GENEALOGIA BRASILEIRA
Estado de São Paulo - Os Títulos Perdidos

 

                                                              Lênio Luiz Richa (lenioricha@yahoo.com.br)

 

 

                                                VIEIRAS MAIAS 

 

          - Cap. Antonio Vieira da Maia, n. Guimarães, f. 1674, Taubaté, juiz de órfãos em 1658, f. do Cap. Pedro Vieira da Maia e Beatriz Lopes, c. 1ª vez com Izabel da Cunha, f. 1641, Taubaté, f. de Henrique da Cunha Gago, o moço, e Maria de Freitas (em Freitas) e, 2ª, 1642, São Paulo, com Maria Cardoso Cabral, f. de Manoel da Costa Cabral, n. da Ilha de São Miguel, e Francisca Cardoso, n. Mogi das Cruzes (em Vaz Guedes), e teve: (2.60, 3.227, SL.5.7 e 7.348).
- Obs.: Veja também a Nota nº 2, no rodapé da página.
                                     Da 1ª mulher 3 filhos:

                             João ou Manoel Vieira da Maia ........................ Cap. 1º

                             Mateus Vieira da Cunha ................................. Cap. 2º

                             Henrique Vieira da Cunha ............................... Cap. 3º

                                     Da 2ª mulher 5 filhos:

                             Maria Vieira da Maia ou Cardoso ...................... Cap. 4º

                             Domingos Vieira Cardoso, Carvalho ou da Maia .. Cap. 5º

                             Antonio Vieira da Maia ................................... Cap. 6º

                             Paulo Vieira da Maia ...................................... Cap. 7º

                             Jerônimo Vieira da Maia ................................. Cap. 8º

 

                                                 CAPÍTULO 1º 

     1 - 1. João Vieira da Maia (ou Manoel Vieira da Maia), n. 1635, andou pelo sertão e f. 1684, Taubaté, onde foi cc. Catarina Rodrigues, com 7 filhos: (SL.5.7). 

                                                 Parágrafo 1º 

     2 - 1. Joana de Brito, cc. Bartolomeu Garcia. (SL.5.7). 

                                                 Parágrafo 2º 

     2 - 2. Antonio Vieira da Maia, tinha 18 anos em 1684. (SL.5.7). 

                                                 Parágrafo 3º 

     2 - 3. Maria. (SL.5.7). 

                                                 Parágrafo 4º 

     2 - 4. Izabel Vieira da Maia.  (SL.5.7). 

                                                 Parágrafo 5º 

     2 - 5. Messia. (SL.5.7). 

                                                 Parágrafo 6º 

     2 - 6. Pedro Rodrigues da Maia, c. 1ª vez com Francisca do Prado, f. do Cap. Salvador Gil de Siqueira e Marina de Chaves, e teve pelo menos 4 filhos: (SL.3.45, 5.7 e 8.88).

     3 - 1. Pedro Rodrigues da Maia, n. São João de El-Rei, MG, c. 1765, Guaratinguetá, SP, com sua parenta Úrsula Maria, f. de Francisco de Moura Ferreira e Catarina de Almeida Lima (em Moreiras Castilhos), nm. de Antonio Raposo Barbosa e Maria da Luz de Lima do Prado. (FS, SL.3.45 e 5.8).

     3 - 2. Marinha Leme de Chaves (ou Maria Leme das Chagas), cc. Estêvão Raposo Barbosa, n. Atibaia, f. Guaratinguetá, 1774, f. de Antonio Raposo Barbosa e Maria da Luz de Lima do Prado, acima, com 12 filhos em SL.3.41, entre os quais: (FS e SL.5.8).

     4 - 1. Pedro Rodrigues da Maia, n. Guaratinguetá, onde c. 1763, na igreja de Santo Antonio, com Margarida Francisca de Moura Ferreira, n. da mesma cidade, f. de Francisco de Moura Ferreira e Catarina de Almeida Lima, com 9 filhos em SL.3.41, entre os quais: (FS).

     5 - 1. Maria de Moura, c. 1783, Guaratinguetá, com Laurindo Moreira de Toledo (1ª esposa), f. de Theobaldo Moreira de Toledo e Francisca Barbosa Leme (em Toledos Pizas). (FS e SL.3.41).

     5 - 2. Catarina de Moura (truncado em SL), n. Guaratinguetá, onde c. 1794, na igreja de Santo Antonio, com Antonio Rodrigues da Fonseca, f. de Salvador Fernandes de Siqueira e Matilde de Moraes. (FS e SL.3.41).

     5 - 3. Úrsula de Moura (truncado em SL), n. Guaratinguetá, onde c. 1810, na igreja de Santo Antonio, com Domingos da Silva Ramos, n. da mesma cidade, morador em Paraíba Nova, f. de João da Silva Ramos e Ana Maria de Jesus do Prado. (FS e SL.3.41).

     5 - 4. Ana de Moura Ferreira (truncado em SL), n. Guaratinguetá, onde c. 1798, na igreja de Santo Antonio, com Francisco Alves Machado (ou Francisco Álvares Machado), n. Guaratinguetá, morador em Paraíba, f. de José Álvares Machado e Ana Pedroso Rangel, nm. de André Francisco Machado e Guiomar Pacheco. (FS e SL.3.41).

     5 - 5. Bernardo da Silva ou Leonardo da Silva Barbosa (truncado em SL), n. Guaratinguetá, onde c. 1810, na igreja de Santo Antonio, com Maria Antonia de Jesus da Costa, n. da mesma cidade, f. de Francisco da Costa e Ana Margarida, de Guaratinguetá. (FS e SL.3.41).

      3 - 3. Sebastião Machado Barbosa, cc. Andreza Ferreira de Castilho, f. de José Ferreira de Castilho e Martha de Miranda Antunes (em Fernandes), com pelo menos 4 filhos: (FS e SL.3.42).

     4 - 1. Maria de Lima Barbosa, c. 1765, Guaratinguetá, com Antonio Fernandes Catharino, de Vizeu, f. de Antonio Fernandes, n. Viseu, e Ana de Andrade, n. Guaratinguetá. (FS e SL.3.43).

     4 - 2. José Álvares Machado, c. 1766, Guaratinguetá, com Anna Pedroso Rangel, f. de André Francisco Machado e Guiomar Pacheco, com 2 filhos em SL.3.43, teve pelo menos 7: (FS).

     5 - 1. José Alves Ferreira, c. 1792, Guaratinguetá, com Anna Moreira, n. Taubaté, f. de João Fernandes da Cunha, n. Lisboa, e Quitéria de Jesus de Arruda Leme (em Moreiras Castilhos), nm. de João Barreto Leme (ou João de Arruda Leme) e Anna Moreira, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (FS e SL.3.12 e 43)

     6 - 1. Maria Madalena de Jesus Moreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1810, Santo Antonio, com Manoel Nunes Barbosa, n. da mesma cidade, f. de Joaquim Pinto Ribeiro e Rosa da Silva Barbosa. (FS).

     6 - 2. José Moreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1822, Santo Antonio, com sua prima, Albina de Moura Ferreira, n. da mesma cidade, f. de Francisco Álvares Machado e Ana de Moura Ferreira, adiante. (FS).

     6 - 3. Ana Joaquina de Jesus Moreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1823, Santo Antonio, com José Mariano de Sousa, n. da mesma cidade, f. de José Francisco de Sousa e Francisca Leme de Jesus. (FS).

     6 - 4. Francisco Alves Moreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1837, Santo Antonio, com Inês Maria da Conceição Raposo Barbosa, n. da mesma cidade, f. de Antonio Raposo Barbosa e Maria Joaquina de Araujo. (FS).

     6 - 5. Teodora Maria de Jesus Moreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1834, Santo Antonio, com Laurindo Moreira de Toledo, n. da mesma cidade, f. de Teobaldo Moreira de Toledo e Francisca Barbosa Leme (em Toledos Pizas). (FS).

     6 - 6. Antonia Alves de Miranda, n. Guaratinguetá, onde c. 1840, Santo Antonio, com Moisés Aarão de Oliveira, n. da mesma cidade, f. de Antonio Joaquim Raposo e Maria Joaquina da Conceição, de Guaratinguetá. (FS).

     6 - 7. João Breve Alves Ferreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1840, Santo Antonio, com Gertrudes Maria de Jesus da Silva Moreira, n. da mesma cidade, f. de Francisco da Silva Moreira e Maria Joaquina dos Anjos Teixeira. (FS).

     5 - 2. Francisco Álvares Machado, n. Guaratinguetá, onde c. 1798, Santo Antonio, com Ana de Moura Ferreira, n. da mesma cidade, f. de Pedro Rodrigues da Maia e Margarida Francisca de Moura Ferreira, com pelo menos: (FS).

     6 - 1. Albina de Moura Ferreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1822, Santo Antonio, com seu primo, José Moreira, n. da mesma cidade, f. de José Alves Ferreira e Anna Moreira, acima. (FS).

     5 - 3. Anna Francisca Rangel, c. 1798, Guaratinguetá, com Manoel Antonio de Figueiredo, f. de outro do mesmo nome e Violante de Siqueira, de Pindamonhangaba. (FS e SL.3.43).

     5 - 4. Maria Joaquina Rangel, n. Guaratinguetá, onde c. 1797, Santo Antonio, com Antonio Vieira da Silva, n. da mesma cidade, f. de Bento Vieira Machado e Francisca Maria de Jesus do Rego Paes. (FS).

     5 - 5. Joaquim Alves Ferreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1ª vez, 1808, Santo Antonio, com Rita Maria de Viveiros, n. Cunha, SP, f. de Antonio Lopes Figueira e Bárbara Maria de Viveiros (em Machados Fagundes) e, 2ª, com Francisca Antonia de Jesus de Moraes, n. Guaratinguetá, f. de Estolano Antonio de Moraes, f. 1797, Guaratinguetá, e Josefa da Silveira, np. de Antonio Francisco de Oliveira, n. Mogi Guaçu, e Francisca de Jesus Maria (por esta neto de Francisco Pires Monteiro e Francisco do Rosário das Chagas), nm. de Mathias da Silveira Goulart, n. Ilha do Faial, f. 1775, Guaratinguetá, e Anna de Carvalho da Silva. (FS e SL.3.59).

     5 - 6. Josefa de Miranda Rangel, n. Guaratinguetá, onde c. 1806, Santo Antonio, com Miguel Luiz Pereira, n. Lavras do Funil, MG, f. de Miguel Rodrigues da Fonseca e Inácia Maria da Conceição. (FS).

     5 - 7. Manoel José Álvares, n. Guaratinguetá, onde c. 1813, Santo Antonio, com Maria Angélica do Carmo de Sousa, n. da mesma cidade, f. de José Francisco de Sousa e Francisca Leme de Jesus. (FS).

     4 - 3. Antonio Álvares Barbosa, c. 1767, Guaratinguetá, com Margarida da Silva, f. de Paschoal da Silva Leme e Maria da Silva Tavares, com 2 filhos em SL, teve pelo menos 3:

     5 - 1. João Álvares Ferreira, n. Guaratinguetá, onde c. 1794, Santo Antonio, com Theresa Maria de Jesus Vieira Machado, n. da mesma cidade, f. de Bento Vieira Machado e Francisca Maria de Jesus do Rego, np. de Manoel Vieira Jácome e Maria Nunes da Conceição, nm. de João do Rego Paes e Pauliana da Silva Rosa, de Taubaté. (FS e SL.3.43).

     5 - 2. Maria Theresa do Nascimento Álvares Barbosa, n. Guaratinguetá, onde c. 1796, Santo Antonio, com José Damasceno Barbosa, n. da mesma cidade, f. de Roque Bicudo da Silva e Maria Barbosa de Lima (em Cubas). (FS, SL.3.43 e 49).

     5 - 3. Ana Álvares Barbosa (não relacionada por SL), n. Guaratinguetá, onde c. 1798, Santo Antonio, com Antonio Rodrigues Chaves, n. da mesma cidade, f. de João Rodrigues Chaves e Ana Ferreira. (FS).

     4 - 4. Martha de Miranda, c. 1762, Guaratinguetá, com seu primo, José Barreto Leme (viúvo de Anna Cordeiro de Senne, c.ger. em Góes Mendonças), f. do Cap. Pedro Leme do Prado e Francisca de Arruda Cabral. (FS, SL.3.12 e 43).

     3 - 4. Maria da Silva Leme, n. São João de El-Rei (ou Guaratinguetá, SP), cc. André da Silva, n. Pindamonhangaba, f. de Lourenço da Silva Tourinho, do RJ, e Maria Fragoso de Melo, de Taubaté, com: (FS e SL.5.8).

     4 - 1. Maria de Freitas Maciel, n. São João de El-Rei, MG, c. 1765, Guaratinguetá, com José da Silva Barbosa, f. de outro de igual nome e Izabel Rodrigues, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (FS, SL.3.44 e 5.8).

     5 - 1. Manoel Francisco da Silva, n. Guaratinguetá, cc. Maria Leite de Oliveira, n. Pindamonhangaba, SP, f. de Agostinho Nunes Hidalgo e Maria Leite de Oliveira. (FS).

                                                  Parágrafo 7º 

     2 - 7. Ana, tinha 4 anos em 1684. (SL.5.8). 

                                                  CAPÍTULO 2º 

     1 - 2. Mateus Vieira da Cunha, n. Taubaté, 2º marido de Beatriz Gonçalves, n. da mesma cidade, f. de Antonio Delgado de Escobar, f. 1708, e Inês Gonçalves (ou Inês Gil de Siqueira), np. de João Delgado de Escobar e Beatriz Ribeira, com pelo menos: (2.31, DB.147, FS, SL.5.8 e 8.96).

                                                  Parágrafo 1º 

     2 - 1. Mateus Vieira da Cunha, n. Taubaté, cc. Izabel Bicudo do Prado, n. da mesma cidade, f. de Francisco Borges Rodrigues, f. 1750, e Ana Vaz Bicudo, com: (FS, SL.3.311 e 5.8).

     3 - 1. Cap. Mor João Francisco Vieira, n. por volta de 1733, Taubaté, onde f. com testamento 1778, c. 1758, Guaratinguetá ou Taubaté, com Ana Maria da Conceição Garcia de Moura, n. por volta de 1735, Ilha de Santa Maria, Açores, f. de Bartolomeu de Moura e Catarina de Assunção, naturais dos Açores, np. de Gaspar Garcia de Moura e Ana da Glória, naturais da Ilha de Santa Maria, nm. de Manoel da Rosa e Izabel de Abelhos, da Ilha do Fayal, com 5 filhos: Francisco Vieira de Moura, José Vieira de Moura, Maria, e ainda: (DFB, FS, SL.5.8 e 13).

     4 - 1. Cel. João Francisco Vieira de Moura, n. por volta de 1762, c. por volta de 1787, com Maria Francisca do Espírito Santo, f. do Cap. Diogo Ferreira da Silva (ou Domingos Ferreira da Silva) e Francisca da Cunha e Sousa (em Portes de El-Rei), com 7 filhos em SL.5.9, entre os quais: (DFB, SL.8.41 e 5.8).

     5 - 1. Antonio Bonifácio de Moura, f. 1864, Taubaté, com testamento em 1862, c. 1ª vez, com Francisca Claudina e, 2ª, com Angelina Maria de Moura, s.ger. desta, mas teve da 1ª esposa: (SL.5.9 e testamento encontrado no Arquivo Histórico de Taubaté, pelo genealogista Rosano Marcondes, que enviou toda a geração do casal).
- Obs.: Todos os filhos foram citados no testamento como vivos, e deixou para o seu afilhado Joaquim Bonifácio de Moura, 3.000.000.

     6 - 1. Anna Severina de Moura, cc. Paulino José Netto, n. Portugal, foi o 2º testamenteiro do sogro, c.ger. (SL.5.9 e Rosano).

     6 - 2. Maria Francisca de Moura, f. em 1892, com testamento de 1891, em Taubaté, cc. Cap. Pedro Pereira de Toledo (viúvo de sua irmã, Baldoina de Moura, a seguir), s.ger. (SL.5.9 e Rosano).

     6 - 3. Baldoina Amélia de Moura (depois, Balduína Amélia de Toledo), n. Talbaté, onde f. com testamento em 1867, cc. Pedro Pereira de Toledo, anterior, cuja geração SL não relaciona, tiveram os seguintes filhos: Maria, 12 anos, Bento, 11, Anna Claudina, 9, Francisca, 8, João, 7, José, 5, Pedro, 3 meses, e ainda: (SL.5.9 e Rosano).

     7 - 1. Anna Rosa de Toledo, tinha 6 anos no testamento da mãe, c. em São Luiz do Paraitinga, SP, com Nicolau Ribeiro Braga, f. de Severino Ribeiro Braga e Carolina Amélia de Souza.

     6 - 4. Francisca de Moura, cc. José Francisco de Carvalho, s.ger. (SL.5.9).

     6 - 5. João Bonifácio de Moura (não relacionado por SL), f. natural, 1º testamenteiro do pai. (Rosano).

     6 - 6. Joaquim Bonifácio de Moura, afilhado, f. 1887 (não relacionado por SL), cc. Maria da Pureza Marcondes, n. 1830, f. 1913, f. do Cel. Manoel Marcondes do Amaral e Gertrudes Maria do Espírito Santo, adiante, com 7 filhos: (Pesquisa do genealogista Rosano Marcondes, de Taubaté, incluindo toda a geração do casal).

     7 - 1. Cel. Antonio Marcondes de Moura, f. 1924, com inventário do mesmo ano e testamento de 1923 (deixou um diário, que também está no Arquivo de Taubaté, onde diz que era filho de Joaquim Bonifácio de Moura, e neto de Antonio Bonifácio de Moura, e sobrinho de José Paulino Netto e de João Bonifácio de Moura, este seu padrinho de batismo). Casou 4 vezes: a 1ª, em 1870, com Maria Bárbara Cursino, a 2ª, 1873, com Anna Joaquina Cursino de Moura, f. 1888 (com todos os filhos já falecidos), a 3ª, 1890, com Maria Francisca de Camargo Moura, f. 1901, a 4ª, 1902, com Edwiges Affonso de Moura, n. 1860, f. 1944, f. de Antonio Affonso Vieira e Francisca de Paula Toledo, s.ger. desta.
               Da 1ª esposa uma filha:

     8 - 1. Mariana Marcondes de Moura, a "Marcondinha", n. 1872, cc. Alfredo Cândido Vieira, f. do Cap. Francisco Cândido Vieira e Gertrudes Gomes de Camargo, c.ger. em Munhós. (Rosano).

               Da 3ª esposa 4 filhos: Maria, Heitor, e ainda:

     8 - 2. Maria Francisca, que professou no Colégio Patrocínio de Itu, com o nome de Maria de Nazareth.

     8 - 3. Antonio Joaquim Moura de Camargo, que entrou para o Seminário de Pirapora.             

     7 - 2. Francisco Marcondes de Moura, n. 1860, f. 1918, c. 1892, com Maria Carlota Ramos de Moura, f. de Francisco Ramos.

     7 - 3. Anna Rosa Marcondes Leite, n. 1850, cc. Antonio Moreira Leite.

     7 - 4. João Bonifácio de Moura Sobrinho, n. 1854, cc. Maria Francisca Cursino de Moura.

     7 - 5. Maria Amélia Marcondes Santos, n. 1852, cc. José Marcelino dos Santos.

     7 - 6. Joaquina, n. 1858, c. 1886, com Antonio Gomes de Souza Penna.

     7 - 7. José Bonifácio de Moura, n. 1865.

     5 - 2. Dr. Francisco Honorato de Moura, f. 1883, São Paulo, o primeiro paulista formado em medicina pela faculdade do Rio de Janeiro, foi Presidente da Câmara de Taubaté, Delegado de Polícia, Deputado Provincial, condecorado com o oficialato da ordem da Rosa em 1842, c. 1843, na Sé de São Paulo, com Maria Claudina de Almeida Moura (ou Anna Claudina Martins de Almeida e Moura), com 11 filhos em SL.5.10, entre os quais: (FS).

     6 - 1. Josephina Hortência de Moura, b. 1844, NS da Assunção, Centro, São Paulo, c. 1881, NS da Conceição, Santa Ifigênia, São Paulo, SP, com João Ildefonso de Brito, n. Montevideo (irmão do Dr. Laurindo de Brito), f. de Manoel José de Brito e Paula Costa de Brito. (FS e SL.5.10).

     6 - 2. Eulália Georgina de Moura, b. 1845, NS da Assunção, Centro, São Paulo, f. solteira. (FS e SL.5.10).

     6 - 3. Francisco Honorato de Moura Filho, b. 1850, NS da Assunção, Centro, São Paulo, Engenheiro, c. 1878, na mesma igreja, com Gabriela Augusta da Silva (depois Gabriela da Silva Moura), f. do Major Benedito Antonio da Silva e Cláudia Maria da Anunciação e Silva (ou Claudina da Silva), com: Alcina de Moura, Margarida e Eliza. (FS e SL.5.11).

     6 - 4. Ambrosina de Moura Inglez de Souza, n. Taubaté, SP, c. 1881, NS da Assunção, Centro, São Paulo, com José Marcos Inglez de Souza, n. Recife, PE, f. do Desembargador Marcos Antonio Rodrigues de Souza (ou Marcos Antonio Inglez de Souza) e Henriqueta Amália Brito de Souza (ou Henriqueta Amália Inglez de Souza), com: Octávio M. Inglez de Souza e José M. Inglez de Souza. (FS e SL.5.11).

     6 - 5. Dr. Ernesto Moura, b. 1865, NS da Assunção, Centro, São Paulo, lente na Faculdade de Direito de São Paulo, cc. Maria Dias de Moura, f. do Cel. Joaquim Antonio Dias e Laura Cananéa Dias (que SL diz sem geração), tiveram pelo menos: Decio Honorato de Moura, b. 1907, Penha, São Paulo, SP. (FS e SL.5.11).

     5 - 3. Joaquim Francisco de Moura, cc. Anna Rosa das Chagas (depois Anna Rosa de Moura), f. do Cel. Miguel Francisco das Chagas e Gertrudes Maria das Chagas, com 10 filhos em SL.5.12, entre os quais: (GS.176).

     6 - 1. Maria Francisca de Moura Escobar, cc. o Dr. Francisco Ribeiro Escobar, Juiz de Direito de várias comarcas de São Paulo e Deputado Provincial, f. do Cap. Antonio Ribeiro de Escobar, n. São Sebastião, e Maria Bernardina Telles de Escobar, com 5 filhos em SL.5.12. (GS.176).

     6 - 2. Dr. José Augusto de Oliveira Moura, n. Taubaté, cc. Henriqueta Moreira da Costa, f. do Ten. Cel. Antonio Moreira da Costa e Benedicta Roldona de Almeida, adiante, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Otávio de Moura, Carlota de Oliveira Moura, Maria Eugênia de Moura, Elisa de Moura, Alice de Moura, Ana Rosa de Moura, e ainda: (Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos", de Benedicto Alípio Bastos e SL.5.12).
- Obs.: O autor diz que foram 2 filhos, mas relaciona 9.

     7 - 1. Maria Augusta de Moura, f. 1922, c. 1ª vez, com José Mana de Resende e, 2ª, com Cláudio Pereira, com 5 filhos, do 1º marido: Dr. Aldemar de Moura Resende, solteiro, e ainda: (Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos", de Benedicto Alípio Bastos).

     8 - 1. Dr. José de Moura Resende, cc. Davina Pinheiro de Andrade, f. de José Pinheiro de Andrade Filho, "c.ger.".

     8 - 2. Dr. João de Moura Resende, cc. Mercedes Pantaleão, f. de Joaquim Francisco Pantaleão e Amélia Pantaleão, "c.ger.".

     8 - 3. Eponina Resende Aranha, casada, "c.ger.".

     8 - 4. Albertina Resende Matos, casada, "c.ger.".

     7 - 2. Carlos Moura, cc. Maria Francisca de Alcântara Moura, f. do Cel. Antonio Moreira de Alcântara e Maria Caetana Pereira de Barros ou Maria Caetana de Barros Alcântara (em Lopes Silvas), pais de: Joaquim de Alcântara Moura, Bacharel em Direito, Irene de Alcântara Moura, e ainda:

     8 - 1. Maria de Alcântara Moura, cc. Carlos Raimundo da Silva, f. de Benjamin Raimundo da Silva e Gertrudes Marcondes da Silva.

     8 - 2. Odete de Moura, c. 1ª vez, com Alberto Ferreira Pedrosa e, 2ª, com Libânio de Paula Santos, "c.ger.".

     8 - 3. Carlos de Moura Filho, casado, "c.ger.".

     7 - 3. João Augusto de Moura, casado, "c.ger.".

     4 - 2. Catarina Vieira da Maia (depois Catarina Justina de Moura), n. Taubaté, onde c. 1792, com o Cap. Manoel Dias da Cunha, n. Portugal, f. de José da Cunha e Silva e Mariana Dias Coelho, c.ger. em SL.5.13, entre os quais: (FS).

     5 - 1. Antonio Manoel da Cunha Dias, cc. Anna Zephirina de Assis, f. de Joaquim Xavier de Assis e Clara Oristela, com 4 filhos em SL.5.16, entre os quais:

      6 - 1. Antonio Manoel da Cunha Dias, cc. Maria de Azeredo, c.ger.

     5 - 2. João Dias da Cruz Guimarães, fundador e doador do patrimônio da cidade de Caçapava Nova, c. Jacareí, com Maria Carolina da Conceição, da mesma cidade, f. de Miguel Ramos da Silva e ....., com pelo menos: (SL.5.17).
- Obs.: Um Miguel Ramos da Silva, cc. Theodora Maria de Jesus, com pelo menos: Margarida Silva, b. 1786, NS da Assunção, Diogo de Vasconcelos, MG. (FS).

     6 - 1. Maria Joaquina dos Anjos, n. 1819, Jacareí, c. 1840, Taubaté, com o Ten. Cel. João Moreira da Costa, morador e um dos fundadores de Caçapava Nova, f. do Cap. Francisco Moreira da Costa e Francisca Moreira de Mattos, com 7 filhos em SL.5.17, entre os quais: Joaquim Moreira da Costa, f. 1903, e ainda:

     7 - 1. Cap. João Moreira da Costa, cc. Carolina Marcondes Leite (ou Carolina Moreira Leite), f. do Ten. Cel. João Nepomuceno de Freitas e Anna Rosa Marcondes, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos", de Benedicto Alípio Bastos).

     8 - 1. Maria Joaquina Moreira da Costa, cc. José Hilário Freire, f. de Francisco Hilário Freire e Anna Teresa de Jesus, "c.ger".

     8 - 2. Rosina Moreira da Costa, n. Caçapava, onde cc. seu tio paterno, Manoel Inocêncio Moreira da Costa (viúvo de Maria Francisca de Siqueira, f. de Fabrício Correa de Siqueira e Maria das Dores Ferraz, c.ger.), n. 1851, f. 1900, f. de João Moreira da Costa e Maria Joaquina dos Anjos, c.ger. abaixo. (Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos" e SL.5.17).

     7 - 2. Manoel Inocêncio Moreira da Costa, n. 1851, f. 1900, diplomado em 1875, como Doutor em Leis, na Universidade Americana de Filadélfia, Coronel Comandante Superior da Guarda Nacional da comarca de Caçapava, c. 1ª vez, com Maria Francisca de Siqueira, f. de Fabrício Correa de Siqueira e Maria das Dores Ferraz e, 2ª, com sua sobrinha, Rosina Moreira da Costa, f. do Cap. João Moreira da Costa e Carolina Marcondes Leite (ou Carolina Moreira Leite), acima, cuja geração SL não relaciona, teve: (Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos" e SL.5.17).
               Da 1ª esposa, 3 filhos:

     8 - 1. Targina Moreira da Costa, c. 1ª vez, 1890, com Manoel Inocêncio Franco e, enviuvando, 2ª vez, com João Osório de Toledo, c.ger. de ambos. Do 1º marido teve:

     9 - 1. Benedita Franco Coutinho, cc. o Prof. Alcides Coutinho.

     8 - 2. Elvira Moreira da Costa, cc. David Lopes Nogueira de Matos.

     8 - 3. Zilda Moreira da Costa, cc. Joaquim Rafael de Araujo, "c.ger.".

               Da 2ª esposa, 5 filhos: Carolina Moreira da Costa, e ainda:

     8 - 4. Otília Moreira Marcondes de Souza (ou Otília Moreira da Costa), n. 1889, Caçapava, cc. Manoel Otaviano Marcondes de Souza, c.ger. no Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos".

     8 - 5. Maria Augusta Moreira da Costa, Professora Normalista, formada em 1911, na Escola Normal da Praça da República, cc. ...., c.ger.

     8 - 6. Dr. Pedro Moreira de Mesquita (ou Pedro Moreira da Costa), cc. Maria Aparecida de Almeida Costa, f. de Bento Vieira de Almeida e Adélia Maria da Costa, c.ger.

     8 - 7. Georgina Moreira de Mesquita, cc. Raul Pinto de Mesquita, c.ger.

    7 - 3. Francisco Jordão Moreira da Costa (cujos casamento e geração SL não descobriu), cc. Ana Francisca Moreira Lobato, f. de Inocêncio Lobato de Moura e Rufina Maria da Conceição (em Moreiras Castilhos), f. 1875, com 3 filhos: José Moreira Lobato, n. 1876, Pedro Moreira Lobato e José Jordão Moreira Lobato. (Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos", de Benedicto Alípio Bastos e SL.5.17).

     5 - 3. Mariana Justina de Moura, cc. o Cap. Mor Victoriano Moreira da Costa, Comendador, f. do Ten. Cel. Antonio Moreira da Costa e Ana Rosa Marcondes de Sá (em Portes de El-Rei), c.ger. em SL.5.18.

     3 - 2. Quitéria Maria (ou Quitéria Moreira de Jesus), f. Taubaté, 1776, cc. Antonio da Silva Coutinho, n. Rio das Mortes, MG, f. de Feliciano da Silva Coutinho e Maria Portes de El-Rei (em Portes de El-Rei?), com 3 filhos: Maria, solteira em 1776, e ainda:

     4 - 1. Ana Maria, cc. Antonio Moreira de Andrade. (SL.5.20).

     4 - 2. Gonçalo, que trocou o nome para João Francisco Vieira, "menor".

     3 - 3. Inácio Vieira da Cunha, cc. Francisca Maria Moreira, f. de Luiz de Sousa Portugal e Maria Correia, com pelo menos:

     4 - 1. José Vieira da Cunha, c. 1792, Taubaté, com Izabel Correia Leme, f. de Francisco Xavier da Silva e Ângela Cordeiro Leme.
- Obs.: Este ou outro do mesmo nome, Capitão, cc. Antonia Vitorina Luísa e Silva, com pelo menos: (An.251).

     5 - 1. Antonio Vieira da Cunha, n. Rio Grande, RS, f. 1845/7, Jaguarão, c. Pelotas, 1817, com Francisca Genuína de Bitencourt, n. Rio Grande, 1798, f. de Antonio Xavier Bitencourt e Laura Ciríaca de Almeida (ou Laura Firmiana de Almeida).

     4 - 2. Antonio Vieira da Cunha (hipótese), f. 1832, Porto Alegre, cc. Rita Vieira da Cunha, com pelo menos: (NobRS.31).

     5 - 1. Antonio Vieira da Cunha, Barão de Araripe, n. 1830, Porto Alegre, que prestou serviços à Pátria na Guerra do Paraguai. (NobRS.31).
- Obs.: Entretanto, na Wickpédia consta que o único Barão de Araripe foi Antero Vieira da Cunha, n. 1837, Pernambuco, f. 1905, Recife, Ten. Cel. da Guarda Nacional e proprietário de diversos engenhos na região de Recife (irmão mais velho do Barão de Itapiçuma, Epaminondas Vieira da Cunha), f. de João Vieira da Cunha e Maria das Neves Carneiro. 
   

     3 - 4. Lourenço da Cunha do Prado, com 53 anos em 1765, foi cc. Leocádia de Toledo Castelhanos, com 38 anos em 1765, f. de Manoel Pedroso de Toledo e Maria Vieira da Conceição (em Toledos Pizas), com 2 filhas em SL.5.20/21, tiveram pelo menos 7 filhos: Gertrudes, 18 anos, Anna, 10, Antonio, 6, José, 4, e ainda: (SL.5.326, 565 e Censo de 1765 de Taubaté, pesquisado pelo genealogista Rosano Marcondes, na Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, por Benedito Marcondes).

     4 - 1. Bernardina Custódia, de Taubaté, com 8 anos em 1765, c. 1779, Guaratinguetá, com Vicente Pereira Dultra, f. de Lucas Fernandes Pinto e Marta de Siqueira. (SL.5.21 e 8.99).

     4 - 2. Maria Madalena de Jesus (não relacionada no Censo), cc. o Guarda Mor Inácio José Ferreira Coutinho, n. Portugal, f. Guaratinguetá, 1789, f. de Tomás Ferreira e Clara Nogueira, do bispado de Penafiel, com pelo menos: (AS.2.124 e SL.5.21).

     5 - 1. Maria Izabel Jacinta, c. 1794, Guaratinguetá, com Miguel Pereira Fróes, f. de Manoel Pereira de Magalhães e Helena Teresa da Encarnação ou Helena Teresa Rodrigues Fróes (em Oliveiras Leitões), com 1 filha: Maria Esméria. (AS.2.174, SL.5.21, 326 e VB.126).
- Obs.: Uma Maria Izabel Jacinta da Trindade, n. São João de El-Rei, seria sobrinha de Tiradente e, avó paterna do Conde Lopo Diniz Cordeiro.

     5 - 2. Inácio José Ferreira Coutinho, c. 1795, Guaratinguetá, com Gertrudes Maria de Sousa, f. de Antonio da Cunha de Moraes e Ana Maria de Sousa. (SL.5.21 e 132).

     4 - 3. Ignacio Mariano da Cunha, n. Taubaté, tinha 2 anos em 1765, c. 1789, na Matriz de São Luiz do Paraitinga, SP, com Maria Bueno do Sacramento, n. Cunha, SP, f. de Domingos José do Prado e Ana Bueno. (Resumo de casamentos da citada Matriz, por Joaquim Roberto Fagundes, gentilmente enviados pelo genealogista Rosano Marcondes, de Taubaté).

                                                  Parágrafo 2º 

     2 - 2. Antonio Vieira da Cunha, c. 1697, Taubaté, com Catarina da Veiga de Unhate, f. nessa cidade, 1733, f. de Jerônimo da Veiga (versão de Silva Leme, já que a Nobiliarquia filia a este e também ao seu sobrinho Jerônimo da Veiga Bueno) e Maria Moniz de Miranda, np. de Jerônimo da Veiga e Maria da Cunha, nm. de José Correia Moniz e Maria Colaço da Costa, com 7 filhos que SL não descobriu, entre os quais possivelmente estão: (2.18, 20, SL.3.215 e 5.21).

     3 - 1. Jerônimo da Veiga Correia, "que pelos anos de 1766 tinha 70 anos", cc. Rosa Maria da Silva, que tinha 58 na mesma época, pais de pelo menos: (SG.76/7).

     4 - 1. José Vieira da Veiga (ou José Vieira da Silva), n. Taubaté, 1740, cc. Maria Custódia Moreira de Jesus, n. por volta de 1743, pais de pelo menos: (SG.77).

     5 - 1. José Custódio Vieira de Albuquerque, n. por volta de 1782, Jacareí, Cabo das Ordenanças de Taubaté, onde era agricultor, cc. Maria Joaquina da Trindade, n. por volta de 1785, Taubaté, f. do Cabo Lino José da Cunha (este talvez filho de Policarpo Teixeira da Cunha e Antonia de Jesus) e Ana Barbosa de Alarcón (f. de Jacinto Barbosa de Alarcão e Tomásia Pires de Camargo), ambos de Taubaté, pais de: Fortunato, Ana, Manuel, Francisca, Maria e de: (SG.76, 77, e 78).

     6 - 1. Major José Vieira de Albuquerque, n. 1813, Taubaté, f. 1879, Brotas, c. 1838, São João do Rio Claro, com Antonia Idalina do Amaral, de Piracicaba, com grande geração, entre os quais: (SG.76, SL.1.161, 5.314/15).

     7 - 1. Maria Carolina de Albuquerque Pinheiro (ou Carolina de Albuquerque Vieira), n. Brotas, f. 1900, São Paulo, c. Brotas, com o Cel. Antonio Joaquim de Sousa Pinheiro (ou Antonio Joaquim de Sousa Albuquerque, o que pode ser engano), n. Bragança, f. de Joaquim de Sousa Pinheiro, n. Portugal, e Francisca Maria de Jesus, np. José de Sousa e Narciza Maria, naturais de Braga, com 5 filhos em SL.5.314/15, onde observamos: Francisca Anália de Souza Pinheiro (não relacionada por SL), b. 1873, Divino Espírito Santo, Dois Córregos, SP, e ainda: (FS).

     8 - 1. Antonio de Albuquerque Pinheiro, n. 1865, b. 1866, NS das Dores, Brotas, SP, Bacharel em Direito, Delegado de Polícia da Capital, está viúvo da sua prima, Maria Eugênia de Albuquerque (cujo nome SL não descobriu), f. do seu tio materno, Querubim de Albuquerque Vieira, residente em Brotas, com pelo menos: Pedioles Pinheiro (não relacionado por SL), b. 1894, NS das Dores, Brotas. (FS e SL.5.314).

     8 - 2. José Olegário de Albuquerque Pinheiro (ou José Olegário de Souza Pinheiro), b. 1870, Divino Espírito Santo, Dois Córregos, foi Bacharel em Direito, faleceu solteiro, "na flor dos anos". (FS e SL.5.315).

     8 - 3. Maria Eulália de Albuquerque Pinheiro, n. e b. 1868, NS das Dores, Brotas, SP, c. 1894, NS da Consolação, Consolação, SP, com Bernardo de Souza Campos, Bacharel em Direito, n. 1869, Campinas, SP, Procurador da República na cidade de São Paulo, Deputado Federal em 1903 e 4, f. de José de Sousa Campos e Maria Gertrudes de Sousa Campos, com pelo menos: Maria de Lourdes e Maria da Glória. (FS, SL.1.161 e 5.315).

     8 - 4. Anna Henriqueta de Abreu Pinheiro, b. 1871, Divino Espírito Santo, Dois Córregos, c. 1894, NS da Assunção, Centro, São Paulo, com o Cap. Theodoro de Sousa Campos, b. 1866 (irmão do Dr. Bernardo de Souza Campos, precedente), com pelo menos: Maria Aparecida e Maria José. (FS, SL.1.161 e 5.315).

     8 - 5. Joaquim Aristides de Albuquerque Pinheiro, cc. Maria de Campos. (SL.5.315).

     4 - 2. Pedro da Silva. (SG.77).

     4 - 3. Maria da Silva. 

                                                  CAPÍTULO 3º 

     1 - 3. Henrique Vieira da Cunha (cujo casamento não encontramos nos autores),  andou pelo sertão com os seus irmãos. Foi casado com Maria Fragoso, conforme escritura de venda de terras do casal para André Dias Ferreira, em 05.07.1676, registrada no Cartório do 2º Ofício de São Francisco das Chagas de Taubaté. Nova escritura de venda de terras, agora como comprador Antonio de Almeida, registrada no mesmo cartório, foi passada em 08.07.1677, pelo mesmo casal. (SL.5.21 e pesquisa do genealogista Rosano Marcondes no Arquivo Histórico Municipal de Taubaté).

                                                  CAPÍTULO 4º 

     1 - 4. Maria Vieira Cardoso (ou Maria Vieira da Maia), c. 1ª vez, Taubaté, antes de 1674, com Miguel Garcia de Almeida e Cunha, f. 1687, nessa cidade, f. de Antonio da Cunha Gago e Marta de Miranda e, 2ª, 1693, na mesma cidade, com Manoel de Siqueira Mendonça (ou Manoel de Siqueira Rendon), n. por volta de 1650, f. de Vicente de Siqueira Mendonça e Ana Bueno de Ribeira ou Inês Bueno de Ribeira ou, ainda, Inês Navarro de Alva (em Rendons). Do 2º marido não descobrimos geração, mas do 1º teve 3 filhos: (2.60, 270, CR.2.156, DB.139, SL.5.199, 7.348 e 9.13).

                                                  Parágrafo 1º 

     2 - 1. Francisca Vieira de Almeida, cc. o Cap. dos Auxiliares do Bairro de Caçapava, em Taubaté, Antonio de Godoy Pires, n. São Paulo, f. do Cap. Francisco de Godoy Moreira e Mendonça e Tomásia Rodrigues, com filho único: (2.60, SL.5.199 e 6.4).

     3 - 1. Francisco de Godoy de Almeida Pires, n. 1699, Taubaté, SP, f. São Paulo, Vereador, Juiz Ordinário e de Órfãos, que em 1771 já era viúvo pela 2ª vez, c. 1ª vez com Isidora Portes de El-Rei ou Izidora Portes de El-Rei (antes chamada Domingas de Unhate), n. 1704, São Paulo, onde faleceu, f. do Sarg. Mor Miguel Garcia Velho e Leonor Homem de El-Rei, c.ger. em Garcias Velhos e, 2ª, com Francisca das Chagas, f. do Sarg. Mor Manoel Pinto Barbosa e Andreza de Castilhos, s.ger. desta. (2.60, 63, FS e SL.6.5).

                                                  Parágrafo 2º 

     2 - 2. Salvador Vieira (Taques escreveu Lourença), com 18 anos em 1687, f. solteiro. (2.61 e SL.5.199). 

                                                  Parágrafo 3º 

     2 - 3. Miguel Garcia de Almeida e Cunha, paulista, tinha 11 anos em 1686, descobridor de ouro no arraial de Itaverava, MG, em cuja diligência foi morto pelos índios, c. São Paulo, com Clara Bueno de Camargo, que enviuvando cc. o Cel. de Mogi das Cruzes e Jacareí, Francisco Pinto do Rego (em Guerras), ela filha de Manoel Ortiz de Camargo, que assinava Manoel de Camargo Velho, e Maria Bueno de Siqueira (em Camargos). (2.61, DB.101, 139, SL.1.309 e 5.199).

                                                  CAPÍTULO 5º 

     1 - 5. Domingos Vieira Cardoso (Domingos Vieira Carvalho ou Domingos Vieira da Maia), n. Santos, f. com testamento em 1700, inventariado no mesmo ano, em Taubaté, cc. Marta de Miranda Moniz, n. desta cidade, f. de Garcia Rodrigues Moniz e Catarina de Onhate (em Garcias Velhos), com 16 filhos em SL.7.348, onde observamos: (2.36, 62, SL.7.348, 458 e datas pesquisadas pelo genealogista Rosano Marcondes, no Arquivo Histórico de Taubaté).

                                                  Parágrafo 1º 

     2 - 1. Catharina de Unhate, cc. Pedro de Oliveira Gil, f. de Antonio Gil e Paula Fernandes de Oliveira, c.ger. em Oliveiras Gagos. (SL.8.89).

                                                  Parágrafo 2º 

     2 - 2. Domingos (truncado em SL), provavelmente o mesmo Domingos Vieira Cardoso, que comprou terras em Taubaté, em 06.06.1700, de Antonio de Góes Camacho e sua mulher Maria Joanna, de acordo com escritura descoberta no Arquivo Histórico de Taubaté, pelo amigo genealogistas Rosano Marcondes (em Dias Teveriçás).
- Obs.: Ou poderia ser o Domingos Vieira Cardoso (que não encontramos em SL), n. 1700, Santos, cc. Maria de Miranda, n. São Paulo, com pelo menos: (GS.173).

     3 - 1. Domingos Ribeiro de Escobar, n. Ilha de São Sebastião, cc. Maria do Prado (da família Machados Barros), f. de João Mendes do Prado e Ana de Freitas, com pelo menos: (GS.173 e SL.7.349).

     4 - 1. Margarida de Escobar, cc. o Sarg. Mor Salvador Pires Monteiro, com pelo menos: (GS.173 e SL.6.445).

     5 - 1. Maria Caetana, n. das minas de Paranapanema, c. na freguesia das Lavras do Funil, com José de Toledo Barros, f. de Ignacio Pedroso de Barros e Joana de Toledo Silva (em Toledos Pizas), c.ger. em SL.6.445. (GS.173).

     4 - 2. Agostinho Machado de Escobar, c. 1761, Pindamonhangaba, com Maria Francisca de Jesus, f. de Carlos Cardoso Cabral e Francisca Correia da Silva, com 3 filhos em SL.7.349, entre os quais: (GS.173).

     5 - 1. José Machado da Silva, c. 1794 ou 97, Pindamonhangaba, com Clara Francisca do Amaral, f. do Ten. Domingos Marcondes do Amaral e Anna Izabel de Andrade, com 11 filhos em SL.7.350, entre os quais: (GS.173).

     6 - 1. Francisco Marcondes Machado, Comendador, f. 1872, cc. Maria dos Remédios dos Santos, com 12 filhos em SL.7.354, entre os quais: (GS.173).

     7 - 1. Zeferina Marcondes Machado, cc. o Dr. Henrique Hermeto Carneiro Leão, Barão do Paraná, n. 1847, f. 1916, f. do Marquês do Paraná. (GS.173 e SL.7.355).

                                                  Parágrafo 3º 

     2 - 3. Miguel Vieira de Almeida, f. 1750, Taubaté, com inventário de 1741, cc. Izabel Leite de Miranda (em Leites Mirandas), com 11 filhos em SL.7.349, onde observamos: (Inventário encontrado no Arquivo de Taubaté, pelo genealogista Rosano Marcondes).

     3 - 1. Domingos Vieira de Almeida.

     3 - 2. Francisco Vieira de Almeida.

     3 - 3. Antonio Vieira de Almeida.

     3 - 4. Maria Leite de Miranda, cc. José do Prado. (SL.7.349 e inventário acima).

     3 - 5. Catharina Leite do Prado (cujo casamento SL não anotou), cc. Salvador da Motta. (SL.7.349 e inventário acima).

     3 - 6. Rosa, não relacionada por SL. (inventário acima).

                                                  Parágrafo 4º 

     2 - 4. Carlos Cardoso Cabral, Juiz de Órfãos em Pindamonhangaba 1730, cc. Francisca Correa da Silva, f. de João Mendes do Prado e Anna de Freitas, np. de André Mendes da Costa, f. 1693, Taubaté, e Accença Ribeiro, com 7 filhos em SL.7.349, entre os quais:

     3 - 1. Maria Magdalena, c. 1741, Pindamonhangaba, com o Cap. Antonio Marcondes do Amaral, n. Ilha de São Miguel, Açores, f. com inventário em 1786, em Pindamonhangaba, tronco da família Marcondes (que c. 2ª vez, 1769, Guaratinguetá, com Anna Joaquina de Sá, f. de Lourenço de Sá e Maria da Conceição), filho de Dionísio Marcondes (Dionisio Maricondi, o nome original), n. Veneza, morador em São Miguel, e Maria Vieira, desta Ilha, com 7 filhos em SL.7.360, entre os quais: (GS.254).

     4 - 1. Agostinho Marcondes do Amaral, c. 1ª vez, com Maria da Conceição de Oliveira, f. de José de Oliveira Botelho e Anna de Barros e, 2ª, com Anna Izabel da Conceição, f. do Alf. Antonio Joaquim de Oliveira e Maria ...., com 15 filhos, de ambas, em SL.7.380.
                Entre os da 1ª esposa:

     5 - 1. Anna Marcondes de Oliveira, c. 1799, Pindamonhangaba, com Manoel Rodrigues dos Santos, de Lorena, f. do furriel Francisco Rodrigues do Prado, n. Pindamonhangaba, e Maria Machado de Oliveira, n. Lorena (em Machados Fagundes), com filha única: (SL.7.380).

     6 - 1. Maria Marcondes de Oliveira, c. 1825, Pindamonhangaba, com José Mariano de Toledo (viúvo de Mariana Correa da Silva, ou Mariana Correa de Jesus), f. do Alf. Ignacio Correa Leme e Francisca Theresa de Toledo. (SL.6.335).

                Entre os da 2ª esposa:

     5 - 2. Cândido Marcondes do Amaral, c. 1841, Pindamonhangaba, com Maria Delphina Marcondes, n. Bananal, f. de .... Marcondes de Oliveira, com: Anna Cândida Marcondes do Amaral, solteira, outro filho ou filha cujo nome SL não descobriu, e ainda: (SL.7.384).

     6 - 1. Cândido Marcondes do Amaral Júnior, c. São Bento de Sapucaí, com Maria Amélia Pedroso, f. de Felisberto Ferreira Pedroso, cuja geração SL não descobriu, tiveram 15 filhos: José Marcondes, Elisabeth Marcondes, solteiros, e ainda: (Livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos", de Benedicto Alípio Bastos).

     7 - 1. Vigílio Marcondes, cc. Nila de Araujo, c.ger.

     7 - 2. Alfredo Marcondes, cc. Germana Malheiros Marcondes.

     7 - 3. Astrogildo Marcondes, cc. Augusta do Canto e Melo.
- Obs.: Parece o mesmo casal: Astrogildo Marcondes (f. de Cândido Marcondes do Amaral, cc. Maria Amélia de Paula Marcondes), c. 1902, Santana, Mogi das Cruzes, SP, com Maria Augusta de Mello Franco (depois, Maria Augusta Marcondes), f. de Justiniano Oliva de Mello Franco e Augusta Martins de Mello Franco, com pelo menos: Helena Marcondes, b. 1910, NS da Escada e São Benedito, Guararema. (FS).

     7 - 4. Pedro Marcondes, o Marcondinho, cc. Francisca dos Santos, f. de Antonio Simão dos Santos e Francisca de Almeida Santos.

     7 - 5. Benedito Marcondes, cc. Raquel Cárdia.

     7 - 6. Cândido Marcondes Filho, cc. América Portes.

     7 - 7. Agenor Marcondes, cc. Irene Maria Celeste.

     7 - 8. Teotonila Marcondes Fazzi, cc. José Fazzi.

     7 - 9. Tarcila Marcondes, cc. o Prof. Paschoal Montesano Salgado.

     7 -10. Maria Cândida Marcondes, cc. o Prof. Argemiro Luz.

     7 -11. João Carlos Marcondes, cc. Julieta de Lima.

     7 -12. Alcides Marcondes ou Alcídia Marcondes (Sinhá), cc. José Bernardino Vieira, ambos naturais de Caçapava, com pelo menos: (FS e GS.436).

     8 - 1. Olívia Marcondes Vieira, n. 1898, f. 1958, Santos, cc. Plínio de Oliveira Santos, n. 1899, Caraguatatuba ou São Sebastião, SP, f. do Dr. Manuel Gonçalves de Oliveira Santos Neto e Virgínia de Moura Santana (em Toledos Pizas), com pelo menos: Hélio, f. menor, e ainda: (GS.436).

     9 - 1. José de Oliveira Santos, n. 1924, Advogado, Delegado de Polícia em Borborema, cc. Elza Silva, f. de Jorge Silva e Providência de ...., c.ger.  (GS.441).

     9 - 2. Ari de Oliveira Santos, n. 1930, em Santo Anastácio, Advogado, funcionário da Assembléia Legislativa de São Paulo, cc. Neide Angelina Bréscia, n. 1931, f. de José Bréscia, n. 1900, em Mococa, e Josefa Sibillo (ou Josefa Sibilla), n. 1899, c.ger. em GS.436 e 446.

     7 -13. Alice Marcondes Horta, cc. Joaquim Horta.

                                                  Parágrafo 5º 

     2 - 5. João Vieira Cardoso, talvez o mesmo João Vieira da Maia, f. por volta de  1751, Guaratinguetá. (AS.2.125).

                                                  Parágrafo 6º 

     2 - 6. Maria Vaz da Cunha, cc. Domingos do Prado Martins ou Domingos do Prado Leme, f. 1697, f. do Cap. Pascoal Gil e Maria da Silva Leme,  com pelo menos: (MP, SL.7.386 e 8.66).

     3 - 1. João Dias Leme, cc. Mecia de Freitas, com:

     4 - 1. Maria da Silva, c. 1757, com seu parente em 4º grau Mateus Leme da Costa, com 60 anos (viúvo de Maria Cordeiro da Veiga), f. de Domingos Gomes da Costa e Beatriz Barbosa. No censo de Taubaté, de 1765, ela consta com 40 anos e ele com 80, e viviam com eles 4 filhos: Salvador, 18 anos, José, 16, Anna, 5, Matheus, 3. Provavelmente alguns poderiam ser do primeiro casamento. (SL.3.31, 8.66 e pesquisa do genealogista Rosano Marcondes).

                                                  Parágrafo 7º 

     2 - 7. Francisca Homem Cardoso (ou Francisca Romeiro Cardoso), c. Taubaté, com Diogo Aires de Aguirre, n. 1685, f. de Diogo, depois Pedro Arias de Aguirre e Catarina Correia de Lemos (em Aguirres). (AS.1.106 e SL.7.386). 

                                                  Parágrafo 8º 

     2 - 8. Margarida Cardoso, já c. 1700, com Jerônimo Ferreira Albernaz (ou Jerônimo Ferreira de Freitas), n. por volta de 1679, f. com inventário em 1742, Taubaté, f. do Cel. Sebastião de Freitas Cardoso e Isabel de Faria Albernaz, com pelo menos: Antonio de Freitas de Andrade (não relacionado por SL), e ainda: (AS.1.106, SL.7.386 e 8.9).

     3 - 1. Ruy de Freitas de Andrade, c. 1749, com sua prima, Maria Barbosa, f. de Cláudio Barbosa e Anna Maria Pedroso (em Moreiras Castilhos). (SL.7.346 e 386).

     3 - 2. João de Freitas de Andrade, c. 1755, Mogi Mirim, com Anna Rodrigues Barbosa, f. de Manoel Pinto Barbosa e Francisca Dias Barbosa, np. de Diogo Vaz Pinto e Anna Rodrigues Barbosa, de Mogi das Cruzes (em Portes de El-Rei). (SL.6.71 e 7.387).

     3 - 3. Pedro de Freitas de Andrade (hipótese), n. por volta de 1712, cc. Joana Maria. (AS.1.106).

                                                  Parágrafo 9º 

     2 - 9. Izabel de Arruda ou Izabel de Miranda (não relacionada por SL), n. e b. 1688 na mesma cidade, cc. o Sarg. Mor Salvador Moreira de Castilho, n. por volta de 1670, b. cerca de 1684, Taubaté, f. antes de 1762, f. do Cap. José Moreira de Castilho (ou José de Castilho Moreira) e Isabel Fragoso, c.ger. inédita em Moreiras Castilhos. (AS.9.140, FS e SL.5.435).

                                                  CAPÍTULO 6º 

     1 - 6. Antonio Vieira da Maia, c. antes de 1685, com Inácia de Siqueira, f. de Lourenço de Amores de Siqueira, n. Santos, e Úrsula de Almeida, np. de Domingos de Amores, n. Castela, e Antonia de Siqueira de Mendonça, cuja geração não encontramos nas obras pesquisadas, tiveram pelo menos: (2.65, SL.3.363, 7.390 e 547).

                                                  Parágrafo 1º 

     2 - 1. Catarina de Unhatte, n. 1688, Nazaré Paulista, SP (Padrinhos: João Pires de Brito e Ana Maria de Camargo, tios da criança). (Informação gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Lourval Silva, que pesquisou no site Family Search).

                                                  Parágrafo 2º 

     2 - 2. Antonio, n. 1690, Nazaré Paulista, SP (Padrinhos: Domingos de Amores e Úrsula de Almeida). (Informação gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Lourval Silva, que pesquisou no site Family Search).

                                                  Parágrafo 3º 

     2 - 3. Domingos de Amores (hipótese), cc. Maria Correa, com pelo menos: (FS).

     3 - 1. Ignacio Correa de Amores, n. e b. 1729, NS da Luz da Catedral, Curitiba, PR, cc. "Appelonia", com pelo menos: (FS).

     4 - 1. Ignacia de Amores, b. 1764, NS da Luz da Catedral, Curitiba. (FS).

     4 - 2. Manoel Correa de Amores (hipótese), cc. Maria dos Santos, com pelo menos: João de Amores, b. 1793, São José, São José dos Pinhais, PR. (FS).

                                                  CAPÍTULO 7º 

     1 - 7. Paulo Vieira da Maia, n. 1651, Taubaté, inventariado 1736, cc. Catarina de Almeida de Siqueira (ou Catarina de Almeida de Amores), n. SP, irmã de Inácia de Siqueira, acima, com 2 filhos em SL, teve pelo menos 4 ou 5: (2.65, 239, SL.7.387,547 e 8.7). 

                                                  Parágrafo 1º 

     2 - 1. Cap. Lourenço de Amores do Prado, n. 1685, Taubaté, f. com testamento 1743, Piedade ou Guaratinguetá, c. 1716, Mogi das Cruzes, com Luzia da Cunha Pontes, n. 1701, f. 1771, Piedade, f. na mesma cidade em 1771, f. do Cap. Manuel da Cunha Lobo e Luzia da Cunha Pontes (em Pontes), com 12 filhos: (AS.9.173, SL.5.120 e 7.387).

     3 - 1. Manoel Vieira de Pontes, n. por volta de 1721, deve ter sido o mesmo que c. por volta de 1777, com Luciana Leme de Camargo (viúva de Manuel Pereira de Castro), f. de Domingos Bicudo Leme e Clara Parente de Camargo (em Camargos). (SG.17 e 163).

     3 - 2. Izabel de Amores, cc. o Alf. Antonio Vaz Pinto, f. 1773, Guaratinguetá, viúvo de Maria Machado de Siqueira (em Machados Fagundes), com 6 filhos: Tereza, Margarida, e ainda:

     4 - 1. Joaquim Vaz Pinto, cc.... (SL.7.387).

     4 - 2. José Vieira Pinto, cc....

     4 - 3. Ana, cc....

     4 - 4. Clara Vieira Pinto, cc. Antonio Lopes Pereira.

     3 - 3. Lourenço de Amores Maia, com 79 anos em 1798, cc. Rosa de Siqueira, pais de: Constantino, Luiza, Ana e Catarina.

     3 - 4. Antonio Vieira, cc. ....

     3 - 5. Amaro de Amores (truncado em SL), n. Araçariguama, SP, cc. Escolástica Leme (cujo nome e geração SL não descobriu), n. da mesma cidade, com pelo menos: (Pesquisa inédita, gentilmente enviada pelo amigo, genealogista, Mauricio Prado, paulista, residente em Frederiksberg, Dinamarca, incluindo a geração do casal).

     4 - 1. Luiz Cardoso de Amores, n. Lorena, SP, c. 1795, Soledade de Itajubá, com Anna Maria Gomes, n. Vila de São José, bispado de São Paulo, f. de José Telles de Menezes e Anna Maria de Jesus.

     4 - 2. Mariano de Pontes Maya, n. Lorena, c. 1806, Soledade de Itajubá, com Mariana Angélica de Jesus, n. da mesma localidade, f. de Antonio da Silva Camacho e Brízida Paes Floriana (ou Brígida Paes Floriana), np. de João Raposo soares e Rosa Maria Camacho, nm. de Sebastião Ribeiro Neves (ou Sebastião Ribeiro Nunes) e Maria Telles de Menezes, com pelo menos:

     5 - 1. Manoel José de Pontes, n. 1809, Soledade de Itajubá, onde c. 1834, com Mariana Francisca de Jesus, n. da mesma localidade, f. de Manoel Vieira Pinto e Anna Francisca da Rosa, com pelo menos:

     6 - 1. Anna Joaquina do Espírito Santo, n. Lorena, SP, c. 1861, Soledade de Itajubá, com Manoel José de Pontes, n. Lorena, f. de José Maria de Pontes e Anna Ignacia Maciel.

     4 - 3. Francisco Lemes de Amores, n. Lorena, c. 1807, Soledade de Itajubá, com Antonia Telles Camacho, n. desta localidade, irmã de Mariana Angélica de Jesus, do 4-2, acima, com pelo menos:

     5 - 1. José Lemes de Amores, n. 1810, Soledade de Itajubá, onde c. 1842, com Antonia Maria de Jesus, n. da mesma localidade, f. de Joaquim José Ferreira e Gertrudes Rodrigues de Moraes, np. de Luciano Ferreira da Silva e Maria Ignacia, nm. João Rodrigues de Moraes e Anna Maria do Espírito Santo, com pelo menos: Maria, n. 1846, Soledade de Itajubá.

     5 - 2. Antonio Lemes de Amores, n. Soledade de Itajubá, onde c. 1842, com Mariana Rosa de Jesus, n. da mesma localidade, f. de Manoel Borges de Campos e Thereza Faustina de Oliveira, np. de Francisco Borges de Campos e Mariana Rosa, nm. de João da Costa Moreira e Izabel Maria dos Santos, com pelo menos: José, n. 1857, Soledade de Itajubá.

     3 - 6. Quitéria da Cunha Pontes, cc. Manoel Rodrigues Álvares.

     3 - 7. Lourenço de Amores do Prado.

     3 - 8. Joana de Amores, cc. Antonio Gonçalves.

     3 - 9. Luiza de Amores (ou Luzia de Amores), cc. Antonio Pedroso de Moraes.

     3 -10. Rita de Amores (de Santa Cruz), n. 1723, Taubaté, c. NS da Piedade, com o Alf. Félix da Mota Paes, f. de Manoel da Mota Paes e Luzia Rodrigues Bicudo (em Anes Sobrinhos), com 4 filhos, de um dos quais descende o Barão de Mota Paes: (AS.9.174, SL.3.82 e 7.388).
- Obs.: 1) Vide alguns bisnetos em AS.9.175. 2) José Ribeiro da Mota Paes, Barão de Mota Paes, n. 1828, MG, f. 1915, Espírito Santo do Pinhal (irmão do Barão de Camanducaia), cafeicultor e Coronel da Guarda Nacional, foi f. de Félix da Mota Paes e Lucinda Maria Angélica Ribeiro, cc. Maria Cândida de Oliveira Mota. (Sites Nobreza Brasileira de A a Z e Wikipédia).

     4 - 1. Joaquim, tinha 20 anos em 1771. (SL.3.82 e 7.388).

     4 - 2. Ana, c. na localidade de Facão, com José Pedroso.

     4 - 3. Maria, cc...., e ausentaram-se para as Minas Gerais.

     4 - 4. Luzia da Mota, cc. Lourenço de Toledo Lara, f. MG, com 3 ou 4 filhos, entre os quais: (AS.9.174 e SL.7.388).

     5 - 1. Cap. José Joaquim da Mota, n. Baependi, c. 1802, Guaratinguetá, com Francisca Rufina de Jesus, n. 1784, f. de Manuel de Rezende, dos Açores, e Quitéria da Silveira Goulart. (AS.9.174/5).

     3 -11. Salvador, s.ger. (SL.7.388).

     3 -12. José, s.ger. 

                                                  Parágrafo 2º 

     2 - 2. Cap. Manoel Vieira de Amores (ou Manoel Vieira da Maya), f. 1772, c. Taubaté, com Inácia Ferreira de Loiola (Inácia Soares de Loyola, ou ainda, Ignacia Ferreira de Souza), f. do Cap. Sebastião Ferreira Albernaz (ou Sebastião Ferreira de Freitas) e Isabel de Castilho Moreira (em Moreiras Castilhos), todos naturais de Taubaté, pais de pelo menos 5 filhos: (2.239, FS, GS.76 e SL.7.388).

     3 - 1. Úrsula Izabel de Melo, n. Taubaté, f. 1759, c. 1735, com Timóteo Correia de Toledo, n. mesma cidade, 1703, morador SJ de El-Rei, que depois de viúvo foi clérigo do hábito de São Pedro e Vigário de Pindamonhangaba, f. de João Vaz Cardoso, n. São Paulo, e Francisca de Freitas Cortez, n. Taubaté (em Toledos Pizas), pais de 8 ou 9 filhos: (2.239, SL.5.547 e 7.388).

     4 - 1. Pe. Carlos Correia de Toledo e Melo, n. 1731, Taubaté, f. Lisboa, 1803, foi um dos heróis da Inconfidência Mineira, clérigo de São Paulo, depois Vigário colado da Igreja de São José de El-Rei, hoje Tiradentes, MG, posto conseguido em sua viagem a Lisboa em 1776. (2.239, OJ.69 e SL.5.547).

    4 - 2. Luiz Vaz de Toledo Piza, n. 1739, Taubaté, f. "1795, Cambambe?", 1804 ou 1807, com 68 anos, em Luanda, Angola, onde chegou em 1792, desterrado por ter sido envolvido na Inconfidência Mineira, sendo recolhido à fortaleza de Santo Antônio do Penedo. Foi Sarg. Mor dos Auxiliares de São João de El-Rei, MG, c. 1761/2, Cotia, SP, com Gertrudes Maria de Camargo (ou Gertrudes Lopes de Camargo), f. de João Antunes Paes e Rita Maria de Camargo (em Raposos Bocarros), com 7 filhos em 1789, mais um "natural" de Luiz Vaz, em 1803: Bonifácio, 3 anos, e, ainda: (2.239, OJ.107, SL.1.173, 5.547 e VT.1.114).
- Obs.: Acrescentamos informações gentilmente enviadas pela amiga, genealogista, Jussara Fernandes Carvalho, de Varginha, MG, inclusive para os filhos.

     5 - 1. Maria Escolástica do Prado, "tinha 22 anos em 1789", c. 1779 com seu parente Manoel Botelho de Oliveira, f. de... e Maria da Silva Barbosa, nm. de... e Ana do Prado. (SL.5.547 e 8.88).

     5 - 2. Eulália Maria de Toledo, tinha 21 anos em 1789, foi testamenteira desse tio em 1843.

     5 - 3. Escolástica Dionísia de Toledo, tinha 17 anos em 1789, Lage, São José de El-Rei, MG, onde c. 1793, com o Alf. Antonio Nunes de Moraes, n. 1764, na mesma localidade, f. 1852, f. de Antonio Nunes de Rezende e Maria Pedroso de Moraes, nm. do Sarg. Mor João Alves Preto e Maria Pedroso de Moraes, com pelo menos: (O casamento desta filha, não encontrado nos autores pesquisados, foi gentilmente enviado pelo genealogista Marcos Lima, de Minas Gerais, citando "As Três Ilhoas", de José Guimarães).
- Obs.: 1) Antonio Nunes de Moraes foi criado na cidade de Passa Tempo, MG (parente do inconfidente José de Resende Costa), onde deixou descendentes, entre os quais "o atual Prefeito da cidade", Julinho Costa. "Minha bisavó paterna chamava-se Maria Gabriela de Resende, natural de Rezende Costa, MG, mãe do meu avô, José Domiciano Ribeiro Neto, cc. Delfina Maria de Lima (da família do português, Pedro Rodrigues Arvellos), pais de José Desidério de Lima, n. 1926, f. 1984, que foi gerente do Banco da Lavoura e do Real, em 1960, em Passa Tempo". (Marcos Lima). 2) Depois o genealogista William Horst Richter, enviou a geração abaixo, e mais algumas informações sobre o casal.

     6 - 1. Antonio Querubim de Toledo, Suplente de Delegado, c. 1ª vez, 1825, Passatempo, São José del Rei (atual Tiradentes), MG, com Ana Gonçalves de Jesus, n. e b. 1801,   nessa mesma localidade, f. do Cap. José Bernardes de Carvalho e Brígida Gonçalves Pacheco, com 7 filhos: José, n. 1827, Francisco, b. 1829, ambos em Passatempo, José (outro), b. 1832, Bernardina, b. 1838, ambos em Jacuí, MG, e Ana, n. 1840, Guaranésia, MG, b. no mesmo ano em Jacuí, e ainda: (Aqui com colaboração do genealogista Decio Martins Medeiros, que enviou mais 5 filhos).

     7 - 1. Antonio Querubim de Resende, cc. Cândida Rosa dos Serafins, com 5 filhos: Antonio, b. 1866, os gêmeos Antonio e Manoel, batizados em 1869, todos em Guaxupé, estes enviados pelo genealogista Decio, citado acima, e ainda:

     8 - 1. Maria José de Resende, n. 1849, f. 1876, Guaranésia, c. 1824, Guaxupé, com Manoel da Costa Fontes, f. 1899, f. de Manoel José Gomes da Costa e Maria Umbelina de Fontes, com 2 filhas: Maria da Costa Fontes, n. 1866, em Guaranésia, e ainda:

     9 - 1. Maria Umbelina de Resende, n. 1866, Guaranésia, onde c. 1883, com João Evangelista de Sousa, f. de Antonio de Sousa Pereira e Ana Bernardina de Jesus, com 6 filhos: Manoel, João, Anna, José, e ainda:

    10- 1. Maria José, c. 1907, Guaranésia, com João de Calaes de Salles.

    10- 2. José Costa Souza, n. 1898, Guaranésia, onde c. 1926, com Maria Gomes Pinto, n. 1910, na mesma cidade, f. de Manoel de Souza Pinto e Maria das Dores da Paz.

     8 - 2. Pedro Cândido de Resende, c. 1874, Guaranésia, com Virgínia Maria de Jesus.

     7 - 2. Francisco Antonio de Resende, n. 1863, Muzambinho, MG, cc. Geraldina Lina de Magalhães, n. 1865, na mesma cidade, com pelo menos:

     8 - 1. João Cândido de Resende, n. 1892, Muzambinho.

    6 - 2. Luiz Vaz de Mello, c. 1823, Passatempo, com Bernardina Gonçalves de Jesus, n. 1803, na mesma localidade, f. do Cap. José Bernardes de Carvalho e Brígida Gonçalves Pacheco.

     6 - 3. José Antonio de Moraes, c. 1820, Passatempo, com Maria Rosa da Silva, n. 1805, na mesma localidade, f. de José Antonio da Silva Pereira e Claudina Cândida de São José.

     6 - 4. Ana Umbelina de Toledo, c. 1825, Passatempo, com Silvério José de Oliveira, n. 1801, na mesma localidade, f. de Manoel José da Silveira e Maria José Pacheco.

     6 - 5. Joaquim Emídio Resende, c. 1827, Passatempo, com Joana Maria do Sacramento, f. de Joaquim José Rabelo e Maria Josefa do Nascimento.

     6 - 6. Gertrudes Valeriana, c. 1824, Passatempo, com Francisco Pinto Chagas.

     6 - 7. Pe. Bento Ozório de Mello Rodovalho, que em 1817 recebeu a doação de uma chácara do seu tio-avô, o Vigário Colado Bento Cortez de Toledo, adiante. De acordo com os seus testamento de 1837 e inventário na cidade de Taubaté declarou ser natural da Vila de São José, Província de Minas, filho legítimo do Alf. Antonio Nunes de Moraes e Escolástica Dionísia de Toledo, acima, e que era Presbítero Secular do Hábito de São Pedro e que, por fragilidade Humana, tinha, de Anna Francisca Martins, com testamento de 1844, f. legítima de João Martins da Silva e Maria José, os filhos Naturais seguintes: (Informações gentilmente enviadas pelo amigo, genealogista, Rosano Marcondes, de Taubaté, que pesquisou no Arquivo Histórico Municipal, da mesma cidade).

     7 - 1. Antonio João da Motta, casado antes de 1844 (enteado do Padre Bento, e seu inventariante).

     7 - 2. Anna Martins de Jesus, com 21 anos em 1837, c. antes de 1837, com Antonio Nascimento de Jesus.

     7 - 3. Manoela, c. antes de 1844, com Lourenço Moreira de Toledo.

     7 - 4. Thimótio, 14 anos em 1837, solteiro em 1844.

     7 - 5. Maria Benedita, 12 anos em 1837, c. antes de 1844, com Manoel Gomes dos Santos.

     7 - 6. Francisca, 7 anos em 1837, c. antes de 1844, com  Luiz Rodrigues dos Santos.

     7 - 7. Marianna, 6 anos em 1837, já era casada em 1844, com Francisco Monteiro da Silva.

     7 - 8. João Baptista Ozório, 4 anos em 1837, morador em Limeira, SP, em 1844.

     5 - 4. Timóteo Correia de Toledo, tinha 8 anos em 1789, cc...., com: Cônego Benjamin de Toledo Melo, Vigário de Taubaté.

     5 - 5. Carlos, que tinha 5 anos em 1789, pode ter sido pai de pelo menos: Escolástica e Gertrudes (conforme testamento do tio n. 4-5, adiante).

     5 - 6. Umbelina Clara de Toledo, n. 1785 ou "com 2 anos em 1789".

     4 - 3. Mariana de Toledo Cortes, n. Taubaté, cc. Antonio José da Mota, n. Sampaio de Favões, Conselho de Benviver, Cap. das Ordenanças de Taubaté e, depois, de Baependi, f. de Martinho Soares e Clara da Mota Teixeira, "dos verdadeiros e legítimos Teixeiras", nm. de Manoel da Mota Teixeira, de S.Miguel de Fapinhos (este f. de Antonio da Mota Teixeira, da Quinta das Vargens e neto Gaspar Teixeira da Mota, de Lageas, Couto de Vila Boa), pais de pelo menos: (2.240, A.1.197, FS, GL.6.53, Nob.2.240 e SL.5.548).

     5 - 1. Maria Francisca Teixeira (ou Maria Francisca de Toledo Cortes), n. São José dos Campos, SP, c. 1792, Taubaté, com Antonio Marcondes do Amaral Filho (ou Antonio Marcondes e Oliveira), n. Pindamonhangaba, SP, f. cerca de 1832, Barra Mansa, RJ, f. do Cap. Antonio Marcondes do Amaral, n. Ilha de São Miguel, Açores, e 2ª mulher, Ana Joaquina de Sá, n. Aritinguetá (Sic), com 9 filhos em SL.5.548, entre os quais: (FS e GL.6.53).

      6 - 1. Emília Marcondes do Amaral Toledo, cc. seu primo, o Cel. Manoel Marcondes do Amaral, f. 1832, Taubaté (da guarda de honra de Dom Pedro I), f. do Ten. Cel. Antonio Moreira da Costa e Anna Rosa Marcondes de Sá, com 4 filhos em SL.5.549, entre os quais:

     7 - 1. Escholastica Marcondes da Costa Guimarães, inventariada em 1857, cc. o Comendador Antonio Moreira da Costa Guimarães, inventariado em 1877, f. do Cap. Mor Comendador Victoriano Moreira da Costa e Mariana Justina de Moura, com 2 filhos em SL.5.550: Vitoriano Moreira da Costa Guimarães, b. 1877, "solteiro", e ainda: (Pesquisa do genealogista Rosano Marcondes, no Arquivo Histórico de Taubaté, inclusive quanto à geração).

     8 - 1. Maria Augusta Marcondes de Toledo, b. 1837 (truncado em SL), c. 1860, com Francisco de Paula Toledo, Bacharel em Direito, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: (SL.5.550).

     9 - 1. Antonio Augusto Moreira de Toledo, Bacharel em Direito, b. 1861, Taubaté, c. 1884, com Maria Adelaide de Alvarenga, f. do Ten. Cel. Francisco Bento de Alvarenga e Gertrudes Theresa de Camargo, nm. de Bento de Moura Ferreira e Anna Joaquina de Souza.

              Três filhas do Coronel, não relacionados por SL, com Gertrudes Maria do Espírito Santo: (Testamento do Pe. João Leite de Freitas, e processo cível de 1855, descobertos pelo genealogista Rosano Marcondes, no Arquivo Histórico Municipal de Talbaté, incluinda a geração).

     7 - 2. Maria da Pureza Marcondes, n. 1830, f. 1913, cc. Joaquim Bonifácio de Moura, afilhado, f. 1887, f. de Antonio Bonifácio de Moura e Francisca Claudina, c.ger. acima.

     7 - 3. Anna Rosa Marcondes, cc. o Ten. Cel. João Nepomuceno de Freitas, n. Taubaté, "uma das mais distintas personalidades do nosso municípo, tendo ocupados cargos do poder municipal e do Judiciário", f. do Padre João Leite de Freitas e Anna Faustina do Amaral, np. de Manoel Leite de Miranda e Joaquina Maria de Jesus, com pelo menos:
- Obs.: Aqui divergindo um pouco do livro "Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos", de Benedicto Alípio Bastos, em razão dos documentos só agora descobertos.

     8 - 1. Carolina Marcondes Leite (ou Carolina Moreira Leite), cc. o Cap. João Moreira da Costa, f. do Ten. Cel. João Moreira da Costa e Maria Joaquina dos Anjos, c.ger. acima.

     7 - 4. Carolina Amália, cc. Joaquim Moreira de Mattos, tiveram: Francisco de Paula Moreira de Mattos, Maria da Glória de Mattos, Anna Rosa de Mattos e Maria José de Mattos.

     6 - 2. Mariana Angélica de Toledo Marcondes de Montezuma (truncado em SL), f. 1836, c. 1823, o Conselheiro Francisco Gê Acayaba de Montezuma (que até à época da independência chamava-se Francisco Gomes Brandão Montezuma, Visconde com grandeza de Jequitinhonha (também conhecido como Barão de Montezuma), n. 1794, Bahia, f. 1870, RJ, formado em Direito em Coimbra em 1822, Deputado à Assembléia Geral Constituinte de 1831, Senador, Ministro da Justiça e dos Estrangeiros e Diplomata (cujos pais e 2º casamento SL não descobriu), foi filho de Manuel Gomes Brandão, português, e Narcisa Theresa de Jesus Barreto, mestiça, e casou 2ª vez, 1842, no Bairro do Rio Comprido, Rio, com Francisca Maria de Jesus, Viscondessa de Jequitinhonha (viúva do negociante e político fluminense, Marcolino Antonio Leite, f. 1830, deixando 5 filhos), n. 1792, na freguesia da Exaltação da Santa Cruz, Ubatuba, SP, f. 1860, Niterói, RJ, f. de Francisco Manuel e Maria Leonor, com 5 filhos da 1ª esposa em SL.5.552, onde observamos: (FS, Processos da Nobreza Brasileira, do Museu da Justiça do RJ e Wikipédia).

     7 - 1. Camila Gê Acayaba de Montezuma (hipótese, não relacionada por SL), mãe de: (FS).

     8 - 1. Bernardino Carlos Augusto Gê Acayaba de Montezuma, n. por volta de 1845, c. 1900, aos 55 anos, na 11ª Circunscrição do Rio, com Presciliana Ferreira Franco (ambos solteiros na data do casamento), n. por volta de 1876, f. de Clara Ferreira Franco. (FS).

     5 - 2. Ana Joaquina de Toledo, cc. o Sarg. Mor José Gomes Vieira de Almeida, com: (SL.5.557).

    6 - 1. Mariana de Paula Gomes, cc. o Advogado Barnabé Ferreira de Abreu Costa, com: Alexandrina Leopoldina de Abreu e Emílio Ferreira de Abreu e Costa, Advogado.

    5 - 3. Claro José da Mota e Toledo, inconfidente, n. Taubaté, tinha cerca de 25 anos em 1789, que fazia a ligação entre os inconfidentes mineiros e paulistas, sobrinho dos também inconfidentes Padre Carlos Correia de Toledo, em cuja dependência vivia, e Luiz Vaz de Toledo Piza, nunca foi encontrado pelas autoridades. (A.1.197, 3.441, 4.303, 8.149, AS.2.175, GL.6.53, PT.2.240 e SL.5.548).

    
5 - 4. Mariana (hipótese), mãe de Ângela (testamento do tio n. 4-5, abaixo).

    4 - 4. Antonio de Melo Freitas (Fr. Antonio de Santa Úrsula Rodovalho), religioso capucho, do Convento de São Francisco, em SP, professor no seminário de São José, no RJ, e depois Bispo em Angola. (2.240, A.2.104, OJ.70 e SL.5.557).

    4 - 5. Pe. Bento Cortez de Toledo, n. cerca de 1748, que ficou no lugar do irmão na Igreja de São José e foi Reitor do Seminário de São José, no RJ, em 1799, falecido com testamento em 1843, Taubaté. Reconheceu 2 filhos que os autores omitem: (2.240, A.2.104, 5.136, OJ.70 e SL.5.557).

     5 - 1. Constância, cc. Manuel Alves Moreira Barbosa.

     5 - 2. João Nepomuceno de Toledo, cc. Escolástica Pereira de Toledo, com 6 filhos, entre os quais podem estar os seguintes netos do seu pai: Ana, Francisca e Bento.

    4 - 6. Ana Maria Toledo, cc. seu primo, Félix Correia Leme, n. Pindamonhangaba, fazendeiro em São João de El-Rei, f. de Salvador Correia Leme e Maria de Faria Ribeiro, ambos dessa cidade, com pelo menos 3 filhos: (2.240, SL.5.557 e 6.336).

    5 - 1. Félix Correia de Toledo, n. 1769, fazendeiro em São João de El-Rei, chegou a ser interrogado no processo da Inconfidência Mineira mas nada ficou provado contra ele. (2.240, A.2.116, 203 e SL.6.337).

     5 - 2. Francisca ou Francisco.

     5 - 3. Úrsula Correa de Toledo, cc. Agostinho da Fonseca Barros, f. de Pedro Pereira de Barros e Quitéria da Fonseca Teles, com pelo menos:
- Obs.: Segundo pesquisa da genealogista, Sra. Ana Maria Toledo Rodrigues, Úrsula deveria ter sido relacionada em SL.6.337, e Agostinho em SL.3.275.

     6 - 1. Maria Firmina de Toledo (cujo pai SL não descobriu), cc. Lourenço Bicudo de Brito (bisavós do Jurista Hélio Pereira Bicudo), f. de Manoel Bicudo das Neves e Angélica Evangelista Sodré (em Moreiras Castilhos), com 5 filhos em SL.6.436, entre os quais: (Pesquisa da Sra. Ana Maria Toledo Rodrigues).

     7 - 1. José Pereira Bicudo, residente em São Paulo, cc. Anna Joaquina Pereira, com 12 filhos em SL.6.436, entre os quais: (FS).

     8 - 1. José Pereira Bicudo Filho, cc. Escholastica de Toledo Bicudo, f. de João Martinho de Toledo, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Irene Dinah Pereira Bicudo Filho, n. 1894, b. 1895, Lígia Pereira Bicudo, b. 1906, Jairo Pereira Bicudo Filho, b. 1908, todos em NS da Assunção, Centro, São Paulo. (FS e SL.6.436).

     8 - 2. Joaquina Flora Pereira Cardoso, c. Mogi das Cruzes, com José Roberto dos Santos Cardoso, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: João Cardoso, n. e b. 1906, NS da Expectação, Freguesia do Ó, São Paulo, SP. (FS e SL.6.437).

     8 - 3. Anna Rosa Pereira de Azevedo, c. em Ribeirão Bonito, com Antero de Azevedo Chaves (ou Anthero de Azevedo Chaves), cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Luiz de Azevedo Chaves, n. e b. 1904, Centro, São Paulo, SP. (FS e SL.6.437).

     8 - 4. Laura Pereira de Azevedo, cc. Antelmo de Azevedo Chaves (ou Anthelmo de Azevedo Chaves), cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Francisco de Azevedo Chaves, n. e b. 1904, Centro, São Paulo, SP. (FS e SL.6.437).

     8 - 5. Izabel Pereira Wilkin (ou Izabel Bicudo Wilken), cc. Christiano Frederico Wilkin (ou Christiano Frederico Wilken), residentes no Rio de Janeiro, cuja geração SL não relaciona, tiveram pelo menos: Maria de Lourdes, n. 1905, b. 1906, NS da Assunção, Centro, São Paulo. (FS e SL.6.437).

     8 - 6. Pedro Severo Pereira Bicudo, n. 1881, b. 1882, NS da Assunção, Centro, São Paulo, c. na mesma cidade, com Anna Vieira da Motta. (FS e SL.6.437).

     8 - 7. Francisca Pereira Bicudo, b. 1875, Santa Isabel, SP, cc. João Gonçalves Bittencourt. (FS e SL.6.437).

    4 - 7. Ângela Mariana de Toledo, b. Taubaté, c. 1764, Pindamonhangaba, com o Alf. João Leite do Prado, n. da mesma, f. de Manoel Leite do Prado e Francisca Vieira (em Leites Mirandas), com pelo menos: (2.240 e SL.5.557/8).

    5 - 1. Francisca Xavier Ferreira de Melo (omitida em SL), b. Taubaté, cc. Joaquim José Carneiro, b. Vila Rica, MG, f. do Cap. Antonio José Carneiro, n. São Vicente de Alferes, Vizeu, Portugal, e Josefa Maria de Jesus, n. Vila Rica, pais de: Escolástica, n. Rio, 1798. (GL.6.52).

     4 - 8. Joaquim José Osório de Toledo, f. solteiro em 1780. (SL.5.558).

     4 - 9. Antonio Joaquim Correia de Melo (hipótese), de Paracatu, MG. (A.9.187)

    3 - 2. Manoel Vieira da Maia, de Taubaté, cc. Inácia Álvares Cardoso (Inácia Alves de Loiola, ou Ignacia Ferreira de Loyola), de Taubaté, f. de Silvestre Martins Nogueira, n. Porto, f. 1774, Jundiai, e Violante Cardoso Guedes, de Taubaté, com 7 filhos em SL.7.388, entre os quais: (FS).

     4 - 1. Izabel Maria Vieira (ou Izabel Maria de Jesus), n. Jundiaí, c. 1780, 81 ou 84, NS da Conceição, Campinas, com José do Rego de Almeida, n. Itu, f. 1804, Porto Feliz, f. de José do Rego de Almeida e Rita Leite de Aguiar (em Almeidas Neves), c.ger. em SL.4.62. (FS).

     4 - 2. Antonio Vieira da Maia, de Jundiaí, c. 1ª vez, 1780, NS Mãe dos Homens, Araritaguaba (atual Porto Feliz), com Maria de Araujo Leite, irmã de José do Rego de Almeida, anterior, s.ger. e, enviuvando, c. 2ª vez, 1782, Itu, com Rita Custódia Aranha, f. de João da Costa Aranha e Gertrudes de Araujo Cabral (em Arrudas Botelhos). (AS.6.146, FS, SG.163 e SL.4.66).

     4 - 3. Anna Álvares Ferreira, n. Jundiaí, c. 1775, NS da Conceição, Campinas, SP, com Domingos Bicudo de Brito, n. São José de Mogimirim (1ª esposa), f. de Manoel de Brito Leme e Luiza da Fonseca Pinto ou Luzia da Fonseca Pinto (em Falcão), np. de Domingos Bento de Brito e Maria Leme (ou de Domingos Bicudo de Brito, de Guaratinguetá, e Ana de Almeida, de Parnaíba?), nm. de Manuel Dias Delgado e Leonor Jorge Moreira. (FS, SL.6.72 e 7.388).

     4 - 4. Ignacia de Moraes Vieira (ou Ignacia Álvares Vieira), c. 1790, NS Mãe dos Homens, Porto Feliz, com Bento da Costa Bicudo, f. de José da Costa Bicudo e Tomásia Martins de Araujo, nm. de Francisco Martins de Araujo, com pelo menos: (FS e SL.7.389).

     5 - 1. Maria Vieira da Costa, c. 1812, Porto Feliz, com José Vieira de Castro, f. de Ignacio Xavier de Castro e Anna de Godoy. (SL.7.389).
- Obs.: Se for o mesmo casal: Maria Vieira da Costa, cc. José Xavier de Castro, tiveram pelo menos: Fermino Castro, n. e b. 1828, Porto Feliz. (FS).

     5 - 2. Anna da Costa (não relacionada por SL), c. 1819, NS Mãe dos Homens, Porto Feliz, com João Álvares, f. de Manoel Álvares da Mota e Joanna Martins. (FS).

     4 - 5. Margarida Vieira, c. 1795, Araritaguaba, com Vitorino Antonio Cardoso, f. do Ten. Bento Cardoso de Siqueira e Maria de Arruda Botelho (em Aranhas Sardinhas). (SL.2.327 e 7.388).

     3 - 3. Inácio Vieira de Almeida, Cap. das Ordenanças de Taubaté, onde n. 1727, c. por volta de 1756, com Maria da Conceição, f. de Luiz Lopes da Costa e Rosa Maria de Jesus, com 3 filhos, dos quais SL relaciona apenas 1: (SL.7.389).

     4 - 1. Luiz, com 17 anos em 1773, que talvez seja o mesmo Luiz Lopes Vieira, solteiro, com 26 anos em 1782. (SG.164).

     4 - 2. Francisco Xavier Ferreira de Melo, com 14 anos em 1773, habilitado de genere. (SL.7.389).

     4 - 3. Cap. Inácio Vieira de Almeida Cabral, do Regimento do Cel. Macedo, de Cunha, SP, com 10 anos em 1773, c. por volta de 1799, com Francisca Moreira da Costa, n. 1785, f. Taubaté, 1848, com inventário em 1849, f. de João Moreira de Castilho e Ana da Costa Manso (em Moreiras Castilhos), com: José, n. 1806 (não constou do inventário do pai), e ainda: (SG.164 e pesquisa do amigo genealogista Rosano Marcondes, no Arquivo Histórico Municipal de Taubaté, inclusive quanto à geração do casal).

    5 - 1. Francisco Xavier de Almeida, o primogênito, inventariante da mãe, n. por volta de 1798, soldado da Imperial Guarda de Sua Majestade o Imperador Dom Pedro I, que consta da lista do Brigadeiro Machado, no Quadro Histórico da Província de São Paulo, cc....., com pelo menos: (SG.164).

     6 - 1. Cap. Ignacio de Almeida Cabral, f. com inventário de 1885, cujo nome da esposa não foi encontrado nos autores pesquisados, cc. Maria Augusta Lopes de Almeida (que c. 2ª vez com o Cel. Antonio Marcondes Quadros), tiveram, pelo inventário, 6 filhos: Elvira, 11 anos, Virgília, 10, Ildefonso, 3, Marieta 2, Ignacio, 6 meses, e ainda: (SG.164 e inventário de 1885).

     7 - 1. Alzira de Almeida Soares, tinha 4 anos no inventário, casou em 1906, aos 19 anos, com o Cel. Luiz Antão da Silva Soares (viúvo de Francisca Ribeiro Soares), de 43 anos, Deputado do Congresso do Estado, f. de Luiz Ferreira Soares e Maria Cristina da Silva Soares, pais de: Áurea, 21 anos, Romualdo, 19, Cristina, 16, "Idomineu", 14, e ainda: (SG.164 e inventário de 1885).

     8 - 1. .... (uma das filhas), cc. o Dr. J.B. de Arruda Sampaio, Curador de Menores e das Massas Falidas, na Comarca de Santos. (SG.164).

     5 - 2. Maria Joaquina Correa (ou Maria Justina da Trindade), n. 1804, cc. Luiz Antonio Correa. (SG.164 e Rosano).

     5 - 3. Comendador Inácio Mariano da Costa Vieira, n. 1816, cc. Benedita Cândida da Costa Vieira (viúva do Dr. Francisco Antonio Rosas, Médico), f. do Cap. Inácio de Siqueira Cardoso e Maria Inácia Cardoso, pais de: Virgílio, Rodolfo, e ainda: (SG.164 e SL.6.439).

     6 - 1. Dr. Otaviano da Costa Vieira, Juiz de Direito em São Carlos do Pinhal, cc. uma irmã de Euclides da Cunha. (SL.6.439).

     5 - 4. Anna Justina da Trindade, n. 1812, inventariada em 1869, no 2º Ofício de Taubaté, cc. José de Souza Vieira Júnior, com 11 filhos, sendo três maiores que residiam fora do Termo: (Rosano, incluindo a geração).

     6 - 1. Cândida Antunes da Conceição, cc. Bonifácio de Oliveira Soares.

     6 - 2. Francisca Antunes do Espírito Santo, cc. Francisco Lopes da Silva Ramos.

     6 - 3. Maria Antunes da Piedade, cc. Joaquim Pires Dias.

     6 - 4. Escolástica Justina das Dores, solteira, 31 anos.

     6 - 5. Vigário Bento Antoniio de Souza Almeida, residente "nos Mendes", na Província do Rio de Janeiro.

     6 - 6. Pe. Antonio Moreira de Souza e Almeida, estava na Província do Rio Grande do Sul, para receber Ordens Sacras.

     6 - 7. Maria das Brotas Moreira, solteira, 23 anos.

     6 - 8. José Ignacio de Souza Almeida, 21 anos.

     6 - 9. Joaquim Moreira de Souza Almeida, 19 anos, residente na Corte.

     6 -10. Anna Rosa Moreira, solteira, 17 anos.

     6 -11. Francisco José da Ressurreição, 15 anos.

     5 - 5. Benedita Roldana de Almeida, n. 1821, f. 1889, Caçapava, c. 1ª vez com o Ten. Cel. Antonio Moreira da Costa e, 2ª, com Simão Levi. Do 1º marido teve, pelo menos:

     6 - 1. Henriqueta Moreira da Costa, cc. o Dr. José Augusto de Oliveira Moura, n. Taubaté, f. de Joaquim Francisco de Moura e Anna Rosa de Moura, c.ger. acima. ("Caçapava Apontamentos Históricos e Genealógicos", de Benedicto Alípio Bastos).

     5 - 6. Antonio de Melo Cabral, n. 1823, solteiro, com 18 anos.

     5 - 7. João Vicente da Costa, n. 1824, inventariado em 1906, Taubaté, f. 1906, cc. Maria Leopoldina da Fonseca, com 8 filhos: Ermelindo Moreira da Costa, 49 anos, Amantina Vieira Marcondes, 38 anos, Francisca Moreira da Costa, 37 anos, inventariante (todos solteiros), e ainda: (Pesquisa do amigo, genealogista, Rosano Marcondes, no Arquivo Histórico de Taubaté, SP, Dr. Félix Guisard Filho, incluindo a geração).

     6 - 1. José Ignácio Ribeiro da Costa, 60 anos, casado.

     6 - 2. Severiana Umbelina Moreira da Costa, cc. Feliciano Vaz Cardoso.

     6 - 3. Ana Rosa Moreira da Costa, cc. Benedicto Ferreira Santos.

     6 - 4. Virgolina Moreira da Costa, cc. Francisco Alexandre dos Santos.

     6 - 5. Victalina Moreira da Costa, falecida dois anos antes do inventário, cc. José Moreira da Silva, s.ger.

     5 - 8. Alf. Adriano Gomes Vieira de Almeida, n. Taubaté, f. 1864, Pindamonhangaba, filho natural do Capitão, solteiro, morador em Pindamonhangaba, foi da guarda de honra de D. Pedro I, e esteve presente no momento do Grito do Ipiranga. ("Os Godoy de Pindamonhangaba no Grito do Ipiranga", de Vinícius Oliveira Godoy, Porto Alegre, RS). Casou com Josephina Águeda de Mello, e deixaram duas filhas, conhecidas pelo apelido de as "moças de Adriano": Leopoldina de Almeida e Maria S. de Almeida, todos falecidos em Pindamonhangaba. (Livro "Pindamonhangaba: Através de dois e meio séculos", de Athaíde Marcondes, e pesquisa do genealogista Rosano Marcondes no Arquivo Histórico de Taubaté).

    3 - 4. Maria Madalena Vieira, f. 1825, cc. o Sarg. Mor Cipriano Gomes Veiga, n. Santa Maria dos Passos, Vila de Melgaço, arcebispado de Braga, Portugal, f. 1775, Taubaté, onde foi rico negociante, f. de Manoel Vaz da Veiga e Ventura Domingues, com 8 filhos: (Toda a inédita geração deste casal foi gentilmente enviada pelo seu descendente, o genealogista, Rosano Marcondes, de Taubaté, SP).

     4 - 1. Anna Joaquina Vieira (texto truncado nos autores), n. 1755, Paraty, RJ, com testamento em 1826, Taubaté, SP, e inventário em 1842, cc. o Cap. Mor da Villa de São Francisco das Chagas de Taubaté, João Francisco de Abreu Guimarães, n. 1745, Freguesia de São Jorge de Selho, Guimarães, que tinha 52 anos no censo de Taubaté de 1797, f. de Amaro Francisco de Castro e Maria de Abreu, com 9 filhos: (SG.163 e SL.7.390).

     5 - 1. Pe. João de Abreu Guimarães, presbítero secular, teve uma filha:

     6 - 1. Vicência Maria do Espírito Santo, que morava em São Paulo.

     5 - 2. Pe. José de Abreu Guimarães e Castro, com testamento em 1841 e testamento em 1842 em Taubaté, teve com Marianna Antonia de Loreto, 7 filhos: Joaquina Augusta de Abreu, Anna Francisca de Abreu, José Copertino, Maria Joaquina, Isaías Gomes de Abreu, João, e ainda:

     6 - 1. Vicência Gomes de Abreu, cc. José Albano Cardoso, f. de Francisco José Cardoso e Anna Manoela de Almeida, teve:

     7 - 1. Joaquina de Abreu Taborda, com Antonio Pinto, teve:

     8 - 1. Aurélia de Abreu, cc. José Benedicto de Araújo, f. de José Vieira de Araújo e Maria Ribeiro de Jesus, teve:

     9 - 1. Tolentino Ribeiro, cc. Diamantina Vettoretti Ribeiro, f. de Giovanni Vettoretti e Mariana das Chagas, teve:

     10- 1. Ruth Ribeiro, cc. Raul Marcondes, f. de Romeu Marcondes e Maria Gertrudes Marcondes (em Moreiras Castilhos), teve: Rosano Marcondes.

     5 - 3. Antonio, já f. 1826.

     5 - 4. Cap. Francisco José de Abreu, inventariado em 1865, em Taubaté, cc. Justina Maria de Andrade, teve: João Lázaro de Abreu, 33 anos, Tertuliano José de Abreu, 31, Anna Joaquina Vieira, 24 anos (solteira) e Firmino José de Abreu, 21, Rafael José de Abreu, 18 anos (solteiro), Antonio Manoel de Abreu, 15, Anacleta, 13, Manoel Antônio Gomes, 11, e ainda:

     6 - 1. Justina Maria de Abreu, com 25 anos, cc. Manoel Antonio Gomes da Silva.

     5 - 5. Anna Antonia de Abreu, inventariada em 1861, em Taubaté, cc. o Guarda Mor Claudiano José de Andrade, inventariado em 1838, em Taubaté, f. de Venceslau do Amaral Silva e Anna Thereza Albernaz, com 9 filhos: Delminda Florentina de Andrade, solteira, Pe. Francisco Justiniano de Abreu, f. 1880, inventariado no mesmo ano, em Taubaté, Claudino, José, Cap. Joaquim Vicente de Andrade, inventariado em 1891, em Taubaté, e ainda:

     6 - 1. João Claudiano de Andrade, inventariado em 1869, em Taubaté, cc. Anna Justina de Mattos, com: Maria ...., Maria José Nogueira, e ainda:

     7 - 1. Anna Augusta de Andrade, cc. seu parente, Antonio Ferreira de Abreu Biscoito, 46 anos, inventariado em 1875, em Taubaté, adiante.

     7 - 2. Maria Leopoldina Nogueira de Andrade, inventariada em 1884, em Taubaté, cc. João Batista Nogueira.

     7 - 3. Marianna Augusta Nogueira de Barros, cc. João Batista Nogueira.

     6 - 2. Antonio de Abreu Guimarães, inventariado em 1869, em Taubaté, cc. Maria Antônia de Mattos, com:

     7 - 1. Maria José de Abreu, cc. José Ricardo Moreira de Barros, f. de Jordão Pereira de Barros e Maria de Trindade Moreira, com 6 filhos: Francisco Claudiano de Abreu, que cursava medicina, José Claudiano de Abreu, Gabriel, falecido aos 7 anos, e ainda:

     8 - 1. Maria Francisca de Abreu, cc. o Dr. Antônio Teixeira de Souza Alves, f. de Francisco Teixeira de Souza Alves e Maria Thereza de Souza.

     8 - 2. Elisa Albertina de Abreu, cc. o Dr. José Philippe Cursino, f. de Joaquim Cursino dos Santos e Marianna Francisca de Jesus.

     8 - 3. Maria Thereza de Abreu Andrade, cc. Francisco Augusto de Andrade Rosa.

     6 - 3. Anna Francisca de Andrade, cc. Marianno Marcondes de Quadros.

     6 - 4. Vicência Ferreira de Andrade, cc. Augusto Kholy, com: Claudiano Augusto Kholy.

     5 - 6. Maria Antonia Guimarães, inventariada em 1822, cc. Paulo José de Abreu Guimarães, inventariado em 1859, ambos em Taubaté, com:

     6 - 1. Anna Francisca de Paula, cc. Manoel Luiz de Souza.

     5 - 7. Rosa Maria de Abreu, inventariada em 1867, cc. o Alf. Honório Correa de Toledo, inventariado em 1859, em Taubaté, com 8 filhos: Henriques Correia de Toledo, e ainda:

     6 - 1. Cap. João Honório Correia de Abreu, 42 anos, Capitão da 2ª companhia do Batalhão nº 42, da Guarda Nacional da cidade de São José da Parahyba (São José dos Campos).

     6 - 2. Francisca, com 50 anos, cc. o Prof. Joaquim Anacleto de Morais, moradores em Santo Antonio do Parahybuna (Paraibuna).

     6 - 3. Eufrosina Esmeralda de Abreu, cc. Flávio Elias de Camargo, com 13 filhos: Maria, 34 anos, Carolina, 33 (solteiras), Marianna, com 38 anos, viúva, João Monteiro do Carmo, músico e alfaiate, com 35 anos, João Antonio de Camargo, com 22 anos, Flávia, 18, Francisco, 16, José, 11, e ainda:

     7 - 1. Ana Rosa, com 38 anos, cc. João Cândido Antunes de Toledo.

     7 - 2. Antônia, com 31 anos, cc. Joaquim Gomes de Assis.

     7 - 3. Francisca, com 28 anos, cc. Francisco Antunes de Siqueira.

     7 - 4. Leopoldina, com 26 anos, cc. Adriano da Costa Pereira.

     7 - 5. Maria da Glória, com 24 anos, cc. João Eufrásio de Toledo.

     6 - 4. Vicência, com 45 anos, cc. José Borges Serra.

     6 - 5. Anna, com 42 anos, cc. Manoel Eufrásio de Toledo.

     6 - 6. Francisco Antunes de Siqueira, com 33 anos, cc. Francisca Augusta de Camargo.

     6 - 7. Clara, cc. Francisco das Chagas Rodrigues, com 2 filhas:

     7 - 1. Anna, com 22 anos, cc. Antônio Pereira de Siqueira.

     7 - 2. Maria, com 21 anos, cc. João Lopes Guimarães.

     5 - 8. Clara Justina de Abreu, inventariada em 1874, em Taubaté, cc. José Ferreira da Costa, inventariado em 1842, na mesma cidade, com 9 filhos: João Ferreira de Abreu, 55 anos, Maria Francisca de Paula, 50, Francisco Ferreira de Abreu, 52, Mariana Amália Abreu, 44 anos (solteira), Barnabé Ferreira de Abreu e Costa, 42 anos, inventaridado em 1903, em Taubaté, Ten. Thomás Francisco de Abreu, 40, inventariado em 1887, em Taubaté, e ainda:

     6 - 1. Anna Zeferina de Abreu, f. 1892, Taubaté, com 83 anos, com testamento em 1887, e inventário em 1892, cc. Joaquim  Ramos de Queirós, com 2 filhos falecidos sem geração.

     6 - 2. Joaquina Zeferina de Abreu, 52 anos, cc. Manoel José Francisco de Souza.

     6 - 3. Antônio Ferreira de Abreu Biscoito, 46 anos, inventariado em 1875, em Taubaté, cc. sua parenta, Anna Augusta de Andrade, acima.

     5 - 9. Joaquina Zeferina de Abreu, n. Taubaté, f. com testamento 1847, inventariada em 1853, na mesma cidade, cc. Salvador Leite de Miranda, s.ger.

     4 - 2. Maria Clara Gomes, que tinha 18 anos na morte do pai em 1775, faleceu com testamento em 1841, em Taubaté, cc. Filippe Monteiro da Silva, com 8 filhos:

     5 - 1. Joaquim Monteiro da Silva, inventariado em 1856, em Taubaté, cc. Maria Joaquina de Jesus, com 5 filhos: João Monteiro da Silva, Francisco Monteiro da Silva, José Monteiro da Silva, e ainda:

     6 - 1. Maria Joaquina de Jesus, cc. Benedicto Alves Machado.

     6 - 2. Anna Maria, cc. Pedro José dos Santos.

     5 - 2. Francisco Monteiro da Silva, com testamento em 1859, em Taubaté, inventariado em 1861, cc. Fortunata Gomes Monteiro da Silva (a mesma Fortunata, sua prima, adiante?), com 8 filhos: Francisco Monteiro Silva, 38 anos, João Vicente Gomes de Almeida, 34, Bernardino Gomes de Almeida (ou Bernardino Monteiro Gomes), 28, Joaquim Gomes de Almeida (ou Joaquim Monteiro Gomes), 24 anos, Antonio gomes de Almeida (ou Antonio Monteiro Gomes), 31, Clara Gomes Monteiro, 21, e ainda:

     6 - 1. Maria Francisca, com 30 anos, cc. Antonio Vicente das Chagas Pereira.

     6 - 2. Carolina Gomes, cc. Eduardo Monteiro, com: Maria Francisca da Glória.

     5 - 3. José Monteiro da Silva, inventariado em 1892, em Taubaté, cc. Delfina Monteiro, com 8 filhos: Manoel Monteiro de Oliveira, 48 anos, Gertrudes Monteiro de Oliveira, 46, Floriano Monteiro de Oliveira, 44, Florinda Monteiro de Oliveira, 41, Máximo Monteiro de Oliveira, 37, Januário Monteiro de Oliveira, Mariano Monteiro de Oliveira, e ainda:

     6 - 1. Cândida Monteiro de Oliveira, cc. Vicente Jacinto de Oliveira.

     5 - 4. Cap. Bento Monteiro da Silva, inventariado em 1866, em Taubaté.

     5 - 5. Cap. Antonio Monteiro da Silva, inventariado em 1868, em Taubaté.

     5 - 6. Rosa, cc. Antonio Pereira.

     5 - 7. Anna, cc. José Raimundo Loyola, inventariado em 1838, em Taubaté, com: Benedito José Monteiro e Francisco, e dois naturais: Claro José do Amaral e:

     6 - 1. Anna Francisca, teve: Benedicta, com 17 anos, e Prudência, com 14.

     5 - 8. Maria, teve: Joaquim, Anna, e Maria.

     4 - 3. Clara Francisca dos Santos, que tinha 16 anos em 1775, cc. Manoel Antonio de Abrange, e teve: José.

     4 - 4. Francisca, gêmea da anterior, cc. ....., e já era viúva em 1775.

     4 - 5. Alf. Antonio de Abreu e Castro (tinha 11 anos em 1775), no censo de 1802, em Taubaté, era solteiro e vivia com a sua mãe, já viúva.

     4 - 6. Sarg. Mor José Gomes Vieira (tinha 9 anos em 1775), cc. Anna Joaquina de Toledo, f. do Cap. Antônio José da Motta e Mariana Antônia de Cortez, com 6 filhos: Maria Benedicta, Clara, Antonio, e ainda:

     5 - 1. Marianna, cc. Francisco Carlos de Alvarenga.

     5 - 2. José Beraldo Gomes de Almeida, cc. Maria Osória Pereira de Toledo, f. de Pedro Pereira da Fonseca Telles e Francisca de Paula Toledo, com uma filha: Virgínia Gomes de Toledo.

     5 - 3. Anna, cc. Quirino João de Toledo.

     4 - 7. Bernardina Edíbia de Andrade (tinha 7 anos em 1775), cc. o Ten. José Vieira da Silva, f. 1832, Taubaté, com inventário e testamento em 1833, f. de Francisco Vieira da Silva e Anna Maria de Siqueira, com 10 filhos: José Gomes Vieira, casado, Francisco Vieira da Silva, Rodrigo da Silva Gomes de Almeida, morador em Mogi das Cruzes, Bernardino Gomes Vieira de Almeida, negociante em Nazareth, e ainda:

     5 - 1. Maria Gomes de São Vicente, cc. Domingos Borges, s.ger.

     5 - 2. Anna Gomes de Almeida, cc. Luiz Jacinto Gil, f. de Manoel Francisco Gil e Anna Maria Xavier.

     5 - 3. Fortunata (a mesma Fortunata Gomes Monteiro da Silva), cc. Francisco Monteiro Gomes (o mesmo, Francisco Monteiro da Silva, acima?).

     5 - 4. Thereza Cândida, cc. Joaquim Pereira da Fonseca.

     5 - 5. Manoel Gomes Vieira, cc. Porcidina Vieira do Espírito Santo, e teve: Maria e Luiz.

     5 - 6. Joaquina, cc. Antônio das Chagas Pereira.

     4 - 8. Rosa Francisca de Paula (tinha 5 anos em 1775), com testamento em 1820 em Taubaté, cc. Pedro Fernandes de Oliveira, e teve:

     5 - 1. Francisco Fernandes, já falecido, cc. Maria Teresa do Espírito Santo, com: Rosa e João.

     5 - 2. Cap. José Fernandes de Oliveira.

     3 - 5. Ana Álvares Cardoso (ou Anna Álvares Ferreira), n. Jundiaí, SP, c. 1775, NS da Conceição, Campinas, com Domingos Bicudo de Brito (1ª esposa), n. de São José de Mogimirim, f. de Manoel de Brito Leme e Luzia da Fonseca Pinto (em Falcão), np. de "Domingos Bento de Brito" (ou seria Domingos Bicudo de Brito?) e Maria Leme, nm. de Manuel Dias Delgado e Leonor Jorge Moreira (ou nm. de Silvestre Martins Nogueira e Violante Cardoso Guedes), com pelo menos: Maria Bicudo de Brito, b. 1776, Antonio Bicudo de Brito, b. 1778, ambos em NS da Conceição, Campinas, SP. (FS e SL.6.72).

                                                  Parágrafo 3º 

     2 - 3. Domingos de Amores, que Taques mandou para "Maias", cc. Francisca Leme (cujos irmãos casaram por volta de 1715), f. de Braz Esteves Leme, f. 1700, e sua 2ª mulher Maria da Luz Correia, np. do Alcaide Mor Braz Esteves Leme, f. 1702, Pindamonhangaba, e Margarida Bicudo de Brito, nm. de .... e Helena da Silva. (3.173, 175/6, SL.3.196 e 6.337).
- Obs.: Pelo nome poderia ser deste ou do Cap. 6º. 

                                                  Parágrafo 4º 

     2 - 4. .... (hipótese), cc. Artur da Rocha, que Taques mandou para este Título, Capítulo 7º, Par. 4º, f. de Cornélio da Rocha, n. Santana do Parnaíba, SP ou estrangeiro, f. com testamento Taubaté, 1699, e Maria Leme Bicudo, np. de Artur Corte Belo e "Madalena Masuela", nm. de Francisco Bicudo de Brito e Tomásia Ribeiro de Alvarenga. (3.258, EA.553 e SL.6.434).

                                                  Parágrafo 5º 

     2 - 5. Estevão de Amores Cabral (não relacionado por SL), c. por volta de 1718, com Isabel Vaz Sardinha, n. São Paulo, que tinha mais de 90 anos em 1788, f. de Francisco Vaz Pinto e Isabel Correa Sardinha, com pelo menos: (Pesquisa dos amigos, genealogistas, Cláus Rommel Rodarte e Decio Martins Medeiros, de São Paulo).

      3 - 1. Isabel de Miranda Vieira Cabral, n. Taubaté, b. Ubatuba, f. após 1789, c. 1758, Carijós, com Gabriel Ferreira de Sousa (ou Gabriel Fernandes de Souza), n. S. Adrião das Canas, Arrifana de Souza, Porto, Portugal, f. de Domingos Ferreira e Maria de Souza, com pelo menos: (AD.2.442, JR.2.108-2 e pesquisas dos amigos, genealogistas, Avelina Maria Noronha de Almeida e Decio Martins Medeiros).

      4 - 1. Gabriel, b. 1759, Carijós. (Avelina).

     4 - 2. Ana Silvéria de Sousa Vieira (ou Ana Silveira de Sousa), c. 1785, Carijós, MG, com João da Silveira Fernandes, n. e b. 1724, São João Batista de Louredo, Amarante, Portugal, onde foi b. 1724, declarou em 1789 ter vindo, 35 anos antes, para Carijós, MG. Foi caixeiro, por 29 anos, no Sítio das Bananeiras (ou das Bandeirinhas, em alguns autores) e por 7 anos no córrego chamado Amaro Ribeiro, em terras de João Leite Ribeiro. Recebeu uma carta considerada suspeita de possível participação na Inconfidência Mineira, do seu compadre e parente, o Padre Toledo, acima, inconfidente, e foi delatado por Inácio Correa Pamplona, f. de Domingos Fernandes, n. freguesia de Louredo, Amarante, Porto, e Luiza da Silveira (em Silveira Fernandes), n. da extinta freguesia de São Julião de Passinhos (atualmente um lugar da Vila Caiz, Amarante), com entre outros: (AD.2.442, JR.2.108-2 e ajuda do amigo, genealogista, Decio Martins Medeiros, de São Paulo).
- Obs.: 1) João da Silveira Fernandes também aparece como filho de Domingos Moreira Fernandes e Luiza da Silveira ou Luiza de Toledo, o que pelas datas conhecidas não parece possível. 2) Veja muito mais informações sobre este casal, seus ancestrais e sua descendência, no artigo que os amigos, genealogistas, Decio Martins Medeiros e Claus Rommel Rodarte escreveram, tempos depois, na Revista da ASBRAP nº 21,  de 16.08.2014, fls. 580.

     5 - 1. Maria, párvola, b. 1789, Carijós, Comarca do Rio das Mortes, tendo sido padrinho o mesmo Padre Carlos Correia de Toledo e Melo, acima citado. (AD.2.442).

    5 - 2. Antonio da Silveira Fernandes, n. provavelmente, por volta de 1786, Carijós, c. por volta de 1805, talvez em Candeias, MG, com Isabel Prudência do Carmo (ou Isabel Prudenciana do Carmo), n. por volta de 1784, provavelmente em Candeias, que implantaram a Fazenda Cruzeiro, uma das primeiras em território passense, às margens do Rio Grande, f. de Francisco Lourenço e Josefa Maria de Jesus, com pelo menos: (Pesquisa dos amigos, genealogistas, Decio Martins Medeiros e Joberto Miranda Rodrigues, de Governador Valadares, MG, citando também pesquisa da Sra. Valderez Rosa Garcia).

     6 - 1. Antonio Bruno da Silveira, n. e b. por volta de 1818, na Capela da Senhora de Candeias, filial da Matriz do Senhor Bom Jesus do Campo Belo, lavrador, em 1854 tinha terras na freguesia do Senhor Bom Jesus dos Passos, c. 1836, Passos, com Thomazia Theodora Barbosa da Silveira, f. de Antonio Joaquim Barbosa do Paço e Anna Thereza de San Joaquim, (em Moreiras Castilhos), com pelo menos: Antonio, f. 1839, e ainda: (Joberto).

     7 - 1. Maria, f. 1870, com um ano de idade (filha de Fortunata Maria de Jesus, que poderia ser de um 2º casamento).

                                                  CAPÍTULO 8º 

     1 - 8. Jerônimo Vieira da Maia. (SL.7.390). 

                                                   ENCAIXAR 

   ? 3 - x. Antonia Vieira da Maia, cc. Inácio Cubas Gago, f. de João Cubas do Prado e Maria da Câmara, moradores em Mogi das Cruzes, nm. do Cap. João Bernardes Maciel e Brígida da Câmara, esta f. 1645, Mogi das Cruzes, com pelo menos: (SL.3.313).

     4 - 1. Manoel Gago da Câmara, c. 1752, Guaratinguetá, com Josefa Rodrigues, f. de Domingos de Góes e Antonia Furtado.

                                                       xxx 

   ? 4 - x. Ângelo Vieira da Maia, n. 1743, cc. Maria Gertrudes, n. 1756. (GL.6.231). 

                                                       xxx

     3 -  . Narciso Vieira da Maia, cc. Catharina da Silva, com pelo menos: Maria da Maia, b. 1749, NS da Conceição, Guarulhos. (FS).

                                                       xxx 

   ? 3 - x. Gertrudes da Maia, n. Irajá, Rio, f. 1763, Cunha, SP, cc. Diogo Bueno de Mendonça, n. por volta de 1695, Pindamonhangaba, f. com testamento 1773, f. de Bartolomeu Bueno de Mendonça, inventariado em Taubaté, 1702, e Domingas Ribeiro da Silva, c.ger. em Góes Mendonças. (AS.10.78, 14.186 e SL.1.40). 

                                                       xxx 

   ? 3 - x. Luiz Cordeiro da Maia (em Pontes), de Mogi das Cruzes, cc. Maria Pedroso de Pontes, n. Ouro Fino, GO, com pelo menos:

     4 - 1. Arcângela Maria de Jesus (ou Arcângela Pedroso Pontes), n. Mogi das Cruzes, c. 1782, com João Rodrigues Lisboa, de Vila Boa, GO, f. de José Rodrigues Lisboa, n. São Tomé, Lisboa, e Maria Alves Fajardo, np. de João Rodrigues Pinto e Tereza de Jesus, nm. de João Martins Alves ou Álvares, n. Porto, e Catarina Vieira Fajardo, de Jacareí, SP. (FP.5.66).

                                                       xxx

     3 - x. Antonio Vieira da Maya, cc. Antonia do Prado, com pelo menos: (FS).

     4 - 1. Joanna Vieira de Oliveira, c. 1764, NS do Monserrate, Baependi, MG, com Domingos de Souza. (FS).

                                                       xxx

     4 - x. João Vieira da Maya, c. 1790, Lavras, MG, com Joaquina Rosa de Oliveira. (Colaboração do amigo, genealogista, William Richter).

                                                       xxx

     4 - x. Miguel Vieira da Maya, cc. Maria dos Santos, com pelo menos: (FS).

     5 - 1. Anna Felizarda Santos Maya, c. 1ª vez, com Simão dos Reis e, 2ª, 1797, Santo Antonio, Santa Bárbara, MG, com Geraldo da Costa Santos. (FS).

                                                       xxx

     4 - x. Antonio da Maia, cc. Maria Gertrudes, com pelo menos: Anna da Maia, b. 1796, São Roque, São Roque, SP. (FS).

                                                       xxx

     2 - x. Pedro da Maia, cc. Josefa de Mello Coutinha, com pelo menos: Maria da Maia, b. 1743, Clara da Maia, b. 1746, ambas em NS da Luz, Curitiba. (FS).

                                                       xxx

     4 - x. José da Maia Vieira, cc. Ana Rodrigues do Espírito Santo, com pelo menos: Francisca da Maia, c. 1796, NS da Luz, Curitiba, com Antonio José do Prado.  (FS).

 

Nota nº 1:

A ordem dos Capítulos 4º, 5º e 6º é a referida por Taques.

Nota nº 2: Recebemos do genealogista Rosano Marcondes, de Taubaté, SP, que o Cap. Antonio Vieira da Maya, seu 10º avô, poderia não ser filho de Pedro Vieira da Maya e Beatriz Lopes (como está em SL.5.7), em virtude do trecho do Tomo XIX de Felgueiras Gaio. Resumo do que consta em Felgueiras Gaio:
"n21 - Antonio Machado da Maya, cc. Antonia Vieira, com pelo menos: (Página 131).
        - Pedro Vieira da Maya, que foi à Índia com seus irmãos, abaixo (e o sobrinho Pedro Vieira da Maya, que recebeu dele um morgado em Guimarães, instituído após a volta ao Reino), c. na Índia, com Brites Lopes de Carvalho (viúva de João de Souza, com quem também casou na Índia), sem geração.
        - Cristóvão Vieira.
        - André Machado da Maya.
        - Antonio Vieira da Maya, falecido na Índia (Rosano diz que teria falecido em Taubaté, e teve um filho: Paulo Vieira da Maya). (Pág. 131 e 132).
        - Lourenço Vieira.
        - Catarina Vieira, mãe Pedro Vieira da Maya (o sobrinho do acima), que Felgueiras Gaio diz sem geração, teria deixado filhos, como: Paulo Vieira da Maya. (Pág. 131 e 132).
        - Anna Machado".

 

Ir para: Página Principal,    Índice Geral,     Região Serrana,    Imigração árabe,     Tiradentes,     Batch Numbers,     Bibliografia e códigos