1780, Mogi das Cruzes, com José Munhós de Siqueira, n. Conceição dos Guarulhos (viúvo de Theresa Rodrigues de Pontes), f. de Antonio de Siqueira Caldeira e Ângela Nogueira, c.ger. em Munhós.  (FS e SL.3.228)

     4 - 6. Teresa Leite de Moraes, cc. o Cap. Gabriel Fernandes de Mendonça, f. de Miguel Fernandes e Maria Moreira, c.ger. em SL.7.123 (Tít. Moraes).

     3 - 4. Francisca de Oliveira Leite, n. São Paulo, SP, onde f. 1721, cc. Manoel de Azambuja, n. RJ (ou de Ribatejo, Portugal), f. de Manoel de Azambuja e sua mulher N..... (Antonia da Fonseca?), com 9 filhos, naturais de São Paulo: Manoel de Azambuja, f. solteiro no Rio Grande do Sul, Inácio de Azambuja, Joana, Inácia, Inês, Caetano, e ainda: (2.10, CR.1.140, Genealogia Riograndense e SL.3.141/2).

    4 - 1. José de Azambuja Leite, c. 1734, Mogi das Cruzes, com Maria de Lima do Prado, f. de Gaspar Vaz de Lima e Maria Leme da Silva, com: (SL.3.141/2).

     4 - 2. Josefa de Oliveira Leite, em 1721, estava cc. Salvador Ribeiro. (SL.3.142).

     4 - 3. Francisco Xavier de Azambuja, n. São Paulo, f. 1768 ou 69, Triunfo ou Rio Pardo, RS, Cap. da Cavalaria Auxiliar do Distrito da Freguezia Nova do Bom Jesus, onde teve grande fazenda de gado, c. por volta de 1741, com Rita Menezes, n. Cunha, SP (cujo nome SL não descobriu), onde foi bpv. 1725, f. 1801, Santo Amaro, f. de Jeronimo Dorneles de Menezes e Vasconcelos e Lucrécia Leme Barbosa, n. Guaratinguetá (em Moreiras Castilhos), com numerosa sucessão em Santo Amaro, RS (que SL não relaciona), entre os quais: (2.10, Genealogia Riograndense, de João Pinto da Fonseca Guimarães e Jorge Godofredo Felizardo, fls. 147, SG.72 e SL.3.142).

     5 - 1. Faustina Maria de Jesus, n. Viamão, RS, cc. o Cap. Vitoriano José Centeno, n. Lisboa, f. do Cap. José Rodrigues Centeno e Ana Josefa de Macedo, naturais de Lisboa, com pelo menos: (Genealogia Riograndense, de João Pinto da Fonseca Guimarães e Jorge Godofreodo Felizardo, fls. 33).

     6 - 1. Cap. Alberto José Centeno, b. 1772, Triunfo, RS, c. 1ª vez com Febronia Marciana de Almeida e, enviuvando, c. 2ª vez, 1830, com Maria do Carmo de Oliveira, n. Rio Pardo, RS, f. do Cap. de Dragões, Sebastião José de Oliveira, n. Santa Maria de Lamaçais, arcebispado de Braga, e Helena Máxima Pereira Pinto, b. 1774, Rio Pardo.

     5 - 2. Mariana de Jesus (não encontrada nos autores), n. 1741, Laguna, SC, f. 1806, Porto Alegre, RS, c. 1760, Triunfo, RS, com Antonio Alves Guimarães, n. 1725, Braga, Portugal, f. 1806, Porto Alegre, com pelo menos: (FS).

     6 - 1. Hipólita Maria da Puresa, n. 1765, Triunfo, f. 1797, Porto Alegre, c. 1789, Triunfo, com Luiz Antonio da Silva, n. 1752, Coimbra, Portugal, f. 1805, Porto Alegre, f. de outro do mesmo nome e Maria Joaquina, com pelo menos: (FS).

     7 - 1. Raquel Eufrásia da Silva, n. 1794, Porto Alegre, onde f. 1837, c. 1808, na mesma cidade, com José Manoel Affonso, n. Braga, Portugal, f. 1868, f. de Domingos Affonso e Francisca Álvares, com pelo menos: (FS).

     8 - 1. Sebastião Affonso de Azambuja e Silva, n. 1818, Porto Alegre, onde f. 1870, c. 1841, na mesma cidade, com Luiza Joaquina da Conceição, n. da mesma, f. de Francisco Vaz Teixeira e Senhorinha Joaquina da Conceição, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Rachel Affonso de Azambuja, n. 1851, Porto Alegre, onde c. 1883, com Numa Pompílio Brandão, n. da mesma cidade, f. de Boaventura Fortunato da Silva Brandão e Maria Fausta da Silva Brandão, com pelo menos: (FS).

     10- 1. Boaventura Azambuja Brandão, n. 1889, Porto Alegre, onde c. 1918, com Alice Correa Vasques, n. 1893, na mesma cidade, f. de João Maria Correa Vasques e Maria José Correa Vasques. (FS).

     5 - 3. Cap. Manoel Francisco de Azambuja (não relacionado por SL), b. 1753, Viamão, RS, f. 1820, Santo Amaro, c. 1774, Taquari, com Francisca Veloza da Fontoura, n. e b. 1758, Rio Pardo, f. 1834, Santo Amaro, f. do Ten. Francisco Pinto de Souza, n. Santo André do Cristilo, conselho de Louzada, bispado do Porto, f. Taquari, 1776, e Angélica Veloza da Fontoura, b. 1742, Rio Grande, com grande geração na Genealogia Riograndense, de João Pinto da Fonseca Guimarães e Jorge Godofreodo Felizardo, fls. 147.

     5 - 4. Maria da Luz de Menezes, b. 1760, Triunfo, onde c. 1779, com Manuel José de Alencastro, n. São Paulo, f. de Jerônimo de Castro Guimarães, n. Fafe, Braga, Portugal, e Isabel Rosa de Oliveira, n. São Paulo, com pelo menos: (FS).

     6 - 1. Maria Angélica Barbosa, n. 1792, Santo Amaro, RS, c. 1789, Rio Grande, RS, com João Francisco Vieira Braga, n. Nogueiró, Braga, Portugal, f. de João Francisco Crisóstomo e Teresa Vieira de Oliveira, com pelo menos: (FS).

     7 - 1. Maria Joana Vieira Braga, n. 1796, Rio Grande, RS, onde c. 1815, com Francisco José Gonçalves da Silva, n. São Salvador de Costela, Braga, Portugal, f. de João José Domingues e Ana Gonçalves e depois (?), com Francisco Gonçalves da Silva (que depois cc. Florinda Pacheco), b. 1786, Triunfo, RS, f. de Joaquim Gonçalves da Silva, n. Bragança, Castelo de Paiva, Aveiro, Portugal, f. 1822, Porto Alegre, RS, e Perpétua da Costa Meireles, n. Morro de Santana, Porto Alegre, com pelo menos, do 1º marido: (FS).

     8 - 1. Domingos Gonçalves da Silva, cc. Joaquina Inácia do Nascimento, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Boaventura Gonçalves da Silva, f. 1882, Bagé, RS, onde c. 1859, com Delfina Correa de Borba, n. 1832, na mesma cidade, f. de José Correia da Silva e Ana Helena de Borba, com pelo menos: (FS).

     10- 1. José Octávio Gonçalves, n. Bagé, f. Porto Alegre, onde c. 1889, com Maria Carolina Correa Netto, n. 1873, Bagé, f. Porto Alegre, f. de Antonio Barbosa Netto e Maria Joaquina Correa, com pelo menos: (FS).

     11- 1. Maria de Lourdes Netto Gonçalves, n. Bagé, f. Porto Alegre, c. Bagé, com José Borges Leão, n. 1896, Porto Alegre, f. de Pedro Afonso de Leão e Flora Alencar Coelho Borges. (FS).

     9 - 2. Domingos Gonçalves da Silva, cc. Mariana Correa de Barros, n. 1833, Bagé, f. de Serafim Correa de Barros, n. São Paulo, SP, e Comba Maria de Almança, n. Piratini, RS. (FS).

     9 - 3. Severino Gonçalves da Silva, cc. Tomásia de Marins, f. de Rafael Teixeira de Marins, n. Diamantina, MG, f. 1872, Bagé, e Tomásia Joaquina da Silva, n. Mostardas, RS, f. 1860, Bagé. (FS).

     7 -  2. Leonídia Angélica Braga, n. 1807, Rio Grande, RS, onde c. 1827, com João Rodrigues Ribas, n. 1796, f. 1857, f. de Domingos Rodrigues Ribas, n. Santa Cristina de Valzes, Tuí, Galiza, Espanha, e Luzia Firmiana do Pilar, n. Colônia del Sacramento, Uruguai, f. Rio Grande, RS, np. de Juan Rodriguez e Maria de Ribas, nm. de Joaquim da Cunha Barbosa e Ana Jacinta do Nascimento, com pelo menos:

     8 - 1. Leonídia Angélica Ribas, n. e b. 1837, Rio Grande, c. 1859, Pelotas, com Manuel Alves Viana, n. 1829, nesta cidade, f. de José Vieira Viana, n. Viana do Castelo, Portugal, e Rosália Alves, n. Rio Grande, RS, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Leonídia Ribas Viana, cc. João de Mendonça Moreira, f. de Manuel Francisco Moreira n. 1818, Jaguarão, RS, e Maria da Conceição Jacinto de Mendonça, n. 1824, Pelotas, RS, com pelo menos: (FS).

     10- 1. Carlos Viana Moreira, n. 1891, Pelotas, f. Porto Alegre, cc. Amélia Burlamaqui Tavares, n. 1902, Pelotas, f. de Eduardo da Silva Tavares e Ofélia Burlamaqui. (FS).

     5 - 5. Angélica Maria da Conceição (ou Angélica Rita da Conceição), cc. João Cardoso de Menezes e Souza, f. de Francisco Antonio Cardoso de Menezes e Souza e Rita Correa de Abreu, com pelo menos: (FS).

     6 - 1. Cândida Maria de Menezes e Azambuja, n. Santo Amaro, RS, cc. Antonio Pereira de Oliveira, n. da mesma cidade, com pelo menos: (FS).

     7 - 1. Jerônimo Pereira de Oliveira, n. 1800, Santo Amaro, c. 1821, Santa Maria, RS, com Clemência Cândida Pavão, n. nesta cidade, f. de Antonio da Costa Pavão, n. Santo Antonio da Patrulha, RS, e Francisca Inácia da Pureza, n. 1767, Viamão, RS, com pelo menos: (FS).

     8 - 1. Praxedes Pereira Pavão, cc. José da Costa Pelado, f. de Manoel Portugal Guimarães, n. Braga, Portugal, e Joana Maria da Costa, n. São José do Norte, RS, com pelo menos: (FS).

     9 - 1. Praxedes Pereira da Costa, cc. Francisco de Paula e Silva, f. de outro do mesmo nome, n. 1796, Taquari, RS, e Felicidade Perpétua de Avelar Magalhães, n. 1809, Caçapava do Sul, RS. (FS).

     7 - 2. Maria Cândida de Oliveira, b. 1807, Santo Amaro, RS, c. 1827, Rio Pardo, RS, com Joaquim Vitoriano Mendes Ourique, n. 1803, nesta cidade, f. de Joaquim Mendes Ourique e Josefa Maria do Nascimento, com grande geração no site Family Search.

     3 - 5. Inês Pedroso de Oliveira, cc. Domingos Coelho Barradas, n. São Paulo, Cap. das Ordenanças do Bairro de Cahaguassú, f. com testamento em São Paulo, f. de Domingos Coelho Barradas e Custódia Gonçalves (em Álvares de Sousa), com 6 filhos, n. SP: (2.11, SL.3.142 e 8.26).

     4 - 1. Antonio Coelho Barradas, cc. Maria de Godoy Cardoso, f. de Francisco de Godoy Preto, n. São Paulo, Guarda Mor das minas da Papuã, arraial do Pilar, em Vila Boa, Goiás, e seu descobridor, e sua 1ª mulher Ana Maria da Silveira, c.ger. em Raposos Silveiras. (2.11, SL.6.45 e 8.26).

     4 - 2. Frei Manoel de Santa Inês, f. São Paulo, Vigário em Cusco, franciscano que correu as Índias de Espanha com o irmão.

     4 - 3. José, f. solteiro em terras de Espanha.

     4 - 4. Felipa de Santiago, c. 1739, com José Pereira de Oliveira, n. São Paulo, f. Goiás, f. de Manoel João de Oliveira e Simoa Pereira de Siqueira, com  8 filhos, que não descobrimos. (SL.7.133 e 8.27).

     4 - 5. Escolástica Coelho, f. 1769, Mogi das Cruzes, c. 1740, São Paulo, com Domingos de Almeida Ramos, o moço, n. dessa mesma cidade, onde f. 1766, f. de outro do mesmo nome, n. Landoal, f. Mogi, 1755, e Bárbara Correia de Alvarenga, c.ger. em SL.5.330, entre os quais: (2.11 e SL.8.29).

     5 - 1. Tereza Coelho de Jesus (ou Tereza Coelho de Almeida), c. 1770, Mogi das Cruzes, com o Cap. José Gabriel Moreira (e não João Gabriel Moreira), f. de Antonio Rodrigues Cardoso e Maria da Cunha Freire, c.ger. em Lemos. (AS.2.194/5, SL.5.331 e 8.355).

     4 - 6. Teresa de Jesus, cc. Felipe Correia Quintana, n. Santos, morador em São Paulo, Cap. da Ordenança do Bairro de São Miguel,  já f. 1765, f. do Alf. Felipe Correia Quintana, com pelo menos:

     5 - 1. Cap. Alberto de Oliveira Quintana, f. solteiro em 1799.

     5 - 2. Ana Alves de Oliveira, c. 1788, São Paulo, com o Cap. Antonio Barbosa de Lima (viúvo de Margarida Maria de Campos), f. de Mateus de Siqueira Mendonça e Maria Barbosa de Lima (em Anes Sobrinhos).

     5 - 3. Tomás de Aquino Pedroso Leite, c. 1791, São Paulo, com Francisca Rosa de Jesus, f. de Antonio Tavares da Fonseca e Rosa Antonia de Jesus, de Mogi das Cruzes. (SL.8.28).

                                                   Parágrafo 4º 

     2 - 4. Domingos de Oliveira Gago. (GS.234 e SL.8.535). 

                                                   Parágrafo 5º 

     2 - 5. Marta de Oliveira, conforme inventário do pai, cc. Antonio Freire. (SL.8.535).
              - Obs.: Encontramos uma Catarina (antigamente abreviavam para Catna) de Oliveira, n. por volta de  1658, c. por volta de 1678, com Antonio Freire, n. por volta de  1648, f. antes de 1699, estes pais de:

     3 - 1. Urbana Freire, n. por volta de  1678, Rio, onde c. 1699, com Hipólito (??) de Souza. (CR.2.192).

                                                   Parágrafo 6º 

     2 - 6. Manoel de Oliveira, s.ger. Um Manuel de Oliveira Leitão, cc. Clara Correia, com pelo menos: (CR.1.404 e SL.8.535).

     3 - 1. Manuel Correia da Silva, n. por volta de  1667, Rio, onde c. 1697. com Maria das Neves, n. por volta de  1677, Rio, f. de Martinho .... e Maria das Neves, pais de: Josefa e Antonia. (CR.1.404).

                                                   Parágrafo 7º 

     2 - 7. Pedro de Oliveira, já f. 1791 (1691?), cc. ...., com: José e Joana.

                                                   CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Cap. Martinho de Oliveira Gago (ou Martinho de Oliveira Leitão), o velho (não relacionado por SL), n. por volta de  1630, Santos, considerado homem nobre e dos principais da Vila, f. Aiuruoca, MG, c. 1ª vez com Catarina Pereira Sardinha, n. Rio, RJ, e parece ser o do mesmo nome, cc. Catarina de Siqueira, ambos n. Santos, com: (CR.2.427, EA.492, FS e VT.2.195).
- Obs.: Alguns autores dizem que este Martinho poderia ser filho de Juliana de Oliveira Lobo (em Oliveiras Gagos), pelas poucas datas conhecidas e as estimadas não parece possível, ele pode ter sido contemporâneo dos netos ou bisnetos dela, além de haver discrepância com a tese de Américo de Moura (a mãe é "Lobo" e o filho "Gago"). Outros o colocam aqui, o que parece mais provável. Notamos, também, que este ramo tem muitas semelhanças de nomes e locais de moradias com o de Domingos de Oliveira Leitão, aparecendo ainda apadrinhamento e diversos casamentos entre membros dos dois ramos (o que sugere parentesco próximo). Por tudo isto, achamos que o Cap. Martinho de Oliveira Gago talvez pudesse ser irmão de Domingos e, ambos, filhos do outro Domingos e, este sim, Capítulo deste Título.
             De Catarina Pereira Sardinha, teve menos: 

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. Antonio de Oliveira Gago, n. Santos, b. São Paulo, f. Aiuruoca, antes de 1753, agricultor, residia pelos lados da Penha, SP e, em 1709, foi um dos signatários da Ata de aclamação de Amador Bueno da Veiga, c. 1680 ou 85, com Ana da Cunha de Oliveira, b. 1660, Mogi das Cruzes, SP, f. com testamento em 1753, São Paulo, f. de Antonio da Cunha, n. São Paulo, e Paula Gonçalves, np. Manoel da Cunha e Catarina Pinto (estes, os mesmos acima), com 11 filhos:

     3 - 1. Pe. Antonio de Oliveira Gago, n. e b. 1686, habilitado de genere em 1711, Itaquaquecetuba, SP, em 1734 vivia em Goiás. (EA.492, VB.81 e VT.2.196).

     3 - 2. Pe. João de Oliveira Gago, em 1734 vivia em Goiás (SL). C.ger. que SL omite, na árvore de costados do renomado historiador e genealogista, Dario Cardoso Vale, 9ª Geração, neste site.

     3 - 3. Tristão de Oliveira Gago, b. 1693, Guarulhos, SP.

     3 - 4. Manoel de Oliveira Gago, b. 1696, SP.

     3 - 5. Cap. Martinho de Oliveira Gago, n. NS. da Penha, SP, vivia em Cuiabá, em 1753, cc. Izabel de Arruda, n. Itu, talvez f. de Apolinário de Oliveira Leitão e Ângela ou Agostinha de Sá e Arruda (acima), com 3 filhos: (MT.1.1, VB.81 e VT.2.196).

     4 - 1. Cap. Apolinário de Oliveira Gago, n. 1751, f.solt., 1816, c.ger. que não descobrimos.

     4 - 2. Antonia de Arruda e Oliveira, f.solt. s.ger.

     4 - 3. Maria Tereza de Jesus, n. Cuiabá, fci. 1812, aí cc. o Cap. Francisco Correia da Costa, n. Maçarelos, Porto, f. 1800, f. de Bernardo Correia da Costa e Custódia Maria de Jesus, c.ger. no livro "Roteiro Genealógico de Mato Grosso", Vol. I, fls. 1, até aos recentes anos.

     3 - 6. Ana da Cunha de Oliveira, a "Condessa", b. 1698, SP, f. 1747, Prados, c. 1717, São José (atual Tiradentes), MG, com Luiz Gonçalves Gaia, b. 1684, Vila Nova de Gaia, Porto, f. de Manuel Gonçalves Gaia e Maria Fernandes, com uma filha nos autores, teve duas: (VB.81, VT.2.155 e 196).
- Obs.: O celebrante do casamento foi o Pe. Antonio de Oliveira Gago e as testemunhas foram o Cel. Antonio de Oliveira Leitão, acima, e Domingos Martins.

     4 - 1. Úrsula Maria de Oliveira, f. 1761, c. 1732, com Lourenço Ferreira, n. NS das Neves, bispado de Coimbra, f. de Domingos Ferreira e Domingas Dias, c.ger. (FS e testamento da mãe, e casamento de Úrsula, gentilmente enviados pelo genealogista Carlos J. M. Oliveira, de Barbacena, MG).

     4 - 2. Maria Genebra Gaia (única nos autores), n. e b. 1721, Prados, MG, onde f. 1776, c. 1735, nessa cidade, com João Gonçalves de Moura, n. Chaves ou Soutelinho, b. 1690 ou 91, Portugal, f. 1797, Prados, f. de Miguel Gonçalves e Maria Pão, com pelo menos 4 filhos: (FS, VB.81, VT.2.196 e 7ª avó do genealogista Carlos J. M. Oliveira, de Barbacena, por 2 filhos: 5-2 e 5-4, abaixo, que gentilmente enviou toda a geração do casal).

     5 - 1. Pe. João Gonçalves de Moura, b. 1738, Prados, onde f. 1816, ordenado em Mariana em 1762.

     5 - 2. Cap. Antonio Gonçalves de Moura, b. 1742, Prados, onde f. 1821 (6º avô), c. 1770, com Maria Rosa de Santa Clara ou Maria Rosa de Jesus (no batismo, Maria Rosa de Mello), b. 1752, Prados, onde f. 1837, f. de Manoel de Mello Pereira e Clara Maria de Jesus, np. de Paulo de Mello Pereira e Mariana da Costa, nm. de Manoel Mendes do Prado e Teresa Pires de Siqueira, pais de pelo menos 3 filhos conhecidos:

     6 - 1. Alf. Luiz Gonzaga de Moura, b. 1771, Prados, c. 1815, com Joaquina Cândida do Valle, b. 1796, Prados, onde f. 1874, f. de Joaquim Rodrigues Valle e Anna Luiza Monte, com 9 filhos conhecidos: Antonio Moura, b. 1821, f. 1841, Manoel, b. 1824, Maria Clara Moura, b. 1838, f. 1846, Francisco, b. 1841, todos em Prados, MG, e ainda:

     7 - 1. Pedro Gonçalves Valle, b. 1816, Prados, c. 1842, com sua parenta, Maria Thereza de Jesus, b. 1823, Prados, f. de Antonio Manoel Monte e Joaquina dos Santos Possa, adiante.

     7 - 2. Francisco de Paula Moura, b. 1818, Prados, c. 1844, com Anna Izabel de Jesus, b. 1831, f. do Alf. José Alves Bello e Albina Joaquina da Silva.

     7 - 3. José Gonzaga de Moura, b.1823, Livramento, Prados, c.  1ª vez, 1853, com Luiza Rosa de Jesus, f. do Alf. José Alves Bello e Albina Joaquina da Silva e, 2ª, 1882, com Maria da Glória Rodrigues Valle.

     7 - 4. Anna Luiza do Valle, b. 1827, Prados, c. 1845, com o Alf. José Alves Bello, b. 1805, f. 1888 (viúvo de Albina Joaquina da Silva, f. 1845), f. de Alexandre Alves Batista Bello e Maria Rosa de Jesus.

     7 - 5. Maria do Carmo de Moura, b. 1832, Prados, f. 1906, Barbacena, c. 1849, com seu parente, Francisco Borges Montes, b. 1824, Prados, onde f. 1872, f. de Antonio Manoel Monte e Joaquina dos Santos Poça, adiante.

     6 - 2. Alf. Pedro Gonçalves de Moura, b. 1773, Prados, onde f. 1842, c. 1814, com Maria de Nazaré (ou Maria de Nazaré Francisca de Paula), b. Barbacena, f. do Ten. Martinho de Faria Moreira e Maria Emerenciana de Santana, c.ger.

     5 - 3. Catarina Gonçalves de Moura, b. 1759, Prados, onde f. 1811, c. na mesma cidade, com José Dias de Castro Ladeira, b. 1749, Prados, onde f. 1805, f. do Sarg. Mor. Manuel Dias Ladeira e Maria de Souza Caldas, cuja geração, até aos dias atuais, está na família Dias Ladeira, dos Povoadores da Região Serrana do Rio de Janeiro, gentilmente enviada que foi, pelo renomado historiador e genealogista, Dario Cardoso Vale. (VB.81).

     5 - 4. Josefa Gonçalves de Moura (não encontrada nos autores), b. 1754, Prados, onde f. 1816, 6ª avó, cc. Pedro Gonçalves Poça, b. 1750, Prados, onde f. 1821, c.ger. entre os quais: (Pesquisa do genealogista Carlos J. M. Oliveira, de Barbacena, incluindo a geração do casal).

     6 - 1. Joaquina dos Santos Poça, c. 1820, com Antonio Manoel Monte, b. 1796, Prados, onde f. 1879, f. do Ajudante Manoel Gonçalves Montes e Rita Antonia de Nazaré, com 10 filhos conhecidos: Mescias Monte, b. 1830, Antonio, b. 1832, Pedro, b. 1837, Joaquina Monte, b. 1840, f. 1842, todos em Prados, e ainda:

     7 - 1. Josefa Corsina de Jesus, b. 1822, Prados, c. 1836, com Francisco Gonçalves Poça, b. 1811, Prados, onde f. 1854.

     7 - 2. Maria Thereza de Jesus, b. 1823, Prados, c. 1842, com seu parente, Pedro Gonçalves Valle, b. 1816, Prados, f. do Alf. Luiz Gonzaga de Moura e Joaquina Cândida do Valle, acima.

     7 - 3. Francisco Borges Montes, b. 1824, Prados, onde f. 1872, c. 1849, com sua parenta, Maria do Carmo de Moura, b. 1832, Prados, f. 1906, Barbacena, f. do Alf. Luiz Gonzaga de Moura e Joaquina Cândida do Valle, acima.

     7 - 4. Boaventura Cardeal Monte, b. 1826, Prados, cc. Leopoldina Alves Bello, b. 1833, f. de Luiz Alves Leal Bello e Maria Rosa Nazaré.

     7 - 5. José Manoel Monte, b. 1827, Prados, c. 1ª vez, com Maria do Carmo Alves Bello e, 2ª, 1884, com Maria Cândida do Carmo, b. 1866, Prados, também f. de Luiz Alves Leal Bello e Maria Rosa Nazaré.

     7 - 6. Joaquim Manoel Monte, b. 1836, Prados, c. 1860, Entre Rios de Minas, com Francisca Inocência do Amaral, f. de José Ferreira do Amaral e Vicência Alves de Moura.

     3 - 7. Josefa de Oliveira (ou Josefa da Cunha), b. 1699, solteira em 1711. (VB.81 e VT.2.196).

     3 - 8. Maria de Oliveira (ou Maria da Cunha), solteira em 1711.

     3 - 9. .... de Oliveira, em 1711 era cc.... (VB.82).

     3 -10. Rosa de Oliveira (ou Rosa da Cunha), já c. 1711, com ...., em 1753, viúva, morava em SP, com a mãe. (VB.82 e VT.2.196).

     3 -11. Isabel de Oliveira Colaço, "já viúva quando residiu em Minas, onde casou as filhas", n. por volta de  1681, SP, onde c. por volta de 1700, com Antonio de Oliveira Setúbal, n. Setúbal, fazendeiro, residiu em Guarulhos, depois em MG, f. 1722, Mogi das Cruzes, f. de Jerônimo Setúbal e Brásia de Oliveira, com:

     4 - 1. Antonio de Oliveira Colaço, n. 1709, solteiro em 1734. (AS.2.174, DP.121, EA.490 e VB.82).

     4 - 2. Maria de Oliveira Sá (ou Maria de Oliveira Colaço), "n. 1710" (seria 1701?), NS da Penha de França, SP, c. 1716, São José, MG, com Domingos Xavier Fernandes, n. 1683, Santiago da Cruz, Braga, Provedor dos quintos do Distrito de Bichinho, atual São Francisco Xavier, MG, já falecidos em 1751, f. de Domingos Rodrigues e Catarina Fernandes, np. de João Fernandes e Esperança Fernam, nm. de Antonio Fernandes Souto e Maria Rodrigues, com 6 filhos, n. São José: (DP.122, EA.489, TC.198, 212, VB.84 e VT.2.197).
- Obs: Diz o Sr. Marcos Lima, por e-mail, que ela nasceu, realmente, em NS da Penha da Lage (hoje Resende Costa), MG, o que muito agradecemos.

     5 - 1. Antonia da Encarnação Xavier, n. Santo Antonio, b. 1721, São José de El-Rei, MG (atual Tiradentes), fci. 1755, no Sítio do Pombal, Santa Rita do Rio Abaixo (hoje Ritápolis), da Vila de São José, deixando também um testamento, juntamente com o marido, de 1751, c. 1738, São José de El-Rei, MG, com Domingos da Silva dos Santos, n. S. André, no Salto, Celorico de Basto, Vila Nova de Frexeiro, comarca de Guimarães, Portugal, dono da Fazenda Pombal e Vereador em S.José, MG, inventariante da esposa, ambos irmãos Terceiros de São Francisco, e também do Santíssimo Sacramento e Almas, f. de André da Silva e Mariana da Motta ou da Matta Silva, ambos de S.A. de Codeçozo, Braga, com 10 ou 11 filhos (um natural, do marido, e um "de criação"): (DP.120, HIMG.65, TC.210/12, VB.88, VT.2.156, 197, Sr. Marcos Lima, e cópia do inventário da esposa, de 1756, com testamento do casal, de 1751, gentilmente enviados pela amiga, genealogista, Jussara Fernandes de Carvalho, de Varginha, MG).
- Obs.: Irmãs do marido: "...
digo Domingos da Silva Santos, de minha terça deixo a minha irmã Thereza da Silva Matta, da dita freguesia de Santo Antônio, e casada com Jerônimo de Andrade, trezentos mil reis, e a minha irmã Luiza da Silva Matta, da mesma freguesia, cincoenta mil reis, e a minha irmã Jeronima da Silva Matta, casada com Manoel de Andrade, da mesma freguesia trinta mil reis, e se algumas destas legatárias não chegar a adir o legado, fique este a seus filhos, ...". (Testamento de 1751).

     6 - 1. Pe. Domingos da Silva Xavier, n. Sta. Rita do Rio Abaixo, capela filial de São João de El-Rei, b. 1738, ordenado no Rio de Janeiro em 1765, muito culto, que em 1775 foi nomeado Vigário da Vara de Pitangui. (VT.2.198).

     6 - 2. Maria Vitória de Jesus Xavier, n. 1742, na Fazenda do Pombal, b. 1742, na capela de São Sebastião do Rio Abaixo, filial de São João de El-Rei, f. 1798, c. 1759, com o Alf. Domingos Gonçalves de Carvalho, n. S.João de Arneja (ou Arnóia), Bastos, Braga, f. de Antonio Gonçalves e Maria Mendes, c.ger. em VB.89 e VT.2.198, entre os quais: (TC.196, 199 e VB.92).

     7 - 1. Guarda Mor Felisberto Gonçalves da Silva Xavier, f. 1865, c. 1802, S.João de El-Rei, com Ana Bernarda da Silveira, n. São João de El-Rei, f. do Cap. Bernardo José Gomes da Silva Flores, português, e Joaquina Bernarda ou Bernardina da Silveira, nm. de Anastácio José de Sousa e Máxima Jesuína da Silveira (esta de Amaro da Silveira e Máxima Nunes Pinto), com 1 filho:

     8 - 1. Antonio Felisberto da Silva Xavier, n. 1804, f. 1845, em sua Fazenda do Campo Limpo, Leopoldina, MG.

     6 - 3. Pe. Antonio da Silva dos Santos, b. 1745, Santa Rita do Rio Abaixo, f. com testamento em 1805, Barbacena, habilitado de genere em 1763, era vigáriio do sítio da Varginha, em Queluz, MG, quando espetaram em um poste um pedaço do corpo de Tiradentes. (TC.196, VB.92, VT.2.200 e colaboração da amiga, genealogista, Avelina Maria de Noronha Almeida).

     6 - 4. Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, Alferes do Regimento de Dragões de Vila Rica, b. 1746, na capela de São Sebastião do Rio Abaixo, filial de São João de El-Rei, MG, herói maior e mártir da Inconfidência Mineira, tendo como padrinho Sebastião Ferreira Leitão, teve relacionamentos, em Vila Rica, com Antonia Maria do Espírito Santo, f. de Antonio da Silva Paes e Maria Josefa e, depois, com Eugênia Francisca ou Eugênia Joaquina da Silva, que viveu 121 anos (talvez irmã, por parte de mãe, de Antonia Maria), f. de Manoel da Silva e Maria Josefa da Silva, gerando: (Maç.104/113, SG.112, TC.183, VB.115 e VT.2.200).
             ''Aos doze dias do mez de Novembro de mil setecentos e quarenta e seis annos, na Capella de São Sebastião do Rio Abaixo, filial desta Parochia de São João d'Rey, o Reverendo Padre João Gonçalves Chaves, capellão da dita Capella, batizou e poz os Santos Oleos a Joaquim, filho legitímo de Domingos da Silva dos Santos, e de Antônia da Encarnação Xavier; foi padrinho Sebastião Ferreira Leitão, e não teve madrinha." (Livro de batismos da Matriz de São João d'El Rei, correspondente aos anos de 1742 a 1746, fls. 151, pesquisa da amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG
). 

     7 - 1. Joaquina Josefa (da 1ª), b. 1786, na "Igreja Matriz de NS do Pilar, Vila Rica do Ouro Preto", em nome do próprio Tiradentes (afilhada do inconfidente, Cap. Domingos de Abreu Vieira), teria vivido, pelo menos até aos 17 anos. (TC.202/5 e VB.115).
             ..."Aos trinta e um dias do mês de agosto de mil, setecentos e oitenta e seis anos, nesta Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar de Vila Rica do Ouro Preto, com licença paroquial, o Padre Pantaleão da Silva Ramos, presbítero  secular, batizou e pôs os Santos Óleos a Joaquina, filha natural de Antônia Maria do Espírito Santo e de pai que diz ser o Alferes Joaquim José da Silva Xavier, todos desta freguesia; foi padrinho o Capitão Domingos de Abreu Vieira, solteiro, morador na Freguesia de Antônio Dias, desta Vila, de que fiz este assento. O Coadjor. Ant. Ribr. A.Azdo." (Descoberta do historiador Waldemar de Almeida Barbosa, gentilmente enviada pelo também historiador Deusdedit Campos, membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais).
 

     7 - 2. João Pereira de Almeida Beltrão (da 2ª companheira), Cabo do Quartel Geral do Indaiá, b. 1787, na mesma Igreja Matriz de NS do Pilar, acima, como filho do Cadete José Pereira de Almeida Beltrão, do mesmo Regimento de Tiradentes, que segundo declarações da mãe ao Cônego Francisco de Assis Garcia e à sua própria família, seria filho de Tiradentes, c. Dores do Indaiá, MG, com Maria Francisca da Silva, "filha de grande fazendeiro da família Álvares da Silva, com muitas propriedades na região", "sobrinha de Januário Garcia, paulista",  c.ger. em TC.190, 212 e VB.115 (complementares). (TC.179).
             Entretanto, vejamos outra descoberta do historiador Waldemar de Almeida Barbosa, que por sua data parece atestar o que foi dito pelo Dr. José Alves de Oliveira, em seu livro sobre a história de Abaeté: "É certo que Tiradentes não teve outros filhos, além de Joaquina ...", tudo isto também gentilmente enviado pelo historiador Deusdedit Campos:
             "Aos 15 do mês de julho de mil, setecentos e oitenta e sete anos, nesta Igreja Matriz de Nossa Senhora do Pilar da Vila de Ouro Preto, batizei e pus os Santos Óleos a João, filho natural que diz ser do Cadete José Pereira de Almeida Beltrão e de Eugênia Joaquina da Silva, solteira; foi padrinho o Tenente Bernardo Pereira Marques, solteiro, todos desta freguesia, de que fiz este assento. O Coadjor. Ant. Ribr. A. Azdo.".

     7 - 3. Brasília, "novinha quando o pai morreu". (TC.181).
              - Obs.: Esta parece ser a mesma Joaquina, citada com o nome errado, a grande maioria dos autores a omite.

     6 - 5. Cap. José da Silva dos Santos, b. 1747 ou 48, São Sebastião do Rio Abaixo, filial de São João de El-Rei, f. 1833, cc. Joaquina Proença Góes e Lara, n. 1763, Vila de São José, MG, f. do Cap. Francisco Pinto Rodrigues, de São José do Rio das Mortes, MG, e Ana Maria Bernardes de Góes e Lara, np. de José Simões, de São Martinho de Pousada, e Maria Rodrigues, de São Salvador de Joane, Vila Nova de Famalicão, nm. do Cap. Pedro Bernardes Caminha, n. Paredes do Rio, comarca de Chaves, e Ângela de Góes, c.ger. em VB.92 e Velhos Troncos Mineiros, Vol. 2, fls. 210. (1.207, SL.4.499, TC.203 e VT.1.109).

     6 - 6. Eufrásia Maria da Assunção Xavier, que foi batizada com o nome de Catarina, n. 1752, S.João de El-Rei, c. 1768, Prados, com Custódio Pereira Pacheco, n. S.Maria de Idães, Braga, f. de Baltazar Pereira e Maria Pacheco, com pelo menos: (TC.196, 199, VB.95 e VT.2.212).
- Obs.: No testamento dos pais, em 1751, é citada uma filha de nome Eufrásia, que no entanto não é citada no inventário da mãe em 1756. (Jussara).

     7 - 1. Pe. José da Silva Xavier.

     7 - 2. Pe. Antonio Dantas (hipótese), este pode ser o mesmo Pe. Antonio Rodrigues Dantas, abaixo. (TC.196, 199 e VT.3.182).

     6 - 7. Antonia Francisca Xavier (vide nota no item 6-8), cc. Amador da Silva Godinho, pais de pelo menos: (TC.196).

     7 - 1. Perpétua da Silva Xavier, cc. João da Silva Braga, f. de Antonio da Silva e Luíza Gonçalves, com:
              - Obs.: Note que o nome do falecido marido de D. Inácia Gertrudes de Almeida, que tentou ajudar Tiradentes no Rio, era Francisco da Silva Braga. (A.5.552).

     8 - 1. Sarg. José da Silva Braga, das Ordenanças de Santo Antonio do Rio das Mortes Pequeno, MG, c. 1823, com Maria Umbelina de São José, f. do Guarda-Mor João Correia de Carvalho e Ana Matildes de Jesus. (Ef.1.43).

     8 - 2. Maria Gertrudes, menor em 1802.

     8 - 3. Domingos Antonio da Silva, menor em 1802.

     8 - 4. Antonio da Silva Braga, menor em 1802.

     6 - 8. Antonia Rita de Jesus Xavier, n. 1753 ou 54, S.João de El-Rei, f. com testamento em 1813, Queluz, MG, c. 1769, com o Cap. Francisco José Ferreira de Souza, n. S.Salvador do Monte, Porto, f. com testamento em 1799, Queluz, f. de Carlos Ferreira de Souza e Rosa de Azevedo, com filhos nascidos na Fazenda do Piauí, entre os quais: (TC.196, VB.95 e VT.2.213).
- Obs.: 1) Alguns autores entendem que este seria o seu 3º marido, os dois primeiros seriam os que, na verdade, casaram com as suas duas filhas, abaixo. 2) Por outro lado, o inventário da mãe, em 1756, tem apenas uma filha Antonia, com 1 ano em 1755, logo, esta poderia ser a mesma Antonia Francisca Xavier, cc. Amador da Silva Godinho, c.ger. no item 6-7, anterior, em outro casamento. (Inventário). 

     7 - 1. Antonia Rita de Jesus Xavier, n. 1788, f. com testamento em 1872, na Fazenda do Curtume, Santo Amaro, MG, c. 1ª vez, 1807, com Eduardo Ferreira da Fonseca, f. de João Ferreira da Fonseca e, 2ª, com o Tenente Coronel Manuel Rodrigues Chaves (inventariante da esposa), viúvo de Teresa Maria de Jesus Xavier, s.ger. deste, e com 8 filhos do 1º marido que estão em JR.1.12-2, VB.96 e VT.2.244, entre eles: (JR.2.112).

     8 - 1. Maria Rita de Jesus Xavier, cc. seu primo, o Tenente Francisco Rodrigues Chaves, n. 1814, f. do Ten. Cel. Manuel Rodrigues Chaves e Teresa Maria de Jesus Xavier, c.ger. em VT.2.271. (VB.96 e VT.2.266).

     8 - 2. Alf. José Ferreira da Fonseca, n. Queluz, cc. sua prima Maria Teresa Rodrigues de Jesus Chaves, irmã do Ten. Francisco Rodrigues Chaves, do 8-1, c.ger. em VT.2.286. (VB.96 e VT.2.265).

     7 - 2. Teresa Maria de Jesus Xavier, n. 1790, c. 1811, o Ten. Cel. Manoel Rodrigues Chaves, f. de André Rodrigues Chaves e Gertrudes Joaquina da Silva, c.ger. em VB.97 e VT.2.266.

      7 - 3. Cap. José Ferreira de Sousa, n. Santo Amaro, que em 1812 recebeu da mãe a escritura da Fazenda Piauí, parte por compra e parte da legítima do pai, c. 1ª vez com Vicência Joaquina da Silva e, 2ª, com Maria Jacinta de Camargo, c.ger. em Velhos Troncos Mineiros, Vol. 2, fls. 301. (JR.1.66).

      7 - 4. Manuel Ferreira de Sousa, vendeu para o irmão José Ferreira de Sousa, anterior, a sua parte da Fazenda Piauí. (JR.1.66 e VT.2.313).

      7 - 5. Francisca Maria de Jesus, c. 1798, na ermida de NS do Curtume, pelo capelão de Santo Amaro, MG, com Joaquim José de Andrade, n. de Prados, MG, f. do Cap. José Cjrosóstomo de Magalhães (ou João Chrisóstomo de Magalhães) e Bárbara Maria Dias, c.ger. em VT.2.215. (JR.6.1.13).

      7 - 6. Maria Josefa de Jesus Xavier, n. 1731, Lagoa Dourada, c. 1800, na ermida de NS do Curtume, com José Rodrigues Chaves, n. Santana do Barroso, Barbacena, MG, f. do Cap. Antero Rodrigues Chaves ou André Rodrigues Chaves, n. Chaves, Portugal, e Gertrudes Joaquina da Silva, de Santana do Barroso, com filhos nascidos na Fazenda das Laranjeiras, em Lagoa Dourada, que estão em "Velhos Troncos Mineiros", Vol. 2, fls. 242. (JR.6.1.14).

      6 - 9. Clara, filha natural, de Domingos da Silva Santos, havida antes do casamento. (VB.88).

      6 -10. Ana Vitória de Jesus, Ana Ferreira ou Ana Francisca da Silva, "filha de criação", acolhida e apadrinhada pelo casal. (VB.88/9).

     5 - 2. Rita de Jesus Xavier, cc. José Veloso do Carmo, n. Sampaio da Ponte do Prado, Braga, f. com testamento em 1756, f. de João Veloso e Maria Francisca, com pelo menos: (DP.122, TC.205, VB.84, VT.2.155, 197 e 314).
- Obs.: Provável parente, com o mesmo nome: José Veloso do Carmo, português, n. 1716, na Freguesia de São Miguel de Troços, Comarca de Braga, rico e poderoso, ocupava o posto de Capitão de Ordenanças de cavalos, dos subúrbios de Vila Rica, por carta patente do Conde de Bobadela, desde 1763. Em 1766 alcançou também o posto de Capitão da Cavalaria Ligeira Auxiliar do distrito de Trupuí e parte de Vila Rica, pertencente ao Regimento de Minas. Em 1766 foi também agraciado com a mercê do Hábito da Ordem de Cristo. Tinha sesmaria, que foi demarcada em 1758 e 1773, e era primo direto do Dr. Antônio José Veloso. Faleceu após 4.03.1777, data do desfecho de longo processo, que lhe moveram Manoel Lopes da Cruz e sua mulher. (Pesquisa gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Joberto Miranda Rodrigues, de Governador Valadares, MG).

     6 - 1. Frei José Mariano da Conceição Veloso (José Veloso do Carmo), b. 1741, Tiradentes, MG, f. 1811, RJ.

     6 - 2. Josefa da Conceição Veloso.

     6 - 3. Ifigênia da Conceição ou de Jesus Veloso, b. Arraial do Bixinho, f. com testamento em solt. 1816.

     6 - 4. Antonio Veloso Xavier.

     5 - 3. Catarina de Assunção Xavier, n. 1719, Tiradentes, MG, f. com testamento em 1802 ou 12, Prados, MG, c. 1736, São José de El-Rei, ou Prados, MG, com o primo-irmão do seu pai, o Cap. Bernardo Rodrigues Dantas, n. 1694, Santa Maria de Sá, Ponte de Lima, Viana do Castelo, f. 1773, Prados, f. de Pascoal Rodrigues e Paula Rodrigues, np. de João Fernandes e Esperança Fernandes, nm de Antonio Fernandes Souto e maria Rodrigues, todos naturais de Santa Maria de Sá, com 12 filhos: (EA.488, TC.198, VB.85, VT.2.197 e 314)

     6 - 1. Pe. Manoel Rodrigues Dantas, b. 1742, Prados, habilitado de genere em 1761, f. 1785.

     6 - 2. Maria do Sacramento Rodrigues (ou Maria do Sacramento Dantas), b. 1737, MG, c. 1760, com Antonio Veloso do Carmo, n. San Paio de Merelim, couto de Tibães, arcebispado de Braga, f. com testamento em 1776, Arraial do Bixinho, Vila de S.José, f. de Manuel Coelho e Antonia Veloso, com 8 filhos, entre eles:

     7 - 1. Pe. Manuel Veloso Dantas, de Prados, MG, n. Vila de São José 1763, habilitado de genere 1797. (VB.86 e VT.2.314).

     7 - 2. José Velloso do Carmo, n. Prados, MG, f. Conselheiro Lafaiete, MG, onde c. 1798, com Silvéria Senhorinha de São José, b. 1780, na mesma cidade, f. de Luiz de Almeida e Páscoa Maria de Jesus, np. de Brás Ferreira e Antonia de Almeida, nm. de Jerônimo da costa Guimarães e Damiana de São José, com pelo menos 5 filhos: José Velloso do Carmo, b. 1798, Joaquim Velloso do Carmo, b. 1802, Antonio Velloso do Carmo, b. 1804, Anna de São José, b. 1810, Claudina Velloso, b. 1813, todos em Conselheiro Lafaiete. (FS).

     7 - 3. Licenciado Francisco Veloso do Carmo, c. 1799, S.José, Prados, com Joaquina Florinda Jesuína de Jesus, f. de Antonio José Lopes da Cruz e Maria Rosa de Jesus, n. Prados, c.ger. em VT.2.315. (VB.86).

     6 - 3. Ana de Assunção (ou Ana de Jesus Xavier), f. solt.

     6 - 4. Rosa Felícia de Jesus, n. Prados, f. com testamento em 1800, onde cc. José Gonçalves Montes, n. Portugal, f. de Pedro Gonçalves Poça e Maria Luísa Montes ou do Monte, np. de João Gonçalves da Poça e Maria Dias, nm. de Estêvao Luiz e Maria Domingues, com 5 filhos: Antonio Rodrigues Dantas, Rosa Maria Montes, Severino José Montes, e ainda: (EA.487 e VB.86).

     7 - 1. Maria Rosa Montes, cc. Inácio da Costa Dornelas. (VB.87).

    7 - 2. Bernardo José Gonçalves Montes, n. por volta de  1783, Prados, cc. Maria Antonia Coelho, n. por volta de  1803, talvez em Prados, f. de Antonio Francisco Teixeira Coelho, Barão da Ponta do Morro, e ...., np. do Ten. Antonio José Dias Coelho, n. Portugal, e Maria Inácia Policena da Silveira Bueno, n. SJ. de El-Rei (em Portes de El-Rei), c.ger. no livro "Encontro com os Ancestrais", de Pedro Wilson Carrano de Albuquerque, fls. 486.

     6 - 5. Paula Maria de Assunção, b. 1749, Prados, onde f. 1831, c. 1774, Prados, MG, com João Gonçalves Montes, n. Portugal, f. 1799, Prados, f. de Pedro Gonçalves Poça e Maria Luiz Montes, c.ger. na árvore de costados do renomado historiador e genealogista, Dario Cardoso Vale, 7ª Geração, neste site.

     6 - 6. Helena Cândida Xavier, Helena Maria Xavier ou Helena de Assunção Xavier, f. antes de 1829, cc....., teve: Ermelinda, João, Joaquim e Maria.

     6 - 7. Bernardo Rodrigues Dantas, b. 1753, cc. Helena Maria de Santana.

     6 - 8. Domingos Rodrigues Dantas, b. 1756 ou 58, cc. Ana Joaquina de Souza.

     6 - 9. Guarda Mor João Rodrigues Dantas, b. 1760, f. com testamento em 1829, solteiro.

     6 -10. Pe. Antonio Rodrigues Dantas, b. 1738 ou 40, Prados, ordenado em 1763, São Paulo, foi Reitor do Seminário de Mariana, MG, e professor de gramática latina em Lisboa. (VB.85 e VT.2.315).

     6 -11. José Rodrigues Dantas, b. 1756, f. com testamento em 1827, solteiro, s.ger.

    6 -12. Maria Emerenciana de Santana Rodrigues Dantas, n. MG, onde cc. o Cap. Martinho de Faria Moreira, b. 1756, f. de outro do mesmo nome e Luiza Garcia Fontoura, c.ger. em Raposos Tavares. (FS, VB.87 e VT.2.316).

     5 - 4. Maria Josefa da Conceição Xavier, c. 1735, com o Cap. José Ferreira de Souza, n. S.João da Foz, f. de Inácio Ferreira de Sá, de São Silvestre de Reguião, e Izabel de Oliveira e Souza, de S.João da Foz, com 1 filho: (VB.88 e VT.2.197 e 316).

     6 - 1. Pe. José Ferreira de Souza, b. 1741, S.José, habilitado de genere em 1765. (VB.88).

     5 - 5. Josefa Maria da Conceição Xavier, cc. Martinho Lourenço Ferreira, talvez pais de: (A.2.86, TC.205, VB.88, VT.2.197 e 316).

     6 - 1. Cap. José Lourenço Ferreira, das Ordenanças de Igreja Nova, MG. (A.2.86).

     4 - 3. Rosa de Oliveira Colaço, n. 1711, São Paulo, f. por volta de 1757, c. por volta de 1725, MG, com Manoel Pereira de Magalhães, n. Portugal, Cap. de Cavalos em Aiuruoca, MG, f. 1785, Mogi das Cruzes, c.ger. em VB.125, entre os quais: (SL.5.326 e VT.2.197).

     5 - 1. José Pereira de Magalhães, n. por volta de  1733, c. 1ª vez, Cabo Verde, MG, com Maria Antonia e, 2ª, com Leonor de Siqueira Gaia (omitida em Gaias), n. Gouveia, Vila do Príncipe, MG, f. de João Gonçalves de Almeida e Maria de Almeida, com 2 filhos: (SL.8.412, VB.77 e 129).

     6 - 1. Ten. Cel. Antonio Joaquim Pereira de Magalhães, b. 1784, Cabo Verde, MG, c. 1808, Caeté, com Maria Joaquina Feliciana, n. 1796, f. 1852, f. do Alf. Braz da Silva Lopes e Ana Vitória do Bom Sucesso, foram os bisavós maternos do renomado sanitarista Vital Brasil, c.ger. em VB.130.

     6 - 2. Ana Joaquina Pereira de Magalhães, b. 1787, São Gonçalo do Sapucaí, Campanha, MG, cc. Boaventura Gonçalves de Brito, b. 1773, Aiuruoca, MG, f. de Amaro Gonçalves Chaves e Luiza Tereza de Brito. (VB.129).

     5 - 2. Manoel Pereira de Magalhães, n. por volta de  1734, c. 1763, São Paulo, com Helena Teresa da Encarnação (ou Helena Teresa Rodrigues Fróes), f. do Cap. Marcelino Correia de Matos e Maria Rodrigues Fróes, com 6 filhos, solteiros, Ana Gertrudes, Ana de Santana, Escolástica, Isaias Pereira Fróes, Rafael Pereira Fróes, Cecília, omitidos em SL, e 2 casados: (SL.5.21, 326 e VB.126).

     6 - 1. Firmiano Pereira Fróes, c. 1ª vez, 1790, Mogi das Cruzes, com Leonor Franco de Camargo, viúva de Manoel Gonçalves de Melo, f. de Pedro Franco de Camargo e Francisca Josefa de Almeida e, 2ª, 1808, na mesma cidade, com Eleodora Maria Franco, com 1 filho, da 1ª: Manoel.

     6 - 2. Miguel Pereira Fróes, c. 1794, Guaratinguetá, com Maria Isabel Jacinta, f. do Guarda-Mor Inácio José Ferreira, de Portugal, e Maria Madalena de Jesus, de São Paulo, c.ger. em Vieiras Maias. (SL.5.21, 326 e VB.126).

     4 - 4. Ângela de Oliveira Colaço, n. 1712, c. 1741, com Antonio Cabral de Ornelas, n. 1713, f. 1794, na Conceição de Guarulhos, f. de Tomé Cabral de Ornelas e Maria de Sousa Dias, np. de Manuel Cabral de Melo e Catarina de Ornelas, naturais de Angra, Ilha 3ª, s.ger. (SL.5.326, 7.11 e VB.83).

     4 - 5. Francisco de Oliveira Colaço, n. 1714, solteiro em 1734.

     4 - 6. Bernarda de Oliveira, n. 1716, cc. Sebastião dos Santos.

     4 - 7. José de Oliveira Colaço, n. 1717, solteiro em 1734.

     4 - 8. Manoel de Oliveira Colaço, n. 1718, c. 1762, Mogi das Cruzes, com Maria da Assunção, f. de Gaspar de Oliveira, n. Calhetas, Ilha de São Miguel, e Margarida Correia Carassa, de SP (em Garcias Velhos). (SL.5.325, VB.83 e VT.2.197).

     4 - 9. Joana de Oliveira, n. 1719, solt. em 1734. (VB.84). 

                De Catarina de Siqueira, pelo menos: 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Isabel de Siqueira, n. por volta de  1659, Santos, f. antes de 1708, c. por volta de 1679, Santos, com Miguel Lopes de Carvalho, n. por volta de  1654, Portugal, f. do Cap. Mor Luiz Lopes de Carvalho, n. por volta de  1623, Vimieiro, Évora, f. 1711, Rio, e Catarina de Figueiredo, n. Mora, Évora, com: (CR.2.427).

     3 - 1. Bartolomeu Lopes de Carvalho, n. por volta de  1680, Rio, f. antes de 1751, c. 1ª vez, Rio, 1708, com Cecília Maria Barbosa, b. 1681, Rio, onde f. 1709, f. de Jacinto Lobo Pereira de Magalhães e Maria Barbosa e, 2ª, 1711, Rio, com Maria do Ó, n. por volta de  1691, f. de Manuel Correia Cabral e Tomásia de Lima, teve: (CR.2.186 e 427).
                  Da 1ª mulher:

     4 - 1. Lic. Dr. Luiz Lopes de Carvalho Frazão, n. por volta de  1703, São Gonçalo, RJ, c. 1728, Rio, com sua parenta Bárbara Maria de Souza, n. por volta de  1708, Merití, RJ, f. 1729, Rio, f. de Pedro Homem de Menezes e Maria Rendon e Luna, c.ger. em Rendons. (CR.2.186/7).

     4 - 2. Catarina, b. 1705, Rio.

     4 - 3. Lic. Inácio Lopes de Carvalho Frazão, n. por volta de  1707, S.Gonçalo, RJ, c. 1735, Rio, com Francisca da Silva Mendes de Leão, viúva do Cap. João Crispim Arson, com: (CR.2.188).

     5 - 1. José Leão de Carvalho Frazão, n. por volta de  1743, Itaipu, RJ, c. 1773, Rio, com Antonia Maria Ana de Gusmão, n. por volta de  1753, Maricá, RJ, f. do Alf. Jácome Martins Pereira e Maria Xavier da Conceição.

                  Da 2ª mulher:

     4 - 4. Miguel Lopes de Carvalho, n. por volta de 1712, São Gonçalo, RJ, c. 1746, Rio, com Josefa Rosa de Menezes, n. por volta de  1725, Rio.

    4 - 5. Ajudante José Lopes de Carvalho, n. por volta de  1717, São Gonçalo, c. 1751, Rio, com Maria Bárbara de Souza, n. por volta de  1729, Rio, f. do Cap. Manoel de Araujo Elgueta e Florência de Jesus Maria, c.ger. em Garcês Barretos. (CR.1.129 e 2.428).

                                                   CAPÍTULO 4º 

     1 - 4. Diogo de Oliveira. (PP.129 e SL.8.535).

                                                   Parágrafo 1º 

     2 - 1. .... (cc. .... de Aguirre?).

     3 - 1. Martinho de Oliveira Leitão (hipótese), n. Santos, que Taques mandou para este Título, mas que também pode ser dos outros Capítulos, c. 1695, com Apolônia de Araujo, f. de Pedro Taques de Almeida e Ângela de Siqueira, n. SP, b. 1648, nm. do Cap. Luiz Pedroso de Barros e Leonor de Siqueira Góes e Araujo, n. Bahia (em Laras), s.ger., entretanto adotaram: (1.158, 3.211/12, GS.70, 235 e SL.4.264).
- Obs.: "Pertencia a uma família de que fazia parte Inês de Andrade de Oliveira Leitão, cc. Diogo Correia Marzagão, neto, ela sobrinha do MC. João Aires de Oliveira Aguirre, n. RJ" (em Aguirres).

     4 - 1. Rita Maria de Araujo (f. do Alf. Inácio da Costa Siqueira e Sebastiana Pedroso), c. Santos, 1737, com Domingos Moreira, n. São Tiago da Carreira, Porto, f. de Miguel Moreira e Ana Maria, ambos do Porto, com 5 filhos, n. Santos:

     5 - 1. Fr. José Brás de Santana, carmelita calçado RJ. (3.212).

     5 - 2. Maria Francisca

     5 - 3. Ana Leonisa.

     5 - 4. Antonio Francisco Moreira, foi para Coimbra em 1767.

     5 - 5. Rita Silvéria ou Rita Silveira. (3.212). 

                                                   Parágrafo 2º 

     2 - 2. Francisco de Oliveira Leitão (hipótese), cujos ascendentes não conseguimos encontrar, cc. Maria dos Santos e Silva, pais de pelo menos: (CR.2.181, 512 e 632).

     3 - 1. Sebastiana da Silva Pereira, n. por volta de  1663, Porto, f. Rio, 1745, cc. o lic. João da Mota Leite, f. de João da Mota Leite, n. por volta de  1622, Portugal, e Maria Mendes, n. por volta de  1632, c.ger. em CR.2.630.

     3 - 2. Úrsula da Silva, n. por volta de  1668, c. 1ª vez 1688, com João Franco Viegas (viúvo de Bernarda Luiz de Oliveira - em Oliveiras Gagos), n. por volta de  1640, Espírito Santo de Portel, Évora, Alentejo, f. Rio, 1694, ex-morador de SP, f. de Lourenço Franco Viegas e Úrsula Godinho (ou Francisca Coitado) e, 2ª, com George Mainarth, n. por volta de  1664, Porto, f. de Walter Mainarth e Leonor Mainarth da Silva, teve do 1º marido: (CR.2.181 e 512).
- Obs.: Vide Mainardi, em SL.2.430 (Tít. Lemes).

     4 - 1. Úrsula Viegas da Silva, b. Rio, 1689. (EA.495).

     3 - 3. Ângela da Silva Pereira, n. por volta de  1673, f. Rio, 1734, onde c. 1693, com o Sarg. Mor e licenciado Luiz da Mota Leite, n. por volta de  1663, Amarante, f. antes de 1726, irmão do lic. João da Mota Leite, do 3-1, c.ger. em CR.2.632.

     3 - 4. Francisco de Oliveira Leitão, b. Rio, 1669, onde f. 1744, c. 1694, com Mecia Rider, n. por volta de  1676, Santos, SP, f. Rio, 1711, f. do Cap. Antonio Rider e Mecia de Pina, n. Vila Nova de Portimão, Algarves, nm. Francisco Luiz de Pina e Francisca Fernandes, c.ger. que não descobrimos. (CR.3.121).

                                                    ENCAIXAR 

   ? 3 -  . Marcelino Leitão de Oliveira, sertanista de SP, que tomou parte nas campanhas do Norte brasileiro, contra os índios bravos, em 1699 (Vide Portes de El-Rei). (DB.278).

                                                        - o -

      3 -   . Domingos de Oliveira Leitão, cc. Tereza Correa de Siqueira, pais de: (FS).

     4 - 1. Luiz Correa de Oliveira, n. São Paulo, c. 1799, NS dos Prazeres, Itapetininga, SP, com Anna Rodrigues da Silva, n. desta cidade, f. de Anna Furquim (em Furquins). (FS).

                                                        - o -

     6 -  . Salvador Domingues de Siqueira Leitão, cc. Rita Bueno de Godoy, com pelo menos: Antonio de Siqueira, b. 1854, Anna de Siqueira, b. 1860, ambos em NS do Rosário, Serra Negra, e ainda: (FS).

     7 - 1. Maria Domingues de Siqueira, b. 1845, NS do Rosário, Serra Negra, onde c. 1859, com Joaquim de Sousa de Godoy, f. de Cipriano de Sousa de Moraes e Maria Franca de Godoy. (FS).

     7 - 2. José Domingues de Siqueira Leitão, b. 1848, NS do Rosário, Serra Negra, onde c. 1868, com Genoveva de Sousa Leitão, f. de Raimundo de Sousa de Moraes e Dionísia Bueno. (FS).

     7 - 3. Joaquim Leitão de Godoy (no batismo, Joaquim de Siqueira), b. 1857, NS do Rosário, Serra Negra, onde c. 1887, com Rita Bueno de Godoy, f. de José Domingues de Siqueira Leitão e Genoveva de Sousa de Moraes.  (FS).

 

Nota nº 1:

O Titulo "Oliveiras", em SL.8.483, engloba os "Oliveiras Gagos" e os "Oliveiras Leitões" de Taques, entretanto, conforme estudos de Américo de Moura, que os sobrenomes dos descendentes e as datas conhecidas parecem confirmar, haveriam incorreções nas primeiras gerações do Título, que, neste Título, devem ter sido conforme acima.

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,     Tiradentes,     Batch Numbers,     Bibliografia e códigos